Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Exercícios Aeróbicos ou Musculação? Qual Escolher para Emagrecer?
#1
Star 
Musculação ajuda na queima de calorias

Pesquisas provaram que após um treino de musculação, o metabolismo basal é acelerado por cerca de 38 horas. A aceleração metabólica são cerca de 10 calorias por hora. Inicialmente, o valor pode ser insignificantemente para muitos, porém realizando a somatória das atividades que você está realizando no momento (navegando na internet), temos cerca de 90 calorias gastas por hora.
Além disso, conforme maior for a quantidade de massa muscular no corpo, mais calorias são necessárias para sua manutenção. A título de exemplo, 0,5 quilogramas de músculo, necessitam de 50-80 calorias a mais do seu gasto calórico diário – mesmo sem realizar atividades físicas no dia, ou seja, estando em repouso.
Então, acrescentado no seu dia-a-dia treinos de musculação, eles podem ser eficazes para sua perda de peso. O ideal, se estiver começando a malhar é ir 3 a 4 vezes na semana, sempre visando treinos que repitam duas vezes os grupamentos musculares. Pois, com maior estímulos é aumentada a síntese proteica, logo maior facilidade para hipertrofia muscular.


Por que fazer exercícios aeróbicos?


Supondo, que a dieta que você segue para emagrecer sejam de 2000 calorias. Fazendo na segunda-feira uma caminhada de 15-20 minutos, gastaram-se 300 calorias (valor hipotético), esse valor é decrescido da alimentação. Exemplificando: se o valor  2000, fosse, exatamente seu gasto calórico, seria necessário um ajuste de 300 calorias, logo o valor seria 2300 calorias. Não adicionando as calorias é aumentando o déficit calórico – o que é uma boa estratégia para não reduzir drasticamente as calorias.
Além do mais, dependendo da intensidade do exercício aeróbico, obtêm-se o mesmo benefício da musculação – queima de calorias continua, mesmo sem estar praticando-a. O famoso treino H.I.I.T e Guerrilha cardio, conseguem manter seu corpo queimando gordura até 48 horas após ele. Em regra geral, conforme maior a intensidade do exercício por mas tempo acontecerá tal fenômeno.



Devo fazer aerobicos? Se sim, quais e em que momento do dia?


Mesmo, se você pratica musculação você deve praticar exercícios cardiovasculares, pois auxiliam na saúde do seu precioso coração e pulmões.
Como citado anteriormente, o ideal é procurarmos a hipertrofia muscular. O treino H.I.I.T, destaca-se nesse quesito, já que alguns de seus benefícios são ligamos ao anabolismo, como: aumento da resistência aeróbica e anaeróbica, controle dos níveis de HDL e LDL (perfil lipídio) e auxílio na manutenção e ganho de massa magra.


A lista abaixo é relacionada ao nível de intensidade de cada exercício cardiovascular:


a) Intensidade baixa:
Caminhadas e aeróbicos em jejum.
b) Intensidade média:
Spinning, ciclismo e natação.
Nota: Aplicando mais intensidade, ou seja, realizando, por exemplo, spinning com uma maior frequência o grau de intensidade é aumentada, por fim torna-se um exercício de alta intensidade.
c) Alta intensidade:
Tabata, H.I.I.T e guerrilha cardio.



Não existe horário perfeito para a prática de qualquer exercício. O melhor mesmo, é experimentar em diferentes horários, por exemplo, teste amanhã um aeróbico em jejum logo cedinho, se não for um problema acordar uma hora mais cedo, ou uma caminhada pós-treino de musculação por 30-40 minutos para queimar todo glicogênio. Enfim, o importante mesmo é executa-los.



Concluindo


É possível unicamente perder gordura utilizando umas das duas metodologias: exercícios anaeróbicos (musculação) ou aeróbicos. Todavia, a combinação de ambos tornam-se mais eficazes para esse propósito. A frequência ideal para os exercícios aeróbicos são de 2-3 na semana (2 caso optar por alta intensidade), musculação 3-4 dias são suficientes, você encontra aqui, um treino de 4 dias, com ênfase nos glúteos, mas trabalha igualmente todos os músculos 2 vezes na semana, e um guia detalhado para elaboração da sua dieta para emagrecer, acessando esse link.

Retirado de Basefitness.
Responda-o
#2
Cara, é um assunto um tanto complexo do ponto de vista teórico, e eu vi que tu retirou tudo de um site "fitness", não é de todo ruim mas peca ao tentar simplificar os conceitos de o porque determinado estimulo funcionaria de forma mais eficiente na queima de gordura.

O LISS continua sendo teoricamente a melhor opção pra queimar gordura, o HIIT não trabalha na via aeróbica e sim ATP-CP e talvez o glicolítico. O LISS ou AEJ seria melhor aproveitado por não demandar uma intensidade gigantesca como o HIIT, poucos seres humanos são capazes de atingir a demanda mínima pro HIIT ser efetivo.

A musculação é de suma importância no processo de perca de gordura pois ninguém quer sair de gordinho pra falso magro porém o EPOC gerado por alguém que não treina até os olhos ficarem vermelhos é minimo e atingiria de forma ínfima a gordura. 

Manter um aeróbico de média intensidade em conjunto com a musculação é o ideal teoricamente.
http://ask.fm/VirideMR

A vida é insignificante se não está inspirada por uma vontade indomável de superar os limites. - José Ortega y Gasset
Responda-o
#3
(22-02-2018, 11:50 PM)Viride Escreveu: Cara, é um assunto um tanto complexo do ponto de vista teórico, e eu vi que tu retirou tudo de um site "fitness", não é de todo ruim mas peca ao tentar simplificar os conceitos de o porque determinado estimulo funcionaria de forma mais eficiente na queima de gordura.

O LISS continua sendo teoricamente a melhor opção pra queimar gordura, o HIIT não trabalha na via aeróbica e sim ATP-CP e talvez o glicolítico. O LISS ou AEJ seria melhor aproveitado por não demandar uma intensidade gigantesca como o HIIT, poucos seres humanos são capazes de atingir a demanda mínima pro HIIT ser efetivo.

A musculação é de suma importância no processo de perca de gordura pois ninguém quer sair de gordinho pra falso magro porém o EPOC gerado por alguém que não treina até os olhos ficarem vermelhos é minimo e atingiria de forma ínfima a gordura. 

Manter um aeróbico de média intensidade em conjunto com a musculação é o ideal teoricamente.

Concordo em partes.

O LISS e HIIT para mim tem duas finalidades diferentes. O primeiro, como eu vi no curso de memorização do Renato Alves, a caminha ou LISS é mais útil a saúde e processos cognitivos. E na minha vivência, foi menos danoso as minhas articulações, principalmente, nos joelhos. Único problema das caminhadas, se o objetivo não for saúde cognitiva acaba sendo um tempo requerido maior que o HIIT.

Agora entra o que você falou da aptidão física. Sim, poucas pessoas, teoricamente, poderiam pratica-lo. Todavia, nas academias desses Brasil afora, vemos pessoas sem condição física aparente o praticante.

Enfim, obrigado pela discussão. Você parece conhecer bem da área da saúde, em especial, física. Por acaso, você é estudante de alguma graduação ou gosta de ler mesmo esses assuntos?
Responda-o
#4
Musculação, sem resto de dúvidas... Depois de um tempo treinando, você não para mais, vai ser um hábito, te ajuda no teu psicológico, fisicamente e profissionalmente. E ajuda na perda de gordura.
Responda-o
#5
Emagreci 30 quilos sem fazer aeróbica, apenas com musculação e sem passar fome, além de emagrecer ganhei um pouco de músculo, mas levou 8 meses. Nesse tempo vi muitos gordinhos entrando na academia, fazendo musculação + aeróbica ficavam 3 meses, desistiam sem emagrecer. Eu não fazia aeróbica de teimoso e emagreci. 

Comecei fazendo 3 séries de 12, com o tempo foi para 4 séries de 12 e depois 4 séries de 15, não diminui o peso que pegava apesar de aumentar as séries, só aumentava quando estava preparado. 

Emagreci tanto que meu apelido na academia virou magrelo, mas eu tinha ganhado músculo também. Inclusive teve gente que me via gordo de manhã, parei um tempo de ir de manhã e quando voltei já estava muito magro, as pessoas me perguntavam como emagreci tanto, porque a maioria deles não tinham o mesmo resultado e todos faziam aeróbica, menos eu. 

Mas eu ficava 2 horas fazendo musculação, eram muitas séries e exercícios, as vezes ficava 2 horas e meia.

Não foi só a musculação que me emagreceu, mas a dieta também: 

Cortei todos os doces, pães, massas, bolachas, tudo que não é natural. 

De manhã comia mingau de aveia, sem pão, só com café preto mesmo.
No almoço arroz feijão com pimenta e alho, colocava 3 dentes de alho esmagado no prato e pimenta dedo de moça porque esses alimentos são termogênicos. 

Na janta eu comia 200 gramas de músculo de boi moído e cozido com curry (3 colheres de sopa), cominho, pimenta dedo de moça  e 5 dentes de alho esmagado e 3 colheres de açafrão e 2 de coloral e 3 de farelo de trigo. No final comia um pedaço de gengibre cru. 

Todos esses alimentos são termogênicos: 

Gengibre: Aumenta 20% o metabolismo.
Pimenta: Aumenta 12% o metabolismo.
Curry aumenta o metabolismo.
Cominho também aumenta o metabolismo.
Alho esmagado aumenta o metabolismo e quando esmaga solta Alicina, uma substância que combate o hormônio feminino, ajudando a emagrecer. Fora que aumenta a testosterona. 

O músculo de boi na janta misturado com esses temperos, te deixa sem fome o resto da noite. 
Mas eu tomava um suco de laranja junto, porque essa comida fica muito seca. 

O objetivo dessa receita na janta era emagrecer, ela não é gostosa, é muito seca e sem carboidrato, fora que tem um gosto bem ardido, mas emagrece ao longo do tempo. 

Eu fazia meu treino sempre depois de almoçar, o que acabava gastando a energia do arroz feijão no almoço. 

Aquele prato de arroz feijão era pra dar fibras. 

Todo dia eu comia a mesma coisa. 
Não passei fome, mas comia comidas fora do normal e muito alho. 
Pra comer alho assim, tem que ir acostumando o corpo gradualmente, se comer de uma vez acaba com teu estomago.
Eu fazia musculação 5 vezes na semana não faltava a academia nem tinha preguiça. 

O músculo de boi é a melhor carne para emagrecer, porque cada 100 gramas tem 30 gramas de proteína e apenas 2 a 5 gramas de gordura fora que é barato comparado com outras carnes. 

As outras carnes tem apenas 20 gramas de proteína por 100 gramas e 10 a 15 de gordura, por isso o músculo é a melhor, fora que ele tem mais creatina que outras carnes.  

Não tomei suplementos, o músculo de boi me dava força, mas se quiser suplemento  creatina + Bcaa  vai ajudar a ter um treino mais intenso, emagrece mais rápido. 
Bcaa só dá resultado se você tomar doses altas 30 gramas por dia, sai meio caro. 
Whey também tem Bcaa, mas ela estimula a liberação de insulina o que atrapalha a emagrecer, com Bcaa puro não tem essa insulina, mas sai caro tomar essas doses altas, eu não tomei nada. 

Emagreci sem aeróbica, mas demorou 8 meses pra perder 30 quilos, fora que ganhei músculo também.  
Porém se você for fazer 2 horas de aeróbica ou 2 horas de musculação, é melhor fazer 2 horas de musculação. 
Com musculação emagrece e ganha músculo, com aeróbica fica mais flácido. 

Após fazer musculação, seu metabolismo fica acelerado em 12% durante 12 horas, essa é a vantagem da musculação em relação a aeróbica, além disso os músculos passam a "comer" o que você come.
Responda-o
#6
Eu não vou ficar aqui falando sobre os erros e falácias do texto, até pq eu acho que esse não é o objetivo do autor. Muito cientificismo sempre gera um monte de vertentes e várias verdades distintas, mas enfim, eu vou falar da minha experiência pessoal, pq já fiz todas essas coisas aí.

HIIT é muito superior em todos os sentidos, tanto para parte estática quanto cardiovascular, por causa do efeito E.P.O.C que o nosso colega já disse acima. Foi onde eu noite maior diferença em termos de rápida perda de gordura corporal, fora que ajuda a te transformar num atleta (no sentido amplo do termo) muito melhor, ou seja, é útil para absolutamente todos os esportes. Eu fazia todo um treinamento para melhorar a técnica da minha corrida, cardiovasculares como escadaria com um saco de 70kg nas costas, saltos, etc... e terminava com tiros de 80-100 m com intensidade máxima. Porém foi nessa época que eu ganhei uma ruptura total de tendão (inclusive no dia que rompeu, que foi a noite, eu tinha feito sprints de manhã já com muita dor), então realmente, fazer o HIIT de forma correta, EXIGE MUITO MAIS CORPO. Não credito a lesão especificamente aos sprints, mas ao meu nível insano de atividade e falta de paciência de ficar parado.

Sem dúvidas, se puder fazer HIIT, de preferencia em pistas de corrida, ladeiras (que eu fazia também) aprendendo a pular corda, FAÇAM!! Esse negócio de HIIT em esteira e bicicleta ergométrica é outra coisa. Se treinar pesado a semana toda, é bom aprender a periodizar os HIITS de maneira inteligente.

Aeróbicos de baixa intensidade eu já tinha feito no passado, mas não gostava muito. Hoje em dia eu estou fazendo aeróbico 2x no dia, manhã (AEJ) e depois do treino, intensidade moderada (70-75% VO2MAX) por uns 40-60 mim em cada seção. Agora eu estou achando ótimo e melhorou bastante minha capacidade cardiorrespiratória que estava meio que comprometida por causa dos "ergogênicos" (Gargalhada) fora que está ajudando bastante na definição, perdi 10kg em um mês e pouco com uma qualidade muscular ótima.

Porém, por experiência própria eu acredito que aeróbicos sem ter um ajuste SIGNIFICATIVO na dieta é a mesma coisa que nada em todos os sentidos, perca de tempo total.  Se quer perder peso, mas vc sabe que não tem tenacidade suficiente para fazer uma dieta rígida de homem, opte pela musculação SEMPRE. Os motivos o pessoal já disseram acima.

O aeróbico vem me ajudando, mas é por causa do meu ajuste na dieta, bastante agressivo. Sem isso seria um trabalho praticamente inútil, tanto que para meus alunos eu nem uso aeróbico, um deles perdeu 26kg sem nunca andar numa esteira por mais de 5 mim. O colega acima também relatou a mesma experiência. 

Acho muito mais válido e útil trabalhos em circuitos de peso corporal, com barras e altas reps (20-50) com boa porcentagem de carga (60-65% 1RM) e intervalos curtíssimos, trabalho de saltos, agilidade, etc, do que essa bosta de LISS (mais um termo de fresco). Sem se desafiar de verdade, vcs não irão a lugar nenhum, e aptidão física QUALQUER PESSOA, POR MAIS DEBILITADA QUE SEJA PODE TER, só precisa ter a orientação correta. Essa mentalidade de fazer apenas o confortável nunca é a correta no que diz respeito ao treinamento do corpo e mente.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#7
(23-02-2018, 12:00 PM)Héracles Escreveu: Eu não vou ficar aqui falando sobre os erros e falácias do texto, até pq eu acho que esse não é o objetivo do autor. Muito cientificismo sempre gera um monte de vertentes e várias verdades distintas, mas enfim, eu vou falar da minha experiência pessoal, pq já fiz todas essas coisas aí.

HIIT é muito superior em todos os sentidos, tanto para parte estática quanto cardiovascular, por causa do efeito E.P.O.C que o nosso colega já disse acima. Foi onde eu noite maior diferença em termos de rápida perda de gordura corporal, fora que ajuda a te transformar num atleta (no sentido amplo do termo) muito melhor, ou seja, é útil para absolutamente todos os esportes. Eu fazia todo um treinamento para melhorar a técnica da minha corrida, cardiovasculares como escadaria com um saco de 70kg nas costas, saltos, etc... e terminava com tiros de 80-100 m com intensidade máxima. Porém foi nessa época que eu ganhei uma ruptura total de tendão (inclusive no dia que rompeu, que foi a noite, eu tinha feito sprints de manhã já com muita dor), então realmente, fazer o HIIT de forma correta, EXIGE MUITO MAIS CORPO. Não credito a lesão especificamente aos sprints, mas ao meu nível insano de atividade e falta de paciência de ficar parado.

Sem dúvidas, se puder fazer HIIT, de preferencia em pistas de corrida, ladeiras (que eu fazia também) aprendendo a pular corda, FAÇAM!! Esse negócio de HIIT em esteira e bicicleta ergométrica é outra coisa. Se treinar pesado a semana toda, é bom aprender a periodizar os HIITS de maneira inteligente.

Aeróbicos de baixa intensidade eu já tinha feito no passado, mas não gostava muito. Hoje em dia eu estou fazendo aeróbico 2x no dia, manhã (AEJ) e depois do treino, intensidade moderada (70-75% VO2MAX) por uns 40-60 mim em cada seção. Agora eu estou achando ótimo e melhorou bastante minha capacidade cardiorrespiratória que estava meio que comprometida por causa dos "ergogênicos" (Gargalhada) fora que está ajudando bastante na definição, perdi 10kg em um mês e pouco com uma qualidade muscular ótima.

Porém, por experiência própria eu acredito que aeróbicos sem ter um ajuste SIGNIFICATIVO na dieta é a mesma coisa que nada em todos os sentidos, perca de tempo total.  Se quer perder peso, mas vc sabe que não tem tenacidade suficiente para fazer uma dieta rígida de homem, opte pela musculação SEMPRE. Os motivos o pessoal já disseram acima.

O aeróbico vem me ajudando, mas é por causa do meu ajuste na dieta, bastante agressivo. Sem isso seria um trabalho praticamente inútil, tanto que para meus alunos eu nem uso aeróbico, um deles perdeu 26kg sem nunca andar numa esteira por mais de 5 mim. O colega acima também relatou a mesma experiência. 

Acho muito mais válido e útil trabalhos em circuitos de peso corporal, com barras e altas reps (20-50) com boa porcentagem de carga (60-65% 1RM) e intervalos curtíssimos, trabalho de saltos, agilidade, etc, do que essa bosta de LISS (mais um termo de fresco). Sem se desafiar de verdade, vcs não irão a lugar nenhum, e aptidão física QUALQUER PESSOA, POR MAIS DEBILITADA QUE SEJA PODE TER, só precisa ter a orientação correta. Essa mentalidade de fazer apenas o confortável nunca é a correta no que diz respeito ao treinamento do corpo e mente.

Essa parte final do desafio pessoal é verdade... Estou notando maior desenvolvimento muscular agora que sempre tento bater os meus pr's (peso record no exercício).
Uma coisa para você fazer, se gostar de circuitos, é treinar igual o Arnold. Eu treinava, posso dizer, é bom demais; treino no spoiler.


Spoiler Revelar
https://www.muscleandstrength.com/workouts/arnold-schwarzenegger-volume-workout-routines
Responda-o
#8
Lightbulb 
Nesse momento o aeróbico é mais viável pra mim- mas tô sem noção de bons tênis de corrida.Dessa forma,peço aos corredores deste reduto dicas dos melhores tênis(pela própria experiência). Observação: o trajeto tradicional pretendido muda  o nível e o terreno em alguns trechos.
Responda-o
#9
Escolha aquele que você gosta ou pelo menos tolera, assim você poderá continuar indo até formar uma rotina.
Responda-o
#10
Video 
(01-03-2018, 03:53 PM)Viking Escreveu: Nesse momento o aeróbico é mais viável pra mim- mas tô sem noção de bons tênis de corrida.Dessa forma,peço aos corredores deste reduto dicas dos melhores tênis(pela própria experiência). Observação: o trajeto tradicional pretendido muda  o nível e o terreno   em alguns trechos.

Corri no ano de 2017 uns 400km com esse tênis e ele está praticamente novo.Além de durável,ele é bem leve e com um preço bem acessível,pois custa apenas entre 170 á 200 reais.https://www.paquetaesportes.com.br/tenis...01034263/p
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  [FIXO] Dúvidas sobre Musculação e Exercícios Físicos Staff 278 28,987 07-11-2018, 03:05 PM
Última Postagem: Monarca
  Hipertrofia e Aeróbicos (?) Sidarta Gautama 3 353 07-11-2018, 02:52 PM
Última Postagem: Monarca
  Qual o limite saudável para a dor nos treinos? Loki 14 1,805 16-11-2015, 01:43 AM
Última Postagem: Paladino
  GUIA DE EXERCÍCIOS DE MUSCULAÇÃO Mente 6 2,207 02-07-2015, 08:12 PM
Última Postagem: TheOak

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)