Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[REFLEXÃO] (Clube da Luta) Semelhança entre 3 escritores
#1
[LEMBRETES]
[Há palavras de baixo calão no texto!]
[Texto não revisado! (apenas escrevi no bloco de notas e depois passei pra cá)]
[Texto confuso!]


Houve uma época em que criaram um tópico para falar sobre o filme e muitos viam-no como sendo algo que nos empurra a seguinte frase: o capitalismo é ruim.
Bom, de forma rasa e direta como muitos de nós pensamos, não deu outra, os comentários foram de que o filme é uma merda e o criador da estória era socialista/comunista/esquerdista.

Lembro que eu disse no tópico que o filme não se tratava de questões políticas mas sim de como um homem deveria ser, as suas prioridades e suas naturezas.
Fiquei devendo um texto sobre o filme e é isso que eu quero tentar fazer agora.

Já aviso que não vou ficar aprofundando no assunto até porque eu ainda estou em fase de estudo (muito lento) sobre o tema além de eu ser terrível em transmitir o que sei e também ser uma forma de fazer com que vocês mesmos pensem e estudem sobre isso.



Logo no começo do filme temos Joe (o personagem principal não possui nome, o nome Joe aparece no apenas livro na parte em que o personagem principal lê um livro de anatomia) indo em grupos de apoio.
Joe é uma pessoa que sofre de insônia e que age como apenas mais um robo na sociedade. Esses grupos de apoio acabam servindo como uma forma de extravasar os sentimentos reprimidos de Joe.
Ele se comove com o sofrimento alheio e chora.

Vivemos em um mundo que não é o nosso (dos homens). Estamos em um mundo que, por mais que haja violência, ainda é um mundo muito calmo e pacifista.
Nós humanos viemos do selvagem, viemos de um local onde o importante era sobreviver, logo, perpetuar nossos genes.
Esse instinto de sobrevivencia perdura até hoje em TODOS nós.


---

(a partir de agora eu recomendo a leitura de Esther Villar e Jack Donovan, há similaridades no que eles dizem assim como há similaridade com o que o livro Clube da Luta nós passa)

Esqueça o que você conhece sobre sociedade, isso foi algo criado por nós humanos e não pela natureza.
Nossos genes ainda são os mesmos de milhares de anos atrás, os mesmos de nossos primos primatas.


Em um dos capítulos do livro de Jack Donovan ele faz uma comparação entre Chimpanzes e Bonobos, dois de nossos primos próximos.

Os chimpanzes vivem em grupos e disputam espaço pelos escassos recursos de alimentação. Esse baixo nível de recursos favorece o surgimento de grupos que tentarão coletar o máximo de femeas e alimentos.
O sexo é utilizado como forma de reprodução e deminam as mulheres.

Os bonobos, ao contrário dos chimpanzes, vivem em um local de alta concentração de recurssos. Não há disputa por território, nem por femeas e nem por alimentos.
Esta fartura favoreceu a paz e logo o macho perdeu a necessidade de criar grupos para disputar recursos com demais grupos.
Com isso o sexo deixou de ser usado como forma de garantir a existencia e passou a ser apenas mais um fator social.
As femeas transam com todos e o homossexualismo se tornou algo comum.
Por fim, as femeas se tornaram as manda chuvas.


Esther Vilar já dizia como os homens tinham potencial infinito mas sentiam a necessidade de se subjulgarem às mulheres. Tudo o que é feito pelos homens são em vista de agradar as mulheres.




Tá, e daí?

Veja que a sociedade está mergulhada no mundo do consumismo. (ESQUEÇA POLÍTICA, É TUDO FARINHA DO MESMO SACO, A FINALIDADE É A MESMA: GARANTIR O MATRIARCADO)
Nós homens nos matamos de trabalhar e conseguir dinheiro. Alguns trabalham para se entupirem de dinheiro no cu, outros se matam para conseguir uma merreca e apenas continuar existindo com sua mulher e filhos, e outros trabalham com a finalidade de criar e produzir mais recursos para a humanidade.
Entretanto, todo esse trabalho não é feito para satisfazer ao homem mas sim à mulher!

Repare em como hoje é fácil conseguir alimento, em como é fácil mover-se de um local a outro, em como o mundo está em paz. ESTE É O MUNDO DOS BONOBOS, este é o mundo das mulheres e gays.
ESTE NÃO É NOSSO MUNDO!

A NATUREZA nos criou para suportar as adversidades enquanto lutamos com nossas proprias VIDAS para conseguir alimento. Nos criou para subjulgar as mulheres aos nossos desejos: garantir a continuidade de nossos genes.

PORRA seus idiotas que ficam aí se matando para defender um lado político. Vocês são idiotas que estão fortalecendo ainda mais este mundo de bonobos.

Vão tomar no cu.


Ok, estou escrevendo isso e já perdi toda a linha de raciocinio... eu disse que sou ruim para transmitir o que sei.






Voltando ao Clube da Luta, o personagem Joe chora ao ver pessoas sofrendo porque ele QUER SOFRER TAMBÉM, esta é a natureza humana, esta é a natureza do homem. (é por isso que NÃO se vende filmes idiotas onde tudo é uma maravilha, as pessoas PRECISAM DE CONFLITOS)
Ele chora querendo liberar seus instintos e não mais viver uma vida de SIMULAÇÃO.
Joe não quer mais essa vida de consumismo que DE NADA FAVORECE AO HOMEM, QUE NÃO DEFINE A SUA MASCULINIDADE.
Então Joe cria Tyler, o homem selvagem.
Tyler é o homem que todos nós queremos ser.
Tyler cria o Clube da Luta onde o homem pode ser ele mesmo e agir conforme a natureza manda: sofrer e combater.
Mas isso ainda é uma simulação. As lutas são uma simulação de adversidade.
Ele precisa de algo concreto e real, ele precisa colocar fim ao mundo dos bonobos.






Vamos lá galerinha, vamos pegar uns livros e começar a ler. Se depender desse meu texto vocês estão ferrados! GargalhadaGargalhadaha
Ainda tem muita coisa para ser aprendida.
Responda-o
#2
Só discordo dessa parte. 


Citação:PORRA seus idiotas que ficam aí se matando para defender um lado político. Vocês são idiotas que estão fortalecendo ainda mais este mundo de bonobos.


Macho de verdade e direitista e ponto final. Esquerdistas são feministinhas  e putinhas de bandido defensores dos direitos dos manos.
http://ask.fm/RajadaRealista

Quem são eles, para se entrometer quando cuidamos de NOSSOS interesses? (Vito Corleone).

Responda-o
#3
Gostei do texto, e é excelente sua argumentação.

Eu sou anarquista, mas apoio o pensamento conservador pq ou acaba-se com o sistema todo ou mantém-se o que funciona. O pensamento esquerdista não acaba com o sistema e ainda estraga tudo.
Responda-o
#4
Um filme com uma clara mensagem anticapitalista, mas está valendo.

Como um realista pode absorver o conteúdo ? Use um filtro critico.
Responda-o
#5
(03-10-2015, 06:30 PM)Winston Churchill Escreveu: Um filme com uma clara mensagem anticapitalista, mas está valendo.

Como um realista pode absorver o conteúdo ? Use um filtro critico.

Não é anticapitalista!!

Rapaz, da uma lida no livro O Homem Domado da Esther Vilar.
Todos os produtos criados são visando a MULHER!

Vou te mostrar mais ou menos como é que funciona:
Citação:Aquele carrão? Ora bolas, nada mais é que uma ostentação que lhe fará pegar mais mulher.
E o homem LITERALMENTE precisa de um carrão para ser um homem? Não!

A mesma coisa que Esther Vilar fala no O Homem Domado acontece no desenrolar do livro Clube da Luta!
Responda-o
#6
Vou ter que discordar. Chuck Palahniuk não tem nada a ver com Esther Villar e Jack Donovan. É quase a mesma coisa que comparar Charles Darwin com o Stephen King.


Eu nem diria que as ideias dos livros dele são anticapitalistas. Ele critica a sociedade como um todo na maioria das obras em que escreveu (leia mais de um livro de algum autor para poder entendê-lo). Mas ele não faz com intuito de doutrinação política e ideológica. Longe disso. Ele faz para chocar. Todos os livros dele tem essa intenção de chocar, aterrorizar, ridicularizar.


Leia o livro dele chamado Haunted. São 23 histórias curtas de terror, gore. Outro bom livro dele é Sobrevivente, que indiquei no meu blog no meu último artigo. Vai por essa mesma linha de literatura chocante, ficção de horror. Eu diria que o Chuck Palahniuk é um H.P. Lovecraft moderno, com pitadas de sarcasmo, alfinetadas no politicamente correto e comédia.


É claro que vc vai se sentir ofendido por mim, por discordar de vc nesse texto sem pé nem cabeça que escreveu, mas sinto dizer que vc está errado. Me perdoe. Pelo menos no fim vc acertou, se dependermos desse seu texto para compreendermos algo relacionado com esses autores, estamos ferrados.
Responda-o
#7
(08-10-2015, 01:21 PM)Mr. Rover Escreveu: Vou ter que discordar. Chuck Palahniuk não tem nada a ver com Esther Villar e Jack Donovan. É quase a mesma coisa que comparar Charles Darwin com o Stephen King.


Eu nem diria que as ideias dos livros dele são anticapitalistas. Ele critica a sociedade como um todo na maioria das obras em que escreveu (leia mais de um livro de algum autor para poder entendê-lo). Mas ele não faz com intuito de doutrinação política e ideológica. Longe disso. Ele faz para chocar. Todos os livros dele tem essa intenção de chocar, aterrorizar, ridicularizar.


Leia o livro dele chamado Haunted. São 23 histórias curtas de terror, gore. Outro bom livro dele é Sobrevivente, que indiquei no meu blog no meu último artigo. Vai por essa mesma linha de literatura chocante, ficção de horror. Eu diria que o Chuck Palahniuk é um H.P. Lovecraft moderno, com pitadas de sarcasmo, alfinetadas no politicamente correto e comédia.


É claro que vc vai se sentir ofendido por mim, por discordar de vc nesse texto sem pé nem cabeça que escreveu, mas sinto dizer que vc está errado. Me perdoe. Pelo menos no fim vc acertou, se dependermos desse seu texto para compreendermos algo relacionado com esses autores, estamos ferrados.

1+1=2

O garoto estava faminto, ele havia apenas uma maçã em sua bolsa e precisava raciona-la para que não ficasse sem o que comer. 
Ele já estava andando há algumas horas até que encontrou outra maças no chão e também a guardou.

-

Ler mais de um nem sempre adianta cara, a forma de pensar pode mudar de um livro para o outro e também pode acontecer de nem sempre seguir uma linha de raciocínio (assuntos diferentes que não necessariamente possuirão relação).

Eu já li alguns contos. Lembro de um sobre masturbação que eu achei bem legal.

Vou dar uma olhada nos livros que você indicou, possivelmente eu até compre para ler nas férias.

Bom, eu acho até bom que discordem, assim pelo menos podemos compreender outros pontos de vista. Mas na minha opinião há sim uma ligação no que é dito por cada um deles.
Responda-o
#8
O livro Clube da Luta e a versão romantizada desse livro.

[Image: livro-joo-de-ferro-um-livro-sobre-homens...2015-O.jpg]
Responda-o
#9
(07-10-2015, 09:59 PM)TimS Escreveu:
(03-10-2015, 06:30 PM)Winston Churchill Escreveu: Um filme com uma clara mensagem anticapitalista, mas está valendo.

Como um realista pode absorver o conteúdo ? Use um filtro critico.

Não é anticapitalista!!

Rapaz, da uma lida no livro O Homem Domado da Esther Vilar.
Todos os produtos criados são visando a MULHER!

Vou te mostrar mais ou menos como é que funciona:
Citação:Aquele carrão? Ora bolas, nada mais é que uma ostentação que lhe fará pegar mais mulher.
E o homem LITERALMENTE precisa de um carrão para ser um homem? Não!

A mesma coisa que Esther Vilar fala no O Homem Domado acontece no desenrolar do livro Clube da Luta!

Então um carro, um avião, um barco foram criados anos atrás e aperfeiçoados durante anos por algumas mentes brilhantes única e exclusivamente com o intuito que eles tinham de pegar mulher ?

Por acaso Ford revolucionou a indústria automobilística porque queria "pegar umas mulé" ?

Então voltemos ao século 18 !

Você deve direcionar sua critica ao consumismo e a forma como isso afeta as relações HOJE EM DIA.
Responda-o
#10
(12-10-2015, 04:32 PM)Winston Churchill Escreveu:
(07-10-2015, 09:59 PM)TimS Escreveu:
(03-10-2015, 06:30 PM)Winston Churchill Escreveu: Um filme com uma clara mensagem anticapitalista, mas está valendo.

Como um realista pode absorver o conteúdo ? Use um filtro critico.

Não é anticapitalista!!

Rapaz, da uma lida no livro O Homem Domado da Esther Vilar.
Todos os produtos criados são visando a MULHER!

Vou te mostrar mais ou menos como é que funciona:
Citação:Aquele carrão? Ora bolas, nada mais é que uma ostentação que lhe fará pegar mais mulher.
E o homem LITERALMENTE precisa de um carrão para ser um homem? Não!

A mesma coisa que Esther Vilar fala no O Homem Domado acontece no desenrolar do livro Clube da Luta!

Então um carro, um avião, um barco foram criados anos atrás e aperfeiçoados durante anos por algumas mentes brilhantes única e exclusivamente com o intuito que eles tinham de pegar mulher ?

Por acaso Ford revolucionou a indústria automobilística porque queria "pegar umas mulé" ?

Então voltemos ao século 18 !

Você deve direcionar sua critica ao consumismo e a forma como isso afeta as relações HOJE EM DIA.

Estamos falando de NECESSIDADE.

Você precisa de um carro de 500 mil reais? Não.
Você precisa de uma roupa de 500 reais? Não!


É inevitável o aprimoramento de tudo que temos, pois é natural do homem. É a necessidade de garantir o sucesso do bando.
Só não podemos confundir isso e tornar coisas supérfluas em necessárias.

Tem horas que a mente da galera já está tão manipulada que deixa de ver as coisas mais básicas e simples.
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Real, o verdadeiro Clube da Luta Libertador 14 1,538 11-05-2019, 01:24 PM
Última Postagem: Villefort
  Escritores viris Navalha 4 415 24-07-2018, 03:58 PM
Última Postagem: Navalha
Video [REFLEXÃO] O Clube da Luta não é sobre homens, mas sobre meninos Jhon Capitão 15 1,913 24-09-2017, 11:04 AM
Última Postagem: Machado Annihilator

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)