Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
A Felicidade Exibicionista da Mulher (parte 2)
#1
A Felicidade Exibicionista da Mulher (parte 2)
Escrito por The Truth em 11/09/2010

[Image: f9ea9d8952085fb776e2fb51d4031137.jpg]

Leia primeiro a parte 1 AQUI.

A beleza é o principal meio que as mulheres usam pra atrair os homens. Elas usam a beleza pra conseguir namorados e maridos. Muitas mulheres reclamam que não são bonitas, que não são atraentes e que os homens não olham para elas. Mas isso é mentira. A maioria é assediada! O problema não é a feiúra ou a ausência de beleza, mas a ausência de uma beleza capaz de atrair os mais destacados da sociedade! O problema das mulheres não é arranjar um namorado, mas sim "o namorado". O sofrimento delas é pela falta de um namorado mais interessante, chamativo, disputado e assediado do que o namorado das outras. A mulher não sofre por betas, principalmente quando é nova. Ela sofre porque não é atraente o suficiente pra atrair alfas.

Atrair alfas é sinônimo de inclusão social para a mulher moderna. As mulheres novas são tão exigentes que namorar um beta e ficar solteira é a mesma coisa para elas!

Ter um corpo atraente, ser bonita de rosto é algo que as mulheres desejam, pra ter não somente um namorado, mas um namorado melhor do que as amigas. Elas querem ter um homem pra exibir para as amigas e rivais e dizer: "Meu homem é melhor do que o teu!" O ápice da felicidade feminina hoje em dia é isso. Elas competem entre elas por homens destacados, que chamam a atenção das outras mulheres.

Esse post é o complemento de outro post que escrevi chamado Desmascarando a mentira clichê mais famosa para a solidão feminina a de que "está faltando homem!" De fato não faltam homens betas. Faltam homens alfas disponíveis para as mulheres novas, essas mesmas que preferem morrer do que serem amadas por betas. Já para as mulheres mais velhas, faltam betas enganados e iludidos o suficiente para salvá-las do destino trágico e imerecido.

As mulheres estão cada vez mais obsessivas com o cuidado do corpo por isso. Elas se arrumam e se aprontam e gastam dinheiro com cirurgias e cosméticos, porque querem um troféu. Elas não querem um namorado qualquer, isso é fácil para elas. As mulheres recebem dezenas de cantadas por semana. Dizer sim a um homem e começar um namoro é a coisa mais fácil do mundo para elas. Por isso muitas mulheres começam um namoro-fake, ou um namoro-passatempo apenas por distração, enquanto o alfa que elas anseiam não aparece. Elas namoram até homens que não amam só pra causar ciúmes nos ex. As mulheres tem tantas oportunidades de acertar e escolher direito, que é praticamente inaceitável que elas errem tanto!

O poder das mulheres está no corpo delas! O poder delas é peito, bunda, quadril, cintura, rosto, coxas. O poder da mulher está nisso. Quando a mulher está insegura e depressiva, o que ela faz? Ela coloca um decote e vai para um ambiente repleto de homens. Pronto! Resolveu a carência dela! Numa semana, ela receberá mais de 50 cantadas! Tudo para a mulher é bem mais fácil. Com as exceções das extremamente feias, que tiveram o azar de ter um corpo extremamente esquelético e sem carne, toda mulher tem facilidade pra arranjar namorado. Poderíamos chamar isso também de "poder do decote"! O decote é o piloto automático das mulheres. Elas não precisam ter dinheiro, nem serem seguras de si. Elas apenas colocam o decote e "ele faz tudo sozinho"!

[Image: 651eddb2cdd434308552adf7e25b4662.jpg]

Mulheres usam o corpo pra chamar a atenção

Depois dos anos 60 do século passado, a mulher passou a ter o "dilema" de escolher um homem por conta própria. Mas como ela sempre foi passiva nesse processo, seria muito difícil mudar de uma hora para outra. Então o que ela fez? Ela continuou sendo passiva, mas começou a usar o corpo como meio principal de atração e isso foi responsável por mudanças na moda e nos hábitos das mulheres. Hoje, qualquer mulher usa roupas decotadas no dia a dia.

A mulher chama atenção dos homens através das roupas, porque ela sabe que os homens são atraídos sexualmente por elas com um mínimo de apelo visual. Mesmo mulheres comprometidas usam roupas decotadas, para deixar claro que elas não deixaram de ser atraentes. Elas fazem isso de propósito para terem um exército de reserva de pretendentes. As mulheres exibem o corpo com decotes exagerados por dois motivos: 
1. Provocar as outras mulheres que elas consideram menos atraentes.
2. Atrair os homens mais disputados, assediados e desejados.

Elas usam o corpo o tempo inteiro pra chantagear os homens. A mulher gostosa e atraente desvaloriza todos os homens que não são assediados e desejados por outras mulheres, porque para ela isso é uma prova de que eles não são homens interessantes e poderosos. As mulheres reduzem o valor do ser humano ao poder que ele possui no mundo afetivo e sexual. Um homem pode ser extremamente inteligente, mas se ele não for bonito, atraente, disputado ou tiver fama e uma boa situação financeira, essa inteligência automaticamente se desvaloriza para a mulher. Para as mulheres, o que o homem tem de valor é aquilo que chama atenção no mercado afetivo e sexual. Assim, o cafajeste, o canalha, o "psicopata light" e todos os perfis transgressores, que costumam ser assediados e desejados pelas mulheres, são muito mais valorizados na sociedade do que o homem comum, limitado, que não é assediado e que portanto, não tem valor no mercado afetivo e sexual.

Mulheres não amam e não se entregam a homens comuns, simples, excessivamente discretos e anônimos. Quanto menor for a visibilidade social de um homem, menor será o valor dele. A mulher compara a visibilidade que o corpo dela dá a ela com a visibilidade dos pretendentes que se aproximam delas. Ou seja, elas escolhem homens que são mais chamativos do que elas e diante deles, elas se entregam de corpo e alma.

Querem um exemplo disso? Vocês já repararam que as mulheres mais gostosas estão com os caras mais chamativos, famosos, assediados e que possuem boa visibilidade social? Já viram alguma mulher extremamente gostosa ao lado de homens anônimos, pouco assediados e disputados? As mulheres amam homens famosos. Já repararam que os caras mais imorais são "amados" e desejados quando são famosos? A mulher sabe que o cara tem fama de galinha, de "comedor". Ela sabe que o cara não pára quieto com mulher alguma e que vive traindo as namoradas. Mas no entanto, ela não se importa de ser usada por esse cara. E prefere ser usada por ele do que ser amada por um homem comum. Chocante? Isso acontece todos os dias! As mulheres vão negar isso, mas é a pura verdade. A mulher que você mais ama e que rejeita todos os teus carinhos, presentes e sacrifícios, provavelmente se entregaria fácil para o ídolo dela. Ela pode até saber que ele tem fama de "comedor" e usa as fãs, como é comum acontecer com os músicos famosos, mas ela não se importa em ser usada por um famoso!

Quando chega um gringo famoso no Brasil, milhares de mulheres dão gritinhos histéricos! Não tenha dúvida!. Se esse cara quiser, ele transa com todas elas! O cara mais ridículo do mundo é amado e idolatrado pelas mulheres, pelo simples fato de ser famoso. Quando um homem comum torna-se famoso, ele automaticamente adquire o status de um alfa e as mulheres começam a assediá-lo intensamente. O mesmo cara que não "pegava" ninguém há semanas atrás, agora tem filas de mulheres querendo transar com ele, pelo simples fato dele ter se tornado famoso. As mulheres purificam os homens famosos de todos os defeitos de caráter. Até mesmo bandidos, quando se tornam famosos, tornam-se imediatamente atraentes.

A maioria das mulheres atraentes mede o valor do homem pelo potencial exibicionista dele. Quanto mais o homem chama a atenção das outras mulheres, mas as mulheres o desejam. Por que isso acontece? Isso acontece porque as mulheres valorizam os homens pelo o poder que eles possuem. E ser famoso é um sinal automático de poder. Além disso, os famosos são vistos como troféus sociais e prêmios da competição feminina. Como foi falado no post "Desvendando as falsas certinhas (parte 1)" , as mulheres diante de homens poderosos, relativizam todos os valores delas e o que antes era um risco, se torna um valor! Isso nos ajuda a ter uma noção do poder dos atributos exibicionistas de um homem numa sociedade como a nossa.

Por isso, as mulheres lindas, gostosas e atraentes fazem as escolhas mais paradoxais possíveis. Porque elas medem o valor do homem, pela atração cega que elas têm por poder. E atualmente, chamar a atenção da sociedade e das outras mulheres, é um dos maiores sinais de poder do homem. Por isso, as mulheres amam os homens promíscuos, apesar delas mentirem descaradamente sobre isso no dia a dia. A razão disso? O promíscuo chama a atenção da sociedade e das mulheres e são vistos sempre como homens mais poderosos. Um homem pode ter transado com 4 mil mulheres, mas as mulheres não ligam para a promiscuidade dele, desde que ele seja poderoso como um rei, como um ícone da música pop, como o ator mundialmente conhecido e popular. 1 (Ler nota de rodapé)

Porque a natureza delas valoriza o poder do homem e não o caráter. A natureza feminina tem um sistema de prioridades que sempre coloca o caráter em último lugar. Por isso, um homem comum de excelente caráter, mas que não sofre assédio das mulheres, sempre será trocado pelo promíscuo, que as mulheres valorizam mais, mesmo que ele tenha um péssimo caráter. As mulheres novas são assim e as mais velhas só mudam e "amadurecem" porque sofrem os efeitos do envelhecimento.

As mulheres não se produzem pra agradar os homens bonzinhos. Elas se produzem para as outras mulheres e também porque gostam de competir pelos homens mais destacados e atraentes. Homens bonzinhos geralmente são muito discretos e não chamam a atenção de ninguém. Geralmente os promíscuos são os alfas e as mulheres diante dos alfas entram em "curto-circuito". (promíscuos betas são os famosos "porraloucas" que transam com qualquer mulher que aparece na reta deles).

As mulheres colocam um decote pra atrair a atenção dos homens mais chamativos e assediados. Por isso, elas odeiam os nerds que se aproximam delas nas festas e "baladas". Elas os acham chatos e insuportáveis. Entretanto, elas ficam nervosas e trêmulas quando estão diante de homens assediados e disputados, porque isso representa a "grande" chance delas de segurar um homem de valor. A mulher não sofre com a ansiedade quando um cara pouco assediado se aproxima dela. Ela pensa que ele não tem valor, porque as outras não querem. Então, ela não tem medo nenhum de dizer não. Além disso, a vida afetiva dela é fácil. Ela continuará atraindo homens com o poder do decote dela durante um bom tempo. Mulheres que usam e abusam do decote, não sofrem com a escassez afetiva e sexual. Por isso elas se iludem muito com esse poder fácil, sem qualquer esforço social. Elas não sabem lidar com isso. 

Enquanto elas usam o poder do decote, não precisam se esforçar. Por isso, elas se sentem autorizadas a errar até encontrarem um limite. 2 Por mais que elas não acreditem nisso, elas encontrarão esse limite algum dia. (Ver nota de rodapé)

O uso do corpo pelas mulheres e a "vida fácil"

[Image: dd41e7c931ddb76632f67102a2637b16.jpg]

Uma frase super utilizada pelas mulheres no orkut é essa: "A Fila Anda!" Essa frase é tipicamente usada pelas mulheres porque elas fazem questão de ostentar a vida afetiva fácil delas. A fila anda porque a oferta de homens atrás delas é ilimitada.

Quando elas terminam um namoro, em duas semanas já estão com outro, porque simplesmente já havia vários caras esperando ela terminar para pedí-la em namoro!

Por isso, elas amam menos, se apegam menos, porque os homens não acabam. E por que elas usam clichês mentirosos como: "Tá faltando homem no mercado!" ? Elas usam esses clichês porque são exigentes demais! A mulher é tão arrogante, que diz que está faltando homem, mesmo que tenha 50 homens pedindo o msn dela! Por que ela pensa assim? Ela pensa assim, porque a vida afetiva fácil dela é uma prova infalível de que nenhum homem está à altura dela! A maioria é iludida com o poder do corpo. Enquanto, esse poder não acaba, elas continuam exigindo demais. Elas não percebem que esse poder é ilusório.

Os homens querem sexo com mulheres vulgares, mas não querem relacionamento sério com elas. As mulheres se entregam aos alfas, achando que elas possuem mais valor do que eles, simplesmente pelo fato de serem assediadas. Triste engano! Os alfas amam transar com essas mulheres: mulheres arrogantes são apenas "lanchinhos" de alfas e nada mais do que isso. Os alfas não se iludem com o corpo feminino.

Essa é uma característica típica dos betas e dos inseguros. As mulheres usam o corpo pra chantagear os homens. Os alfas sabem disso e adoram transar com as moderninhas, que se entregam fácil sem exigir deles qualquer esforço social. A mulher que acha que vai prender um alfa com o sexo é uma iludida! O valor das mulheres gostosas e a seletividade sexual resolvida delas não as tornam melhores, nem superiores. Elas só se vulgarizam com a promiscuidade e com o sexo casual. Os alfas e os cafas apenas as usam e elas acham que estão sendo modernas e tirando vantagem da situação.

Quando elas chegam aos 35 anos e ainda estão solteiras, se deparam com a verdade: Elas não representavam nada para os alfas e para a maioria dos betas esclarecidos, elas perderam a credibilidade total. A superioridade da mulher nova e complexada com o poder de atração do corpo dela é uma farsa. É uma farsa porque a mulher nova não consegue prender o alfa com o poder do corpo dela. E isso prova que as mulheres são iludidas com esse poder! A mulher confunde "ser assediada" com "ter valor" para relacionamentos sérios de longo prazo. 

Os homens são um pouco mais exigentes pra amar. O fato de uma mulher ser gostosa não é credencial automática para um homem querer casar e ter filhos com elas. Elas vão pra academia achando que somente aumentar a bunda com exercícios para glúteos vai segurar um namoro ou produzir ofertas de casamento. Mas por mais que essas verdades sejam repetidas, elas não aprendem nunca! Elas não aprendem porque seguem as emoções delas.

A mulher que usa o corpo para se exibir na sociedade e atrair homens, perde progressivamente a sensibilidade amorosa e passa a ver os relacionamentos de uma forma banal. Para elas, o corpo é algo que se administra assim como o dinheiro, um imóvel, uma ação na bolsa de valores. Elas colocam uma roupa específica já com a intenção de atrair homens de um perfil característico: playboy, empresário, executivo, rico, aventureiro, gótico. Elas vivem usando o corpo pra atrair homens e se acostumam com essas facilidades. Elas não são capazes de valorizar os homens pelo esforço real que eles fazem na vida. Elas querem homens prontos e não homens que estão na metade do caminho.

Como a vida afetiva das mulheres é mais fácil, elas têm pressa pra conseguir as coisas dos homens e não querem esperar muito tempo. Se um homem não dá aquilo que elas querem, ele é humilhado e trocado por um outro, que é capaz de cumprir as metas delas! Como há muitos homens atrás delas, elas sempre exigem muito! Quem tiver mais coisas pra oferecer é o escolhido!

As mulheres se produzem pra atrair os homens mais destacados do meio social delas e somente para eles, elas dão amor e carinho, ainda que seja somente por interesse. Já o restante dos homens, elas os rejeitam, porque eles estão abaixo das exigências delas. Graças a esse critério feminino, uma minoria de homens transa com a maioria das mulheres, porque a maioria das mulheres premia uma minoria. Os homens assediados, disputados, chamativos representam a minoria que irá lucrar com a fartura de oferta feminina.

As mulheres não cuidam do corpo porque amam os homens e têm medo de perdê-los. Pelo o contrário, elas cuidam do corpo pra dominar os homens alfas. Prender o homem assediado e disputado é para a maioria das mulheres uma prova de valor e o objetivo da vida delas na juventude.

Se o corpo feminino não perdesse progressivamente o seu poder de atração, as mulheres continuariam desprezando os betas até o final da vida! As mulheres não cuidam do corpo pra premiar os homens de melhor caráter, mas para premiar os mais poderosos, que são os homens que mais chamam atenção das mulheres na sociedade!

A vida das mulheres novas é fácil, porque a oferta de betas atrás delas é intensa. Elas usam o corpo pra esnobá-los e usá-los como remédios para as frustrações emocionais e para elevar a auto-estima. Tudo o que é fácil se torna banal para a mulher. Elas recebem tantas cantadas, tantos telefonemas, emails, recados virtuais, que namorar para elas é uma coisa banal, por isso elas usam o corpo pra atrair e esnobar os homens, pelo puro prazer de se sentirem no topo. Os sedutores conhecem muito bem essa realidade. Eles frequentaram centenas de festas na vida e sabem como essa dinâmica funciona. As mulheres estão mais do que saturadas de betas. Todos os dias esses homens as procuram pra sair, são legais, sensíveis, sinceros e as enchem de elogios. Elas estão cansadas e entediadas disso tudo. 3 Elas se cansam até mesmo de dizer "não" e por isso elas vão para as festas com o objetivo de sair de lá com o homem mais bonito e no momento em que conseguem, elas aceitam que ele as use. A mesma mulher que dá nãos adoidados aos homens betas é aquela que se entrega fácil para os homens que fizeram menos esforços por ela. 4 (Ver nota de rodapé)

A mulher produz o corpo pra afirmar essa injustiça e essa desigualdade, porque os critérios de justiça dela são pessoais e emocionais. Ela não acha injusto desprezar os homens que se esforçam mais por ela. Mas ela vê como uma grande injustiça, uma amiga que ela considera mais feia, namorar um homem mais bonito do que o namorado dela. A mulher tenta prender o alfa pelo sexo, porque o alfa é tão disputado, que se ela recusar o sexo com ele, logo haverá outra interessada e disposta a fazer o que ela não fez. A competição e o orgulho aprisionam as mulheres de tal forma, que elas se entregam aos alfas apenas para provar coisas perante outras mulheres. Os alfas lucram muito com essa situação e agradecem às mulheres exibicionistas por isso! A mulher, por puro orgulho, reforça um sistema injusto, que premia os menos esforçados e pune os mais esforçados e tudo por competição, pela vaidade de tentar humilhar e rebaixar uma rival.

A mulher coloca uma roupa decotada para iludir os homens bons e limitados com falsas esperanças de amor que nunca se realizarão. Betas frequentemente se apaixonam por mulheres atraentes e fazem de tudo pra agradá-las, porque homens tímidos e carentes supervalorizam a beleza feminina. Mas elas premiam os alfas para deixar claro para os betas, que elas só premiam homens que estão à altura do poder de atração delas. A mulher que coloca um decote para atrair muitos homens não é boazinha, solidária e tolerante. Ela sabe que irá torturar muitos homens que se aproximam dela com promessas falsas de amor, mas ela não consegue parar isso. Isso dá prazer a ela. 5

As mulheres disputam entre si quem tem a capacidade de "torturar" mais betas com promessas falsas de amor. Essa triste realidade acaba somente quando elas envelhecem e perdem o "poder do decote". Por que elas demoram tanto tempo para mudar essa postura arrogante se dizem que são sensíveis, humanas e cheias de virtudes? A mulher nova banaliza o amor que os homens dão a ela, porque ela não fez esforço algum pra merecê-lo! Se elas não sabem valorizar o que é bom e justo quando são novas, que credibilidade terão no futuro pra reclamar?

As mulheres usam mal o "poder corporal". Quando estão com 20 anos, elas acham todos os homens banais e descartáveis! Elas perdem um e logo aparece outro! Quando pensamos nas mulheres, temos que tomar como referência o comportamento das mulheres novas, porque é nessa fase que as mulheres possuem mais poder. Na juventude, a lógica de vida das mulheres está escancarada e a natureza delas atua em estado puro. A humildade tardia das mulheres mais velhas não é critério para aceitá-las, porque infelizmente elas só mudam quando encontram um limite! Aliás, 35 anos é tempo demais pra aprender a dinâmica social, não acham? Enquanto isso, o homem tem que aprender a dinâmica social bem cedo, porque sem o dinheiro e status, ele vive a escassez precocemente, ao contrário da mulher, que vive o glamour das festas e do assédio masculino desde a adolescência! 

NOTAS DE RODAPÉ
1. Reis, músicos famosos, esportistas, sempre foram os homens que mais transaram com mulheres diferentes!
2. Por terem um conceito emocional de justiça, as mulheres não tem consciência plena dos riscos das escolhas que fazem. Apenas diante de homens betas (homens que elas consideram betas) elas são responsáveis. Diante dos homens alfas, elas relativizam tanto os riscos, quanto a responsabilidade delas. Por isso elas frequentemente dão desculpas impessoais para os envolvimentos irresponsáveis delas com os alfas. Elas não mudarão isso até que encontrem um limite.
3. A leitura do Mystery Method ajuda a entender isso. Quando Mystery fala do conceito de neg, que é um elogio irônico, ele deixa claro que elogios explicítos são coisas de perdedores e homens inseguros, de pouco valor social. Um elogio irônico, não é um insulto, mas ao mesmo tempo não é um elogio propriamente dito. Neg envolve mais coisas do que isso, envolve também brincar com algumas características da mulher, sem humilhá-la. O objetivo do neg é tirar do pedestal, mulheres que estão acostumadas com elogios e acham os homens banais e fáceis! Mystery particularmente descreve assim, a rotina de uma "baladeira":
Citação:"Ela precisa ter um padrão quando todos os perdedores se aproximam dela. Os valores dela foram desenvolvidos durante um período de experiência e são compreensivos. Quando um homem anda na direção dela e diz: Posso te pagar uma bebida? - isso a irrita. Enquanto o cara pensa que está fazendo alguma coisa legal pra ela. Ela constantemente escuta isso e está dessensibilizada para isso." (tradução adaptada)
4. O esforço social que o beta precisa fazer pra ser amado é muito maior do que o alfa. As mulheres facilitam tudo para o alfa, mas diante dos betas, elas exigem sacrifícios quase impossíveis! 
5. A postura aristocrática das mulheres nas festas e "baladas" é reforçada pelo excesso de elogios que elas recebem. As mulheres perdem a sensibilidade para o amor progressivamente por causa disso e se tornam "masoquistas", sendo incapazes de valorizar os homens que as amam de verdade e se esforçam por elas. Como elas estão acostumadas com elogios e facilidades, entendem que o valor do homem é ser indiferente ao poder de atração que elas exercem. Amar e ser amada na mesma proporção é impossível para a mulher. Ou ela ama ou ela é amada. Nunca as duas coisas estão em plena harmonia.

Leia a parte 3 aqui.

Este texto faz parte do projeto: Segunda das Relíquias Perdidas. (Clique nas palavras para saber mais como funciona o projeto).
Responda-o
#2
Quando jovem, eu não entendia o fato de uma mulher aceitar posar nua, ou fazer pornô por dinheiro.

Por mais dinheiro que se pague, o que é revelado não se esconde mais. Um dia a mulher casa, tem filho, etc.

Antigamente saía de cena, mas hoje com a internet tudo fica perpetuado.

E agora elas se exibem e mostram tudo sem ganhar praticamente nada de material.

Mas agora está bem explicado. É o lado obscuro mostrando que vale qualquer coisa pela satisfação do ego.
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  A Felicidade exibicionista da mulher (parte 3) Staff 3 440 03-01-2020, 10:49 AM
Última Postagem: sobrevivente
  A felicidade exibicionista da mulher (parte1) Guardião 1 437 02-01-2020, 07:07 PM
Última Postagem: Guile

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)