Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[Lista] Alimentos Recomendados
#1
A - Introdução 

Elaborar uma lista de alimentos para o supermercado nem sempre é fácil, pois são muitas opções e a maioria não é natural.

A lista abaixo não é definitiva e vamos para o céu ainda que nossa alimentação seja perfeita. A ideia é simplesmente: não ajudar piorar com escolhas ruins um quadro negativo que dificilmente tem solução:

Para quem não tem a sorte de morar em zonas azuis, é normal e insalubre conviver com poluição atmosférica e defensivos agrícolas (agrotóxicos, coisa do "demo") na água fornecida pela rede pública. Alimentos orgânicos são caros e acessíveis apenas para uma pequena elite. Paciência: até essa elite vai bater as botas um dia.

B - Lista de Alimentos


1 - Adoçantes 

  1. xilitol;

  2. stévia pura;

  3. eritritol;

  4. taumatina;

  5. monkfruit.

  6. palatinose
2 - Amidos 
  1. Mandioca, 
  2. Banana verde, 
  3. pinhão, 
  4. quinoa e amaranto (preparados adequadamente). 
  5. Batata-doce, 
  6. inhame, 
  7. cenoura, 
  8. abóbora, 
  9. banana da terra, 
  10. castanha portuguesa, 
  11. arroz branco resfriado ou arroz parboilizado, 
  12. arroz selvagem, 
  13. trigo sarraceno. 
Obs.: arroz branco resfriado - seria o arroz cozido e guardado na geladeira por cerca de 24 horas antes do consumo.
Obs.2: arroz X Low Carb - arroz é um tema polêmico (http://www.lowcarb-paleo.com.br/2017/01/...betes.html). 


3 - Frutas

  1. Frutas silvestres (todas), de época, pouco doces. 
  2. Limão, 
  3. lima, 
  4. acerola, 
  5. goiaba, 
  6. caju, 
  7. maracujá, 
  8. cupuaçu, 
  9. jabuticaba, 
  10. framboesa, 
  11. mirtilo, 
  12. maçã verde, 
  13. cajá, etc. 

4 - Gorduras Naturais

  1. Lotus de coco, 
  2. óleo de coco, 
  3. azeite de oliva extra virgem (puro), 
  4. gema de ovos de galinhas felizes (galinhas criadas soltas no campo), 
  5. Manteiga Ghee de vacas alimentadas com capim, 
  6. óleo de krill, 
  7. lecitina de girassol, 
  8. óleo de abacate, 
  9. manteiga de cacau, 
  10. macadâmias, 
  11. açaí, 
  12. abacate. 
  13. Manteiga de vacas alimentadas de capim, 
  14. óleo de peixe bem conservado, 
  15. manteiga de coco e de macadámias. 


5 - Laticínios 
  1. Ghee; 
  2. Manteiga orgânica de vacas alimentadas com capim, idealmente do tipo jersey;
  3. Creme de leite orgânico;
  4. Whey protein puro não-desnaturado;
  5. Queijos bem curados e duros feitos com leite cru: parmesão, grana, canastra etc;
  6. Queijo de cabra
  7. Queijo de ovelha.


6 - Oleoginosas

  1. Coco, 
  2. azeitonas, 
  3. macadâmias, 
  4. açaí, 
  5. abacate e similares. 
  6. Amêndoas, (todas idealmente demolhadas)
  7. nozes, (todas idealmente demolhadas)
  8. pecáns, (todas idealmente demolhadas)
  9. castanhas de caju e do pará (todas idealmente demolhadas), 
  10. gergelim, 
  11. tahine 



7 - Proteínas 
  • Ovos caipiras orgânicos, 
  • peixes selvagens (sardinhas, tainhas, pescada, robalo, etc.), 
  • proteína de colágeno, 
  • whey puro (extraído à frio) 
  • Feijões preparados adequadamente (demolhados), 
  • Trutas, 
  • carne de boi que se alimentam de capim, criados em regime sustentável.
  • carne de cordeiro que se alimentam de capim, criados em regime sustentável. 


8 - Temperos 

  1. cacau;
  2. sal rosa;
  3. sal marinho natural;
  4. vinagre de maça orgânico;
  5. coentro;
  6. salsinha;
  7. gengibre;
  8. noz moscada;
  9. cúrcuma;
  10. cravo;
  11. alecrim;
  12. orégano;
  13. lavanda;
  14. tomilho


VEGETAIS (baixo amido)

  1. Vegetais de Baixo Amido 
  2. Aspargos, 
  3. aipo, 
  4. rúcula, 
  5. bertalha, 
  6. erva doce, 
  7. brócolis, 
  8. couve-flor, 
  9. pepino, 
  10. espinafre, 
  11. rabanete, 
  12. couve, 
  13. repolho, 
  14. abóboras, 
  15. alfaces, 
  16. abobrinha, 
  17. alcachofra, 
  18. vagem, 
  19. cenouras, 
  20. alho poró, 
  21. cebolinha, 
  22. salsinha, 
  23. abóbora-menina, 
  24. brotos diversos, 
  25. spirulina, clorella, etc. 
  26. Cebola, 
  27. alho, 
  28. berinjela, 
  29. pimenta, 
  30. tomates, 
  31. ervilha torta

BEBIDAS 

  1. Água de nascente ou água mineral engarrafada em vidro. 
  2. Café de qualidade, 
  3. matchá, 
  4. erva mate, 
  5. chá verde, 
  6. chás herbais de todos os tipos, 
  7. leite caseiro de coco, castanhas, oleaginosas,
  8. água com limão, 
  9. suco natural de frutas ácidas (maracujá, caju, cupuaçu, etc). 
  10. Água filtrada sem resíduos, 
  11. água de coco, 
  12. Água de Kefir e derivados.  


Conclusão 

Enfim, devemos escolher bem os alimentos que ingerimos e, se pudermos, fazer deles nosso remédio.

Grande abraço!
Meus Posts sobre:

Estilo de Vida  e Cultura Pop
Responda-o
#2
Esqueceu do Pequi


Responda-o
#3
@Scant já que está na pesquisa, fica a dica para tal iniciativa.

Ninguém fez o tópico garrafadas viris e suas funções, ta aí um negócio que todo mundo pode aprender e fazer em casa. 

Garrafada : mistura de ervas ou elixir dos antigos.

Vou aproveitar o tópico e a temática para falar dos venenos que metem nos hamburgueres

Madero e Burguer King usam e agora tem um monte de retardado de food truck e ifood enfiando esse veneno na carne que é o mesmo que metem na pasta de soja ou hambuguer vegano. Vocês não estão comendo hamburguer churrasco ou feito na grelha, estão comendo oleo saturado e cozido de madeira, tão nutritivo quando oleo de pastelaria velho.


A merda se  chama fumaça liquida.....quem não vende carne boa e fresca usa isso para disfarçar a ausência de sabor.

Sabores que imitam churrasco e bacon, essa merda aí e fuligem ou fumaça de madeira condensada e diluida em agua com uma porrada de aditivos, dá azia e é enjoativo.


[Image: images?q=tbn:ANd9GcQBikZGE4XeVJojQgI9Bt_...OH69qUSt&s]

[Image: fumaca_liquida_5l_39_1_20181121182743.png]








Anuncie aqui!!!
Responda-o
#4
(30-11-2019, 05:46 PM)Gângster Escreveu: Esqueceu do Pequi

é só uma lista e nenhuma lista é exaustiva

(30-11-2019, 07:12 PM)Minerim Escreveu: @Scant já que está na pesquisa, fica a dica para tal iniciativa.

Ninguém fez o tópico garrafadas viris e suas funções, ta aí um negócio que todo mundo pode aprender e fazer em casa. 

Garrafada : mistura de ervas ou elixir dos antigos.

Vou aproveitar o tópico e a temática para falar dos venenos que metem nos hamburgueres

Madero e Burguer King usam e agora tem um monte de retardado de food truck e ifood enfiando esse veneno na carne que é o mesmo que metem na pasta de soja ou hambuguer vegano. Vocês não estão comendo hamburguer churrasco ou feito na grelha, estão comendo oleo saturado e cozido de madeira, tão nutritivo quando oleo de pastelaria velho.


A merda se  chama fumaça liquida.....quem não vende carne boa e fresca usa isso para disfarçar a ausência de sabor.

Sabores que imitam churrasco e bacon, essa merda aí e fuligem ou fumaça de madeira condensada e diluida em agua com uma porrada de aditivos, dá azia e é enjoativo.


[Image: images?q=tbn:ANd9GcQBikZGE4XeVJojQgI9Bt_...OH69qUSt&s]

[Image: fumaca_liquida_5l_39_1_20181121182743.png]









comer fast food é complicado
para mim fast food é refeição suja: só no dia do lixo
Meus Posts sobre:

Estilo de Vida  e Cultura Pop
Responda-o
#5
Estava pensando em testar o óleo de coco chamado TCM (concentrado), que é bem mais caro que aquele normal extra-virgem da Copra, na proporção de 1 colher de sobremesa pra cada, ao invés de 1 de sopa pro de coco normal.

Esse TCM é o lótus citado lá em cima?

Valeria a pena incluir o TCM nessa mistura abaixo?

Eu jogo tudo isso no blender, pro pré-treino:

Em torno de 250 mL de água ou algum leite, tipo o de amêndoas, ou ainda água + algum Yakult (que tem 100 mL)

1) 1 colher de chá de cúrcuma em pó
2) 1 colher de chá de gengibre em pó

3) 1 colher de sobremesa de vinagre de maçã

4) 1 colher de sobremesa de maca peruana em pó
5) 1 colher de sobremesa de tribulus terrestris em pó

6) 2 colheres de sobremesa de leite de coco em pó
7) 1 colher de sobremesa de manteiga GHEE ou MEL ou PASTA DE AMENDOIM (ou se não tiver nenhum dos três stevia)

Por fim acrescento um pouco de canela em pó...

Fora isso tem separadamente os 3 ovos, bacon e batata doce.

Dá pra ver essa mistura do blender nesse vídeo:



Responda-o
#6
(17-12-2019, 03:51 PM)Constrito Escreveu: Estava pensando em testar o óleo de coco chamado TCM (concentrado), que é bem mais caro que aquele normal extra-virgem da Copra, na proporção de 1 colher de sobremesa pra cada, ao invés de 1 de sopa pro de coco normal.

Esse TCM é o lótus citado lá em cima?

Valeria a pena incluir o TCM nessa mistura abaixo?

Eu jogo tudo isso no blender, pro pré-treino:

Em torno de 250 mL de água ou algum leite, tipo o de amêndoas, ou ainda água + algum Yakult (que tem 100 mL)

1) 1 colher de chá de cúrcuma em pó
2) 1 colher de chá de gengibre em pó

3) 1 colher de sobremesa de vinagre de maçã

4) 1 colher de sobremesa de maca peruana em pó
5) 1 colher de sobremesa de tribulus terrestris em pó

6) 2 colheres de sobremesa de leite de coco em pó
7) 1 colher de sobremesa de manteiga GHEE ou MEL ou PASTA DE AMENDOIM (ou se não tiver nenhum dos três stevia)

Por fim acrescento um pouco de canela em pó...

Fora isso tem separadamente os 3 ovos, bacon e batata doce.

Dá pra ver essa mistura do blender nesse vídeo:





"Esse TCM é o lótus citado lá em cima?" sim

"Valeria a pena incluir o TCM nessa mistura abaixo?" depende das suas necessidades físicas. se quiser perder peso, creio que não

"Eu jogo tudo isso no blender, pro pré-treino:" - vc come isso tudo e não se sente pesado malhando?

pessoalmente, prefiro utilizar aminoácidos no pre treino, mas tenho que perder peso e não ganhar:
https://scantsa.blogspot.com/search/labe...%A9-Treino
Meus Posts sobre:

Estilo de Vida  e Cultura Pop
Responda-o
#7
(18-12-2019, 12:02 AM)Scant Escreveu: pessoalmente, prefiro utilizar aminoácidos no pre treino, mas tenho que perder peso e não ganhar:
https://scantsa.blogspot.com/search/labe...%A9-Treino

Ainda vou rever toda a dieta atual com nutricionista, mas eu só coloco de líquido 250 mL nesse blender... tudo é diluído, então não fica muito

A ideia original era usar pra esses 250 mL um leite vegetal, tipo esse *, mas o preço $$$$$$$$$$$$ (em média R$ 20 o litro) me fez usar água, chá verde ou água com Yakult (versão light, sem açúcar), ou ainda água com um energético Yakult de 100 mL. Mas em breve irei cortar até os Yakult e só usar água mesmo. Já que tem leite de coco em pó então é só misturar nela ao invés de comprar o leite de coco líquido.

* Exemplos: 1 ou 2 ou 3 ou 4 ou 5 ou 6

No pós treino eu coloco o whey protein + creatina no mesmo blender, a mesma quantidade de líquido, e 2 colheres de sobremesa de cacau em pó + 2 de aveia ou quinoa em flocos ou semente de chia... e de novo 1 colher de sobremesa de manteiga GHEE ou MEL ou PASTA DE AMENDOIM (ou se não tiver nenhum dos três stevia)

Comprei hoje esse lótus, da Puravida (pela proporção de C8/C10 ser 80/20, contra 60/40 de outras marcas, que estavam na mesma faixa de preço): https://drive.google.com/open?id=12LCB4U...8e4tOs3xrS

O que eu quero ver é se ele aumenta de alguma forma o rendimento na academia, pois é diferente do óleo de coco normal. Vou testar primeiro com 1 colher de sobremesa dele + 1 da de óleo normal pra ver como fica.
Responda-o
#8







cara, dá uma olhada nesses videos
talvez sirvam de inspiração

(18-12-2019, 05:19 PM)Constrito Escreveu:
(18-12-2019, 12:02 AM)Scant Escreveu: pessoalmente, prefiro utilizar aminoácidos no pre treino, mas tenho que perder peso e não ganhar:
https://scantsa.blogspot.com/search/labe...%A9-Treino



O que eu quero ver é se ele aumenta de alguma forma o rendimento na academia, pois é diferente do óleo de coco normal. Vou testar primeiro com 1 colher de sobremesa dele + 1 da de óleo normal pra ver como fica.

para aumentar o rendimento são utilizados aminoacidos + cafeina

se precisar de carboidrato tem palatinose

mais que isso são testosterona+ gh (não recomendo)

se encher de comida no pre treino não seria o mais eficiente

se encher de comida no pos treino  seria o mais eficiente
Meus Posts sobre:

Estilo de Vida  e Cultura Pop
Responda-o
#9
A respeito de leite:

Segue um post que fiz sobre motivos pra deixar de consumir o de VACA. OBS: sou inscrito no canal desse loiro também.

Spoiler Revelar




Nesse vídeo o cara explica que o número de fazendas de gado foi reduzido. Enquanto a quantidade baixou (só sobrando as maiores), a produção aumentou muito. Vou tentar traduzir o que ele comenta:

Os pequenos fazendeiros não tiveram mais como competir com os grandes.

A pergunta que interessa fazer é: de que forma maximizaram os lucros? Como esses alimentos foram comprometidos, e a saúde de quem consome junto?

Primeiro: as vacas tem dietas que fazem com que produzam mais leite, óbvio. Várias paradas que não são NATURAIS. Hormônios sintéticos, por exemplo. E essa dieta não deixa as vacas mais saudáveis.

No passado as vacas tinham liberdade, comiam capim, e tinham níveis de ômega 3 mais altos.

Mas quando são alimentadas com grandes quantidades de proteínas e de grãos (pra aumentar a gordura corporal e consequentemente otimizar o quanto produzem de leite), isso faz com que o organismo delas tenha mais ômega 6, mas menos saudáveis.

E quando uma vaca não está bem ela recebe o que? Antibióticos. E o ambiente em que vivem é suscetível a doenças também.

Os fazendeiros estão, portanto, dando muitos antibióticos para as vacas. Isso se reflete no LEITE.

Pensem numa mulher que amamenta. Há muitas evidências indicando que o que ela come irá influenciar o futuro do filho.

O mesmo raciocínio para as vacas: estão dando muitos antibióticos e hormônios sintéticos pra elas.

Para os seres humanos, apesar de parecer algo bom, antibióticos demais são o inverso: é algo que vc toma quando está doente, mas se o seu corpo se entope deles REGULARMENTE você terá uma RESISTÊNCIA ANTIBIÓTICA, então quando você DE FATO estiver doente e precisar justamente disso, eles não trarão o mesmo efeito ou PIOR: não surtir efeito algum pra combater a doença.

E mais: se continuar recebendo antibióticos de forma desmedida você também prejudicará o crescimento da flora saudável e benéfica no intestino/estômago, não tendo mais a "boa" bactéria nesse local, que normalmente teria.

Isso pode piorar a digestão, causar inchaço, e inflamação no trato intestinal.

Aqui ele está falando sobre o hormônio do crescimento das vacas, que em tese seria benéfico pra aumentar a massa muscular (?), porém a quantidade é muito grande e o corpo humano não sabe como utilizar.

Além do hormônio de crescimento normalmente alto estamos adicionando outros na versão sintética (????? essa parte não entendi se ele fala do leite da vaca, mas pelo contexto sim). O mais notável é o IGF-1, Fator de crescimento semelhante à insulina tipo 1.

Esse IGF-1 que estão injetando nas vacas (pra gerar mais leite) está diretamente ligado a câncer de mama e de próstata.

Um estudo do Jornal de Nutrição observou que 22 mil pessoas que consumiram 2 porções e meia (??????) de laticínio (OBS: aqui não entendi qual a quantidade exata e nem se ele fala só de leite ou no geral) tiveram um risco acentuado de desenvolver câncer de próstata.

E não apenas esse estudo, vários outros ligaram níveis excessivos de IGF-1 com esses dois tipos de câncer.

Temos que perguntar:

- Além da forma como o leite é produzido e processado, será que é tão bom pra nós assim?

Somente 10 mil anos atrás é que começamos a domesticar animais. Isso significa que antes disso não bebíamos leite de nenhum animal além do próprio ser humano. 10 mil anos pode parecer muito tempo, mas dentro da evolução das espécies não é NADA.

Nossos corpos não evoluíram tanto assim para poder digerir e processar leite. A maioria das pessoas não se beneficia (apesar de muitas acharem isso) da ingestão de leite.

A lactase é a enzima que quebra a lactose, que é o açúcar do leite. Seres humanos conseguem fazer isso, mas até que tenhamos 2 a 5 anos de idade. Após isso nosso corpo não cria mais essa enzima.

Por quê? Por ser ineficiente. Porque deveríamos ter uma enzima para processar leite que nem deveríamos tomar?

A maioria que consume leite não tem essa enzima. Você já deve ter ouvido falar de indivíduos intolerantes a lactose, e claro que esses aí realmente precisam ficar de olho.

Mas a maioria de nós temos sim alguma intolerância. Eu posso GARANTIR que se você ingerir muito leite terá uma perturbação no estômago, mesmo que não perceba isso por estar acostumado.

E por fim vamos ver as estruturas de proteína. Em laticínios temos duas diferentes.

Whey Protein, bem conhecido, e caseína, esse último mais uma globulina, uma proteína mais lenta pra digestão.

A caseína tem uma estrutura molecular bem parecida com o glúten.

E não importa se vc é uma pessoa que não consome glúten ou se tem doença celíaca, tem muita evidência científica que indica que as pessoas reagem de forma estranha ao glúten, e quando vc tem uma estrutura molecular similar a ele, aquelas pessoas que tem uma intolerância ao glúten irão responder de forma similar com relação as proteínas de caseína presentes no leite.

Portanto se vc tiver intolerância a glúten e sentir uma perturbação no estômago, sentir-se nauseado após ingerir leite, com certeza está ativando a mesma sensação.

No final das contas todas essas intolerâncias, problemas, falta de enzimas, resultam em uma coisa:

INFLAMAÇÃO. Algo que não leva a merecida atenção nos dias de hoje.

Quando tomamos algo que nosso corpo não digere corretamente nosso organismo é prejudicado. A inflamação é um processo de regeneração natural, é ótimo, mas quando é exigido o tempo todo e de forma desmedida, quando seu corpo tenta se recuperar quando não precisa, muito pode ocorrer, como inchaço do trato intestinal, a chamada "síndrome do intestino com vazamento", câncer, diabetes, confusão mental...

Proposta: 1 mês sem laticínios. Veja como você se sente e monitore se você melhora. Mas faça o inverso após esse período: reintroduza tudo de novo. E é aí que você vai sentir os efeitos de forma mais profunda, e saber que tipo de intolerância tem.

Laticínios (dairy) não são inimigos. Mas você precisa verificar quais são as fontes, e como é feito.

Escolha (quando possível) orgânico, puro...

*****
NOTAS (da descrição desse vídeo):

1. Dairy: 6 Reasons You Should Avoid it at All Costs
https://drhyman.com/blog/2010/06/24/dair...l-costs-2/

2. The Big Business of Dairy Farming: Big Trouble for Cows
http://advocacy.britannica.com/blog/advo...y-farming/

3. Health Concerns About Dairy Products
https://www.pcrm.org/good-nutrition/nutr...bout-dairy

4. How Much do Cows Weigh
https://www.dairymoos.com/how-much-do-cows-weigh/

5. Milk, dietary calcium, and bone fractures in women: a 12-year prospective study. American Journal of Public Health. June 1997
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/9224182

6. The Dangers of Dairy
https://www.mindbodygreen.com/0-8646/the...dairy.html

7. Whole milk intake is associated with prostate cancer-specific mortality among U.S. male physicians. Journal of Nutrition. 2013.
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23256145

********

OBS: Em alguns momentos do vídeo ele diz "milk" e em outros "dairy". "Dairy" significa "laticínios" em inglês, e "milk" somente LEITE.





Esse aqui eu não traduzi, mas a conclusão que chega é que o leite de CABRA é mais saudável que o de VACA, que tem em cada esquina.

Esse eu nunca vi pra vender na minha cidade, apenas o queijo (feta), que é bem caro (e infelizmente tem muito sódio).

Vejam essa matéria em português, é um bom resumo:

https://www.revistasaberesaude.com/difer...sua-saude/
Responda-o
#10
(03-01-2020, 07:44 PM)Constrito Escreveu: A respeito de leite:

Segue um post que fiz sobre motivos pra deixar de consumir o de VACA. OBS: sou inscrito no canal desse loiro também.

Spoiler Revelar




Nesse vídeo o cara explica que o número de fazendas de gado foi reduzido. Enquanto a quantidade baixou (só sobrando as maiores), a produção aumentou muito. Vou tentar traduzir o que ele comenta:

Os pequenos fazendeiros não tiveram mais como competir com os grandes.

A pergunta que interessa fazer é: de que forma maximizaram os lucros? Como esses alimentos foram comprometidos, e a saúde de quem consome junto?

Primeiro: as vacas tem dietas que fazem com que produzam mais leite, óbvio. Várias paradas que não são NATURAIS. Hormônios sintéticos, por exemplo. E essa dieta não deixa as vacas mais saudáveis.

No passado as vacas tinham liberdade, comiam capim, e tinham níveis de ômega 3 mais altos.

Mas quando são alimentadas com grandes quantidades de proteínas e de grãos (pra aumentar a gordura corporal e consequentemente otimizar o quanto produzem de leite), isso faz com que o organismo delas tenha mais ômega 6, mas menos saudáveis.

E quando uma vaca não está bem ela recebe o que? Antibióticos. E o ambiente em que vivem é suscetível a doenças também.

Os fazendeiros estão, portanto, dando muitos antibióticos para as vacas. Isso se reflete no LEITE.

Pensem numa mulher que amamenta. Há muitas evidências indicando que o que ela come irá influenciar o futuro do filho.

O mesmo raciocínio para as vacas: estão dando muitos antibióticos e hormônios sintéticos pra elas.

Para os seres humanos, apesar de parecer algo bom, antibióticos demais são o inverso: é algo que vc toma quando está doente, mas se o seu corpo se entope deles REGULARMENTE você terá uma RESISTÊNCIA ANTIBIÓTICA, então quando você DE FATO estiver doente e precisar justamente disso, eles não trarão o mesmo efeito ou PIOR: não surtir efeito algum pra combater a doença.

E mais: se continuar recebendo antibióticos de forma desmedida você também prejudicará o crescimento da flora saudável e benéfica no intestino/estômago, não tendo mais a "boa" bactéria nesse local, que normalmente teria.

Isso pode piorar a digestão, causar inchaço, e inflamação no trato intestinal.

Aqui ele está falando sobre o hormônio do crescimento das vacas, que em tese seria benéfico pra aumentar a massa muscular (?), porém a quantidade é muito grande e o corpo humano não sabe como utilizar.

Além do hormônio de crescimento normalmente alto estamos adicionando outros na versão sintética (????? essa parte não entendi se ele fala do leite da vaca, mas pelo contexto sim). O mais notável é o IGF-1, Fator de crescimento semelhante à insulina tipo 1.

Esse IGF-1 que estão injetando nas vacas (pra gerar mais leite) está diretamente ligado a câncer de mama e de próstata.

Um estudo do Jornal de Nutrição observou que 22 mil pessoas que consumiram 2 porções e meia (??????) de laticínio (OBS: aqui não entendi qual a quantidade exata e nem se ele fala só de leite ou no geral) tiveram um risco acentuado de desenvolver câncer de próstata.

E não apenas esse estudo, vários outros ligaram níveis excessivos de IGF-1 com esses dois tipos de câncer.

Temos que perguntar:

- Além da forma como o leite é produzido e processado, será que é tão bom pra nós assim?

Somente 10 mil anos atrás é que começamos a domesticar animais. Isso significa que antes disso não bebíamos leite de nenhum animal além do próprio ser humano. 10 mil anos pode parecer muito tempo, mas dentro da evolução das espécies não é NADA.

Nossos corpos não evoluíram tanto assim para poder digerir e processar leite. A maioria das pessoas não se beneficia (apesar de muitas acharem isso) da ingestão de leite.

A lactase é a enzima que quebra a lactose, que é o açúcar do leite. Seres humanos conseguem fazer isso, mas até que tenhamos 2 a 5 anos de idade. Após isso nosso corpo não cria mais essa enzima.

Por quê? Por ser ineficiente. Porque deveríamos ter uma enzima para processar leite que nem deveríamos tomar?

A maioria que consume leite não tem essa enzima. Você já deve ter ouvido falar de indivíduos intolerantes a lactose, e claro que esses aí realmente precisam ficar de olho.

Mas a maioria de nós temos sim alguma intolerância. Eu posso GARANTIR que se você ingerir muito leite terá uma perturbação no estômago, mesmo que não perceba isso por estar acostumado.

E por fim vamos ver as estruturas de proteína. Em laticínios temos duas diferentes.

Whey Protein, bem conhecido, e caseína, esse último mais uma globulina, uma proteína mais lenta pra digestão.

A caseína tem uma estrutura molecular bem parecida com o glúten.

E não importa se vc é uma pessoa que não consome glúten ou se tem doença celíaca, tem muita evidência científica que indica que as pessoas reagem de forma estranha ao glúten, e quando vc tem uma estrutura molecular similar a ele, aquelas pessoas que tem uma intolerância ao glúten irão responder de forma similar com relação as proteínas de caseína presentes no leite.

Portanto se vc tiver intolerância a glúten e sentir uma perturbação no estômago, sentir-se nauseado após ingerir leite, com certeza está ativando a mesma sensação.

No final das contas todas essas intolerâncias, problemas, falta de enzimas, resultam em uma coisa:

INFLAMAÇÃO. Algo que não leva a merecida atenção nos dias de hoje.

Quando tomamos algo que nosso corpo não digere corretamente nosso organismo é prejudicado. A inflamação é um processo de regeneração natural, é ótimo, mas quando é exigido o tempo todo e de forma desmedida, quando seu corpo tenta se recuperar quando não precisa, muito pode ocorrer, como inchaço do trato intestinal, a chamada "síndrome do intestino com vazamento", câncer, diabetes, confusão mental...

Proposta: 1 mês sem laticínios. Veja como você se sente e monitore se você melhora. Mas faça o inverso após esse período: reintroduza tudo de novo. E é aí que você vai sentir os efeitos de forma mais profunda, e saber que tipo de intolerância tem.

Laticínios (dairy) não são inimigos. Mas você precisa verificar quais são as fontes, e como é feito.

Escolha (quando possível) orgânico, puro...

*****
NOTAS (da descrição desse vídeo):

1. Dairy: 6 Reasons You Should Avoid it at All Costs
https://drhyman.com/blog/2010/06/24/dair...l-costs-2/

2. The Big Business of Dairy Farming: Big Trouble for Cows
http://advocacy.britannica.com/blog/advo...y-farming/

3. Health Concerns About Dairy Products
https://www.pcrm.org/good-nutrition/nutr...bout-dairy

4. How Much do Cows Weigh
https://www.dairymoos.com/how-much-do-cows-weigh/

5. Milk, dietary calcium, and bone fractures in women: a 12-year prospective study. American Journal of Public Health. June 1997
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/9224182

6. The Dangers of Dairy
https://www.mindbodygreen.com/0-8646/the...dairy.html

7. Whole milk intake is associated with prostate cancer-specific mortality among U.S. male physicians. Journal of Nutrition. 2013.
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23256145

********

OBS: Em alguns momentos do vídeo ele diz "milk" e em outros "dairy". "Dairy" significa "laticínios" em inglês, e "milk" somente LEITE.





Esse aqui eu não traduzi, mas a conclusão que chega é que o leite de CABRA é mais saudável que o de VACA, que tem em cada esquina.

Esse eu nunca vi pra vender na minha cidade, apenas o queijo (feta), que é bem caro (e infelizmente tem muito sódio).

Vejam essa matéria em português, é um bom resumo:

https://www.revistasaberesaude.com/difer...sua-saude/
sou escrito no canal desse loiro tabem, sou escrito no canal desse loiro tambem, sou escrito no canal....       Ratinho   Ratinho   Ratinho


Responda-o
#11
??????

Esqueceu de tomar o remedinho hoje?  trollface

O Thomas DeLauer dá umas dicas boas, mesmo que não acerte sempre  Joinha

Foi vendo os vídeos dele que eu fiz um shake melhor pro café da manhã  Megusta

Outro canal bom (também em inglês) é esse, que checa os rótulos: https://www.youtube.com/user/flavcity/videos

Um vídeo interessante com os dois juntos é esse sobre qual óleo é ideal pra cozinhar:





Dá até pena de assistir

A quantidade de opções e produtos melhores que tem no exterior é absurda

Qualquer loja de orgânicos daqui não tem 10% do que os caras mostram  Ruge
Responda-o
#12
complementando o post com o seguinte pensamento  de John Naish:


  • já há mais obesos no mundo que famintos. A cultura ocidental tornou-se como os 4 homens de meia-idade cansados do mundo no filme "A comilança" de 1973, que se reúnem numa mansão num fim de semana e comem até morrer num frenesi de excesso. nós somos assim, comendo até conseguirmos uma epidemia de doenças letais, desde diabetes, pressão sanguínea alta, doenças cardíacas, derrames, asma, artrite, doenças da vesícula biliar e câncer - milhões de pessoas condenadas a existências truncadas e precárias, unicamente por comer mais do que precisam. É a morte por apetite, e parece o tipo de bofetada punitiva ministrada por alguma divindade descontente e com uma tendência à justiça poética.

Meus Posts sobre:

Estilo de Vida  e Cultura Pop
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)