Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Farmacologia Chapéu de Aluminio !!!
#1
Antes que um FDP bandido e traidor da Pátria do MDB, PSDB,PSL PSB, PDT, PT, Pc do B, REDE e PSOL a serviço da CHINA, BIGTECH e BIGFARMACEUTICAS queiram proibir isso na SUPREMA CORTE DO FAZ DE CONTA da REPUBLICA SOCIALISTA DO BOSTIL trago nessas postagens remédios de grande eficácia que nossos ancestrais usavam: avós e bisavós....

No Brasil em breve será criminalizada a homeopatia e instituída a MEDICINA CHINESA  Troll-feminino  que mais parece VODoo....

 Vocês terão acesso aos maiores segredos farmacológicos de todos os tempos... Big Grin 

[Image: 111ad93e1791c3722ce4798c8a1eefd6.jpg]

1- Azul Viril de Metileno

Antigamente era usado em pegadinha, o famoso língua azul que injetavam no chiclete e era vendido em bancas de jornais, eu comprava e distribuía para a primaiada pobre de pé descalços que depois chorava ao ver a boca toda manchada... Gargalhada

https://www.natuel.com.br/azul-de-metile...%20jejum..

Não irei postar artigos científicos favoráveis a esse tipo de uso, porque consomem tempo, porém existem Exclamation
Azul de Metilno PA 20ml e 30ml (Com laudo)
Possui 50 mcg por gota, USO SUBLINGUAL.

O que é Azul de Metileno?
O azul de metileno é conhecido como cloreto de metiltionínio, que é uma substância bioativa e um corante azul.
O azul de metileno pode melhorar diretamente a função mitocondrial, função celular e diminuir a produção de proteínas ligadas a doença Alzheimer. Há estudos que o azul de metileno tem o potencial de para inibir a monoamina oxidase (MAO), sintetase do óxido nítrico (NO), e guanilato ciclase.
Alguns pacientes utilizam o azul de metileno para melhorar a consolidação da memória.O azul de metileno tem um potenciador cognitivo e mitocondrial. 
De um corante têxtil para um potente nootrópico.Este composto sintético tem uma longa história de uso que remonta a mais de 140 anos. Após sua síntese em 1876, foi usado como um corante azul na Revolução Industrial e depois passou para as mãos de químicos e médicos no final do século XIX. Foi então que esse corante foi cunhado como a "bala mágica", uma vez que se descobriu ter propriedades farmacêuticas surpreendentes. Recentemente, o azul de metileno está se mostrando um promissor agente neuroprotetor e estudos clínicos estão apoiando seu uso no tratamento de doenças neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer.
Para que serve o azul de metileno?
Serve Melhorar e manter a função das mitocôndrias, que geram a maioria dos corpos ATP (energia química criada durante a metabolização), além de regular certos ciclos celulares, sínteses e respirações.
O azul de metileno também tem sido usado para tratar a doença de Alzheimer e outras doenças degenerativas. Como nootrópico, visando especificamente as mitocôndrias nas células, permitindo que elas gerem / transfiram energia mais facilmente nas células, além de reter a flexibilidade de suas membranas, fornecendo propriedades neuroprotetoras adicionais. 
Azul de metileno PA pode impulsionar sua memória e sua atenção 
Segundo estudos, o Azul de Metileno pode ruduzir em até 81% sintomas da doença de Alzheimer
Benefícios do Azul de Metileno Sublingual:
Os efeitos neuroprotetores do azul de metileno evitam o declínio cognitivo e apoiam a função cerebral saudável
O azul de metileno trata doenças degenerativas 
Azul de metileno é considerado um nootrópico
Possui poderosas propriedades de aumento de memória
É um potente antioxidante
Aumenta o metabolismo celular
Melhora a depressão e estresse - Neutraliza os pensamentos negativos dissolvendo esse tipo de pensamento, pela produção hormônios da felicidade..
Diminui a Prolactina - (Bom para pessoas que sofrem de disfunção erétil).
Inibe a esteatose hepática - Mais conhecida como fígado gorduroso

Trata a intoxicação por cianeto.
Inibe a atividade da monoamina oxidase e acetilcolinesterase , que aumenta os níveis de catecolaminas e acetilcolina . E aumenta a serotonina e a noradrenalina,  afetando a ansiedade, depressão e memória .
Ajuda no transtorno bipolar
Aumenta a acetilcolina
Azul de metileno pode ser uma grande arma a favor do anti-envelhecimento
 
Como usar o Azul de Metileno Sublingual?
Forma de uso: Tomar de 1 a 4 gotas sublingual,  até 7 gotas por dia - Sempre após as refeições, antes e depois dos estudos ou em jejum..
Crianças tomar 1 gota por dia.
Obs.: Usar sempre após as refeições pois ele é lipofílico - absorvido em ambiente

 
Efeitos colaterais do azul de metileno sublingual
Geralmente o azul de metileno é bem tolerado na faixa de doses nootrópicas, mas os efeitos colaterais raros podem incluir hipertensão, dor de cabeça, tontura, dor no peito, dor de estômago, tremor e icterícia. Respeite as dosagens!
**Não use azul de metileno se você tiver usado um inibidor da MAO  

( se você for um retardado doente mental usuário de tarja preta não poderá tomar seu dependente de bosta)
 
Onde comprar azul de metileno?
Se você decidir comprar o azul de metileno , escolha uma empresa séria que ofereça grau farmacêutico PA ao em vez de azul de metileno de grau laboratorial ou de aquário. Mesmo o azul de metileno com nível farmacêutico, poderá conter impurezas de metais pesados. 

2- O azul de metileno noutra composição ainda é usado como cicatrizante e antisséptico para cortes e feridas.

Observação:

CONTRA INDICAÇÕES
Alérgico a algum medicamento, prescrito ou não ou a este suplemento!
Se estiver grávida não use esse suplemento, mesmo não tendo nenhum relato de danos ao vento e a grávida!Se tiver outros problemas médicos; sobretudo de glicose 6 fosfato desidrogenase, Insuficiência renal, problemas renais graves, usuários de Drogas e pessoas que estejam usando anti depressivos.

Obs.: O uso deste suplemento somente deve ser feito sob supervisão médica, pois indevidamente empregado pode ser tóxico.
Se alguma das informações e dicas deste produto lhe causa preocupação especial ou se quiser mais informações sobre o seu suplemento e sua utilização, consulte o seu médico!
Lembre-se de manter este e todos os outros suplementos fora do alcance das crianças e nunca compartilhe seus suplementos com outras pessoas!

Nota: este produto não é remédio ou medicamento e, sim, suplemento alimentar e sua utilização não pode ser feita em detrimento de cuidados médicos.
Reg. MS: Produto (100%) Natural — Medicina caseira — Isento de Registro de Acordo com o artigo 28 — Decreto 79 094 — Lei 6360 de 23/09/1976.
Nota Importante: Todas as informações sobre o produto possuem apenas propósitos educativos e não tem a intenção de substituir diagnósticos, prescrições ou orientações. Sugerimos que quaisquer produtos aplicados para fins terapêuticos, mesmo que naturais, devem ser ministrados por profissionais da área de saúde.

Obs.: Este produto não é um medicamento e não substitui os medicamentos prescrito por um médico!  Caso tenha alguma reação alérgica ou sintomas de dor, inchaço, vermelhidão, nauseias, vomito ou qualquer outro sintoma anormal, suspenda imediatamento o uso desse produto e informe ao seu médico/terapeuta!
NÃO DEIXE DE CONSULTAR SEU MÉDICO ANTES DE USAR!



Esse tópico homenageia o incansável e perseguido Dr. Jaime Brunning!!!

Médico adepto de terapias naturais que nossos antepassados usavam e praticavam, a mera compilação desses conhecimentos em livros e exposições renderam-lhe a perseguição da REDE GLOBOSTA de TV, PULIÇA SEVIÚ e uma infinidade de lacradores comunistas das redes sociais.


[Image: curso-cuide-de-sua-saude-jaime-bruning.jpg]
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#2
A suplementação Detox não deve ser permanente, sempre é bom ter bom senso e orientação médica, usar durante 1 a 2 meses durante o ano,e não acumular substâncias que tenham funções semelhantes.

Respeitável Púbico lhes apresento:

Zeolita mais um Elixir poderoso...

[Image: s-l400.jpg]


Direto da TV do Governo Federeu....  






http://www.pmdf.df.gov.br/images/SPL/SEI...arecer.pdf

https://www.olson.com.br/novidades/126,0...ostas.html


https://www.zeolitapremium.com/zeolita-p...m%20jejum.

Se você é um demente retardado bipolar que usa remédios a BASE DE LITIO não pode tomar  Exclamation


Perguntas frequentes & Respostas sobre a Zeólita Clinoptilolita:


• Tem contraindicação para tomar a Zeólita?
Não tem contraindicação, apenas pessoas que tomam lítio orgânico pra tratar a bipolaridade não devem tomar a Zeolita. O lítio é um metal pesado e a Zeólita ia sequestra-lo no intestino.

• Qual é a diferença entre a Zeolita Standard e a Premium?
A diferença entre a Zeolita Standard e a Premium é apenas a granulometria. A Zeolita Premium, sendo um pó micronizado mais fino, requer uma dosagem menor para fazer um efeito ainda maior. A Zeolita Standard é recomendada para pessoas com síndrome de intestino irritável, Morbus Crohn, diverticulite ou colite e pra fazer máscaras externas.

• Como deve se tomar a Zeólita?
A dosagem normal para a Zeolita Premium é uma colherzinha pequenina de café cheia ou 2,5 gramas, num copo d'água de 200 ml em jejum.
A dosagem normal para a Zeolita Standard é uma colher de chá cheia ou 6-7 gramas, num copo d'água de 200 ml em jejum.
Quem toma medicamentos em jejum, pode tomar a Zeólita antes de dormir.

• Durante quanto tempo eu devo tomar a Zeólita?
Uma desintoxicação básica se faz com três ciclos de 40 dias com intervalos de 10 dias, para possibilitar uma recuperação dos órgãos de desintoxicação. Após desse período você pode tomar direto se quiser.
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#3
Tu devia criar uma página no foicebook, Mineirinho. Galera adora esses assuntos por lá, especialmente os idosos tipo o Gangster.

Foicebook agora também monetiza. Aproveite e tome dinheiro do judeu censor por lá.
Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#4
(31-03-2021, 12:25 AM)Gorlami Escreveu: Tu devia criar uma página no foicebook, Mineirinho. Galera adora esses assuntos por lá, especialmente os idosos tipo o Gangster.

Foicebook agora também monetiza. Aproveite e tome dinheiro do judeu censor por lá.


Gargalhada  Eles derrubam as páginas, os fdp implicam até com suplementação do século XIX e XX , Bigtech e Bigfarmacia pondo no cú de todo mundo.  O algoritmo tem limite, provavelmente devem ter viados progressistas sentados em cadeiras com pênis de borracha e fumando maconha, usando colar de pentagrama e cabelo colorido dando ban e censurando tudo.

Aqui a informação fica em pé pelo menos, para o sujeito xingar quem postou, rir, desconfiar, pesquisar, trollar e quem sabe fazer uso etc...
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#5
(31-03-2021, 12:25 AM)Gorlami Escreveu: Tu devia criar uma página no foicebook, Mineirinho. Galera adora esses assuntos por lá, especialmente os idosos tipo o Gangster.

Foicebook agora também monetiza. Aproveite e tome dinheiro do judeu censor por lá.
Não vai com a minha cara? Kkkkkkkkk idoso é após os 65, atualizaram pra não dizer que 60 é idoso kkkkkkkkk
"É o saldão das balzacas"  Minerin 
Responda-o
#6
muito boa a iniciativa Minerim, continue com as postagens. talvez em breve darei meus R$0,30 de contribuição ao tópico.

só por curiosidade agora, que idade tu tem @Gangster
Responda-o
#7
[Image: main-qimg-7f2863a25bb6e8366a4f75e9c75e0219.webp]

Eu nunca vi tanto bostileiro em PANICO por causa do TERRORISMO MIDIATICO...


E o produto topzera de hoje é a PRATA COLOIDAL Exclamation


http://www.silverone.com.br/pg03_uso.htm

USO PRÁTICO
 Os usos práticos da PRATA COLOIDAL são tão numerosos que o seu limite é o da imaginação! 
 1. USO GERAL
 Desinfetante
 Dado o alto poder germicida da prata coloidal, ela pode ser usada como conservante (enlatados) e como desinfetante: 
 - Em pulverização na cozinha e no banheiro para eliminar mofo;
 - Nas esponjas, escovas de dentes, pentes e escovas de cabelo;
 - No pano úmido para evitar mofo;
 - Para lavar frutas e legumes frescos, etc.
 Purificação de água
 Outra aplicação importante é a purificação de água. N. R. Thomson disse que sua pesquisa sobre a prata coloidal têm mostrado que a quantidade de prata necessária para esterilização de água contendo patógenos é entre 40 e 200 gamma, que é 0,04-0,2 ppm (a quatro colheres de chá de solução de prata coloidal a 10 ppm por litro de água).  
 Tratamento de plantas
 Aqueles que têm usado a prata coloidal em plantas e vegetais para eliminação de pragas e doenças características dessas espécies, reportaram excelentes resultados. Tanto por pulverização da solução (uma colher de sopa de solução a 10 ppm, para um litro de água) nas folhas como através da irrigação na base da planta. Prata coloidal é eficaz na eliminação de bactérias, vírus, cogumelos e fungos que atacam as plantas, flores e frutos.
 2. USO MÉDICO
 A prata coloidal pode ser introduzida no corpo de várias maneiras: ingestão, inalação por nebulizador e aplicação local. Em casos especiais, e  E SOMENTE SÓ, SOB SUPERVISÃO MÉDICA, pode também ser administrada por via intravenosa e via intramuscular, bem como por infusões. Também pode ser usada em enemas e duchas.
 Ingestão
 prata coloidal geralmente deve ser consumida em jejum ou com o estômago vazio. No entanto, se é tomada junto com uma refeição, ela irá promover a digestão, impedindo fermentações ruins. Se a solução for mantida por alguns minutos na boca, para a absorção sublingual, ela irá passar mais rapidamente para o sangue.
 Inalação e nebulização
 Um nebulizador permite inalar uma fina névoa de prata coloidal; as pequenas gotículas atingem os alvéolos e a superfície do tecido pulmonar, matando por contato os patógenos que infectam os pulmões.
 Aplicação local
 prata coloidal exerce uma ação anti-inflamatória e imunossupressora. É muito eficaz em queimaduras e dermatites resultantes do contato com substâncias venenosas, como a seiva de certas plantas e as secreções de certos insetos (abelhas, aranhas, formigas). Alguns usuários usam-na no couro cabeludo para eliminar caspa e também como desodorante.
 Curativos
 Quando uma faixa de gaze é impregnada com prata coloidal e secadas ao ar, as partículas prata são absorvidas pelas fibras absorventes do curativo. As fibras não-absorventes se revestem de uma fina película de prata metálica. Estes curativos, que podem ser um simples esparadrapo sobre algodão embebido ou ataduras de gaze grande, combatem as infecções e aceleraram a cicatrização (queimaduras, escoriações, cortes). Os curativos também podem ser aplicados úmidos, pois isso irá matar as bactérias de feridas abertas e prevenir a infecção.
 3. DOSAGEM
 Uso interno
 Até os dias de hoje, nunca houve qualquer caso relatado de toxicidade em relação às soluções correntes de prata coloidal de qualidade. E uma reação de desintoxicação do indivíduo parece ser o único efeito colateral provável de ocorrer, como sinal da eficácia do produto.
 Não há doses padrão, em função das muitas variáveisenvolvidas: concentração, qualidade da solução de prata coloidal, gravidade da doença, as reações individuais, etc. Estudos clínicos seriam necessários para determinar com mais precisão as dosagens eficazes em função das diferentes condições e das diferentes concentrações possíveis.
 Não se pode esquecer que a prata é também (e principalmente) um mineral, mais precisamente um oligoelemento e que deve ter por conseguinte o seu papel a desempenhar no organismo. Conforme o Dr. Gary Smith, um mau funcionamento do sistema imunológico poderia ser vinculado à uma carência da prata:
 
Analisando amostras de cabelos, eu constatei que existia uma correlação entre baixos níveis de prata e doenças. As pessoas cujos cabelos continham baixos níveis de prata ficavam freqüentemente doentes. Eram constantemente vítimas de calafrios, gripes, febres, etc... Creio que uma carência de de prata no organismo poderia ser a primeira causa  de um mau funcionamento do sistema imunológico.
 Os que estudaram o povo Hounza[¹]  concluíram que o seu terceiro "segredo", além do seu regime alimentar e o seu modo de vida, poderia ser a água glacial extremamente mineralizada que consomem. Os minerais estão sob forma coloïdal e contam uma enorme quantidade de nano-partículas de prata em suspensão, na forma de colóides.
([1] HOUNZA: Pessoas do nordeste do Paquistão que até uma época recente, viviam num santuário onde os males da nossa civilização ainda não tinham penetrado. O Hounzas são famosos pela sua longevidade e a sua saúde extraordinária).
 Em 1940, R. A. Kehoe calculou que a dose de prata absorvida naturalmente com o consumo de frutas e legumes era de cerca de 50 a 100 mcg por dia, sob forma oligoelementos. O valor médio de 75 mcg corresponde a uma colher de chá de uma solução de prata coloidal à 10 ppm. Um outro estudo efetuado em 1964, encontrou nas frutas e legumes a capacidade de fornecer apenas, de 10 a 20 mcg de prata por dia, o que deve corresponder à desmineralização geral dos solos observada ao longo dos anos. De acordo com o “Earth Summit Report” de 1992, os níveis de minerais no solo, na América do Norte, diminuíram 85% em relação a os que existiam um século antes. Para atingir novamente o nível da época pré-industrial, pode parecer razoável se duplicar a dose acima. Pode-se por conseguinte avançar que um suplemento de duas para três colheres de chá por dia de uma solução de prata coloïdal a 10 ppm, representa uma dose “nutricional” e que além desta quantidade (ou seja, além de uma colher de sopa), atinge-se uma dose de nível terapêutico.
 As doses sugeridas ficam em geral nos limites nutritivos; eis alguns exemplos:
 Os seres humanos possuem cerca de 100.000 bilhões de células! Como a prata coloidal contém mais de 100.000 bilhões de íons por colher de sopa (à uma concentração de 5 ppm), isto representa uma dose suficiente para a manutenção. Além disso, pelo fato do fígado eliminar a prata coloidal no intervalo de cerca de duas horas, é necessário tomar toda horas ou ambas horas para manter uma dose terapêutica. A dosagem estabelecida pela Enviromental Protection Agency (EPA) é 14 de colheres de chá por dia (com uma concentração de 5 ppm) durante toda a vida (70 anos); assim tomar uma colher por hora está ao mesmo tempo sem perigo e sábio em casos de infecção.
  Tendo em conta que o organismo elimina rapidamente uma parte da prata coloidal ingerida, convém em casos de afecção aguda, dividir a dose diária total em tomadas freqüentes de hora em hora ou mesmo de quinze em quinze minutos. Como com os antibióticos, não é recomendado parar o tratamento a partir do desaparecimento dos sintomas, porque pode-se expor à uma recaída.
 ■ A prata coloidal não interfere com os tratamentos aromaterápicos ou homeopáticos. Não existe também qualquer relato de interferência com os medicamentos (por exemplo, insulina para os diabéticos).
 ■ Para os animais, a dosagem é em função do seu peso (e calculado proporcionalmente partir da dosagem humana). Pode-se pôr a prata coloidal na sua água de bebida ou administrar-lhes a solução com a ajuda um conta-gotas.
 Uso externo
 Boca (abcesso dentário, dor de dente, gengivite, piorréia dental, etc.): Faça gargarejos de uma colher de chá de solução para a área afetada por cinco minutos. Cuspir o líquido.
 Olhos (conjuntivite, queratite oftalmia, etc...): Três gotas de solução (máximo de 10 ppm) duas vezes por dia. Atenção! O pH da solução não deve ser inferior a 6,5 pois seria muito ácida e pode dar a sensação de picadas nos olhos.
 O. R. L. (Infecção de ouvido, infecção de garganta, catarro, sinusite ...)
 ■ Em bochechos.
 ■ Na inalação utilizando um nebulizador para afecção nasal, da garganta e pulmões. Inalar de 2-3 vezes ao dia.
 ■ Em gotas, três gotas de solução (3-10 ppm) em cada narina, 2-3 vezes por dia. Para o ouvido, encher o canal auditivo com um conta-gotas, uma ou duas vezes ao dia, por dois ou três dias. Pele (acne, queimaduras, queimaduras solares, cortes, eczemas, frieiras, furúnculos, hemorróidas, herpes, infecções fúngicas, picadas de inseto, coceira, a psoríase, verrugas), aplicar 2-3 vezes por dia líquido, loção ou pomada. Pulverizar a área afetada. Note-se que o contato com a pele deve ser, pelo menos, de 6 (seis) a 10 (dez) minutos, para dar tempo ao produto agir.
 ■ Lavagem e duchas vaginais: de meia a de duas colheres de solução a 10 ppm por meio litro de água. Big Grin PPK com fungo...


Atenção para saber se possui alergia esfregue na pele a solução e se ficar vermelho não poderá usar o Tonico Milagroso.


https://www.naturalsbrazil.com.br/produc...ta-ingerir

http://www.olhosdeabelha.com.br/index.ph...a-coloidal

A dose recomendada é 10 a 20 ppm dia


Os seres humanos são expostos naturalmente a pequenas quantidades de prata a partir de fontes dietéticas. A ingestão oral de prata a partir de uma dieta normal foi estimada entre 27-88 ug / dia (Hamilton e Minski, 1972/1973;. Kehoe et al, 1940). Tipton et al. (1966) estimaram uma menor ingestão de 10-20 ug / dia em dois assuntos durante a 30 - período de observação dia.
(I.A.4. Estudos adicionais / Comentários (RFD Oral))

Nesse mesmo documento informa-se que a partir 100 ppm dia a ingestão de prata pode levar à Argyria e outros problemas.

O FDA (U.S. Food and Drug Administration) alerta também para a dose extrema de prata coloidal ou não, segundo estudos em pessoas com Argyria, que você pode ser lido na seguinte publicação: http://www.fda.gov/Food/DietarySupplemen...184087.htm


[Image: 6aa8c0_69d753dd062149ac804255229f53bd78~mv2.jpg]


Esse cidadão de zóio rasgado nunca será censurado.... Gargalhada BRASIL para os brasileiros  chineses






Um caso famoso de superdosagem de prata, Paul o Papai Smurf....tatuagens, piercings e modificações não se comparam ao feito deste cara.



Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#8
Este é o SANTO GRAAL, o mais perseguido de TODOS ,já foi postado noutro tópico, mas neste irá fazer parte do ROL DA FAMA.


[Image: espanhacalicesantograalafp.jpg]




O que é MMS?
 
                                           MMS  esta sigla está em inglês -  Miracle Mineral Solution,
                                                                em português é - Solução Mineral Milagrosa.
 
Aconselho a não dar atenção ao “Milagrosa”
porque esse nome veio de pessoas simples que foram curadas de doenças consideradas incuráveis
e por isso lhes pareceu um milagre.  Mas não se trata de milagre. 
A cura vem na simplicidade da solução.
 
MMS é uma solução obtida por misturar o clorito de sódio a 28% com Ácido Cítrico a 50%. Depois de esperar 20 segundos para ativar o clorito de sódio, a essa mistura adicione água, vai se formar uma dissolução de dióxido de cloro  ( ClO2 - ) que é o responsável pelo efeito curativo do MMS.      
 
Então (MMS) é uma solução de duas porções que libera pequenas quantidades, no corpo humano, do germicida mais eficaz conhecido do ser humano e no entanto este é totalmente incapaz de causar danos no corpo.
 
Desde 1947 que  este solvente químico é a forma usada e preferida para purificar a água nos contentores de distribuição nas cidades, descontaminar navios de cruzeiro de vírus, eliminar o anthrax dos gabinetes governamentais e remover bactérias  de alimentos facilmente perecíveis antes de os carregar e despachar em comboios e caminhões. A formulação e acondicionamento de MMS usada torna-o seguro para uso interno. As pessoas misturam em suas cozinhas e bebem com alguma água ou sumo. Pode também ser colocada em cápsulas e assim ser ingerida com um copo de água.
 
Não pense que esta Solução  é mais um suplemento interessante que pode ajudar alguém após ter tomado durante alguns meses.
Não é assim.
MMS freqüentemente resulta em algumas horas. Destrói o assassino numero 1 da humanidade, a malária, em 4 horas. A vitima volta ao trabalho no dia seguinte. Se os pacientes do hospital mais próximo fossem tratados com este Mineral Milagroso, mais de 50% deles regressariam para suas casas no período de uma semana.
 
Por incrível que possa parecer, quando usado corretamente, o sistema imunológico usa este assassino para atacar somente aqueles germes, micróbios, bactérias, vírus, parasitas e outros microorganismos que são nocivos ao corpo. Não afeta ou prejudica as bactérias amigas, onde se incluem a flora intestinal, nem as células saudáveis.
 
MMS é a coisa mais pura de todas que você pode vir a tomar. Medicamentos e até nutrientes têm dezenas de combinações diferentes de químicos e de diferentes elementos. Normalmente é essa a razão de existirem os efeitos colaterais. Existem inúmeras coisas que podem resultar de um medicamento e até mesmo de um nutriente. Olhe para a formula de um medicamento. Por vezes a formula é enorme e complexa. Mas isso não acontece com MMS.
São só dois simples itens assim que dissolve na água. Consiste em dois tipos de cloro inofensivo que existe no sal de mesa e oxigênio. Existe algum sódio, antes de ser dissolvido na água, mas torna-se inofensivo por ser tão pouco.  Não existe mais nada e esta combinação resulta no exterminador  mais poderoso de elementos patogênicos que é conhecido pelo homem. 
 
Tem sido usado em matadouros para eliminar elementos patogênicos na carne e em galinhas abatidas; tem sido usado para esterilizar pisos de hospitais e bancos e para matar elementos patogênicos em água sem eliminar bactéria amiga, há mais de 70 anos.  Agora esta mesma fórmula é usada no corpo e os resultados são os mesmos. Nenhum dano é infligido no corpo mas os elementos patogênicos são destruídos.  Na sua forma poderosa MMS é dióxido de cloro que reverte para cloreto inofensivo e oxigênio neutralizado. Não deixa nada para trás que possa se desenvolver.
 







[Image: HiddenDeafeningBarasinga-small.gif]



O protocolo do MMS foi desenvolvido por Jim Humble, um pesquisador de ouro e metalúrgico, durante uma expedição em busca de ouro nas selvas da América do Sul. Surgiu como a reação à necessidade de ajudar um membro de sua expedição que caiu doente com malária, a mais de dois dias de distância da mina mais próxima, no meio da densa floresta. Com muitos anos de experiência, Humble sempre levava consigo oxigênio estabilizado nessas expedições, para tornar a água potável. Face à possibilidade de rapidamente perder uma vida, ele deu-o ao homem com malária. Para espanto de todos, ele ficou bom em poucas horas. Isso certamente pareceu um milagre, mas Humble quis compreender melhor o que tinha acontecido.

 
Durante o período de vários anos, Jim Humble descobriu o que tornava o oxigênio estabilizado tão eficiente em alguns casos de malária; não era o oxigênio, mas sim o vestígio de dióxido de cloro. Mais pesquisas, o levaram a descobrir centenas, senão milhares, mais de unidades de dióxido de cloro do que as que são encontradas no oxigênio estabilizado. Isto é, usando uma concentração maior de clorito de sódio (28% vs. 3% para o oxigênio estabilizado), junto a um ativador. A prova da eficácia deste protocolo simples comprovou-se ao ajudar com sucesso mais de 75.000 pessoas, em várias nações Africanas – incluindo o Uganda e o Malawi – a livrarem-se de doenças como principalmente malária, mas também hepatite, cancro e SIDA.

 
Jim Humble registrou suas experiências em livros .  

Conheça na primeira página aqui o livro em PDF  “Solução Mineral Milagrosa I parte” autorizado pelo autor para download.
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#9
up para quem não viu....

[Image: default.jpg]
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)