Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Que delícia de Bitcoin!!!!
#1
Maiores que as emoções vividas relatadas na músicas de Roberto Carlos,  são as fraudes associadas as corretoras e negociadores de criptomoeda...








Neste Tópico vou compilar algumas notícias sobre o tema....

Gargalhada

Caso 1: Sobrou para o dotô

https://beincrypto.com.br/homem-compra-b...ado-tiros/
O cliente da Valour Invest entrou no negócio há dois anos. Desde então, ele não consegue receber seu dinheiro de volta. Sendo que somente uma ação judicial foi a solução encontrada para tentar mitigar esse problema.

Ele conta que todo dinheiro investido se transformava em Bitcoin, através de contratos enviados por email. No entanto, esses contratos não foram assinados, e somente mensagens trocadas entre as partes é que servem como prova do investimento.

O cliente da Valour Invest, que prefere não ser identificado no processo judicial, alega que começou a comprar Bitcoin em 2018. Naquele ano, o preço da criptomoeda explodia no mercado atraindo pessoas como o investidor de Osasco – SP.
A primeira compra de Bitcoin aconteceu “no dia 1º de junho de 2018”, segundo narra o proponente da ação. Não há nada de novo no caso dessa empresa, que também oferecia lucros mensais aos seus clientes.
Os rendimentos no esquema podiam chegar até a 15% todos os meses, onde a quantia depositada em dinheiro pelo cliente era o que determinava esse índice. Ou seja, quanto mais depósitos mais lucro era prometido.



Em junho de 2019 o advogado Francisco de Assis Henrique foi morto em um posto de combustível em São Paulo. Seis pessoas foram indiciadas pela morte do jurista, que defendia os empresários por trás da Valour Invest.

Entre os acusados pela morte do advogado estão Wilson Decaria Júnior e também Edgar Acioli Amador. De acordo com a Polícia Federal, os dois são acusados de contratar dois assassinos por R$ 500 mil. O motivo do crime seria uma dívida milionária dos empresários com o homem brutalmente assassinado com vário tiros. Três pessoas foram presas.

O que era para ser investido em Bitcoin parece não existir mais. O cliente da Valour Invest tentou através da justiça reaver seu dinheiro. Foram investidos mais de R$ 55 mil em uma plataforma que não paga os usuários.

Sem sucesso, ele não conseguiu se quer bloquear bens em nome do esquema. Nem mesmo fazer valer a obrigação de devolução de suas criptomoedas. A justiça analisou a história e declarou as provas como algo “[i]controvertido”.[/i]



Caso 2: O bitcoin sumiu...

Se tem gente burra para investimento são os médicos, fáceis de levar no bico. Eu não tenho tempo de cuidar do meu dinheiro cuide para mim? Ruge


A Polícia Civil informou que instaurou inquérito policial para “apurar a responsabilidade criminal de um jovem empresário, que seria corretor de ações e que fazia proposta de investimentos e gerenciamento de valores na moeda bitcoins. Ocorre que algumas pessoas que realizaram o investimento estão sentindo-se lesadas, por não conseguir mais contato com o agente financeiro”. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Repressão ao Estelionato, que não divulgou o nome do suspeito. O delegado Romulo Aires está a frente das investigações. Segundo ele, “ainda é cedo para falar em golpe”. O número de denúncias deve aumentar nos próximos dias, de acordo com as vítimas, pois, segundo elas, mais de 20 pessoas foram lesadas e devem procurar a Polícia até a próxima semana.

Além de ser filho de um médico conhecido pela maioria das vítimas, o empresário apresentava números e informações sobre o mercado que atuava. Um contrato era assinado entre ele e os clientes. No começo da semana, ele teria divulgado um comunicado aos investidores. “Bastante consternado, informo-lhes que, ante as variáveis do mercado financeiro, em especial ao risco das operações que as cercam, houve atrasos nos repasses dos saques, entre outros inconvenientes”, dizia a nota enviada.


Como conheciam o pai do consultor financeiro, muitos médicos o procuraram e tiveram outras respostas. “Fomos informados de que ele, que cuidava de parte do nosso dinheiro, era viciado em jogos e teria perdido toda a quantia investida pelos clientes. Ficamos sabendo que não está foragido, mas que estaria internado em uma clínica psiquiátrica. Queremos respostas concretas e nosso dinheiro de volta, por isso procuramos a polícia”, disse o autônomo João (nome fictício), 36.
Telegram é o último reduto da liberdade de expressão.  https://www.youtube.com/watch?v=vHHhXSQFTpg  Sound relax


Responda-o
#2
Vou contribuir Big Grin 

Empresa do "reis do bitcoin" deve 507 mi a 6.445 credores, diz relatório

O Grupo Bitcoin Banco, empresa de criptomoedas de Curitiba (PR), deve R$ 507 milhões para 6.445 credores. O conglomerado é controlado pelo empresário Claudio Oliveira, conhecido como "rei do bitcoin", e desde maio do ano passado não libera saques para seus clientes.

Mãe e ex-mulher de 'rei do Bitcoin' são sequestradas por dívida de R$ 8 milhões

Polícia Militar conseguiu libertar duas mulheres, de 61 e 31 anos, que estavam em cárcere privado na Fazenda Barreiro, no município de Cabeceira Grande, a 650 quilômetros de Belo Horizonte. Zenaide Ribeiro Silva, de 61 anos, e Raquel de Oliveira, de 31, foram sequestradas em Anápolis em Goiás, na manhã de sábado (30).

 
De acordo com o boletim de ocorrência, o sequestro foi realizado por Luís André Martins, de 30, que cobrava uma dívida de R$ 8 milhões do fundador do Bitcoin Banco, Cláudio José de Oliveira, que é conhecido como 'rei do Bitcoin'.

De acordo com a polícia, as vítimas são mãe e ex-mulher do empresário. Depois de horas sob ameça dos sequestradores que as ameçaram de morte, as vítimas foram liberadas pela Polícia Militar na manhã de domingo (1º). A polícia foi acionada pelo proprietário da fazenda que denunciou a movimentação estranha de pessoas desconhecidas na propriedade.


Tenho conhecidos que perderam dinheiro investindo em bitcoin. Um homem de Belo Horizonte tem uns conhecidos aqui na cidade onde moro, no interior de Minas Gerais,  são irmãos de igreja evangélica. O irmão da capital veio angariar investidores aqui no interior e eles nunca mais viram o cheiro do dinheiro. Teve coitado que vendeu carro para investir.. Imagina o climão.
A realidade nua e crua.
Responda-o
#3
Isso ai é coisa de gente que não estudou direito e investiu de qualquer jeito, bitcoin pode ser muito lucrativo mas não sei porque caralhos insistem em terceirizar a porra da forma de guardar a moeda, ele foi feito para ser guardado com o usuário, não em corretora(aka banco digital).

Eu deixo meus bicoins em uma carteira offiline no meu computador, e uma pequena quantia em uma exchange, agora, nada dessas coisas de 5% isso, 10% aquilo, o segredo é saber comprar e vender na hora certa, ter sangue frio, e fazer acontecer, bitcoin caiu bruscamente agora, final do mês eu recebo, e creio que irei comprar mais, estou um pouco receoso, mas ainda acho que essa pode ser uma oportunidade única, se eu comprar nessa faixa de preço dos 6 mil dólares e depois ele saltar para 100 mil isso pode mudar minha vida.

Aliás, meu único arrependimento é não ter nada de valor para vender e aplicar, tirando umas roupas, que acho que se vendesse não daria nem 200, ou talvez chegasse nus 300, apenas. Se tivesse, venderia e aplicar sem medo, o problema não é o bitcoin, o problema é não saber usar ele direito, investindo corretamente, sem manipulação de terceiros, eu acredito que ele possa subir muito ainda, ainda nesse ano, mas ano que vem, pelo que eu vejo em todos os lugares, é que a mágica vai acontecer.
Responda-o
#4
trollface  o zé @Reale que não sabe arrumar um varal e que não tem 200 conto em roupas, assinante de banda larga veio até aqui falar e defender Bitcoin...  Rolleyes , é algo bem verossímel?

É notório que os admin do forum gostam de bitcoin, mas a função do tópico é pedagógica para leigos e humoristica.



Caso 3: Quer ganhar dinheiro sem sair de casa? Pergunte-me como.... e caiu Aeeee


https://economia.uol.com.br/noticias/red...-banco.htm


Vejam o Jovi que parou de trabalhar em busca da Independencia Financeira, esse merece estar no quadro investidor do mês. Gargalhada


[Image: o-programador-phelippe-galante-28-empres...50x450.jpg]


O programador Phelippe Galante, 28, de Santos (SP), conheceu o Grupo Bitcoin Banco em maio deste ano. Atraído por promessas de lucro rápido e fácil, deixou o emprego, no qual ganhava R$ 4.500 por mês, e passou a viver de investimento em criptomoedas nas plataformas do grupo, a Negocie Coins e a TemBtc. Pegou R$ 4.000 da avó, R$ 8.000 de um amigo, R$ 10 mil do irmão, e vendeu um carro Honda City ano 2010 por R$ 30 mil. O padrasto dele ainda fez empréstimo de R$ 100 mil em um banco. Ao todo, Galante investiu R$ 152 mil no Bitcoin Banco...

Em três meses, conseguiu lucrar 1.215,8% Em cerca de três meses, segundo Galante, os R$ 152 mil se transformaram em R$ 2 milhões, uma valorização de 1.215,8% no período. Por causa desse alto lucro, disse, começou a desconfiar. Tentei, então, fazer um saque em julho, mas não consegui. Foi nessa mesma época também que outros investidores começaram a ter problemas semelhantes Phelippe Galante, programador Desde essa época, os clientes do Bitcoin Banco não conseguem fazer saques nas plataformas do grupo. A empresa alega que foi vítima de um golpe, que gerou perdas de R$ 50 milhões e impediu o pagamento. Há uma investigação sobre o caso na Polícia Civil de Curitiba....


Caso 4: Brasileiro parece mulher quando vê supostos empresários bem sucedidos exibindo carros de luxo e mansões no exterior, ao invés de baixarem a calcinha e abrirem as pernas, abrem as carteiras. O bostileiro se acha malandro pá caraio...



[Image: DD.jpg?strip=all&lossy=1&ssl=1]


https://portaldobitcoin.com/de-ferrari-e...-portugal/

 novo áudio vazado, Leonardo Araújo, criador da DD Corporation, diz que pretende criar uma empresa para faturar em cima de piramideiros. A publicação com o áudio foi feita nesta segunda-feira (17) no Facebook pelo grupo Desmascarando Pirâmides Financeiras (DPF).

“Você vai fazendo o sistema e a gente vai lançando”, disse Araújo ao interlocutor não identificado.

Conforme o áudio, esses lançamentos seriam de plataformas de marketing multinível. Leonardo e sua equipe desenvoveriam sistemas e venderiam para piramideiros. “Isso dá dinheiro pra caralho!”, disse, acrescentando:

“Se prepara que você vai ganhar muito dinheiro comigo”.
Antes, ele havia explicado o plano.


“Estão tentando me difamar, desconstruir, destruir a minha imagem. Estão tentando de todo jeito distribuir áudios, que fora de contexto levam vocês a crer que do lado de cá eu sempre soube que as coisas iriam dar errado, quando na verdade nunca foi assim”, desabafou.

Parte dos vazamentos, segundo Araújo, foi feito por uma pessoa que ele identificou no áudio como “Jordan”, um ex-parceiro que queria atuar na DD como P2P.

Essa pessoa, disse, “decidiu colocar como meta de vida dela me destruir, uma vez que, segundo ele a vida dele já estaria destruída”, explicou.

E se defendeu ao descrever os áudios vazados como “conversas aleatórias que existiram a longo de um ano” usadas como estratégia.

Ex-parceiro ‘reteve’ bitcoins

De acordo com Araújo, Jordan ficou responsável de entregar um sistema, mas nunca o apresentou por completo.
Ele teria também ‘retido’ bitcoins em uma transação com uma pessoa identificada no áudio como “Ricardo Sambati”. A ação teria quebrado a confiança do líder da DD.

Caso DD Corporation

Em live na última terça-feira (11), Leonardo Araújo tentou se corrigir depois de ter admitido a falência da DD Corporation. Na ocasião, ele havia estipulado o prazo de 1 ano para pagar os clientes.
Relatando que recebeu ameaças que incluíam seu país, ele disse que não quis dizer que a empresa não tinha mais dinheiro para pagar investidores.

Telegram é o último reduto da liberdade de expressão.  https://www.youtube.com/watch?v=vHHhXSQFTpg  Sound relax


Responda-o
#5
Só defendi o bitcoin e disse que tem que ser muito palerma pra cair nessas piramides que nada tem a ver com bitcoin, e eu não sei quantos reais tenho em roupa, saber isso é meio gay se você não quiser vender suas roupas, estou investindo tudo que posso em bitcoin. O varal não vou nem comentar.
Responda-o
#6
Em nenhum desses casos a culpa foi do Bitcoin. Ele só foi usado como ferramenta para aplicação de golpes por estelionatários.
Pode-se aplicar golpes com qualquer bem: Bitcoin, Ouro, Produtos, Imóveis, Carros, Terrenos na Lua, Vagas no Céu Angel ...

O bitcoin pode ser usado mais facilmente para aplicar golpes pq o povão ainda não o conhece.
E a grande maioria dos que conhecem, tbm não conhece porra nenhuma. Só vêem manchetes do tipo "Bitcoin valorizou 5000% em 3 anos" e acha que vai comprar alguns satoshis e ficar rico. Dodgy

A regra número um dos investimentos é: Não invista no que você não conhece!!!
Quem segue essa regra pode se ferrar por ambição financeira, mas nunca por ignorância!


Eu acredito que o Bitcoin ainda vai se valorizar muito no longo prazo, não para tornar um pé rapado em bilionário (esse navio já zarpou em 2013/14), mas vai contribuir para a Independência Financeira de muitas pessoas ainda!

Pelo fato de que a cada ano ele está mais famoso e mais procurado em todo o mundo. Seja como ativo de especulação no curto prazo, como moeda internacional, como aporte para o longo prazo, etc. Tongue

Talvez o Bitcoin em sí não dê em nada, pois aparecerá uma outra criptomoeda superior que vá torna-lo obsoleto. Mas o fato é que "os papeizinhos coloridos do estado" estão fadados a perder para as criptomoedas no longo prazo.

As criptomoedas apresentam muitas qualidades que moedas estatais simplesmente não podem ter. Rolleyes
"Se você se ofende com qualquer palavra em qualquer língua, é provável que seus pais não foram capazes de criar um filho!" - Doug Stanhope
Responda-o
#7
@Hiroshi, exatamente!

E tem mais: com o papelzinho colorido estatal cada vez valendo menos, o futuro acena cada vez mais para as criptomoedas (não necessariamente apenas para o Bitcoin).
Responda-o
#8
Fala ai, galera, falando em bitcoin, vocês acreditam que ele pode mesmo bater 100k até final de 2021?
Responda-o
#9
@Reale, difícil vislumbrar cenário em um caso ainda tão incerto. Todavia, analisando lateralmente a coisa toda, com essa maciça impressão de papel-moeda, com os grandes bancos cada vez mais atuando como players com as cripto e com a cultura da descentralização da informação irradiando-se cada vez mais, tudo isso combinado, diria que as chances de valorização são boas.

Claro, sou leigo no assunto, apenas um entusiasta que estuda isso ou aquilo, vez ou outra.
Responda-o
#10
Big Grin  Bitcoin rumo a liberdade financeira contra a tributação opressora dos Estados. Libercús uni-vos no Bitcoin  Heart Rumo a febre do ouro virtual. Pinguins #se sentindo livre e feliz num mundo novo e tecnológico, independente e especial.

Bostileiro mata e morre por causa de mulher Facepalm agora também mata e morre por causa de bitcoin.

"Invista conosco eu sei que você está fazendo coisa errada ao sonegar, livre-se do Estado, mas se eu te roubar você não terá como provar, um erro não convalida o seu direito a justiça  trollface    A cumplicidade da torpeza e a psicologia do estelionato, são fatores que encurralam as mentes mais simplórias.



https://portalabrantes.com.br/noticia/19...em-Bitcoin

 O suicídio de um homem, noticiado pelo Portal Abrantes na última quarta-feira  (04/03/2020), foi motivado por calote em investimento em Bitcoin.

O rapaz investiu a sua rescisão trabalhista numa empresa de investimento em criptomoeda chamada Midas Trend. De acordo com o site especializado Livecoin, a empresa prometia rendimentos de 20% ao mês, percentual considerado irreal para qualquer investimento, mesmo os de risco.

Ao investir tudo e não ter recebido nada, o homem passou por grandes dificuldades financeiras, levando-o ao desespero e, por fim, ao suicídio numa das principais avenidas de Salvador.
Ainda de acordo com o Livecoin, a Midas Trend prometia retorno dos investimentos após 90 dias, mas desde 2019, clientes reclamam que estão até mais de sete meses sem receber.
O Bitcoin é uma criptomoeda obtida pela mineração em grandes volumes de dados, num sistema chamado Block Chain. Mas o que tem ocorrido com frequência é o uso do Bitcoin como chamariz para esquemas de pirâmide financeira.
O presidente da Midas Trend, Devanir dos Santos, teve sua carteira de investimentos vazada na internet e foi revelado que posssui cerca de 8 milhões de reais em criptomoedas.
Em Janeiro deste ano, numa transmissão ao vivo no YouTube, ele ameaçou fechar a empresa no Brasil, alegando "perseguição dos bancos".
O enterro do homem foi na quinta-feira (05/03) às 18 horas.
Com informações do Livecoin.


Spoiler Revelar
[Image: WhatsApp_Image_20200306_at_11.25.52.jpeg]                                             


https://money.sucessonetwork.com.br/inve...a-empresa/

Midas Trend que prometia retorno no de até 4% ao dia por meio de supostos investimentos em Bitcoin, que sempre constou na lista da piramides da Abranetwork e da Sucesso Network como pirâmide financeira, foi responsável pelo suposto suicídio de um investidor que não conseguiu obter seu investimento de volta.
O suposto cliente teria investido na Midas Trend em setembro de 2019, valor equivalente a R$ 80 mil.
Ele vendeu sua casa para aplicar na Midas Trend, acreditando que teria um excelente resultado financeiro.
Como se sabe, a Midas Trend está há dois meses com seus saques atrasados.
O fundador do esquema, Deivanir Vieira Santos, CEO da Midas Trend, declarou no natal, que as operações de seu robô de arbitragem estavam suspensas.
A CVM abriu o Processo Administrativo SEI nº 19957.006646/2019-48, para apurar denúncia contra a empresa.
Midas Trend possui sede no Paraguai como para tentar fugir da lei brasileira, pressupondo que dessa forma, escaparia da justiça e prisão. Grande engano!
Deivanir tem zombado da CVM, da Abranetwork e dos órgãos governamentais brasileiros.
Chegou a dizer que se fosse o caso, daria baixa no CNPJ e continua atuando no exterior normalmente”. Também disse que a Policia Federal não conseguirá ter acesso ao dinheiro da empresa, por estar criptografado.
O CEO garantia que jamais seria investigado pelo Ministério Público e pela Polícia Federal, mas foi a Abranetwork quem identificou o esquema e o colocou na Lista Negra, que é permanentemente consultada pelos órgãos.
Telegram é o último reduto da liberdade de expressão.  https://www.youtube.com/watch?v=vHHhXSQFTpg  Sound relax


Responda-o
#11
Um vídeo de 6 (!!) anos atrás do MITO (esse, sim, um mito de verdade) explicando o básico sobre Bitcoin. Certamente, muito ainda se aproveita.



Responda-o
#12
O Grande craque não perdeu tempo, assessorado pelo irmão genial ASSIS, vulgo  Magal, Girafales  mesmo com a vida ganha partiu para o fantastico mundo dos bitcoins Sleepy Gargalhada Trump


https://valorinveste.globo.com/mercados/...edas.ghtml

O ex-jogador de futebol Ronaldo de Assis Moreira, o Ronaldinho Gaúchovirou réu em uma ação civil coletiva que pede R$ 300 milhões em devolução de valores e em danos morais por ligação com o grupo 18K Ronaldinho, que prometia rendimentos de 2% ao dia em aplicações em criptomoedas, como o bitcoin.

[Image: whatsapp-image-2019-08-19-at-12.50.00.jpeg]


“Mercado Digital de CRIPTOMOEDA agora na 18k Ronaldinho, com imagem e credibilidade dos maiores jogadores de todos os tempos. Ganhos de até 2% ao dia, pagamento de até 400% do capital investido, sem necessidade de indicar ninguém”, diz o anúncio no site oficial do negócio, ainda no ar.

Segundo o Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo (Ibedec) de Goiás, que move a ação civil coletiva, a firma tem impedido desde o fim do ano passado o acesso de clientes aos valores aplicados, que variam de US$ 50 a US$ 500 mil.

[b]E quem são essas vítimas? Em sua enorme maioria, pessoas simples e sem familiaridade com o ambiente de investimentos, seduzidas pela marca de um dos maiores jogadores de futebol da história.
[/b]



Citação:“80% não são investidores recorrentes. É gente humilde que está buscando fonte de renda e foi seduzida pela aparência de empresa sólida e pela pessoa famosa dizendo que jamais mancharia a própria imagem. Muitos venderam carro ou casa ou pegaram dinheiro no banco para investir”, explica Barbosa.





Com base nos relatos, ele e a colega Raquel Carvalho Diniz relatam esquema similar ao das pirâmides, em que pessoas são seduzidas por promessas exorbitantes e, diante dos primeiros rendimentos pagos, sentem segurança para aplicar mais e convidar amigos e familiares.
Nos primeiros meses os clientes da 18K Ronaldinho [b]de fato receberam o retorno prometido – segundo especialistas, nesses casos os ganhos dos pioneiros não são pagos com rendas de investimentoscomo prometido, mas com os aportes das segundas, terceiras e quartas “gerações” de entrantes.[/b]

Além de Ronaldinho, também são réus no processo os diretores da empresa [b]Marcelo Lara Marcelino e Bruno Rodrigues Alcântara, além dos colaboradores Raphael Horácio Nunes de Oliveira e Athos Trajano da Silva, que, segundo a acusação, ajudavam a arregimentar novos clientes.[/b]
Telegram é o último reduto da liberdade de expressão.  https://www.youtube.com/watch?v=vHHhXSQFTpg  Sound relax


Responda-o
#13
O cômico do assunto e do tópico é ver que sempre tem pessoas que são pegas em armadilhas de dinheiro fácil, mesmo em época de acesso fácil à informação. É engraçado também que em todo tipo de negócio que aparece sempre tem os pilantras para roubar dinheiro dos coitados. De início, o êxtase pela promessa de muito dinheiro. Depois que se dão conta do golpe, é só tristeza, raiva, choro e desespero.
A realidade nua e crua.
Responda-o
#14
Nada supera o trabalho árduo e honesto, nunca deixei me enganar por essas palhaçadas de grupos bitcoin (criptomoedas no geral). Ano passado me chamaram pra Unick forex (algo assim), só sorri e acenei. Tô fora.
Visitante? Crie sua conta clicando aqui para ter acesso a áreas exclusivas.


Responda-o
#15
Excelente comentário @Hiroshi.

@Reale, para não desvirtuar a temática desse tópico, se quiser especular sobre valor do Bitcoin e outras coisas nesse sentido, utilize o tópico oficial: Bitcoin & Altcoins - O Mundo das Criptomoedas.

Mantenha esse tópico para assuntos relativos a proposta do criador do tópico.
Responda-o
#16
trollface Caso 6: O Escritório de Luxo ao estilo GTA 5

https://livecoins.com.br/corretora-desoc...e-aluguel/

Dá gosto de ver o escritório da Arara. Os clientes pagavam caro para dar uma cagada lá,  olha a sala das reuniões com os relógios e mapa mundi, cacete o seu dinheiro sendo workaholic por você no mundo todo o tempo todo ,que impressionante.... Gargalhada onde é que eu assino?

[Image: genbit-foto-2-696x385.jpg.webp]

Grupo gastava cerca de R$ 100 mil por mês com aluguel
O Grupo Tree Part, segundo apresentação comercial de locação do edifício BSA, a qual a reportagem teve acesso, ocupava salas comerciais no primeiro e no segundo andar, além do subsolo, onde a empresa guardava materiais para divulgação.
Só no primeiro andar, o conglomerado tinha recepção com acomodação para 10 pessoas, uma sala de reunião para seis convidados, quatro salas executivas e quatro estações de trabalho para quatro funcionários, além de três banheiros.



[Image: genbit-vaso-sanitario.jpg.webp]


Qual a situação da GenBit?
O Grupo Tree Part (Gensa Serviços Digitais), que controla a GenBit, responde a quase 450 processos judiciais em São Paulo. São ações de pessoas que investiram no negócio – que prometia rendimentos fixos de 15% ao mês por meio da Zero10 Club -, mas não conseguem reaver o dinheiro.
O grupo foi alvo de uma ação civil pública do Ministério Público de São Paulo, que pediu o fechamento do negócio e o bloqueio de R$ 1 bilhão. A Justiça, em resposta ao processo, manteve o conglomerado aberto, mas determinou o bloqueio de R$ 800 milhões.

Mesmo no meio desse turbilhão jurídico, a empresa tenta fomentar o uso de seu Treep Token (TPK), uma “criptomoeda” com pouco valor de mercado. Com ela, é possível apenas comprar produtos e alimentos – a exemplo de sushis ou sapatos – com desconto de até 30%.

Facepalm   Cripto sushi.

https://portaldobitcoin.com/genbit-aband...ia-dentro/


“Existe uma resistência da empresa em dizer que trocou os pacotes inicialmente contratados por uma moeda sem qualquer lastro, denominada TPK (treeptoken). Desta forma, não existe qualquer informação da empresa sobre lançamento da respectiva moeda no mercado mundial, descumprindo totalmente o prazo estabelecido, que foi no dia dia 01 de março”, disse.

Gensa disseminou esquemas fraudulentos

Junto com outros braços da Gensa, como a Zero10Club, a Genbit foi denunciada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) por oferta irregular de investimentos.
Na prática, esse alerta significa o reconhecimento do negócio como esquema de pirâmide financeira.

CUIDADO COM AS TRAPS CONTRATUAIS,ou está pensando que TRAP é apenas neomulher?

https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/...oins.ghtml

O advogado Rainaldo Oliveira, representante da Genbit, defendeu que a suspensão das atividades ocorreu em atendimento a uma ordem da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), e disse que os clientes com problemas devem procurar a empresa para que eles possam regularizar a situação.

"Esse é um contrato que não se negociou dinheiro por dinheiro, mas sim ativo digital com ativo digital. A suspensão das atividades se deu em função de uma ordem da Comissão de Valores Mobiliários, a empresa respeitou a ordem e parou (...) Em matéria do que diz respeito aos ativos digitais do contrato, já foram todos antecipados na carteira digital dos clientes. No que diz respeito a Genbit, que é a empresa que comprava os ativos digitais dos clientes, vamos deixar aos clientes que todos os esforços estão sendo feitos para ela voltar a operar. E essas pessoas que tiveram algum problema técnico, que não receberam nem os seus ativos digitais, por favor nos procurem, vai ser feito um protocolo para que nós possamos regularizar essa situação."
Telegram é o último reduto da liberdade de expressão.  https://www.youtube.com/watch?v=vHHhXSQFTpg  Sound relax


Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)