Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
LOW PROFILE - Um exemplo Fictício
#1
Olá queridos amigos foristas. Espero que esteja tudo bem com os senhores. Bem, eu vim aqui hoje para escrever um texto rápido, descontraído e como sempre viril, sobre uma série televisiva que eu estou achando sensacional, e que pode nos dar umas boas lições de honra e comportamento. Antes de mais nada eu acho bom deixar claro algumas coisas:

Primeiro – eu não sou nenhum viciado em netflix, e definitivamente não assisto praticamente nada, tanto que nem tv eu tenho em casa. Dado esse mar de séries e documentários e a revolução que a netflix causou nas vidas dos medianos suburbanos, eu ainda posso contar nos dedos de uma mão quantas séries eu realmente assisti (que foram 4 contando com essa que eu vou recomendar aqui, e caso alguém queira saber quais foram, conversamos nos comentários). Ou seja, isso significa que essa série realmente me chamou e prendeu a atenção de diversas maneiras, e na minha opinião com certeza vale a assistida por diversos motivos que vou apontar brevemente logo abaixo;

Segundo – não sei ao certo se eu me considero de fato um cara “low profile”. Talvez eu até seja em muitos aspectos e se analisarmos a sociedade como um todo, mas não o quanto eu gostaria e nem chego perto dos mais hardcore que temos por aqui. Essa série está me ajudando a mudar meu comportamento de muitas maneiras em direção a esse propósito. Por exemplo: infelizmente eu uso instagram com frequência maior do que eu gostaria– e isso é algo que me traz alguma angústia no sentido de ser um hábito fútil da minha parte, apesar que eu tenho uma justificativa -, quando eu saio para algum lugar, não vou no mais barato e muitas vazes nem no melhor custo benefício, compro roupas de marca... tenho algumas joias, enfim, a questão é que essa série me fez perceber mais claramente que eu estou ainda estou sendo idiota, e esse sim (low profile) é um estilo de vida importante e que faz todo sentido, por isso estou escrevendo isso aqui.

Dito isso, vamos ao que realmente importa que é a série O JUSTICEIRO, especialmente no seu personagem principal, Frank Castle. Eu não vou entrar em detalhes sobre a trama, nem dar spoilers, fique tranquilo, só vou me limitar a dizer que o enredo é sensacional, e a série como um todo muito bem feita. Eu particularmente gosto de filmes-séries com bastante sangue e violência explicita, e aqui isso com certeza tem de sobra. As cenas de ação são muito “realistas” mesmo se tratando de um herói da MARVEL, e esse já é o primeiro ponto pelo qual você deve considerar assistir. Eu sei que desde os vingadores, heróis estão na moda novamente, mas o JUSTICEIRO ainda tem em alta conta aquela característica que fez da Marvel tão famosa e popular no passado, a essência da simplicidade humana e suas características psíquicas. O que quer dizer que ele se fode bastante, tem falhas, medos, traumas, arrependimentos e tudo mais, igual a eu e a você, mesmo sendo o soldado de elite mais fodão da marinha dos Estados Unidos da América.

[Image: d3a248087983cc898b41a9787e5d85d7.jpg]

 
Lógico que todos os heróis são apresentados dessa forma, como sendo pessoas “comuns”, mas nessa série me parece que essa característica ficou mais evidente, mais forte, mais marcante, justamente por ele ser um cara LOW PROFILE ao extremo. Em muitas cenas vemos só mais um zé ruela normal e mal encarado, sem glamour ou luxo, indo e voltando de lugar nenhum, no meio do subúrbio de Nova Iorque e do vazio existencial que permeia toda a nossa existência da essência masculina. A qualquer descuido, ou trauma, caímos no abismo, afinal de contas ninguém se importa e já não existe pelo que lutar. E esses dramas, tão normais para nós realistas, são o plano de fundo de toda a trama. Ele passou por experiências traumáticas, mesmo para um cara ultra treinado tendo que cumprir com os seus deveres. Fez coisas que não devia, e pagou um preço muito alto por isso. Mas em nenhum momento veremos ele reclamar feito uma putinha mirim, ou ficar choramingando trancado num quarto fedorento feito uma cadela sarnenta - igual muitos colegas de fórum fazem - . Ele simplesmente aceita o que a vida lhe reserva e segue em frente, pois afinal é só o que nos resta. E sim, foda-se o que as mulheres pensam.

Outra coisa que eu achei interessante e na minha opinião foi um sinal disfarçado, é que no começo da serie ele mora num muquifo alugado em uma "periferia", não tendo nada de parafernálias eletrônicas e decorativas no quarto, só uma cama e um criado mudo. E adivinhem o que mais tem ali? ...

Sim, LIVROS! Ele sempre aparece lendo alguma coisa quando não está trabalhando ou em ação. O que será que isso significa meus amigos? Pensem um pouco.

Como parte do treinamento militar de elite, ser low profile é uma obrigação inicial. Você não deve ser notado de modo algum, especialmente por inimigos. E essa característica Frank Castle nos ensina muito bem ao longo de toda a série. Há uma combinação de todas as virtudes masculinas que tanto admiramos em um só personagem, que no final das contas não faz questão nenhuma de ser reconhecido, de ser parabenizado, de ser enaltecido ou qualquer outra coisa do tipo. Faz simplesmente porque percebe que é o seu dever de HOMEM. Como ele mesmo diz, “eu sou o idiota que não consegue ficar longe de problemas, mas quando vejo uma injustiça, eu sei que preciso fazer algo”.

Há nele, uma linha tênue e muito fina entre crueldade e justiça, e essa característica é uma das mais fundamentais que o homem moderno perdeu. Nos tornamos babões bundas mole, não sabemos aplicar punições ou ser duro o suficiente com nossas mulheres, crianças, amigos e colegas de trabalho. Perdemos o respeito de todos ao nosso redor, porque primeiramente não no damos respeito e nem nós mesmos acreditamos na nossa palavra ou decisão. Como alguém vai te respeitar se ao invés de você estar aprendendo mais sobre a sua profissão, ou lendo coisas importantes, você passa a maior parte do tempo no celular ou internet vendo merda, falando merda em grupos de chimpanzés, ou de papo furado e sem conteúdo nenhum com uma vagabundinha qualquer. O auto respeito começa aí, quando você percebe que o seu tempo é limitado e você não tem muito mais dele para usar nessa vida. Reflita, quantas vezes você mesmo afirmou algo, e logo em seguida meio que se arrependeu? Quantas vezes não teve convicção nas suas afirmações devido a sua inabilidade. Na selva, na guerra e no meio de homens viris de fato, essa fraqueza seria rapidamente percebida e eliminada, e inconscientemente o seu filho babão e a sua esposa xarope percebem essa hesitação também. Para ter convicção nas suas ações, não desperdiçar tempo é algo importante. Por isso o primeiro que não lhe dá valor é você mesmo. E há uma diferença enorme entre ter convicções e ser teimoso, e essa diferença se resume em ignorância. Para não ser um simples teimoso imbecil, você precisa expandir seus horizontes, ter a mente ampla, e nisso os livros lá do início ajudam.


Então Castle sempre sabe o que fazer a seguir, e ao contrário do que você pode estar pensando, nem sempre é o mais acertado. A questão é que se você quer ter convicção dos nos seus atos, e passar confiança para os que dependem e não dependem de você, primeiro você precisa aceitar que consequências irão aparecer (boas e ruins), e vão recair sobre você. Mas a sua mentalidade deve ser: “quer saber, foda-se, eu não tenho medo e posso dar um jeito SEMPRE”. É isso que nós enquanto fórum esperamos de você. É isso que a sociedade espera do herói, ele sempre dá um jeito.

Castle sempre está pronto para tomar alguma decisão difícil e fazer algo a respeito porque simplesmente não tem medo depois de agora. Ou seja, essa tendência de pensar de mais no futuro incerto foi eliminada. Cada momento é vivido infinitamente no aqui e agora, nada mais importa. Tem alguma merda para resolver? Ora, resolva logo então porra. É simples. Pare de procrastinar. Não sabe como? aprenda, metendo a cara e usando a técnica que eu falei no outro tópico. O que vão pensar de você? Ninguém se importa e essa é a essência do low profile: ENTENDER QUE NINGUÉM SE IMPORTA.  Se torne um homem operacional, que faz antes de "ser", que só aparece quando necessário e nada mais que isso. Sem pirofagias, sem empreendedorismo de palco, sem teatros, sem mimimi, sem nada, só você e a sua capacidade de lidar com as ferramentas que estão na sua mão agora. Simplesmente volte ao básico, ao simples.

[Image: Jon+Bernthal+Set+Punisher+dszMDHsOJNEx.jpg]
meu estilo não é muito diferente disso em muitos sentidos

Sem nada que chame muita atenção, porém vestido de forma viril apenas com itens necessários. Inclusive a forma de se vestir revela inconscientemente um bocado do seu caráter, portanto, observe a imagem que você anda passando por ai, seja nas vestes, seja na fala, seja na postura.

Não conte vantagem de absolutamente nada, nada, por mais inteligente, rico, viajado, fodão que você for. Nada disso tem valor, apenas as suas ações importam, entenda isso de uma vez. Seja especialista na sua área de atuação, mas sem esperar ser recompensado de fato. Para conseguir isso, você precisa desenvolver a capacidade de ter amor pela vida, coisa essa que muitos jamais terão pq vivem presos em crenças limitantes estúpidas que castram a seu ser viril. A paixão deve vir do resolver problemas, e não do salário no final do mês. É uma visão romântica do trabalho? Sem dúvidas, mas mais uma vez, quem se importa.  

Ser viril é não ter nenhuma forma de medo de entrar em ação para realizar qualquer tarefa que seja, sempre agindo de acordo com a razão ou "a natureza" conforme diriam os estoicos. É não ter necessidades. Você não tem necessidade de precisar disso para fazer aquilo, se não tiver nada nas suas mãos, você improvisa. Não existe a dia perfeito, a situação perfeita, ou o que quer que seja, toda hora é a hora, ou seja, tudo importa por isso sempre você deve estar atento. Atento ao que está fazendo, ao seu redor, as suas habilidades e ao seu treinamento. Você deve agir com tudo sempre, chega de ser um fulaninho meia bomba, suave, preguiçoso e devagar. 

SEM DISTRAÇÕES, ESSA É A ESSÊNCIA DA COISA, e que vai lhe transformar em low profile, afinal ostentação não passa de ruído, de dispersão de energia. Você tira o foco do seu ser/agir e coloca em coisas imateriais, achando que tem algum valor por isso mas não, está se tornando cada vez mais vazio por dentro. Sabemos instintivamente que bater me mulher é errado e covarde, por isso quem bate em mulher não é viril mas sim covarde. A mesma coisa se aplica a vitimas mais fracas, o que significa que virilidade não tem tanto haver com violência mas sim com um comportamento psíquico que acaba fazendo com que você não tenha medo da violência, caso seja necessário, ao mesmo tempo que não te torna um individuo violento. Violência gratuita também é uma forma de carência e sim, de ostentação. Somos low profile.

O homem viril entende que ele é apenas um veículo para manifestação de algo maior, e a virilidade aparece justamente quando eliminamos desejos pessoas mesquinhos e seguimos firme nesse propósito. Nós somos como a lança na mão de Deus. Sempre pronta para agir, mas conforme os desígnios de um comando superior. Lembre-se, a característica da criança é querer que o mundo gire conforme ela quer, a característica do homem é fazer esse mundo girar, independente das próprias vontades pessoais.  

Quando você eliminar essa necessidade de amparo, de ser aceito, ser visto, ser reconhecido de alguma maneira, eliminar essa carência, o estilo de vida low profile se desenvolve naturalmente. Porque ostentação ou extravagância nada mais é que carência. Você começará a notar o quão fútil e superficial são as relações humanas de uma maneira geral. Toda essa papagaiada não importa mais, e a única coisa que você quer saber é em como pode ser útil, o que você é capaz de fazer. Repetindo, FAZER!!! Se alguém quiser te seguir, tudo bem, mas se alguém precisar, é claro que você vai estar lá não vai fugir de responsabilidades. Frank Castle é a personificação muito bem retratada de todas essas características e muitas outras, no meu ponto de vista a série está sendo uma grande lição realista. Por isso, não exitem de assisti-lá quando der.


Por hora é isso pessoal, até a próxima. Forte abraço.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#2
Faz um tempo que já assisti justiceiro, e foi a série da Marvel que mais gostei, depois vem a série do demolidor que coincidentemente só comecei a assistir por causa do Justiceiro Gargalhada

Seus textos me fizeram refletir bastante sobre o tema de ser reconhecido, apesar de eu não buscar aprovação constante em terceiros, as vezes ficava meio chateado quando fazia algo me esforçando e alguma pessoa não tinha nenhum gesto de agradecimento. Enfim, ainda sinto isso as vezes, mas bem menos do que antigamente e finalmente consigo entender algumas coisas que você quer passar em seus textos, coisas essa que não entendia a algum tempo atrás.

Só uma curiosidade, o livro que o Castle sempre aparece lendo é o "Moby Dick", livro que inclusive você já fez textos sobre Gargalhada

Um outro personagem que achei bem parecido com o justiceiro foi o "billy butcher" da série do The Boys (série de "heróis" e coloque muitas aspas nisso")

Como você mesmo falou em um de seus textos, todas nossas ações e pensamentos "usam" da nossa energia, e ser low profile é um bom jeito de poupar parte dela. Não se perde tempo procurando coisas extravagantes, apenas o básico e com o resto dessa energia podemos fazer algo que realmente importa.
Por mínimo que seja o que um homem possua, sempre descobre que pode contentar-se ainda com menos."
Responda-o
#3
Não conhecia esse seriado, vou dar uma olhada.
Excelente texto Joinha
Quando não se procura agradar o mundo, ele se vinga; se por acaso se consegue agradá-lo, ele ainda se vinga nos corrompendo. A única saída é trabalharmos longe dele, tão indiferentes a seu julgamento quanto prontificando-nos a ser-lhe úteis.
Antonin-Dalmace Sertillanges
Responda-o
#4
magaiver tb era low profile
Responda-o
#5
(23-09-2020, 08:47 PM)Scant Escreveu: magaiver tb era low profile
Magaiver era um miserável, sovina e filho da puta, fazia uma bomba até com um pedaço de merda. Seriado mais mentiroso da história da tv. Não serve de base pra nada.
"É o saldão das balzacas"  Minerin 
Responda-o
#6
(23-09-2020, 09:29 PM)Gangster Escreveu:
(23-09-2020, 08:47 PM)Scant Escreveu: magaiver tb era low profile
Magaiver era um miserável, sovina e filho da puta, fazia uma bomba até com um pedaço de merda. Seriado mais mentiroso da história da tv. Não serve como base pra nada.


' fazia uma bomba até com um pedaço de merda'- inspirador, praticamente o unabomber
Responda-o
#7
Para Novatos:


O confrade "leu" um áudio visual , mas por que leu e não assistiu como um ruminante hipnotizado? Porque tem o hábito de ler.

A maioria dos bostileiros ficam inermes em frente a TV e demais equipamentos eletrônicos, não conseguem fazer uma redação do que assistem simultaneamente e  muito menos decodificam as mensagens conscientemente, logo a informação se aloja como um  comando subliminar.

Leiam e não fiquem dependentes de lives de Youtube...

[Image: maxresdefault.jpg]



Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#8
Grande observação Mineiro ... realmente, o hábito da leitura faz com que você aproveite melhor coisas assistidas. Eu não tinha parado para refletir melhor sobre isso, mas foi um grande isigth ...

Por isso esse negócio de maratonar série é coisa de fodido, você não consegue aproveitar tudo o que a película está tentando transmitir.


(23-09-2020, 05:34 PM)Dark_Painter01 Escreveu: Só uma curiosidade, o livro que o Castle sempre aparece lendo é o "Moby Dick", livro que inclusive você já fez textos sobre Gargalhada

Yaoming

É verdade... Moby Dick é genial
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#9
Mais um grande tópico para sua coleção.

Uma dúvida: você associa a palavra low-profile a alguém que adota a simplicidade voluntária ou alguém discreto? Ou os dois?

Eu gosto de ternos sob medida, sapatos sob encomenda, charutos, vodkas, entretanto, eu me considero low-profile.

Óbvio que essas roupas são discretas, mas refulgem por causa do caimento perfeito.

Já são mais de 10 anos de redes sociais e eu só tenho um twitter fake para acompanhar meus mentores. Óbvio que não tenho o aplicativo no celular.

Instagram, facebook, essa daí nova de vídeos, nada. E jamais.

Estou elaborando uma postagem sobre uma boa vida focada, um manifesto contra as redes sociais e vai ao encontro do que você falou.

Sempre quando digo as mulheres que não possuo redes sociais, elas perguntam se sou casado. Só me resta responder: 'sim, com o boxe, a vida inteira'.

Forte abraço.
Responda-o
#10
Tópico impecável @Héracles... simplesmente, sublime!

Forte abraço, meu amigo!
"Fiat justitia, et pereat mundus..."
Responda-o
#11
O Texto é bacana, mas confesso que não consigo concordar.

Tenho uma opinião completamente contrária sobre o mundo.

Até por que acredito que esse mundo foi criado com PROPÓSITO, não foi ao caso.

Percebendo isso, vejo que Deus criou este mundo para que possamos conviver entre nós IRMÃOS, filhos de um mesmo PAI.

As relações humanas definitivamente não são fútis! Viver em um mundo solitário "Low profile" não é viver para mim, é só uma outra forma de escapismo da realidade.

Como disse, acredito que estamos aqui para CONVIVER COM NOSSOS IRMÃOS, PRESTAR SERVIÇOS A ELES!

Com isso, vem o RESPEITO, O PRESTIGIO, O RECONHECIMENTO!

Acredito que seja muito positivo, você se tornar um PILAR DA SUA COMUNIDADE, UM CARA RESPEITADO.

E Você só consegue isso SERVINDO O MÁXIMO DE PESSOAS POSSIVEIS! Por isso os Empresários, pastores e politicos são as pessoas mais influentes da socieidade.

Esses dias eu estava até vendo uma palestra sobre Serotonina e como ela é liberada. Segundo o médico, quando compramos alguma coisa que queremos sentimos aquele prazer momentâneo. Mas é só momento momentâneo.

O VERDADEIRO PRAZER vem de fazer coisas para outras pessoas e ser RECONHECIDO por isso.

Então eu acho importante ser RECONHECIDO! ser visto, ser lembrado, porque isso nos gera prazer. UM PRAZER QUE É BOM, É POSITIVO.

Não sei se oque eu disse está de alguma forma contra o seu texto.

Mas eu acredito que o Low Profile que vc descreveu é de alguma forma se esconder da verdadeira REALIDADE e do verdadeiro SERVIÇO as pessoas.

Quanto mais visto, lembrado e influente for, mais pessoas poderá SERVIR!

E definitivamente, A RELAÇÃO com as pessoas não é futil.
Além disso, ore para que a vontade de Deus seja feita! Não a sua.
Responda-o
#12
Ótimo tópico, tipo de conteúdo que se destaca neste antro de fofocas e conspirações... 

Também não sou muito fã de séries, vejo uns 2 episódios a cada 3 semanas e olhe lá; demorei 6 anos pra terminar Sons of Anarchy e desde 2016 assisto Vikings. Talvez eu abra uma exceção para ver essa aí que tu indicou por haver bastante ação.



@gRILO


Você se atrapalhou na interpretação. Ser low profile é não fazer as coisas com intuito de ser percebido, é ser modesto. Um pedreiro, por exemplo, na maioria das vezes é um sujeito simples, muito útil para sociedade e pode ter muitos amigos. Uma característica não influi sobre a outra.

Quantas vezes você postou uma foto ou comprou uma roupa cara com a intenção de que as pessoas olhassem para você? Isso é ser o oposto do tema apresentado aqui. Se for para ser reconhecido, que seja por consequência das suas ações e não agir assim como meta de ter o ego massageado.

O low profile está voltando agora com o nome de minimalismo e outras derivações... Aguardando o tópico do nosso nobre @Patrulheiro sobre o manifesto contras as redes sociais, de quebra recomendo o documentário "O dilema das redes" -- escancarando os sistemas usados para prender o maior número de usuários conectados.
Responda-o
#13
Oia esse @"gReLO" deve ter comido pedra de crack pensando que era rapadura ou doce de leite...e ainda usou caixa alta pá porra...


Até por que acredito que esse mundo foi criado com PROPÓSITO, não foi ao caso.


Percebendo isso, vejo que Deus criou este mundo para que possamos conviver entre nós IRMÃOS, filhos de um mesmo PAI.

Que fofo Heart


As relações humanas definitivamente não são fútis! Viver em um mundo solitário "Low profile" não é viver para mim, é só uma outra forma de escapismo da realidade.

Como disse, acredito que estamos aqui para CONVIVER COM NOSSOS IRMÃOS, PRESTAR SERVIÇOS A ELES!

Com isso, vem o RESPEITO, O PRESTIGIO, O RECONHECIMENTO!

Acredito que seja muito positivo, você se tornar um PILAR DA SUA COMUNIDADE, UM CARA RESPEITADO.

E Você só consegue isso SERVINDO O MÁXIMO DE PESSOAS POSSIVEIS! Por isso os Empresários, pastores e politicos são as pessoas mais influentes da socieidade.


O grelo deve ter assistido o filme NOSSO LAR e veio postar essas porras com o plus da influencia da  bosta dos livros mentirosos que contam a trajetória falsificada  dos grandes empresários bandidos brasileiros que ele lê.





PASTOR, POLITICO E EMPRESÁRIO ( Presumo que se referiu aos oligopólios)

Esses dias eu estava até vendo uma palestra sobre Serotonina e como ela é liberada. Segundo o médico, quando compramos alguma coisa que queremos sentimos aquele prazer momentâneo. Mas é só momento momentâneo.

 Esqueceu das  PUTAS na categoria acima.



Facepalm   Que merda véio, você está no BOSTIL nesse grupo aí mais da metade é FILHO DA PUTA, MENTIROSO 171 e não crie essa presunção de ilusão,  pare de ler os livros dos EMPRESÁRIOS BANDIDOS E OS GRANDES OLIGOPOLIOS construídos a base de corrupção, violação da representatividade democrática e roubo dos BANCOS DE FOMENTOS PÚBLICOS.

O grelo  quer ser um samaritano HIGH PROFILE.... ele se deixa levar pela  propaganda e promessa da caridade, marionete de demagogos e espertalhões.  trollface


[Image: madre-teresa-5.jpg?quality=100&ssl=1]


[Image: faixa2_francisco.png]
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#14
(24-09-2020, 08:05 PM)Slavic Escreveu: Ótimo tópico, tipo de conteúdo que se destaca neste antro de fofocas e conspirações... 

Também não sou muito fã de séries, vejo uns 2 episódios a cada 3 semanas e olhe lá; demorei 6 anos pra terminar Sons of Anarchy e desde 2016 assisto Vikings. Talvez eu abra uma exceção para ver essa aí que tu indicou por haver bastante ação.



@gRILO


Você se atrapalhou na interpretação. Ser low profile é não fazer as coisas com intuito de ser percebido, é ser modesto. Um pedreiro, por exemplo, na maioria das vezes é um sujeito simples, muito útil para sociedade e pode ter muitos amigos. Uma característica não influi sobre a outra.

Quantas vezes você postou uma foto ou comprou uma roupa cara com a intenção de que as pessoas olhassem para você? Isso é ser o oposto do tema apresentado aqui. Se for para ser reconhecido, que seja por consequência das suas ações e não agir assim como meta de ter o ego massageado.

O low profile está voltando agora com o nome de minimalismo e outras derivações... Aguardando o tópico do nosso nobre @Patrulheiro sobre o manifesto contras as redes sociais, de quebra recomendo o documentário "O dilema das redes" -- escancarando os sistemas usados para prender o maior número de usuários conectados.

Não cara, eu sei oque é Low Profile. É viver abaixo de suas possibilidades e não querer "Se Mostrar" 

Mas a forma que o Heracles definiu (um cara quieto, que vai para casa e lê seus livros e que não se relaciona com as pessoas) eu achei equivocado.

Mas no final, eu acredito que tudo seja equilibrio. Vejo que muita gente usa certos modelos de vida que também são fugas da própria realidade.
Além disso, ore para que a vontade de Deus seja feita! Não a sua.
Responda-o
#15
Realmente é muito triste e decepcionante quando a gente pensa em escrever uma coisa simples e rápida, e mesmo assim a interpretação que fazem das nossas palavras é tão sofrível de se ler que é necessário DESENHAR!  Facepalm


Na verdade, eu nem vou considerar que foi analfabetismo funcional esse monte de estrume que você disse, pq o que eu escrevi foi tão SIMPLES, claro e direto que só pode ser mau caratismo da sua parte, "amigo":

(24-09-2020, 06:51 PM)gRILO Escreveu: Como disse, acredito que estamos aqui para CONVIVER COM NOSSOS IRMÃOS, PRESTAR SERVIÇOS A ELES!

...


E Você só consegue isso SERVINDO O MÁXIMO DE PESSOAS POSSIVEIS!

Parece que PROPOSITALMENTE não leu esses trechos, ou se leu, está se fazendo de idiota para justificar a seu estúpido ideal de mundo:

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: no final das contas não faz questão nenhuma de ser reconhecido, de ser parabenizado, de ser enaltecido ou qualquer outra coisa do tipo. Faz simplesmente porque percebe que é o seu dever de HOMEM.
*NOTA: Fazer pode ser entendido como servir ou prestar serviços

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: passar confiança para os que dependem e não dependem de você

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: Mas a sua mentalidade deve ser: “quer saber, foda-se, eu não tenho medo e posso dar um jeito SEMPRE”.

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: Castle sempre está pronto para tomar alguma decisão difícil e fazer algo a respeito

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: Se torne um homem operacional, que faz antes de "ser"

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: apenas as suas ações importam, entenda isso de uma vez. Seja especialista na sua área de atuação

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: desenvolver a capacidade de ter amor pela vida

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: Ser viril é não ter nenhuma forma de medo de entrar em ação para realizar qualquer tarefa que seja

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: Não existe a dia perfeito, a situação perfeita, ou o que quer que seja, toda hora é a hora, ou seja, tudo importa

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: O homem viril entende que ele é apenas um veículo para manifestação de algo maior

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: Nós somos como a lança na mão de Deus. Sempre pronta para agir

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: a característica do homem é fazer esse mundo girar

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: a única coisa que você quer saber é em como pode ser útil, o que você é capaz de fazer. Repetindo, FAZER!!!

Vamos repetir esse final:

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: a única coisa que você quer saber é em como pode ser útil, o que você é capaz de fazer. Repetindo, FAZER!!!

(23-09-2020, 02:27 PM)Héracles Escreveu: a única coisa que você quer saber é em como pode ser útil, o que você é capaz de fazer. Repetindo, FAZER!!!


Aí, depois de todas essas partes e mais algumas outras, a conclusão óbvia do nosso empreendedor bem sucedido sobre o que eu quis dizer foi:

(24-09-2020, 06:51 PM)gRILO Escreveu: Mas eu acredito que o Low Profile que vc descreveu é de alguma forma se esconder da verdadeira REALIDADE e do verdadeiro SERVIÇO as pessoas.



[Image: Puta-que-.jpg]

Eu desisto... não consigo mais. 

(24-09-2020, 06:51 PM)gRILO Escreveu: O VERDADEIRO PRAZER vem de fazer coisas para outras pessoas e ser RECONHECIDO por isso.

Quanto mais visto, lembrado e influente for, mais pessoas poderá SERVIR!

Bem, por esse trecho nós vemos perfeitamente que você vive naquele sonho teenager de que você só tem valor, se um monte de imbecil igual a você saber da sua existência irrelevante, ou seja, na sua cabeça quanto mais seguidores mais "fodão" você será. Não é atoa que as suas referências são best selles de auto ajuda de araque... é só mais um chimpa na multidão que tem a ilusão de ser o super fodão com mentalidade diferenciada pq lê essas merdas.

(24-09-2020, 06:51 PM)gRILO Escreveu: Por isso os Empresários, pastores e politicos são as pessoas mais influentes da socieidade.

Isso aqui eu nem prefiro comentar, que é de uma estupidez tamanha, que chegou a arder meu olhos quando eu li.

(25-09-2020, 08:30 AM)gRILO Escreveu: Mas a forma que o Heracles definiu (um cara quieto, que vai para casa e lê seus livros e que não se relaciona com as pessoas) eu achei equivocado.

Cara, eu to falando de coisas que aconteceram na SÉRIE! ASSISTA A SÉRIE ANTES DE FALAR MERDA, MEU DEUS! Agora quem vai para casa ler livros automaticamente não se relaciona com pessoas?

Tu é deficiente mental ou o que? ...


Enfim, acho que o melhor é eu ficar na minha e deixar você pensar o que quiser. Se não entendeu essas palavras simples, realmente eu não tenho nada a te oferecer. Vivemos em realidades muito diferentes.  

(24-09-2020, 10:43 AM)Patrulheiro Escreveu: Uma dúvida: você associa a palavra low-profile a alguém que adota a simplicidade voluntária ou alguém discreto? Ou os dois?

Eu entendo low-profile como um cara que não busca aprovação. Acho que estaria mais para um cara discreto, que vive uma vida mais simples, pq afinal só a vida simples é significativa. Mas simplicidade de jeito nenhum significa falta de elegância, por isso eu levo uma vida com charutos e bons ternos também 

(24-09-2020, 10:43 AM)Patrulheiro Escreveu: Sempre quando digo as mulheres que não possuo redes sociais, elas perguntam se sou casado. Só me resta responder: 'sim, com o boxe, a vida inteira'.

#MITRULHEIRO

Gargalhada
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#16
Cara, eu posso até ter falado merda por não ter compreendido de fato oque você quis dizer. Lendo ele pela 2x, eu peguei algumas coisas positivas.

Mas você tem que confessar, que você descreveu esse cara como um "Perfil ideal de homem" e obviamente se identificou com ele.

E eu não vejo problema nenhum nisso meu caro.

Só disse, que minha VISÃO não é exatamente igual a sua.

Acredito muito no Relacionamento com as pessoas e acho que tudo tem que ser equilibrado.

Não vejo nada demais em pessoas que vivem um estilo de vida HIGH Profile, dentro de suas condições.

O PROBLEMA ao meu ver, é o cara querer ser oque ele não é!

Até porque, muitos caras que conheço no Instagram que tem um Estilo de vida Acima da média, na maioria das vezes acaba por inspirar outros.

O cara querer ser bem sucedido no seu meio, ganhar respeito, reconhecimento e gozar de algumas coisas que o dinheiro pode te dar não vejo mal nenhum.

Isso quer dizer que você não falou coisas BOAS? Claro que não. Até porque não tenho nada contra quem pratica o Low Profile ou High Profile

Só acho que existe um equilibrio Aí.

Por exemplo.

A Trajetória do Arnold Schawznneger foi Low Profile? Depende. Ele nunca ostentou, mas sempre quis estar no TOPO DA PIRÂMIDE da Sociedade. E quantas pessoas esse cara ajudou/influenciou por esse desejo dele de ser INFLUENTE na sociedade?

O Perfil dele por exemplo, vai de desencontro com o perfil que você descreveu ao meu ver.

Acontece, que assim como você disse que eu me inspiro em livros de "Auto Ajuda barata" você também tem os seus Lordes do século XV viking.

Isso não quer dizer que você seja o dono da verdade, e MUITO MENOS EU.

Mas no final, minha principal critica foi o seu perfil low profile, não ser descrito como um perfil sociavél, ou estou errado? Em qual parte você fala sobre a importância do RELACIONAMENTO com PESSOAS?

E isso vai de desencontro ao que acredito.

SÓ VISÕES DIFERENTES!

Paz!
Além disso, ore para que a vontade de Deus seja feita! Não a sua.
Responda-o
#17
(25-09-2020, 11:05 AM)gRILO Escreveu: Cara, eu posso até ter falado merda por não ter compreendido de fato oque você quis dizer. Lendo ele pela 2x, eu peguei algumas coisas positivas.

Mas você tem que confessar, que você descreveu esse cara como um "Perfil ideal de homem" e obviamente se identificou com ele.

E eu não vejo problema nenhum nisso meu caro.

Só disse, que minha VISÃO não é exatamente igual a sua.

Acredito muito no Relacionamento com as pessoas e acho que tudo tem que ser equilibrado.

Não vejo nada demais em pessoas que vivem um estilo de vida HIGH Profile, dentro de suas condições.

O PROBLEMA ao meu ver, é o cara querer ser oque ele não é!

Até porque, muitos caras que conheço no Instagram que tem um Estilo de vida Acima da média, na maioria das vezes acaba por inspirar outros.

O cara querer ser bem sucedido no seu meio, ganhar respeito, reconhecimento e gozar de algumas coisas que o dinheiro pode te dar não vejo mal nenhum.

Isso quer dizer que você não falou coisas BOAS? Claro que não. Até porque não tenho nada contra quem pratica o Low Profile ou High Profile

Só acho que existe um equilibrio Aí.

Por exemplo.

A Trajetória do Arnold Schawznneger foi Low Profile? Depende. Ele nunca ostentou, mas sempre quis estar no TOPO DA PIRÂMIDE da Sociedade. E quantas pessoas esse cara ajudou/influenciou por esse desejo dele de ser INFLUENTE na sociedade?

O Perfil dele por exemplo, vai de desencontro com o perfil que você descreveu ao meu ver.

Acontece, que assim como você disse que eu me inspiro em livros de "Auto Ajuda barata" você também tem os seus Lordes do século XV viking.

Isso não quer dizer que você seja o dono da verdade, e MUITO MENOS EU.

Mas no final, minha principal critica foi o seu perfil low profile, não ser descrito como um perfil sociavél, ou estou errado? Em qual parte você fala sobre a importância do RELACIONAMENTO com PESSOAS?

E isso vai de desencontro ao que acredito.

SÓ VISÕES DIFERENTES!

Paz!

Grilo, não sou procurador do @Héracles Gargalhada Gargalhada

E discordar, faz parte.

Mas creio que a grande "frustração" tenha sido justamente o trecho que destaquei.
O texto todo fala, acima de tudo, sobre servir ao próximo e o seu comentário, foi justamente no sentido contrário, como se o texto evoca-se "eu faço o meu e foda-se o mundo", creio que tenha sido este o ponto de conflito de interpretação.

No mais, High profile e low profile (sou do segundo time), são decisões pessoais e sempre haverão debates sobre isso... e sinceramente, tanto faz.

Se alguém da sua família cair INFARTADO, você vai querer uma pessoa SOCIÁVEL do seu lado, OU ALGUÉM QUE SAIBA REALIZAR UMA MASSAGEM CARDIACA DE EMERGÊNCIA?

É mais ou menos por ai, o sentido do texto.
Seja útil, o resto é enfeite e escolha individual de cada um.

EDIT. Corrigi alguns erros de ortografia.
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#18
[Image: 630]
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#19
Rapaz, eu gostei da série por causa da pancadaria e ação, nem reflleti sobre isso quando assisti, rs.
"Escola? E o aprendizado com os próprios erros? A experiência te faz professor de si próprio".
Responda-o
#20
Só digo uma coisa, cada qual no seu cada qual.

Tem cara que é mais útil sendo popular, tem cara que é mais útil quieto no seu canto cumprindo seu dever.

E tem cara que é BOSTA em qualquer uma dessas duas posições

Como ser high profile é pra poucos, +1 no Héracles dessa vez. Ao invés de ter delírios de grandeza e ficar na mediocridade, é melhor se contentar em ficar no seu canto e fazer o melhor o possível lá.

E isso não tem nada a ver com deixar de servir a sociedade ou se relacionar com as pessoas. Um médico serve muito mais a sociedade na sua profissão do que ostentando sua grana em rede social.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  A arte de ser Low Profile Mr. Rover 164 58,273 28-08-2020, 07:43 PM
Última Postagem: Patrulheiro

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)