Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Ex me procurando depois de 6 anos. [Homem Marmito Feelings]
#1
Ontem no dia internacional das mulheres, depois de passado o carnaval 2019, depois da poeira e da folia baixar, recebo um e-mail da minha ex que não falo a 6 anos, nosso termino foi traumático eu saindo destruído da relação e a “bonitona” por cima, mais o tempo passou e a roda girou, e quem vem me procurar, pois é, a ex.

Fiquei emocionalmente abalado e sem saber o que fazer, o mesmo padrão do que ocorreu com o confrade sagitário, famoso homem marmito, e-mail sucinto, perguntando sobre mim, querendo noticias, o número do telefone chamando para uma convidativa conversa pelo whatssap. 

Confesso que fiquei desequilibrado emocionalmente, emergiram muitas emoções ruins, muitas interrogações, e ai o que eu fiz ? Entrei aqui no fórum e reli todo o tópico do homem marmito para interiorizar as lições, pensei, cocei a cabeça, pensei, conto ou não para minha namorada ? Ignoro, mando e-mail, o que faço ?

Pensei, pensei e pensei, e tomei uma atitude, peguei o telefone dela e liguei, na primeira ligação eu simplesmente fui muito seco e como ela estava ocupada eu desliguei, depois disso entrei em contato com minha namorada e relatei a situação para ela, quando estava conversando com minha namorada me dei conta de que não fiz o que tinha que fazer.

Na primeira ligação a ex disse que estava ocupada e que não poderia falar comigo naquele momento, aliais, um dos motivos para nossa relação azedar, 6 anos nada ensinaram aquela criatura, dei um ultimato desliguei e não falei o que tinha que falar e não fiz o que tinha que fazer.

Liguei de novo, pedi desculpas por ser seco e impulsivo, e ai fui homem e fiz o que tinha que fazer, mantive o controle emocional, enrolei com uma conversa que demorou 15 minutos para deixar claro que eu não queria mais que ela entrasse em contato comigo, que ela tivesse muita paz, seguisse o caminho dela e que me deixasse em paz.

Como ressaltado aqui no fórum pelos confrades, até para você falar você precisa saber, como dito na situação do sagitário, a vontade é xingar e falar merda, mas não pode ser assim, é necessário ser calmo, escolher as palavras, saber manobrar, nessa era de feminismo tudo pode se tornar uma agressão, processo, ou coisa que o valha, o ônus da prova se inverte com muita facilidade e por um pequeno descuido nossa vida cai na lama.

Ano passado me prometi parar de ver coisas relacionados a ex-namoradas, relacionadas a amigos de graduação, resumindo, resolvi deixar o passado no passado e já se passam de 9 meses que eu não via nada a respeito da minha vida pregressa, mais com essa ligação fui olhar as redes sociais abertas da minha ex, a maluca teve a pachorra de colocar uma foto nossa junto em uma festa que dei aqui em casa a 6 anos atrás, pedi para ela retirar todas as nossas fotos da internet e redes sociais achei aquilo um absurdo.

Expliquei DI-DA-TI-CA-MEN-TE que estou namorado e que não temos mais nada e que aquela foto não faz nenhum sentido, foto na rede social, e-mail tentando requentar uma lovestory do passado e a Miss Lacração diz que esta resolvidinha, me disse que só queria saber notícias, disse para ela que estava sendo hipócrita, foto em redes sociais, e-mail depois de 6 anos e me dizer que só que saber notícias, pelo amor de Deus é muita hipocrisia.

Ano passado quando fui ao centro do rio pular carnaval (burrice e juvenice), inclusive relatei aqui em outro tópico que quase fui assaltado naquela merda, eu vi minha ex no bloco, estava com minha namorada atual, depois de me ver beijando e agarrado com minha atual ela saiu fora do bloco e eu não troquei palavras nem tentei contato, ou seja, ela sabe que eu estava no mínimo saindo com outras mulheres e nem isso a impediu de entrar em contato.

Como eu não uso mais nenhuma rede social, aplicativo de mensagem instantânea, não dou brecha para nenhuma mulher ficar cherentando minha vida, talvez o maior interesse dela era saber como eu estava financeiramente para ver seu eu já estava ocupando algum cargo público, enfim, passou o balzaquistão, esta com 31, rodada, feminista daquelas bem agressivas, metida com movimento negro, passeatas a favor de Mariele e showmissios do PT, antes do termino tomei uma dedada na cara dela me xingando de machista,racista e etc. Aquela mesma porcaria de sempre.

Galera estou repassando essa experiência para dizer, a real salva vidas, não considero que tenha agido completamente certo, com o psicológico abalado cometemos erros, mas com o auxílio dos textos do fórum relendo o relato dos confrades o que poderia virar uma novela da globo foram resolvidos em 2 horas, agradeço a todos do fórum, sem essa rede de apoio eu demoraria muito tempo para tomar a atitude certo e poderia entrar em um labirinto emocional terrível, mais uma vez agradeço a todos os membros do fórum.

Link do tópico do sagitário, famoso homem marmito:

Assim, Davi prevaleceu contra o filisteu com uma funda e com uma pedra, e feriu o filisteu, e o matou sem que Davi tivesse uma espada na mão.
Responda-o
#2
Uma única ex minha que talvez abalasse meu psicológico reaparecendo, já não tenho contato há quase 8 anos. Eu acredito que a balançada emocional está direcionada exatamente ao fervor da juventude. Quando a conheci, ela era uma ninfeta de 18 aninhos, com tudo em cima, inclusive perdeu o cabaço comigo. Mas hoje, ela já atravessou a fronteira do balzaquistão, está rodada, fodida e com filhos.... olha, não sei como ela está visualmente, mas não vale sequer uma foda comemorativa em memória dos bons e velhos tempos.

Coloco isso na minha mente, mato o assunto e acredito que nunca precisarei enfrentar essa situação dela me procurar em um futuro distante.
Responda-o
#3
Era só ter ignorado o email.
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#4
@apollocreed Minha situação é semelhante, quando comecei meu relacionamente ela tinha 17 anos e eu que tirei o cabaço dela, a relação durou 8 anos e depois acabou, ela não tem filho, mais já esta no balzaquistão e rodada, e se tornou uma feminista radical, sem condições, mais a mentalidade certa é essa matar o assunto de maneira rápida e certeira.


@"Gashead" Você tem razão, mais a verdade é que eu terminei esse relacionamento de maneira muito suave, digamos assim, pelo que conversei com minha namorada como não fui para o carnaval e ela não me viu como ano passado, ela me procurou, na verdade eu ver ela no mesmo bloco ano passado não era uma casualidade foi uma primeira tentativa de reaproximação, esse ano, como fiquei em casa estudando e nem meti minha cara na rua, ela tomou coragem em um impeto maluco de me procurar via e-mail, em resumo, a porta estava aberta e eu fechei de vez por todas, ponte quebrada, caminho inutilizado, tive que me posicionar e foi o que fiz, sendo honesto, não considero que tenha tido a melhor atitude, mas foi a melhor maneira que eu achei para lidar com a situação.
Assim, Davi prevaleceu contra o filisteu com uma funda e com uma pedra, e feriu o filisteu, e o matou sem que Davi tivesse uma espada na mão.
Responda-o
#5
@Ares pelo o que você comentou, dela ser feminista, petista, esquerdista e os caralhos... você é quase um santo por tolerar essa maluca por 8 anos. A minha que não tinha esses defeitos aí, só durou três. O principal problema dela era o padrão: a expectativa de viver fortes emoções o tempo todo e, pra piorar, o apoio da mamãe e do papai para buscar outro que tive$$e mai$ a ver com a prince$inha deles. Depois de muita cobrança, dei linha na pipa e deixei voar.
Responda-o
#6
@apollocreed É cara eu realmente fui muito paciente, olhando em retrospectiva e analisando toda a situação de forma fria a conclusão é essa, mais se for botar o dedo na ferida, fazendo uma autocrítica e mandando a real para mim mesmo, eu fui é passivo isso sim, não tive pulso firme para conduzir a minha vida, colocando as rédias nos meus instintos para levar a vida de plenitude e liberdade que merecemos irmão.

O problema maior foi quando ela entrou para o mestrado, fazíamos graduações distintas porém na área de humanas (não preciso dizer mais nada), ai foi acumulando amiguinhas feministas e rodadas, happy hour 2-3 vezes na semana, não atendia o telefone, chegava atrasada, voltou a beber, começou a vacilar muito e no final das contas eu dei um belo pé na bunda dela, mas terminei de forme suave na época porque eu tinha uma conta conjunta com mais de 10 mil reais, então conduzi suave, ela deixou o dinheiro para mim e meteu o pé, mas não tive oportunidade de dizer uma verdades, mais a vida seguiu e agora pude fechar a tampa do caixão com prego.

Na época que isso tudo ocorreu estava com problemas de saúde grave e não tive como ficar acompanhando quadro a quadro o que se processava na relação, estava muito ocupado cuidando da minha saúde, ela estava curtindo as novas amizades e me deixando convenientemente de lado já que minha rotina se resumia a consultórios, laboratórios e hospitais, por fim, foi a melhor coisa que aconteceu para mim, fim de relacionamento é liberdade, Deus sabe de todas as coisas ele é o conspirador dos conspiradores, e ela caiu junto com toda a tropa de feminazistas que ela andava junto, agora eu sigo meu caminho forte rumo a realização dos meus objetivos, estou contente com os resultados que venho obtendo do meu trabalho duro.
Assim, Davi prevaleceu contra o filisteu com uma funda e com uma pedra, e feriu o filisteu, e o matou sem que Davi tivesse uma espada na mão.
Responda-o
#7
O modus operandi delas é padrão. Aparece e diz que não está afim de nada. Mas a verdade é que ela está interessada sim. 

Tem que cortar contato. Não vale a pena.
"Homem Marmito"® is trademark of Marmito Man Corporation ™
Responda-o
#8
@Sagitario Exatamente confrade, quando eu li seu comentário anterior ao tópico considerei a situação surreal e fiquei imaginando se isso poderia acontecer comigo algum dia, e imaginei que a possibilidade era remota até mesmo impossível, depois eu li e acompanhei seu tópico e os debates, quando vi aquele e-mai foi automático entrei no fórum e reli todos os comentários, inclusive pude internalizar certos comentários que fez lá e batia com alguns pontos que se passou no meu caso.

Como existiam alguns fios desencapados e havia chance de isso render em e-mails futuros, tentativas de contato e etc, e como minha vida esta mesmo que com dificuldade progredindo e estou em uma relação estável longe da putaria, decidi selar o caixão a prego e deixar a defunta no passado de vez, por mais que as imagens das redes sociais possam demonstras uma vida interessante, redes sociais são uma versão pobre de revista de famosos, só mostram o lado bom e positivo, como minha rotina de estudos é muito intensa e tenho meus afazeres abri mão disso tudo, enfim, estou feliz de conseguir ter fechado essa história, e agradeço pelo tópico e os feeds que deixou me ajudaram muito, muito, muito mesmo.
Assim, Davi prevaleceu contra o filisteu com uma funda e com uma pedra, e feriu o filisteu, e o matou sem que Davi tivesse uma espada na mão.
Responda-o
#9
Mulheres são muito espertas, n é atoa que estão tomando conta de tudo, infelizmente. Ex namorada, é pior que o demônio! Quando elas sabem que vc esta fudido, ficam tentando mostrar que estão melhores que vc para todo mundo e sempre com outro macho a tira colo para bancar as doideiras delas, e mostrar que estão por cima.
Mas.....heheheh, quando elas descobrem que vc esta bem(R$$$$$$$$) principalmente com uma mulher melhor do que elas, as ditas cujas do nada saem do inferno e surge na sua vida com a cara mais lavada querendo levar vc para o buraco!
Para autor do tópico, corre dessa ex que é furada, principalmente depois que vc disse como ela é!
Responda-o
#10
@Astuto Você bateu em um ponto que eu concordo minha atual é muito mais interessante que minha ex, e ainda tem um problema ai que deve ter matada a pau, minha atual é branca e a ex é mulata, ou seja, na cabeça feminista, esquerdista ligada a movimento negro, como que o ex "preto" esta namorando com uma loirinha de olhos esverdeados e com um pandeirão, ai é aquela coisa, se o calo tá apertando é com ela mesmo, vida perfeita ninguém tem, mas estou satisfeito não tenho do que reclamar.

Corro mesmo, na verdade irmão, hoje, para mim, mulher muito ligada a política, debates de minorias e todas essas coisas já não presta mais para se relacionar comigo, o tempo que a mulher usa nessas coisas ela pode estar estudando para um bom concurso, aprimorando o currículo e correndo atrás do ouro, essa coisa de mulherada parasitando o dia todo em rede social, protestando e etc, é coisa de gente que tá com muito tempo livre para jogar fora, se não tá correndo atrás não serve para colar comigo, se é para ficar de rala e rola prefiro ficar solteiro dando as cartas, para colar comigo a mulher tem que ter foco no desenvolvimento dela, ser fiel, primar em constituir família e ser mãe, do contrário, fico na putaria dando as cartas e marmitando.
Assim, Davi prevaleceu contra o filisteu com uma funda e com uma pedra, e feriu o filisteu, e o matou sem que Davi tivesse uma espada na mão.
Responda-o
#11
Acho que criou-se um problema sem necessidade , era só ter ignorado e pronto.

Mas não é tão fácil assim né gafanhoto ? eu sei como é que é.

Mas depois de 6 anos é muito estranho essa mulher mexer com você emocionalmente . Ainda mais com tudo que você relatou, que largou o passado e etc.
Tudo oque te resta é o desenvolvimento pessoal.
Responda-o
#12
@gRILO Cara, quando você é esculachado em um relação como eu fui não tem como, o que eu consigo é me manter frio e me acalmar, não quero entrar em muitos detalhes porque não faz sentido, mas fui humilhado, muito humilhado, e mexe comigo sim, porque é muita raiva, ódio e sentimento ruim que rolou no fim da relação, fora isso to de boa, esse e-mail dela foi a oportunidade que tive de fechar bem fechado, quando eu terminei eu tava tão na merda que eu não consegui fazer isso de uma maneira adequada.

Concordo quando diz que isso mexeu muito comigo, mas faz parte, o lado bom é que o assunto esta encerrado, e digamos que a ex futuramente mesmo com tudo que foi dito resolva entrar em contato, ai é ignorar e fim de papo, aliais, ela e qualquer outra que esteja em situação semelhante, se fosse outra mulher eu simplesmente iria ignorar, mais esse relacionamento teve um final com gosto de fel, foi horrível.
Assim, Davi prevaleceu contra o filisteu com uma funda e com uma pedra, e feriu o filisteu, e o matou sem que Davi tivesse uma espada na mão.
Responda-o
#13
(09-03-2019, 10:41 AM)Ares Escreveu: Ontem no dia internacional das mulheres, depois de passado o carnaval 2019, depois da poeira e da folia baixar, recebo um e-mail da minha ex que não falo a 6 anos, nosso termino foi traumático eu saindo destruído da relação e a “bonitona” por cima, mais o tempo passou e a roda girou, e quem vem me procurar, pois é, a ex.

Não se iluda confrade, ela foi te procurar apenas pra inflar o ego e ver se vc ainda tem interesse nela. Muito provavelmente ela esta se sentindo vitoriosa, pois mesmo depois de todos esses anos ela ainda conseguiu alguns minutos do seu preciso tempo.  Ignorar a ex é a melhor maneira de sair por cima e fazer ela se arrepender amargamente de tudo que fez.  Parar pra conversar, pra explicar mesmo que seja pra pedir pra ela não ta procurar mais é uma forma de dizer que ainda se importa. Era melhor vc ter ignorado e guardado o seu sentimento apenas pra vc, não explanar pra sua namorada e ter deixar a perva (ex)  no vácuo com a certeza que ela não tem mais influência alguma sobre você.   Mas vc não fez porquê de fato sabe que ainda nutre algo por ela...  e falando com ela, ligando por duas vezes pra conversar vc deixou isso claro pra ela e pra quem esta lendo seu relato.
Responda-o
#14
@Escobar É uma realidade que eu tenho que encarar com seriedade, os pontos levantados tanto por você quanto pelo gRILO deixam isso bem claro para mim, dei esse mole, não tinha pensado por esse lado, vou corrigir esse comportamento, vocês olhando de fora conseguem ver com mais clareza esses feedbacks estão sendo importantes para mim.
Assim, Davi prevaleceu contra o filisteu com uma funda e com uma pedra, e feriu o filisteu, e o matou sem que Davi tivesse uma espada na mão.
Responda-o
#15
Cara tudo isso de energia e tempo desperdiçada por uma EX de 6 anos atrás ?
Ex é Ex, não tem pq voltar, existem milhares de ditados que é só prejuízo pro homem se submeter a isso.
"O homem que não atravessa o inferno de suas paixões também não as supera. Elas se mudam para a casa vizinha e poderão atear o fogo que atingirá sua casa sem que ele perceba. Se abandonarmos, deixarmos de lado, e de algum modo esquecermo-nos excessivamente de algo, corremos o risco de vê-lo reaparecer com uma violência redobrada."
Carl Jung
Responda-o
#16
Pelo que fiz com minha ex kk duvido que ela me procure um dia
"A critica não tem sobre a psicologia das massas o poder sugestivo que tem as crenças afirmativas, mesmo falsas." - Olavo de Carvalho

"Quanto menos inteligente um homem é, menos misteriosa lhe parece a existência." - Arthur Schopenhauer
Responda-o
#17
Ares,não ficou tentado a ignorar?Apagar o respectivo email,parece que você quis se testar nessa.
Responda-o
#18
(09-03-2019, 02:13 PM)gRILO Escreveu: Acho que criou-se um problema sem necessidade , era só ter ignorado e pronto.

Mas não é tão fácil assim né gafanhoto ? eu sei como é que é.

Mas depois de 6 anos é muito estranho essa mulher mexer com você emocionalmente . Ainda mais com tudo que você relatou, que largou o passado e etc.

Também penso isso. 6 anos nao serviram para ela parar com a vadiagem e 6 anos nao serviram para ele absorver a real completamente. O movimento certo seria ter ignorado. Se ela insistisse, um “vai se foder” resolveria a parada. Bastou ela procura-lo que ele foi invadido por fortes emoções, mostrando que ainda está ligado nela. Tudo bem, acontece nas melhores famílias. Mas ele precisa internalizar a real e se livrar desses fantasmas. Menos mal que nao voltou aos beijos e abracos com a balzaca. Serve de atenuante.
Responda-o
#19
Juro que tento entender essa galera que termina relacionamento e mantém ex em rede social, número de telefone no celular e etc. Se terminou, é exclusão total de TUDO, que se dane se ela vai achar que é infantilidade, o que importa é a tua paz.
Responda-o
#20
Achei estranho ela entrar em contato depois de tanto tempo. Antes de terminar agora meu relacionamento de 8 anos, namorei uma mulher por dois anos, quando tinha 18, lá em 2006. Durante esse tempo, ela nunca mais me procurou.

Só ano passado que recebi uma mensagem da irmã dela, dizendo que ela tinha falecido em decorrência de uma cirurgia mal feita. Fui à missa de sétimo dia dela e a sensação foi horrível, fiquei relembrando tudo que passei com ela.

Depois fui convidado a tomar um café na casa dos pais dela e ficamos conversando sobre o rumo de cada um. Eu segui em frente, juntei minha grana, passei num concurso e ela ficou na mesma, morando na casa dos pais, não estudou, ficou pulando de emprego em emprego ruim de atendente comercial, sempre esperando o seu cavaleiro branco. Ficou pra titia dos gatos, vendo a irmã casada e professora doutora de escola federal e o irmão noivo militar como primeiro tenente. Ela morreu com 36 anos, morando nos fundos da casa dos pais com 3 gatos, 2 cachorros e uma dívida de três mil reais no crediário.
"Escola? E o aprendizado com os próprios erros? A experiência te faz professor de si próprio".
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  [RELATO] O HOMEM MAIS BURRO DO MUNDO: FUI TRAÍDO MESMO DEPOIS DE 4 ANOS CONHECENDO N.A Guto 33 3,128 28-08-2022, 09:32 AM
Última Postagem: Awaken
  [REFLEXÃO] 6 anos sem maconha, 5 anos sem cigarro e 4 anos sem bebida. Ares 38 10,737 02-12-2020, 03:03 PM
Última Postagem: Cafamante
  Homem Marmito: A origem Sagitario 25 7,155 02-07-2019, 06:19 AM
Última Postagem: Sagitario
  Ex me procura 16 anos depois! Sagitario 73 18,387 27-04-2019, 07:56 PM
Última Postagem: TheOak

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)