Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
VOLTA PARA A MATRIX
#21
Você ficou assim devido ela ser gata, loirinha de olho claro, gostosa e medica. A questão é, se ela fosse mediana, morena, com um corpo mais ou menos e vendedora, vc teria ficado assim? Logo, se vc fosse, gato, gostoso, loiro de olho azul e medico, talvez ela tivesse ficado apaixonadinha igual vc ficou. Agora seja realista, vc tem uma excelente condição financeira, invista no seu desenvolvimento pessoal, faça academia, melhore sua postura, alto-estima, faça investimentos financeiros, foque em você. E não fique como um princeso apaixonado sofrendo pelo amor perdido, sempre que isso acontecer (e vai acontecer muitas vezes, é algo que esta fora do seu controle), apenas parta para a próxima e não se deixe abalar.
Responda-o
#22
(22-09-2019, 12:23 AM)Carasumido Escreveu:  mas confesso que as vezes é difícil lutar contra isso e ficar totalmente frio, ainda mais quando você não é alfa rico e não tem todas as mulheres lindas no seu pé. 


"Ignore o que não pode ter.

Deveria ser mais fácil ficar totalmente frio já que não tem as lindas aos seus pés. Aceite sua realidade e a de muitos, quem não foi contemplado na loteria genética não pode escolher demais, tem que aceitar mediana mesmo.

Por mais linda que seja, lembre-se que é só um ser humano do sexo feminino. Não crie expectativa nenhuma, jamais, sobre mulher alguma; aproveite o momento sabendo que ela pode te dar um pé na bunda no dia seguinte.
Visitante? Crie sua conta clicando aqui para ter acesso a áreas exclusivas.
Responda-o
#23
Esse lance de ganhar 6k, 50k, 100000k, isto tudo é cortina de fumaça que você inventou para tentar dar uma razão a atitude dela, a questão aqui é que você está apegado emocionalmente a médica bonitinha e gostosinha.

A moça só quer curtir a solteirisse e ganhar quilometragem nas picas de vários homens.

Responda-o
#24
80% das mulheres querendo acesso aos 20 % dos homens está se consolidando no processo do matriarcado feliz.

 A lei Maria da Penha avança ao arrepio do direito penal e processual comum e constituição federal, será que em breve veremos propostas legislativas versando sobre prisão perpétua e pena de morte contra homens? Vindo do congresso brasileiro endossado pelo STF só se pode esperar o pior com anuência da PGR e OAB.

Quem paga a conta da hipergamia feminista e do Estado misandrico e bandido, a cleptocracia progressista ideal? Os betas Big Grin essa eugenia tácita cultural é politica de Estado.

https://observatorio3setor.org.br/carros...-mulheres/


20% de homens terão família, os outros 80% pagarão as contas do sistema feminazi e serão processados por alguma coisa ao longo da vida relacionada a lei maria da penha e direito de familia feminazi. Entenda  mais esse aspecto da Matrix que é a destruição do patriarcado, ou pai de família. A misandria cultural anda de mãos dadas com a misandria do legislativo.

Os números do Judiciário são medonhos também.


Os números comprovam  a graduação e evolução dessa estatística bizarra tendencial que pode ser projetada na linha do tempo entre gerações,  estamos chegando na proporção 40% de homens com familia  para 60% sem, a meta é os 20% com e 80% sem. Esse é o ambiente da MATRIX.


O estudo também mostra que as famílias formadas por uma mãe solteira, separada ou viúva e seus filhos já representam 15,3% de todas as formações familiares.

Outro dado que mostra como muitas mulheres têm assumido a responsabilidade de criar os filhos sozinhas vem da cartilha ‘Pai presente‘, divulgada pelo Conselho Nacional: 5.494.267 estudantes não possuem o nome do pai na certidão de nascimento. Esse dado teve como base o Censo Escolar 2011.

Além disso, o estudo da FGV diz que “trabalhadoras com maior escolaridade apresentam queda de emprego de 35% 12 meses após o início da licença, enquanto a queda é de 51% para as mulheres com nível educacional mais baixo”.
Mãe de Jorge, de 1 ano e 10 meses, Jessica Dara também relata dificuldades para conseguir um emprego. “Em uma das entrevistas que fiz, consegui chegar até a última etapa. Quando falei que tinha um filho, que na época tinha 7 meses, a entrevistadora questionou minha responsabilidade. Eu senti o preconceito dela”. Atualmente, Jessica está desempregada.
Além do preconceito na procura de emprego, Jessica também diz que quando estava grávida e realizou o exame de pré-natal se sentiu constrangida com algumas perguntas das enfermeiras. “Elas perguntam quem é o pai da criança. Mas, ao fazerem as perguntas, eu senti como se elas pensassem ‘mais uma mãe jovem e o pai da criança não está presente’”.
Ao falarmos da presença por parte do pai, Jessica diz que “é aquela presença de fim de semana”. Ela diz não concordar com a ideia de o pai só visitar a criança no fim de semana, já que, para ela, isso não é estar presente. “Todos os dias eu estou com o Jorge. Todos os dias eu estou presente”.
Já em relação ao afeto por parte do pai, ela explica que já pensou em recorrer na justiça para que o pai fosse mais presente. “A questão é que isso seria uma coisa forçada. Prefiro que ele visite uma vez por semana”. Ela completa que já aconteceu de o pai não cumprir o combinado. “Combinamos que ele viria uma vez por semana. Mas, às vezes, nem isso. Ele até já ficou 1 mês sem vir”.

Encontre seu Pai Aqui

A iniciativa ‘Encontre seu Pai Aqui’, criada em 2017 em uma parceria entre o Poupatempo e o Ministério Público do Estado de São Paulo, tem como objetivo esclarecer casos de investigação de paternidade.

O projeto começou como um piloto em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, quando Maximiliano Fuheren, da promotoria de São Bernardo, constatou que 10 mil pessoas não tinham o nome do pai na certidão de nascimento em 2002.

Em 2018, após o projeto passar por diferentes mudanças, Maximiliano conseguiu atribuir a iniciativa ao Poupatempo. Com isso, o promotor aponta que 60% dos pais reconhecem a paternidade, mas que o trabalho não é tão simples. “É uma investigação. O pai pode ser de outro estado e até o promotor daquele local encontrar o mesmo pode levar um tempo. Alguns casos demoram 2 anos”.

Além disso, Maximiliano conta que o projeto realiza uma abordagem tranquila. “Não queremos causar constrangimentos. Antes, realizávamos mutirões nas escolas de São Bernardo e sentíamos que algumas mães e crianças ficavam constrangidas. Se elas se sentem assim, há uma história por trás que precisa ser respeitada”.
Maximiliano coloca que, só em 2018, 750 mil pessoas não tinham o nome do pai no estado de São Paulo. “Isso é mais do que a população de São Bernardo do Campo”, enfatiza o promotor. Ele completa que tem percebido uma tendência nas pessoas que procuram o programa. “Há uma linha crescente, por parte das mães, em procurar a iniciativa quando o filho vai ficando mais velho”.
Minha caixa de orgonio.  https://www.youtube.com/watch?v=md_FvbzJg40
Responda-o
#25
Mais do mesmo: Ele quer dormir de conchinha e ela quer giromba.

Os papéis se invertem. Um marmanjo de 35 como tu deveria ser mais veiáco.

Solteiro e ganhando 6k/mês: poderia estar comendo as vendedoras gostosinhas de shopping, pra essas, chique é comer no "méquidonis".
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#26
(22-09-2019, 12:23 AM)Carasumido Escreveu: Alguém aqui recentemente teve recaida de volta à matrix?

Acho que o maior problema é ficar muito tempo no deserto emocional e começar a se sentir necessitado de "apaixonar-se" de alguma forma.

Recentemente conheci uma menina que foi minha vizinha de prédio e sai com ela, depois que vi que ela terminou o namoro. Sai 1,2,  na terceira vez fizemos sexo. Ela é uns anos mais nova, loira e de olho claro, corpinho delicia, branquinha, medica residente, e eu apenas um servidor publico que ganha 6k por mês lutando para passar em outros, mas está difícil. Ela é mineira também, de comportamento simpatico e deves ser daquelas mineirinhas safadinha.

Como ela me assegurou que seria melhor darmos um "tempo" porque ela estava solteira recente, e curtindo isso, não querendo envolvimento demais, comecei a me sentir mal, meio que necessitado de encontrar uma "belezinha" mais nova pra "namorar", e me sentindo um beta de merda. Sei que tudo isso é besteira da minha mente e do meu ego, mas confesso que as vezes é difícil lutar contra isso e ficar totalmente frio, ainda mais quando você não é alfa rico e não tem todas as mulheres lindas no seu pé. Me sinto um merda por saber que não sou alfa, por saber que só teria valor sendo rico, no minimo um médico tambem.

 Dá um depre e uma sensação de que a vida é e será um eterno deserto. Alguém já passou por isso mais de uma vez?

Liberte-se da Matrix, cara. Liberte-se das mulheres. Que tal virar viado e começar a dar o cu?
Responda-o
#27
Bom primeiramente tente não ficar mal por isso, segundo pense mais em você.
Desapegue dessa mulher, você está se comportando como um escravo emocional.
Pensamentos invasivos (intrusivos) devem de estar batendo na sua porta nesse momento,
tente lutar contra eles, se não sabe do que estou falando procure mais sobre na internet.
Não tem muito o que falar o pessoal já falou aqui, use seu dinheiro para dar uma alavancada no seu desenvolvimento pessoal e tome cuidado para não perde o que já conseguiu até então.
Não deixa a sua autoestima lá embaixo, não se sinta um lixo porque causa dela, tem muita mulher por ai logo logo você consegue outra, mas tente não se apegar tanto.
"O mais forte espadachim não necessariamente é o que vence. É a velocidade! Velocidade da mão, a velocidade da mente." (Abade Faria).
Responda-o
#28
Eu vou ser bem sincero. Direto eu vejo o pessoal do fórum dizendo que não vai se relacionar porque as mulheres de hoje não valem muita coisa e bla bla bla. Uma pergunta: os homens hoje valem alguma coisa? É uma pergunta séria. 

Acho coisa de cabaço o comportamento de quem evita relacionamento e ao mesmo tempo fica deprimido por estar sozinho (tentando evitar como se isso não fosse consequência natural de escolher ficar sozinho). É assim que as coisas funcionam, tendo alguém do lado ou não, haverá dor de cabeça, se não por uma coisa, por outra. Por que é tão difícil enxergar isso?

Voltando ao raciocínio do primeiro parágrafo, o cara passa a conhecer as artimanhas femininas no relacionamento, e passa a evitar vínculo afetivo com mulheres. Não vejo como ser mais cabaço. O criador do tópico não é o primeiro a falar a respeito de se sentir totalmente despreparado quando toma um gelo de alguém. "Ah, não me envolvo com mulheres porque elas são assim hoje...", Beleza, você é perfeito? O que mais vejo nesse mundo é homem zé buceta. Não tem mulher exceção, muito menos homem exceção. 

Antes que alguém fale que estou tentando defender o indefensável, deixo claro que tenho aversão a feminismo e afins. Só acho que já passou de hora de reconhecer que além do fato de que uma mulher pode ser uma bela de uma filha da puta, os homens atuais também não são bons exemplos.
Responda-o
#29
Famosa síndrome da escassez. Quando acha uma, acha que é para a vida inteira. Ah! Que meigo!

No mais, [Image: marmitado.jpg]
Responda-o
#30
(23-09-2019, 06:48 PM)Daredevil Escreveu: Eu vou ser bem sincero. Direto eu vejo o pessoal do fórum dizendo que não vai se relacionar porque as mulheres de hoje não valem muita coisa e bla bla bla. Uma pergunta: os homens hoje valem alguma coisa? É uma pergunta séria. 

Acho coisa de cabaço o comportamento de quem evita relacionamento e ao mesmo tempo fica deprimido por estar sozinho (tentando evitar como se isso não fosse consequência natural de escolher ficar sozinho). É assim que as coisas funcionam, tendo alguém do lado ou não, haverá dor de cabeça, se não por uma coisa, por outra. Por que é tão difícil enxergar isso?

Voltando ao raciocínio do primeiro parágrafo, o cara passa a conhecer as artimanhas femininas no relacionamento, e passa a evitar vínculo afetivo com mulheres. Não vejo como ser mais cabaço. O criador do tópico não é o primeiro a falar a respeito de se sentir totalmente despreparado quando toma um gelo de alguém. "Ah, não me envolvo com mulheres porque elas são assim hoje...", Beleza, você é perfeito? O que mais vejo nesse mundo é homem zé buceta. Não tem mulher exceção, muito menos homem exceção. 

Antes que alguém fale que estou tentando defender o indefensável, deixo claro que tenho aversão a feminismo e afins. Só acho que já passou de hora de reconhecer que além do fato de que uma mulher pode ser uma bela de uma filha da puta, os homens atuais também não são bons exemplos.

Vejam só um com mentalidade de Isentosfera e cheio de ressalvas, pergunta-se leu os 7 livros de Nessahan Alita , ThE  Truth e blog MGHB? Então pare de Menstruar como um feministo aqui nessa porra.

[Image: ClearEarnestAcaciarat-small.gif]


Spoiler Revelar
[Image: images?q=tbn:ANd9GcQe9IMhpghr-PQXQ-WcZRQ...ZKIO9-Bkcw]
Minha caixa de orgonio.  https://www.youtube.com/watch?v=md_FvbzJg40
Responda-o
#31
(23-09-2019, 06:48 PM)Daredevil Escreveu: Eu vou ser bem sincero. Direto eu vejo o pessoal do fórum dizendo que não vai se relacionar porque as mulheres de hoje não valem muita coisa e bla bla bla. Uma pergunta: os homens hoje valem alguma coisa? É uma pergunta séria. 

Acho coisa de cabaço o comportamento de quem evita relacionamento e ao mesmo tempo fica deprimido por estar sozinho (tentando evitar como se isso não fosse consequência natural de escolher ficar sozinho)É assim que as coisas funcionam, tendo alguém do lado ou não, haverá dor de cabeça, se não por uma coisa, por outra. Por que é tão difícil enxergar isso?

Voltando ao raciocínio do primeiro parágrafo, o cara passa a conhecer as artimanhas femininas no relacionamento, e passa a evitar vínculo afetivo com mulheres. Não vejo como ser mais cabaço. O criador do tópico não é o primeiro a falar a respeito de se sentir totalmente despreparado quando toma um gelo de alguém. "Ah, não me envolvo com mulheres porque elas são assim hoje...", Beleza, você é perfeito? O que mais vejo nesse mundo é homem zé buceta. Não tem mulher exceção, muito menos homem exceção. 

Antes que alguém fale que estou tentando defender o indefensável, deixo claro que tenho aversão a feminismo e afins. Só acho que já passou de hora de reconhecer que além do fato de que uma mulher pode ser uma bela de uma filha da puta, os homens atuais também não são bons exemplos.

Penso da mesma maneira.

As vezes penso que alguns deixam de se relacionar mais por uma questão de birra/protesto do que uma aceitação de que as mulheres são do jeito que são, precisamos nos adaptar! Ou melhor, precisamos retroagir... resgatarmos alguns aspectos dos homens de antigamente e rechaçarmos certas questões da modernidade.

Essas postagens melancólicas sobre a solidão que sempre acabam respingando na pergunta de ouro (se relacionar ou não), não tem sentido!

"É assim que as coisas funcionam, tendo alguém do lado ou não, haverá dor de cabeça, se não por uma coisa, por outra. Por que é tão difícil enxergar isso?"

Cada escolha uma renuncia, é clichê mas é REAL!
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#32
(23-09-2019, 04:02 PM)Trglodita Escreveu: Mais do mesmo: Ele quer dormir de conchinha e ela quer giromba.

Os papéis se invertem. Um marmanjo de 35 como tu deveria ser mais veiáco.

Solteiro e ganhando 6k/mês: poderia estar comendo as vendedoras gostosinhas de shopping, pra essas, chique é comer no "méquidonis".

Gabaritou !
TUDO OQUE TE RESTA É O DESENVOLVIMENTO PESSOAL!


Responda-o
#33
(23-09-2019, 11:10 AM)Lex182 Escreveu: Você ficou assim devido ela ser gata, loirinha de olho claro, gostosa e medica. A questão é, se ela fosse mediana, morena, com um corpo mais ou menos e vendedora, vc teria ficado assim? Logo, se vc fosse, gato, gostoso, loiro de olho azul e medico, talvez ela tivesse ficado apaixonadinha igual vc ficou. Agora seja realista, vc tem uma excelente condição financeira, invista no seu desenvolvimento pessoal, faça academia, melhore sua postura, alto-estima, faça investimentos financeiros, foque em você. E não fique como um princeso apaixonado sofrendo pelo amor perdido, sempre que isso acontecer (e vai acontecer muitas vezes, é algo que esta fora do seu controle), apenas parta para a próxima e não se deixe abalar.

Exatamente!

Como bem disse Nessahan, você só terá sucesso, não só na lida com as mulheres mas para tudo na vida, quando tiver o domínio de si mesmo, quando saber domar o seu apego. E o melhor caminho para isso é a velha e boa receita de bolo da Real: crescimento e desenvolvimento pessoal.
Quanto mais você se desenvolver e ser auto-confiante mais sucesso terá em todas a relações da sua vida. Um homem auto-confiante e com barganhas tem várias opções e assim sendo, ao perder uma mulher não terá tempo de chorar pois terão outras no pente.
O grande cerne da questão que alguns demoram para entender é que, por incrível que pareça, o problema não são as mulheres. E sim os homens que não conseguem domar a si mesmos, viram reféns / escravos do amor que nutrem por uma mulher. Lembre-se também que a barganha pelo sexo oposto é infinitamente maior das mulheres. Para cada 1, 2 ou 3 mulheres que você tem como "marmita" as mulheres tem dezenas de vezes mais caras em cima delas ou que elas tem esquema.
Sem mais,

O Nobre Conde de Monte Cristo.
Responda-o
#34
Volto, meio tardiamente é verdade, agradecer a contribuição nesse tópico. Foi bastante esclarecedor e rememorador
Responda-o
#35
Você se sente beta porque? Quanto tem de altura? Há determinados pradrões de beleza que realmente diminuem o valor do cara na sociedade, independentemente do quanto ele tenha de dinheiro.

Exemplo:



Responda-o
#36
de vez em quando eu pego umas minas tops, e a matrix bate na porta do meu subconsciente.

eu percebi que há 2 caminhos para fugir da matrix: você precisa entrar de cabeça no seu propósito (seja trabalho, estudos ou algo que vc saiba q é muito bom... de certa forma se ocupar com algo benefico e prazeroso);
a outra maneira, menos aconselhável porque os resultados dependem de fatores externos, é comer outra mulher.

recomendo o primeiro caminho, pq te edifica como homem e quando vc entra neste modo 'blindado', de certa maneira as mulheres se atraem (não que esse seja o objetivo). As mulheres conseguem sentir pelo cheiro quando vc quer elas e quando não quer. Elas vão atrás dos homens q não querem elas (porque estão ocupados demais fazendo coisas mais importantes).

Seja esse cara. Invista seu tempo em ti mesmo e varias mulheres vao aparecer de maneira natural
Responda-o
#37
Aos incautos saibam: Não irá aparecer ninguém.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#38
(23-09-2019, 06:48 PM)Daredevil Escreveu: Eu vou ser bem sincero. Direto eu vejo o pessoal do fórum dizendo que não vai se relacionar porque as mulheres de hoje não valem muita coisa e bla bla bla. Uma pergunta: os homens hoje valem alguma coisa? É uma pergunta séria. 

Acho coisa de cabaço o comportamento de quem evita relacionamento e ao mesmo tempo fica deprimido por estar sozinho (tentando evitar como se isso não fosse consequência natural de escolher ficar sozinho). É assim que as coisas funcionam, tendo alguém do lado ou não, haverá dor de cabeça, se não por uma coisa, por outra. Por que é tão difícil enxergar isso?

Voltando ao raciocínio do primeiro parágrafo, o cara passa a conhecer as artimanhas femininas no relacionamento, e passa a evitar vínculo afetivo com mulheres. Não vejo como ser mais cabaço. O criador do tópico não é o primeiro a falar a respeito de se sentir totalmente despreparado quando toma um gelo de alguém. "Ah, não me envolvo com mulheres porque elas são assim hoje...", Beleza, você é perfeito? O que mais vejo nesse mundo é homem zé buceta. Não tem mulher exceção, muito menos homem exceção. 

Antes que alguém fale que estou tentando defender o indefensável, deixo claro que tenho aversão a feminismo e afins. Só acho que já passou de hora de reconhecer que além do fato de que uma mulher pode ser uma bela de uma filha da puta, os homens atuais também não são bons exemplos.

Concordo. Tenho um colega no meu serviço que fala que NENHUMA mulher hoje em dia presta para relacionamento. Os argumentos dele são  bons, coerentes com o que a real passa, mas percebo uma certa revolta do sujeito em relação às mulheres. Fora isso, obeservo que esse comportamento dele de evitar contato mais íntimo com mulheres é na verdade uma tentativa  de se conformar que é ele quem está sendo evitado (não é um cara que pode ser chamado de feio, mas esse comportamento meio mimado e arrogante acaba afastando as mulheres). Enfim, relacionamento é legal, pode te trazer bons e maus momentos, mas não passa muito disso. Não pode ser tratado como uma necessidade. Já cometi esse erro mais de uma vez e hoje percebo que para evitar mulheres imprestáveis precisamos primeiramente trabalhar para melhorármos a nós mesmos enquanto pessoa. Assim, nos sentiremos confortáveis com quem somos e evitamos buscar felicidade em terceiros. Esse é o caminho mais viável para evitar a tão temida "volta para a matrix". Yaoming
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)