Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Os benefícios da retenção de esperma
#21
Compartilho da mesma opinião do confrade acima. Praticamente 100% dos que criticam nunca tentaram, falharam miseravelmente ou realmente não estudaram os malefícios da punheta e da pornografia. Se alguém tivesse ficado tipo 6 meses nofap pra aí poder fazer um paralelo com se masturbar regularmente e dizer que é uma porcaria, não presta, etc. aí ok. Mas falar mal de quem faz ou dizer que não presta não conseguindo nem 1 mês ou sequer estudando o tema é pra acabar.

Meu recorde foi 93 dias e as melhoras na qualidade de vida eram INSANAS, sobretudo pra transar de boa com camisinha em qualquer situação e nos treinos na academia.

Resetei há 10 dias e sigo na luta pra parar de vez, é mais motivante pra caçar sexo com esse grau de dificuldade do fator nofap.
Responda-o
#22
Também utilizo da "técnica" do corte de masturbação, existem sim benefícios e eles podem usados para construir e atingir diversos objetivos.

Porém, depois de um tempo, verifico que deve ser utilizado com inteligência e cautela. A tendência do cara que pratica nofap por muito tempo é enxergar a ejaculação como algo desastroso, catastrófico. Na minha opinião, cada um deve se autoavaliar e utilizar a masturbação em certos períodos de tempo, de forma saudável, natural. A tendência da vida são os ciclos, existem os momentos em que precisamos de mais energia, momentos em que precisamos relaxar, momentos em que devemos dosar o equilíbrio entre os dois, cabe ao indivíduo identificar os seus ciclos. É aí que entra a retenção de esperma, se o cara tem um desafio que vai lhe demandar muita energia(física ou mental), é extremamente útil ficar uns 10, 15 dias sem se masturbar, de forma em que ele possa reverter a tensão sexual em energia para se dedicar a sua tarefa, ao seu objetivo.

Na minha opinião, ficar mais tempo do que isso - pelo menos com o que eu testei no meu organismo - é contraproducente. Isso pra quem é solteiro, quem namora/é casado, acredito que vale a pena cortar por completo, até pq o estímulo sexual(em tese kk) ocorre constantemente nesses casos.

Concluindo; dependendo do seu momento na vida, pode ser extremamente útil e eficaz.
The more fucks you give, the less fucks you get. But the less fucks you give, the more fucks you get. So fuck it.
Responda-o
#23
Fiz por 3 meses e senti bastante diferença. Minha força nos treinos aumentou muito, e simplesmente tomo mais atitudes boas agora. Se é Placebo não to nem ai, desde que funcione.
Responda-o
#24
(20-10-2018, 04:26 AM)Prussiano Escreveu: Link dos textos: https://pt.slideshare.net/mobile/AlexAmo...fundamento

Existem mais materiais como esse? Ainda não tinha visto ele por aqui

Sobre o nofap eu concordo com vocês e senti todos esses benefícios citados. Quando ouvi falar pela primeira vez achei uma bobeira mas depois que passei a ter mais prazer assistindo pornografia do que transando com a minha namorada resolvi dar uma chance sincera ao nofap e foi uma das melhores coisas que fiz na minha vida, hoje estou com mais de 1 ano sem assistir pornografia e acredito que ela seja o grande mal, se a pessoa não conseguir ficar sem se masturbar que pelo menos faça sem pornografia.

Eu não sou uma pessoa religiosa mas os vídeos do Padre Paulo Ricardo foi de grande ajuda na minha jornada no nofap, essa porra é um vício que tem que ser levado a sério se não você nunca irá conseguir se desvencilhar dele.




Playlist com 4 vídeos do Padre Paulo Ricardo sobre a pornografia
https://www.youtube.com/playlist?list=PL...AOaqI-uzRj
"There is no reason to be alive if you can't do deadlift"
Spoiler Revelar
[Image: libMqTN.jpg]
Responda-o
#25
Há alguns anos atrás eu fiquei alguns meses sem punhetar, por motivos religiosos. Ainda não conhecia a Real, então não reparei se isso me trouxe algum benefício.

Mas diante dos comentários positivos dos confrades, vou fazer um novo experimento.

Sobre as dificuldades, além dos períodos abstinência sexual que o praticante do nofap tem que suportar, tem ainda a polução noturna, que é um negócio chato pra caralho. Você tá lá dormindo de boa e acorda todo melecado de porra acumulada. Dá muita preguiça ter de levantar de madrugada pra se lavar, lavar a cueca pra quem dorme de cueca, ou a roupa que tá usando de pijama, às vezes lençol da cama, coberta kkk.

Acho que pra evitar a polução noturna tem que evitar a pornografia, obviamente, e até os pensamentos eróticos. No meu caso evitava até de dormir de bruços, o pau roçando no colchão faz gozar fácil fácil depois muito tempo sem ejacular, principalmente se tiver de bexiga cheia de urina. Não durmam com a bexiga cheia. Já aconteceu mais de uma vez eu estar sonhando que  tava urinando, quando na verdade eu tava era me esporrando todo. Aí fica aquela sensação de meses de esforço perdido.
[...] brasileiros não são checadores e questionadores de realidade e tão pouco ponderam, pois não tem valores, noções de moral e ética e muito menos  noções de lógica aplicada aos fatos. (Minerim)

Responda-o
#26
Neste um mês e meio sem masturbação percebo que minha criatividade aumentou muito e também a capacidade de concentração, agora eu tenho mais tempo para ler, estudar, cuidar da minha aparência externa e interna. Vale a pena, com certeza.
Olhe para a Eternidade.
Responda-o
#27
Quando se fica muito tempo sem ejacular o próprio corpo faz a descarga naturalmente e de forma inconsciente, reter qualquer coisa no corpo por muito tempo não é boa ideia. Talvez a estratégia NOFAP seja boa para aqueles punheteiros inveterados que já passaram há muito tempo do limite do bom senso.
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#28
(26-10-2018, 01:22 PM)Héracles Escreveu: Primeira coisa que vc precisa entender sobre a sexualidade é que assim como o treinamento físico, vc só ficará melhor quanto mais pensar e principalmente, praticar. Existe uma ideia incrivelmente estúpida que circula pela internet de que se nos abstermos de gozar por semanas, automaticamente  seremos um imã de mulheres, fodásticamente viris e irresistíveis. Não deseje nem veja mulheres, não pense nelas nuas, não goze por um mês de forma alguma e veja todas ao seu redor se jogarem peladas no seu pau, sem vc fazer precisar fazer absolutamente nada. Só sua "nova" virilidade vai atrai-las, pois como eles dizem "elas vão te olhar de uma maneira diferente". Provavelmente deve ser de medo da sua cara de esquizofrênico tarado. Pois é, é assim que uma quantidade incrivelmente grande de otários pensa, embasada por inúmeros "estudos" que comprovam que fazer isso, conservar a porra nas bolas e não gozar eleva estratosfericamente a testosterona. A "lógica" por trás disso é que após o orgasmo, nossos níveis de T caem abruptamente, ou seja, é só não gozar nunca mais e ter T infinita. Se isso fosse realmente verdade, os celibatários, que são as figuras mais afeminadas e sem virilidade que existem por aí, se pareceriam com o Kratos e não com o Felipe Neto (me perdoem por citar esse nome aqui).

Eu não sei da onde surgiu essa "lógica", deve ter sido algum troll que introduziu esses "estudos" em algum fórum na internet e ela tomou proporções enormes, uma vez que esse é o tipo de coisa que convence facilmente os sujeitos mais inaptos e cagões, pq fala indiretamente e invariavelmente  que para vc se tornar um cara foda com o sexo oposto, a única coisa que vc precisa fazer é, NADA. Exatamente, vc não precisa fazer nada, é só ficar vegetando num quarto sem gozar que toda sua vida vai mudar da água pro vinho. Espero que vc que esteja aqui seja um pouco mais esperto, pelo menos a partir de agora. Antes que alguém fale merda, eu testei essa técnica infalível. Fiquei sem ver pornografia e nem procurei sexo por pelo menos por um mês. É uma maravilha no final da primeira semana, realmente vc não pode ver uma mulher que fica bem louco. Porém, depois desses dias iniciais as coisas começam a voltar ao normal e até pioram, pq vc simplesmente perde o interesse por essas coisas mas sua ansiedade aumenta, ou seja, esse deve ser um efeito muito mais psicológico do que hormonal. Pela privação forçada vc fica com muita vontade, mas logo que a euforia do desejo reprimido passa, vc se sente normal ou até pior que antes no quesito libido, mas mais melancólico, fora que quando eventualmente for trepar, goza muito mais rápido. Se uma mulher encostasse em mim, eu gozava, igual ao semi-virgem com bolas de amendoim e ejaculação precoce que nunca pega ninguém.

Você aí já parou pra pensar pq os homens são mais propensos a assumir riscos, por em perigo a própria vida em atividades potencialmente auto-destrutivas e terem mais desejo sexual que as mulheres? Sim, por causa dos níveis de testosterona muitas vezes maiores do que os delas. Apenas essa constatação simples já seria o suficiente para enterrar de uma vez por todas essa lógica dos "nofapers". A "T" é um hormônio "acumulativo" e seus níveis vão aumento quanto mais vc precisar dela. Isso é verdade pq se vc usar T exógena, nas primeiras semanas os níveis não mudam muito, mas conforme o tempo passa o resultado das medições será cada vez maior até certo limite, mesmo mantendo as dosagens inalteradas. Não apenas dessa forma, mas quanto mais vc se por em "risco", gostar de coisas potencialmente perigosas e de desafios, ela vai aumentando no seu organismo gradativamente. E quanto mais alto forem esses níveis, mais vc vai procurar ter esse tipo de vida agitada e assim sucessivamente, numa espécie de "looping" onde uma coisa puxa a outra. Dentro desse escopo entra também, é claro, o sexo ou libido que está quase que diretamente ligado aos níveis de T (existem algumas variáveis nesse aspecto mas vamos manter as coisas simples). Ou seja, quanto mais vc querer e for transar, mais T precisará, esse níveis vão se acumulando e aumentando gradativamente. Vamos supor que existam dois caras exatamente iguais no estilo de vida e tudo mais, a única diferença é que um goza 20x na semana e o outro 1x. Qual terá os níveis de T maior? Qual será mais sexualizado, desinibido e seguro com as mulheres?

Basicamente e T é um hormônio que serve para preservar, proteger e propagar e vida humana, por isso ela é elevada em momentos de perigo e quando vc precisa copular. Homens que tem altos níveis de T são mais difíceis de serem derrotados ou mortos (pesquise sobre todos os efeitos da T no nosso organismo), e tem muito mais desejo e potência sexual, obviamente. Uma das formas de aumentar seus níveis acumulativamente é transando mais, e quanto mais vc transar, mais vai querer transar de novo e assim suscetivamente como eu já expliquei ali. Ficar sem gozar por semanas é de uma estupidez sem tamanho, pq seus níveis de T até podem ser preservados e se elevarem durante a semana, mas nunca vão subir acima de um limite risível bastante baixo, simplesmente pq não há a necessidade. Fora que se vc consegue simplesmente não pensar em sexo e não liga muito para isso, já significa que seus níveis de T são patéticos, qualquer aumento de 1 ng/dl vai fazer parecer que vc é o novo Rasputin. 

Depois que eu comecei a usar T exógena, minha vontade de transar e as vezes que eu penso em sexo aumentaram e muito, ou seja, quanto menos T, menos vc vai pensar e querer sexo, isso confirma as coisas que eu disse aqui.

Para saber mais, leia AQUI.

Spoiler Revelar
[Image: 87757_12big.jpg]

[Image: IMG_3799-768x1024.jpg]

[Image: Ass-Zapped-NaughtyAmericaVR-Katrina-Jade...ality2.jpg]

Algumas imagens que ilustram essa postagem lá no blog, para os nofappers daqui ficarem putaços!! Se bem que eu acho que nofapper nem gosta disso na verdade... 

Gargalhada Yaoming Gargalhada trollface
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#29
Engraçado nego que zoa quem faz nofap mas acha normal ficar com o pau na mão vendo outro macho fodendo.
"There is no reason to be alive if you can't do deadlift"
Spoiler Revelar
[Image: libMqTN.jpg]
Responda-o
#30
Ou estão de má fé ou são ignorantes pra caralho.
Não confundam nofap com retenção de esperma. Nofa significa o fim do ciclo vicioso entre MASTURBAÇÃO E PORNOGRAFIA.

E só pra ficar registrado. Ficar sem masturbação e pornografia é burro e transa de costas.
Ficar com o pau na mão vendo o pau de outro cara comendo uma mulher é legal, né?
Responda-o
#31
(27-10-2018, 12:21 AM)ThEGoDFaTheR Escreveu: Ou estão de má fé ou são ignorantes pra caralho.
Não confundam nofap com retenção de esperma. Nofa significa o fim do ciclo vicioso entre MASTURBAÇÃO E PORNOGRAFIA.

E só pra ficar registrado. Ficar sem masturbação e pornografia é burro e transa de costas.
Ficar com o pau na mão vendo o pau de outro cara comendo uma mulher é legal, né?
 
Tu tem que ser retardado para achar que só  se bate punheta vendo porno. 
Obs: Nofap é  coisa de quem transa de costas e odeia o proprio pinto.
Responda-o
#32
Spoiler Revelar
(27-10-2018, 05:15 AM)Arthas Escreveu:
(27-10-2018, 12:21 AM)ThEGoDFaTheR Escreveu: Ou estão de má fé ou são ignorantes pra caralho.
Não confundam nofap com retenção de esperma. Nofa significa o fim do ciclo vicioso entre MASTURBAÇÃO E PORNOGRAFIA.

E só pra ficar registrado. Ficar sem masturbação e pornografia é burro e transa de costas.
Ficar com o pau na mão vendo o pau de outro cara comendo uma mulher é legal, né?

 
Tu tem que ser retardado para achar que só  se bate punheta vendo porno. 
Obs: Nofap é  coisa de quem transa de costas e odeia o proprio pinto.-
-
Esses caras ou tem problema cognitivo ou tem uma visão limitada pela própria experiência; um adolescente que desde de 13 anos já vê porno, iniciou sua masturbação com porno e provavelmente não consegue dissociar as suas coisas, o cérebro ainda está em formação nessa fase, e o cara vê porno por horas, isso faz com que não se tenha interesse em se masturbar sem pornografia, então o cara faz isso até os 18, está aí o problema da pornografia(ou da falta de masculinidade dessa geração); com 18 anos começa a fazer sexo e pode broxar ou não conseguir gozar... É por isso que a pornografia não afetou as gerações que usavam a internet ruim discada:

1- Essas gerações antigas só viam fotos, logo a liberação de dopamina e etc eram menores. Essa geração era mais masculina e não achava normal ficar por horas durante toda a adolescência vendo foto de muié.

2- A mulecada dessa época saia do quarto e vivia.
Responda-o
#33
(27-10-2018, 05:15 AM)Arthas Escreveu:
(27-10-2018, 12:21 AM)ThEGoDFaTheR Escreveu: Ou estão de má fé ou são ignorantes pra caralho.
Não confundam nofap com retenção de esperma. Nofa significa o fim do ciclo vicioso entre MASTURBAÇÃO E PORNOGRAFIA.

E só pra ficar registrado. Ficar sem masturbação e pornografia é burro e transa de costas.
Ficar com o pau na mão vendo o pau de outro cara comendo uma mulher é legal, né?
 
Tu tem que ser retardado para achar que só  se bate punheta vendo porno. 
Obs: Nofap é  coisa de quem transa de costas e odeia o proprio pinto.

E você mais retardado ainda por não ter o mínimo de interpretação de texto necessário pra fazer qualquer tipo de comentário. Mas é normal, já tivemos um presidente analfabeto e cachaceiro, um usuário analfabeto funcional aqui no fórum é o de menos.

É evidente que não se bate punheta apenas assistindo pornografia, mas a discussão é NOFAP, e nofap engloba PORNOGRAFIA E MASTURBAÇÃO, e não apenas a masturbação. 
Se você ama seu pinto a ponto de ficar com ele na mão durante horas no dia pra ter uma gozada, eu prefiro bocetas.
E vê se para de ser burro, pelo menos seja um punheteiro que saiba interpretar texto.
Responda-o
#34
Não existe estudo científico que comprove o verdadeiro benefício do no-fap, se houver dúvida quanto a isso procurem o método de estudo que esses cabras apresentam, são ridículos !

Toda essa ideia de abstenção surgiu em meios religiosos(cristianismo) e evoluiu para o "embasamento cientifico", os supostos relatos que temos "comprovando" os benefícios podem ser explicados segundo o que já tratamos aqui. O cabra ACHA que está fazendo alguma coisa, e nos sabemos que a ação pro homem é sempre motivadora.

Agora parem com essa porra e alimentem-se bem, façam exercícios físicos que incluam aeróbicos e anaeróbicos e durmam.
Mantenham isso por no mínimo três meses, se não resolver procurem um médico.
http://ask.fm/VirideMR

A vida é insignificante se não está inspirada por uma vontade indomável de superar os limites. - José Ortega y Gasset
Responda-o
#35
Vejam só, reter esperma não é meu interesse primário. Eu sempre quis mesmo é me desvencilhar da pornografia, pois desde muito novo consumia esse tipo de conteúdo; já me abstive e já tive recaídas, porém vou falar um pouco da minha experiência recente.

Faz 1 mês e 8 dias que não assisto vídeos pornográficos, e essa experiência está sendo uma injeção de ânimo. Não estou fazendo isso premeditadamente para dizer que me tornei o super-homem. Logo nos primeiros dias minha disposição aumentou drasticamente, assim como a minha libido.

O problema da pornografia é que ela não é bem um vício como ser dependente de drogas, qualquer um consegue evitar por bastante tempo, mas voltar a assistir é deprimente, primeiro porque sexo de verdade não é nada daquilo que se assiste, segundo porque é desanimador ejacular olhando para a tela de um computador (depois disso, sempre dá um estado de desânimo). Por último, estando solteiro ou compromissado, a pornografia sempre promove um afastamento por ser uma coisa que sacia fácil o homem. Vou me abster a esses três motivos, mesmo sabendo que a pornografia é muito mais deletéria para o homem.

Não vejo sentido em ficar retendo esperma para aumentar a disposição. Estou falando de evitar a pornografia a qualquer custo, pois isso vale muito a pena. Experimentem!
Responda-o
#36
O tópico é uma merda, mas faz sentido, realmente.

É só rememorar a história. Portugueses canalizavam a tensão sexual em objetivos, índios transavam dia e noite sem regramento. Quem foi colonizado?

Penso que o principal objeto de ação deve ser REMOVER INTEGRALMENTE A PORNOGRAFIA, pois o SEXO REAL É INDISPENSÁVEL AO HOMEM - INCLUSIVE AUMENTA A TESTOSTERONA.

Sendo assim, não adianta reter-se na pornografia e comer soja o dia todo, ser sedentário e assistir animes (incrível como tem realista que assiste essa merda) e etc.

Canalizar sua tensão sexual o vai deixar mais disposto, com sono melhor e libido também, ok. Mas tal artifício deve vir acompanhado de boxe, surf, academia, estudo, camping, trabalhos manuais (montar cama, pintar vasos de planta, jardinagem, catar folhas, socar um comunista e etc).

Por isso acho que o equilíbrio continua sendo a dose certa.

Não se masturbar, não fazer sexo como hiena, mas FAZER.

Ainda não há maior propulsor de testosterona do que botar uma mulher de quatro, puxar seu cabelo e meter forte.

A ciência não falará sobre isso.
Responda-o
#37
Recomendo fortemente a leitura do site "Your brain on porn" bem como do site "Ciência da pornografia", sobretudo àqueles que creem na inofensividade da pornografia e da masturbação. Também recomendo a playlist do Pe. Paulo Ricardo e os vídeos do Gary Wilson.

As evidências científicas que comprovam os malefícios da pornografia existem e estão todas disponíveis gratuitamente no meio acadêmico on line. Já estudos que mostram que a pornografia é inofensiva não existem.
Responda-o
#38
Certamente há muita mística sobre o assunto.

A concentração e a melhoria no desempenho de exercícios vem consequentemente por causa da disciplina.

Não acho que deveriam falar em si da retenção de esperma, mas do que você ficar viciado em punheta traz de mal, que aí sim... deformação do pênis, problemas de ereção e ejaculação precoce são o suficiente pra convencer muita gente de que ficar com a mão lá embaixo não é bom.

O maluco que ficava vendo pornografia o dia inteiro e o dia inteiro pensando em foder uma buceta acha que tem mais concentração porque pasmem! ELE DESCOBRE QUE EXISTE VIDA ALÉM DISSO.
The absence of virtue is claimed by despair






Responda-o
#39
Já estou há um mês e dois dias sem ver nada de pornografia e sem me masturbar. O que motivou a minha decisão de parar: indisposição diária; transava, mas não no auge do estímulo; e a principal, estava sem controle em relação a pornografia.

Resultados até então: ereções muito mais fortes; voltei a ter ereções em momentos inoportunos; mais disposição durante o dia; mais controle sobre minhas ações.

Antes eu estava olhando para as mulheres na rua como um maníaco sexual. Depois de parar com a pornografia fiquei mais centrado. Até porque nem tudo é sexo, masturbação e pornografia é na maioria das vezes, extrapolação, e isso só atrapalha o que é real. Desde que parei, agora vejo mais a minha capacidade de focalizar atividades essenciais para o desenvolvimento pessoal.

Sendo sincero, não vejo tanto problema em relação a masturbação. Mas eu não sou uma pessoa comum para quem isso é inofensivo. Eu cresci assistindo pornografia, e a masturbação acaba sendo um gatilho para voltar a assistir pornografia, o que não quero, essa para mim é o grande vilão.
Responda-o
#40
Bem colocado, Dare.

Eu também cresci com pornografia, eu era tímido então minha adolescência foi a introdução pra esse mundo, e é assim mesmo... você começa a vidrar em mulher e olhar pra elas desesperadamente.
The absence of virtue is claimed by despair






Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 2 Visitante(s)