Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Voce acredita no amor?
#21
Amor só de mãe.
Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força. Agir com sabedoria assegura o sucesso. - Salomão em Eclesiastes 10.10.
Muito cara legal foi parar debaixo de uma ponte por causa de uma mulher. - Bukowski.
As maiores redpills ouvimos da boca de mulheres.
Responda-o
#22
(10-05-2020, 11:56 AM)Fernando_R1 Escreveu: O tópico é idiota, mas mostra uma questão central de percepção fundamental no que o ser humano chama de amor ...

Claro, paspalho, eu acredito no amor, Deus É Amor! ... muitos chamam de amor Ágape, que é um Amor sobre todas as coisas, quem é pai ou mãe sabe como esta coisa funciona, as relações genuínas do pai ou da mãe que ama o seu filho incondicionalmente são uma arquetipia deste Amor de Deus para os seres humanos;

O iluminismo tirou a definição transcendental de amor e o modernismo apregou que o amor pode ser expressado em sentimentos, portanto acredito o amor como razão envolvida, mas todo amor não emana somente dos homens, sempre vem de uma característica inata do ser humano dada por Deus;

O problema aqui é banalizar e cair em um ponto perigoso, que é confundir Amor, apenas pela manifestação de sentimentos ou sensações boas, quando você é jovem e fica interessado em uma gostosinha que passa ao seu lado, não é amor seu idiota, são seus hormônios, ora porra! ... quem parte dessa premissa está fadado a ser o mais miserável dos homens, não é a toa que as relações da sociedade moderna são tão doentias, pois tudo estão ligado a projeções de sensações e choques de dopamina;

Ocorre portanto a famosa confusão de amor com paixão ... quando aqueles pagode-pau-no-cu cantam "fazer amor", na verdade é uma relação de entre duas pessoas, dada uma necessidade inter-relacional do ser humano, potencializada por egos, interesses ou N fatores, ... sentimento, o tesão são componentes de uma conjugalidade, mas sozinhos, não sustentam nada.

Aí você traz isso parra a Real e vê o porque dos homens modernos se embucetam pelos piores tipos de mulher e as mulheres sempre gostam daqueles que dão sensações de emoção e elevam a sua dopamina a níveis estratosféricos.

Excelente resposta. Pena que jogou pérolas aos porcos. Estou falando especificamente do porco Peter (antes que entendam mal).
Responda-o
#23
Diferente da maioria dos colegas, considero vosso questionamento válido. E sim, eu acredito no amor. Não no amor romântico e idealista com o qual tentam nos iludir, mas no amor desinteressado. Amor verdadeiro é do tipo que é indiferente a patamar social, condição financeira, beleza ou destaque. Ele existe simplesmente porque você gosta da pessoa e a quer bem.

Isso é mais comum no seio familiar, embora não exclusivamente. São nas relações paternas, maternas, fraternas que encontramos o verdadeiro amor. E não me limito aqui aos vínculos consanguíneos; essas relações decorrem da afetividade que temos por outra pessoa.

Agora, se você se refere ao amor heteroafetivo, não acredito. Esse tipo de relacionamento invariavelmente envolve algum grau de interesse, maior ou menor. E geralmente esses relacionamentos são pautados, no mínimo, na equivalência. Por isso mesmo jamais veremos modelos suecas de mãos dadas com algum mendigo quixotesco ou shakespeariano... simplesmente porque a relação de equivalência é inexistente.

Não se engane com essas garotas que dizem te amar, a não ser que ela demonstre isso de forma inequívoca por meio de gestos. Falar qualquer um fala qualquer coisa. Palavra hoje em dia é algo que poucos honram.

Acho que é isso.

A Real sob uma perspectiva científica.
Um novo artigo a cada semana (ou não).
Responda-o
#24
Que tipo de gente usa "h" como acento agudo num fórum de disussões? Reflitam.
  • Sem a visão de um objetivo um homem não pode gerir a sua própria vida, e muito menos a vida dos outros.
Leia: Nuvem de Giz
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)