Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Geração de Homens Beta
#1
Video 
Esse é um  live do Dr. Vitor Azzini, que eu acompanho há algum tempo.
Boa parte do que ele posta é muito bom, uma ou outra coisa eu não concordo lá muito, mas a maioria é bem legal.
Essa live não segue muita linearidade e os assuntos estão em tópicos meio jogados, mas muito interessantes.
Na opinião dele uma mistura de (entre outras coisas):
- alimentação ruim
- falta de exercícios (musculação)
- pornografia e vídeo game, que dá um pico diário de dopamina
- contaminantes
- obesidade
Está levando a geração atual a uma testo muito baixa, além de um excesso de estrógenos, que deixa o homem com uma tendência mais "beta" que as gerações anteriores.

Interessante um comentário: a mídia está "legitimando" isso, exigindo uma postura mais... "sentimental" do homem, o que não é natural.





O PRINCIPAL é a alimentação pouco VIRIL, cheia de farinha de trigo e pouca proteína animal.
Responda-o
#2
Esses caras que controlam o mundo são espertos demais.
Primeiro destroem as famílias
Em seguida fazem a castração hormonal masculina, tornando-os betas.
Muito mais fácil de manipular pessoas coisas assim.

O beta é o pior tipo de matixiano que existe. Além de ser complacente com sua ignorância defende com unhas e dentes esse sistema fudido.
A tendência é só piorar
Responda-o
#3
Por isso que eu me tornei alpha.
Nao sou igual o Machado e esse omi de gelo aí esses betoso.

E parem de falar que sou o CR7, eu não tenho tempo pra ficar perdendo em fórum não, eu só entro meto o pau nos juvena e vazo pq eu sou alta performance pedreirão raiz.
Responda-o
#4
concordo
castração hormonal em massa
mas acho que não é um complô, só é mais barato para a industria e gera mais lucro
a solução é pensar alimentação, suplementos, atividade fisica e TRT
Meus Posts sobre:

Estilo de Vida  e Cultura Pop
Responda-o
#5
Até pode ser culpa disso ou daquilo como dizem. Pode ser que tudo realmente contribua para fragilizar o ser humano.

Só não podemos esquecer que o fator mais relevante é o instinto natural humano na busca pelo conforto.

Nunca tivemos tanto conforto e facilidades acessíveis como atualmente.

Embora algumas pessoas não consigam aceitar isso, ninguém é obrigado a ficar em casa sentado no sofá por horas vendo TV ou jogando videogame. Muito menos enchendo o cu de doritos e coca.

Uma simples (porém exaustiva) rotina de trabalho/treino/estudos, aliada ao alimento preparado por si próprio já muda muita coisa.

Basta querer.
[...]
Responda-o
#6
(16-06-2020, 07:46 PM)Mindingo Escreveu: Uma simples (porém exaustiva) rotina de trabalho/treino/estudos, aliada ao alimento preparado por si próprio já muda muita coisa.

Basta querer.

Então, parece que não é só isso.
Um amigo do clube de tiro, na faixa dos 40 e poucos anos, casado e 2 filhos comentou o exame de sangue dele recente comigo. Ele só veio comentar isso comigo pois sabe que eu treino todo dia e queria umas dicas.
Pelo que entendi o negócio é o seguinte...
Há muito tempo o cara vinha sentido desânimo, falta de energia e vontade de não fazer nada. Ficava arrumando desculpas para não ir pro clube atirar. Jeitão MUITO mandado pela mulher (outros amigos falaram que ele é mandadão assim há muitos anos). No exame de sangue dele tinha dado hormônios da tireoide baixos, com sugestão de hipotireoidismo. 
Perguntei da testo. Ele comentou que estava abaixo de 100(!).
Aí eu perguntei da libido. Ele disse que era ZERO, vontade de nada mesmo.
Perguntei da alimentação. Pelo que ele disse era tudo de ruim que se possa imaginar... quilos de pizza, massa, pães besteiras em geral e cerveja todo dia. Como a mulher dele era metida a "querer ser saudável", mal entrava carne na casa dele... nos últimos anos tinha desenvolvido muita gordura abdominal.
Como perceberam, deveria estar com os hormônios todos zoados, não só testo. Aposto que se fizesse um exame de estrogênio, deveria estar alto pacaraio.
Por mais informação que eu passasse pra ele, o cara não sai do lugar. Simplesmente não tem vontade de fazer as coisas.
Mas será que ele não tem vontade JUSTAMENTE por causa dos hormônios zoados?
Tem que ter um start pra sair dessa espiral de uma merda puxando a outra.
O médico tem que entrar com uma reposição de testo. Sozinho não sai.
Responda-o
#7
Citação:Então, parece que não é só isso.
Um amigo do clube de tiro, na faixa dos 40 e poucos anos, casado e 2 filhos comentou o exame de sangue dele recente comigo. Ele só veio comentar isso comigo pois sabe que eu treino todo dia e queria umas dicas.
Pelo que entendi o negócio é o seguinte...
Há muito tempo o cara vinha sentido desânimo, falta de energia e vontade de não fazer nada. Ficava arrumando desculpas para não ir pro clube atirar. Jeitão MUITO mandado pela mulher (outros amigos falaram que ele é mandadão assim há muitos anos). No exame de sangue dele tinha dado hormônios da tireoide baixos, com sugestão de hipotireoidismo. 
Perguntei da testo. Ele comentou que estava abaixo de 100(!).
Aí eu perguntei da libido. Ele disse que era ZERO, vontade de nada mesmo.
Perguntei da alimentação. Pelo que ele disse era tudo de ruim que se possa imaginar... quilos de pizza, massa, pães besteiras em geral e cerveja todo dia. Como a mulher dele era metida a "querer ser saudável", mal entrava carne na casa dele... nos últimos anos tinha desenvolvido muita gordura abdominal.
Como perceberam, deveria estar com os hormônios todos zoados, não só testo. Aposto que se fizesse um exame de estrogênio, deveria estar alto pacaraio.
Por mais informação que eu passasse pra ele, o cara não sai do lugar. Simplesmente não tem vontade de fazer as coisas.
Mas será que ele não tem vontade JUSTAMENTE por causa dos hormônios zoados?
Tem que ter um start pra sair dessa espiral de uma merda puxando a outra.
O médico tem que entrar com uma reposição de testo. Sozinho não sai.


A imensa maioria dos médicos educados pelo sistema estatal socialista bananil vai dizer que testosterona é veneno, causa câncer, aumenta o coração, e que no final trará apenas sofrimento e que é melhor o cara viver uma vida medíocre sem ela. Yaoming
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#8
(17-06-2020, 10:59 AM)Berzerk Escreveu:
(16-06-2020, 07:46 PM)Mindingo Escreveu: Uma simples (porém exaustiva) rotina de trabalho/treino/estudos, aliada ao alimento preparado por si próprio já muda muita coisa.

Basta querer.

Então, parece que não é só isso.
Um amigo do clube de tiro, na faixa dos 40 e poucos anos, casado e 2 filhos comentou o exame de sangue dele recente comigo. Ele só veio comentar isso comigo pois sabe que eu treino todo dia e queria umas dicas.
Pelo que entendi o negócio é o seguinte...
Há muito tempo o cara vinha sentido desânimo, falta de energia e vontade de não fazer nada. Ficava arrumando desculpas para não ir pro clube atirar. Jeitão MUITO mandado pela mulher (outros amigos falaram que ele é mandadão assim há muitos anos). No exame de sangue dele tinha dado hormônios da tireoide baixos, com sugestão de hipotireoidismo. 
Perguntei da testo. Ele comentou que estava abaixo de 100(!).
Aí eu perguntei da libido. Ele disse que era ZERO, vontade de nada mesmo.
Perguntei da alimentação. Pelo que ele disse era tudo de ruim que se possa imaginar... quilos de pizza, massa, pães besteiras em geral e cerveja todo dia. Como a mulher dele era metida a "querer ser saudável", mal entrava carne na casa dele... nos últimos anos tinha desenvolvido muita gordura abdominal.
Como perceberam, deveria estar com os hormônios todos zoados, não só testo. Aposto que se fizesse um exame de estrogênio, deveria estar alto pacaraio.
Por mais informação que eu passasse pra ele, o cara não sai do lugar. Simplesmente não tem vontade de fazer as coisas.
Mas será que ele não tem vontade JUSTAMENTE por causa dos hormônios zoados?
Tem que ter um start pra sair dessa espiral de uma merda puxando a outra.
O médico tem que entrar com uma reposição de testo. Sozinho não sai.

Carne pra mim é melhor que cerveja, eu sou daqueles que vai em um churrasco pela carne, não pela cerveja, ai o cara me toma cerveja todo dia e não come carne  Yaoming carne é vida, minha nossa, como eu amo carne.
Responda-o
#9
(17-06-2020, 10:59 AM)Berzerk Escreveu:
(16-06-2020, 07:46 PM)Mindingo Escreveu: Uma simples (porém exaustiva) rotina de trabalho/treino/estudos, aliada ao alimento preparado por si próprio já muda muita coisa.

Basta querer.

Então, parece que não é só isso.
Um amigo do clube de tiro, na faixa dos 40 e poucos anos, casado e 2 filhos comentou o exame de sangue dele recente comigo. Ele só veio comentar isso comigo pois sabe que eu treino todo dia e queria umas dicas.
Pelo que entendi o negócio é o seguinte...
Há muito tempo o cara vinha sentido desânimo, falta de energia e vontade de não fazer nada. Ficava arrumando desculpas para não ir pro clube atirar. Jeitão MUITO mandado pela mulher (outros amigos falaram que ele é mandadão assim há muitos anos). No exame de sangue dele tinha dado hormônios da tireoide baixos, com sugestão de hipotireoidismo. 
Perguntei da testo. Ele comentou que estava abaixo de 100(!).
Aí eu perguntei da libido. Ele disse que era ZERO, vontade de nada mesmo.
Perguntei da alimentação. Pelo que ele disse era tudo de ruim que se possa imaginar... quilos de pizza, massa, pães besteiras em geral e cerveja todo dia. Como a mulher dele era metida a "querer ser saudável", mal entrava carne na casa dele... nos últimos anos tinha desenvolvido muita gordura abdominal.
Como perceberam, deveria estar com os hormônios todos zoados, não só testo. Aposto que se fizesse um exame de estrogênio, deveria estar alto pacaraio.
Por mais informação que eu passasse pra ele, o cara não sai do lugar. Simplesmente não tem vontade de fazer as coisas.
Mas será que ele não tem vontade JUSTAMENTE por causa dos hormônios zoados?
Tem que ter um start pra sair dessa espiral de uma merda puxando a outra.
O médico tem que entrar com uma reposição de testo. Sozinho não sai.

Como vc já disse é uma espiral negativa.

Ele precisa eliminar alguns hábitos ruins que ele tem para melhorar, o problema é que é mais fácil ver as coisas de fora que a pessoa mesmo ver... inclusive às vezes ela até presume que vc tem razão ou consegue enxergar de alguma forma isso, mas subestima o potencial que certos hábitos e atitudes tem para melhorar a vida delas. 
Sei lá eu daria um toque claro *como vc supostamente deu*, mas não dá para ficar carregando fulano e ciclano sempre. Se der muito boa vontade para uma pessoa, ela possivelmente vai desvalorizar seus esforços. 

Mas no geral é isso, às pessoas vão se acomodando, achando que não precisam fazer certas coisas que faziam antes e qdo ele vê a vida dele está um lixo e a testo muito provavelmente estará tbm... ainda que no caso apresentado não é só problema da testo.

A sociedade tentando controlar, castrar e direcionar o 'rebanho' (escravizar) para conseguir lucrar em cima da miséria e da ignorância não é nada novo, sacar tudo isso e manter atitudes que representam a equivalente entropia negativa é uma responsabilidade pessoal e intransferível no final das contas.

@Reale

Lógico que carne é melhor que cerveja. Isso não é nenhuma questão.   Big Grin
Responda-o
#10
(17-06-2020, 10:59 AM)Berzerk Escreveu:
(16-06-2020, 07:46 PM)Mindingo Escreveu: Uma simples (porém exaustiva) rotina de trabalho/treino/estudos, aliada ao alimento preparado por si próprio já muda muita coisa.

Basta querer.

Então, parece que não é só isso.
Um amigo do clube de tiro, na faixa dos 40 e poucos anos, casado e 2 filhos comentou o exame de sangue dele recente comigo. Ele só veio comentar isso comigo pois sabe que eu treino todo dia e queria umas dicas.
Pelo que entendi o negócio é o seguinte...
Há muito tempo o cara vinha sentido desânimo, falta de energia e vontade de não fazer nada. Ficava arrumando desculpas para não ir pro clube atirar. Jeitão MUITO mandado pela mulher (outros amigos falaram que ele é mandadão assim há muitos anos). No exame de sangue dele tinha dado hormônios da tireoide baixos, com sugestão de hipotireoidismo. 
Perguntei da testo. Ele comentou que estava abaixo de 100(!).
Aí eu perguntei da libido. Ele disse que era ZERO, vontade de nada mesmo.
Perguntei da alimentação. Pelo que ele disse era tudo de ruim que se possa imaginar... quilos de pizza, massa, pães besteiras em geral e cerveja todo dia. Como a mulher dele era metida a "querer ser saudável", mal entrava carne na casa dele... nos últimos anos tinha desenvolvido muita gordura abdominal.
Como perceberam, deveria estar com os hormônios todos zoados, não só testo. Aposto que se fizesse um exame de estrogênio, deveria estar alto pacaraio.
Por mais informação que eu passasse pra ele, o cara não sai do lugar. Simplesmente não tem vontade de fazer as coisas.
Mas será que ele não tem vontade JUSTAMENTE por causa dos hormônios zoados?
Tem que ter um start pra sair dessa espiral de uma merda puxando a outra.
O médico tem que entrar com uma reposição de testo. Sozinho não sai.

A meu ver nossas postagens são complementares.

Se o seu amigo de faroeste deixar de ser bunda mole, provavelmente os níveis de testosterona vão voltar ao normal.
[...]
Responda-o
#11
@Mindingo , acho que estamos falando o contrário...

Eu acho que a falta de vontade é pela testo baixa.
Vc acha que a é a falta de vontade que abaixa a testo.

Vc acha que se tiver vontade, a testo vai aumentar
Eu acho que se aumentar a testo, a vontade volta

Certo?
Responda-o
#12
(17-06-2020, 03:07 PM)Berzerk Escreveu: @Mindingo , acho que estamos falando o contrário...

Eu acho que a falta de vontade é pela testo baixa.
Vc acha que a é a falta de vontade que abaixa a testo.

Vc acha que se tiver vontade, a testo vai aumentar
Eu acho que se aumentar a testo, a vontade volta

Certo?

Certo.

Mas a meu ver os índices hormonais, entre outros fatores da vida do homem, estão correlacionados com o estilo de vida e bons hábitos.

Resumo: os índices hormonais estão uma merda porque o fulano leva uma vida de merda. E se o fulano leva uma vida de merda, cada vez mais seus índices hormonais serão uma merda.

Estamos falando a mesma coisa. Uma via não anula a outra.

E até onde sei, péssimos hábitos não ajudam em nada. Logo, naturalmente a coisa não se ajusta sozinha. A menos que o sujeito faça algo. Leia-se melhorar seus hábitos.

Edit: tem até uma reflexão do @Héracles , se não me engano, sobre a importância dos bons hábitos.
[...]
Responda-o
#13
Estava conversando com um colega outro dia no serviço sobre sexo e ele me disse que não consegue meter mais que 4 minutos, o pau amolece e ele só goza meia bomba com a mulher.

Perguntei se tinha alguma problema no casamento, ele disse que estava tudo ok. Também o cara é extremamente sedentário, até pra almoçar a 300 metros o cara vai de carro. Não faz nenhum esporte.

Ele é magro mas barrigudo, senta torto e tem a postura caída. Perguntei o que comia, só doce e massa, odeia legumes e verduras.

Falei que provavelmente era a alimentação que estava afetando algo no corpo dele e orientei a procurar um médico, pois não é comum um homem de 34 anos, aparentemente sem problema psicológico, ter disfunção erétil nessa idade.
"Escola? E o aprendizado com os próprios erros? A experiência te faz professor de si próprio".
Responda-o
#14
(17-06-2020, 06:20 PM)Mindingo Escreveu: (...) sobre a importância dos bons hábitos.

Cuide do seu templo

Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#15
Ao contrário do que a maioria acha, eu acredito que isso tudo vai de pessoa para pessoa. A mídia influencia, porém quem pratica o que ela influencia é o homem, logo o culpado é quem se sobrepõem a ser manipulado. Precisamos de mais senso crítico... 


Realmente uma rotina sedentária regada a proteínas ruins, fast foods, excesso de carboidratos com alto índice glicêmico e outras coisas estrogenadas, suprem toda a energia e testosterona do homem. E a maioria dos homens sabem disso, logo a culpa é deles. 

Acredito que a maioria aqui são pessoas diferenciadas e tem uma rotina minimamente saudável, então não tem porquê nos estressarmos com esses homens estrogenados atuais... Deixem que eles se fodam por si próprios. Quem vai perder a esposa ou namoradinha para outro homem por conta dessa rotina lixo que a maioria leva são eles mesmo...
Responda-o
#16
Minha opinião tende mais pro lado do @Mindingo: as facilidades trazidas pela tecnologia são os fatores principais pro homem se sentir assim, mais fraco e sem rumo. Acho super válido adotar os pontos expostos no vídeo, os benefícios já foram apresentados, agora é exagero essa paranoia de imaginar que há um grupo de homens de terno planejando isso ou aquilo pra diminuir a testo dos outros homens a fim de manipular-nos. Isso é coisa de quem assiste muita ficção. Testo baixa e doenças inflamatórias são consequências do estilo de vida da humanidade, ou ocidente, no geral. Mas envolver isso com teoria de conspiração, aí já é demais.

Acompanho o trabalho dos irmãos Azzini e de vários outros que nadam contra a maré da desinformação, ótimo que você me lembrou desses vídeos. Recomendo o Dr. Lair Ribeiro, vídeos curtos de 6~8 minutos com excelentes explicações.
Visitante? Crie sua conta clicando aqui para ter acesso a áreas exclusivas.


Responda-o
#17
Fico impressionado que a maioria dos dos caras relatados aqui que estão com esses problemas levam uma rotina baseada em carboidratos, sendo que a coisa mais fácil que tem nessa vida é comer carne, não é como se fosse um troço ruim, não consigo conceber um homem que consiga comer mais carboidrato do que gordura e proteína, caralho, não é nem questão de comer carne sem gordura, uma carne recheada de gordura é mais saudável do que comer carboidrato, o cara em que se esforçar demais pra trocar proteína(e gordura, se for pra ser carne das boas  Yaoming ) por carboidratos.

Eu lembro que um dia dormi sem comer nada, porque estava muito cansado, acordei, resolvi fazer um MACARRÃO para comer, eu achei que a carne já estava pronta, depois percebi que não estava e eu estava com MUITA fome, resolvi só comer o macarrão, carboidrato puro, sem carne mesmo. Foi uma das PIORES refeições que já fiz, não pelo sabor ou coisa assim, mas fiquei com uma sensação horrível de fraqueza que estava antes de comer, mas agora me sentindo com a barriga cheia, a mesma fraqueza que eu estava de antes de comer, a mesma falta de energia, eu não me sentia satisfeito como geralmente ocorre depois de uma refeição, a pressão continuava baixa, e precisei comer algumas horas depois, mas tive que tomar um leite depois daquele macarrão, só assim minha pressão melhorou um pouco.

Esses caras só podem ter uma falta de autoconhecimento muito grande pra não perceber a fraqueza no próprio corpo;

Eu consigo ficar satisfeito em uma refeição que só tenha carne, mas eu não consigo ficar satisfeito em comer SÓ arroz, ou SÓ macarrão, por exemplo.
Responda-o
#18
É um processo de retroalimentação (OUROBOROS)... hábitos ruins, testo mais baixa, testo mais baixa, hábitos mais ruins e assim por diante.

Mudem para uma vida solar, com boxe, charutos, mulheres, surf, vodka e ternos sob medida e sejam felizes.

#G
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#19
Esta versão de que octogenários malvadões ficam em um escritório decidindo o destino do planeta, igual a mostrada no cinema, soa meio pitoresca, na verdade isto é falso;

Ocorre que o que chamamos de globalismo e uma Nova Ordem Mundial é uma cadeia bastante complexa de movimentos, organizações, ONGs e grupos de interesse na governança global, da seguintes formas: Criando leis a partir de tribunais internacionais passando por cima de soberanias nacionais, em nome de um interesse mundial; Criam-se campanhas histéricas de que o mundo vai acabar em 30 anos usando o temor do jovem, com a falácia de salvar o mundo da destruição; Vale destruir os panteões de fé e as místicas de um povo, tudo em nome de um interesses universais de fé comum, bastante contestáveis;

Não dá para dizer que os grupos globalistas são como um demiurgo esperando apertar um botão para instalar o caos no planeta, mas também não dá para negar que no mundo não existam sistemas conspiracionistas ocultos;

Na verdade eu não tenho mais saco para estudar e tentar mapear estas coisas de forma aprofundada, já que boas literaturas sobre o tema estão em francês ou inglês.

Sob o tema do tópico e acho que cai nessa questão de um mundo que nos oferece confortos e comodidades, tornando o homem mais acomodado a estas facilidades.
Responda-o
#20
@Fernando_R1 essas obras em francês e inglês não teriam tradução? Qual o nome das que estão em inglês? Estou praticando o meu inglês e acho que seria interessante começar um livro na língua.
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  [REFLEXÃO] A nova geração de homens que "desistiram". Awaken 17 1,968 05-06-2019, 08:58 PM
Última Postagem: Callahan

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)