Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[RELATO] Suicídio de vizinho
#1
Vou fazer um relato raiz breve de uma situação que ocorreu aqui comigo essa semana.

Um vizinho que morava em uma casa simples, uma rapaz jovem de 26 anos, humilde, trabalho simples, cheio de saúde e vida pela frente, foi encontrado morto no período da manhã por familiares que foram visitá-lo para ver porque não respondia as ligações. Ele estava enforcado na porta da sua casa com uma corda simples. Eu fui lá ajudar os familiares a resolver a situação e chamar os órgãos competentes e acompanhei a história que contaram como sendo a motivação dele para o suicídio. Adivinhem o motivo. Isso mesmo. Mulher.

A situação foi a seguinte, explicando de forma resumida, ele era muito apegado a mulher dele, mas ela traiu ele e fugiu com o amante. Não sei como foi esse término, se ela humilhou ele, se fez inversão de culpa e mais algum desses jogos infernais habituais que elas fazem para não só trair mas para destruir a cabeça do homem. Ele ficou desorientado, perdeu o chão, completamente desolado, a sua vida perdeu o sentido e no desespero e impulso ele deve ter cogitado a ideia de se matar, bebeu de noite (talvez para ganhar coragem) e de manhã estava só o corpo pendurado na porta de entrada da sua casinha. Eu afirmo que ele bebeu porque quando entrei na casa dele para ajudar tinha garrafas de bebidas alcoólicas vazias em cima da estante dentro da casa dele, dando entender que passou a noite chorando e bebendo e ligando para alguns familiares.

Quando dizem que "A Real salva vidas" não é demagogia. É a mais pura verdade. Imagina o estado de desespero desse rapaz para pensar que é melhor morrer do que conviver com a dor do que aconteceu. A mulher entrou na cabeça dele com seus jogos infernais e o dominou. Se tornou escravo das suas paixões. Ele, como muitos, devia colocar a mulher em um pedestal, se apegou a ela a tal ponto que a colocou acima da própria vida no seu coração. Uma espécie de idolatria moderna. 

Deus poderia ter pensado, vou tirar essa mulher má do caminho do meu filho, ele merece coisa melhor, aí o cara não soube interpretar o livramento e se matou.

Eu não conheço a adúltera para saber qual foi a reação dela quando soube da morte do apaixonado traído, mas pelo que diz N.A., suponho que em vez de remorso e culpa ela sentiu soberba e vanglória, ao imaginar que é tão desejada ao ponto do homem apaixonado preferir se matar do que ficar sem ela.  

Alguns dias depois uma das pessoas, uma outra vizinha msol, que estava na fatídica cena comigo e que viu o corpo de perto e a história que os familiares contaram, estava conversando comigo e com alguns conhecidos em comum sobre a morte do rapaz, o estado que o corpo estava quando chegamos lá, onde fomos achar os documentos dele, coisas do tipo, então ela ajeitou a postura e com um sorriso cínico soltou essa frase: “Fraco, esses homens de hoje em dia são tudo fraquinhos, não aguentam uma galhada”. Falou isso com um ar de desdém, repugnância e superioridade. Nem parecia que ela estava falando de um ser humano, que até onde sabíamos não tinha feito nada de mau.

Esse é um relato raiz para mostrar que mulher não sente um pingo de compaixão e empatia pela fraqueza masculina.

Como Nessahan Alita escreveu no livro Como Lidar com Mulheres, pág 56:

Poucas coisas dão tanto prazer à fêmea do que saber que há um macho que sofre por elas. Paradoxalmente, este mesmo macho é considerado desinteressante e fraco, não proporcionando as emoções fortes que as deixam fascinadas. Servirá, no máximo, para ser um marido cornudo. Quanto maior for o sofrimento do imbecil, maior será a sua satisfação e, contraditoriamente, seu desinteresse. É por isto que não sentem pena daqueles que se suicidam por uma grande dor de amor. O homem que se mata por amor está comunicando que é um fraco e, com isto, seu sacrifício fica sem sentido. Ao invés de nos matarmos ou de a matarmos, é melhor matarmos os nossos sentimentos e desejos. Então poderemos tratá-las como nos tratariam.

E no livro A Guerra da Paixão, pág 69:

Se você está em pânico, desesperado ou depressivo porque sua amada o traiu ou o despreza, e está pensando em suicídio, sugiro que não faça isso. Prefira "morrer" psicologicamente ao invés de atentar contra a própria vida ou contra seu próprio corpo físico. É melhor transformar-se psicologicamente do que suicidar-se, não acha?
“A maior necessidade do mundo é a de homens — homens que se não comprem nem se vendam; homens que, no íntimo de seu coração, sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.” Ellen White, Educação, Pág 57.
Responda-o
#2
Tenebroso esse comentário da msol aí, ainda assim esse tipo de pensamento está ficando comum. Poliamor e cuckoldismo é a nova moda dos descontruídos.
"Courage is being scared to death, but saddling up anyway" (John Wayne)
Responda-o
#3
Lamentável, não me imagino fazendo tal coisa ainda mais por mulher...
Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma. Eclesiastes 9:10
Responda-o
#4
Alguns dias depois uma das pessoas, uma msol, que estava na fatídica cena comigo e que viu o corpo de perto e a história que os familiares contaram, estava conversando comigo e com alguns conhecidos em comum sobre a morte do rapaz, o estado que o corpo estava quando chegamos lá, onde fomos achar os documentos dele, coisas do tipo, então ela ajeitou a postura e com um sorriso cínico soltou essa frase: “Fraco, esses homens de hoje em dia são tudo fraquinhos, não aguentam uma galhada”. Falou isso com um ar de desdém, repugnância e superioridade. Nem parecia que ela estava falando de um ser humano, que até onde sabíamos não tinha feito nada de mau.

Essa M$OL aí é mais gelada que o cadáver do aflito e desesperado. O profano feminista e feminino é a escolha da mulher contemporânea.

A frase da M$OL entrega a ambiguidade de interação que ela gosta: sado masoquismo emocional; irascivel, perturbada, obsessiva, provavelmente afeta ao fumo, alcool e tarjas pretas.


Que geração de insanas Facepalm   Esses perfis formados no feminismo são instáveis para conexão afetiva e espiritual.






Um relato raiz para mostrar que mulher não sente um pingo de compaixão e empatia pela fraqueza masculina.


As cabeças de puta, olhar de mil rolas, rodadas não devem nem soltar uma lágrima quando o companheiro que passou mais tempo com elas no pós carrossel de picas ou na the wall, vier a falecer...

Momento  Monastico.

1-Ouvir mulheres modernas é perda de tempo e agressão a sanidade mental.

2-Querer agradar e esforçar-se para entreter mulheres modernas é perda de dinheiro e dignidade.

3-Acreditar no absoluto dever e responsabilidade de proteger uma categoria que se vale do imperativo coletivo sexista ideológico é pecar.

4-Você não vai muda-las, ainda que sinta que  seus conselhos sejam de um iluminado com boa fé, querendo mostrar a verdade,  tudo o que disser valerá como atenção e validação para o ego impenetrável e torpe da mundana, que se saciará em resistir. E óbvio que não terá acesso ao sexo como recompensa do sermão sensato.

5-Aprenda a dizer foda-se, mas se padece e se verga aos desejos carnais contrate uma profissional  é o melhor caminho para evitar cobranças e riscos de quem não tem perfil  e requisitos joviais para relacionamento equilibrado,  ou eleve-se espiritualmente.





Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#5
Eu falei isso no outro tópico e alguns caras vieram me zoar.

O pai de um amigo meu estava desanimado porque um literal puta estava viajando e tentou fazer ciumes nela dizendo que ia comer outra puta.
Fazer ciumes em puta com puta...
E o cara tem mais de 65 anos.
Deu pra ver no olhar dele que ele estava mal com isso. Provavelmente se ele tivesse construído algo significativo na vida dele na juventude, ele teria uma vida mais preenchida hoje.

Ai eu falo que os caras falam demais de muié no mundo real e sou taxado de gay aqui.
Responda-o
#6
(17-12-2021, 03:25 AM)Novo Mundo Escreveu:  Provavelmente se ele tivesse construído algo significativo na vida dele na juventude, ele teria uma vida mais preenchida hoje.

Ai eu falo que os caras falam demais de muié no mundo real e sou taxado de gay aqui.

Possivelmente, mas isso é muito difícil de afirmar. A cabeça de cada um funciona de uma maneira muito particular e, se na cabeça do caboco ele só será feliz se viver o sonho de momozin, não importa mais nada, só assim será. Existem muitas pessoas que vivem na superficialidade da vida e não irão mudar. Cabe a você aprender a lidar com isso.

Eu entendi o seu ponto e você está correto. Ficar matutando e só falando de moié não é produtivo e eu ainda acho cansativo por ser sempre a mesma coisa. Mas é importante saber, munhé faz parte da vida dozomi e é um negócio bão dimais. Só não pode se perder e deixar a si próprio de lado. Só isso, por mais óbvio que seja e a maioria não enxergue.

Eu tenho uma vida privilegiada e tenho pouquíssimas, para não dizer nenhuma, marmitinhas. Geralmente saio com prostitutas mesmo. E o motivo é o que falei, não perder tempo com moie, não ficar adulando por dias/meses, ou se humilhando por migalhas de atenção como os homens tem feito atualmente.

Já passei dos 30 e lembro como era na adolescência. Não era difícil descolar um rolê. As meninas queriam sair conhecer os caras pessoalmente. Hoje com essa facilidade toda elas tem um catálogo infinito de escravos disponíveis oferecendo a vida. Sequer conversam mais, é visível o benefício imediato. Não há tempo a perder. As solteiras sem filhos exigem o impossível dada a alta oferta. As fodidas com catarrento a tiracolo querem benefícios pra agora porque não tem mais tempo a perder.

Fico com as prostitutas. São mais honestas e decentes.

E jovi, o fórum é como uma mesa de bar, não leve o pessoal tão a sério..
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#7
O melhor é ser low profile e não comprar a briga de ninguém, mas ao menos um "coitado do seu próximo namorado" ou "quem não te conhece que te compre" a Msol iria ouvir..... imagina o nível da tranqueira para zombar de alguém vítima de um fato trágico, que lixo de ser humano que tem que ser. Agora, infelizmente, as mulheres são mais influenciáveis à degradação moral e espiritual mesmo, gostam de tranqueira e são altamente voláteis. PD::: Eu sei que isso soou algo machista, mas foda-se.
Responda-o
#8
Eu tenho uma amigo do Líbano. Depois de 3 anos no Brasil, eu perguntei se ele não tinha "medo"  de sua mulher estar o traindo lá no Líbano com outro 

E ele respondeu com um sorriso de canto de boca: Se ela me trair, a família dela mata ela!

As famílias no Líbano se amam e são muito mais unidas que no Brasil, mas a vergonha em ter uma vagabunda e adultera na família é tão grande e tão grave, que o pai é capaz de matar a própria filha 

Há 80 anos talvez, até aqui no Brasil  isso seria parecido 

O estrago que o sistema fez na cabeça das pessoas no ocidente e na Europa é irreversível 

Dentro de uma sociedade com pessoas completamente doente, é perigoso uma pessoa racional e normal se matar sim
Responda-o
#9
Cara, tenho muita compaixão daqueles que passam por isso, embora muitos tratam com desdém, como uma covardia, só quem passa por angústias de alma e aflições profundas sabe como é tentar dormir, ter um sono tranquilo em meio a uma tempestade a nutellização do tema com campanhas, mostra certa compaixão fofinha, mas na prática não funciona, o tratamento só é efetivo com choque frontal aos problemas e de-cisões efetivas do próprio implicado.

Citação:... A situação foi a seguinte, explicando de forma resumida, ele era muito apegado a mulher dele, mas ela traiu ele e fugiu com o amante

Olha o axioma básico realista aí na lata, não colocar uma bucetinha como centro, o objetivo primordial de sua vida.

Citação:... Eu não conheço a adúltera para saber qual foi a reação dela quando soube da morte do apaixonado traído, mas pelo que diz N.A., suponho que em vez de remorso e culpa ela sentiu soberba e vanglória, ao imaginar que é tão desejada ao ponto do homem apaixonado preferir se matar do que ficar sem ela.

Infelizmente tenho que concordar com isto aí, isso dá igual mato nesse mundo cada vez afundado no materialismo e utilitarismo das relações

Citação:... “Fraco, esses homens de hoje em dia são tudo fraquinhos, não aguentam uma galhada”.

Você vê: Mulheres hoje são a maior minoria do mundo, todo aparato de leis é feito para protegê-las, fiu-fiu de pedreiro na rua vira assédio e ficam zombando de um homem que sofre de uma traição ... Pois é né?!

Na verdade esses grupos privilegiados criam gerações de folgados compulsórios achando-se dotados de direitos e benesses especiais.
Responda-o
#10
O que vou mencionar é Offtopic e podia até dar um tópico a parte.

@Minerim
Citação:5-Aprenda a dizer foda-se, mas se padece e se verga aos desejos carnais contrate uma profissional  é o melhor caminho para evitar cobranças e riscos de quem não tem perfil  e requisitos joviais para relacionamento equilibrado,  ou eleve-se espiritualmente.

@Merdingo
Citação:Fico com as prostitutas. São mais honestas e decentes.

Vocês estão desatualizados! What?

Ainda são casos um tanto raros, mas com as Lei de violência psicológica e Lei Mariana Ferrer, tendem a aumentar.





Pinguins
Quando não se procura agradar o mundo, ele se vinga; se por acaso se consegue agradá-lo, ele ainda se vinga nos corrompendo. A única saída é trabalharmos longe dele, tão indiferentes a seu julgamento quanto prontificando-nos a ser-lhe úteis.
Antonin-Dalmace Sertillanges
Responda-o
#11
(19-12-2021, 08:26 AM)Corvo Escreveu: O que vou mencionar é Offtopic e podia até dar um tópico a parte.

@Minerim
Citação:5-Aprenda a dizer foda-se, mas se padece e se verga aos desejos carnais contrate uma profissional  é o melhor caminho para evitar cobranças e riscos de quem não tem perfil  e requisitos joviais para relacionamento equilibrado,  ou eleve-se espiritualmente.

@Merdingo
Citação:Fico com as prostitutas. São mais honestas e decentes.

Vocês estão desatualizados! What?

Ainda são casos um tanto raros, mas com as Lei de violência psicológica e Lei Mariana Ferrer, tendem a aumentar.





Pinguins

Penoso, as golpistas sabem bem em quem aplicam golpes.

Sair com prostitutas deve ser algo esporádico e de constante troca. Não se cria vínculo.

Minta o nome, a profissão e de onde vem. Pague em dinheiro que já está separado no seu bolso e se passe por um reles fodido. O que para a maioria nem é necessário mentir.

Faça o serviço, pague e desapareça.
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#12
Concordo com o pombo guerreiro.

Vendo pelo lado mais pragmáticos da coisa: Essas senhoras de família sabem que essa moda pegar, estarão atingido seu próprio bol$o.

Esse caso do vídeo, é notório à Red Flag que à mina quis aplicar um golpe de forma premeditada.
"A Real tem 5 estágios: Conhecimento, Revolta, Aceitação, Compreensão e Evolução".
Responda-o
#13
(19-12-2021, 09:56 AM)Merdingo Escreveu: Penoso, as golpistas sabem bem em quem aplicam golpes.

Sair com prostitutas deve ser algo esporádico e de constante troca. NÃO SE CRIA VÍNCULO

Minta o nome, a profissão e de onde vem. Pague em dinheiro que já está separado no seu bolso e se passe por um reles fodido. O que para a maioria nem é necessário mentir.

Faça o serviço, pague e desapareça.

PERFEITO!

Eu não dou meu nome as quenguinhas profissionais do sécssu.

Não sei como foi o proceder do nosso colega no recinto (Orochi), mas tem uns caras aí que ficam deslumbrados com a dinheirama que ganham e gostam de mostrar e esbanjar.
Responda-o
#14
Eu gostaria de dizer algo, mas o Liberta abriu e fechou o tópico.

Tem nem o que falar.
The absence of virtue is claimed by despair






Responda-o
#15
O inferno precisa existir.
Em tudo dai graças.

Responda-o
#16
Quantos será que encontraram este fórum num momento desses e tiveram um lugar de apoio pra não fazer uma loucura dessas. Não passa um mês sem que me contem de algum amigo de amigo que suicidou por causa de mulher mas isso não vira notícia. Assombroso como a citação do Nessahan Alita descreve com perfeição o sentimento da m$ol no caso do ocorrido e ainda tem mgtow que desfaz desse metre da Real. Não é bom pagar de desapegado mas ter o pé no chão e nunca duvidar porque a Real é dura mas é a verdade.
Responda-o
#17
É triste ouvir uma notícia dessa, ainda mais quando a pessoa que faz isso é uma pessoa de bem.
E a adúltera, como será que ela está se sentindo? Alguma culpa? É terrível pensar que ela não sinta nenhum remorso, pior se desdenhe...
"Escola? E o aprendizado com os próprios erros? A experiência te faz professor de si próprio".
Responda-o
#18
Relato pesado.
Responda-o
#19
Eu lembro que em 2014 um rapaz de uns 16/17 anos, se enforcou em uma live no Facebook. Antes de cometer o suicídio ele tinha deixado uns posts, falando que a vida dele não tinha mais sentido porque a garota que ele amava deixou ele e estava com outro. O cara novo pra caramba com uma vida inteira pela frente e tirar a própria vida por causa de uma garota, que provavelmente ficou de boa após isso, como citaram ali em cima, ela provavelmente teve o ego dela inflado por ele tirar a vida por causa dela e seguiu a vida de boa. O foda que na época eu olhei os comentários nas fotos dele e nos últimos post, tinha uma galera fazendo meme com o suicídio dele. Pegaram até foto dele enforcado e outra dele com o título tipo "ele concorda", "ele discorda". Eu sei que suicídio é algo horrível de se fazer, principalmente por uma mulher, mas zuar o cara e não ter nenhum pingo de empatia e respeito pela família é foda.
Responda-o
#20
(07-04-2022, 03:29 AM)PPP5000 Escreveu: O cara novo pra caramba com uma vida inteira pela frente e tirar a própria vida por causa de uma garota, que provavelmente ficou de boa após isso, como citaram ali em cima, ela provavelmente teve o ego dela inflado por ele tirar a vida por causa dela e seguiu a vida de boa.

Esses casos são muito peculiares e devem ser analisados particularmente.

Falando de forma geral, tem muito pateta se "paxonando" por qualquer vagabunda aí sem ela querer nada. Aí vai o doido lá e se mata, você espera que a garota faça o quê? Siga sua vida oras. Tem mais uma fila dantesca de imbecis pra realizar todos os desejos mais estúpidos dela a troco de nada.

Salvo casos especiais, a maioria dos suicídas deseja sair de uma situação de dor e agonia, seja emocional/sentimental. Uns são mais propensos a buscar essa alternativa e outros menos. Querem a paz a qualquer custo, e na cabeça destas pessoas é a forma mais simples e rápida de resolver tudo para alguém que já está cansado. Geralmente não é uma decisão repentina, é algo quem vem sendo enculcado ao longo de um período e por algum motivo químico/psicológico não observa para outras alternativas e se afunda cada vez mais.

Até que vai lá e xablau.

Tem que ter isso claro na cabeça, porque banalizar o suicídio por causa de meia dúzia de buceteiro sem cérebro é de doer os olhos.
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)