Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[REFLEXÃO] Por que o PUA acerta onde o MGTOW erra e vice-versa - e outros Aforismos
#41
(04-04-2024, 02:17 PM)Wild Escreveu:
(04-04-2024, 09:02 AM)Doutor Pregos Escreveu: Entrei só para dizer que ambas as respostas me deram uma luz acerca sobre os "miguitaús" sabia? Eu arrisco dizer que isso pode ser até tóxico (detesto essa palavra...) para o pessoal mais novo.
O problema, caro confra, é que o mundo é hoje em dia, por padrão, "tóxico" aos homens, e está se tornando cada vez mais insalubre.

PiuPills, Miguélaus e os caralhos a 4 são formas de cope, do cara tentar racionalizar as contradições e os absurdos da vida.

O negócio passa do limite quando o cara para de se autocriticar e começa as respostas automáticas. Conhecimento nenhum em si tem contra-indicação mas o cara pode não estar no melhor estado pra poder processar aquilo.

E o pessoal mais novo, que está envenenado pelas redes sociais ou pelo fminazismo, por exemplo, sem critério nenhum de realidade, infelizmente a desintoxicação desse sujeito é na base do tratamento de choque, que de fato pode fazer mais mal do que bem. E isso por que a gente tem consciência das coisas e tenta fazer o melhor que pode pra acordar os novatos.

É triste admitir isso pois é uma bosta de situação pra todo mundo: MGTOW/blackPills são remédios amargos e cheios de efeitos colaterais pra um problema muito maior, que é a "toxicidade" da sociedade atual como um todo.

Sim concordo, mas é como você falou e tantos users falaram: o grande problema é quando essas pills fazem o cara "buscar respostas automáticas" para tudo, mas o cara não faz o mínimo que é sair para viver o mundão.
Responda-o
#42
A comunidade mais zoada que acompanhei foi a MRM, brazuca e a gringa. Quase 100 anos de existência e os caras só sabiam pedir, sem negociação, sem tirar nada da mesa. E o pior de tudo: com um monte de mulher infiltrada, fazendo o discurso por eles.

MGTOW respeito a gringa, aqui no Brasil tivemos o Raccoon como um bom representante, mas não gostava do último material que ele fez com Tricel e cia.
Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força. Agir com sabedoria assegura o sucesso. - Salomão em Eclesiastes 10.10.
Muito cara legal foi parar debaixo de uma ponte por causa de uma mulher. - Bukowski.
As maiores redpills ouvimos da boca de mulheres.
Responda-o
#43
(04-04-2024, 05:35 PM)Doutor Pregos Escreveu: Sim concordo, mas é como você falou e tantos users falaram: o grande problema é quando essas pills fazem o cara "buscar respostas automáticas" para tudo, mas o cara não faz o mínimo que é sair para viver o mundão.

O mundo tem muitas nuances pro cara buscar uma "teoria de tudo". Há a realidade das redes sociais? Sim, existe e é bem zoada. Existe a realidade das feministas carreiristas? Existe sim e é bem zoada. Existe a realidade das golpistas e falsas acusadoras? Existe sim e é bem zuada... E por aí vai.

Isso representa o quê da realidade total? Absolutamente nada. Nem 1% das realidades existentes, que dirá das possíveis.

Tem mulher já se revoltando contra o feminismo, seja por ser conservadia e quer aproveitar a onda ou seja por que realmente não vê vantagem nenhuma nisso. Há mulheres que estão cagando e andando pro feminazismo, seja por que querem ser tratadas como mulheres iguais de fato e de direito e dispensam o puxa-saquismo, seja por que realmente não estão nem aí pra nada isso mesmo e só querem cuidar da vida. São poucas? Talvez, mas não dá pra dizer que não existem.

Da mesma forma, por mais podre você veja a realidade sob alguma ótica (o Trunks por exemplo era muito bom em trazer como eram as coisas na high society brasileira, já outros confras trazem a realidade da perfiferia fudidaça) ainda haverão outras realidades, outras pessoas, outras possibilidades. Nem tudo são flores, mas também não são trevas, não estou dizendo pra ter esperança ou alimentar outras bobalhadas na cabeça de ninguém, mas sim pra enxergar a realidade pelo que ela é, e ela é multifacetada e cheia de complexidades.

Não dá pra encontrar respostas automáticas pra tudo na vida, mesmo os hard facts, as coisas realmente incontornáveis que a vida cospe na nossa cara e que não tem muito o que o cara fazer, não significa que a realidade toda se resuma àquilo. A própria pessoa pode mudar sua própria realidade até certo ponto. Se a pessoa não consegue enxergar isso é por que já morreu por dentro e só não tirou o atestado de óbito do resto.

(04-04-2024, 08:40 PM)Fairchild Escreveu: A comunidade mais zoada que acompanhei foi a MRM, brazuca e a gringa. Quase 100 anos de existência e os caras só sabiam pedir, sem negociação, sem tirar nada da mesa. E o pior de tudo: com um monte de mulher infiltrada, fazendo o discurso por eles.

MGTOW respeito a gringa, aqui no Brasil tivemos o Raccoon como um bom representante, mas não gostava do último material que ele fez com Tricel e cia.

Racoon é um cara inteligente pra caralho, convenhamos, mas só isso não é o suficiente no dia de hoje, falta mais manejo dele. 

Se ele soubesse aproveitar o poder das ideias que ele tem pra direcionar os homens pra algo mais produtivo, ou para uma causa mais engajada, certamente faria a diferença.

Mas ainda há um abismo muito grande do mgtow brasileiro para o da gringa. Ao menos sinto que eles não chegaram no cerne do problema versão HUE-BR, a realidade daqui tem contingências e história completamente diferentes de uns EUA, por exemplo.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#44
Acho que você não entendeu o ponto de vista do Raccoon e dos reais praticantes dessa filosofia.
No meu entender ele estava dando uma cientista louco, igual acontece com alguns confrades que recém descobriram a Real, ele estava compartilhando ideias e conteúdos traduzidos de criadores gringos em que ele tinha algo em comum.
 
Na filosofia MGTOW os caras querem ficar abaixo do radar, sem salvar ninguém, plus, são verdadeiros adeptos do aceleracionismo da decadência.

Tanto é que quando ele não viu mais sentido saiu do radar, sem querer fama ou mérito de nada. 
A Real é mais importante para mim mas sou grato ao conteúdo que ele deixou.   

(04-04-2024, 08:40 PM)Wild Escreveu: Racoon é um cara inteligente pra caralho, convenhamos, mas só isso não é o suficiente no dia de hoje, falta mais manejo dele. 

Se ele soubesse aproveitar o poder das ideias que ele tem pra direcionar os homens pra algo mais produtivo, ou para uma causa mais engajada, certamente faria a diferença.

Mas ainda há um abismo muito grande do mgtow brasileiro para o da gringa. Ao menos sinto que eles não chegaram no cerne do problema versão HUE-BR, a realidade daqui tem contingências e história completamente diferentes de uns EUA, por exemplo.
Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força. Agir com sabedoria assegura o sucesso. - Salomão em Eclesiastes 10.10.
Muito cara legal foi parar debaixo de uma ponte por causa de uma mulher. - Bukowski.
As maiores redpills ouvimos da boca de mulheres.
Responda-o
#45
(04-04-2024, 09:02 AM)Doutor Pregos Escreveu: Entrei só para dizer que ambas as respostas me deram uma luz acerca sobre os "miguitaús" sabia? Eu arrisco dizer que isso pode ser até tóxico (detesto essa palavra...) para o pessoal mais novo.


Depende. Pode ser intoxicante se o cara não assimilar direito, for novato e já cair direto no conteúdo mais underground, ou ficar na revolta e depressão em vez de fazer alguma coisa, adquirir mais conhecimento depois de entrar em contato com as ideias MGTOWs.

O próprio Raccoon dizia que o objetivo dele era mais tirar as pessoas da fase da revolta, em vez de só produzir coisa que alimenta o rancor dos homens.

Mas de tóxico, a cultura do romantismo e adestramento do homem, isso tem potencial intoxicante maior do que os produtores mais radicais de videos Redpill.
Responda-o
#46
@Bean não entendi porra nenhuma que você escreveu.
Mas acho que deveria te mandar tomar no seu cu hehe.

Tá fazendo escolinha com o hombre de gaylo pra ficar criando polemicazinha no fórum? Bicha tá arretada né doida pra chupar um canavial de rola, dar meia hora de cu com relógio parado caçar um jegue na praia heeh.
Responda-o
#47
Voltando à nossa programação normal.

(04-04-2024, 10:53 PM)Fairchild Escreveu: Acho que você não entendeu o ponto de vista do Raccoon e dos reais praticantes dessa filosofia.
No meu entender ele estava dando uma cientista louco, igual acontece com alguns confrades que recém descobriram a Real, ele estava compartilhando ideias e conteúdos traduzidos de criadores gringos em que ele tinha algo em comum.
 
Na filosofia MGTOW os caras querem ficar abaixo do radar, sem salvar ninguém, plus, são verdadeiros adeptos do aceleracionismo da decadência.

Tanto é que quando ele não viu mais sentido saiu do radar, sem querer fama ou mérito de nada. 
A Real é mais importante para mim mas sou grato ao conteúdo que ele deixou.   
Realmente, posso admitir que aí é minha limitação de conhecimento e confundir ele com a "fanbase" e o status que ele juntou ao longo do tempo.

Mas voltando aqui... O conteúdo que ele traz da gringa é deveras bom, mas sempre achei que faltava alguma coisa em alguns lugares, o cara poderia adaptar muito melhor à nossa realidade, mas ele apesar de ser um bom juntador de conhecimentos, não acho que sintetizava eles muito bem.

Acho que até o redpill brasileiro às duras penas depois de muita reflexão, leituras e tentar copiar menos os amiguinhos de fora conseguiu um status mais consolidado, e tem uns caras que botaram a cara à tapa e estão nas redes  fazendo lá seu trabalho. Mas mesmo eles tem suas falhas e seus grupos de seguidores sofrem de alguns problemas.

Meu único problema em comum a esses dois grupos, que a real costuma ser um pouco melhor, é que eu vejo que o pessoal aqui tem mais autocrítica.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#48


O perfil político-social do brasileiro bostileiro médio

O brasileiro é aquela coisa engraçada, nossa sociedade não se organiza bem em grupos, as pessoas até se juntam por coisas em comum, mas são completamente incapazes de negociar concessões, demandas, nada do tipo. Não sabem fazer política strictu sensu. Por qual motivo? Não sei, talvez por puro efeito efeito Dunning-Kruger e investimento de ego nas ideias, ninguém consegue chegar a um consenso quanto a nada. 

Ninguém sabe ser pragmático, focar nos resultados. Como resultado, os poucos grupos que se juntam são atomizados até o mais simples o possível: votadores do político X, torcidinha de futebol do time Y, militonto da causa Z, e por aí vai, todos grupos barulhentos e irracionais.

Só ver os 500.000 diferentes partidos políticos, incapazes de se conciliar mesmo no seu próprio espectro, se juntar pra ganhar mais força, apenas vivendo em alianças frágeis, trairagens, um político desmanchando o que o  outro fez. E a população, claro, pagando o pato. Não é só uma forma pouco otimizada de viver a vida em sociedade. É uma forma BURRA por que ela prejudica a todas as partes envolvidas.

Será que por conta disso então estamos destinado a ser tipo alguma sociedade tribal africana, em eterno conflito com as outras? Por que escolheram não fazer política (na acepção original da palavra) e o que sobrou foi... A guerra? Será essa a tragédia do povo brasileiro, incapaz de se definir e no fim definhar?

O sentido de organização das coisas é uma necessidade humana, daí surge a organização dos trabalhos, as especializações, as diferentes representações dos poderes, os países, etc... Porém no caso do bostileiro em geral ele não saca nada disso; no geral acaba virando militonto ou torcedor de futebol, massa de político X ou Y, ajuntadinho do traficante Z, pra poder satisfazer essa necessidade de organização e pertencimento grupal. 

E como não canso de falar, o cara associa àquilo como se fosse o cerne do seu ser. A pessoa é completamente incapaz de separar as ideias das pessoas, isso já denota uma profunda rasidão de alma, um profundo desconhecimento do que realmente importa, uma juvenilidade / falta de amadurecimento do espírito brasileiro que acho que alguma tribo na antiguidade tinha mais e mais sólidos valores que a gente. 

O buraco negro na alma do brasileiro é uma coisa tão profunda, como denunciava o prof. Olavo de Carvalho, que mesmo que fizéssemos tudo certinho hoje, magicamente todo mundo "subisse de nível espiritual", demoraria muitas décadas para as coisas se ajeitarem. Ou seja, pra nós só sobra o fuzuê. Não obstante a síndrome do vira-lata do Nelson Rodrigues chuta tão forte nas nossas bolas todo dia: Outros povos organizam sociedades iniciáticas, think tanks, grupos de estudos em igrejas, etc. e até sociedades complexas à lá Maçonaria e afins. 

Nisso a gente tá muito atrás, só copia de fora e muito mal. As poucas coisas que promovem alguma organização social e que se sustentam muito mal foram todas assim. E como o pior cego é aquele que se recusa a ver, o brasileiro segue normalmente, oblívio à tudo que poderia tornar sua existência menos miserável. É complicado entender esse fenômeno bizarro que é o perfil político-social do bostileiro médio.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#49
Discordo repseitosamente. O Raccoon era o mais articulado e lúcido desses caras. Ele só se perdeu um pouco nesse lance de doll, fazendo lives com caras chucros com o Tricell. Tanto é que se retirou da machosfera.
A começar que até o termo Red Pill foi deturpado aqui no Brasil. Ele tem mais em haver com o que o PUAS fazem, o conhecimento da realidade dos relacionamentos e o game em si. 

Quanto à Real ser melhor, concordo. Mas ultimamente o público dela não está diferente desses MGTeens revoltadinhos. O realista old school no meu entender e observar, lê mais do que posta, absorve o conhecimento e o valida na rua. Raramente fica de muita teorização em posts. Tanto é que não vemos muito os mais antigos. Ele vem, leem, ajudam os que querem ser ajudados e zoam os juvenas. O conteúdo aqui costuma ser cíclico, logo alguns só aparecem de vez em quando e observam nas sombras. 

(06-04-2024, 02:15 PM)Wild Escreveu: Realmente, posso admitir que aí é minha limitação de conhecimento e confundir ele com a "fanbase" e o status que ele juntou ao longo do tempo.

Mas voltando aqui... O conteúdo que ele traz da gringa é deveras bom, mas sempre achei que faltava alguma coisa em alguns lugares, o cara poderia adaptar muito melhor à nossa realidade, mas ele apesar de ser um bom juntador de conhecimentos, não acho que sintetizava eles muito bem.

Acho que até o redpill brasileiro às duras penas depois de muita reflexão, leituras e tentar copiar menos os amiguinhos de fora conseguiu um status mais consolidado, e tem uns caras que botaram a cara à tapa e estão nas redes  fazendo lá seu trabalho. Mas mesmo eles tem suas falhas e seus grupos de seguidores sofrem de alguns problemas.

Meu único problema em comum a esses dois grupos, que a real costuma ser um pouco melhor, é que eu vejo que o pessoal aqui tem mais autocrítica.
Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força. Agir com sabedoria assegura o sucesso. - Salomão em Eclesiastes 10.10.
Muito cara legal foi parar debaixo de uma ponte por causa de uma mulher. - Bukowski.
As maiores redpills ouvimos da boca de mulheres.
Responda-o
#50
O ódio a intelectualidade e a glorificação da burrice nos juvenas

Algo muito me incomoda nos dias de hoje, especialmente entre os juvenas. Já falei muito isso. É notável como muitos são completamente incapazes de ter paciência e vontade pra ler um livro. Muitos tem problemas graves de compreensão, interpretação, escrita e o escambau. E isso por que são uma geração cercada de informação de alta qualidade e de fácil acesso. Internet está aí, no tempo que me criei Internet era cara, ruim, de difícil acesso, sem muita informação boa e eu tinha que me limitar a livros mofando numa biblioteca para conseguir certas informações.

Mas fora essa geração que não sabe filtrar e aproveitar o potencial que tem (vejo na verdade é o QI desses jovens caindo vertiginosamente) também vejo que ainda há muita resistência no geral das pessoas como um todo, ao conhecimento, ao saber no geral. Quando eu era novo não cometiam bullying comigo por causa da minha aparência de merda, mas sim pelo fato de eu gostar de ler e viver em biblioteca. Se falava que quem estudava demais ficava maluco, entre outras baboseiras. Hoje em dia isso pouco mudou.

Com tanto conhecimento, mas pouca gente colhendo frutos disso, excesso de qualificação pra ocupar sub-empregos, vejo gente desistindo do caminho da educação. Gente que antes quereria escancarar um canudo na sua cara hoje nem quer mais fazer isso, por mais que o diploma seja apenas um símbolo de status, isso também está se perdendo. Brasil nunca foi essas bosta toda, e agora nem de adubo mais está servindo.

A o pior que essa é uma retro-alimentação negativa, quanto mais burra a sociedade, mais isso puxa os indivíduos a serem burros também. E não sou eu chamando ninguém de burro não, isso é um fenômeno social sério, estudado, os resultados dos testes internacionais estão todos aí mostrando isso. Eu também faço parte da "sociedade burra" a qual tanto critico por tabela.

População no geral acredita nas mais variadas bossalidades, e quando você tenta alertar elas pra estudarem melhor, serem céticas, verem as coisas com mais cuidado, você que é chamado de burro, que não entende nada e tal. Sem a menor justificativa lógica. Efeito Dunning-Kruger atacando com força total. Se não sabe o que é isso, recomendo entender o fenômeno.

Soma-se à Internet espalhando as mais bizarras teorias conspiratórias, pseudociências e charlatanismo, e uma forte onda sombria de obscurantismo e anticientificismo. Eu juro que não consigo entender qual essa força que empurra as pessoas tão fortemente para a ignorância. Se o mal existe, ele deve se parecer com um buraco negro, que suga as pessoas e suas capacidades de discernimento.

E a intelectualidade, ao invés de desejada, procurada com toda força, na verdade é odiada... Quanto menos a pessoa entende, maior é esse ódio irracional. A intelectualidade deveria ser a busca infindável pela Verdade, pela virtude, pelas pequenas pistas deixadas pelo nosso Criador.

Eu não me julgo sequer no direito de fazer de conta que sei de alguma coisa, isso tudo é uma busca pessoal, em primeiro lugar, não me arrogo bancar como o "dono da verdade", o que eu faço é um exercício, muitas vezes vão, de tentar pensar melhor, agir melhor...

Mas vai perguntar de qualquer assunto normal que não seja BBB a qualquer juvena médio... Pra você se decepcionar. Tanta informação útil sobre mercado, investimentos, bitcoin aí rolando com o confra @Trglodita... E o cara vai acreditar em Papai Estado, em poupança, em providência... Pra citar um de mil exemplos. É desse nível pra baixo.

Essa pode parecer mais uma reclamação besta minha, afinal se o outro é um tapado isso não é problema meu, mas veja bem, quem são as pessoas que vamos ter que lidar daqui pra frente? Essa geração cheia de problemas pra entrar no mercado de trabalho, que não conhecem limites, não possuem respeito, organização, nenhum tipo de projeto de futuro que preste? É esse o tipo de gente que você quer trabalhar junto? É esse tipo de gente que você quer contratar? É esse tipo de gente que quer atender? É complicado, por que isso afeta negativamente todo mundo.

Eu tenho é medo do que pode vir do futuro de uma sociedade assim que tanto despreza o saber e valoriza a idiotice.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Movimento Realista x Filosofia MGTOW Fairchild 17 5,729 28-08-2019, 06:42 PM
Última Postagem: gRILO

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: Leonardo_Martins, 3 Visitante(s)