Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[SEXO] Discussão viril
#1
Da escassez de mulheres decentes para relacionamentos todos sabemos.

Se um crivo de aprovação simples como não ter filhos, ser livre, fiel e pouca kilometragem é exigir demais, o homem que conhece o mínimo da Real não se envolve em relacionamento sério. Logo, não fode.

Por um bom tempo eu decidi não revirar o lixo, e quando falo em lixo me refiro a algo que não deveria ser consumido. Eis que esta decisão me fez atravessar muito tempo de deserto sexual, com a vantagem de não me envolver com problemas ou atrapalhar meu desenvolvimento perdendo tempo.

Um paletivo foi o envolvimento com prostitutas. O que, de fato, ameniza e muito a condição masculina de querer trepar com toda mulher que atravessa na frente. Acontece que o sexo mecanizado e a sede por dinheiro/horário estampada na cara das prostitutas com o tempo cansa. Algo parecido ocorre com a masturbação.

Depois de um tempo, a tendência da maioria que frequenta este local e que realmente busca o desenvolvimento é ter uma vida confortável. Bom emprego, carro, independência, corpo acima da média (o que não é difícil ter hoje em meio à manada), solteiro e sem filhos. Não sei e nem me interessa como é a vida particular de cada um, mas fica a pergunta que não quer calar:

Como vocês lidam com a necessidade de sexo, principalmente quando a testo bate forte? Consigo ver apenas algumas alternativas e me corrijam se estiver errado:

1 - Marmitas problemáticas (casadas, rodadas batendo pino, M$ol, coroas separadas, mulher de biqueira, novinhas enchedoras de saco com o ego na estratosfera, etc);
2 - Prostitutas, casas de massagens, demais serviços pagos;
3 - Masturbação, pornografia e serviços manuais;
4 - INCEL honrado.

Conto com a colaboração de todos.
[...]
Responda-o
#2
Bom questionamento, mas as respostas você já deu, quem não quer ter relacionamento sério tem que suprir a necessidade do sexo, e os modos você já disse.
Estou no deserto sexual a um tempo e a minha única alternativa é a masturbação, não pago prostitutas por várias razões (que não é o caso), as civis não estou tendo boas oportunidades, digo no sentido de pegar uma mina que atenda aos meus requisitos, sou um cara comum, de beleza baixa-mediana, sem um porte físico decente, então ter algo com as "novinhas" de hoje em dia está um pouco difícil, óbvio que isso que disse não é nenhum empecilho, esse ano já tive algumas oportunidades mas rejeitei todas. Meu foco é o crescimento, espero que com o tempo essa escassez mude.

Quem realmente está focado em ascender na vida ter uma relação amorosa é o de menos, claro que é sempre bom ter alguém para descarregar o saco, mas quando não se têm não resta outras opções além da que você disse, a menos que alguém realmente tenha um total controle sobre si, como esse cara:

[Image: 1.1-74.jpg?resize=600,450]

                Veni, vidi, vici
.
Responda-o
#3
Uma opção alternativa é controlar o próprio desejo sexual até encontrar uma fêmea que passe no crivo seletivo.

Eu particularmente, pra sexo casual, me relaciono somente com mulheres solteiras e que tenham uma boa aparência, meu pau não tem posicionamento ideológico. Mas eu estou ciente de que isso, de acordo com o que acredito, é errado e tem muitos riscos.

Mas acredito que o domínio das próprias vontades é o caminho.
Um homem com escolhas é um homem livre.
Blog Aforismoz - TEXTO NOVO - "Sexo é sobre poder"
Responda-o
#4
(24-11-2019, 04:20 PM)Mindingo Escreveu: Da escassez de mulheres decentes para relacionamentos todos sabemos.

Se um crivo de aprovação simples como não ter filhos, ser livre, fiel e pouca kilometragem é exigir demais, o homem que conhece o mínimo da Real não se envolve em relacionamento sério. Logo, não fode.

Por um bom tempo eu decidi não revirar o lixo, e quando falo em lixo me refiro a algo que não deveria ser consumido. Eis que esta decisão me fez atravessar muito tempo de deserto sexual, com a vantagem de não me envolver com problemas ou atrapalhar meu desenvolvimento perdendo tempo.

Um paletivo foi o envolvimento com prostitutas. O que, de fato, ameniza e muito a condição masculina de querer trepar com toda mulher que atravessa na frente. Acontece que o sexo mecanizado e a sede por dinheiro/horário estampada na cara das prostitutas com o tempo cansa. Algo parecido ocorre com a masturbação.

Depois de um tempo, a tendência da maioria que frequenta este local e que realmente busca o desenvolvimento é ter uma vida confortável. Bom emprego, carro, independência, corpo acima da média (o que não é difícil ter hoje em meio à manada), solteiro e sem filhos. Não sei e nem me interessa como é a vida particular de cada um, mas fica a pergunta que não quer calar:

Como vocês lidam com a necessidade de sexo, principalmente quando a testo bate forte? Consigo ver apenas algumas alternativas e me corrijam se estiver errado:

1 - Marmitas problemáticas (casadas, rodadas batendo pino, M$ol, coroas separadas, mulher de biqueira, novinhas enchedoras de saco com o ego na estratosfera, etc);
2 - Prostitutas, casas de massagens, demais serviços pagos;
3 - Masturbação, pornografia e serviços manuais;
4 - INCEL honrado.

Conto com a colaboração de todos.


"...o homem que conhece o mínimo da Real não se envolve em relacionamento..."

Confrade, acho que não é bem por ai... temos bons depoimentos inclusive no fórum (vide relato do @Escobar por exemplo) que mesmo tanto lixo ao redor, ainda existem boas moças (NÃO ESTOU DIZENDO MULHER EXCEÇÃO) para relacionamento. Agora, de fato é difícil encontrar. 
Mas isso é tema para outro tópico.

Eu lido com a necessidade de sexo das seguintes formas:

1 - Marmitas problemáticas (casadas, rodadas batendo pino, M$ol, coroas separadas, mulher de biqueira, novinhas enchedoras de saco com o ego na estratosfera, etc);

2 - Prostitutas, casas de massagens, demais serviços pagos;
3 - Masturbação, pornografia e serviços manuais;

No tópico 1, só filtrei algumas coisas, mas no mais, ta valendo
Todas as opções estão na mesa, depende do momento e da grana disponível!
Não existe nenhuma forma "fixa", vai do que você está afim de tolerar.

Eu já fiquei de saco cheio de marmita amolando, passei pras meretrizes, quando cansava... dava um tempo e depois começava tudo de novo.

Essa é minha experiência nesse caso.
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#5
Recorro à alguma marmita, mas quando n tem nenhuma disponivel, masturbação.
Responda-o
#6
(24-11-2019, 06:37 PM)Gorlami Escreveu: Eu particularmente, pra sexo casual, me relaciono somente com mulheres solteiras e que tenham uma boa aparência, meu pau não tem posicionamento ideológico. Mas eu estou ciente de que isso, de acordo com o que acredito, é errado e tem muitos riscos.

@Gorlami, poderia explicar melhor o que seria errado ?

Risco em relacionamento sempre existe, com qualquer tipo de mulher.
Responda-o
#7
(24-11-2019, 09:11 PM)Neo Solid Escreveu:
(24-11-2019, 06:37 PM)Gorlami Escreveu: Eu particularmente, pra sexo casual, me relaciono somente com mulheres solteiras e que tenham uma boa aparência, meu pau não tem posicionamento ideológico. Mas eu estou ciente de que isso, de acordo com o que acredito, é errado e tem muitos riscos.

@Gorlami, poderia explicar melhor o que seria errado ?

Risco em relacionamento sempre existe, com qualquer tipo de mulher.

Se você, assim como eu é cristão (mais especificamente católico) vai entender. 

Se não for, aí não existe erro.
Um homem com escolhas é um homem livre.
Blog Aforismoz - TEXTO NOVO - "Sexo é sobre poder"
Responda-o
#8
(24-11-2019, 10:16 PM)Gorlami Escreveu: Se você, assim como eu é cristão (mais especificamente católico) vai entender. 

Sim, agora entendi.

É que da forma que escreveu deu margem a entender que o errado poderia ser selecionar somente as com boa aparência. Que é um dos comportamentos das mulheres que tanto criticamos.
Responda-o
#9
(24-11-2019, 10:33 PM)Neo Solid Escreveu:
(24-11-2019, 10:16 PM)Gorlami Escreveu: Se você, assim como eu é cristão (mais especificamente católico) vai entender. 

Sim, agora entendi.

É que da forma que escreveu deu margem a entender que o errado poderia ser selecionar somente as com boa aparência. Que é um dos comportamentos das mulheres que tanto criticamos.

Boa aparência que eu digo é mais em relação a hábitos e saúde em si. Ninguém é obrigado a encarar uma vulva purulenta com corrimento.
Um homem com escolhas é um homem livre.
Blog Aforismoz - TEXTO NOVO - "Sexo é sobre poder"
Responda-o
#10
(24-11-2019, 04:20 PM)Mindingo Escreveu: Da escassez de mulheres decentes para relacionamentos todos sabemos.

Se um crivo de aprovação simples como não ter filhos, ser livre, fiel e pouca kilometragem é exigir demais, o homem que conhece o mínimo da Real não se envolve em relacionamento sério. Logo, não fode.

Spoiler Revelar
Por um bom tempo eu decidi não revirar o lixo, e quando falo em lixo me refiro a algo que não deveria ser consumido. Eis que esta decisão me fez atravessar muito tempo de deserto sexual, com a vantagem de não me envolver com problemas ou atrapalhar meu desenvolvimento perdendo tempo.

Um paletivo foi o envolvimento com prostitutas. O que, de fato, ameniza e muito a condição masculina de querer trepar com toda mulher que atravessa na frente. Acontece que o sexo mecanizado e a sede por dinheiro/horário estampada na cara das prostitutas com o tempo cansa. Algo parecido ocorre com a masturbação.

Depois de um tempo, a tendência da maioria que frequenta este local e que realmente busca o desenvolvimento é ter uma vida confortável. Bom emprego, carro, independência, corpo acima da média (o que não é difícil ter hoje em meio à manada), solteiro e sem filhos. Não sei e nem me interessa como é a vida particular de cada um, mas fica a pergunta que não quer calar:

Como vocês lidam com a necessidade de sexo, principalmente quando a testo bate forte? Consigo ver apenas algumas alternativas e me corrijam se estiver errado:

1 - Marmitas problemáticas (casadas, rodadas batendo pino, M$ol, coroas separadas, mulher de biqueira, novinhas enchedoras de saco com o ego na estratosfera, etc);
2 - Prostitutas, casas de massagens, demais serviços pagos;
3 - Masturbação, pornografia e serviços manuais;
4 - INCEL honrado.

Conto com a colaboração de todos.

Muitos estão optando pela opção 5: MDT - Movimento da Direita Travequeira rs

Mas falando sério, essa sua listagem contempla o cenário é bem isso mesmo. Não é dos mais animadores. 

Procurar marmita em aplicativos com o tempo se torna cansativo. Sem falar que o nível das mulheres nesses lugares caiu demais. Se curte sair na noite, é possível descolar marmitas também. 

Pra quem tem interesse de estar conhecendo novas mulheres sem gastar muito, recomendo de entrar como sócio em algum clube. 

Mulher casada é melhor evitar. 

A opção que mais se terá paz, na minha opinião, é a do Incell Honrado junto com masturbação, visto que uma coisa não impede a outra.
"Homem Marmito"® is trademark of Marmito Man Corporation ™
Responda-o
#11
Pô @Mindingo, faltou o número 5 - Crentes que não transam antes do casamento com medo de ir pro inferno. Gargalhada
Se bem que isso se encaixa no "Incel honrado"...




Já tive uma fase breve só de prostituta e outra de 1 ano só de novinha de biqueira, quando morei em um bairro perigoso. Hoje traço uma ou outra moça de beleza mediana, de vez em quando. Não vou mentir e pegar de pegadorzão em fórum como muitos fazem, pois não sou.

Evito pensar em sexo o tempo inteiro, é um desgaste mental e tanto. Às vezes durante o dia me via desconexo do momento presente, completamente distante e até atrapalhava os afazeres. Dar um tempo de pornografia e masturbação ajudou nisso. Quando a vontade bate eu vou fazer qualquer outra coisa, correr em volta o quarteirão, fazer umas barras, tomar banho gelado. 

Sem falar que não é sempre que o sujeito tá a fim de fazer toda a dança do acasalamento, aturar uns testes, frescuragens, pra dar uma gozada.
Dubito, cogito, ergo sum!
Responda-o
#12
Sou católico também, sei que o ideal seria ser celibatário até o casamento, monogâmico após, e não deveríamos usar contraceptivos.

Mas na prática, acredito que só indo viver como camponeses naquelas comunidades isoladas. Entretanto...

Sabemos que o domínio total da mente sobre o corpo existe e pode ser alcançado. Mas é para todos ?

Poucos conseguem isso ao ponto de chegar a controlar e prescindir dos impulsos biológicos. E biologicamente sabemos como nós homens somos, e a pesquisadora lá afirma ter encontrado um ciclo hormonal de 4 anos nas mulheres, relacionado à reprodução.

Muitos aqui escrevem que gostariam de um casamento de 40, 50 anos como era antigamente. Reclamamos das modernetes que pulam fora por qualquer motivo, com amparo jurídico e consequentemente econômico, em nosso detrimento.

Mas será que conseguiríamos nos manter fiéis, se a libido da mulher acabasse após filhos alguns e anos de casamento ? Aceitaríamos felizes essa condição ? Seríamos capazes de sublimar todo nosso impulso sexual para outros sentimentos e propósitos mais elevados ? Considerando que somos bombardeados cada vez mais por sexo na mídia.

Muitos chegam aqui destruídos, após relacionamentos que "não deram certo". Já tentaram imaginar: E se "tivesse dado certo" ? Como seria o final do conto de fadas ? Será que viveriam mesmo felizes para sempre ?
Responda-o
#13
(24-11-2019, 11:37 PM)Sagitario Escreveu: Muitos estão optando pela opção 5: MDT - Movimento da Direita Travequeira rs



"Be polite, be professional, but have a plan to kill everybody you meet"
Responda-o
#14
Não vou contar toda a minha vida sexual, mas vou contextualizar a resposta que vou dar. Em momento algum isso que digo é pra me glorificar, muito pelo contrário. Minha vida sexual é uma merda sem fim e eu admito isso pra vocês. É a primeira vez na vida que falo sobre isso dessa forma.

Tenho diversos problemas com o sexo em si. Quando falo diversos quero dizer que são muitos mesmo, sem exagerar. Vou citar alguns.

Meu primeiro problema é que sinto tesão demais.

Qualquer um se não tomar cuidado vira escravo do próprio pau, mas eu tenho que tomar cuidado triplicado com isso.

A única coisa que regula um pouco esse tesão é o sexo casual, que acaba gerando menos prazer pra mim(não me pergunte o motivo, talvez a falta de intimidade) e a masturbação. Já foi pior, principalmente na adolescência. Agora que tenho meus 31 anos não melhorou o suficiente pra não ser um problema na minha vida.

Quando tenho uma mulher fixa e crio intimidade me descontrolo tanto que se deixar largo a vida de lado só pra transar. Se não cuidar faço uns 10 filhos seguidos. Nunca participei de surubas e afins, nem se swing. Com isso não me envolvo de forma alguma.

Meu segundo problema é que tenho ejaculação retardada e o meu pinto não desce nem com tiro. Não consigo gozar no tempo esperado. Não existe contratar gp meia horinha pra mim. Tem que ser pernoite, se não eu não gozo. Com a metade da idade que eu tenho trabalhava fazendo bico e conseguia por preços módicos pagar um pernoite ou arrumar uma mulher pra passar a noite num motel sem grandes dificuldades, mas agora só pagando mais de um salário mínimo na brincadeira, fazendo a dança do acasalamento, coisa que não tenho mais paciência ou namorando/noivando/casando, algo que não sou maluco de fazer.

Em alguns momentos meu pinto doi de tão duro que fica e raramente quando transo não esfolo o pau de tanto meter. Minto a minha vida sexual o tempo inteiro pra parecer normal na roda de amigos, essa é a verdade.  Se eu falar metade disso vão rir ou achar que estou mentindo. Nunca tive coragem de procurar um médico. Tenho medo de ser acusado de tarado ou maníaco.

Por que tudo isso é uma merda? porque sou um homem comum, que não tenho mulher gostosa fora do normal disponível 24h por dia. É ai que entra a masturbação, que tento parar o tempo todo, mas não consigo. A bronha consegue ser mais prazerosa e mais rápida, mas mesmo assim demora. Deixo pro final de semana e passo horas nessa merda.

Quanto mais me desenvolvo mais mulher tranqueira aparece... e eu traço a maioria... e meu pau não desce... a maioria se frustra e cansa, não tem disposição. As únicas mulheres que grudaram em mim e não largaram até hoje por causa dessa característica foram algumas ninfomaníacas, que fujo a todo custo. A maior parte dos homens se você perguntar se querem passar uma noite transando vão responder sim, talvez algumas mulheres também, mas na prática nenhuma mulher normal tem disposição pra isso e isso vira um peso nos ombros de qualquer um.

Já teve mulher que ficava falando pra eu parar de tomar viagra, sendo que nunca botei sequer um na boca. Isso parece ser incrível nos olhos de quem não tem o mesmo ânimo, mas só eu sei como foi dificil passar época de faculdade e começo da vida profissional tendo que segurar o pinto desse jeito. Melhorei, mas não cheguei nem perto do ideal.
Responda-o
#15
(25-11-2019, 05:54 AM)Indomável Escreveu: Não vou contar toda a minha vida sexual, mas vou contextualizar a resposta que vou dar. Em momento algum isso que digo é pra me glorificar, muito pelo contrário. Minha vida sexual é uma merda sem fim e eu admito isso pra vocês. É a primeira vez na vida que falo sobre isso dessa forma.

Tenho diversos problemas com o sexo em si. Quando falo diversos quero dizer que são muitos mesmo, sem exagerar. Vou citar alguns.

Meu primeiro problema é que sinto tesão demais.

Qualquer um se não tomar cuidado vira escravo do próprio pau, mas eu tenho que tomar cuidado triplicado com isso.

A única coisa que regula um pouco esse tesão é o sexo casual, que acaba gerando menos prazer pra mim(não me pergunte o motivo, talvez a falta de intimidade) e a masturbação. Já foi pior, principalmente na adolescência. Agora que tenho meus 31 anos não melhorou o suficiente pra não ser um problema na minha vida.

Quando tenho uma mulher fixa e crio intimidade me descontrolo tanto que se deixar largo a vida de lado só pra transar. Se não cuidar faço uns 10 filhos seguidos. Nunca participei de surubas e afins, nem se swing. Com isso não me envolvo de forma alguma.

Meu segundo problema é que tenho ejaculação retardada e o meu pinto não desce nem com tiro. Não consigo gozar no tempo esperado. Não existe contratar gp meia horinha pra mim. Tem que ser pernoite, se não eu não gozo. Com a metade da idade que eu tenho trabalhava fazendo bico e conseguia por preços módicos pagar um pernoite ou arrumar uma mulher pra passar a noite num motel sem grandes dificuldades, mas agora só pagando mais de um salário mínimo na brincadeira, fazendo a dança do acasalamento, coisa que não tenho mais paciência ou namorando/noivando/casando, algo que não sou maluco de fazer.

Em alguns momentos meu pinto doi de tão duro que fica e raramente quando transo não esfolo o pau de tanto meter. Minto a minha vida sexual o tempo inteiro pra parecer normal na roda de amigos, essa é a verdade.  Se eu falar metade disso vão rir ou achar que estou mentindo. Nunca tive coragem de procurar um médico. Tenho medo de ser acusado de tarado ou maníaco.

Por que tudo isso é uma merda? porque sou um homem comum, que não tenho mulher gostosa fora do normal disponível 24h por dia. É ai que entra a masturbação, que tento parar o tempo todo, mas não consigo. A bronha consegue ser mais prazerosa e mais rápida, mas mesmo assim demora. Deixo pro final de semana e passo horas nessa merda.

Quanto mais me desenvolvo mais mulher tranqueira aparece... e eu traço a maioria... e meu pau não desce... a maioria se frustra e cansa, não tem disposição. As únicas mulheres que grudaram em mim e não largaram até hoje por causa dessa característica foram algumas ninfomaníacas, que fujo a todo custo. A maior parte dos homens se você perguntar se querem passar uma noite transando vão responder sim, talvez algumas mulheres também, mas na prática nenhuma mulher normal tem disposição pra isso e isso vira um peso nos ombros de qualquer um.

Já teve mulher que ficava falando pra eu parar de tomar viagra, sendo que nunca botei sequer um na boca. Isso parece ser incrível nos olhos de quem não tem o mesmo ânimo, mas só eu sei como foi dificil passar época de faculdade e começo da vida profissional tendo que segurar o pinto desse jeito. Melhorei, mas não cheguei nem perto do ideal.
Deveria procurar um medico para ver isso. Ja fez exame de testosterona? Pode ser que esteja muito alta por algum motivo. Se estiver normal, pode ser algum problema de ordem psicologica que poderá ser tratado com terapia. Ja tive alguns episodios na minha vida de tesao extremo mas sempre foram episodios curtos de no maximo 3 dias de tesao incontrolavel, onde eu so pensava em sexo. De qualquer forma, isso está atrapalhando sua vida e deveria ser investigado. Ter vergonha de procurar ajuda nao vai resolver porra nenhuma. Marque um medico e abra o jogo.
Responda-o
#16
Photo 
Para mim a Resposta é: RELACIONAMENTO SÉRIO.

Já contei aqui no fórum que nunca curti prostituição e marmitas, sempre busquei me relacionar. E não me arrependo de nenhum relacionamento que tive até hoje !

Todos os relacionamentos me somaram para algum coisa, seja aprendizado ou prazeres no momento.

Acredito eu, que quando você não tem uma mulher ao seu lado, a vida realmente fica sem sentido e você não tem para onde ir. Sei que isso vai contra tudo oque a REAL prega, mas é oque eu vejo.

Por mais que situações aconteceram comigo, nunca me revoltei ! Sempre usei a Real para buscar conhecimento, principalmente para o Des. pessoal em outras áreas.
E eu acredito que quando você já tem um certo desenvolvimento, principalmente financeiro, boas mulheres aparecem na sua vida.

A Real ajuda a você não ser um trouxa, saber ser seletivo, agir como homem e não assumir qualquer uma, além de ajudar o cara a se desenvolver.

Enfim , acho que consegui expressar minha opnião, acho que tem muita mulher boa por aí sim, só tem que procurar nos lugares certos. Não adianta querer fazer uma mulher do " mundo" diga-se , baladeira, tatuada, relacionamentos familiar conturbado , msol , ser sua companheira que vai da merda mesmo.

[img]undefined[/img]
TUDO OQUE TE RESTA É O DESENVOLVIMENTO PESSOAL!


Responda-o
#17
Cuidado em gRilo, pra não acabar com uma socioafetiva ou um processo de união estável nas costas.
Um homem com escolhas é um homem livre.
Blog Aforismoz - TEXTO NOVO - "Sexo é sobre poder"
Responda-o
#18
Eu recorro e sempre recorri ao relacionamento sério, então eu me encaixo nos que ainda tentam achar algo interessante para relacionamento ao invés de apenas sexo, o problema é que vem ficando cada vez pior, e as vezes a mina te dá um tesão do caralho, mas é uma bosta de mulher que você tem que ATURAR pra não ficar sem prazeres e até desanima.

Ultimamente eu tenho sido mais fiel à Igreja e quando a testosterona bate eu vou capinar um lote, ler, jogar, fazer qualquer tipo de coisa que não seja procurar mulher, o meu problema é que quanto mais quieto eu fico mais mulher safada que tá ociosa vem me tentar a sã consciência.

A castidade não é uma coisa ruim, o homem não precisa ficar sem sexo pra mostrar pra alguém que ele pode, mas é uma prova de resistência a si mesmo e a os outros, é em si uma superação. Sansão era um cara foda que quebrava geral na porrada, mas cedeu pra uma mina fraca e virou putinha na mão dos inimigos.

Ceder a sexualidade vai muito além de só meter o pau em um buraco e gozar, está na demonstração de domínio e força do homem também, o homem que a tradição humana já nos conta como vitoriosos foram os que conseguiram estar acima das suas próprias necessidades físicas para algo melhor.
Porque não adianta NADA, absolutamente NADA, você ser bom nos estudos, nas finanças, na força física, no emocional controlado pro relacionamento, se quando o sangue desce tu fica burro igual a um jumento e tem que procurar todas as formas possíveis pra se fazer escravo disso.

Apesar de ser realmente uma coisa muito difícil, acredito que a forma mais saudável de se manter um relacionamento com as mulheres é SE RELACIONANDO COM SERIEDADE E COMPROMISSO.
Porque no final das contas todas elas também tem necessidades e elas sabem articular isso na gente muito bem, então ser escravo de buceta não se trata só de ser safo das artimanhas de relacionamento, mas também de sexo.
The absence of virtue is claimed by despair






Responda-o
#19
No quesito 1 - Marmitas Problemáticas, é bem possível encontrar mulheres solteiras balzacas (e M$0L) que topam o sexo casual. Elas te usam como P.A. (pinto amigo). Eu já tive experiências com elas, mas depõe-lhes contra, o seguinte (segundo minhas poucas experiências):
  • se você tiver somente ela de descarga, é possível que fique na mão, caso ela tenho elevado valor de capital erótico. Ex. peguei uma M$0L deliciosa e decidi mantê-la como sexo casual durante minha jornada de desenvolvimento pessoal. Em 10d, transamos 2x: estava indo tudo bem, até que ela ficou uns 20d ghostiando. Percebi que era impossível tê-la exclusivamente, já que certamente ela tem uma cartela de machos disponíveis.
  • Dependendo da frequência que vc queira, ela vai ficar no seu pé. Ex. uma mediana, ex-colega de trabalho, virou sexo casual. Eu estava num momento de mais sobriedade e, portanto, só a procurava a cada 20d +-. Ela encheu o saco com cobranças e, como o clima ficou ruim, inviabilizou o esquema.
Já no quesito 2 - Casas de Massagem, gostaria de ouvir relatos mais detalhados de alguns confrades. Como funciona? Qual o valor? Quais precauções? Eu só usei GP uma vez na vida e não gostei. Achei mecânico. Suponho que nessas casas de massagem haja um ambiente mais favorável e propício, sobretudo após uma boa massagem.
Responda-o
#20
@Awaken é da ala coroinha se fosse crente era "escolhi esperar":uma balzaca. Na suposta epistemologia da libido esotérica a castidade age como uma força do destino atrai vagabundas na forma de teste tentação.

@gRILO ou grelo, @Sagitario são da ala incel honrado com destaque para Sagitario e sua simpatia enrustida relacionada a Mulheres Transgenicas ou cabinho de guarda chuva e o Grelo com tendencias a acreditar em mulher exceção e alma gema do ovo.

@Dr. Lecter  ala sexo casual não é pecado, apenas comer puta que é....

@Bastardo ou bostardo é da ala celibostario diz que não come buceta porque está se desenvolvendo, um ascetista beta irônico que esnoba as chances miraculosas de dar uma trepadinha, pode acreditar  Troll-feminino

@Neo Solid  é da ala puritano penintente mão peluda, sexo é crime, pecado, vergonha e sujeira?

@Indomável ala incubus ou ala chico estrela maniaco do parque na hora do sexo deve sentir até vontade de morder as moças.

@Gorlami ala come mortadela e arrota prosciutto


Zueira a parte...

Fato é que o marriage strike feminista fodeu com o estilo cristão de se viver, os pecados se multiplicaram com essa história de casamento feminista tardio e hipergamia, isso quando acontecem. A degeneração é tanta que nem os  chamados namoros sobrevivem.


[Image: 2a1d76e070b752fb8189c3e9fef1e565.jpg]
Esse deveria estar no quadro "Homem Honrado" https://www.youtube.com/watch?v=YKEd2jag4Xs
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)