Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Sobre o budismo
#1
Comecei a ler um livro que fala sobre budismo, no começo achei umas analogias legais, e uma forma de pensar interessante, falando sobre carma, e que é muito raro você nascer como um humano, nascendo como animal ou coisas piores na maioria de suas vidas.

Fala que nascer como um humano é um privilégio que deve ser usado para você buscar a iluminação, que no caso é buda.

Achei interessante toda essa linha de raciocínio, eu já conhecia, mas de forma muito superficial, e é muito fácil confundir o budismo com o espiritismo, pois eles tem certas coisas em comum, como a reencarnação.

Só que agora começou a ser falado sobre como nada de fato existe fora da nossa mente, sobre como o nosso eu na realidade não existe, e essas coisas que são mais complicadas de entender.

Essa parte do livro está bem densa e chata, e gostaria de criar esse tópico para ver se tem alguém aqui que entende do assunto.

Quero começar a ler a bíblia no futuro também, entender diversas religiões.

Vocês acham que existe algo válido dentro do budismo?

Outra coisa que me chamou para o budismo, que esqueci de comentar, é que parece que o próprio NA, seguia algo nesse caminho, só não lembro se era o budismo. Ele fala muito da morte do ego, no budismo o  ego seria o equivalente ao eu no caso.
Responda-o
#2
ego é um conjunto de pensamentos que possui uma personalidade própria, nos escritos de NA está sempre atrelado com paixões e coisas malígnas. Matar o ego é se livrar desses pensamentos.
Já no budismo eu não sei muito bem, é uma religião confusa demais.
Responda-o
#3
(08-06-2018, 11:17 PM)Aragons Escreveu: ego é um conjunto de pensamentos que possui uma personalidade própria, nos escritos de NA está sempre atrelado com paixões e coisas malígnas. Matar o ego é se livrar desses pensamentos.
Já no budismo eu não sei muito bem, é uma religião confusa demais.

Existe uma parte no budismo, onde explica que o eu  não existe, pois somos mente e corpo, tire a mente, e tire o corpo, e o eu deixa de existir, logo, se o eu  é apenas uma união de mente e corpo, ele não existe, e mente, e corpo, no fundo, também não existem.

É confuso pra caralho, estou a um tris de largar esse livro.
Responda-o
#4
Como havia dito nos "aforismos realistas":

Citação:
"Existem 3 coisas que não se pode se esconder por muito tempo: o sol, a lua e a verdade"

Buda

Resumindo o budismo em poucas palavras: "Tudo muda!"

"Quando se atravessa um rio, se tu percorrer o mesmo caminho na volta, a água não terá sido a mesma!"


(08-06-2018, 10:27 PM)Navalha Escreveu: sobre como o nosso eu na realidade não existe,

Claro que não! Tu age de acordo com as informações que tu tem! Provavelmente, quando tu conheceu a Real, mudou boa parte do teu comportamento, se o "eu" existisse, tu mudaria pouca coisa!
Responda-o
#5
(08-06-2018, 10:27 PM)Navalha Escreveu: Vocês acham que existe algo válido dentro do budismo?

Outra coisa que me chamou para o budismo, que esqueci de comentar, é que parece que o próprio NA, seguia algo nesse caminho, só não lembro se era o budismo. Ele fala muito da morte do ego, no budismo o  ego seria o equivalente ao eu no caso.

Não sigo nada, mas talvez a parte prática do budismo, excluindo seus dogmas, crenças e fantasias, pode ser útil e aplicável. A questão de manter-se sempre atento ao agora, não sendo influenciado por passado ou futuro (que é claro, não existem), manter-se sempre neutro mentalmente, independente das circunstâncias externas, e outras virtudes do tipo. Isso pode ser útil. Agora, reencarnação, atingir "iluminação", ou reverenciar um pançudo com rego de fora chamado Buda, é uma coisa tão inútil quanto parece ser. São apenas tradições inócuas como em qualquer outra crença, só que com manifestações diferentes devido à cultura local. 

Existem definições de "ego" diferentes para pessoas diferentes...Freud, Jung ou NA tem sua definição. Mas poderia ser apenas um falso "eu". Um personagem que vc cria e vive segundo aprovação e influência alheia. Vc é moldado de acordo com sua cultura, crença local, experiencias, tradições, e todo o tipo de influência subjetiva. O humano nasce com um cérebro como se fosse um HD em branco e depois é forjado no ambiente onde vive. O ego pode ser a identificação com a mente e o pensar compulsivo, que vc nunca consegue parar. Ja conseguiu experienciar um estado acima da mente, sem ser dominado por ela? Isso não é crença, dogma, é parte do funcionamento humano.

A mente é só uma ferramenta, que serve para resolvermos situações, ter criatividade para engenhocar coisas, e para a sobrevivencia. É pra ser usada e depois deixada de lado. Mas não é o que acontece. A maioria são putas da mente, os pensamentos influenciam tudo e alteram até a bioquimica do organismo, no caso das "emoções", que é a reação do corpo a um certo pensamento no processo cerebral.
Fazendo uma analogia com os braços, seria como se eu fosse dominado por eles e ficasse fazendo movimentos aleatórios e sem controle. É isso que a mente condiconada faz, mas como é uma coisa abstrata e imaterial, ninguem se da conta disso. Enquanto for dominado pela mente haverá ego, não importa o quanto "intelectual" for. Conhecimento é apenas memorização, usar a mente de forma mais criativa é diferente.

Por fim, estar acima da mente é estar em um estado de plenitude constante, independente do que acontece fora. Não tem bom ou ruim, só tem o que precisa ser feito. Existem AÇÕES e não reações. Reação é de acordo com o filtro da mente, frustrações, medos, ressentimentos e etc...Ação vc vê o que term que ser feito agora, sem ser dominado por emoções.
"IT'S ALL ABOUT WORKING BODY, MIND AND SOUL" 

"Todo mundo tem um plano....Até tomar o primeiro soco"  M. Tyson
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)