Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Mulheres americanas e casamento: Um voto sagrado
#1
Mulheres americanas e casamento: Um voto sagrado (Por que eu nunca vou casar com uma americana)
Por Nice Guy


[Image: HB1VyCM.jpg]

A ideia de me casar com uma americana, literalmente, me aterroriza.

Será que eu não posso me controlar e ter relações sexuais com uma única pessoa o resto de minha vida? Será que eu não sou capaz de suportar os altos e baixos numa relação? Será que eu tenho medo de compromisso? Bem… Não é nada disso. É por que casar com uma mulher americana é mais provável que o casamento se torne um fracasso.

É um fato triste nos Estados Unidos que mais de 60% dos casamentos terminem em divórcio. Ainda mais triste é que cerca de 75% dos divórcios são iniciados pela mulher apesar das objeções do homem (os restantes, 25%, são ou divórcios mutuamente acordados ou divórcios iniciados pelo marido em cima das acusações das mulheres, estas duas categorias respondem  aproximadamente meio a meio dentro dos 25% restantes). Todos esses números são absolutos, pois são arredondados para menos para tornar a leitura mais simples. Assim, se 65% dos casamentos terminam em divórcios e 75% deles são iniciados por mulheres, traduzindo em termos matemáticas poderíamos chegar a seguinte conclusão: (0,75(0,60) x 100 = 45.

Há pelo menos 45% de chance de que sempre que um homem se casar com uma americana, a mulher vai querer divorciar-se dele em algum momento. Você tem mais chance de sobreviver em uma roleta russa.

Além disso, um homem tem muito mais chances de cometer suicídio nos primeiros dois anos de divórcio do que a média masculina. Roleta russa, de fato, as mulheres americanas se tornaram literalmente em destruidoras de homens.

O maior desestímulo para o casamento se encontra dentro das próprias mulheres. Os números demonstram que elas são destruidoras familiares. Casar com uma americana é uma atividade de risco para nós homens. O que as mulheres americanas querem mais: um marido ou uma casa cheia de eletrodomésticos fantásticos? Elas muitas vezes agem com se elas penassem que seus aparelhos valessem mais do que os pedaços humanos inúteis e sobrecarregados de seus maridos.

Pense nisso: há uma chance de mais de dois em cada cinco que uma mulher americana é incapaz de reunir o amor e o compromisso necessários para fazer um casamento funcionar! Os números mostram que elas se tornam péssimas esposas que sequer pensam que seus votos de casamento significam muito. Porque casar com uma? Honestamente, agora por que diabos flamejantes você tenha mesmo que considerar em se casar com uma! É pedir para ter problemas. Casar-se com uma garota norte-americana é, provavelmente, uma das piores coisas que você poderia fazer com a sua vida. Basta fazer uma análise de custo/benefício bem simples, que é o que os números mostram.

As mulheres muitas vezes planejam seus divórcios com muita antecedência e seus maridos sempre são os últimos a saberem e muitos deles se dizem atordoados quando a bomba de repente cai. Muitos na tinham a ideia de que o casamento estava mesmo em apuros… Naturalmente o pressuposto para todos é que os homens devem ser estúpidos em não perceber os sinais sutis de que seu casamento está em apuros. Mas é porque os homens são realmente insensíveis, idiotas insensíveis ou é porque as mulheres são simplesmente maquiavélicas e sigilosas em suas maquinações? Apesar de que as mulheres são quem se queixam de que os homens não são bons comunicadores, não gostam de diálogo, muitas vezes mentem para seus maridos sobre o estado de seu casamento até o último minuto.

Tempos atrás, em resposta a um comentário de um dos leitores eu descrevi que eu não tinha ficado com uma menina como uma vitória, mas como um prêmio de consolação, uma derrota acondicionada dentro de uma vitória. Entretanto, aqui está uma das maiores ironias da mulher americana: se você é o tipo de homem que caiu na besteira de conquistá-la (e no final se apaixonou por ela e casou-se com ela), então há uma boa chance de que ela vai querer um casamento de curta duração (!)

Só posso concluir que se casar com uma mulher americana não é nada mais do que comer doces envenenados! Ela só vai estar com você, na medida em que ela possa obter o prazer ou a utilidade que você possa proporcionar. E sempre que ela atingir sua fantasia, ela vai cair fora, te chutar para o meio-fio depois que ela tiver realizada. E mesmo assim, algumas dessas mulheres divorciadas presunçosamente zombam que são os homens que “não podem se comprometer”.

Talvez a razão pela qual elas afirmem que os homens não podem se comprometer é porque as mulheres acham muitíssimo fácil de cair fora dos compromissos da mesma forma que alguém pode trocar um par de meias? Mas não. Não. Deve ser do homem a culpa. Se ela se divorcia de seu marido, então era porque o homem era o problema e, certamente, não a pessoa que contatou seu advogado para pedir os papéis do divórcio.


É tempo de Voto Sagrado…

Hoje, eu estou declarando um voto sagrado formalmente. Eu poderia ter sugerido isso antes, eu não sei se realmente até agora eu já tenha dito isso formalmente… Mas aqui vai. Deixe que eu seja ouvido agora e para sempre: eu nunca vou permitir que qualquer mulher americana venha a se casar comigo!

Isso é certo. Aqui e agora, eu estou escrevendo oficialmente para toda a população feminina americana como sendo um grupo que é impróprio para o compromisso do casamento. As chances são que elas simplesmente não são capazes de realizar um casamento. As chances são que elas são ineptas, quando se trata de cumprir seus votos de casamento. As probabilidades são que elas não têm a habilidade humana básica de reconhecimento de necessidades não satisfeitas do seu parceiro. Elas são seres humanos que não têm salvação, são irrecuperáveis. Sim, antes eu sugeri algo nesse sentido muitas vezes, mas eu sempre deixava aberta a possibilidade de que talvez, por algum milagre poderia haver alguma mulher americana lá fora que não fosse sugadora. (E sim, há de fato, pode ser que uma ou duas mulheres americanas lá fora não sejam sugadoras.) Mas essas estatísticas… Dão-me arrepios. E elas são feitas a partir de números arredondados para menos! Eu prefiro seguir uma mulher de menor risco. Uma mulher que realmente leva o casamento a sério. É muito arriscado fazer uma proposição.

Mulheres americanas simplesmente não oferecem relações satisfatórias ou estáveis!

É uma pena, porque eu sei que eu seria um ótimo marido, um dia. Eu quero um casamento bem-sucedido, e há um mais de sessenta por cento de chance de que o ato de se casar com uma mulher americana vai garantir que o meu casamento não será bem sucedido… E, além disso, haverá uma chance de mais de dois em cada cinco de que não importa o quão comprometido eu seja para o relacionamento, a mulher ainda vai tentar dar um calote em mim em algum momento. Entre suas aspirações de carreira, sua necessidade de independência e do fato de que a americana média feminina gosta de encarar os homens como inutilmente redundante em qualquer maneira, simplesmente não há espaço para um casamento estável dentro desse tipo de psique em conflito.

Sim, alguns países têm taxas de divórcio ainda maiores do que aquelas nos EUA. Alguns países da ex-União Soviética têm taxas de divórcio nos mais altos percentuais acima de 60%%… A maioria desses países, no entanto, sofreram níveis extremos de dificuldade econômica, deslocamento social, instabilidade política além dos níveis elevados de crimes. Naturalmente, há muitas razões para explicar por que as famílias estão sob estresse em lugares como a Ucrânia e Belarus. Mas a América é uma sociedade com uma economia que funciona relativamente bem aonde os serviços públicos não são deficientes à esquerda e à direita e onde a ilegalidade não é galopante… Em suma, as mulheres nos EUA nãoestão em circunstâncias extremas para que coloquem suas famílias em uma enorme quantidade de estresse. Então, por que as mulheres americanas continuam quebrando suas famílias elevando essas estatísticas?

Estou certo que há razões perfeitamente legítimas para uma mulher querer deixar o marido… Mas o homem sempre necessariamente é o problema?Eu não acho que ninguém possa nunca obter uma resposta honesta a respeito do porque as mulheres se divorciam e que elas não sabem como chegar a suas próprias conclusões metade do tempo! Mas você pode ter certeza de que o que quer que suas razões esteja certas ela vai justificar o seu divórcio com o número X de acusações, ela terá sempre uma desculpa à mão. Ela está se sentindo presa em um relacionamento infeliz, talvez, ou não o suficiente de que suas necessidades estão sendo atendidas por seu marido, ou o marido passa muito tempo no trabalho… Ou, às vezes as mulheres se casam porque elas só querem ter filhos. Uma vez que as crianças estão crescidas, o homem não tem mais uso e pode ser descartado com segurança. Ele é estranho, na medida em que ela está preocupada.

E você vai notar: sempre que uma mulher divorciada fala sobre seu ex-marido, é sempre de forma inequívoca culpa dele que ela decidiu terminar o relacionamento. Sua crença arrogante em sua própria justiça vai começar a sangrar claramente através disso. Ela será capaz de gabar-se e falar sobre de quem foi a culpa (e nunca é dela). Isso tudo vai voltar para a questão das mulheres desprezando a responsabilidade. Mulheres preferem acreditar na desculpa mais esfarrapadas e fabricadas que ainda pensam que elas poderiam ter tido pouca responsabilidade por seus divórcios.

Pense nisso: mesmo que uma mulher tenha planejado o divórcio, iniciado e decidido sair do casamento, nunca faz parecer ter tido qualquer responsabilidade pelo planejamento, inicio ou que a decisão que tenha tomado sempre lhe caia sobre os ombros. Ou, em alguns casos, ela pode criar mentiras completas sobre o homem a abusar dela e das crianças, pois eu sei, é um fato, que alguns advogados sem escrúpulos secretamente incentivam suas clientes a fazerem isso. O homem deve ser sempre o malfeitor, e ela a vítima que precisa de ajuda e simpatia. Nem uma vez ela vai admitir coisas como: “Eu encontrei outro homem que eu estou apaixonada” ou “Eu estava entediado com o relacionamento.”Não nada deve ser culpa dela e sim do ex-marido.É assim que ela termina o casamento com a consciência e ficha limpa. Elas não podem ter pena de seus ex-maridos, na verdade os seus ex-maridos devem ser sempre os porcos mais horríveis do planeta. Nós não queremos que essas pobres mulheres se sintam culpadas, não é?

Para piorar a situação, o sistema legal dá à mulher um incentivo financeiro quando ela se divorcia. Há um grande número de advogados gananciosos e oportunistas na América que ganham seu pão de cada dia, retirando do ex-marido toda sua riqueza. Depois de seu divórcio, um enorme pedaço de sua propriedade e ganhos futuros é basicamente comprometido. E nunca ficam para trás em seus pagamentos mensais: ao longo dos últimos anos, o governo federal tem implacavelmente perseguido “pais caloteiros” como uma vingança. Dentro do casamento e fora do casamento, os homens são apenas carteiras ambulantes.

E o pior de tudo, muitos homens sabem que depois do divórcio eles vão perder o contato com seus filhos enquanto ainda estão sendo obrigados a apoiar financeiramente as suas ex-esposas. Cerca de 85% das crianças de pais divorciados terminam sob a custódia de suas mães … E as poucas crianças sob a custódia de seus pais só foi possível depois que o pai havia gasto milhares de dólares em taxas legais tentando provar por que eles deveriam ter a custódia. (No "Journal of Marriage and the Family", J. A. Seltzer publicou em 1991 um estudo chamado “Relationships between Fathers and Children Who Live Apart”( As relações entre pais e filhos que vivem separados) descobriu que um terço das crianças filhas de pais separados tinha visto no máximo uma vez o pai delas, que no ano anterior). Isto não parece um tipo de servidão involuntária? Ter um percentual de sua renda despojado, longe de você para subsidiar alguém que soa muito como uma forma de escravidão financeira forçada, não é mesmo? (E talvez esta seja uma questão para os estudantes de direito, mas não, a 13 ª Emenda da Constituição dos EUA diz: “Nem a escravidão nem a servidão involuntária, com exceção de punição para o crime pelo qual o réu tenha sido devidamente condenado, deve existir dentro dos Estados Unidos…” Então, ser um ex-marido deveria ser um crime agora?)

Então, para resumir tudo: ao se casar com uma mulher americana, haverá uma chance de mais de 45% que, contra a sua vontade, o seu casamento vá acabar e que você vai perder o contato com seus filhos… Por causa dela, você vai ser perseguido por advogados e será exigido de você que sustente financeiramente a família de sua ex. Você tem que ser um idiota para querer esse tipo de risco!


Se o amor é cego, o casamento americano perdeu todos os cinco sentidos.

Quanto a vocês americanos: se você é um cara que visa a satisfação pessoal em fazer sua mulher feliz, você já deve ter notado que as mulheres americanas não ficam felizes por muito tempo, não importa o que você faça para elas. (Você já foi acusado por sua namorada de não demonstrar afeto o suficiente quando você realmente se esgotouem uma vã tentativa de agradá-la?) Elas sempre têm outra necessidade insaciável por aí. Elas sempre querem que você compre mais um presente inútil e caro… E elas acabam despejando você por causa do que você não pode dar a elas.

Mas, naturalmente, você quer a melhor garota que você possa obter, porque você sabe que você é uma grande pessoa e você realmente tem um desejo sincero de construir um relacionamento duradouro e verdadeiro. Se uma garota americana já rejeita você, seja grato que ela fez isso antes de se casarem. Inferno, ela prefere estar com o Sr. Babaca de qualquer maneira. Eu digo: se é isso que ela quer, deixe-a ficar com o Sr. Babaca!

Não é um grande segredo que as mulheres têm uma quantidade enorme de capacidade de comandar o poder e os direitos extralegais nos Estados Unidos. Na verdade, são as mulheres que estabelecem as regras e condições gerais do sistema de namoro, acasalamento e casamento que você deve seguir (seu cartel sexual para iniciantes). Uma das coisas que as mulheres precisam para perpetuar este acordo é uma população trabalhadora ainda em repouso e descartável de homens para seguir suas regras de autosserviço. Então, por que você estar parado?

A lei do divórcio é um sistema que é cruel além da capacidade de resistência de um único indivíduo. É um sistema de medidasprojetado para mastigar você e vomitá-lo para benefício exclusivo da mulher.Você não pode sair do sistema, nem sequer tentar.Mas você pode pensar em ficar fora dele e há segurança em números para te ajudar a decidir a não entrar. Uma das coisas que você pode fazer para tornar a vida desconfortável para mulheres predadoras não é ficar parado antes do casamento.Há muitas maneiras de fazer isso, até mesmo perguntas incisivas para a mulher que você está namorando pode ter um efeito revelador.

Mas o meu ponto principal é uma maneira de não ficar quieto. É pensar sobre alguns números: as mulheres americanas representam 5% da população mundial das mulheres. As chances são que elas estão abaixo de 5% em termos de qualidade, porque elas são, provavelmente, machista, egoísta e exigente como o inferno… E elas irão se divorciar de você, pelo menos 45% delas, quando você se casar com elas. Com chances como essa, você não pode errar em olhar para mulheres estrangeiras! Você está baixando seus padrões ou apostando fora? Absolutamente não! Ao olhar para o exterior, você está apenas ampliando sua pesquisa para uma mulher melhor que você possa eventualmente encontrar. Permite que você a tomar decisões melhores.

Ou, se você é um jogador de verdade e você está disposto a arriscar a se casar com uma garota americana, no mínimo,insistir em um acordo pré-nupcial e falar com um advogado sobre as outras leis do divórcio, você deve estar ciente disso pelo amor de Deus. Se a sua noiva se recusa a assinar um acordo pré-nupcial como a minha fez, então você terá uma ideia do por que ela vai se casar com você.

Você tem a capacidade de dizer "não" ao contra-senso que mulheres americanas têm preparado para você engolir. E acredite em mim, o contra-senso é verdadeiro. Você deve sempre questionar e se recusar a aceitar a besteira delas. E você pode se consolar com o fato de que você pode simplesmente dizer “não” e simplesmente ir embora.O que quer uma mulher americana possa afirmar sobre si mesma, lembre-se: ela é provavelmente incapaz de ser sua esposa.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

" American woman, stay away from me
  American woman, mama let me be
  Don't come here hanging around my door
  I don't want to see your face no more
  I got more important things to do
  Than spend my time growin' old with you...
"

            -Banda Guess Who, na música "American Woman".



Tradução em português: Website Contrapondo Idéias
Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força. Agir com sabedoria assegura o sucesso. - Salomão em Eclesiastes 10.10.
Muito cara legal foi parar debaixo de uma ponte por causa de uma mulher. - Bukowski.
As maiores redpills ouvimos da boca de mulheres.
Responda-o
#2
A tradução ficou um pouco estranha, mas o texto é realmente esclarecedor. 
Já imaginava que o feminismo estava mais desenvolvido na norte-americana.
Valeu.
"Escola? E o aprendizado com os próprios erros? A experiência te faz professor de si próprio".
Responda-o
#3
Esse texto vem demonstrar que o materialismo dos anos 80 nos EUA acabou com as famílias.

As crianças dos anos 90 já nasceram de uma geração fodidda da geração anterior e que tentou compensar a ausência parental com bens e propriedades.

A velha história de "estude pra que se tiver.que sofrer por amor o faça em Paris", é a maior blasfêmia que se pode dizer ao amor que tudo sofre e tudo suporta.
Não acho que casar porque a maioria se divorciar é besteira, ainda há pessoas que não o fazem e a própria estatística do cara diz isso.

Então o caminho é esse procurar sair dessa merda de ser o Maria-vai-com-as-outras-estatistico. "Se tantos % pulam da ponte é porque vai acontecer comigo também"

Seus votos tem que ser de respeito ao matrimônio, que é o correto, e não a um caminho covarde de omissão de mudança interior para mudança exterior.
The absence of virtue is claimed by despair






Responda-o
#4
Primeiro ele ficou com a ideia de que talvez existisse uma americana-exceção, e agora parece acreditar que existe uma mulher-exceção fora dos EUA. Aí um dia vem viajar para o Brasil, Colombia, Venezuela, e encontra uma mulher linda que descobre que ele é americano e emula todo um comportamento para se fazer de exceção, faz um chá de buceta e ele casa feliz, assim que sai o Green Card dela, ela se separa e rapidamente aprende judicialmente como se aproveitar dele da melhor maneira possível e ela aprende isso mais rápido do que o idioma inglês. 

Eu vi isso acontecer em vários casos quando estive lá. Apesar delas sempre negarem e dizerem que casaram por amor mesmo.

Brasileiras que diziam que casaram por amor mas assim que saia o Green Card elas diziam que o amor acabou (ou outra desculpa sem fundamento) e pediam o divorcio, e claro, não queriam abrir mão de nenhum benefício e rapidamente umas conhecidas encaminhavam ela para um advogado que ensinava todos os direitos que poderiam receber na separação. 

Se ele cair nesse erro no futuro, vai ser mais um americano que tentou fugir do feminismo nos EUA e casou com uma feminista híbrida brasileira, só pra se ferrar em verde e amarelo. Mas no caso dele, parece que ele decidiu não casar com nenhuma mesmo.

(08-04-2019, 03:10 AM)Fairchild Escreveu:
Estou certo que há razões perfeitamente legítimas para uma mulher querer deixar o marido… Mas o homem sempre necessariamente é o problema?Eu não acho que ninguém possa nunca obter uma resposta honesta a respeito do porque as mulheres se divorciam e que elas não sabem como chegar a suas próprias conclusões metade do tempo! Mas você pode ter certeza de que o que quer que suas razões esteja certas ela vai justificar o seu divórcio com o número X de acusações, ela terá sempre uma desculpa à mão. Ela está se sentindo presa em um relacionamento infeliz, talvez, ou não o suficiente de que suas necessidades estão sendo atendidas por seu marido, ou o marido passa muito tempo no trabalho… Ou, às vezes as mulheres se casam porque elas só querem ter filhos. Uma vez que as crianças estão crescidas, o homem não tem mais uso e pode ser descartado com segurança. Ele é estranho, na medida em que ela está preocupada.

E você vai notar: sempre que uma mulher divorciada fala sobre seu ex-marido, é sempre de forma inequívoca culpa dele que ela decidiu terminar o relacionamento. Sua crença arrogante em sua própria justiça vai começar a sangrar claramente através disso. Ela será capaz de gabar-se e falar sobre de quem foi a culpa (e nunca é dela). Isso tudo vai voltar para a questão das mulheres desprezando a responsabilidade. Mulheres preferem acreditar na desculpa mais esfarrapadas e fabricadas que ainda pensam que elas poderiam ter tido pouca responsabilidade por seus divórcios.

Pense nisso: mesmo que uma mulher tenha planejado o divórcio, iniciado e decidido sair do casamento, nunca faz parecer ter tido qualquer responsabilidade pelo planejamento, inicio ou que a decisão que tenha tomado sempre lhe caia sobre os ombros. Ou, em alguns casos, ela pode criar mentiras completas sobre o homem a abusar dela e das crianças, pois eu sei, é um fato, que alguns advogados sem escrúpulos secretamente incentivam suas clientes a fazerem isso. O homem deve ser sempre o malfeitor, e ela a vítima que precisa de ajuda e simpatia. Nem uma vez ela vai admitir coisas como: “Eu encontrei outro homem que eu estou apaixonada” ou “Eu estava entediado com o relacionamento.”Não nada deve ser culpa dela e sim do ex-marido.É assim que ela termina o casamento com a consciência e ficha limpa. Elas não podem ter pena de seus ex-maridos, na verdade os seus ex-maridos devem ser sempre os porcos mais horríveis do planeta. Nós não queremos que essas pobres mulheres se sintam culpadas, não é?

Quando eu era adolescente eu percebi isso, e sempre que eu tinha oportunidade eu perguntava porque a mulher terminou o ultimo relacionamento, e eu já ouvi centenas de vezes de centenas de mulheres diferentes e todas sempre falam a mesma coisa, a culpa do relacionamento não ter dado certo, é do homem. Elas NUNCA admitiam ou reconheciam culpa nenhuma por qualquer motivo. Todas as vezes elas SEMPRE eram as vítimas. Ainda estou tentando achar uma que se diga culpada por algum motivo. 

Até mesmo mulheres que namoraram com 20 caras, todos os 20 caras eram o problema, nunca ela. É incrível essa imaturidade de nunca reconhecer os próprios erros. É o famoso Hamster da Racionalização. Para quem nunca ouviu falar sobre ele, leia ESTE TÓPICO.

Agora dos homens, já ouvi muitos admitirem que são culpados pelo fim do relacionamento, eu até tenho minhas dúvidas se alguns deles eram culpados mesmo ou apenas compraram a inversão de culpa que a mulher fez nele. O famoso "culpar o inocente".

Silvio Koerich Escreveu:Uma das técnicas mais PODEROSAS femininas e muito bem elaboradas que exigem uma habilidade de dissimulação incríveis se chama “culpar o inocente”. Essa técnica é aquela em que quando confrontadas ou acusadas pelo parceiro, as mulheres INVERTEM o jogo utilizando de incríveis habilidades de manipulação e vitimismo para virar o jogo e culpar e fazer o homem se sentir culpado acabando que ele sai por ruim da história e ela como coitada e inocente.

Essa técnica tem uso vasto pelas mulheres onde qualquer coisa que o homem a acuse ou reclame é prontamente invertido, com desvios da discussão pra coisas do passado, reclamações de coisas totalmente fora da conversa, infernos mentais, choros, birras, ameaças, vitimismos, tudo junto até que o homem é obrigado a recuar, aceitar que é o culpado e correr atrás dela pra se desculpar.

Veja mais aqui: https://legadorealista.net/forum/showthr...p?tid=3659
“A maior necessidade do mundo é a de homens — homens que se não comprem nem se vendam; homens que, no íntimo de seu coração, sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.” Ellen White, Educação, Pág 57.
Responda-o
#5
... esse garoto inocente não conhece o Brasil, na verdade isto é um fenômeno global.

Observem que foi dentro dos Estados Unidos que houve uma fácil e total assimilação do chamado maio de 1968, da Sexual Liberation, do aborto, das leis facilitadoras do divórcio.

Fenômeno da constante secularização americana, calcada no estado laico, livre mercado e liberdade religiosa, pode ser que este percentual mude em sociedades menos secularizadas e que de certa forma conseguiram manter uma noção de sacralidade do matrimônio, como nosso colega enfatiza.
Responda-o
#6
Quando uma mulher pede o divórcio, pode ter certeza de que ela planejou isso por meses de antecedência. O utilitarismo faz da mulher um ser extremamente maquiavélico. Não por acaso, metade das mulheres mantém um reserva caso a relação atual acabe.

https://extra.globo.com/noticias/saude-e...58822.html

O homem atual não é páreo para a mulher moderna. Até o feminismo da mulher moderna é utilitarista. Sobram direitos e ignoram obrigações. O famoso feminismo híbrido, emulado pelas ditas "conservadoras de direita" - apenas surfando na onda que elegeu Bolsonaro, que por ser tão utilitarista, não tem nem vertente ideológica: fingem ser a favor da família tradicional mas não abrem mão dos bens nem durante uma separação total de bens.

Não sei no caso das americanas, mas as brasileiras tem uma necessidade enorme de mostrarem que estão felizes com seu "amor" no facebook. Ficam fazendo altas declarações na rede social, como uma necessidade forçada de mostrar pras outras "zamigas" que estão muito felizes na vida sentimental. Tenho observado esse comportamento em várias. De cabeça não lembro se Nessahan Alita comenta algo à respeito disso em seus livros. Nessas horas, o infeliz vê essas postagens e pensa o quanto é amado. Mal sabendo o que na verdade se passa.
"Homem Marmito"® is trademark of Marmito Man Corporation ™
Responda-o
#7
A verdade é que nunca se sabe o que se passa na cabeça de uma mulher.

Todo homem dentro de um relacionamento deve estar preparado para o pior (psicológica e financeiramente).

“13º Emenda da CF Americana: Nem a escravidão nem a servidão involuntária, com exceção de punição para o crime pelo qual o réu tenha sido devidamente condenado, deve existir dentro dos Estados Unidos…".

Já isso aqui é uma verdade inconteste, a máquina legal para punir o homem de todas as maneiras possíveis é avassaladora.
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#8
Todo homem que tiver oportunidade de conseguir uma mulher melhor, pedirá divórcio (e só por esse motivo que pedem)! É hipocrisia julgar os pedidos femininos.

Não existe ingenuidade de ambas partes numa relação a longo prazo!
Responda-o
#9
(08-04-2019, 07:17 PM)Hombre de hielo Escreveu: Todo homem que tiver oportunidade de conseguir uma mulher melhor, pedirá divórcio (e só por esse motivo que pedem)! É hipocrisia julgar os pedidos femininos.

Não existe ingenuidade de ambas partes numa relação a longo prazo!
Isso é uma afirmacao? senhor dono da verdade. 

Eu me separei de uma mulher lindissima por uma feia, e entao o que me diz?
"É o saldão das balzacas"  Minerin 
Responda-o
#10
(08-04-2019, 07:53 PM)Gângster Escreveu:
(08-04-2019, 07:17 PM)Hombre de hielo Escreveu: Todo homem que tiver oportunidade de conseguir uma mulher melhor, pedirá divórcio (e só por esse motivo que pedem)! É hipocrisia julgar os pedidos femininos.

Não existe ingenuidade de ambas partes numa relação a longo prazo!

Isso é uma afirmacao? senhor dono da verdade. 

Eu me separei de uma mulher lindissima por uma feia, e entao o que me diz?

São apenas estatísticas... pelo menos, tu não tá negando que o homem pede divórcio por causa de outra mulher... já é um começo!
Responda-o
#11
(08-04-2019, 08:07 PM)Hombre de hielo Escreveu:
(08-04-2019, 07:53 PM)Gângster Escreveu: Isso é uma afirmacao? senhor dono da verdade. 

Eu me separei de uma mulher lindissima por uma feia, e entao o que me diz?

São apenas estatísticas... pelo menos, tu não tá negando que o homem pede divórcio por causa de outra mulher... já é um começo!
E nao foi por causa de outra mulher, nao mesmo. 

Primeiro eu me separei e só depois me envolvi com a minha atual, corrigindo e explicando melhor com mais detalhes. 

Tem hora que tu viaja na maionese com suas teorias mirabolantes. 

Como ja disse e repito, tu é um caso perdido.
"É o saldão das balzacas"  Minerin 
Responda-o
#12
(08-04-2019, 07:53 PM)Gângster Escreveu:
(08-04-2019, 07:17 PM)Hombre de hielo Escreveu: Todo homem que tiver oportunidade de conseguir uma mulher melhor, pedirá divórcio (e só por esse motivo que pedem)! É hipocrisia julgar os pedidos femininos.

Não existe ingenuidade de ambas partes numa relação a longo prazo!
Isso é uma afirmacao? senhor dono da verdade. 

Eu me separei de uma mulher lindissima por uma feia, e entao o que me diz?

E as letras grandes acima que tu disse... significa o quê?

Qualquer um vai entender... 'Eu pedi divórcio de uma mulher lindíssima por causa de uma mulher feia,'
Responda-o
#13
(08-04-2019, 08:18 PM)Gângster Escreveu:
(08-04-2019, 08:07 PM)Hombre de hielo Escreveu: São apenas estatísticas... pelo menos, tu não tá negando que o homem pede divórcio por causa de outra mulher... já é um começo!
E nao foi por causa de outra mulher, nao mesmo. 

Primeiro eu me separei e só depois me envolvi com a minha atual, corrigindo e explicando melhor com mais detalhes. 

Tem hora que tu viaja na maionese com suas teorias mirabolantes. 

Como ja disse e repito, tu é um caso perdido.
"É o saldão das balzacas"  Minerin 
Responda-o
#14
(08-04-2019, 07:17 PM)Hombre de hielo Escreveu: Todo homem que tiver oportunidade de conseguir uma mulher melhor, pedirá divórcio (e só por esse motivo que pedem)! É hipocrisia julgar os pedidos femininos.

Não existe ingenuidade de ambas partes numa relação a longo prazo!

Todo homem, talvez boa parte, agora vir aqui e generalizar assim é burrice, parece que não leu doutrinador nem nada, só venho dar uma de entendido e dono da razão.
Responda-o
#15
Spoiler Revelar
(08-04-2019, 07:17 PM)Hombre de hielo Escreveu: Todo homem que tiver oportunidade de conseguir uma mulher melhor, pedirá divórcio (e só por esse motivo que pedem)! É hipocrisia julgar os pedidos femininos.

Não existe ingenuidade de ambas partes numa relação a longo prazo!

Premissa totalmente falsa. 
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#16
@Dark_Painter01 só não sou corporativista, só isso!

Tu e o @Trglodita negam porque isso fica camuflado pelo nosso baixo poder sexual...
Responda-o
#17
Todo homem que tiver oportunidade de conseguir uma mulher melhor, pedirá divórcio (e só por esse motivo que pedem)! É hipocrisia julgar os pedidos femininos.


Não existe ingenuidade de ambas partes numa relação a longo prazo!


Angel


Tipica frase de mulher trocada por uma mais gostosa e mais nova.Nesses  tempos de hipergamia isto é um dogma, mas vamos para a realidade:

O homem que pede divórcio no mundo ocidental é o que pode pagar por ele Yaoming , uma minoria,  do contrário ficará no aguardo e aviso prévio senão proporcionar um provedorismo e fortes emoções a altura do ego da dama.

Embora os casamentos sejam tardios a industria do divorcio continua crescente, 2 a 3 casamentos ao longo da vida é uma realidade; os homens medianos são demitidos  por motivos fúteis ideologicos, imorais, injustos e de força maior e até fortuitos, com ou sem filhos resultantes da união, muitos dificilmente conseguirão ter condições de bancar uma nova família.

Parece que o feminismo transformou o casamento em jogo de azar com aviso prévio constante no ocidente, um status de pré paranoia.
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#18

Aviso prévio foi foda hein kkkkkkkk Mas foi o que aconteceu com meu irmão, quebrou financeiramente com dois casamentos.
Responda-o
#19
(09-04-2019, 08:19 PM)Minerim Escreveu: O homem que pede divórcio no mundo ocidental é o que pode pagar por ele Yaoming , uma minoria,  do contrário ficará no aguardo e aviso prévio senão proporcionar um provedorismo e fortes emoções a altura do ego da dama.

Embora os casamentos sejam tardios a industria do divorcio continua crescente, 2 a 3 casamentos ao longo da vida é uma realidade; os homens medianos são demitidos  por motivos fúteis ideologicos, imorais, injustos e de força maior e até fortuitos, com ou sem filhos resultantes da união, muitos dificilmente conseguirão ter condições de bancar uma nova família.

Parece que o feminismo transformou o casamento em jogo de azar com aviso prévio constante no ocidente, um status de pré paranoia.

  Concordo completamente! Para quê pagar o preço definitivo em uma mulher casando-se com ela se na realidade será somente sua vez ali? Cedo ou tarde a fila vai andar. Não quero desencorajar ninguém que deseja fazê-lo, mas quem for encarar seja firme e com maturidade para guiar a eterna adolescente e aguentar picuinha.

  Do jeito que vai os relacionamentos estão durando um ou dois anos, se avaliarem bem a dama e não pular etapas às vezes não dá nem tempo de morar junto ou casar! Ela cairá fora antes por você, de uma hora para outra, não mais preencher a lista de expectativas irreal e cada vez crescente.
Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força. Agir com sabedoria assegura o sucesso. - Salomão em Eclesiastes 10.10.
Muito cara legal foi parar debaixo de uma ponte por causa de uma mulher. - Bukowski.
As maiores redpills ouvimos da boca de mulheres.
Responda-o
#20
Essa discussão é boa, e sempre tem que se ter a consciência de que existem exceções, em ambos os lados, masculino e feminino, mas ninguém que já tenha experimentado o casamento com a mulher moderna pode negar, existe sim um comportamento padrão de que elas são merecedoras de tudo, e o homeme é "obrigado" a ser o bom provedor. Mesmo que a maioria delas negue, isso é um fato e como nós bem sabemos, não dá para ouvir só o discurso, é preciso observar as atitudes. Já vi, e continuo vendo amigos, familiares, etc, tudo vai bem, enquanto o homem está cumprindo seu suposto papel de prover, mas no momento que, por qualquer motivo que seja, o homem, mesmo que momentaneamente não consiga mais manter o mesmo nível da familia, a mulher vai sim começar com aquele discursinho: -As coisas não estão mais dando certo entre nós, blá blá blá... Já vai preparando o terreno para cair fora (sempre lembro da famosa frase: As contas entram pela porta e o "amor" foge pela janela). Repito, falo baseado em observações e também em experiencia própria em relacionamentos.
Um grande amigo meu me dizia quando eu ainda era solteiro: Não case, é furada! E eu, inocentemente pensava comigo mesmo, ele teve azar no seu casamento, por isso fala isso, mas comigo vai ser diferente. Grande engano!
Para acalmar os animos dos que não leêm eu vou salientar aqui, sempre vão existir as exceções, mas a grande maioria é isso mesmo. E nós continuamos pagando pra ver, literalmente.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)