Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
MULHER HISTRIONICA COMO LIDAR
#1
Bem vindo ao meu mundo onde agora contribuirei apesar de tantas dúvidas básicas, evoluindo como um homem honrado vim falar a vocês de minha experiência com uma mulher histriônica.

Bem.. Fui casado 1 ano com esse verdadeiro DEMÔNIO, que cá entre nós, planta insegurança o tempo todo na relação, tudo isso pra fazer de você sempre inseguro de si mesmo, te colocando pra baixo, te humilhando e fazendo sua auto-estima definhar (quase cometi suicídio), esse ser horrendo quase acabou com minha alma, eu estava a beira do suicídio pois além de ter uma auto-estima baixa, a vagabunda todo canto que eu estava com aquele demônio olhava pra todos os caras possíveis, com conversas desnecessárias com outros machos (o que alita já diz que não é confiável) além disso participava no seu passado de torcidinha organizada, outra putice de merda.

Mas meu relato é esse se você está com esse tipo BRIGUENTA, que coloca insegurança na relação, para os trouxas que ainda querem casar, MUITO cuidado, só eu sei o que eu passei com esse pesadelo de "mulher", assim como na minha cabeça, eu sei que não existe "exceção" e todas são putas em potencial. 

Não sei se isso é novo para os veteranos, ou até para os Adms. 

Mas me sinto vivo de novo, depois do fim dessa merda  Angel Um novo homem nasceu, e adoro ser pensar e agir e sentir como o homem ideal do alita pois ele é foda, segundo uns é o "chad" que dá leitada e ghost, mas no final a espertinha me disse que estava com outro a muito tempo pra "sair por cima" eu apenas desprezei como um Homem honrado, e falei que ela foi a maior corna do mundo que tinha traído ela várias vezes ( que é mentira pois infelizmente fui fiel a essa merda) mas tá ai um relato real
Responda-o
#2
Você passou pelo inferno emocional que um relacionamento pode proporcionar. Se serve de consolo, pense que poderia ter sido pior. Se tivesse arrumado um filho, por exemplo, estaria ligado a ela pelo resto da vida. Se por acaso a revolta aparecer, lembre-se que estava na matrix, e não poderia ter agido diferente. Certamente você também cometeu erros, mas agora tem a oportunidade de se redimir com o conhecimento realista. Encare o seu sofrimento como uma provação necessária para chegar até os valiosos conhecimentos realistas que, se bem aplicados, poderão mudar os rumos da sua vida.
[...] brasileiros não são checadores e questionadores de realidade e tampouco ponderam, pois não tem valores, noções de moral e ética e muito menos  noções de lógica aplicada aos fatos. (Minerim)

Responda-o
#3
"falei que ela foi a maior corna do mundo que tinha traído ela várias vezes ( que é mentira pois infelizmente fui fiel a essa merda) mas tá ai um relato real"

Ri sozinho dessa parte aqui. Bom que conseguiu escapar desse inferno emocional sem ficar preso a ela por filhos e pensão agora tem que tomar cuidado pra não repetir esse padrão sem perceber mas a Real está aqui pra nos ajudar a não repetir as merdas que fazemos na inocência.
Responda-o
#4
(01-05-2022, 03:13 PM)Mikail Andropov Escreveu: Bem vindo ao meu mundo onde agora contribuirei apesar de tantas dúvidas básicas, evoluindo como um homem honrado vim falar a vocês de minha experiência com uma mulher histriônica.

Bem.. Fui casado 1 ano com esse verdadeiro DEMÔNIO, que cá entre nós, planta insegurança o tempo todo na relação, tudo isso pra fazer de você sempre inseguro de si mesmo, te colocando pra baixo, te humilhando e fazendo sua auto-estima definhar (quase cometi suicídio), esse ser horrendo quase acabou com minha alma, eu estava a beira do suicídio pois além de ter uma auto-estima baixa, a vagabunda todo canto que eu estava com aquele demônio olhava pra todos os caras possíveis, com conversas desnecessárias com outros machos (o que alita já diz que não é confiável) além disso participava no seu passado de torcidinha organizada, outra putice de merda.

Mas meu relato é esse se você está com esse tipo BRIGUENTA, que coloca insegurança na relação, para os trouxas que ainda querem casar, MUITO cuidado, só eu sei o que eu passei com esse pesadelo de "mulher", assim como na minha cabeça, eu sei que não existe "exceção" e todas são putas em potencial. 

Não sei se isso é novo para os veteranos, ou até para os Adms. 

Mas me sinto vivo de novo, depois do fim dessa merda  Angel Um novo homem nasceu, e adoro ser pensar e agir e sentir como o homem ideal do alita pois ele é foda, segundo uns é o "chad" que dá leitada e ghost, mas no final a espertinha me disse que estava com outro a muito tempo pra "sair por cima" eu apenas desprezei como um Homem honrado, e falei que ela foi a maior corna do mundo que tinha traído ela várias vezes ( que é mentira pois infelizmente fui fiel a essa merda) mas tá ai um relato real

"Nada de novo no Front." 

Se relacionar com mulher desse tipo mostra que você foi um homem fraco, apegado e com tendências a curtir a emoção que elas proporcionam, assim como as moçoilas que gostam dos homens canalhas. Precisa buscar em si a fonte dessa fraqueza pra não repetir o que ocorreu. Não tenha raiva da moça e sim do homem que você foi.
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#5
Acontece, o que deve ser feito é tentar tirar proveito dessas experiências: dificuldades, tribulações SEMPRE produzem, sempre proporcionam oportunidades de  aprendizado.

O que não vale só chamar a menina de capeta, demônio, pomba-gira, Jezabel se você for um sujeito totalmente carente, ou de baixa auto-estima ou com pouca estrutura / firmeza emocional, se na sua prática de vida, não houver mudança de postura e nas suas relações humans só tiver bicho-tralha e Maria vida-loka, NÃO VAI SER BOM.

... Sobre lidar e relacionar sério, nem tente dar jeito em maluca, aqui ninguém tem vocação de missionário de hospital de maluco, portanto filtrar suas relações e "amizades" é bastante recomendável, assim a tendência é achar gente minimamente equilibrada e racional na nossa "caminhada".

A certa "raiva" pela dama em um primeiro momento pode ser bom como tática de lembrar o que ela te causou para dar aquela afastada, mas também pode impedir o seu desenvolvimento, busque o auto-conhecimento acima de tudo, ou então continuará sendo um tipo facilmente manipulável e sugestionável, basta a dama massagear seu ego que você fica apaixonadão e controlável igual a uma marionete de circo.


Citação:Não sei se isso é novo para os veteranos, ou até para os Adms.

Não, isso dá mais que pombo e renault logan na rua ... já vi casos infinitamente piores que o seu, é só assistir o Sikera, o Datena para ver quantos matam, morrem por "amar demais" ou por não terem cabeça para suportar a separação da outra parte e acabam fazendo merda contra sua vida ou contra outros.
Responda-o
#6
(02-05-2022, 10:58 AM)Fernando_R1 Escreveu: Acontece, o que deve ser feito é tentar tirar proveito dessas experiências: dificuldades, tribulações SEMPRE produzem, sempre proporcionam oportunidades de  aprendizado.

O que não vale só chamar a menina de capeta, demônio, pomba-gira, Jezabel se você for um sujeito totalmente carente, ou de baixa auto-estima ou com pouca estrutura / firmeza emocional, se na sua prática de vida, não houver mudança de postura e nas suas relações humans só tiver bicho-tralha e Maria vida-loka, NÃO VAI SER BOM.

... Sobre lidar e relacionar sério, nem tente dar jeito em maluca, aqui ninguém tem vocação de missionário de hospital de maluco, portanto filtrar suas relações e "amizades" é bastante recomendável, assim a tendência é achar gente minimamente equilibrada e racional na nossa "caminhada".

A certa "raiva" pela dama em um primeiro momento pode ser bom como tática de lembrar o que ela te causou para dar aquela afastada, mas também pode impedir o seu desenvolvimento, busque o auto-conhecimento acima de tudo, ou então continuará sendo um tipo facilmente manipulável e sugestionável, basta a dama massagear seu ego que você fica apaixonadão e controlável igual a uma marionete de circo.


Citação:Não sei se isso é novo para os veteranos, ou até para os Adms.

Não, isso dá mais que pombo e renault logan na rua ... já vi casos infinitamente piores que o seu, é só assistir o Sikera, o Datena para ver quantos matam, morrem por "amar demais" ou por não terem cabeça para suportar a separação da outra parte e acabam fazendo merda contra sua vida ou contra outros.

Melhor resposta isso acontece com as "briguentas" que se relaciona com cafajestes e bandidos já se vê notícia das histórias se repetindo de visita íntima e morrerem kkkk não rio desejando não mas é consequência desse tipo de relacionamentos.
Responda-o
#7
Particularmente prefiro relatos com maiores detalhes, se não dos envolvidos, mas das situações e exemplos. Não é possível opinar sobre uma situação abordada tão superficialmente assim.

Em todo caso, é fácil seguir o fluxo natural e deixar a emoção guiar. A diferença do homem desperto é constantemente parar, abstrair e avaliar as situações e como está agindo. O modus operandi nós já sabemos, basta balizar nossas ações para não cair em tentação e nos livrar-mos do mal.

Infelizmente, ou felizmente, não podemos controlar nada além de nós mesmos.
Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#8
(02-05-2022, 10:05 PM)Gorlami Escreveu: Particularmente prefiro relatos com maiores detalhes, se não dos envolvidos, mas das situações e exemplos. Não é possível opinar sobre uma situação abordada tão superficialmente assim.

Em todo caso, é fácil seguir o fluxo natural e deixar a emoção guiar. A diferença do homem desperto é constantemente parar, abstrair e avaliar as situações e como está agindo. O modus operandi nós já sabemos, basta balizar nossas ações para não cair em tentação e nos livrar-mos do mal.

Infelizmente, ou felizmente, não podemos controlar nada além de nós mesmos.

Os detalhes são, ela no meio da relação ainda continuava colocando fotos semi-nua durante a relação mostrando seu objeto sexual pra grupos da qual participava (dos times) onde os manginas mais exaltavam a desgraça, eu não tô apoiando misoginia mas nem venha me falar que tô sendo um CUSÃO, meu erro apenas foi em não ter comprido uma promessa que eu fiz a ela (como todo relacionamento é uma troca) a aberração queria me bancar a qualquer custa e ainda jogava na minha cara

Me enchia de presente pagava até motel no momento que eu quebrei e sai da empresa que eu trabalhava

E eu disse que não queria ela mais estando desempregado, mas a emputerada disse que não precisava de homem Gargalhadahahha aí eu aproveitei (no início foi assim ) o fim já está no início do tópico
Responda-o
#9
Que bom ter se livrado desta pessoa que te fez mal, conforme o relato... 

Enfim, continue estudando o material disponível aqui, desenvolva-se por si mesmo, sem rótulos de "alfa, chad" e essas coisas que andam inventando.

Não polarize, esvazie-se dos sentimentos ruins causados por esta relação, e como você mesmo citou, está livre e pode crescer muito...

Saia, conheça novas mulheres; ela não é a única e nem a última disponível.

Fora e honra, sempre!
"Quando um homem quebra seus grilhões e correntes; jura jamais servir a outro senhor, é aí que ele se torna verdadeiramente livre."

Spartacus
Responda-o
#10
(02-05-2022, 10:34 PM)Shaft Escreveu: Que bom ter se livrado desta pessoa que te fez mal, conforme o relato... 

Enfim, continue estudando o material disponível aqui, desenvolva-se por si mesmo, sem rótulos de "alfa, chad" e essas coisas que andam inventando.

Não polarize, esvazie-se dos sentimentos ruins causados por esta relação, e como você mesmo citou, está livre e pode crescer muito...

Saia, conheça novas mulheres; ela não é a única e nem a última disponível.

Fora e honra, sempre!

Obrigado
Responda-o
#11
O importante é ter escapado. Foque nos seus planos agora. Tente ficar fora de relacionamentos por pelo menos até digerir o que ocorreu e tirar uma lição disso.
Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força. Agir com sabedoria assegura o sucesso. - Salomão em Eclesiastes 10.10.
Muito cara legal foi parar debaixo de uma ponte por causa de uma mulher. - Bukowski.
As maiores redpills ouvimos da boca de mulheres.
Responda-o
#12
Espero que tenha aprendido a lição: a melhor forma de lidar com mulher histriônica é, primeiro, identificando-a, e, segundo, mantendo distância.
"Escola? E o aprendizado com os próprios erros? A experiência te faz professor de si próprio".
Responda-o
#13
(07-05-2022, 12:05 AM)Fairchild Escreveu: O importante é ter escapado. Foque nos seus planos agora. Tente ficar fora de relacionamentos por pelo menos até digerir o que ocorreu e tirar uma lição disso.
Isso já vai fazer 3 anos cara kk

(08-05-2022, 05:29 PM)Bilidequidi Escreveu: Espero que tenha aprendido a lição: a melhor forma de lidar com mulher histriônica é, primeiro, identificando-a, e, segundo, mantendo distância.

Identificar que é o difícil , é mais pelo comportamento
Responda-o
#14
(01-05-2022, 03:13 PM)Mikail Andropov Escreveu: Não sei se isso é novo para os veteranos, ou até para os Adms. 

[Image: 61-PXOSKf-Lg-L-AC-SL1000.jpg]

(02-05-2022, 10:05 PM)Gorlami Escreveu: Particularmente prefiro relatos com maiores detalhes, se não dos envolvidos, mas das situações e exemplos. Não é possível opinar sobre uma situação abordada tão superficialmente assim.
 
Eu também prefiro relatos mais detalhados. Desse jeito que ele escreveu não dá nem para dar algum conselho com propriedade. Foi só um tópico de desabafo.

@Mikail Andropov Leia o tópico do Conde para ver como é chegar no fundo do poço e depois dar a volta por cima.
“A maior necessidade do mundo é a de homens — homens que se não comprem nem se vendam; homens que, no íntimo de seu coração, sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.” Ellen White, Educação, Pág 57.
Responda-o
#15
Mas você já digeriu? Já vi caras destruídos de um divórcio que demoraram mais do que isso.


(09-05-2022, 08:05 AM)Mikail Andropov Escreveu:
(07-05-2022, 12:05 AM)Fairchild Escreveu: O importante é ter escapado. Foque nos seus planos agora. Tente ficar fora de relacionamentos por pelo menos até digerir o que ocorreu e tirar uma lição disso.
Isso já vai fazer 3 anos cara kk

Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força. Agir com sabedoria assegura o sucesso. - Salomão em Eclesiastes 10.10.
Muito cara legal foi parar debaixo de uma ponte por causa de uma mulher. - Bukowski.
As maiores redpills ouvimos da boca de mulheres.
Responda-o
#16
(09-05-2022, 10:46 PM)Libertador Escreveu:
(01-05-2022, 03:13 PM)Mikail Andropov Escreveu: Não sei se isso é novo para os veteranos, ou até para os Adms. 

[Image: 61-PXOSKf-Lg-L-AC-SL1000.jpg]

(02-05-2022, 10:05 PM)Gorlami Escreveu: Particularmente prefiro relatos com maiores detalhes, se não dos envolvidos, mas das situações e exemplos. Não é possível opinar sobre uma situação abordada tão superficialmente assim.
 
Eu também prefiro relatos mais detalhados. Desse jeito que ele escreveu não dá nem para dar algum conselho com propriedade. Foi só um tópico de desabafo.

@Mikail Andropov Leia o tópico do Conde para ver como é chegar no fundo do poço e depois dar a volta por cima.
estou lendo o relato

(10-05-2022, 11:29 PM)Fairchild Escreveu: Mas você já digeriu? Já vi caras destruídos de um divórcio que demoraram mais do que isso.


(09-05-2022, 08:05 AM)claro depois que vi que o que  passei nao foi nem 1% do que os caras bancaram os paspalhos eu conhecia alita, a real não. Escreveu:
Responda-o
#17
(09-05-2022, 10:46 PM)Libertador Escreveu: Foi só um tópico de desabafo.

Desabafo não, tá mais pra ou chororo de maricas ...  Yaoming


(02-05-2022, 10:58 AM)Fernando_R1 Escreveu: O que não vale só chamar a menina de capeta, demônio, pomba-gira, Jezabel se você for um sujeito totalmente ...

Aliás, esse tópico lembra o velho - porém verdadeiro - ditado: "quando Paulo fala de Pedro, eu sei mais sobre o Paulo do que sobre o Pedro" ... fora o fato que "coisas" ou pessoas de baixo valor se unem instintivamente ... enfim.

Na verdade você deveria agradecer. Ela ajudou em grande medida EXPLICITAR o quanto você é paspalho, apegado e burro. Foi uma ajuda tão grande que até VOCÊ percebeu por conta. Não subestime o valor do sofrimento.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#18
(13-05-2022, 07:09 AM)Héracles Escreveu:
(09-05-2022, 10:46 PM)Libertador Escreveu: Foi só um tópico de desabafo.

Desabafo não, tá mais pra ou chororo de maricas ...  Yaoming

(13-05-2022, 07:09 AM)Héracles Escreveu:
(09-05-2022, 10:46 PM)Libertador Escreveu: Foi só um tópico de desabafo.

Desabafo não, tá mais pra ou chororo de maricas ...  Yaoming


(02-05-2022, 10:58 AM)Fernando_R1 Escreveu: O que não vale só chamar a menina de capeta, demônio, pomba-gira, Jezabel se você for um sujeito totalmente ...

Aliás, esse tópico lembra o velho - porém verdadeiro - ditado: "quando Paulo fala de Pedro, eu sei mais sobre o Paulo do que sobre o Pedro" ... fora o fato que "coisas" ou pessoas de baixo valor se unem instintivamente ... enfim.

Na verdade você deveria agradecer. Ela ajudou em grande medida EXPLICITAR o quanto você é paspalho, apegado e burro. Foi uma ajuda tão grande que até VOCÊ percebeu por conta.  Não subestime o valor do sofrimento.

xoro de maricas kkkk falou fodão homem de aço ninguêm é mais homem que você aqui não seu trouxa
Responda-o
#19
A experiência é uma das leis de Deus, criada após o pecado original da humanidade, e sua queda. Experiência sempre é algo doloroso em qualquer área; seja nos estudos, na profissão, num jogo e em relacionamentos amorosos, cicatrizes que são experiências marcadas na pele, e etc. Perceba que a cicatriz é o local onde endurece e cria uma camada extra de proteção, e geralmente ali é o local onde você menos sente dor, porque aquela região do corpo ganhou experiência, em relação as demais.

O que eu quero dizer é que ela contribuiu para que você percebesse como é o jogo amoroso. No início foi doloroso e hoje você adquiriu experiência; parabéns. Agora pegue a sua experiência e utilize-a escolhendo alguém "melhor" ou seguindo o seu próprio caminho, abandonando a carência e a fraqueza emocional.

Apesar de novo (25 anos), eu tenho bastante experiência dentro da Real; li Nessahan Alita pela primeira vez com 15 anos, desde então tive vários relacionamentos que me ajudaram no ganho de experiência e estou passando por uma fase agora que irá contribuir muito no futuro para a minha experiência.


PS: Como você teve coragem de se envolver com mulher de torcida organizada? Mulheres de movimentos sempre são dor de cabeça, e sempre tem um "amigo" de olho, principalmente em movimentos majoritariamente masculinos. Conheço uns que foram nessa onda e acabaram sendo cornos do início ao fim.
Responda-o
#20
(15-05-2022, 09:54 PM)Joxokhanurs Escreveu: A experiência é uma das leis de Deus, criada após o pecado original da humanidade, e sua queda. Experiência sempre é algo doloroso em qualquer área; seja nos estudos, na profissão, num jogo e em relacionamentos amorosos, cicatrizes que são experiências marcadas na pele, e etc. Perceba que a cicatriz é o local onde endurece e cria uma camada extra de proteção, e geralmente ali é o local onde você menos sente dor, porque aquela região do corpo ganhou experiência, em relação as demais.

O que eu quero dizer é que ela contribuiu para que você percebesse como é o jogo amoroso. No início foi doloroso e hoje você adquiriu experiência; parabéns. Agora pegue a sua experiência e utilize-a escolhendo alguém "melhor" ou seguindo o seu próprio caminho, abandonando a carência e a fraqueza emocional.

Apesar de novo (25 anos), eu tenho bastante experiência dentro da Real; li Nessahan Alita pela primeira vez com 15 anos, desde então tive vários relacionamentos que me ajudaram no ganho de experiência e estou passando por uma fase agora que irá contribuir muito no futuro para a minha experiência.


PS: Como você teve coragem de se envolver com mulher de torcida organizada? Mulheres de movimentos sempre são dor de cabeça, e sempre tem um "amigo" de olho, principalmente em movimentos majoritariamente masculinos. Conheço uns que foram nessa onda e acabaram sendo cornos do início ao fim.

É a real, inclusive li sobre essa merda na época acho que foi um artigo do fórum do búfalo, porém perdi meu acesso lá li um artigo sobre isso e tinha avisado a essa puta que se fosse pra continuar nessa merda ela iria me perder, bom pelo menos valeu a pena o aviso mesmo tentando ter um controle emocional igual ao Bruce lee deixei o aviso que seria o fim alí mesmo também sou juvena, tenho 27 anos eu já lia o Alita estando com ela, sempre escondido é claro. Essa merda que citei foi o tópico sobre essa coisa de torcida, e uma vez um da organizada mandou mensagem pra ela e ela me mostrou, até aí um sinal menos mal né mas a sensação era horrível nunca se sentir seguro na relação, ela sempre plantando inseguranças, eu tentando bancar o orgulhoso menos ciumento e escondendo isso ao máximo mas como você disse foi um aprendizado
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Como posso lidar com isso? garotofênix 41 6,478 13-12-2018, 12:07 AM
Última Postagem: Loki
  Como lidar com o deboche após a traição . Rochemback 14 2,454 20-10-2018, 12:38 PM
Última Postagem: Rozyzz
  [DÚVIDA] Como lidar com expectativas e ansiedade amorosa? whitesimian 24 3,938 21-08-2018, 11:44 PM
Última Postagem: Sagitario

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 3 Visitante(s)