Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Porrada no churrasco por causa de copo de cerveja
#1
Porrada no churrasco por causa de copo de cerveja
(por Doc Cavera)

[Image: LkfS0NK.jpg?1]


Certa feita, eu estava num churrasco da faculdade onde me formei...

Eu estava na condição de veterano, era um churrasco da atlética a qual eu pertenci e pela qual competi elevando o nome da nossa instituição... Estava lá tomando minha cerva de boa numa roda com mais 3 amigos das "antigas"...

Meu amigo tomou um fora de uma vadia a poucos metros de distância e eu fiquei rindo da cara dele, em momento algum olhei pra menina ou fiz qualquer referência à pessoa dela. Parece que ela ficou com raiva de mim, não sei! Só sei que ela chegou perto de mim e jogou o copo de cerveja dela na minha cabeça, eu como sou muito tranqüilo e nunca precisei dar porrada em mulher vagabunda, retribui o copo de cerveja dela, despejando calmamente o meu, que estava cheio, na camisa dela...

Fiquei quieto e deixei ela me insultar à vontade, continuei conversando com meus amigos, mas sempre com a visão periférica ligada, porque eu sabia que a qualquer momento eu poderia engajar em combate com um mangina...

O churrasqueiro, que era PM também, viu tudo e me deu razão, mas disse pra eu ficar na miúda, como de fato fiquei...

Nesse meio tempo chega um mangina grandão, mas sem nenhuma técnica de porrada, pra tirar satisfação... Não pensei duas vezes quando ele se aproximou de mim e passei um "bandão" (ashi barai, vulgo: rasteira) no tontinho que caiu com tudo e ficou fora de combate...

Nisso juntou todo mundo da festa pra me quebrar, não fosse o PM que tava a paisana trabalhando de churrasqueiro pra complementar a renda da família eu poderia ter morrido ali naquele lugar...

Pergunta: Vocês tem dúvidas de que essa mulher é filha da puta? Por isso que hoje quando eu leio no jornal notícias do tipo: "Mulher era espancada por marido", "Namorado mata namorada por ciúmes", etc... Eu nem dou muito crédito... Pois mulher adora ver homens se matarem e/ou se fuderem por causa delas!

Comentário do Guardião: Aparentemente essa realidade tem mudado, há pouco tempo uma reportagem mostrou uma mulher que foi agredida em um bar e ninguém a socorreu, e vimos nas imagens que foi por culpa dela mesma. Torçamos para que mais homens deem mais valor para si próprios.

Esse tópico faz parte do projeto Segunda das Relíquias perdidas.
Responda-o
#2
Bill Burr fala disso em uma parte do show dele, ele faz de forma genial. Eu já morei com vizinhos alcoolatras, naquela época eu já tinha conhecido a real, mas era novo e inexperiente, nas primeiras vezes que ouvi confusão, pensei naquele velho enredo bluepill: "nossa, coitada, ta apanando do marido, que coisa horrível" mas com o tempo, comecei a perceber o tipo de pessoa que ela era, todas as vezes que alguma discussão se iniciava, era por causa dela, além de viver dando berros altos pra cacete.

Não que o cara fosse santo, mas ela tava longe de ser uma santa também, aliás, eram dois trastes que se mereciam, e é isso que a maioria dessas "notícias" não conta, o homem podia não prestar, mas ao contrário do que a reportagem pinta, é muito provável que a mulher que inicia um relacionamento com um sujeito desses não seja lá flor que se cheire também.
Responda-o
#3
Já relatei isso no FdB e compartilho aqui com os Srs.:

Resumo: estava em uma festa com um amigo gordão gente boa (estilo nerd) e do nada passa uma moçoila e esbarra nele e diz: "horroso, feioso não passe a mão em mim, não me segure" (ou algo similar a isso). Depois disso ela se dirigiu a um grupo de amigos e com uma interpretação digna de oscar fez cena, apontou para o meu conhecido, disse a outros caras que ele teria passado a mão nela. Depois desse fato muitos foram tirar satisfação com ele. Alguns mais nervosos. Eu permaneci firme ao lado do meu amigo e diz que ele nada fez, que ele inclusive estava de costas. Depois de alguma discussão e troca de farpas saímos de lá.

Nota: essa mesma vagabunda é aquela que tem coragem de denunciar esse pobre camarada e dizer que ele praticou assédio.

Depois de conhecer esse lado obscuro das mulheres e presenciar na vida real. Digo: só acredito em denúncias desse gênero e similares se tiver provas robustas e testemunhas que sejam desconhecidas da pseudo vítima. 

(mudando de assunto) Justiça inocenta empresário acusado de estuprar Mariana Ferrer. Parabéns ao magistrado. A meu entender, decisão correta e justa. Diante do arcabouço de provas fracas. E não titubeou mesmo tendo movimentos fortes de queima de reputação antecipada.

Por mais magistrados assim.

Por fim, aos estupradores de verdade à morte.
Não existe um gene para o espírito humano.
 Gattaca, A experiência genética
Responda-o
#4
É, mas não se engane achando que a decisão desse magistrado reflete a grande parte das sentenças do país hoje. Deveria ser, de fato, mas está longe, bem longe de ser uma regra. Estou para te dizer que essa é a exceção da exceção da exceção.
E se vocês estavam acompanhando o caso, puderam perceber a repercussão nas mídias e redes sociais, todos mostrando indignação na decisão proferida.

Eu acho o cúmulo do absurdo esses caras que arrumam confusão e compram briga por mulheres que eles jamais vão pegar. Se fossem pegar, estariam muito errados, sem pegar então, meu Deus.
Deram sorte que tentaram agredir homens de bem (estou levando em consideração apenas o que vocês relataram), que estavam na festa apenas para curtição. Mas, um dia a sorte acaba e os machos alphas defensores das promíscuas e dissimuladas acabam levando uma bala no peito.

Eu só discordo do comentário do Guardião. Entendo se essa observação foi feita há anos atrás, mas se for atual, não é o que observo.
O que vejo é os homens cada vez mais repelidos a tomarem alguma atitude mesmo que seja para LEGÍTIMA DEFESA, justamente pelo fato de que sairão manginas paladinos da justiça até do boeiro da rua para comprarem a briga da balzaca atrevida.
Mateus 21:22
Responda-o
#5
Tem mulher que tem compulsão por esses fetiches de causar confusão, elas se sentem com um tremendo poder ao controlar manginas feito marionetes e fazer homens caírem na porrada "por causa dela".

@consigliere ... imagino quanto de honorários esse cara não gastou, ele deveria pagar GPs de luxo vitaliciamente para os advs., ficou claro que ela floreou a história dizendo que foi drogada e estava inconsciente, as imagens de câmeras mostraram que a donzela foi a outra boate perto dali, sem mostrar sinais de estar drogada, sem mostrar-se atônita ou cambaleante, sem sequer ter pedido ajuda após o suposto ato.
Responda-o
#6
(21-09-2020, 07:58 AM)consigliere Escreveu: Já relatei isso no FdB e compartilho aqui com os Srs.:

Resumo: estava em uma festa com um amigo gordão gente boa (estilo nerd) e do nada passa uma moçoila e esbarra nele e diz: "horroso, feioso não passe a mão em mim, não me segure" (ou algo similar a isso). Depois disso ela se dirigiu a um grupo de amigos e com uma interpretação digna de oscar fez cena, apontou para o meu conhecido, disse a outros caras que ele teria passado a mão nela. Depois desse fato muitos foram tirar satisfação com ele. Alguns mais nervosos. Eu permaneci firme ao lado do meu amigo e diz que ele nada fez, que ele inclusive estava de costas. Depois de alguma discussão e troca de farpas saímos de lá.

Nota: essa mesma vagabunda é aquela que tem coragem de denunciar esse pobre camarada e dizer que ele praticou assédio.

Depois de conhecer esse lado obscuro das mulheres e presenciar na vida real. Digo: só acredito em denúncias desse gênero e similares se tiver provas robustas e testemunhas que sejam desconhecidas da pseudo vítima. 

(mudando de assunto) Justiça inocenta empresário acusado de estuprar Mariana Ferrer. Parabéns ao magistrado. A meu entender, decisão correta e justa. Diante do arcabouço de provas fracas. E não titubeou mesmo tendo movimentos fortes de queima de reputação antecipada.

Por mais magistrados assim.

Por fim, aos estupradores de verdade à morte.

Não sabia desse caso. 

Esse juiz fui destemido. É o típico caso que começa com condenação por aclamação popular. 

No entanto, as pessoas desconhecem a principiologia do processo penal, sobretudo a presunção de não culpabilidade.

Embora haja imagens, sêmem e DNA, exige-se a prova da voluntariedade do agente. Suponho que aí não houve elementos que demonstrasse a intenção de praticar a violência sexual.

O fato de a moça estar dopada não significa que o cara a dopou e que notou o torpor, aproveitando-se dele.

O que mais me entristece nesses casos é a ausência de discussão sobre o sistema: jovens mulheres bonitas que ganham um bom dinheiro expondo sua beleza e prestando favores sexuais. Nesse ponto, as feministas gritam o velho discurso do: "o corpo é delas!". 

Penso que o assédio se afigura a consequência inescapável da exposição excessiva da mulher. A psicologia reiteradamente define o campo visual como o despertador da libido masculina:

Citação:"A visão é, provavelmente, a fonte de estimulação sexual mais importante que existe.

No homem, existem numerosos estímulos visuais envolvidos na atração sexual, que vão muito além da visão dos genitais do sexo oposto. A forma de mover-se, um olhar, um gesto, inclusive a forma de vestir-se, são estímulos que, enquanto potencializam a capacidade de imaginação do ser humano, podem resultar mais atraentes que a contemplação pura e simples de um corpo nu.

Segundo o neurobiólogo James Old, o amor entra pelos olhos." A Fisiologia da Paixão
Responda-o
#7
Olha como as coisas são.
Foi relendo o tópico e a minha postagem que acabei de me dar conta do seguinte: eu corri sérios riscos de algo parecido com o que vocês relataram acontecer comigo.

Digo, pois minha última namorada arrumava confusão em todos os lugares que nós íamos, a ponto de eu evitar sair com ela e pedir as coisas mais pelo ifood. Isso já faz uns anos, mas me veio o insight só agora. Olha que coisa louca, velhos, puta que o pariu.

Eu saia com ela já receoso, pois sabia que alguma treta ela ia tentar arrumar (e o manginão aqui, todo receoso, mas não falava nada, pqp, frouxo da porra).
Não esqueço de uma vez que fomos ao cinema e ela arrumou treta com dois caras que estavam nos bancos de trás. De acordo com ela, estavam chutando o assento dela. Ela nem pensou duas vezes, virou para trás e mandou um "vocês vão chutar meu assento até quando? dá licença que quero assistir meu filme".

Se fosse esse fato isolado, por mais que a abordagem dela tenha sido totalmente desproporcional, pois se os caras gostassem de briga, com certeza eu teria que enfrentá-los, eu até entenderia, mas caralho, não era possível que era tão azarada assim de sempre nas nossas saídas, algo acontecer com ela.

Enfim, deixando apenas uma experiência pessoal aqui, achei bem válido, pois nunca parei para pensar nisso e com o tópico e as observações de vocês, percebi que corri sérios riscos.
Depois que passei a ter a leitura como hobby, esses insights acontecem com mais frequência. Minha capacidade associativa aumentou absurdamente depois de ler livros.

A real salva vidas!
Mateus 21:22
Responda-o
#8
(21-09-2020, 12:50 AM)Guardião Escreveu: Pois mulher adora ver homens se matarem e/ou se fuderem por causa delas!

Esse é mais um motivo pra não se ter amigos, pois é quase certo que uma mulher que tu já tenha ficado, vai dar mole pra algum amigo teu... e não espere que ele rejeite a oferta.



(21-09-2020, 08:10 AM)hjr_10 Escreveu: Eu acho o cúmulo do absurdo esses caras que arrumam confusão e compram briga por mulheres que eles jamais vão pegar.

A esperança é a última que morre Yaoming
Responda-o
#9
(21-09-2020, 07:59 PM)Hombre de hielo Escreveu:
(21-09-2020, 12:50 AM)Guardião Escreveu: Pois mulher adora ver homens se matarem e/ou se fuderem por causa delas!

Esse é mais um motivo pra não se ter amigos, pois é quase certo que uma mulher que tu já tenha ficado, vai dar mole pra algum amigo teu... e não espere que ele rejeite a oferta.

Rapaz, na boa, cê tá lendo o que tá escrevendo? Vou dizer é nada, cara, isso já é sinal de coisa grave.

Te cuida, Coração de Gelo, procura resolver essas paradas. Aqui ninguém quer te ver mal não, filhote.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#10
Voltando ao tópico aqui, eu no caso do OP preferia pegar meu próprio copo de cerveja e ainda jogar me cima de mim e bradar como tá quente naquele dia, e congratular a mulher por dar um fora no outro lá.

Se ela insistisse em besteirada já falava logo pra organização ficar de olho para caso precise remover a moçoila à força.

...

Nessas horas é bom sempre conhecer o lugar onde vai, se possível os seguranças e até ser amigo do dono e ter esse tipo de precaução (ser amigo de PM a paisana é um belo bônus).

Não adianta pois não existe justiça para a cabeça dessas galinhas briguentas, o cara tem que manter o cool vibes e só, deixa ela mesmo se dar corda para se enforcar. Mesmo auto-defesa é inútil, é melhor usar de outros meios para subtrair a dama do ambiente.

Você só vira os olhos para a mulher e lhe encosta em um fio de cabelo se for o último caso, mesmo assim deixa todo mundo ligado, o dono de aviso prévio, prepara tua rota de fuga, o máximo de coisa registrada o possível, etc. O que você deve fazer é apenas imobiliza-la e impedir de que ela te bata.

Mas se possível nem olhe, ela não deve existir e nem ser um incômodo. Ainda mais se tiver acompanhado de namorado ou outro cachorrinho de guarda. Já ouvi altos relatos de cara que não fez nada e tomou sarrafo por conta de vadia que quer ver o circo pegar fogo.

Peça para um amigo chamar o segurança ou até a polícia. Se for levar tudo as últimas consequências mete um BO na vadia e quem mais for necessário.

Não jogue contra as chances com criaturas assim, que vão fazer de tudo pra foder sua vida por causa do orgulho de merda delas.

E se você namorar uma dessas, apenas arraste ela educadamente para um canto e diga bem sério que vai ter uma conversinha com ela mais tarde... Se desculpe com os parças, a não ser que sejam uns vagabundos, se for, ignore. Em caso de reincidência ameace terminar o namoro e fique sem sair com ela por um bom tempo. Na terceira, dê tchau e benção.

Nada vale mais que o seu sossego, lembre-se sempre.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#11
(21-09-2020, 07:25 PM)hjr_10 Escreveu:
Spoiler Revelar
Olha como as coisas são.
Foi relendo o tópico e a minha postagem que acabei de me dar conta do seguinte: eu corri sérios riscos de algo parecido com o que vocês relataram acontecer comigo.

Digo, pois minha última namorada arrumava confusão em todos os lugares que nós íamos, a ponto de eu evitar sair com ela e pedir as coisas mais pelo ifood. Isso já faz uns anos, mas me veio o insight só agora. Olha que coisa louca, velhos, puta que o pariu.

Eu saia com ela já receoso, pois sabia que alguma treta ela ia tentar arrumar (e o manginão aqui, todo receoso, mas não falava nada, pqp, frouxo da porra).
Não esqueço de uma vez que fomos ao cinema e ela arrumou treta com dois caras que estavam nos bancos de trás. De acordo com ela, estavam chutando o assento dela. Ela nem pensou duas vezes, virou para trás e mandou um "vocês vão chutar meu assento até quando? dá licença que quero assistir meu filme".

Se fosse esse fato isolado, por mais que a abordagem dela tenha sido totalmente desproporcional, pois se os caras gostassem de briga, com certeza eu teria que enfrentá-los, eu até entenderia, mas caralho, não era possível que era tão azarada assim de sempre nas nossas saídas, algo acontecer com ela.

Enfim, deixando apenas uma experiência pessoal aqui, achei bem válido, pois nunca parei para pensar nisso e com o tópico e as observações de vocês, percebi que corri sérios riscos.
Depois que passei a ter a leitura como hobby, esses insights acontecem com mais frequência. Minha capacidade associativa aumentou absurdamente depois de ler livros.

A real salva vidas!

Como esse relacionamento acabou? Agora fiquei curioso Gargalhada, se ela fazia isso até com estranhos, imagino que o pau vivia pegando entre vocês dois, e não no bom sentido.
Responda-o
#12
(21-09-2020, 07:59 PM)Hombre de hielo Escreveu:
(21-09-2020, 12:50 AM)Guardião Escreveu: Pois mulher adora ver homens se matarem e/ou se fuderem por causa delas!

Esse é mais um motivo pra não se ter amigos, pois é quase certo que uma mulher que tu já tenha ficado, vai dar mole pra algum amigo teu... e não espere que ele rejeite a oferta.
Irmão, você precisa de ajuda. O que aconteceu para você chegar nesse "raciocínio"?
Tomai, por tanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever. Efésios 6, 13

Responda-o
#13
(21-09-2020, 07:59 PM)Hombre de hielo Escreveu:
(21-09-2020, 12:50 AM)Guardião Escreveu: Pois mulher adora ver homens se matarem e/ou se fuderem por causa delas!

Esse é mais um motivo pra não se ter amigos, pois é quase certo que uma mulher que tu já tenha ficado, vai dar mole pra algum amigo teu... e não espere que ele rejeite a oferta.

Confrade, pensando em te ajudar, estamos aqui para isso, para nos reerguer de forma mútua. Leia M. Academy e verás um princípio universal e fundamental: a dependência. Robinson Crusoé que o diga. Nenhum homem nasceu para ser um ilha.

Devemos aprender a fazer "amizades" com outros homens, ANTES MESMO DE QUERER CONHECER AS MULHERES, sim!, temos que aprender a formar colegas, dialogar com outros caras, criar debates e troca de experiências etc.

Reflita: o próprio fórum para se formar, se consolidar, tem que ter em suas raízes os traços desse príncipio. Nos referimos aqui, muitas vezes, uns aos outros, como "confrades". Pense bem.

Coragem, Hombre.
Não existe um gene para o espírito humano.
 Gattaca, A experiência genética
Responda-o
#14
(21-09-2020, 07:59 PM)Hombre de hielo Escreveu:
(21-09-2020, 12:50 AM)Guardião Escreveu: Pois mulher adora ver homens se matarem e/ou se fuderem por causa delas!

Esse é mais um motivo pra não se ter amigos, pois é quase certo que uma mulher que tu já tenha ficado, vai dar mole pra algum amigo teu... e não espere que ele rejeite a oferta.


Muito pelo contrário...
A interdependência, alias, é um traço notável dos homens.
Nossa capacidade de nos mantermos leais a pactos e pessoas é que nos possibilitou sobreviver.
Isso obviamente (acho desnecessário a ressalva, mas vou me precaver), não significa sair se associando ao primeiro idiota que aparecer na rua... 
Quem aceita sair com a mulher de algum amigo, é pq nunca foi amigo... 
Agora, quem tem sede de vida e cujo a ambição esteja além da área de lazer do seu condomínio, sabe que precisamos de pessoas em quem possamos confiar.
"O código dos homens é o código de gangue"
(Livro: O código dos homens)
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#15
Não entendi o alardeio. 'Amigo' é uma palavra muito forte, eu nem costumo utilizá-la no meu dia a dia. Creio que pela fama do @Hombre de hielo vocês acabam problematizando tudo o que ele diz mas eu não vi nada demais ali, só esse linguajar de ermitão misturado com ironia barata. Fora isso o cara tá certo, façam um exame de consciência em vocês, homens gostam de se sentir desejados pelas amigas da namorada assim como as mulheres gostam de se sentir desejadas pelos amigos do namorado, mesmo que não haja atração sexual esse desejo tá lá, disfarçado de qualquer outra coisa mas tá lá sim. 

Se vai haver traição ou não isso aí eu pouco me importo, assim como se a mulher vai ou não atrás dos amigos do cara é outra bobagem irrelevante. Agora a partir do momento em que a palavra 'amigo' é pronunciada, aí que eu me questiono, quantas pessoas você pode chamar de amigo? Responda pra sua consciência. Tem muito otário aí que fica todo bobão quando tá em uma rodinha de 'amigos', se sente o máximo, o querido, o popular..., tem até idiota que paga, muito caro, pra ter a companhia de supostos amigos. Só puxar o histórico aí de algumas celebridades que você fica sabendo quem é. 

Cansei de ouvir "ih, ó lá o esquisito fechadão", mas de uma coisa eu tenho toda certeza do mundo, nunca morri por isso. No dia em que um suposto amigo te roubar, dentro de sua própria casa, ou então te passar a perna, aí você vai saber o que é amigo nesse mundo, e como vai. Não que eu seja um emo niilista e birrento que tem raiva da humanidade, mas quando me mostram um telefone lotado de contatos ou então redes sociais cheia de seguidores, stories, selfies e essas bobagens todas, ou convites pra festas e mais festas eu fico me perguntando se eu sou mesmo normal.  

De resto, falo com quem tenho que falar; converso ao máximo quando acho alguma pessoa interessante; dou "bom dia", "boa tarde" e "boa noite" pra todos, sem distinção, mas esse de negócio de amigo aí é coisa de contar nos dedos de uma mão e talvez nem passe disso (esses eu valorizo). Eu penso que é mais fácil achar uma exceção do que um amigo, mas vai saber né..., cada um que cuide das suas contas.
 

Responda-o
#16
(22-09-2020, 11:15 AM)Dallas Escreveu: Cansei de ouvir "ih, ó lá o esquisito fechadão", mas de uma coisa eu tenho toda certeza do mundo, nunca morri por isso. No dia em que um suposto amigo te roubar, dentro de sua própria casa, ou então te passar a perna, aí você vai saber o que é amigo nesse mundo, e como vai. Não que eu seja um emo niilista e birrento que tem raiva da humanidade, mas quando me mostram um telefone lotado de contatos ou então redes sociais cheia de seguidores, stories, selfies e essas bobagens todas, ou convites pra festas e mais festas eu fico me perguntando se eu sou mesmo normal.  

De resto, falo com quem tenho que falar; converso ao máximo quando acho alguma pessoa interessante; dou "bom dia", "boa tarde" e "boa noite" pra todos, sem distinção, mas esse de negócio de amigo aí é coisa de contar nos dedos de uma mão e talvez nem passe disso (esses eu valorizo). Eu penso que é mais fácil achar uma exceção do que um amigo, mas vai saber né..., cada um que cuide das suas contas.

Você ignorou completamente o comentário brilhante do Bandeirante, sobre interdependência, sociedade, camaradagem pra criar um espantalho de que "amigo" é qualquer um, que só serve pra balada, festa, farra.

Já falei isso aqui antes, não empurre goela abaixo essa falácia do "lobo solitário", "não preciso de ninguém". Garanto que muitos aqui já conseguiram um emprego pela indicação de um amigo, alguém já foi socorrido por um amigo quando o carro quebrou ou tava sem grana. Se isolem nos seus quartos e vejam a merda que vai dar.

Não vi ninguém aqui dizendo que tu deve achar que todos são seus amigos ou que se deve confiar cegamente em qualquer um por aí .
Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#17
Porque alguns de nos não evoluímos? E ficamos falando as mesmas asneiras de que de nada adiantam

Simples, não arriscaram a própria pele, a realidade não é o que a pessoa escreve, diz ou pensa e sim no que efetivamente faz.

Aliás leiam o livro do Taleb de nome Arriscando a própria pele.

" O livro é sobre a importância de identificar e filtrar a baboseira... A diferença entre a teoria e a prática, o mundo acadêmico e o real...
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#18
Spoiler Revelar
(22-09-2020, 11:15 AM)Dallas Escreveu: Não entendi o alardeio. 'Amigo' é uma palavra muito forte, eu nem costumo utilizá-la no meu dia a dia. Creio que pela fama do @Hombre de hielo vocês acabam problematizando tudo o que ele diz mas eu não vi nada demais ali, só esse linguajar de ermitão misturado com ironia barata. Fora isso o cara tá certo, façam um exame de consciência em vocês, homens gostam de se sentir desejados pelas amigas da namorada assim como as mulheres gostam de se sentir desejadas pelos amigos do namorado, mesmo que não haja atração sexual esse desejo tá lá, disfarçado de qualquer outra coisa mas tá lá sim. 

Se vai haver traição ou não isso aí eu pouco me importo, assim como se a mulher vai ou não atrás dos amigos do cara é outra bobagem irrelevante. Agora a partir do momento em que a palavra 'amigo' é pronunciada, aí que eu me questiono, quantas pessoas você pode chamar de amigo? Responda pra sua consciência. Tem muito otário aí que fica todo bobão quando tá em uma rodinha de 'amigos', se sente o máximo, o querido, o popular..., tem até idiota que paga, muito caro, pra ter a companhia de supostos amigos. Só puxar o histórico aí de algumas celebridades que você fica sabendo quem é. 

Cansei de ouvir "ih, ó lá o esquisito fechadão", mas de uma coisa eu tenho toda certeza do mundo, nunca morri por isso. No dia em que um suposto amigo te roubar, dentro de sua própria casa, ou então te passar a perna, aí você vai saber o que é amigo nesse mundo, e como vai. Não que eu seja um emo niilista e birrento que tem raiva da humanidade, mas quando me mostram um telefone lotado de contatos ou então redes sociais cheia de seguidores, stories, selfies e essas bobagens todas, ou convites pra festas e mais festas eu fico me perguntando se eu sou mesmo normal.  

De resto, falo com quem tenho que falar; converso ao máximo quando acho alguma pessoa interessante; dou "bom dia", "boa tarde" e "boa noite" pra todos, sem distinção, mas esse de negócio de amigo aí é coisa de contar nos dedos de uma mão e talvez nem passe disso (esses eu valorizo). Eu penso que é mais fácil achar uma exceção do que um amigo, mas vai saber né..., cada um que cuide das suas contas.

- Relações humanas são imprescindíveis, o fato é que há uma banalização da palavra amigo, mas a vida em sociedade preconiza certo nível de confiança mútua, na minha época de policia eu tinha pouca relação de com meus parceiros de rádio patrulha, mas confiava neles a minha própria pele, pense o que é trabalhar com um parceiro que vai fugir correndo na hora da troca de tiros e te deixar sozinho na rabuda. Sinceramente, não queria saber se o meu 'ponta 2' tinha esquema de roubo por fora, se ele era corno, se tinha amante, isto não me interessava!

Citando o confrade Dallas:

"Fora isso o cara tá certo, façam um exame de consciência em vocês, homens gostam de se sentir desejados pelas amigas da namorada assim como as mulheres gostam de se sentir desejadas pelos amigos do namorado, mesmo que não haja atração sexual esse desejo tá lá, disfarçado de qualquer outra coisa mas tá lá sim."

Sim, já tive namoradinhas com primas gostosinhas, que me cantavam na cara de pau, eu ficava balançado por elas? Sem dúvidas!

Agora, entre desejar na mente e bolar um plano para marcar uma saída por fora com uma prima gostosa ou amiga da minha mulher há uma distancia enorme, um abismo profundo, eu sei a diferença disto e também sei o que pode acontecer se o adultério for descoberto. Não fazia por questões óbvias de princípios e de respeito a mulher que eu me relacionava.

Se vai haver traição ou não isso aí eu pouco me importo, assim como se a mulher vai ou não atrás dos amigos do cara é outra bobagem irrelevante.
Não!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ... Aí é que há toda diferença, é simplesmente saber domar suas vontades, controlar seus impulsos, sob pena de dar aquela desculpa fdp de que: eu não resiti, aconteceu, não consegui me segurar ...

Alguns já perderam esta distinção entronizando em seu coração um modus operandi de vida cretino e sacana, guiado por vontades carnais, que acha que ser homem é enfiar o buraco em todas as bucetas que aparecerem, inclusive as mulheres de seus amigos ... Vai dar serto sim abiguinho! confie no seu potensial!
Responda-o
#19
(22-09-2020, 11:28 AM)Gorlami Escreveu:
(22-09-2020, 11:15 AM)Dallas Escreveu: Cansei de ouvir "ih, ó lá o esquisito fechadão", mas de uma coisa eu tenho toda certeza do mundo, nunca morri por isso. No dia em que um suposto amigo te roubar, dentro de sua própria casa, ou então te passar a perna, aí você vai saber o que é amigo nesse mundo, e como vai. Não que eu seja um emo niilista e birrento que tem raiva da humanidade, mas quando me mostram um telefone lotado de contatos ou então redes sociais cheia de seguidores, stories, selfies e essas bobagens todas, ou convites pra festas e mais festas eu fico me perguntando se eu sou mesmo normal.  

De resto, falo com quem tenho que falar; converso ao máximo quando acho alguma pessoa interessante; dou "bom dia", "boa tarde" e "boa noite" pra todos, sem distinção, mas esse de negócio de amigo aí é coisa de contar nos dedos de uma mão e talvez nem passe disso (esses eu valorizo). Eu penso que é mais fácil achar uma exceção do que um amigo, mas vai saber né..., cada um que cuide das suas contas.

Você ignorou completamente o comentário brilhante do Bandeirante, sobre interdependência, sociedade, camaradagem pra criar um espantalho de que "amigo" é qualquer um, que só serve pra balada, festa, farra.

Já falei isso aqui antes, não empurre goela abaixo essa falácia do "lobo solitário", "não preciso de ninguém". Garanto que muitos aqui já conseguiram um emprego pela indicação de um amigo, alguém já foi socorrido por um amigo quando o carro quebrou ou tava sem grana. Se isolem nos seus quartos e vejam a merda que vai dar.

Não vi ninguém aqui dizendo que tu deve achar que todos são seus amigos ou que se deve confiar cegamente em qualquer um por aí .

 Precisa ser amigo pra ajudar alguém? Eu já fui ajudado por pessoas completamente desconhecidas e sou eternamente grato a elas, e já ajudei pessoas que até hoje não sei o nome. Mas como seria conviver 40/50 anos com essa pessoa? Seria a mesma coisa? Haveria o mesmo respeito mútuo? Nenhuma vacilação? Conspiração? Inveja? Nada? Como eu disse, cada um que cuide das suas contas. Não sei qual tua crença (e não quero saber também), mas eu particularmente acredito que posso fazer a diferença na vida de alguém e alguém pode fazer a diferença na minha vida e podemos ser pessoas completamente desconhecidas ou até só um pouco distantes e está tudo bem. 

 Agora isso não necessariamente significa amizade, PARA MIM. Não é raro alguém te doar um órgão e depois pedir de volta lá na frente, agora se você pensa diferente, ótimo, cada um tem sua visão a partir da realidade que vive. Cada animal desenvolve um artifício para lhe proteger dos inimigos, uns se camuflam, outros são velozes, há os que abocanham e existe os que voam sempre à espreita. Cada um faz o que aprendeu a fazer.  

O Hielo claramente colocou a palavra 'amigo' no sentido de 'coleguismo' não à toa que ele relacionou com as relações amorosas, como sempre faz. Nisso ele tem razão. Aliás, a própria visão rasa que ele tem da vida é sempre voltada a esmiuçar o comportamento das vadias, algo que me faz associar não sei por que com o sertanejo universitário, então a colocação do @Bandeirante Paulista é assustadoramente mais profunda que o conceito utilizado pelo Hielo. O Bandeirante utilizou como fonte o livro O Código dos Homens, que analisa a amizade em uma perspectiva tribal, que inclusive não está isenta de traições. 

Eu disse que já ajudei e fui ajudado por pessoas desconhecidas. Se você passar mal em alguma rua ou sofrer um acidente, muitos vão lhe ajudar (tem muita gente boa no mundo), tem os cuzões e os covardes mas tem muito sangue bom por aí, mas ninguém é puro (eu não acredito nisso), o homem que te ajuda pode ser o ricardão de uma esposa ou a mulher que te ajuda pode ser a que puxou o tapete da outra no trabalho. Quem liga? Se eu fosse analisar o que o Bandeirante escreveu, na minha tribo eu tenho minhas confusões para cuidar, mas se alguma tribo de fora se aproxima, eu vou reunir meus coligados e juntos vamos esmurrar aqueles calhordas. Aí depois todos voltamos para a suruba interna de conflitos locais. 

Não tem absolutamente nada a ver isso de que só ajuda quem é amigo, até aquela moderninha hipergâmica pode se compadecer do sofrimento de alguém afinal somos seres humanos não? Uma nação inteira se une quando guerreia contra outra, assim o é em um universo micro. Eu afirmo de coração e com toda sinceridade, se fosse preciso, eu daria a minha vida pela vida dos meus amigos e sei que eles também dariam as suas pela minha, agora não é por isso que eu vou ser otário com os outros, o que eu já fiz para ajudar ingratos, injustos, falsos e trapaceiros não está no gibi, e mesmo 'safo' hoje em dia, nunca deixei de continuar ajudando. 

Eu considerei o seu comentário mas ignorei a parte do "lobo solitário", é apenas sua opinião. Continuo defendendo o que escrevi mas caso eu veja que estou ERRADO, faço questão de voltar aqui e dizer.
 

Responda-o
#20
(22-09-2020, 01:30 PM)Dallas Escreveu: Eu considerei o seu comentário mas ignorei a parte do "lobo solitário", é apenas sua opinião. Continuo defendendo o que escrevi mas caso eu veja que estou ERRADO, faço questão de voltar aqui e dizer.

ok
Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)