Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 3 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Corretoras
#1
Primeiro tópico financeiro de 2016

Como escolher uma corretora.


- Uma dúvida bastante comum é a escolha de uma boa corretora para ser o agente de custódia de seus investimentos.

.: Existem 4 regras básicas para escolha.
 
1 - Taxa de administração da corretora: Uma questão importante a ser analisada, porque a mesma influenciará bastante nos rendimentos. Quanto mais baixo as taxas de administração, maiores serão seus rendimentos (obviamente). Fiquem atentos as porcentagens de administração. Por exemplo, o Tesouro Direto. 0,01% a 0,10 é uma boa taxa. Há corretoras que não cobram taxas, porém você terá que analisar como é seu porte e reputação no mercado. Verifique se ela é integrada ao Tesouro, se permite aplicações programadas e se repassa o recursos resgatados no mesmo dia.

2  - Opções e funcionalidades oferecidas: Verifique as opções de produtos e serviços. E também se a mesma é integrada ao Tesouro. Quanto tempo é a espera para repassar os recursos resgatados no mesmo dia. Geralmente são estas siglas D+0, D+1, D+2 (O D representa o dia. O Numeral representa a quantidade de dias para o repasse).

3 - Porte: Para encerrar, você precisará levar em conta o porte da corretora, quanto maior foi a instituição financeira, melhor será a proteção caso a mesma venha a quebrar (falência). Veja no link abaixo, e procure por Ranking de Compras. Este ranking é o Top 10. Será de grande valia para você ver a popularidade das corretoras e decidi qual será escolhida.

4 - História: Verifique a histórico da corretora no mercado através de sites de notícias. Caso queira, verifique sua situação cadastral no site da receita através do CNPJ da mesma para ver quanto tempo a ela está no mercado.

* OBS: Caso você esteja insatisfeito com a empresa, é só transferir sua custódia. (Assunto para outro tópico)
 
Conclusão: Seria interessante você escolher uma corretora com baixa administração, que tenha funcionalidades, bom atendimento ao cliente e ao seu porte perante o mercado de investidores.

Deixarei um link das corretoras integradas e registradas ao Tesouro. Neste link você encontrará o ranking das corretoras com as menores taxas, logo abaixo você encontrará mais duas opções, a primeira é sobre os contatos das corretoras e o segundo é sobre o ranking de compras (muito importante na sua decisão de escolha da corretora, vista no item 3)


OBS: Na dúvida, deixe um comentário para maiores detalhes.
Responda-o
#2
Depois do caso da TOV, recomendo para quem tem uma quantia razoável(100k ou mais) usar a corretora do seu banco.
Bode velho gosta de Capim Novo.
Responda-o
#3
Eu uso a do Bradesco e nunca me faltou nada. (Mas não faço trades...)
Wake up Neo... Follow the white rabbit. 

https://ask.fm/Groo_Real
Responda-o
#4
- destruidor levantou uma questão importante e interessante. E não é primeira vez que vejo uma liquidação de uma corretora.

- Para aqueles que tiverem esta quantia diferenciada (acima da média e não tenham experiência) seria bem interessante fazer pela corretora do próprio Banco.

- Minha opinião particular sobre este caso: Sobre as corretoras no geral, é sempre interessante fazer um pequeno aporte de teste, confirmado o aporte, está na hora de fazer o aporte principal. Minha estratégia de aportes, por exemplo, 100k, faria um aporte de teste > depois dividiria estes 100k divididos em 4 ou 5 aportes para a corretora. Eu particularmente, não faço uma transferência única, faço sempre em partes. Mas, esse sou eu. A estratégia de investimento vai de cada um.

- O meu Banco é o Itaú. A taxa é alta, 0,50% ao ano. A corretora no qual escolhi (InvestHB -Spinelli) cobra 0,08% ao ano. A diferença é bastante significativa. Porém, para quem não tem experiência, e queira usar a corretora do próprio Banco, nada contra. Muito pelo contrário. 

- Caso a corretora venha fali, é só transferir a custódia para uma nova corretora. OBS: É sempre muito importante você(s) terem controle pessoal sobre os investimentos que foram aportados para uma possível transferência de custódia.

- E JAMAIS deixar os recursos parados na conta da corretora.
Responda-o
#5
tópico muito útil, estava precisando ler sobre. vlw
Responda-o
#6
Caralho, nem sabia essa da TOV, pior que essa corretora era a melhor de todas no que tange a fazer investimentos rápidos gastando pouco.
Responda-o
#7
Pela confiança e uso da interface eu uso a Rico. Uso só para TD mesmo cobrando taxa, vi caso de corretoras que não cobram taxa no tesouro e a corretora tem problemas na interface o que atrapalha a compra e você perde oportunidades.
Responda-o
#8
Qual instituição financeira e qual é o valor inicial que você recomenda investir, Diamante? Quero começar a investir comprando títulos do Tesouro Direto.
[img=0x45]http://i.imgur.com/QJXZrUp.png[/img]
Responda-o
#9
Tópico muito bom
Fumei 25 cigarros esta noite e você sabe da cerveja.

Buwkoski.

Buceta não machuca e não se faz sexo com a bunda.

Leg. Bean, fórum mundo realista.
Responda-o
#10
(09-03-2016, 08:59 PM)Mad Dog Escreveu: Qual instituição financeira e qual é o valor inicial que você recomenda investir, Diamante? Quero começar a investir comprando títulos do Tesouro Direto.

- Confrade, esse lance de indicar uma corretora, é meio pessoal. Eu por exemplo utilizo a Spinelli (InvestHB). Link abaixo:

https://www.investhb.com.br/

- Sobre a compra de títulos, o que faço é estipular um teto. Vamos supor que você use um teto de 5k. Junte a quantia e faça o investimento (assim você evita pequenas taxas desnecessária e posteriormente você tem uma organização maior). 

- Você pode fazer aportes quadrimestrais. Você junta um valor, e faz o investimento nas datas que você estipular.

- Muito importante ressaltar. O seu objetivo para cada investimento. É para aposentadoria, compra de um carro, uma casa ou outro bem? Posso listar vários aqui.

- Cada título tem uma data para vencimento. Você tem que observar um título com a data de vencimento mais próxima aos seus objetivos.

Vamos alguns exemplos simples:

.: Reserva de Emergência: O único título que recomendo é o LFT (este título acompanha a taxa de juros, a Selic). Por que este mesmo título é o único que você pode resgatar (evite sempre resgatar antes do prazo) sem ter rentabilidade negativa. OBS: Não invista toda a Reserva de Emergência, deixe parte dela na poupança mesmo, por causa de sua maior liquidez.

.: Aposentadoria: Geralmente são escolhidos títulos indexados ao IPCA (a famosa inflação) este título acompanha a taxa de inflação do período até o vencimento. Este aqui deve se evitar ao máximo ser resgatado antes do vencimento por causa (obviamente) das perdas.

- Leia com calma este outro tópico abaixo para ver as características de cada título: 

http://legadorealista.net/forum/showthread.php?tid=75

- Você também, pode comprar um título de forma fracionada. Deixarei o mesmo exemplo que deixei ao confrade Hulk. Porque a resposta também engloba a sua questão.


Citação:- Vamos supor que o título custe R$ 7.000,00. Você pode comprar no mínimo 10% do mesmo. Ficaria em torno de R$ 700,00.


Este título em si, é mais recomendado para guardar parte da reserva de emergência e acompanhar a taxa de juros, a Selic. Porém é sempre importante manter os títulos até o vencimento para ter a rentabilidade máxima (obviamente). É sempre bom se planejar para evitar resgatar o título antes do prazo final.
 
A porcentagem tem os seguintes códigos:

.: 0,10 (10%) R$ 700,00
.: 0,20 (20%) 1.400,00
.: 0,30 (30%) 2.100,00
.: 0,40 (40%) 2.800,00
.: 0,50 (50%) 3.500,00
.: 0,60 (60%) 4.200,00
.: 0,70 (70%) 4.900,00
.: 0,80 (80%) 5.600,00
.: 0,90 (90%) 6.300,00
.: 1,00 (100%) 7.000,00

- Em caso de dúvidas, só postar.
Responda-o
#11
A corretora que não cobra taxa o que ganha ??

Como eu compro os títulos?
Eu transfiro o dinheiro para a corretora e compro pelo site da corretora?
O site da corretora fornece todos os titulos ou é a corretora que escolhe os titulos que ela vende?
Onde eu vejo os titulos disponiveis ? E como eu retiro esse dinheiro? transfiro para minha conta?

Por mais que eu leia sobre o assunto não consigo achar as respostas dessas perguntas, onde essas informações são disponiveis ?
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#12
(11-04-2016, 05:22 AM)Bean Escreveu: Como eu compro os títulos?
Eu transfiro o dinheiro para a corretora e compro pelo site da corretora?
O site da corretora fornece todos os titulos ou é a corretora que escolhe os titulos que ela vende?
Onde eu vejo os titulos disponiveis ? E como eu retiro esse dinheiro? transfiro para minha conta?

Por mais que eu leia sobre o assunto não consigo achar as respostas dessas perguntas, onde essas informações são disponiveis ?

A corretora que não cobra taxa o que ganha ??
Ganha na custódia ou em outros serviços... mas na verdade a maioria quebra, como ocorreu com a ToV. A minha corretora cobrava 0,3%, mas esta encerrando as operações mês que vem por causa de prejuízo.

O processo é o seguinte:
A corretora é como um banco onde você tem uma conta corrente. Você transfere do seu banco para a corretora. A corretora tem um programa chamado Home Broker. Algumas corretoras(consta como TD integrado) você consegue comprar os títulos através do Home Broker, as outras que não são TD integrado, você acessa o próprio site do tesouro e compra por lá.

Os títulos disponíveis você pode ver aqui:
http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesour...os-titulos

Para retirar, você tem que vender os títulos(mesmo processo de compra acima), esperar cair o dinheiro na sua conta da corretora, leva geralmente 3 dias, dai faz uma transferência para a sua C.C. do seu banco.

É assim:
Banco -> Corretora -> Compra_Título -> Vende_Título -> Corretora -> Banco

Dependendo dos valores que você pretende transferir, compensa pegar uma corretora que seja do seu mesmo banco, assim evita pagar TED(tanto para enviar quanto para receber).
Bode velho gosta de Capim Novo.
Responda-o
#13
Meu banco é o Banco do Brasil, taxa de 0,5% eu vejo essa taxa como um agiota. Assim como eu vejo a % de TED de taxa outro rombo no meu dinheiro.

Vou simular aqui para ver se eu entendi alguma coisa.

Pobre que sou eu teria que comprar um titulo que custe pouco, vejo este:

Tesouro Prefixado 2023 (LTN)
01/01/2023 13,67 13,73 R$423,89 R$422,40

Então para mim comprar este titulo eu gastaria R$ 423,89, ele me renderia 13,73% de juros anual o que daria R$ 58,20 de rendimento, para manter este rendimento eu teria que ficar com ele até 2023 caso contrário não seria esse valor.

Então a taxa da corretora seria no valor desta compra R$ 423,89 ou do meu rendimento total(R$423,89+58,20) que seriam R$ 24,06 então metade do que eu ganho fica com a corretora é isso ? E esse dinheiro seria taxado anualmente ou apenas no saque ?
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#14
(11-04-2016, 10:29 PM)Bean Escreveu: Meu banco é o Banco do Brasil, taxa de 0,5% eu vejo essa taxa como um agiota. Assim como eu vejo a % de TED de taxa outro rombo no meu dinheiro.

Vou simular aqui para ver se eu entendi alguma coisa.

Pobre que sou eu teria que comprar um titulo que custe pouco, vejo este:

Tesouro Prefixado 2023 (LTN)
01/01/2023 13,67 13,73 R$423,89 R$422,40

Então para mim comprar este titulo eu gastaria R$ 423,89, ele me renderia 13,73% de juros anual o que daria R$ 58,20 de rendimento, para manter este rendimento eu teria que ficar com ele até 2023 caso contrário não seria esse valor.

Então a taxa da corretora seria no valor desta compra R$ 423,89 ou do meu rendimento total(R$423,89+58,20) que seriam R$ 24,06 então metade do que eu ganho fica com a corretora é isso ? E esse dinheiro seria taxado anualmente ou apenas no saque ?

A taxa é custo que o banco/corretora tem para manter o sistema, funcionários, cadastro e tirar algum lucro.

Você pode comprar a partir de 0,01 de um título... ou seja: R$ 4,23

Na sua simulação vc usou 50% de taxa.. o correto é 0,5%. Ou seja, R$ 0,24. 
(na calculadora 1 = 100%, 0,5 = 50%... 0,05 = 0,5%)

Recomendo que utilize a calculadora do próprio TD para efetuar os cálculos/simulações:
http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesour...alculadora

[Image: ltn.png]
Bode velho gosta de Capim Novo.
Responda-o
#15
Up, Pra quem pensa em investir, eis aqui dicas valiosas.
"Apego corporal, desapego emocional"
Pragaklan 
Responda-o
#16
Legal a ideia, cara.
Responda-o
#17
O correto é dividir o capital em mais de uma corretora. Mas cuidado, a Rico por exemplo é controlada pela XP, então o certo é que as corretoras sejam concorrentes. Além disso eu não recomendo operar pelas corretoras dos bancos porque as corretagens são maiores. Sim, você vai ter que comprar e vender, trade, o prazo você escolhe. Quanto mais longo o prazo mais importante são os fundamentos da empresa.

Negociem ativos com boa liquidez e evitem os micos, fique atento ao spread. Minimize suas percas e maximize seus ganhos, a bolsa em si é um caos, você está literalmente apostando.

Leve consigo os Axiomas de Zurique e seja feliz.
Responda-o
#18
querendo investir em ações, até hj sempre fiz em investimentos conservadores.

corretora bradesco cobra uma taxa alta também, ainda mais que vou começar com valor baixo. o que sempre vejo é sobre a XP corretora, to pensando em entrar em contato com eles.

já em relação aos titulos, vejo com bons olhos o setor de energia elétrica, tenho interesse de comprar ações copel, para iniciar o investimento.

alguém tem alguma experiencia com a xp? é boa? sabem as taxas de corretagem que cobram? já vi que eles estão com taxa zero para custódia.
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#19
Confrades, trabalhei 3 anos e meio com investimentos, tenho certificações na área.

Minha experiência profissional foi com renda fixa, mas tinha parte de meu dinheiro investido em renda variável.

Em 2008 (já faz tempo, eu sei) trabalhei com a XP justamente por cobrarem na época, uma taxa mínima de corretagem, era 10 reais por venda/compra. Caso nenhuma operação de compra e venda fosse realizada, 30 reais por mês. Pagava uma mixaria para CBLC e era só!

Hoje em dia, como sai do ramo, estou desatualizado. Mas home broker pra mim é tudo igual, a questão dos analistas, nunca dei ouvidos e fazia as coisas por conta apenas analisando os gráficos (analise técnica).
Nunca procurei saber se o dono saiu com travestis, se a diretora estava dando pro motorista ou coisas do tipo... acho que alguém como WARREN BUFFET deve se preocupar com isso.

Pelos valores de investimentos que praticamos, analise fundamentalista não passa de informação estéril que só nos confunde.

Tirando as JBS da vida (é claro), empresas de pequeno e médio porte, basta analisar os gráficos e tendências de subida e queda, descubra o padrão e jogue o jogo. Fiz uma boa moeda na época assim.

Hoje, meus ativos estão em renda fixa, não tenho tempo para acompanhar o mercado de ações com a atenção que merece.
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#20
(25-10-2017, 03:02 PM)Bandeirante Paulista Escreveu: Confrades, trabalhei 3 anos e meio com investimentos, tenho certificações na área.

Minha experiência profissional foi com renda fixa, mas tinha parte de meu dinheiro investido em renda variável.

Em 2008 (já faz tempo, eu sei) trabalhei com a XP justamente por cobrarem na época, uma taxa mínima de corretagem, era 10 reais por venda/compra. Caso nenhuma operação de compra e venda fosse realizada, 30 reais por mês. Pagava uma mixaria para CBLC e era só!

Hoje em dia, como sai do ramo, estou desatualizado. Mas home broker pra mim é tudo igual, a questão dos analistas, nunca dei ouvidos e fazia as coisas por conta apenas analisando os gráficos (analise técnica).
Nunca procurei saber se o dono saiu com travestis, se a diretora estava dando pro motorista ou coisas do tipo... acho que alguém como WARREN BUFFET deve se preocupar com isso.

Pelos valores de investimentos que praticamos, analise fundamentalista não passa de informação estéril que só nos confunde.

Tirando as JBS da vida (é claro), empresas de pequeno e médio porte, basta analisar os gráficos e tendências de subida e queda, descubra o padrão e jogue o jogo. Fiz uma boa moeda na época assim.

Hoje, meus ativos estão em renda fixa, não tenho tempo para acompanhar o mercado de ações com a atenção que merece.

se for pela análise fundamentalista (vários e vários anos), a grande maioria dá lucro, não é por ai mesmo.
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)