Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Reflexões que não valem um tópico.
#41
Na Grécia Antiga, Platão (348 A.C), em uma tarde ensolarada sobre uma pedra, proferiu:

"Não confunda as grandes obras do mestre Picasso com a grande pica de aço do mestre de obras." trollface Gargalhada

[Image: 81914759_s-810x540.jpg]
Responda-o
#42
Do mesmo jeito que as mulheres perdem o interesse por você quando oferece tudo aquilo que elas querem (atenção,ser mimada,dar exclusividade somente a ela,etc...) Nós também não ficamos pra trás nesse comportamento perturbado.
Quando achamos uma mulher disposta a dar tudo aquilo que queremos sem pestanejar (sexo,exclusividade,submissão,etc...) a gente também perde o interesse,pois acaba ficando tudo fácil e previsível.O ser humano é meio perturbado por natureza e sempre vai achar o previsível e seguro chato e vai largar de mão mais cedo ou mais tarde.
" Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, abrir-se-lhe-á "
Responda-o
#43
SEJA EXTREMAMENTE EGOÍSTA COM SEU TEMPO.

[Image: imageForSharing.jpg]

O tempo é o ativo mais valoroso de nossas vidas.

É o recuso que todos temos em equidade.

Você tem, diariamente, a mesma quantidade de horas que Elon Musk.

E oras... como você as têm investido?

Ao trabalhar, você está trocando tempo por X reais mensais.

Quando treina, você troca tempo por uma melhor condição física.

Estudando, você troca tempo por conhecimento.

E ao fuçar redes sociais, fofocar, ver séries idiotas, você está trocando tempo pelo que mesmo?... por NADA.


A partir de hoje só aceite em sua rotina atividades que agreguem.

Você, de verdade, não precisa desses 'amigos' que acha que precisa.


Você não precisa sair com essas mulheres aleatórias e toscas a troco de um prazer vazio.

Livre-se dessa podridão de debater idiotices, analisar vida de famosos, vizinhos, ficar procurando padrão "alfa x beta".

O tempo tá passando e você tá na mesma vidinha de 3, 5 anos atrás.

O que vai mudar sua vida... chama-se OBSESSÃO.

[Image: Sep1_2021_GettyImages_1149324705_BrainWaves-scaled.jpg]

Seja obsessivo em suas metas, filho.

Delete de seu caminho quem te chamar de paranoico, extremista ou vier com discurso hippie de "equliíbrio é tudo".

Eles não entendem a complexidade de seus objetivos.

Responda-o
#44
(24-07-2023, 02:03 PM)OneShot Escreveu:
SEJA EXTREMAMENTE EGOÍSTA COM SEU TEMPO.

O tema é bom demais pra não ter um tópico.

Todas as pessoas bem sucedidas tem algo em comum, sabem administrar seu tempo em busca da produtividade e excelência.

Acredito que a forma mais eficaz de eliminar distrações e ter "mais tempo" para as coisas importantes é anotando toda sua rotina em um diário. Anotando tudo nos mínimos detalhes, desde aquela olhadinha no instagram até o tempo que passa no chuveiro. Em alguns dias podemos perceber que deixamos coisas supérfluas roubar nosso precioso tempo. Enxergado isso, vai da pessoa decidir se quer mudar ou não.

Só pra complementar, no livro O Almanaque de Naval Ravikant, o autor faz um analogia entre tempo e dinheiro, onde devemos enxergar o tempo como um ativo, e caso não saiba o valor desse ativo, as pessoas vão pagar pouco por ele.
Apreciador de cervejas, viagens e mulheres.
Responda-o
#45
(24-07-2023, 03:21 PM)candango Escreveu: O tema é bom demais pra não ter um tópico.


A galera aqui já sabe de tudo. Seria irrelevante e até ofensivo criar um tópico de assunto já batido.  Big Grin


Complementando o post anterior...

Não perca seu tempo com quem não pensa semelhante a você.

Por muito tempo tentei mostrar aos outros uma visão diferente de mundo. 

O mais certo é deixar que cada um quebre a cara e aprenda com os próprios erros, incluindo familiares.

Você não é salva-vidas de ninguém.

Cerque-se de correlativos. 

Responda-o
#46
Tem um adágio antigo, milenar talvez.
''O que difere o veneno do remédio, é a dose''.
Isso vale muito para aquelas ideias, conhecimentos em geral, que se busca estudar, entender.
Mesmo pra isso, é preciso moderação. E bastante.

"Só os canalhas precisam de uma ideologia que os absolva e justifique." (Rodrigues, Nelsson)
Responda-o
#47
Como os novatos conheceram a Real?

Antes, geralmente as pessoas conheciam as comunidades da Real por estes meios:

- Frequentavam alguma comunidade do Orkut meio depressiva ("Depressão e Timidez") ou alguma comunidade que discutia questões de gênero ("Homem, Quem os Entende?") e outros membros da Real iam lá pra "Meter a Real" nos outros.

- Procuravam conhecimentos sobre a psicologia feminina e relacionamentos, e acabavam se deparando com os livros de Nessahan Alita (e posteriormente, descobriam as comunidades, fóruns e blogs)

- Viam os artigos do Silvio Koerich em outros blogs

- Viam postagens da página "Metendo a Real" no facebook (isso foi mais depois, sei lá, entre os períodos de 2012~2017)


E hoje em dia? Como os novatos souberam da existência dos fóruns da Real? Eu sei que tem alguns canais redpills mais "underground" que nem mostram a cara, e eles citam a existência dos fóruns, a "época da Real" etc. Mas os conteúdos mais populares e "topo de funil" não costumam citar aqui.

Então, aproveitando que não quero criar um tópico só pra isso (e que não encontrei o tópico atual de apresentações) eu pergunto:

Como os novatos conheceram a Real?

 E quando digo "A Real", eu me refiro aos conteúdos da androsfera (Redpill, MGTOW, NoFap, Desenvolvimento Pessoal Masculino etc) e também as comunidades da Real.
Responda-o
#48
(06-09-2023, 10:27 AM)Texugo Real Escreveu: Como os novatos conheceram a Real?

 E quando digo "A Real", eu me refiro aos conteúdos da androsfera (Redpill, MGTOW, NoFap, Desenvolvimento Pessoal Masculino etc) e também as comunidades da Real.

Youtube e instagram. pelo próprio tráfego orgânico o algorítimo vai disseminando os vídeos pelas plataformas e entregando a públicos de interesses semelhantes. Fora que quem fala mal, faz propaganda também.

O satisfatório é observar no seu dia a dia a galera acordando, ainda que não saibam o que significam esses termos (e nem precisam saber), aplicam em suas vidas ideias compatíveis. 

Você vai ao barbeiro/uber/fila de mercado e nota algumas falas de quem está despertando dessa podridão. 

Vídeos de muié dizendo que homens não chegam mais, que se arrumam todas e voltam pra casa sozinhas... femilixo tá colhendo seus frutos. Yaoming
Responda-o
#49
Análise de algumas frases dos meios Redpill


Existem algumas frases "canônicas" que circulam nos meios Redpill (machosfera em geral). Pois bem, vou fazer uma breve análise e interpretação de algumas delas, e qual o problema de aceitá-las como 100% verdade. Quem lembrar de mais alguma, fique à vontade pra postar também:

"A melhor Redpill vem delas": Essa frase pode significar algumas coisas: 1- que a mulher entende muito mais o comportamento uma das outras do que os homens; 2- que quando elas se sentem mais livres para expressar opiniões, elas falam mais coisas revelatórias (de si mesmas ou de outras mulheres); 3- que as próprias ações das mulheres revelam mais do que as palavras delas; 

Mas também pode significar outras coisas: 4- o homem às se sente meio que "culpado" por ficar consumindo ou produzindo conteúdo Redpill, aí ele solta uma frase dessas para amenizar a culpa e pensar "aí, tá vendo?? Quando é a própria mulher que fala uma parada dessas aí, deve ser verdade!"; 5- que ele quer abrir espaço para o público feminino.

E convenhamos, nós sabemos que a mulher tem mais a perder caso os outros passem a enxergá-la como piranha. Vocês acham mesmo que elas se entregariam tão fácil assim?

Concluindo: a melhor Redpill vem de autores como Nessahan, Esther Villar, Rollo Tomassi, participantes das comunidades da Real etc. Mulheres entendem a Real, mas não costumam meter a Real.


"Sexo é tudo que elas são, sexo é tudo que elas tem": infelizmente, já ouvi MGTOWs soltando essa frase... não há muito o que falar... pera lá, até que eu gosto de dar uma conversada antes e pá, levar elas numa praça, etc... mas cada um é cada um.

Concluindo: pô, aí não, né...


"A mulher escolhe quando e com quem vai transar, e o homem escolhe quando e com quem vai se casar" (analisando o ocidente, e não esses países africanos e árabes): realmente, a não ser em casos de crimes sexuais, a escolha de parceiro sexual está com a mulher. É ela que seleciona o parceiro sexual. Mas tem um problema aí: elas TAMBÉM tem alguma escolha de quando e com quem vão se casar. Cai na ilusão o homem que pensa que tem tanto poder assim. Elas são exigentes pro sexo e pro casamento. 

Concluindo: mulher escolhe muito quando e com quem vai trepar e mais ou menos quando e com quem vai casar.


"Com 4 bilhões de mulheres por aí, você tá deprimido e preocupado porque terminou com uma só?": frase muito bem intencionada, mas tem alguns problemas aí. Primeiro, quantas dessas "4 bilhões de mulheres" você vai comer? Algumas provavelmente você não vai, a começar pela sua mãe, tias, irmãs, sobrinhas, etc. se você for um cara normal. E segundo, quantas dessas 4 bilhões são crianças, adolescentes ou idosas, e que você vai passar longe? Terceiro, quantas são mulheres sem 4~5 redflags graves? Quarto, quantas vão te querer? Quinto, quantas você quer? Sexto, quantas você conhece? Você provavelmente conhece bem umas 50~80 mulheres, e você não quer pegar todas elas e nem todas essas 50~80 mulheres querem te pegar. Essa frase nem é muito do meio Realista/Redpill, mas sim de pessoas que tem algum conhecimento de relacionamentos, e adquiriu um mínimo de amor próprio e auto-confiança. Diria que é "pré-Real"

Essa frase é boa para quem tá à beira do abismo, para o seu amigo deprê que terminou com a mina e até abriu uma brecha para que lhe falassem algumas Reais. Mas é incompleta.

Concluindo: Com tantas coisas pra fazer e tantas coisas boas na vida, você tá deprimido e preocupado por causa de término de relacionamento?


Tem frases que eu considero verdade, e nem contesto: "A Real salva vidas", "A Real é para todos, mas nem todos são para a Real" etc.

Lembrou de algum chavão dos meios Realistas, e que você não concorda 100%? Analise aqui também.
Responda-o
#50
Aprender com os Diversos Sub-Grupos da Androsfera


Nós podemos aprender e colher o lado bom de várias correntes que estão no universo "Redpill", e da androsfera em geral:

- Purple Pill: diálogo, passar mais rápido a fase da revolta, ver as coisas de modo mais leve e ter bom humor, entender que homens e mulheres são parecidos em algumas coisas (tipo... nem homens e nem mulheres gostam de mal cheiro, né...)

- MGTOW: sistema de validação interno, autossuficiência, não aceitar todo tipo de fardo da performance, independência emocional (e às vezes até sexual também), análise das leis, visão histórica e sociológica mais aprofundada.

- Tradcons: aprender a lidar com o fardo da performance e aceitar que esse é um dos fatores que trouxe progresso (tecnologia, descobertas, explorações, desenvolvimento pessoal etc), ter mais auto-controle sobre os próprios instintos e desejos, desenvolvimento espiritual.

- Blackpills: sinceramente, talvez a única qualidade daqui é aprender a lidar com informações mais difíceis de engolir... mas MGTOWs já fazem isso e de forma bem mais filtrada, e direcionada para desenvolver o homem, e não simplesmente soltar uma informação e depois afundá-lo mais ainda na merda. 
Responda-o
#51
As coisas vão se diluindo com o tempo, a Real tem seus fóruns autores blogs materiais escritos relatos uma verdadeira confraria onde cada um compartilha um pouco e idéias e experiências depois veio o youtube e alguns poucos canais onde aquele cara diz algo e todos seguem igual uma seita com milhares e invisíveis seguindo um iluminado nem fodendo que caras que acompanham youtubers como o bruno giglio vão ter a profundidade de conhecimento e vivência e evolução pessoal que o pessoal da Real dos fóruns tem.
Responda-o
#52
Punhetações Filosóficas e Desenvolvimento Pessoal

Às vezes o cara tem um tino para área de humanas, mas tem contato com materiais de desenvolvimento pessoal (finanças, estudo de concurso etc), e se sente um pouco deslocado quando lê materiais de filosofia, história, sociologia etc. que não parecem trazer resultado imediato. As famosas "punhetações filosóficas".

Mas às vezes é possível tirar proveito de alguns materiais para o desenvolvimento pessoal.

Tem um livro excelente que é o Muqqadimah, do Ibn Khaldun. Esse é considerado o primeiro sociólogo da história. Ele aborda a questão do nascimento da civilização, os ciclos históricos, como as sociedades se formam etc. Um dos fatores de civilização é a vida austera que fortalece a personalidade e aguça a criatividade dos "pioneiros". Aí vem os tempos bons, homens fracos etc. e todo mundo já sabe, é até meme.

Pois bem, esse livro me serviu para entender uma coisa: às vezes eu tô mais focado, mais animado, etc. mas depois eu dou uma desleixada, a vida começa a emporcalhar de novo, maus hábitos etc. É como se houvesse um ciclo: fortalecimento, ascenção, enfraquecimento, queda. É normal esquecer os motivos que nos levaram a querer uma vida melhor e mais satisfatória... aí eu me lembro de novo dos motivos que me fizeram querer uma vida melhor e a pequena "fase de decadência" pode acabar mais rápido...
Responda-o
#53
(24-07-2023, 02:03 PM)OneShot Escreveu:
SEJA EXTREMAMENTE EGOÍSTA COM SEU TEMPO.

[Image: imageForSharing.jpg]

O tempo é o ativo mais valoroso de nossas vidas.

É o recuso que todos temos em equidade.

Você tem, diariamente, a mesma quantidade de horas que Elon Musk.

E oras... como você as têm investido?

Ao trabalhar, você está trocando tempo por X reais mensais.

Quando treina, você troca tempo por uma melhor condição física.

Estudando, você troca tempo por conhecimento.

E ao fuçar redes sociais, fofocar, ver séries idiotas, você está trocando tempo pelo que mesmo?... por NADA.


A partir de hoje só aceite em sua rotina atividades que agreguem.

Você, de verdade, não precisa desses 'amigos' que acha que precisa.


Você não precisa sair com essas mulheres aleatórias e toscas a troco de um prazer vazio.

Livre-se dessa podridão de debater idiotices, analisar vida de famosos, vizinhos, ficar procurando padrão "alfa x beta".

O tempo tá passando e você tá na mesma vidinha de 3, 5 anos atrás.

O que vai mudar sua vida... chama-se OBSESSÃO.

[Image: Sep1_2021_GettyImages_1149324705_BrainWaves-scaled.jpg]

Seja obsessivo em suas metas, filho.

Delete de seu caminho quem te chamar de paranoico, extremista ou vier com discurso hippie de "equliíbrio é tudo".

Eles não entendem a complexidade de seus objetivos.


Bom... Boa Sorte com isso, concordo com a maior parte do que falou, alcançar o foco quando se é jovem é sensacional, acelerando rumo ao progresso, a mudança de vida, fazendo coisas que outros não fazem para chegar onde a maioria não chega, só tome cuidado com sua saúde mental, jovem, cuidado para não cair na matrix do desenvolvimento obsessivo e se isolar do mundo e das relações sociais naturais, da diversão e do ócio natural que também fazem parte do processo de desenvolvimento, de cognição, de aprimoramento de instintos, resumindo, aprender a lidar com ser humano na prática em todas as suas variações, aprender sobre si mesmo nas mais variadas situações ou simplesmente ter um tempo para refletir sobre as próprias convicções.

Como relatei pro @Novo Mundo sobre minha jornada no funcionalismo, passei por essa fase alguns anos atrás, jovem interiorano fudido querendo mudar de vida e sair da "parentela" focado, obcecado, decolando na vida, conquistando meu lugar ao sol e buscando ser alguém na vida e justamente por ser excessivamente paranoico em alguns pontos, por não ter instintos acabei pecando em outros pontos e o diabo mora nos detalhes, foi ai que me dei mal, me achava esperto por saber muito na teoria, a lógica fazia o maior sentido mas na prática a teoria é outra, e você tem que estar preparado aos mais variados ambientes, as pessoas, aos predadores que você vai topar pelo caminho e esse instinto você só cria estando no meio deles para entender como funciona e poder reagir adequadamente.

Não estou te falando pra virar um "Brasileiro Médio", abandonar suas convicções e objetivos, estou falando para você não se abster de viver mas ser forte o suficiente para ser íntegro e preservar suas convicções sem precisar se abster de viver experiências, conviver e lidar com pessoas nos mais variados ambientes e situações.


Citação:Você tem, diariamente, a mesma quantidade de horas que Elon Musk.

O cara é um Bilionário num país de primeiro mundo projetando foguetes, carros, inteligencia artificial, eu sou só um tiozão fudido num país de terceiro mundo que gasta 90% desse tempo batendo punheta trollface

Pior erro é querer se comparar a pessoas de sucesso, isso só vai te frustrar, construa seu caminho e trilhe ele até onde você quer chegar, um degrau por vez, avançando um pouco por dia, evitando ao máximo regredir, não caia nessas ladainhas de coachs e vendedores de curso, isso é mais antigo que andar pra trás, cria a famosa motivação "pastel de vento" e "fogo de palha" que some na primeira topada que der com a realidade e ver que você não tá nem perto de alcançar seu "ídolo" mesmo trilhando caminho que te contaram que ele trilhou. 

Agora se você se esforçar em fazer seu caminho, o amanhã ser melhor que hoje, um degrau de cada vez, com disciplina, resiliência, perseverança independente das dificuldades, terá um desenvolvimento sólido que você pode se orgulhar.
Responda-o
#54
Volte daqui uns anos pra contar como foi e onde esse "egoísmo, obsessão e paranoia te levaram e que resultado que deu, @OneShot . trollface
Responda-o
#55
(06-01-2024, 12:37 PM)Penoso Escreveu: Volte daqui uns anos pra contar como foi e onde esse "egoísmo, obsessão e paranoia te levaram e que resultado que deu, OneShot . trollface

Mas se a pessoa é obcecada por um assunto que não faz mal nem pra ela e nem pra sociedade, isso pode até se tornar o "lazer" dela.

Exemplo:

"Eu, fulano de tal, gosto de ficar mexendo no motor do carro e do caminhão. Logo, em vez de gastar metade do salário em baladas ou puteiro, vou ficar no quintal mexendo no motor do carro, e se alguém achar que é coisa de esquisitão, pode ir tomar no cu".

"Eu gosto de mexer com planta, logo, foda-se "socializar" em baladinha ou torcida organizada, eu vou mexer com as plantas no quintal".

"Eu gosto de história e sociologia, logo, no tempo livre de "lazer" posso pegar alguma coisa de história pra ler, e foda-se quem achar que é autismo, vai todo mundo tomar no cu".

"Eu gosto de computação, química, máquinas, criminologia etc. logo, isso é meu playground"

Nós estamos acostumados com a imagem do coreano ou japonês se jogando do prédio depois de passar meses estudando 15 horas por dia... óbvio que tem outros motivos, mas provavelmente eles estavam estudando alguma coisa que eles não tem o menor interesse.

Tem o super coach que manda a pessoa fazer isso e aquilo pra se tornar o fodão de sucesso (padrão de "sucesso" determinado pela sociedade, pela época, pelo lugar etc... e às vezes determinado pelas mulheres...), e tem o instinto da própria pessoa que diz pra ela "porra, cara, tá desperdiçando tempo e energia com besteira, mas tem aqueles assuntos que você é obcecado e faz bem pra você e pra sociedade, eles podem ser um lazer no tempo livre..."

Talvez depois até mais do que um simples lazer, mas isso é com a pessoa.

(06-01-2024, 12:37 PM)Penoso Escreveu: Pior erro é querer se comparar a pessoas de sucesso, isso só vai te frustrar, construa seu caminho e trilhe ele até onde você quer chegar, um degrau por vez, avançando um pouco por dia, evitando ao máximo regredir, não caia nessas ladainhas de coachs e vendedores de curso, isso é mais antigo que andar pra trás, cria a famosa motivação "pastel de vento" e "fogo de palha" que some na primeira topada que der com a realidade e ver que você não tá nem perto de alcançar seu "ídolo" mesmo trilhando caminho que te contaram que ele trilhou. 

Agora se você se esforçar em fazer seu caminho, o amanhã ser melhor que hoje, um degrau de cada vez, com disciplina, resiliência, perseverança independente das dificuldades, terá um desenvolvimento sólido que você pode se orgulhar.

Indo além, vejam os padrões de sucesso de cada época e contexto... 

Uma hora, ser programador é coisa de virjão, fracassado etc. e um belo dia, isso se torna amigável pra sociedade, e até mesmo algumas mulheres reclamam que é um ambiente machista, sem presença feminina etc.

O Thomas Edison, que tinha mais habilidade social e administrativa, conseguiu ultrapassar o Nikola Tesla em termos de "sucesso social". Mas ambos eram obcecados pelos assuntos que eles estudavam, e conseguiram fazer descobertas, invenções etc. E apesar do Thomas Edison ser mais "sociável", ele não tava preocupado com ficar bonito numa capa de revista, ser convidado pra festas de luxo, entrar pra enciclopédia e ter o rosto estampado igual o Da Vinci etc. Ele queria é inventar e empreender, e esse foi o caminho que ele mesmo escolheu trilhar... ninguém encheu a cabeça dele com "fardo da perfomance". E muito menos do Nikola Tesla.
Responda-o
#56
 Cálculo Estatístico da Ausência de Assédio


Inspirado nas estatísticas feitas pelo Mestre de Hielo, e também baseado na notícia postada pelo @Jota Jr (de que uma psicóloga problematizou o fato de alguns homens evitarem olhar pra bunda das mulheres, e que pode haver misoginia nisso), resolvi no meu tempo livre de desenvolvimento pessoal fazer o Cálculo Estatístico da Ausência de Assédio. A notícia que ele postou é deste tópico: https://legadorealista.net/forum/showthr...#pid109703 e a matéria completa é deste site: https://www.uol.com.br/universa/noticias...histas.htm

Contexto:

Na edição 24 do programa BBB, alguns homens evitaram olhar para a bunda e peitos de uma das participantes. Segundo uma psicóloga, homens que evitam ficar olhando para a bunda das mulheres às vezes podem estar escondendo um certo machismo, principalmente por causa das falas deles de que eles evitam ficar abraçando demais, olhando etc até para não gerar ciúmes nas esposas deles. Mas para a psicóloga, esse comportamento também pode esconder uma certa misoginia: "esse tipo de atitude diminui as mulheres, como se elas fossem apenas bunda e peito, e não as coloca como pares, dignas de respeito, sujeitos complexos com atributos que extrapolam muito sua aparência física".

Não vou julgar as falas da psicóloga. Se é certo ou errado, cabe a elas decidirem, afinal, tudo o que sai da boca delas é verdade absoluta e deve ser levado à sério. Mas refleti, refleti e refleti de novo... e se a ausência de assédio se tornar um crime?? Vamos aos cálculos e tirar algumas conclusões lógicas:

Premissas verdadeiras:

1- Mulheres acham o assédio uma coisa nojenta.

2- Assédio é crime.

3- Mulheres sentem atração sexual por criminosos e homens "rebeldes", porém elas NÃO gostam de assediadores... o assediador é um tipo de criminoso que a mulher NÃO gosta.

4- Um homem que NÃO é assediador, às vezes causa atração sexual nelas, justamente por passar um ar de mistério, auto-controle, independência emocional etc.

5- Na era atual, todas as coisas são problematizadas pela cultura woke e às vezes até se tornam leis.

Vamos misturar todas essas informações: atração sexual por criminosos + nojo de assediadores + problematização de assuntos banais + atração sexual por homens que controlam os instintos, e chegamos às seguintes conclusões:

Se um dia a AUSÊNCIA de assédio se tornar um crime, então o cara que NÃO assedia vira um criminoso... logo, ele vai causar 2 VEZES mais atração sexual nas mulheres...
Responda-o
#57
A Real Sobre Relacionamento Aberto


Todo mundo aqui sabe que relacionamento aberto é uma merda. Nem precisa abrir tópico disso. 

E eu poderia também só falar que isso é coisa de puta e cuckão. Seria o argumento simples. 

Mas o buraco é mais embaixo, mais escuro, mais fundo, mais fedido e mais largo... e mais aberto... hoje iremos fazer uma análise socio-sexual lúcida, redpillada, fria e calculista sobre relacionamentos abertos e poliamorismo:

Geralmente quem pede para abrir é a mulher: ao longo da evolução, a mulher adquiriu mais força emocional, violência psicológica e habilidade comunicativa superior ao dos homens. E também, adquiriu mais facilidade de largar o companheiro dela por outro, mais do que o homem comum. Além disso, nos últimos 200 anos, o feminismo libertou a mulher de certas responsabilidades e auto-controle também. Um dos resultados negativos dessa história é que ela agora se sente na liberdade de expressar não só os sentimentos, mas o instinto podre dela. Se ela "sente" necessidade de ter um relacionamento aberto, ela comunica isso ao cuckão e não tem filtro, nem semancol. Ela acha normal falar os fetiches bizarros dela. Ela acha que o cuck dela é um psicólogo pra ficar ouvindo bosta. Se o homem pede para abrir o relacionamento, ele pode ser taxado como abusivo (sinceramente, foda-se, pra mim ele também não merece tanto respeito assim por parte dela...), mas se a mulher faz o mesmo, ela está apenas expressando suas vontades...

Os motivos da mulher vão além da safadeza: o progressista diz que é porque ela cansou da rotina, etc. e o conservador diz que é por causa da promiscuidade do mundo moderno e etc. Ok, realmente ela cansou da rotina e realmente ela foi influenciada pela cultura moderna. Mas tem mais caldo nessa laranja... os motivos dela vão além: 
   1- Misandria e sadismo: o cukão já é domado, já é a amiga dela de cortar unha, já usa a língua dele como absorvente... então, qual é a graça? Esse só serve para ouvir histórias de como ela deu pra outros machos. É uma abelha operária da rainha, e os outros são os zangões. Misandria, escravidão e sadismo para o homem comum e submissão para o destacado. Relacionamento aberto é a friendzone para o próprio marido/namorado.
   2- Vontade de ver ele com outra: geralmente a mulher abre relacionamento já com as cartas marcadas, e com macho a espera...  mas também, ela deixou uma brecha pra ele pegar outras e às vezes ela quer que o marido "traia" ela, pra ela sentir que ele é um cara destacado... e também, sentir as fortes emoções de estar sendo traída, corneada, envergonhada, humilhada etc. sentir as emoções tóxicas de filme romântico. Ah, e também às vezes ela é bissexual, e quer engatar um menage com o marido.
   3- influência da mídia e do meio social: o homem é mais anti-social do que a mulher. Isso tem vantagens e desvantagens. Mas vou falar só das vantagens: quando ele é sugestionado a fazer merda, geralmente é uso de drogas, crime, delinquência, consumir cultura lixo etc. mas a mulher é mais sugestionável pelas amigas e pela meio social em vários assuntos da vida. Se o homem vai para um terapeuta, e ele sugere que o homem mude as cores da roupa, que ele mude de religião, que ele leve a esposa num swing, abra o relacionamento etc. existe boas chances dele mandar o terapeuta tomar no cu. Mas se a mulher vai num terapeuta, aí é provável que o terapeuta vire o guru dela (mesmo se ele for gay), aí ela faz as merda que ele sugere.
   4- Fetichismo pelo errado: o homem também tem um pouco de "fetichismo" por coisas tabus, mas a mulher é pior nesse ponto. Como ela tem menos força física, uma das formas dela ter sensação de poder é quando quebra convenções morais no sexo. E qual a "convenção social" do sexo? É o homem no papai-mamãe ou flor de lótus com a mulher... bem diferente do gang bang que ela quer.

Os reais motivos pro marido aceitar isso não são explicados pela mídia: 1- baixa autoestima e dependência emocional; 2- pode ser uma forma de "cope" e aceitação passiva, do tipo "vou aceitar logo minha mulher dando pra outro, pois assim eu não fico com ciúmes, aí se o relacionamento é aberto, pelo menos sei onde ela está"; 3- vício em pornografia; 4- tendências bissexuais; 4- masoquismo.

Relacionamento aberto tem os dias: existe relatos desse naipe aqui: quando a mulher propõe uma relação aberta, nos períodos que ela quer dar a buceta (ovulação), ela sai com outros machos, e nos períodos que ela tá mais chata e frígida (menstruação), ela fica em casa com o corno...

Relacionamento aberto não é tão aberto: é comum a mulher começar a cobrar compromisso do amante, e sentir ciúmes quando o corno tem sucesso em arrumar outras mulheres...

Resumindo tudo: hmm... não mesmo...
Responda-o
#58
Spoiler Revelar

A Real Sobre Relacionamento Aberto


Todo mundo aqui sabe que relacionamento aberto é uma merda. Nem precisa abrir tópico disso. 

E eu poderia também só falar que isso é coisa de puta e cuckão. Seria o argumento simples. 

Mas o buraco é mais embaixo, mais escuro, mais fundo, mais fedido e mais largo... e mais aberto... hoje iremos fazer uma análise socio-sexual lúcida, redpillada, fria e calculista sobre relacionamentos abertos e poliamorismo:

Geralmente quem pede para abrir é a mulher: ao longo da evolução, a mulher adquiriu mais força emocional, violência psicológica e habilidade comunicativa superior ao dos homens. E também, adquiriu mais facilidade de largar o companheiro dela por outro, mais do que o homem comum. Além disso, nos últimos 200 anos, o feminismo libertou a mulher de certas responsabilidades e auto-controle também. Um dos resultados negativos dessa história é que ela agora se sente na liberdade de expressar não só os sentimentos, mas o instinto podre dela. Se ela "sente" necessidade de ter um relacionamento aberto, ela comunica isso ao cuckão e não tem filtro, nem semancol. Ela acha normal falar os fetiches bizarros dela. Ela acha que o cuck dela é um psicólogo pra ficar ouvindo bosta. Se o homem pede para abrir o relacionamento, ele pode ser taxado como abusivo (sinceramente, foda-se, pra mim ele também não merece tanto respeito assim por parte dela...), mas se a mulher faz o mesmo, ela está apenas expressando suas vontades...

Os motivos da mulher vão além da safadeza: o progressista diz que é porque ela cansou da rotina, etc. e o conservador diz que é por causa da promiscuidade do mundo moderno e etc. Ok, realmente ela cansou da rotina e realmente ela foi influenciada pela cultura moderna. Mas tem mais caldo nessa laranja... os motivos dela vão além: 
   1- Misandria e sadismo: o cukão já é domado, já é a amiga dela de cortar unha, já usa a língua dele como absorvente... então, qual é a graça? Esse só serve para ouvir histórias de como ela deu pra outros machos. É uma abelha operária da rainha, e os outros são os zangões. Misandria, escravidão e sadismo para o homem comum e submissão para o destacado. Relacionamento aberto é a friendzone para o próprio marido/namorado.
   2- Vontade de ver ele com outra: geralmente a mulher abre relacionamento já com as cartas marcadas, e com macho a espera...  mas também, ela deixou uma brecha pra ele pegar outras e às vezes ela quer que o marido "traia" ela, pra ela sentir que ele é um cara destacado... e também, sentir as fortes emoções de estar sendo traída, corneada, envergonhada, humilhada etc. sentir as emoções tóxicas de filme romântico. Ah, e também às vezes ela é bissexual, e quer engatar um menage com o marido.
   3- influência da mídia e do meio social: o homem é mais anti-social do que a mulher. Isso tem vantagens e desvantagens. Mas vou falar só das vantagens: quando ele é sugestionado a fazer merda, geralmente é uso de drogas, crime, delinquência, consumir cultura lixo etc. mas a mulher é mais sugestionável pelas amigas e pela meio social em vários assuntos da vida. Se o homem vai para um terapeuta, e ele sugere que o homem mude as cores da roupa, que ele mude de religião, que ele leve a esposa num swing, abra o relacionamento etc. existe boas chances dele mandar o terapeuta tomar no cu. Mas se a mulher vai num terapeuta, aí é provável que o terapeuta vire o guru dela (mesmo se ele for gay), aí ela faz as merda que ele sugere.
   4- Fetichismo pelo errado: o homem também tem um pouco de "fetichismo" por coisas tabus, mas a mulher é pior nesse ponto. Como ela tem menos força física, uma das formas dela ter sensação de poder é quando quebra convenções morais no sexo. E qual a "convenção social" do sexo? É o homem no papai-mamãe ou flor de lótus com a mulher... bem diferente do gang bang que ela quer.

Os reais motivos pro marido aceitar isso não são explicados pela mídia: 1- baixa autoestima e dependência emocional; 2- pode ser uma forma de "cope" e aceitação passiva, do tipo "vou aceitar logo minha mulher dando pra outro, pois assim eu não fico com ciúmes, aí se o relacionamento é aberto, pelo menos sei onde ela está"; 3- vício em pornografia; 4- tendências bissexuais; 4- masoquismo.

Relacionamento aberto tem os dias: existe relatos desse naipe aqui: quando a mulher propõe uma relação aberta, nos períodos que ela quer dar a buceta (ovulação), ela sai com outros machos, e nos períodos que ela tá mais chata e frígida (menstruação), ela fica em casa com o corno...

Relacionamento aberto não é tão aberto: é comum a mulher começar a cobrar compromisso do amante, e sentir ciúmes quando o corno tem sucesso em arrumar outras mulheres...

Resumindo tudo: hmm... não mesmo...




Opa;

Segue uma certa lógica de relativização das coisas,  o modernoso se afeta em pensar nas complicações de se resolver determinados problemas, então fica mais fácil receitar "fugas de realidade" e atalhos mais atraentes como excitações, choques de dopamina.

É comum os "especialistas" antenadinhos recomendarem 'abrir' o relacionamento e colocar uma garota de programa ou um macho dotado para participar da relação ... É a disfunção como solução dos problemas, atuando como verdadeiros proxenetas da putaria alheia.

O relacionamento aberto é uma ilusão pois um dos lados sempre toma na jabiraca, me parece ligado a disfunção psíquica como o descontrole de libidos, pornografias, parafilias sexuais, fenômenos muito comuns de uma modernidade que glorifica as fantasias, a quebra de regras de um componente de transgressão de boas normas tentar manter isto sobre certa camuflagem. ... Tipo o que faz os adeptos de swing, casais liberais, etc.

Estes elementos somados são um poderoso ativador de dopamina o que aumenta o tesão e o compromisso dos envolvidos.

Responda-o
#59
(24-01-2024, 02:31 PM)Fernando_R1 Escreveu:
Spoiler Revelar

A Real Sobre Relacionamento Aberto


Todo mundo aqui sabe que relacionamento aberto é uma merda. Nem precisa abrir tópico disso. 

E eu poderia também só falar que isso é coisa de puta e cuckão. Seria o argumento simples. 

Mas o buraco é mais embaixo, mais escuro, mais fundo, mais fedido e mais largo... e mais aberto... hoje iremos fazer uma análise socio-sexual lúcida, redpillada, fria e calculista sobre relacionamentos abertos e poliamorismo:

Geralmente quem pede para abrir é a mulher: ao longo da evolução, a mulher adquiriu mais força emocional, violência psicológica e habilidade comunicativa superior ao dos homens. E também, adquiriu mais facilidade de largar o companheiro dela por outro, mais do que o homem comum. Além disso, nos últimos 200 anos, o feminismo libertou a mulher de certas responsabilidades e auto-controle também. Um dos resultados negativos dessa história é que ela agora se sente na liberdade de expressar não só os sentimentos, mas o instinto podre dela. Se ela "sente" necessidade de ter um relacionamento aberto, ela comunica isso ao cuckão e não tem filtro, nem semancol. Ela acha normal falar os fetiches bizarros dela. Ela acha que o cuck dela é um psicólogo pra ficar ouvindo bosta. Se o homem pede para abrir o relacionamento, ele pode ser taxado como abusivo (sinceramente, foda-se, pra mim ele também não merece tanto respeito assim por parte dela...), mas se a mulher faz o mesmo, ela está apenas expressando suas vontades...

Os motivos da mulher vão além da safadeza: o progressista diz que é porque ela cansou da rotina, etc. e o conservador diz que é por causa da promiscuidade do mundo moderno e etc. Ok, realmente ela cansou da rotina e realmente ela foi influenciada pela cultura moderna. Mas tem mais caldo nessa laranja... os motivos dela vão além: 
   1- Misandria e sadismo: o cukão já é domado, já é a amiga dela de cortar unha, já usa a língua dele como absorvente... então, qual é a graça? Esse só serve para ouvir histórias de como ela deu pra outros machos. É uma abelha operária da rainha, e os outros são os zangões. Misandria, escravidão e sadismo para o homem comum e submissão para o destacado. Relacionamento aberto é a friendzone para o próprio marido/namorado.
   2- Vontade de ver ele com outra: geralmente a mulher abre relacionamento já com as cartas marcadas, e com macho a espera...  mas também, ela deixou uma brecha pra ele pegar outras e às vezes ela quer que o marido "traia" ela, pra ela sentir que ele é um cara destacado... e também, sentir as fortes emoções de estar sendo traída, corneada, envergonhada, humilhada etc. sentir as emoções tóxicas de filme romântico. Ah, e também às vezes ela é bissexual, e quer engatar um menage com o marido.
   3- influência da mídia e do meio social: o homem é mais anti-social do que a mulher. Isso tem vantagens e desvantagens. Mas vou falar só das vantagens: quando ele é sugestionado a fazer merda, geralmente é uso de drogas, crime, delinquência, consumir cultura lixo etc. mas a mulher é mais sugestionável pelas amigas e pela meio social em vários assuntos da vida. Se o homem vai para um terapeuta, e ele sugere que o homem mude as cores da roupa, que ele mude de religião, que ele leve a esposa num swing, abra o relacionamento etc. existe boas chances dele mandar o terapeuta tomar no cu. Mas se a mulher vai num terapeuta, aí é provável que o terapeuta vire o guru dela (mesmo se ele for gay), aí ela faz as merda que ele sugere.
   4- Fetichismo pelo errado: o homem também tem um pouco de "fetichismo" por coisas tabus, mas a mulher é pior nesse ponto. Como ela tem menos força física, uma das formas dela ter sensação de poder é quando quebra convenções morais no sexo. E qual a "convenção social" do sexo? É o homem no papai-mamãe ou flor de lótus com a mulher... bem diferente do gang bang que ela quer.

Os reais motivos pro marido aceitar isso não são explicados pela mídia: 1- baixa autoestima e dependência emocional; 2- pode ser uma forma de "cope" e aceitação passiva, do tipo "vou aceitar logo minha mulher dando pra outro, pois assim eu não fico com ciúmes, aí se o relacionamento é aberto, pelo menos sei onde ela está"; 3- vício em pornografia; 4- tendências bissexuais; 4- masoquismo.

Relacionamento aberto tem os dias: existe relatos desse naipe aqui: quando a mulher propõe uma relação aberta, nos períodos que ela quer dar a buceta (ovulação), ela sai com outros machos, e nos períodos que ela tá mais chata e frígida (menstruação), ela fica em casa com o corno...

Relacionamento aberto não é tão aberto: é comum a mulher começar a cobrar compromisso do amante, e sentir ciúmes quando o corno tem sucesso em arrumar outras mulheres...

Resumindo tudo: hmm... não mesmo...




Opa;

Segue uma certa lógica de relativização das coisas,  o modernoso se afeta em pensar nas complicações de se resolver determinados problemas, então fica mais fácil receitar "fugas de realidade" e atalhos mais atraentes como excitações, choques de dopamina.

É comum os "especialistas" antenadinhos recomendarem 'abrir' o relacionamento e colocar uma garota de programa ou um macho dotado para participar da relação ... É a disfunção como solução dos problemas, atuando como verdadeiros proxenetas da putaria alheia.

O relacionamento aberto é uma ilusão pois um dos lados sempre toma na jabiraca, me parece ligado a disfunção psíquica como o descontrole de libidos, pornografias, parafilias sexuais, fenômenos muito comuns de uma modernidade que glorifica as fantasias, a quebra de regras de um componente de transgressão de boas normas tentar manter isto sobre certa camuflagem. ... Tipo o que faz os adeptos de swing, casais liberais, etc.

Estes elementos somados são um poderoso ativador de dopamina o que aumenta o tesão e o compromisso dos envolvidos.

Nem precisamos falar do problema gritante que esse tipo de merda causa acerca da prole. Me remete ao texto dos bonobos.

Danos economicos, sociais e principalmente psicológicos. Insisto em dizer: famílias disfuncionais geram cidadãos disfuncionais que dependem do Estado, este que por sua vez, ganha cada vez mais força, o leviatã satânico faminto por controle e poder.
Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#60
Famílias disfuncionais criam eleitores, mão de obra barata e agentes de perpetuação de problemas sociais que justificam a necessidade de mais estado e consequentemente mais poder e uma justificativa para que as "famílias funcionais" e "pessoas funcionais" paguem essa conta.
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Compilação de canais do Youtube que ainda valem a pena Mr. Rover 30 17,946 03-09-2019, 10:45 AM
Última Postagem: _Blake_

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: Wesley de Mileto, 1 Visitante(s)