Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Heróis não morrem!!!
#21
"Leandro Percivalli tem 37 anos e mora no Distrito Federal com a namorada"

"De acordo com Lívia, ela teria acordado Leandro no no impulso, ao ouvir homem ameaçando a mulher e dizendo que ia matá-la"

"Leandro chegou no local da briga, o homem, que estava armado com um facão, desferiu um golpe no PM"

"tentou me atropelar, mas, no fim, fugiu com a mulher que ele estava ameaçando minutos antes”

" Leandro diz que o imóvel pertence aos pais do homem, e que ele deveria estar passando uma temporada no local."

Ou seja Ele tava de boas dormindo na sua casa, o filho do seu vizinho começou a gritaria e deve ter descido para a rua/estacionamento/area publica do prédio.

Alguem confirma ai se PM reformado ainda tem o porte ou posse de arma garantido pelo estado ou nem isso...

Ele acordou, desceu até o local para apartar a briga e perdeu a mão por não ter levado nenhum pedaço de pau junto.

Tu vai apartar briga com boas palavras ? Normalmente quem está armado com facão deixa-o amostra para intimidar...

Essa fotinho levantando a mão como um troféu de ter perdido um membro por ter feito algo que de fato não fez (o meliante fugiu com a amada) como se tivesse salvado alguém da morte não me convence.

Esse derrapa na curva.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#22
A melhor parte é que a muié voltou com o decepador de mãos.

Quero ver o que o cavaleiro branco vai fazer, agora que é um aleijado repugnante e nem uma mão tem pra esgoelar o sabiá.

#RIP
Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#23
Homem é baleado e fica em estado grave ao tentar ajudar mulher que apanhava de marido em MS

[Image: unnamed.jpg]

Versão da imprensa
Citação:Um homem de 28 anos foi baleado nas costas após tentar separar a briga de um casal na noite de domingo (19) em Bandeirantes (MS), a 70 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com boletim de ocorrência registrado pelo pai da vítima, o rapaz foi atingido ao tentar separar a briga de um casal de conhecidos da estância onde trabalham e moram.
Segundo o depoimento, o autor do crime estava batendo na esposa e não gostou da intromissão da vítima, então pegou uma arma de fogo calibre 20 e disparou duas vezes contra o colega.

Versão de um vizinho próximo que mandou um audio num grupo do telegram

https://voca.ro/1awHN4k2z3Fw

Resumo: o cara só se ferra, a mulher muda a história e até a criança é envolvida.  Facepalm
Quando não se procura agradar o mundo, ele se vinga; se por acaso se consegue agradá-lo, ele ainda se vinga nos corrompendo. A única saída é trabalharmos longe dele, tão indiferentes a seu julgamento quanto prontificando-nos a ser-lhe úteis.
Antonin-Dalmace Sertillanges
Responda-o
#24
Ninguém espera que o próximo esteja armado.

Brigar na rua, no Brasil, é pular num campo minado, principalmente nas periferias. Pra nego buscar um ferro e passar fogo, é dois minuto. Os que não tem arma, pega uma faca e por aí vai. Mas o brasileiro médio só espera que a arma esteja na mão do bandido ou da polícia... vai nessa. Ninguém tem dó de matar ninguém não, ainda mais num país onde 95% dos assassinatos não são solucionados.
Responda-o
#25
Caso 1:

https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/20...ixada.html

Rio - A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga a morte do pedreiro Ailton dos Santos Júnior, de 42 anos, morto a facadas, na noite de sábado (23), após tentar separar a briga de um casal na Rua Rouget de Lisle, no bairro Pantanal, em Duque de Caxias. Segundo a Polícia Civil, o autor do crime foi preso em flagrante minutos depois de cometer o crime, ainda com a faca usada no crime em mãos, por equipes do 15º BPM (Duque de Caxias).

Pedreiro foi morto na Rua Rouget de Lisle, no bairro Pantanal, na Baixada
Reprodução/ Google Maps


De acordo com relatos de testemunhas, Ailton passava na rua quando viu um casal brigando no interior de um bar, conhecido como Pé de Galinha. Ele, então, tentou separar a briga, mas o homem, descontrolado, iniciou as agressões contra o pedreiro, que morreu no local. O suspeito também ameaçou outros pedestres que passavam na rua no momento do crime. Ele vai responder por homicídio e tentativa de homicídio.

Caso 2:

https://www.aonca.com.br/homem-tenta-sep...-na-cohab/

Um homem de 31 anos, conhecido como Batata Rodrigues, foi morto a tiros na noite de hoje (23) no bairro Cohab em Campo Grande (MS). 

De acordo com as informações iniciais o rapaz estaria em um pagode quando aconteceu uma briga e a vítima foi separar, quando teria sido agredido e revidado. Um dos envolvidos teria então ido buscar uma arma e disparado contra o rapaz. 

Amigos da vítima confirmaram a mortes “Porra logo vc meu amigo estou até agora sem acreditar nisso, nossas loucuras sempre estarão na minha memória, vai fazer muita falta Descansa em paz [Image: 1f5a4.svg] Batata Rodrigues”, escreveu uma das amigas do rapaz que lamentou sua morte nas redes sociais. 

A polícia foi acionada e a reportagem acompanha o caso. 
"Quando um homem quebra seus grilhões e correntes; jura jamais servir a outro senhor, é aí que ele se torna verdadeiramente livre." (Spartacus)

“O amor-próprio não é um pecado tão grande quanto a auto-negligência.”  (Henry V.)

Responda-o
#26
(25-07-2022, 11:41 AM)Shaft Escreveu: e 31 anos, conhecido como Batata Rodrigues, foi morto a tiros na noite de hoje (23) no bairro Cohab em Campo Grande (MS). 

De acordo com as informações iniciais o rapaz estaria em um pagode quando aconteceu uma briga e a vítima foi separar, quando teria sido agredido e revidado. Um dos envolvidos teria então ido buscar uma arma e disparado contra o rapaz. 

Atitude clássica.

Detalhe: dificilmente o assassino será preso. Muitos casos assim acontecem diariamente, a população sabe quem é o autor, mas a coisa já está tão normalizada que ninguém se arrisca à denunciar.
Responda-o
#27
(25-07-2022, 11:41 AM)Shaft Escreveu: Caso 1:
Um homem de 31 anos, conhecido como Batata Rodrigues, foi morto a tiros na noite de hoje (23) no bairro Cohab em Campo Grande (MS). 

De acordo com as informações iniciais o rapaz estaria em um pagode quando aconteceu uma briga e a vítima foi separar, quando teria sido agredido e revidado. Um dos envolvidos teria então ido buscar uma arma e disparado contra o rapaz. 
A polícia foi acionada e a reportagem acompanha o caso. [/size][/color]

Não se intrometa na treta dos outros. Isso para mim é sagrado.

E caso eu estiver no rolê e acabar brigando, tenho que sair fora rapidinho. O cara retornar mais tarde para um revide é meio que de lei. Brasileiro tem sangue quente.

Acho que esses casos ocorrem por que existe um amplo apelo da mídia para defender mulher. Somente os incautos compram essa narrativa.
Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força. Agir com sabedoria assegura o sucesso. - Salomão em Eclesiastes 10.10.
Muito cara legal foi parar debaixo de uma ponte por causa de uma mulher. - Bukowski.
As maiores redpills ouvimos da boca de mulheres.
Responda-o
#28
(26-07-2022, 03:35 PM)Fairchild Escreveu: E caso eu estiver no rolê e acabar brigando, tenho que sair fora rapidinho. O cara retornar mais tarde para um revide é meio que de lei. Brasileiro tem sangue quente.

As vezes eu me pergunto porque diabos os povos latinos são tão violentos, provavelmente os povos mais violentos do mundo encontra-se nas américas do México pra baixo.

Será que é apenas questão cultural? Ex: nascer num ambiente violento como o Brasil.
Será que tem alguma herança nos genes destes povos, ligados aos antepassados indígenas? Povos indígenas eram ultra-violentos, principalmente os Astecas. Tanto que a América Central, é coisa de louco, massacres e crimes bizarros ocorrem direto por lá.

Eu tava discutindo isto com um conhecido, porque o americano ele quer ser o bulinador, mas ele investe em lutar ou no esporte, para ter força física e bater nos outros, a maldade do jovem médio americano se resume em dar umas porradas e mostrar que é forte. Enquanto um latino médio, seja qual for o país, ele tem uma tendência muito maior à atirar ou esfaquear alguém. Tanto que as gangues mais violentas dos EUA, são gangues de origem mexicana ou salvadorenha. No Brasil, pelo menos na periferia, quando você treta com alguém na rua, a primeira coisa que o cara faz é te ameaçar de morte, e as vezes não é incomum o cara estar com uma faca ou um revólver e tentar te agredir com estas armas.
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  As flores de plástico não morrem Vinicius17 25 6,174 06-01-2018, 04:50 PM
Última Postagem: Fernando_R1

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)