Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Confiança no namoro acabou. Qual a melhor forma de terminar?
#1
Foram 2 anos e meio ótimos, onde de fato descobri oq é um relacionamento amoroso de verdade. Nunca fui apaixonado por ela, oq ajudou mto as coisas fluirem bem.
Mas nesses últimos dois meses o encanto se quebrou. Segue relato abaixo:

Minha vida em 2018 foi complicada profissionalmente, já a dela anda mto bem. Unido a isso surgiu pra ela uma viagem promocional, em que ela vai com boa parte da empresa.

Ela continuava demonstrando gostar mto de mim, mas as falas empolgadas dela pelo trabalho me fizeram no fim do ano fazer algo q eu jamais tinha feito e achava repugnante: mexer no celular dela. Fiz já sabendo q isso levaria ao fim da relação. A confiança, chave de qqer relacionamento, se quebraria.

1º vi uma conversa com um cara da cidade da família dela, onde ela passaria as festas de fim de ano. Ele lançou várias iscas, inclusive umas descaradas. Ela nem deu muita abertura, mas tbm ñ cortou o cara. Preferi tentar relevar, pq eu mesmo no passado lancei bastante xaveco em mulher comprometida, meio na zoeira e TODAS faziam o mesmo. Ñ davam mta abertura, mas tbm ñ me cortavam.

Ela voltou das férias e continuei olhando o celular, já procurando um motivo derradeiro. Nesse fds vi uma outra conversa dela no wapp, do final do ano passado, com outro cara. Esse trabalha com ela e o cenário se repetia. Ele provocava e ela ñ cortava e nem dava mta moral. Ele até falou q como brasileiro ñ desistia nunca, mesmo sabendo q ela sempre o rejeitava. Mas em outro momento ela já havia se lamentado da recusa de um convite pra eles irem em um happy hour da empresa, com outras pessoas e o convidando pra saírem no dia seguinte, qdo ela recebeu uma amiga q veio visita-la, chamando pra irem os três juntos. Ele ñ foi e elas foram sozinhas. Mas as duas últimas frases da conversa foram ainda mais determinantes:

ELE: vc sabe q quando quiser mesmo é só avisar, q rola e a amizade se mantém.
ELA: De leve, sem perder a amizade? tudo bem! qualquer coisa dou um grito.

Ler isso é pesado e o sangue sobe. Qdo ela voltou do banho me mantive frio pra ñ agir naquele momento e buscar conselhos. A gente sempre acha q pode ñ ser nada demais, mas é. Deixar em aberto a possibilidade de sexo casual com um cara do trabalho, q ela vê todo dia. Ninguém quer passar nem perto de chifre. Até poderia investigar mais motivos mais graves pra terminar, mas ñ vejo necessidade. Essa conversa dando mta abertura pro cara já é o suficiente. 

Minha dúvida é sobre a melhor forma de acabar com isso, q possa me prejudicar menos, sem deixar meu ego se sobressair, mas tbm sem ser uma ovelhinha delicada com ela.

Penso em ser firme em poucas palavras, sem precisar de barraco, sem humilhar, sem DR e o caralho. Apenas falar os motivos e vazar. Isso de uma forma meio indireta, sem que ela saiba detalhes, q foi mexendo no celular, sem citar nomes e deixando claro oq ela perdeu. Algo como: "apesar de termos construído uma ótima relação, fatos, que não vem ao caso, me fizeram me sentir extremamente desrespeitado e a confiança foi perdida. Sem confiança não há mais relacionamento e estamos terminando". Depois é lavar a alma e seguir a vida.
Mas tbm recebi conselhos de que o melhor é simplesmente falar q já não gosto mais dela e evitar falar os reais motivos, pq isso me causaria menos sofrimento depois.
Oq acham?
Responda-o
#2
Veio ao local correto para esse tipo de situação e, principalmente, para seu desenvolvimento. 

Não posso te dizer "a melhor forma de terminar", pois isso é subjetivo pra caralho e sou ruim para conselhos. Mas, se você absorver o material básico da Real (Nessahan Alita e afins), desapegadamente, o término vai ser o menos traumático para ti. Inclusive, nessas horas de angústia com o feminino que a Real é melhor internalizada.

E, claro, muitos confrades podem te orientar aqui nos comentários. Todos já passamos por isso e coisas piores.

Bem vindo ao fórum.
Responda-o
#3
(14-01-2019, 07:44 PM)VOLVO Escreveu: Veio ao local correto para esse tipo de situação e, principalmente, para seu desenvolvimento. 

Não posso te dizer "a melhor forma de terminar", pois isso é subjetivo pra caralho e sou ruim para conselhos. Mas, se você absorver o material básico da Real (Nessahan Alita e afins), desapegadamente, o término vai ser o menos traumático para ti. Inclusive, nessas horas de angústia com o feminino que a Real é melhor internalizada.

E, claro, muitos confrades podem te orientar aqui nos comentários. Todos já passamos por isso e coisas piores.

Bem vindo ao fórum.

Obrigado! Eu cheguei a ler Alita tempos atrás e isso me ajudou a manter mais a calma nessa situação. Apesar do risco de obter uma certa misoginia e pensamentos ruins, tbm vou reler com cautela pra abrir ainda mais minha mente para tomar essa decisão.
Responda-o
#4
(14-01-2019, 07:16 PM)De-Cin Escreveu: Penso em ser firme em poucas palavras, sem precisar de barraco, sem humilhar, sem DR e o caralho. Apenas falar os motivos e vazar. Isso de uma forma meio indireta, sem que ela saiba detalhes, q foi mexendo no celular, sem citar nomes e deixando claro oq ela perdeu. Algo como: "apesar de termos construído uma ótima relação, fatos, que não vem ao caso, me fizeram me sentir extremamente desrespeitado e a confiança foi perdida. Sem confiança não há mais relacionamento e estamos terminando". Depois é lavar a alma e seguir a vida.
Mas tbm recebi conselhos de que o melhor é simplesmente falar q já não gosto mais dela e evitar falar os reais motivos, pq isso me causaria menos sofrimento depois.
Oq acham?

Seja bem vindo.
Você já sabe oque fazer escolha uma das vias e termine o namoro antes de fica com um ilustre e grande chifre na cabeça.

Começa lendo esse tópico vai te ajudar bastante.
Fórum da Real - Legado Realista - [Conde] Saiba Encarar e Seguir em Frente Após o Fim da Relação
"Antes de mas nada, saiba que você morrera e sera esquecido. Portanto, Busque  a felicidade dentro de sua alma e não fora. Entregue-se ao seu espirito. Somente ele estará com você depois da morte." (Nessahan Alita)

Spoiler Revelar
"Desenvolver apenas algumas camadas, negligenciando outras, mais cedo ou mais tarde, a vida cobrara o preço da negligencia." (Mandrake)

"Como eu sempre digo, o homem que não conhece a Real sempre acaba se dando mal." (Conde de Monte Cristo)
Responda-o
#5
Você já está com a faca e o queijo na mão. Parece que é um homem sensato, então não corre o risco de fazer uma besteira e acabar com sua vida por causa de mulher.

Termine. Não dê muitas satisfações além do básico, e o mais importante: corte contato e evite ficar remoendo em redes sociais. Dê um tempo para assentar a poeira e foque no seu desenvolvimento pessoal antes de se envolver com outra. 

É isso.
Responda-o
#6
Chega nela e fala que não consegue ver um futuro bom juntos. Não sei se conseguiria, mas sempre fui secão assim, de nascença mesmo, as vezes faço isso até com parentes o que me deixa com remorso.

mas nesse caso eu seria sincero, sem dar muitas satisfações.
Responda-o
#7
Ela não é honesta com você,então você não deve nenhuma honestidade à ela.Fala qualquer bobeira e bola pra frente,quero focar nos estudos e/ou trabalho.Tive oportunidade de dar esses motivos no passado,mas por me sentir enganado e ultrajado eu joguei toda a merda no ventilador e só me trouxe coisas ruins.É bom se viver na verdade,falá-la é outra história.Pense.Espero que tome uma decisão satisfatória.Abraço.
Responda-o
#8
Corno, é só falar que não dá mais, e dá tchau.

Corno.

É poucas idéia, fala que tu n gosta mais dela, que n tem mais sentimento, pode até falar que não é ela, é vc, e sai fora antes que o chifre desponte no seu crânio.

Isso se já não despontou.
Responda-o
#9
A forma como você pretende terminar, ao meu ver, está ótima. Você somente comunica a decisão e não dá espaço para encrencas. Vale ressaltar que no momento do término a fêmea pode tentar te manipular com choro de crocodilo e vitimismo pesado, é nesta hora que você não pode tremer na base. Ela precisa morrer psicologicamente para você.
Responda-o
#10
(14-01-2019, 07:16 PM)De-Cin Escreveu: ELE: vc sabe q quando quiser mesmo é só avisar, q rola e a amizade se mantém.

[Image: 582a24752cea6.jpeg]
Responda-o
#11
Quando descobri uma traição eu explodi, mostrei pros pais delas , dei corda pra ela , chinguei etc , gastei puta energia me remoendo etc( eu estava apegado, primeiro namoro...)
Se fosse hj em dia eu simplesmente mandaria a REAL, viraria as costas e tchau !
Do mesmo jeito que vc ta sendo maduro pra terminar friamente , vc está sendo besta em se preocupar com quem mente pra vc , criando planos pra terminar o relacionamento

Chegue nela e acabe simples assim, diga que tua intuição disse que algo estava errado e tu viu as msgs dela, o que ela vai fazer foda-seeeee, simplesmente vire as costas e siga teu caminho.
E agradeça a Deus pelo livramento agora que tu ainda não tem filhos com ela.
"O homem que não atravessa o inferno de suas paixões também não as supera. Elas se mudam para a casa vizinha e poderão atear o fogo que atingirá sua casa sem que ele perceba. Se abandonarmos, deixarmos de lado, e de algum modo esquecermo-nos excessivamente de algo, corremos o risco de vê-lo reaparecer com uma violência redobrada."
Carl Jung
Responda-o
#12
É o que digo ao pessoal: O relacionamento começou a estressar além do necessário? Termine.

Esse lance das conversas ficará martelando em sua mente ocasionando aborrecimento e atrapalhando sua vida, ou seja, estresse desnecessário.

Sei que é uma merda perder uma companhia feminina de longa data, mas, não tem jeito. O mais prudente é terminar mesmo.

Sobre sua pergunta... Termine de forma prática e objetiva. Depois corte contato e esteja preparado para os possíveis games posteriores.
"A Real tem 5 estágios: Conhecimento, Revolta, Aceitação, Compreensão e Evolução".
Responda-o
#13
(14-01-2019, 11:26 PM)Rozyzz Escreveu: Quando descobri uma traição eu explodi, mostrei pros pais delas ,  dei corda pra ela , chinguei etc , gastei puta energia me remoendo etc( eu estava apegado, primeiro namoro...)
Se fosse hj em dia eu simplesmente mandaria a REAL, viraria as costas e tchau !
Do mesmo jeito que vc ta sendo maduro pra terminar friamente , vc está sendo besta em se preocupar com quem mente pra vc , criando planos pra terminar o relacionamento

Chegue nela e acabe simples assim, diga que tua intuição disse que algo estava errado e tu viu as msgs dela, o que ela vai fazer foda-seeeee, simplesmente vire as costas e siga teu caminho.
E agradeça a Deus pelo livramento agora que tu ainda não tem filhos com ela.

[2x]
Spoiler Revelar





Responda-o
#14
Percebo que a ideia é de fato ser frio e direto. Sorte minha não ter agido no momento, pq seria diferente. Não darei muitas satisfações pra quem tinha comigo uma vida dúbia. Não vou se quer fazer menção a "ótima relação" que havia pensado em falar. Seria absurdo dizer isso. Vou no máximo falar em sensação de desrespeito e desconfiança como motivo pra perder o interesse por ela e dar tchau. Não darei chance pra discussão e esperneioa. Falar q li as mensagens está totalmente descartado. Não serei nem passivo e nem agressivo, mas sim assertivo. Agradeço muito aos conselhos!
Responda-o
#15
Amanhã comento mais e como está tarde vou ser sucinto.

Garanta que ela menstrue antes de terminar
Não precisa rescitar essa poesia aí que você mandou não.
Pegue todas a suas coisas de valor da casa dela antes do término, não deixe nada seu lá antes de terminar.
Se você vive 24h pensando nela e não sabe o que fazer final de semana no tempo de ócio ache alguma coisa pra fazer e depois termine.
Não coloque o chapéu de corno antecipado

Por hoje é isso.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#16
Olá, eu fiquei curioso sobre uma coisa, você disse que já sabia de antemão que mexer no celular dela quebraria sua confiança e levaria ao término, poderia explicar melhor o porquê disso? Ela já dava sinais de ser uma pessoa de caráter questionável antes, falando de uma maneira e agindo de outra, ou isso foi algo que você sentiu por instinto?

Se não quiser responder, eu irei compreender e respeitar.

Quanto à o que fazer agora, eu até pensei em escrever aqui o que eu faria no seu lugar mas a realidade é que eu não sei o que faria, pois nunca passei por algo semelhante, e esse é o tipo de coisa que é muito simples de resolver na opinião de um terceiro, de um espectador, mas muitas vezes complicado pra quem está "lá", vivendo aquela situação e sentindo na pele.

O que eu posso te dizer, é:
  • Tente não agir sob o calor das emoções para que não venha a fazer algo de que sabe que irá se arrepender. Isso requer meditação, reflexão e domínio de si mesmo.
  • Antecipa, prepara e se possível blinda a si mesmo contra qualquer retaliação que possa vir a acontecer por parte não apenas dela, como de amigos e familiares dela também. O Bean deu algumas ótimas dicas.
  • Não se sinta inferior ou envergonhado se isso te faz sentir mal, não deixe de desabafar com verdadeiros amigos, com um familiar de extrema confiança ou mesmo de forma anônima na internet com pessoas que nunca irão poder te identificar, caso sinta que precisa mesmo fazer isso. Você não é uma máquina e nem deve tentar emular uma, se sentir mal por perder ou ter que largar pra trás alguém que você gosta e no qual você investiu tempo e esforço é normal e natural. Você não pode é deixar que este infortúnio interrompa a sua busca por evolução e sucesso em todas as áreas da vida, tire essa experiência como mais um aprendizado na caminhada da vida, caminhada essa que você deve sempre seguir com consciência limpa, honra e queixo erguido.
Responda-o
#17
Ela continuava demonstrando gostar mto de mim, mas as falas empolgadas dela pelo trabalho me fizeram no fim do ano fazer algo q eu jamais tinha feito e achava repugnante: mexer no celular dela. Fiz já sabendo q isso levaria ao fim da relação. A confiança, chave de qqer relacionamento, se quebraria.

Grampo em celular de esposa,namorada e DNA são coisas indispensáveis no Brasil Feminista, estado de necessidade objetivo e notório.



1º vi uma conversa com um cara da cidade da família dela, onde ela passaria as festas de fim de ano. Ele lançou várias iscas, inclusive umas descaradas. Ela nem deu muita abertura, mas tbm ñ cortou o cara. Preferi tentar relevar, pq eu mesmo no passado lancei bastante xaveco em mulher comprometida, meio na zoeira e TODAS faziam o mesmo. Ñ davam mta abertura, mas tbm ñ me cortavam.

Passou o fim de ano distante da namorada?  Caralho você é boi faz tempo, boi no rolete. 


[Image: 34885-boi_no_rolete3.jpg]


Independente do passado que confessou, o jovi Bentinho de Machado de Assis  prescinde de atitudes condizentes com a fidelidade, seus erros passados não devem negociar com o presente redimido. O medo de sentir-se hipocrita é uma idiotice, ainda mais em fatos e circunstâncias totalmente diferentes,  a permissividade de ser talarico é um arrependimento condenatório que o faz ter atitudes frouxas em relação a sua masculinidade, seja mais esperto.

Caras do passado  Big Grin e ainda da cidade dela.... vixi só os remember, uma trepadas no canavial, cafezal dentro do carro etc, na cachoeira, festão peão, baile do havai, quermesses, vai saber.

Se ela te respeitasse, ela advertiria, bloquearia o fulano e o excluiria e conversaria sobre o ocorrido com você.

Nesse fds vi uma outra conversa dela no wapp, do final do ano passado, com outro cara. Esse trabalha com ela e o cenário se repetia. Ele provocava e ela ñ cortava e nem dava mta moral. Ele até falou q como brasileiro ñ desistia nunca, mesmo sabendo q ela sempre o rejeitava. Mas em outro momento ela já havia se lamentado da recusa de um convite pra eles irem em um happy hour da empresa, com outras pessoas e o convidando pra saírem no dia seguinte, qdo ela recebeu uma amiga q veio visita-la, chamando pra irem os três juntos. Ele ñ foi e elas foram sozinhas. Mas as duas últimas frases da conversa foram ainda mais determinantes:



ELE: vc sabe q quando quiser mesmo é só avisar, q rola e a amizade se mantém.
ELA: De leve, sem perder a amizade? tudo bem! qualquer coisa dou um grito.

O brasileiro que abraça uma marmita corporativa acaba sendo chacota quando apresentado para os amigos de trabalho dela em eventos e reuniões sociais.  Ruge  Onde 1 passa a vara mais 2 , 3 pegam carona. E o novo namorado nem suspeita que está ao lado da marmita da galera, é muita CUCKOLDICE que o brasileiro tem que aguentar.

Não há prova cabal que fostes corneado, que tal perdoa-la? [meme descontinuado] Ter aquela conversa, ela se emputecerá pela violação do celular e pedirá um tempo cuja resposta virá após o carnaval é claro... Heart

Se é para foder, foda em grande estilo, chifre-a e deixe rastro. Agora ficar fazendo biquinho, com cara de emburrado transparecerá seu apego e infantilidade, Jovi tem finais que precisam ser inesquecíveis para as mulheres.


[Image: n4S7CGz.gif]


[Image: mh_interna_como_se_vestir_como_007%20(44).jpg]
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#18
(14-01-2019, 11:51 PM)De-Cin Escreveu: Percebo que a ideia é de fato ser frio e direto. Sorte minha não ter agido no momento, pq seria diferente. Não darei muitas satisfações pra quem tinha comigo uma vida dúbia. Não vou se quer fazer menção a "ótima relação" que havia pensado em falar. Seria absurdo dizer isso. Vou no máximo falar em sensação de desrespeito e desconfiança como motivo pra perder o interesse por ela e dar tchau. Não darei chance pra discussão e esperneioa. Falar q li as mensagens está totalmente descartado. Não serei nem passivo e nem agressivo, mas sim assertivo. Agradeço muito aos conselhos!

Pra evitar  o desgaste emocional pelo teatro que ela vai fazer e diminuir o risco de amarelar na hora, se possível termine pelo whastapp, depois desapareça e corte qualquer tipo de contato. Essa vadia não merece um pingo de consideração sua. Mas nesse caso aconselharia a falar os reais motivos, sem estender a conversa.
Responda-o
#19
(15-01-2019, 02:01 AM)Cometa Escreveu: Olá, eu fiquei curioso sobre uma coisa, você disse que já sabia de antemão que mexer no celular dela quebraria sua confiança e levaria ao término, poderia explicar melhor o porquê disso? Ela já dava sinais de ser uma pessoa de caráter questionável antes, falando de uma maneira e agindo de outra, ou isso foi algo que você sentiu por instinto?

Se não quiser responder, eu irei compreender e respeitar.

A empolgação dela pelo ambiente de trabalho me fez desconfiar e levantar a questão sobre alguns pouquíssimos tropeços dela no passado: um longo atraso pra me encontrar, logo q começamos a namorar e um comentário inoportuno q ela fez certa vez. Nos momentos desses deslizes eu expus meu descontentamento e não voltou a acontecer. Mas isso veio a memória qdo comecei a estranhar o fato dela falar tanto do trabalho. A real é que a desconfiança já estava instalada e o celular foi apenas o gatilho pra eu investigar. E é aí que mora o perigo.
Isso vira cocaína, pq vc não se contenta em não achar nada. Vc quer dar uma certeza pra vc mesmo que tem algo. E isso é extremamente prejudicial. Enquanto eu confiei, vivemos numa boa, sabe-se lá levando chifre ou não. Mas a desconfiança fez tudo desmoronar. Mas no fundo é muito melhor se dar conta de como é a pessoa que vivia falando em casar e ter filhos com vc.
Se parar pra pensar, existem inúmeros caras que não tão nem aí em sair checando a vida da parceira e vivem anos numa boa com ela. É um nível de desapego com a vantagem de não ter paranoias de achar algo, mas a desvantagem de poder ser chifrado a vida toda sem se dar conta. Nos resta escolher se as vigiamos e perdemos nossa tranquilidade ou não vigiamos e corremos riscos de ser um Corno Desinformado - só ele é que não sabe.
Responda-o
#20
(15-01-2019, 08:57 AM)De-Cin Escreveu:
(15-01-2019, 02:01 AM)Cometa Escreveu: Olá, eu fiquei curioso sobre uma coisa, você disse que já sabia de antemão que mexer no celular dela quebraria sua confiança e levaria ao término, poderia explicar melhor o porquê disso? Ela já dava sinais de ser uma pessoa de caráter questionável antes, falando de uma maneira e agindo de outra, ou isso foi algo que você sentiu por instinto?

Se não quiser responder, eu irei compreender e respeitar.

A empolgação dela pelo ambiente de trabalho me fez desconfiar e levantar a questão sobre alguns pouquíssimos tropeços dela no passado: um longo atraso pra me encontrar, logo q começamos a namorar e um comentário inoportuno q ela fez certa vez. Nos momentos desses deslizes eu expus meu descontentamento e não voltou a acontecer. Mas isso veio a memória qdo comecei a estranhar o fato dela falar tanto do trabalho. A real é que a desconfiança já estava instalada e o celular foi apenas o gatilho pra eu investigar. E é aí que mora o perigo.
Isso vira cocaína, pq vc não se contenta em não achar nada. Vc quer dar uma certeza pra vc mesmo que tem algo. E isso é extremamente prejudicial. Enquanto eu confiei, vivemos numa boa, sabe-se lá levando chifre ou não. Mas a desconfiança fez tudo desmoronar. Mas no fundo é muito melhor se dar conta de como é a pessoa que vivia falando em casar e ter filhos com vc.
Se parar pra pensar, existem inúmeros caras que não tão nem aí em sair checando a vida da parceira e vivem anos numa boa com ela. É um nível de desapego com a vantagem de não ter paranoias de achar algo, mas a desvantagem de poder ser chifrado a vida toda sem se dar conta. Nos resta escolher se as vigiamos e perdemos nossa tranquilidade ou não vigiamos e corremos riscos de ser um Corno Desinformado - só ele é que não sabe.

Resumindo "Antes  só que mal acompanhado"
Prefiro viver minha vida em solitude  do que em um relacionamento de faixada tomando galho ainda, de Bônus vai lhe sobrar grana/tempo pra tu fazer o que bem entender .
"O homem que não atravessa o inferno de suas paixões também não as supera. Elas se mudam para a casa vizinha e poderão atear o fogo que atingirá sua casa sem que ele perceba. Se abandonarmos, deixarmos de lado, e de algum modo esquecermo-nos excessivamente de algo, corremos o risco de vê-lo reaparecer com uma violência redobrada."
Carl Jung
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Sobre terminar este namoro Nighthawk 38 2,052 23-11-2022, 12:17 PM
Última Postagem: A6M Zero
  [REFLEXÃO] Criando relacionamentos de confiança Awaken 3 1,593 05-07-2019, 02:37 PM
Última Postagem: Sísifo

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 2 Visitante(s)