Enquete: Qual caminho seguir?
Esta enquete está fechada.
Caminho A
60.00%
3 60.00%
Caminho B
20.00%
1 20.00%
Caminho C
20.00%
1 20.00%
Total 5 voto(s) 100%
* Você votou neste item. [Exibir Resultados]

Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Preciso de conselhos
#21
Acabei de ter uma conversa com ela e ela disse que ela que bancaria tudo, e eu não precisaria ajudar em nada, eu me ofereci a pagar 300 de mercado mais internet e mais a minha academia, mas ela falou que pagaria tudo para mim, e que se eu quisesse vender mesmo, que usasse o dinheiro do jeito que bem entendesse.

E nisso, eu volto àquela dúvida de vender tudo ou não, pois acredito que pode ter um salto até os 32k como o backes falou que poderia acontecer, ao mesmo tempo que isso pode demorar mais tempo ou não acontecer, a questão é que mesmo se eu vendesse, para quê? O que eu iria fazer com o dinheiro, até agora a opção B parece a melhor, mas algo dentro de mim diz que já deu e é para eu sair desse mercado, mesmo acreditando que ele possa vir a subir.

No fim das contas, acho que vou vender uns 70% e comprar coisas que preciso, sendo uma delas, tempo, vou deixar 30%, metade em dólar, metade em bitcoin se subir, eu uso a metade que deixei em dolar despreocupado, se cair mais, pego essa metade e reinvisto.

Por mais que eu tenha recebido a carta branca dela em relação ao dinheiro, eu não quero passar por essa situação horrível de ver as pessoas precisando pegar meu dinheiro, mesmo emprestado, e eu precisando dar retirando de um investimento de alto risco, o Libertador estava certo, eu não tenho base nenhuma ainda.

Não me arrependo de ter investido em bitcoin, mas não tinha maturidade e muito menos bala na agulha para lidar com o investimento.

Mas ainda é difícil abrir mão e vender agora, com o medo dele voltar a subir, porém, foi esse sentimento que me fez não vender quando ele estava acima de 50k...

(10-07-2022, 09:16 PM)Merdingo Escreveu: Da pra fazer. Com 25 anos eu almejei a mesma coisa que vc para os 30 e consegui até um pouco antes.

Não vacila que dá sim.

Obrigado pela força, foi bom passar pelo sufoco, pois agora renovei minha força de vontade.

(10-07-2022, 09:26 PM)Penoso Escreveu: Mas eu li nas entrelinhas e me parece que você ainda tem medo do mundo, de sair da barra da saia da sua mãe, não tem confiança que é capaz de evoluir e um dia se sustentar sozinho, tá com medo de pular do ninho e fica fazendo plano de longo prazo pra postergar seu retorno ao mercado de trabalho, dinheiro não pode parar de pingar, irmão, o ralo é grande, a fonte seca, nunca se sabe a merda que pode acontecer e um dia o que você supostamente tem pode não valer mais porra nenhuma, aliás, já não vale, se 50 mil já não era nada imagina 20 ou 15.

Você pode chegar aos 30 com uma carteira forrada de investimento, quem sabe um cargo público mas no mínimo você deve chegar qualificado e com experiência para trabalhar e se sustentar sozinho caso algo aconteça com sua velha.

Rapaz, pior que você acertou em cheio, tenho muito medo do mundo, não queria ser desse jeito, isso não é só ruim para o bolso, é ruim para a alma também, não sei exatamente onde eu deixei isso nas entrelinhas, mas você acertou em cheio, companheiro.
Responda-o
#22
[Image: 6mdrzi.jpg]
Responda-o
#23
kkkkkkkkkkkkkkk genial.

Pior que não sei de onde veio esse medo, eu vendia doce na rua, hoje eu tremo na base em pensar em fazer isso de novo, não sei o que houve, acho que a juventude faz você ter mais coragem de viver, sei lá...
Responda-o
#24
(10-07-2022, 10:05 PM)Novo Mundo Escreveu: kkkkkkkkkkkkkkk genial.

Pior que não sei de onde veio esse medo, eu vendia doce na rua, hoje eu tremo na base em pensar em fazer isso de novo, não sei o que houve, acho que a juventude faz você ter mais coragem de viver, sei lá...

Eu sei... enquanto é jovem você nunca pode parar, tem que se manter em movimento, precisando ou não, quando você se isola do mundo seu psicológico fica enfraquecido, você começa desenvolver medos, paranoias, inseguranças, mas quando você tá em um fluxo de evolução contínua, sangue quente, não tem medo dos desafios, tudo fica mais natural, em casa você se prende muito a informações que recebe de terceiros que quase sempre vem envenenada com pontos de vista alheios.
Responda-o
#25
Um excelente ímpeto é a sensação de não ter nada a perder.

As maiores conquistas e as maiores cagadas da minha vida foram após um "ok, não tenho nada a perder mesmo" GargalhadaGargalhada

Boa parte da minha energia gasto para me manter neste posicionamento
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#26
(10-07-2022, 10:13 PM)Merdingo Escreveu: Um excelente ímpeto é a sensação de não ter nada a perder.

As maiores conquistas e as maiores cagadas da minha vida foram após um "ok, não tenho nada a perder mesmo" GargalhadaGargalhada

Boa parte da minha energia gasto para me manter neste posicionamento

Um cara que a mãe se oferece pra pagar academia nunca vai sentir isso Gargalhada
Responda-o
#27
(10-07-2022, 10:10 PM)Penoso Escreveu: Eu sei... enquanto é jovem você nunca pode parar, tem que se manter em movimento, precisando ou não, quando você se isola do mundo seu psicológico fica enfraquecido, você começa desenvolver medos, paranoias, inseguranças, mas quando você tá em um fluxo de evolução contínua, sangue quente, não tem medo dos desafios, tudo fica mais natural, em casa você se prende muito a informações que recebe de terceiros que quase sempre vem envenenada com pontos de vista alheios.

Isso explica tudo, eu fui atropelado nessa época que vendia os doces, com exatos 20 anos, e aquilo fez eu me isolar no quarto por alguns meses, depois daquilo, nunca mais tive a mesma coragem dessa época...
Responda-o
#28
(10-07-2022, 10:18 PM)Novo Mundo Escreveu: Isso explica tudo, eu fui atropelado nessa época que vendia os doces, com exatos 20 anos, e aquilo fez eu me isolar no quarto por alguns meses, depois daquilo, nunca mais tive a mesma coragem dessa época...

Imagina só quando a vida te atropelar...
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#29
(10-07-2022, 10:18 PM)Novo Mundo Escreveu:
(10-07-2022, 10:10 PM)Penoso Escreveu: Eu sei... enquanto é jovem você nunca pode parar, tem que se manter em movimento, precisando ou não, quando você se isola do mundo seu psicológico fica enfraquecido, você começa desenvolver medos, paranoias, inseguranças, mas quando você tá em um fluxo de evolução contínua, sangue quente, não tem medo dos desafios, tudo fica mais natural, em casa você se prende muito a informações que recebe de terceiros que quase sempre vem envenenada com pontos de vista alheios.

Isso explica tudo, eu fui atropelado nessa época que vendia os doces, com exatos 20 anos, e aquilo fez eu me isolar no quarto por alguns meses, depois daquilo, nunca mais tive a mesma coragem dessa época...

Se seu isolamento veio depois de um evento traumático, como uma demissão, um assalto, um acidente, fim de um relacionamento, é normal desenvolver esse medo e seu psicológico enfraquecer, como um estresse pós traumático não tratado ou uma depressão, você se entregou, seus planos de longo prazo me parecem nada mais que desculpas pra postergar o que você deveria fazer agora, você cria essa ilusão para ganhar tempo pra se preparar e tomar coragem pras coisas mas ambos sabemos que você só está postergando voltar a ativa, o conforto e segurança que sua mãe te proporciona parece que ajuda, mas só piora as coisas pois guardece seu comodismo.
Responda-o
#30
(10-07-2022, 10:21 PM)Merdingo Escreveu: Imagina só quando a vida te atropelar...

Rapaz... não é possível que piore tanto assim...  Ahhh
Responda-o
#31
Não li, mas vou falar o que eu fiz: curso superior + estudar para concurso = salário > 10 k.
Em tudo dai graças.

Responda-o
#32
(11-07-2022, 09:04 AM)Monarca Escreveu: Não li, mas vou falar o que eu fiz: curso superior + estudar para concurso = salário > 10 k.

Esse é o plano, apenas algumas intempéries no meio do caminho e o medo do país quebrar, mas... esse é o plano.
Responda-o
#33
Confrade eu tô quase na mesma situação que você ksk de tá estudando para concurso e procurando um subemprego, no meu caso eu tive que sair da capital de são Paulo e estou morando no interior do Ceará e isso fode comigo, porque lá as oportunidades eram maiores, mas eu fiquei sem local para ficar lá, já que perdi um trampo e a casa que eu estava colocaram para alugar para outra pessoa. Aqui alimentação e tal é fácil pq tem muita coisa plantada também, o Negócio é emprego, a cidade grande mais próxima daqui nem shopping tem
Responda-o
#34
Os camaradas já deram bons conselhos, só quero destacar algo acerca do concurso que você quer: INSS.

O edital do concurso para o INSS está para sair, tendo em vista que estão na escolha da banca (salvo engano). Porém, o último concurso para o órgão foi lá em 2015, ou seja, há sete anos.
Como você ainda não começou a estudar, dificilmente você logrará êxito nesse de agora (não estou te chamando de burro, mas passar num concurso leva tempo, ainda mais desse porte) e o próximo vai ser sabe-se lá quanto tempo depois, talvez até mais 7 anos de espera.

Talvez o melhor caminho seja você começar a estudar pelas matérias mais genéricas, que caem em quase todos os concursos (Português, Informática, Constitucional, Administrativo...). Assim você vai pegando ritmo de estudo e tendo tempo de decidir qual área desejará seguir...
Mateus 21:22
Responda-o
#35
O que o Libertador escreveu, concordo. Porém... faço um contraponto.

Focar exclusivamente num ponto pode ser fatal ($). Qual o seu plano B caso você não consiga passar nesse meio tempo e suas reservas se esgotarem? Ou o concurso que almeja seja algo mais para longo prazo?

Eu optaria pelo caminho do equilíbrio. Acharia alguma forma de estancar os gastos; com isso evitaria por consequência imediata sacar as reservas. E de quebra: Até aumentaria as mesmas reservas. Guardando 20% no mínimo, 10% para reserva de curto prazo e os 10% restantes, investiria. No seu caso, investiria em conhecimento (ou o que você achar melhor).

- Ah, Diamante, não quero subemprego.

R: Ok. Mas, falo por experiência. É melhor se estressar ganhando dinheiro, que se estressar ainda mais sem ele.

No entanto... tudo o que eu escrevi é apenas uma opinião pessoal. Quem decidirá o que será melhor para você, será você mesmo.
"A Real tem 5 estágios: Conhecimento, Revolta, Aceitação, Compreensão e Evolução".
Responda-o
#36
(10-07-2022, 08:44 PM)Libertador Escreveu: Acho que falta vergonha na cara de assumir as coisas como homem.  

Tópico encerrado. Yaoming


(10-07-2022, 08:47 PM)Novo Mundo Escreveu: Meu amigo, eu vejo tanta gente nesse país que não consigo ficar bem de vida passando dos 40... parece uma meta plausível para mim.

Eu diria que não, dado o seu "histórico" ... mas enfim Gargalhada

Boa sorte
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#37
(12-07-2022, 10:05 AM)hjr_10 Escreveu:
Spoiler Revelar
Os camaradas já deram bons conselhos, só quero destacar algo acerca do concurso que você quer: INSS.

O edital do concurso para o INSS está para sair, tendo em vista que estão na escolha da banca (salvo engano). Porém, o último concurso para o órgão foi lá em 2015, ou seja, há sete anos.
Como você ainda não começou a estudar, dificilmente você logrará êxito nesse de agora (não estou te chamando de burro, mas passar num concurso leva tempo, ainda mais desse porte) e o próximo vai ser sabe-se lá quanto tempo depois, talvez até mais 7 anos de espera.

Talvez o melhor caminho seja você começar a estudar pelas matérias mais genéricas, que caem em quase todos os concursos (Português, Informática, Constitucional, Administrativo...).  Assim você vai pegando ritmo de estudo e tendo tempo de decidir qual área desejará seguir...

Então, eu estava estudando para o INSS desde fevereiro ou março, porém em um ritmo menor, e agora estava aumentando o ritmo, porém meu PC quebrou e as senhas para entrar no curso online para o concurso estão todas neles, e estou refém do computador voltar a ficar pronto sabe-se lá quando, isso vai fazer eu perder um bom tempo nessa do concurso, o que está me levando a reconsiderar se ainda daria tempo para mim, de fato.
Eu achava que sim pois não esperava essa rasteira da vida de perder todos os meus dados com o meu note dando pau.

(12-07-2022, 11:07 AM)Diamante Escreveu:
Spoiler Revelar
O que o Libertador escreveu, concordo. Porém... faço um contraponto.

Focar exclusivamente num ponto pode ser fatal ($). Qual o seu plano B caso você não consiga passar nesse meio tempo e suas reservas se esgotarem? Ou o concurso que almeja seja algo mais para longo prazo?

Eu optaria pelo caminho do equilíbrio. Acharia alguma forma de estancar os gastos; com isso evitaria por consequência imediata sacar as reservas. E de quebra: Até aumentaria as mesmas reservas. Guardando 20% no mínimo, 10% para reserva de curto prazo e os 10% restantes, investiria. No seu caso, investiria em conhecimento (ou o que você achar melhor).

- Ah, Diamante, não quero subemprego.

R: Ok. Mas, falo por experiência. É melhor se estressar ganhando dinheiro, que se estressar ainda mais sem ele.

No entanto... tudo o que eu escrevi é apenas uma opinião pessoal. Quem decidirá o que será melhor para você, será você mesmo.

Isso é verdade, antes de tentar um subemprego mais agitado, como trabalhar em mercado, vou tentar algo que é mais parado, como vigia ou porteiro, parece-me uma boa opção.
Responda-o
#38
Não sei a tua realidade, mas até voltar a vender doces você deveria reconsiderar (claro que há o fator do trauma do atropelamento anterior, mas se for algo que seja superável, vale à pena tentar). E quanto a subempregos, todo trabalho que te dê um sustento, não sendo produto de roubo/furto, é digno. Volte a fazer teu curso EAD assim que puder, talvez encontre algo satisfatório e que dê para estudar em algum horário que não te atrapalhe. Já trabalhei como repositor de supermercado, em mercados de bairro sempre estão precisando deste profissional, pode recomeçar por aí, até mesmo de atendente de telemarketing.

Sempre há uma saída, melhor fazer isso do que ver a vida passar e ficar na tentativa.

E quanto aos estudos, nem tenho nada a complementar, o @Diamante e o @Libertador fecharam o tópico.
"Quando um homem quebra seus grilhões e correntes; jura jamais servir a outro senhor, é aí que ele se torna verdadeiramente livre." (Spartacus)

“O amor-próprio não é um pecado tão grande quanto a auto-negligência.”  (Henry V.)

Responda-o
#39
(11-07-2022, 01:00 PM)Novo Mundo Escreveu:
(11-07-2022, 09:04 AM)Monarca Escreveu: Não li, mas vou falar o que eu fiz: curso superior + estudar para concurso = salário > 10 k.

Esse é o plano, apenas algumas intempéries no meio do caminho e o medo do país quebrar, mas... esse é o plano.

És um grande fanfarrão isso sim, nunca fará 10% do que o Monarca fez quando estudava.

No final a mamãe vai pagar tudo.

Egolatra, achou que estava por cima da carne seca e se fudeu nada de novo.

Não vai passar no concurso nem a pau.

Deixa de ser cagalhão.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#40
(12-07-2022, 09:29 PM)Bean Escreveu:
Spoiler Revelar
És um grande fanfarrão isso sim, nunca fará 10% do que o Monarca fez quando estudava.

No final a mamãe vai pagar tudo.

Egolatra, achou que estava por cima da carne seca e se fudeu nada de novo.

Não vai passar no concurso nem a pau.

Deixa de ser cagalhão.

Está falando a sério ou apenas para aumentar a quantidade de posts como sempre faz?
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)