Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
A experiência de capinar um lote
#1
Quando falamos pra vcs capinarem um lote quando a cabeça de vocês enche de mimimis, não achem que é zuera nossa não...‎ 

Tá aí nosso confrade Raito pra provar que a expressão "vá capinar um lote" deve ser entendida no sentido LITERAL:

http://canal.bufalo.info/2015/08/a-exper...r-um-lote/
Responda-o
#2
- Capinar um lote é uma experiência revigorante. 

- Mestre Doutrina tem muita razão quando citou a 'Capina' nas atividades de lazer para o homem viril.
"A Real tem 5 estágios: Conhecimento, Revolta, Aceitação, Compreensão e Evolução".
Responda-o
#3
Depois que o confrade roçou ele pode usar o mata mato, um herbicida para desacelerar o crescimento, isso se ele não tiver um animal para pastar.

Se o confrade usar a água de poço e sem cloro poderá fazer a mistura do rótulo, se for água tratada com cloro e fluor terá que usar o dobro do ml na mistura e aplicar com a bomba manual.
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#4


Responda-o
#5
Olá confrades! Hoje vi que este tópico meu foi postado aqui pelo Barão no canal e aqui.

Diamante Negro, de fato o trabalho braçal mesmo cansando o corpo, revigora a mente. A medida que a tecnologia avança os trabalhos que exigem esforços físicos vão diminuindo, por isso existe tanta gente estressada e com problemas de saúde em decorrência da baixa atividade física.

Confrade Minerim, obrigado pela dica. Creio que usaram isso no lote ao lado, porque não nasce mais capim lá.

Fé e Honra,
Raito.
Membro Associado da Marmito Man Corporation

Quer me perguntar algo? - Visite meu Ask.fm - [Backup]
Responda-o
#6
Seguindo a dica do Senna, comprei uma enxada ontem por R$ 35 reais e comecei a capinar o lote onde estou morando que tem uns 600 m².

Tem muito mato pra capinar, ainda mais em época de chuva como estamos, em que crescem rápido, eu poderia simplesmente pagar algumas diárias pra um rapaz que trabalha por aqui fazer isso. Mas decidi ir fazendo por mim mesmo aos poucos, até como forma de praticar um exercício composto, que eu estou precisando mesmo me exercitar, e também para desestressar e revigorar a mente.

Vou fazendo sem pressa, um pouco de cada vez nos dias eu que tiver um tempo livre.

Ontem foi o primeiro dia, foi cansativo pra caramba, e capinei bem menos do que eu esperava. Comi mais que o normal, dormi que nem uma pedra e acordei bem quebrado hoje. Big Grin

Capinar um lote não é fácil.

E vou deixar uma dica aqui pros confrades que precisam de dinheiro:

[Image: ?u=http%3A%2F%2Fpreguicaalheia.com%2Fwp-...ro.jpg&f=1]
“A maior necessidade do mundo é a de homens — homens que se não comprem nem se vendam; homens que, no íntimo de seu coração, sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.” Ellen White, Educação, Pág 57.
Responda-o
#7
Já capinei um lote.. já cortei matinho que nasce no meio da calçada/asfalto.

Cansativo demais.

Recomendo usar calça ou uma boa proteção nas pernas(contra cobras, vespas, etc).
Eu usei papelão amarrado com fita crepe kkkkk.
Bode velho gosta de Capim Novo.
Responda-o
#8
È coisa que tou acostumado ,como já falei no chat tenho umas pequenas culturas agricolas .
Faz milagres pela mente corpo .
Responda-o
#9
Melhor que capir um lote, é peneirar uma areia ou uma terra. Revigorante também.
Responda-o
#10
Aqui no Sul o esporte preferido é rachar lenha pro inverno.
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#11
tenho uma fazenda inteira pra cuidar, dá trabaio viu
Responda-o
#12
Já tinha lido esse texto há muito tempo.

É um relato interessante, ainda não tive a experiência mas pretendo te-la em breve.

Esse tipo de coisa deveria ser passado pelo pai para o filho, mas por uma infelicidade moderna, os pais estão deixando de repassar esses ensinamentos.
Responda-o
#13
Quando eu era mais jovem 14/16 anos eu capinei muito lote pra ganhar dinheiro, capir um lote é "mamão" o pior era acentar um lote com cascalho, trabalhar de "orêia seca" fazendo massa as 5 horas da manhã no frio... A muitos anos que  não faço mais esses serviços braçais, e nem quero, tirando pequenos reparos e manutenções em casa, eu pago pra alguem fazer qualquer serviço que precise pegar em uma pá, enxada, carrinho de mão,  makita, desempenadeira e etc. 

Pra quem só faz pra distrair a mente pode até ser edificante, mas pra quem dependeu desses serviços pra sobreviver esse tipo de lazer está completamente fora de cogitação.
Responda-o
#14
@Escobar

Bigode, a ideia é essa mesmo.

Para os chorões, mimizentos e punheteiros mentais aprenderem que a vida fora do quarto e de casa é mais dura do que os probleminhas imbecis.

Por isso a expressão "vá carpir um lote, rapaz".
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#15
(02-06-2018, 10:12 AM)Gashead Escreveu: @Escobar

Bigode, a ideia é essa mesmo.

Para os chorões, mimizentos e punheteiros mentais aprenderem que a vida fora do quarto e de casa é mais dura do que os probleminhas imbecis.

Por isso a expressão "vá carpir um lote, rapaz".


Entendi, falei por mim mas vou falar para os mais novos agora. 

Antes de abrir um tópico chorando por está triste com o momozin, pense de forma racional,  e na manhã seguinte vá até uma obra qualquer, ofereça seus serviços, faça um trabalho braçal de 6 da manhã até as 17 horas por 6 dias, garanto que ao final dessa semana seu problema vai parecer tão pequeno e insignificante que vc vai rir da situação e pensar o quão ridículo você foi quebrando a cabeça com algo tão imbecil. Além de ganhar uma graninha considerável, ainda aprenderá dar valor a cada centavo que vc gasta. E quem sabe abrirá um tópico foda aqui no fórum relantando a experiência,  pra mim é mais interessante ver alguém Abrir um tópico contando um problema e depois mostrando a solução que encontrou para resolver o mesmo.
Responda-o
#16
Uma vez fui ajudar meu pai num lote desse, dei uma enxadada em uma sacola véia e saiu um gambázão pistola! Correu do meu lado Gargalhada Gargalhada Gargalhada

Se lascou! Ficou desabrigado.
Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força. Agir com sabedoria assegura o sucesso. - Salomão em Eclesiastes 10.10.
Muito cara legal foi parar debaixo de uma ponte por causa de uma mulher. - Bukowski.
As maiores redpills ouvimos da boca de mulheres.
Responda-o
#17
Este relato em minha opinião é um dos clássicos.

Já trabalhei com enxada em uma empresa de limpeza urbana, tirando terra e mato da beira de guia, não era sempre, mas chegava em casa só o pó!

Lendo dá até vontade de carpir, mas eu aguento Yaoming .

Quando estiver parado vou entrar nessa, deve dar uma boa grana extra pra aportar Gargalhada
Responda-o
#18
Uma perneira dessa é boa pra proteger, e custa cerca de 30 reais. 

[Image: perneira.jpg]
Responda-o
#19
Carpir, roçar mato e fazer taipa. Essa á a solução e a cura gay pra essa geração 7 a 1, que tocam flauta com a bunda.
"IT'S ALL ABOUT WORKING BODY, MIND AND SOUL" 

"Todo mundo tem um plano....Até tomar o primeiro soco"  M. Tyson
Responda-o
#20
up..
Tenho horta então o uso da enchada é corriqueiro.
Mas como o confrade @"Mindingo"  falou o esporte favorito aqui no sul é rachar uma lenha e aqui ta acabando o estoque junto com o inverno, e essa semana vou tirar um treino no machado para colocar a coluna no lugar Gargalhada
Aqui temos serpentina de aquecimento de água que vai para o chuveiro e torneiras, então usamos praticamente o ano todo, além de fazer uma comida com muito mais qualidade com panelas de ferro.
Depois posto foto do treino aqui.
Avante Senhores!
Não Tá Morto Quem Peleia!
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)