Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Lockdown: a nova ideologia totalitária
#21
Não sei quem é pior ...

quem acha que isto é normal, entregando de mão beijada sua liberdade na mão do estado;

Quem cria estas regras aleatórias;

Mas nada supera o policial que se presta a algo patético e ainda por cima covarde para cumprir ordem tão absurda como entrar em uma propriedade privada e dar cacetada nos outros ... se eu fosse PapaMike teria vergonha de aparecer no btl. dia seguinte
Responda-o
#22
A GRANDE MIDIA está com POSTURA NAZISTA, não noticia fatos decorrentes do totalitarismo e na hora que tiver CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO/DETENÇÃO noticiará alguma coisa? Exclamation 



O mesmo guardinha que multa e corre atrás do povo na orla, queria fular a fila e não estava com mascara... Gargalhada sacou a pistola...é naquela cidade onde o Desembargador rasgou a multa e xingou os agentes de analfabeto.


Transformar os CGM em tropas de  policiamento ostensivo foi uma das maiores cagadas constitucionais...

https://www.atribuna.com.br/cidades/prai...o-1.148172




Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#23
Spoiler Revelar
 [Image: 2k7m0Cqi_400x400.jpg]
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#24
O povo nunca ligou para politica e sempre fez pouco caso, se orgulhando da própria ignorância, agora o preço está sendo pago...
Responda-o
#25
(13-03-2021, 05:27 PM)Gorlami Escreveu:
(13-03-2021, 01:30 AM)Hombre de hielo Escreveu: Não tem nada de totalitarismo no "Lockdown"...

São as pessoas com medo de morrer (a favor) versus as pessoas com medo de perder seu padrão de vida (contra).

Essa de inventar um fantasma pra validar seu ponto de vista, é uma tática velha.

Defina "totalitarismo", por favor.

A palavra fala por si só. Seria 'totalitarismo', se não houvesse o colapso das UITs.


(15-03-2021, 09:42 AM)Trglodita Escreveu:
(13-03-2021, 01:30 AM)Hombre de hielo Escreveu: Não tem nada de totalitarismo no "Lockdown"...

São as pessoas com medo de morrer (a favor) versus as pessoas com medo de perder seu padrão de vida (contra).

Essa de inventar um fantasma pra validar seu ponto de vista, é uma tática velha.

Vejamos: proibição de ir e vir, de utilizar espaços públicos, de abrir o próprio comércio, toque de recolher, polícia invadindo propriedade privada e agredindo trabalhador por causa de festa de aniversário com pessoas da família, realmente bastante democrático. Yaoming

O brasileiro é o retrato do Hielo, e é disso pra pior.

https://brasilsemmedo.com/policia-do-loc...ianopolis/

Não tem como conversar com pessoas que colocam seu 'padrão de vida' e 'querer ser exclusivo', acima das suas próprias vidas.
Responda-o
#26
(16-03-2021, 04:47 PM)Hombre de hielo Escreveu:
(13-03-2021, 05:27 PM)Gorlami Escreveu: Defina "totalitarismo", por favor.

A palavra fala por si só. Seria 'totalitarismo', se não houvesse o colapso das UITs.

Não, a palavra não fala por si só, pq evidentemente a sua definição de totalitarismo não a mesma que a minha ou que a definição por dicionário.

Quero entender o que é totalitarismo pra você.

Citação:"Totalitarismo é um sistema político ou uma forma de governo que proíbe partidos de oposição, que restringe a oposição individual ao Estado e às suas alegações e que exerce um elevado grau de controle na vida pública e privada dos cidadãos. É considerado a forma mais extrema e completa de autoritarismo."
Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#27
Concordo com o Hielo (não conta pra ninguém).

O Lockdown pro governo nada mais é que uma forma de sustentar o clima de "urgência" que criaram para extrair o máximo que podem da pandemia, lucro financeiro através de verbas e contratos fraudulentos e lucro político, pra posarem de salvadores da pátria, guerreiros da pandemia e desestabilizarem o governo visando futuras eleições.

Para os pequenos e médios empresários que trabalham pra sustentar seu padrão de vida de nova classe média é querer continuar sustentando seu negócio, pagando suas contas, não perder seu padrão de vida... afinal, como é óbvio, trabalha pra pagar contas.

Para o pobre o lockdown é sinônimo de perder emprego, não ter como pagar as contas, não poder se endividar mais (ou se endividar como se o mundo fosse acabar), não poder bater perna por ai, não poder encher a cara no boteco ou badalar ou sair comprar coisas que não precisa.

No final, lockdown é a mesma merda, governo quer que você fique em casa para não gerar despesas se você ficar doente ou infectar outras pessoas, afinal, as empresas fraudulentas que foram colocadas lá não querem gastar com o que está no contrato, então como disse, é igual colocar o bebê cagado no canto e ter fé que ele vai se limpar sozinho.

Falaram ai da questão da PM e da GCM entrarem em festa de aniversário e sentarem o cacete, tem mais é que fazer isso mesmo, ou vai falar que vocês não sabem o nível de festa que tem no Brasil hoje em dia, principalmente do povo jovem??

Eles não se deslocam de graça, se foram é pq foram chamados por outras pessoas se sentindo incomodadas.
Responda-o
#28
@Penoso

Se você deixa o Estado invadir sua privacidade, ele pode fazer todas as coisas em nome da 'coletividade' pelos motivos mais banais.

Só digo para GCM, PMs valentões com senhorzinho e senhorinha nas festas privadas terem a mesma valentia e fechar o baile funk na favela, cheio de aglomeração, drogas, apologia ao crime, etc.
Responda-o
#29
Citação:A palavra fala por si só. Seria 'totalitarismo', se não houvesse o colapso das UITs.
Há um ano falavam "é só até o sistema de saúde se preparar", o gado após 12 meses de roubalheira e incompetência ainda defende toda a merda. 


Citação:Não tem como conversar com pessoas que colocam seu 'padrão de vida' e 'querer ser exclusivo', acima das suas próprias vidas.


Como se ficar em casa o dia inteiro fosse garantia de saúde dos tetudinhos comedores de sucrilhos que pensam assim, os utopistas estão cada vez mais ousados. 


Citação:Para os pequenos e médios empresários que trabalham pra sustentar seu padrão de vida de nova classe média é querer continuar sustentando seu negócio, pagando suas contas, não perder seu padrão de vida... afinal, como é óbvio, trabalha pra pagar contas.

É essa gente que vem aqui em busca de desenvolvimento pessoal, mas acha ok o maldito governo e seus burocratas malditos foderem o teu esforço e trabalho de uma vida inteira com a desculpa de que estão pensando na porra da tua saúde. Viver como um protozoário não é vida, apesar de muitos que estão aqui acharem que seja. 

A verdade é que a pandemia não mudou quase nada na vida de muitos daqui, sempre viveram uma vida de merda dentro de um quarto, comendo o que acham na geladeira, num mundo virtual, vivendo como um verme dentro da madeira podre.
E se o cara quiser se arriscar em pegar a doença e morrer, foda-se, o problema é dele. Fiquem em casa vocês, seus merdas, estarão bem protegidos segundo a "siência".


Citação:Falaram ai da questão da PM e da GCM entrarem em festa de aniversário e sentarem o cacete, tem mais é que fazer isso mesmo

[Image: Hrs3LQ.gif]
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#30
Fala Srs. Acesso o fórum como visitante bem esporádicalmente, porque ando muito sem tempo.

Mas gostaria de de mostrar um outro lado dessa equação: O povo.

Sim o povo, trabalho na segurança pública no meu estado e tenho observado o seguinte situação: Vizinhos que passam o dia inteiro denunciando o comércio aberto em seu bairro, empregados que ficam o dia inteiro denunciando o negócio de seus patrões por preguiça de trabalhar (querem receber para ficar em casa).

Muitos agentes fazem vista grossa para o comércio aberto por não concordar com o lockdown, mas se houver  empenho mediante denúncia não há o que se fazer. E posso dizer que acontecem denúncias o DIA INTEIRO SEM PARAR.

O bostileiro é foda, denúncia sem dó o seu vizinho barbeiro (onde acontece aglomeração de 2) que precisa pagar o aluguel e por o pão dentro de casa.

Me desculpem erros de português pq estou digitando do celular.
Pedi, e vos será concedido; buscai, e encontrareis; batei, e a porta será aberta para vós.
Responda-o
#31
(17-03-2021, 11:28 AM)Seth Gecko Escreveu: Fala Srs. Acesso o fórum como visitante bem esporádicalmente, porque ando muito sem tempo.

Mas gostaria de de mostrar um outro lado dessa equação: O povo.

Sim o povo, trabalho na segurança pública no meu estado e tenho observado o seguinte situação: Vizinhos que passam o dia inteiro denunciando o comércio aberto em seu bairro, empregados que ficam o dia inteiro denunciando o negócio de seus patrões por preguiça de trabalhar (querem receber para ficar em casa).

Muitos agentes fazem vista grossa para o comércio aberto por não concordar com o lockdown, mas se houver  empenho mediante denúncia não há o que se fazer. E posso dizer que acontecem denúncias o DIA INTEIRO SEM PARAR.

O bostileiro é foda, denúncia sem dó o seu vizinho barbeiro (onde acontece aglomeração de 2) que precisa pagar o aluguel e por o pão dentro de casa.

Me desculpem erros de português pq estou digitando do celular.

A Gestapo trabalhava quase que 100% com base em denúncias da própria população.
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#32
Até os puteiros foram afetados, eu aqui com o pau na mão doido pra fuder e não tem uma GP nos meus contatos disposta a fazer programa  Ok
Minha alegria era que a zona ainda funcionava, agora nem isso tá funcionando mais. 


Eu ainda estou trabalhando, não parei desde o ano passado e graças a essa merda eu tive que conviver com 1/4 do meu salário, não tinha aonde comer e tive que sobreviver com aqueles cup noodles por quase três meses. Detalhe que a minha profissão não tem home-office, não tenho como parar e vai se fuder quem inventou esse demônio chamado rodízio, até de bicicleta eu tive que trabalhar uma ocasião ou outra.

Aí eu tenho que ler que o lockdown é bom, bom pra quem ? 

Sacanagem.
Louvado seja o SENHOR, minha rocha; ele treina minhas mãos para a guerra e dá a meus dedos habilidade para a batalha. Ele é meu aliado infalível e minha fortaleza, minha torre segura e meu libertador. Ele é meu escudo, em quem me refugio; faz as nações se sujeitarem a mim. Salmos 144:1-2

強さと名誉と尊厳
Responda-o
#33
(17-03-2021, 11:28 AM)Seth Gecko Escreveu: Fala Srs. Acesso o fórum como visitante bem esporádicalmente, porque ando muito sem tempo.

Mas gostaria de de mostrar um outro lado dessa equação: O povo.

Sim o povo, trabalho na segurança pública no meu estado e tenho observado o seguinte situação: Vizinhos que passam o dia inteiro denunciando o comércio aberto em seu bairro, empregados que ficam o dia inteiro denunciando o negócio de seus patrões por preguiça de trabalhar (querem receber para ficar em casa).

Muitos agentes fazem vista grossa para o comércio aberto por não concordar com o lockdown, mas se houver  empenho mediante denúncia não há o que se fazer. E posso dizer que acontecem denúncias o DIA INTEIRO SEM PARAR.

O bostileiro é foda, denúncia sem dó o seu vizinho barbeiro (onde acontece aglomeração de 2) que precisa pagar o aluguel e por o pão dentro de casa.

Me desculpem erros de português pq estou digitando do celular.

Essa resposta também vale pro troglodita.

Quanto a questão do comércio, concordo, pessoal precisa trabalhar, mas quanto a questão das festas, você, se trabalha com segurança pública sabe como são as festas hoje em dia, sabe que não importa se é 5, 10 ou 50 que povo não tem nenhum respeito pelos vizinhos que muitas vezes só querem paz e tem que aguentar algazarra, funk putaria, música alta, falta de respeito por horas e horas a fio, ferindo também o direito das pessoas ao sossego.

Hoje em dia é música alta, funk putaria, bebidas, povo sem noção, vagabundas e até mesmo drogas... O povo não sabe curtir de boa.

De repente você trabalhou a noite inteira, ou tem idosos, gente doente, criança dentro de casa, já tem toda a dificuldade que estão impondo e praticamente te obrigando a ficar em casa e ainda tem que aguentar povo fazendo festa com som invadindo sua casa.

Você sabe, PM e GCM se pudessem não fariam isso, mas se fazem é porque são provocados pelas denúncias e se denunciam é porque não importa se é pouco ou muito, um desgraçado com um som de porta-malas é capaz de incomodar não só uma casa, mas uma rua inteira.

E hoje pessoal é metido a malandro dono de quebrada, até mesmo em bairros mais pacatos, de classe média a condomínios de luxo, querem tocar o terror, fazer putaria e foda-se quem se incomoda.

O Dia que você tiver com sua família, sua filha, seus pais, seus avós dentro de casa e tiver que ficar por horas a fio com toda sua casa estremecendo ao som de funk putaria e um monte de gente sem noção enchendo o saco na rua você vai entender.

Povo não ligaria se o seus direitos fossem preservados, se houvesse respeito, civilidade, se houvessem leis, mas como aqui é Brasil, meu chapa, onde há inversão de valores, onde não importa o quanto está certo, você está errado... Tem que ligar pra polícia mesmo, já que se você for lá resolver como se deve, provavelmente seria preso.

Então, eu digo, se incomoda alguém, se esse pessoal não respeita tem que entrar sim, tem que multar e se houver excessos, tem que sentar o cacete igual fizeram com aquele MC Salvador.

Estão vendo o tanto de mortes que está acontecendo por causa disso?

Temos que fazer o que? Aceitar...?
Responda-o
#34
(17-03-2021, 10:40 AM)Trglodita Escreveu:
Citação:A palavra fala por si só. Seria 'totalitarismo', se não houvesse o colapso das UITs.
Há um ano falavam "é só até o sistema de saúde se preparar", o gado após 12 meses de roubalheira e incompetência ainda defende toda a merda. 


Citação:Não tem como conversar com pessoas que colocam seu 'padrão de vida' e 'querer ser exclusivo', acima das suas próprias vidas.


Como se ficar em casa o dia inteiro fosse garantia de saúde dos tetudinhos comedores de sucrilhos que pensam assim, os utopistas estão cada vez mais ousados. 


Citação:Para os pequenos e médios empresários que trabalham pra sustentar seu padrão de vida de nova classe média é querer continuar sustentando seu negócio, pagando suas contas, não perder seu padrão de vida... afinal, como é óbvio, trabalha pra pagar contas.

É essa gente que vem aqui em busca de desenvolvimento pessoal, mas acha ok o maldito governo e seus burocratas malditos foderem o teu esforço e trabalho de uma vida inteira com a desculpa de que estão pensando na porra da tua saúde. Viver como um protozoário não é vida, apesar de muitos que estão aqui acharem que seja. 

A verdade é que a pandemia não mudou quase nada na vida de muitos daqui, sempre viveram uma vida de merda dentro de um quarto, comendo o que acham na geladeira, num mundo virtual, vivendo como um verme dentro da madeira podre.
E se o cara quiser se arriscar em pegar a doença e morrer, foda-se, o problema é dele. Fiquem em casa vocês, seus merdas, estarão bem protegidos segundo a "siência".


Citação:Falaram ai da questão da PM e da GCM entrarem em festa de aniversário e sentarem o cacete, tem mais é que fazer isso mesmo

[Image: Hrs3LQ.gif]

Perdeu o nível na discussão... se tivesse lido minhas respostas anteriores nos dois tópicos ia conseguir interpretar o que eu disse.

Se nós, do fórum, somos isso ai que você disse tenho duas perguntas:

1 - Quem garante que você também não seja isso?
2 - Está fazendo o que aqui? Vai para o Instagram onde só tem gente bonita e descolada.
Responda-o
#35
Citação:Perdeu o nível na discussão... se tivesse lido minhas respostas anteriores nos dois tópicos ia conseguir interpretar o que eu disse.

Se nós, do fórum, somos isso ai que você disse tenho duas perguntas:

1 - Quem garante que você também não seja isso?
2 - Está fazendo o que aqui? Vai para o Instagram onde só tem gente bonita e descolada.
Você justifica a invasão da PM em propriedade particular devido aos pancadões que rolam, geralmente em locais onde o Estado não chega, quem ta se fodendo é gente comum, comerciante, autônomo, ambulante, com vizinho filho da puta denunciando o tiozinho que corta cabelo, já vagabundo...,até os que estavam presos foram soltos, puro humanismo.

O lobo estatal não vai atrás da raposa, dá muito trabalho, quem se ferra são as ovelhas.

1- Eu disse uma verdade, a vida de muita gente daqui não mudou com a pandemia, só possuem mais uma boa desculpa pra continuar na mediocridade, se vestiu a carapuça...


2- Acho que acertei o calo de um gordinho tetudo num quarto escuro Yaoming: Estou aqui também pra contrapor esse pensamento de chimpa brasuca, que acha que essas medidas absurdas e tiranas não vão chegar na segura gaiola em que ele está; 

Só quero viver a minha vida sem filho da puta querendo me proibir dos meus direitos naturais; Quem quer ficar em casa, e pode ficar, que fique, ninguém tá obrigando ninguém a sair. (e não tô falando pra agir como se o vírus não existisse).
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#36
Estou dividido a respeito dessa pandemia.
Parte de mim esta odiando isso, ver o povo perdendo seus direitos gradativamente e aceitando passivamente.
Parte de mim está adorando ver gente festeira tomando no cu, pois antes era mais fácil fazer vista grossa para festas, agora não, é aglomeração, todos estão em estado de histeria, e já não é tão simples assim fazer vista grossa para essas pessoas, como o @Penoso falou.

Agora uma coisa que eu reparei, é que enquanto de um lado, você tem pessoas sossegadas aceitando de bom grado ter seus direitos tirados em troca de segurança, por outro, você tem pessoas erradas fazendo pouco caso de tudo isso e muitas vezes, sem receber punição nenhuma, como essas festas alternativas, pancadões, etc.

Porem, por mais que o governo faça vista grossa, o vírus não faz, eu acho que ele nem seja tão letal assim, mas ando ouvindo vários e vários casos de pessoas contaminadas, e agora parece que surgiu uma cepa que está matando jovens também, então é como se essas festas fossem uma espécie de "limpa" na sociedade, afinal, se a nova cepa for mesmo pior e matar mais, cedo ou tarde, essas pessoas vão sofrer as consequências.

De qualquer forma, falta equilíbrio, nem ser submisso ao governo, nem ser um tolo que ignora a realidade como se não existisse pandemia, mas infelizmente o povo não sabe ser equilibrado e sempre se poraliza.

Isso me lembra a revolução russa e a união soviética, onde o povo também se denunciava, e assim, em pouco tempo os gulags soviéticos começaram a ficar lotados. É história se repetindo, talvez com menos intensidade, mas se repetindo.
Responda-o
#37
Agora que fui ver a postagem recente do @Trglodita e concordo, para malandros festeiros nada acontece, acontece para o cara que quer fazer academia, trabalhar com comércio, fazer o pão de cada dia, viver uma vida normal. 

Festas alternativas continuam rolando soltas, esse carnaval aconteceu, só não foi oficial, mas aconteceu, e para isso, todos fizeram pouco caso.

Porem, esses casos que falei acima, eu não ouvi da mídia, eu ouvi de conhecidos, pessoas com quem trabalho, e familiares, eu acho que o vírus nem é tão letal assim, mas ouvi de conhecidos, e eu trabalho em um lugar onde convivo com bastante gente, uma galera está ficando mal, o vírus pode não ser tudo isso, mas ele é alguma coisa sim.
Responda-o
#38
O simples fato de alguém em sã consciência conseguir pelo menos ENTENDER essas medidas autoritárias e ditatoriais já seria algo bizarro, mas a coisa fica pior quando me deparo com pessoas DEFENDENDO esse tipo de absurdo.

No Brasil, as pessoas parece que adotaram o Teorema de Picágoras para viverem: toda rola se torna invisível a partir do momento que ela entra no seu cu.
Aqui o negão da piroca enraba o indivíduo sem ele querer, alguém chega para interromper o arrombamento e o indivíduo entra com um processo. Contra o negão? Não, contra quem interrompeu, pois ele queria ser fodido por mais tempo.

NADA, ABSOLUTAMENTE NADA, justifica a desgraça do Estado limitar a liberdade individual de toda uma nação.

Todos os políticos desgraçados, bandidos, corruptos e ditadores vão pagar muito caro por deixar o povo sem trabalho, na miséria e sem comida. Estamos no fim dos tempos desde os anos de 1800, até antes um pouco. O julgamento desses seres repulsivos e ególatras será pesado, bem como daqueles que apoiam esse tipo de agressão clara e evidente contra as duas coisas mais preciosas, inalienáveis e intransferíveis da vida de uma pessoa: a liberdade e a vida.

Um adendo ao que o @Minerim pontuou muito bem: por qual motivo a polícia e os guardas municipais não vão até a Cracolândia para acabar com a aglomeração? Crescer pra cima de pai de família que perdeu o emprego ou que está com a empresa falida e que nem tem o direito de se armar é fácil. Para esses, a mão do julgamento também será pesada.

Também concordo com tudo o que disse o camarada @Trglodita .

Quando estiverem catando carne estragada do lixo como estão fazendo os venezuelanos e argentinos, não venham aqui nessa porra reclamarem de político ou do Estado, cambada de filho da puta.

O povo brasileiro precisa entender que o político não é bom por ter aprovado 100 projetos de lei, caralho. Você acha que algum desses 100 projetos de lei vai ser em prejuízo aos benefícios e regalias que eles possuem? É óbvio que não. São 100 atos a mais que vão tirar sua liberdade, seu direito de ir e vir, pois como já dizia Alborghetti, "tudo que pinta de novo, pinta na bunda do povo". E alguns aqui estão querendo uma caceta maior. Puta que o pariu.

Os parlamentares ditadores e a mídia não querem saber de cura, tratamento ou algo do tipo. ELES NÃO LIGAM PARA VOCÊ, ELES QUEREM QUE O POVO SE FODA.
Escolheram o poder, o dinheiro, a corrupção e essa ideologia marginal e genocida que é o comunismo.
Não é sobre o que é dito, e sim sobre quem é que diz. Foda-se o povo, respiradores de 3 mil reais foram comprados com o valor de 30 mil. Sumiu o dinheiro e sumiu o respirador.
Cadê os hospitais de campanha?
O vírus é seletivo e inteligente por acaso? Por acaso ele observa alguém passando e identifica "aquele é servidor público, não vamos mexer com ele não". Passa outro e ele "aquele é pai de família, tem um boteco de merda ou qualquer bosta, vamos lá foder ele"?. VTNC!

O Agripino fechou SP e foi para Miami. Comunismo para o povo, capitalismo para mim.
O PT e o PSOL foram ao STF pedindo a PROIBIÇÃO do tratamento precoce PARA QUEM QUISER.
O prefeito de Aparecida (SP) praticamente chorou em um jornal aí. Dos cerca de 36 mil habitantes da cidade, 70% está desempregada.
O líder do PCC, André do Rap, foi solto juntamente com estupradores e homicidas com a desculpa da pandemia. Enquanto isso, pessoas que andam na praia e a tia que vende fruta na praça estão sendo presas. ESTÃO SENDO PRESAS, CARALHO.

É esse tipo de coisa que esse maldito desgraçado Homem de Chinelo e os outros que concordaram com ele estão apoiando.

Não existe relativização, não existe "mas, porém, em partes". Ou você é um filho da puta que defende que o Estado acabe com a vida e a liberdade do cidadão ou você é honesto.
Mateus 21:22
Responda-o
#39
Por mim não fechava nada, mas está acontecendo como aconteceu no início da união soviética, o que mantem o gado preso é a esperança do tal do "quando essa pandemia acabar" enquanto as pessoas se tocarem que NÃO VAI ACABAR, não vão se mexer de verdade.
Responda-o
#40
Hoje o cidadão não lida mais com instituições ou administração pública, enfrenta diretamente o PARTIDO ÚNICO COMUNISTA que ignora e rejeita a Constituição e as demais leis, uma massa de filhos da puta agindo coordenadamente.






Ele foi preso em FRAGRANTE DELIRIO !!!





A prisão em FLAGRANTE foi relaxada, linda decisão do JUIZ, que provavelmente será punido pelo CNJ, mas vai ter denuncia? Claro que vai, o Ministério Público  não vai deixar barato uma afronta dessas Gargalhada ...até porque senão for para cima as implicações judiciais para o ESTADO E FUNÇAS ENVOLVIDOS poderá ser grande.... será um processo com muitos degraus, talvez até prescreva Big Grin melhor assim para os FUNÇAS.

Onde já se viu um bosta desses do tipo classe mérdia querendo trabalhar, esse pessoa com mentalidade burguesa é  uma afronta ao PARTIDO ÚNICO COMUNISTA, O ESTADO DOS FUNÇAS.






Quem defendeu ele foi a defensoria pública, o juiz que relaxou o fragrante não será o mesmo que irá Julga-lo caso a denúncia seja recebida.

O Juiz que soltou entendeu que não houve cometimento de crime, por atipicidade.

Se o defensor for ligeiro embuceta pedindo habeas porcus preventivo ( para não ser preso) e mandado de segurança ( para ele poder trabalhar)...
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)