Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Relacionamento com mulher depressiva - The Truth
#1
O relacionamento com uma mulher depressiva significa um fracasso para o homem. Se a mulher se tornou depressiva, depois de um tempo com você, isso significa que ela não te ama ou que ela tentou te amar e não conseguiu! Então ela está doida pra terminar e te trocar por outro homem mais interessante, do ponto de vista dela! Na maioria dos casos, isso significa que ela te acha feio demais, ou ela acha que você ganha muito pouco e se sente humilhada por tua limitada situação financeira! Em outros casos, ela te acha fraco sexualmente, bonzinho e carinhoso demais e com pouca ou nenhuma pegada! Não vale a pena continuar com a mulher nessa situação! 

Então, o que você vai fazer? Você terá que reavaliar o quanto você gosta da mulher! Se você realmente gosta dela, você precisa responder à depressão dela com melhoras consideráveis e imediatas. A depressão feminina num relacionamento significa que a mulher te acha “pior” do que ela. Para reverter um relacionamento quase fracassado é necessário ter mais “valor” (da perspectiva feminina) do que a mulher num relacionamento. 

A mulher só se sente feliz ao lado de um homem que ela acredita ter tanto valor, ou mais valor do que ela. Ela jamais te amará se ela te achar um homem “inferior” a ela! Mas há um porém! Se a mulher trai o homem, só há uma escolha a fazer: o fim imediato do relacionamento! A superação da depressão feminina é quase impossível na maioria dos casos, pois em alguns casos, a mulher simplesmente consolidou a idéia de que o parceiro atual dela é indigno dela e ponto final. 

Nesse caso, o homem não mudará a situação de maneira alguma! Homens obsessivos com relacionamentos podem cometer suicídio ou homicídio num ato de loucura. A descoberta da impossibilidade de ser amado por alguém que se ama é crítica para alguns e alguns surtam literalmente!
Responda-o
#2
Engraçado.

Sempre o cara que precisa mudar, se foder e mudar por causa de oscilação emocional da mulher.

Se ela tá depressiva e cagando pro cara e pro relacionamento, a melhor coisa que ele pode fazer é cair fora e encontrar outra, e nunca ficar se moldando e se adaptando, perdendo um tempo precioso com birra, choro, tristezas, "depressão".

Nesses casos não é depressão, geralmente é porquê a mulher nunca amou o cara mesmo e provavelmente tá com ele, primeiramente, por interesse. Nada mais que isso. Aí quando ela pensava que o cara ficaria pagando tudo pra ela, levando pra passear e jantar toda a semana, presenteando-a com os presentes mais caros e modas do momento elas caem do cavalo e apelam pra tal "depressão".

Isso é artimanha feminina. É o mesmo da criança que demonstra choro e tristeza quando não ganha um presente que viu numa vitrine aleatória. Como o choro e birra nos adultos parece muito mais ridículo porque elas se consideram "maduras", elas apelam pra doença moderna da tristeza, o teatrinho da depressão, que nesse caso nada tem a ver com a patologia, mas é uma espécie de letargia que na mulher logo que o cara começa a bajulá-la e virar capacho dela no relacionamento, a tal depressão desaparece de modo quase que instantâneo.

Lembram da criança chorona? Segue a mesma lógica, se ela chora e os pais amolecem e compram a porcaria que a criança queria, ela logo os abraça, abre sorriso e começa a pular de alegria. A maioria das mulheres modernas são e serão eternas crianças birrentas, apenas não se dão conta disso,
Responda-o
#3
Eu penso que nós devemos saber separar a depressão doença, da depressão frescura!

Nem toda depressão decorre de utilitarismo feminino não atendido ou de falta de culhões masculina.

E pra isso, só com observação das causas, se houve mudança de rotina ou se ocorreu algo realmente que possa abalar a pessoa (como morte de um ente querido, por exemplo).

Basicamente, eu uso como parâmetro a solução do problema que está afligindo a pessoa.

Se o problema é solucionável e o que falta é arregaçar as mangas, catalogo como depressão-frescura.

Mas se o problema é não solucionável por conta própria, penso que um médico ou profissional especializado deve ser procurado, pois há pessoas que possuem deficiência de alguma sorte, etc.
Responda-o
#4
Loki falou um ponto sério: a responsabilidade do cara em saber se é artimanha ou se é sério.

De nada adianta sair sendo truculento e vazando da vida de uma mulher que muitas vezes REALMENTE está passando um momento difícil. É importante ter um pouco de empatia, não é entregar-se, mas observar, porque muitas vezes o que é besteira para um pode ser o mundo para o outro e é no relacionamento que está a responsabilidade de cuidar do outro.

Nós como homens devemos manter o desapego, mas também mantermos ligados para problemas REAIS que possam vir a acontecer com as pessoas que vivem conosco, este é um dos deveres de um bom varão na família.

Isto me lembra o seriado Mad Men, onde Don Draper toca o fod@-se para o problema psicológico da mulher e se dá mal. Tem cara que não sabe valorizar o que tem.
'A Real me deu muito e eu estou pagando de volta.'
Meu Ask

"Ajudou muito a construção deste fórum,membro de honra" 


General Ragnarok.

Responda-o
#5
Existem quadros de depressões reais, eu particularmente evitaria iniciar qualquer relacionamento se a mulher apresenta grau elevado de depressão/bipolaridade/grosseria desproporcional, porém se você já está em uma relação longa vamos supor, e sua namorada, noiva ou esposa comece a apresentar sinais de depressão não custa nada você ser homem e ajudar ela a se recuperar, com terapia, psicólogo, seja lá o que for, se tava na hora boa não vai ta na ruim, que raios de homem você vai ser ? porém tem que tomar cuidado pois existem quadros depressivos que a pessoa realmente traga o parceiro para uma espiral de problemas ai o melhor pela saúde mental mesmo é romper o laço, mas eu sou a favor de sempre tentar ajudar em primeiro lugar, o que o The truth citou não é nem mulher deprimida de fato e sim mulher desgostosa da vida por que está ao lado de um homem que ela acha que é pouca bosta pra ela, e todo mundo aqui sabe quando mulher age quando está assim.
Foi a guerra quem em mim despertou um animal 

Ask mais badass da rede Big Grin : ask.fm/warMR 
Responda-o
#6
E com esse texto The Truth realmente conseguiu provar cientificamente....

...que ele tem neurodiversidade
Responda-o
#7
Bem, pro The Truth, realmente não se trata de um quadro clínico de depressão, mas de uma mera frescura da mulher ou como diria o War, a mulher está "desgostosa da vida".

As mulheres ficam extremamente depressivas quando casam ou namoram homens
simples, comuns, limitados, pobres, feios, betas, esquecidos, pouco assediados. Se o
namorado delas não possui visibilidade social nenhuma, o relacionamento amoroso
perde visibilidade social e elas passam a invejar as outras, que chamam mais a
atenção da sociedade do que elas.

A mulher ama exibir o que ela considera ser as qualidades dela. E namorar um homem
que todas as mulheres querem é a maior prova de qualidade para uma mulher. Por isso
ela faz questão de ter um namorado oumarido mais bonito do que as outras, porque
isso prova que ela tem mais valor. Ela vê os efeitos da exposição social como uma
prova infalível do valor dela. Assim, as mulheres realizam uma felicidade exibicionista
ao lado de homens chamativos, disputados, assediados. Porque esses homens colocam
a mulher em evidência e isso é uma forma de realização social. As mulheres precisam
cada vez mais de uma vida exagerada pra alcançarem a felicidade. Atualmente, para as
mulheres, a felicidade é incompatível com uma vida excessivamente discreta e anônima.
Responda-o
#8
(22-06-2015, 07:02 PM)THOTH Escreveu: Engraçado.

Sempre o cara que precisa mudar, se foder e mudar por causa de oscilação emocional da mulher.

Se ela tá depressiva e cagando pro cara e pro relacionamento, a melhor coisa que ele pode fazer é cair fora e encontrar outra, e nunca ficar se moldando e se adaptando, perdendo um tempo precioso com birra, choro, tristezas, "depressão".

Nesses casos não é depressão, geralmente é porquê a mulher nunca amou o cara mesmo e provavelmente tá com ele, primeiramente, por interesse. Nada mais que isso. Aí quando ela pensava que o cara ficaria pagando tudo pra ela, levando pra passear e jantar toda a semana, presenteando-a com os presentes mais caros e modas do momento elas caem do cavalo e apelam pra tal "depressão".

Isso é artimanha feminina. É o mesmo da criança que demonstra choro e tristeza quando não ganha um presente que viu numa vitrine aleatória. Como o choro e birra nos adultos parece muito mais ridículo porque elas se consideram "maduras", elas apelam pra doença moderna da tristeza, o teatrinho da depressão, que nesse caso nada tem a ver com a patologia, mas é uma espécie de letargia que na mulher logo que o cara começa a bajulá-la e virar capacho dela no relacionamento, a tal depressão desaparece de modo quase que instantâneo.

Lembram da criança chorona? Segue a mesma lógica, se ela chora e os pais amolecem e compram a porcaria que a criança queria, ela logo os abraça, abre sorriso e começa a pular de alegria. A maioria das mulheres modernas são e serão eternas crianças birrentas, apenas não se dão conta disso,
Fechou o topico com chave de ouro .
Responda-o
#9
De fato, é bom averiguar bem se o desânimo dela é devido a algo sério, ou se é insatisfação em relação ao parceiro, antes de tomar qualquer decisão séria.

(22-06-2015, 11:40 PM)lawlyet leonardo Escreveu: E com esse texto The Truth realmente conseguiu provar cientificamente....

...que ele tem neurodiversidade

Racho o bico desse termo, neurodiversidade kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  [The Truth] A mulher não valoriza o corpo do homem Hombre de hielo 8 1,606 07-07-2019, 12:50 AM
Última Postagem: Carasumido
  Não existe mulher enganada por cafajestes - The Truth vindiesel 10 3,524 24-06-2015, 10:07 PM
Última Postagem: THOTH

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)