Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
O psicológico e comportamentos femininos - Manipulação
#1
O psicológico e comportamentos femininos - Manipulação
(Por Crixus)

[Image: pejJst0.jpg?1]

A Manipulação da Culpa
As mulheres mais espertas sempre irão buscar serem beneficiadas sem que façam nenhum ou quase nenhum esforço. É como se quiserem apenas o lado bom de cada moeda, sem carregar o peso negativo do outro lado. É como se quisessem se eleger sem que tenham que submeter-se ao trabalho de chegar ao topo.

Isso se dá à partir do momento em que a mulher é mantida em desleixo pelos pais, em sua infância, recebendo todos adjetivos positivos ao mesmo tempo que sendo ignorado os defeitos e suas submissões. É o tratamento que recebem ao serem feitas de princesas, desde a sua infância, sem impregná-las a vontade de fazerem por merecer.

Com esse aspecto cognitivo e estruturado na cabeça de uma criança, ela, futuramente, crescerá agindo e tendo condutas semelhantes às de suas raízes. Por isso exigem e não possuem o mesmo para dar. E o sentimento de culpa, acaba entrando em todo esse contexto.

As mulheres não são criadas de modo que se sintam culpadas por agirem de forma indevida, então rejeitam quaisquer responsabilidades que venham à decorrer do sentimento de culpa, manipulando-a para terceiros. Se a intenção feminina é manipular e “empurrar” a culpa para terceiros, quem é o seu principal alvo fácil? Os homens bajuladores, é claro!

Como os bajuladores estão dispostos em abdicarem do seu bem-estar para beneficiá-las, eles abrirão automaticamente, todo o leque para que sejam usados de maneira qualquer por essas manipuladoras espertas. Então, no momento em que se sentem prejudicadas pelos julgamentos morais, nos quais, foram ignorados permanentemente em suas infâncias, passam à manipulá-los para todos que estão ao redor, na tentativa de amenizarem seus sofrimentos emocionais.

Quem nunca ouviu uma história de que as mulheres reclamam tanto da conduta dos homens, de que eles não são mais como eram, de que não prestam, etc., mas que não os rejeitaram no momento em que eles tiveram presentes?

Quer dizer que elas agem, fazendo tudo o que seus desejos mandam, em cima daqueles de mau-caráter, para depois culpá-los por agirem com elas do jeito que são?! Isto é a manipulação de culpa que estão acostumadas à fazerem!

Esse é um pequeno exemplo das dezenas de outros comportamentos diários que estão habituadas à fazerem. E o sentimento de alegria e satisfação por conseguirem atribuir a culpa pelos seus erros, para outras pessoas, é enorme! Se pudessem, festejavam constantemente para cada vez que conseguirem se esquivar de suas responsabilidades e consequências. Isso é: se já não fazem isso! rs

Por outro lado, elas se sentem extremamente irritadas ao serem desafiadas por aqueles que não se deixam intimidar por essas tentativas. Elas detestam saber que terão que arcar com as consequências de seus maus-hábitos, pois isso infligirá danos aos seus egos inflados. Sendo assim, a antipatia e a revolta ou a camuflagem e a tentativa de persuasão, as seguirão até que consigam reerguerem-se de seus egos caídos. Elas poderão criar ódio por aquele que não se afrouxou ou poderão tentar assediá-lo na tentativa de dobrá-lo em sua convicção.

Em muitos casos, as tentativas de dobrá-los para reverter e amenizar suas situações, acabam dando certo, levando os homens fracos à passarem as mãos por suas cabeças, ignorando-as de seus pecados. Há casos onde até delegados foram seduzidos para não penalizá-las ou para reduzi-las ao mínimo de suas responsabilidades e dívidas. Tudo isso pelo comportamento mangina do homem que tende à colocá-las em pedestal de semideusas ou de rainhas. E mais e outras vezes, elas conseguem manipular a culpa que sentem para terceiros submetidos.

Se por acaso o homem se livrar de suas correntes originadas pela paixão e pelo cultivo ao endeusamento da figura feminina, ele passará a não se responsabilizar por atos que não cometeu. A mulher só imputa sua responsabilidade, quando encontra brechas psicológicas. Quando ela perceber que o homem é fraco e dependente da aprovação dela, ela imputará ditaduras para que ele siga o modo conveniente de agir para com elas. E se agir errado, ele pagará. Se ela agir errado, ele também carregará seu peso. Mas, se ele não oferecer essa brecha e não demonstrar fraqueza, ela não achará meios para imputar superioridade à ele. Não o colocará sob um sofrimento da responsabilidade injusta. E devolverá as consequências dos maus hábitos para ela mesma.


Este texto faz parte do projeto: Segunda das Relíquias Perdidas.
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  O psicológico e comportamentos femininos - A solidão das promiscuas Guardião 4 826 10-08-2022, 09:34 AM
Última Postagem: War
  O psicológico e comportamentos femininos - Necessidade de chamar atenção Guardião 0 349 07-08-2022, 10:32 PM
Última Postagem: Guardião
  O psicológico e comportamentos femininos - Preocupações Guardião 0 331 31-07-2022, 12:35 PM
Última Postagem: Guardião
  O psicológico e comportamentos femininos - Amizades Gays Guardião 0 314 31-07-2022, 12:33 PM
Última Postagem: Guardião
  O psicológico e comportamentos femininos - Antipatia Guardião 0 379 24-07-2022, 04:37 PM
Última Postagem: Guardião

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)