Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[ATENÇÃO] Como Reconhecer Mulheres Potencialmente Perigosas - Mapa do Lado Obscuro
#1
Às vezes é difícil reconhecer piriguetes dissimuladas, pois as espertinhas costumam se fazer de santas (pelo menos de início).

Essa dissimulação embaralha nossa razão, e acabamos questionando nossa própria sanidade, pois os sinais dúbios que elas nos passam nos desconcertam e desarmam.

Apresento então um guia rápido de como reconhecer mulheres potencialmente perigosas, e como lidar com algumas artimanhas das espertinhas:




- Mulheres devem falar como mulheres.
  Se a mulher fala alto, ri alto, é incisiva, pontua suas frases com palavrões, e usa de conotações explicitamente sexuais em suas frases, desconfie!
  Mulheres que assimilam e demonstram maneirismos masculinos costumam ter, na verdade, o desejo íntimo de serem homens, e tenderão a ser promíscuas e dominantes em seus relacionamentos.
 Uma convivência pouco saudável com pais adúlteros, ou coisa pior, mas que ao mesmo tempo eram rígidos com as filhas, pode muito bem vir a despertar esse desejo e o comportamento que dele advém.
  Tente se inteirar sobre como é o relacionamento da espertinha com o pai, e você saberá das tendências dela em seus relacionamentos com homens.

- Muitos ex-amantes, ex-namorados, e ex-ficantes?
  Aqui vale o dito popular: Cozinha de boteco e passado de mulher, quem conhece não come.
  Por mais que ela afirme que te ama, que é leal, etc., não se iluda!
  Se o passado dela é mais sujo que pau de galinheiro, não pense que o presente com você, ou o futuro (com ou sem você) será diferente.
  Se todos eles a deixaram, ela não deve mesmo ser flor que se cheire!
  Lembre-se de julgá-la por seus atos (passados e presentes), não por suas palavras.

- O passado deve ficar lá mesmo, no passado.
  Se ela insiste em manter contato com um bando de cafajestes com quem ela já trocou fluidos corporais no passado, fique esperto!
  Ela vai dizer que eles não prestavam, que você é "diferente", e que ela o ama, etc., mas isso é golpe!
  Se ela mantém contato com quem ela diz que não presta, quem não presta é ela!

- Cuidado com o TOC.
  O Transtorno Obsessivo-Compulsivo é um distúrbio de ansiedade caracterizado por pensamentos obsessivos e compulsivos no qual o indivíduo tem comportamentos considerados estranhos para a sociedade ou para a própria pessoa; normalmente trata-se de ideias exageradas e irracionais de saúde, higiene, organização, simetria, perfeição ou manias e "rituais" que são incontroláveis ou dificilmente controláveis. (Fonte: Wikipedia)
  O TOC, quando manifestado por ela, deve ser um considerado um grave sinal de alerta!
  Ela passa pinho-sol dentro do sapato para desinfetar? Se ela é mãe, não prepara nada nem pro filho, pra não sujar a cozinha? Ela não te deixa sentar na cama com a calça que você usou o dia inteiro, por achar que vai de alguma forma infectá-la?
  Mulher assim é um perigo. A aparente normalidade com que se comporta na maioria das situações é mero teatro. Na verdade, ela está constantemente avaliando tudo e todos, inclusive você, sob a ótica da obsessão.
  Não demora, ela começa a criticá-lo abertamente e a lhe impor regras absurdas, e você pagará o pato por uma doença que é dela, não sua.
  Se reconhecer esses sinais, tente convencê-la a se tratar. Se ela não aceitar, ou se o tratamento não surtir efeito, melhor se afastar antes que sobre pra você!

- Se ela mente sobre pequenas coisas, mentirá mais ainda sobre as importantes.
  Espertinhas são mentirosas habituais.
  Se você já a pegou mentindo para outras pessoas (mãe, pai, filho, etc), não acredite quando ela disser que com você ela é sempre sincera, pois essa é mais uma mentira.
  A razão da mentira nem sempre está clara, mas é comum que ela use a mentira como instrumento para obter vantagens (no trabalho, no relacionamento, etc), ou como forma de controlá-lo (mantendo-o preso a ela).
  Nesses casos, uma confrontação direta nem sempre é o melhor caminho, apesar de ser o mais curto.
  A manha aqui é jogar de maneira a colocá-la em situações onde a mentira será fatalmente revelada, ou que a obriguem a dizer a verdade.
  Eu sei que é muito mais fácil escrever isso do que fazer, mas devemos tentar jogar com as mesmas técnicas que as espertinhas, ou sucumbiremos a elas sempre.

- Ela é hábil no uso das palavras, e você não.
  As mulheres desenvolveram, desde a pré-história, suas habilidades de retórica, como forma de compensação à sua fragilidade física, e para se destacar perante as outras fêmeas (que elas chamam de "amigas").
  Pura questão de sobrevivência, porém com efeitos perniciosos, pois elas utilizam essas habilidades não apenas para "vencer" suas concorrentes, como também para manipular os machos que desejam.
  Enquanto por natureza os homens são gregários, as mulheres consideram-se mutuamente inimigas (mesmo que afirmem o contrário), sempre se comparando e se degladiando para anular a concorrência e conquistar seu macho alfa.
   No mundo de hoje, onde raramente a força muscular é empregada para fins românticos, nós ficamos em grande desvantagem, pois nosso principal atributo perdeu seu valor, e a principal arma feminina, a palavra, predomina.
  Encare isso, e considere-a por seus atos, nunca por suas palavras.

- Mães Solteiras são sempre problemáticas.
  Ficar sempre em segundo plano - pois o filho vem na frente; não poder sair ou viajar com a mulher sempre que se queira; ter de aturar o pimpolho, resultado de esperma alheio; e ainda saber que ela regularmente encontra com o pai da criança - para entregar ou pegar de volta o pacote; são só algumas das dificuldades que você encontrará.
  Além disso tudo, você naturalmente passará a avaliar a atuação dela no papel de mãe: se ela for baladeira e portanto altamente dependente de terceiros para cuidar do capetinha, demontrará que é egoísta e mãe relapsa, não servindo portanto para um relacionamento sério que possa resultar em casamento.
  Já se ela for dedicada demais ao filho, demonstrará que você é a última das prioridades, e que portanto, caso venha a se casar, e mesmo sendo o provedor, você jamais estabelecerá seu domínio. Você se ferra de um jeito ou de outro!
  Portanto pense bem antes de engajar num relacionamento com mães solteiras. O prejudicado será sempre você.

- Você não é especial, nem ela!
  Ela não é a mulher mais linda do mundo, não nasceu pra você, nem possui aquela angelical delicadeza que ela finge ter.
  E você não é o primeiro, e não será o único nem o último homem dela, se é que já não a compartilha com outros nesse exato momento e não sabe!
  Tendo isso em mente, você terá mais chances de evitar o veneno que pode destruir seu relacionamento e sua vida: a paixão.

- Ela sabe onde vai, e deve se vestir de acordo.
  Se ela estivesse livre e desimpedida, poderia se vestir como piriguete. Mas, se está com você, deve respeitá-lo e saber se vestir adequadamente para cada ocasião.
  Se a sedução é o mais importante para ela, ao invés do respeito a você e ao contexto em que vocês dois estão, questione-se sobre para quem realmente ela está se vestindo: para você ou para o restante da população masculina?

- Nunca fale de finanças, suas ou de sua família, com ela.
  Se você estiver bem de grana, ela vai tentar se aproveitar ainda mais de você. Já se você estiver na pindaíba, ela vai perder o interesse e você vai ganhar um par de chifres.
  Mantenha o mistério. A dúvida constante a levará a se dedicar mais a você, na esperança de descobrir se você é o magnata que ela sempre sonhou, ou o pé-rapado de quem ela quer distância.

- Coincidências acontecem, tanto quanto traições camufladas.
  Na dúvida, use a regra: na primeira vez, aceite. Na segunda, suspeite e comunique-a de suas suspeitas. Na terceira, caia fora!

- O compromisso deve ser assumido e reconhecido.
  Se o namoro é sério, e ela é séria, ela deve assumir essa condição não apenas a você, mas também perante os círculos sociais (seus e dela).
  Espertinhas evitam apresentar o "trouxa da vez" a amigos/amigas, para que este não venha a saber das sujeiras de seu passado, e mais uma vez para exacerbar sua independência e dominância no relacionamento.
  Se você apresentou desde sua mãe até o seu amigo mais distante, e ela te deixa no limbo, como se você não existisse, melhor tomar uma atitude!

- A recíproca é sua melhor métrica.
  Se no começo a espertinha se contentava com o que você oferecia, mas depois começou a  fazer exigências (muitas vezes sem sentido), sem lhe demonstrar gratidão por tê-las cumprido, ou mesmo desdenhando daquilo que você faz, cuidado!
  Recíproca é a essência do relacionamento verdadeiro. Se ela exige muito e dá pouco em troca, ou você se afirma e vence a parada, ou some e deixa que ela vá fazer exigências ao próximo trouxa!


Falarei mais sobre essas questões nos próximos posts.


Rooster

http://memoriasdeumex.blogspot.com.br/20...ferno.html
Fumei 25 cigarros esta noite e você sabe da cerveja.

Buwkoski.

Buceta não machuca e não se faz sexo com a bunda.

Leg. Bean, fórum mundo realista.
Responda-o
#2
Ótimo tópico confrade.

Faço apenas uma ressalva com relação à questão da mãe solteira, porque dependendo do seu cenário de vida pode vir a calhar.

Vou falar do meu caso como exemplo:

Sou separado e tenho uma filha. Hoje namoro uma MSol e pra mim isso é ótimo. Porque? Simples: eu não quero mais filhos, não quero casar novamente e não quero uma mulher que fique me demandando o tempo inteiro. Nesse contexto minha namorada se encaixa perfeitamente, porque como já tem os filhos não quer mais. Também não quer casar novamente e como os filhos demandam atenção e tempo dela, consigo ter minha paz regularmente.

Caso estivesse com uma mulher jovem e sem filhos teria que lidar com a pressão para casa e ter filhos que certamente viria dela.

Basicamente é isso. Acho que dependendo do seu cenário de vida, ter uma MSol como namorada é ótimo.

Abraço,
Taimanov
Responda-o
#3
(12-09-2016, 10:35 AM)taimanov Escreveu: Faço apenas uma ressalva com relação à questão da mãe solteira, porque dependendo do seu cenário de vida pode vir a calhar. 


Os alertas que a Real faz sobre M$ são princípios gerais, e não devem ser tomados como regra absoluta, e sim como um guia (que aliás é a proposta do artigo).

A recomendação de que se evite relacionamentos com M$ decorre de seu comportamento predatório, e pelo potencial danoso que o EAA representa para você e para o relacionamento. Aquele anjinho que hoje dorme cedo, pode ser deixado com o pai ou a avó, e que não exige seu espaço nem impõe suas vontades, amanhã crescerá e passará a entender e julgar certas coisas da vida, como o relacionamento da mãe. Como seu controle sobre ele é ZERO, você estará exposto à revolta do pimpolho, ciúmes, sabotagens, enfrentamentos, e estará completamente impotente diante da situação, pois sua ascenção sobre ele também é ZERO.

Sempre haverá aquele que dirá que "num ambiente de amor e compreensão isso poderá ser evitado", mas é uma esperança vã. Adolescentes, por padrão, se revoltam contra os pais em menor ou maior medida, e estes (os pais) também por padrão usam de sua ascenção sobre os filhos (chame de "pátrio poder", se quiser) para controlá-los. Este não será seu caso, e essa vulnerabilidade será a chave para a destruição do relacionamento.

Já a M$ eu comparo a uma tigresa. Bonita, charmosa, mas feroz na defesa do filhote, e predadora por natureza, e portanto incapaz de aplicar em seus relacionamentos qualquer sistema de valores morais. Só terá valor aquilo que traga o maior benefíco a ela e ao EAA, não importanto por quantos relacionamentos ela terá de passar.

Hoje você pode se sentir bem em seu papel de provedor (direto ou indireto), brincando de casinha com a M$, sem se aperceber dos perigos à sua volta. Amanhã, confrade, será outro dia.
Responda-o
#4
(12-09-2016, 10:35 AM)taimanov Escreveu: Ótimo tópico confrade.

Faço apenas uma ressalva com relação à questão da mãe solteira, porque dependendo do seu cenário de vida pode vir a calhar.  

Vou falar do meu caso como exemplo:

Sou separado e tenho uma filha.  Hoje namoro uma MSol e pra mim isso é ótimo.  Porque?  Simples: eu não quero mais filhos, não quero casar novamente e não quero uma mulher que fique me demandando o tempo inteiro.  Nesse contexto minha namorada se encaixa perfeitamente, porque como já tem os filhos não quer mais.  Também não quer casar novamente e como os filhos demandam atenção e tempo dela, consigo ter minha paz regularmente.

Caso estivesse com uma mulher jovem e sem filhos teria que lidar com a pressão para casa e ter filhos que certamente viria dela.

Basicamente é isso.  Acho que dependendo do seu cenário de vida, ter uma MSol como namorada é ótimo.

Abraço,
Taimanov

- Para complementar a resposta do Rooster, dê uma lida neste depoimento do Legionário Velho Logan, abaixo:

http://legadorealista.net/forum/showthre...e+solteira

- Cada caso é um caso, ao mesmo tempo, há de resguardar num relacionamento com estas características.
Responda-o
#5
(11-09-2016, 10:56 PM)Cônsul Ragnarok Escreveu: - Mulheres devem falar como mulheres.
  Se a mulher fala alto, ri alto, é incisiva, pontua suas frases com palavrões, e usa de conotações explicitamente sexuais em suas frases, desconfie!
  Mulheres que assimilam e demonstram maneirismos masculinos costumam ter, na verdade, o desejo íntimo de serem homens, e tenderão a ser promíscuas e dominantes em seus relacionamentos.
 Uma convivência pouco saudável com pais adúlteros, ou coisa pior, mas que ao mesmo tempo eram rígidos com as filhas, pode muito bem vir a despertar esse desejo e o comportamento que dele advém.
  Tente se inteirar sobre como é o relacionamento da espertinha com o pai, e você saberá das tendências dela em seus relacionamentos com homens.


Muito bom. Gostei da parte negritada, tem muita ensinamentos em poucas palavras.

No geral é isso mesmo, mulher que manifesta um desejo íntimo ser homem e seu modo de viver, é merda na certa. Sempre com aquela mania de querer disputar em tudo, o que torna a convivência insuportável. Fora o grau elevado de promiscuidade, que parece querer ter sempre as mesmas atitudes dos homens em seu lado promíscuo. Igualitarismo forçado.

Só não querem pagar a conta...rs. E quando pagam, temos que dá a patinha para a dona....kkkk
Responda-o
#6
(12-09-2016, 10:35 AM)taimanov Escreveu: Ótimo tópico confrade.

Faço apenas uma ressalva com relação à questão da mãe solteira, porque dependendo do seu cenário de vida pode vir a calhar.  

Vou falar do meu caso como exemplo:

Sou separado e tenho uma filha.  Hoje namoro uma MSol e pra mim isso é ótimo.  Porque?  Simples: eu não quero mais filhos, não quero casar novamente e não quero uma mulher que fique me demandando o tempo inteiro.  Nesse contexto minha namorada se encaixa perfeitamente, porque como já tem os filhos não quer mais.  Também não quer casar novamente e como os filhos demandam atenção e tempo dela, consigo ter minha paz regularmente.

Caso estivesse com uma mulher jovem e sem filhos teria que lidar com a pressão para casa e ter filhos que certamente viria dela.

Basicamente é isso.  Acho que dependendo do seu cenário de vida, ter uma MSol como namorada é ótimo.

Abraço,
Taimanov

Só se for um relacionamento antigo com M$ol, porque atualmente, depois que a lei institui a guarda compartilhada, toda hora haverá uma negociação com ex-marido sobre a vida das crianças.
Responda-o
#7
Prezados,

As crianças não são problema se você mantiver uma distância saudável. No meu caso mantenho de maneira clara essa fronteira.

Ela não opina na vida da minha filha, eu não opino na vida dos dela. Simples assim.

Assumir contas dos filhos da mulher? É coisa de matrixiano retardado. Nem pensar! Não gasto 1 real com os filhos dela, me mantenho longe de conflitos e questões que envolvam as crianças e quando ela está enrolada com questões dos filhos simplesmente deixo ela resolver sozinha.

Reitero que é possível sim, e no meu cenário de vida é ótimo, pelos motivos que citei anteriormente.

Abraço,
Taimanov
Responda-o
#8
Conhece a paternidade sócio-afetiva?

Na frente do juiz vai valer sempre a versão e não o fato em si. Se tiver fotos mostrando o padrasto com as crianças e a mãe alegar que as crianças se afeiçoaram ao padrasto, o cara pode se ferrar, sim.

Mexer com mãe solteira é andar em campo minado, um passo errado e bum!
Responda-o
#9
- Alterei o titulo do topico para não ser visto como ofensivo e misógino, ao comparar mulheres a demonios...

- Tópico Adicionado na BIBLIOTECA - MUNDO REALISTA, na Seção Tópico Base

Segue o baile
Responda-o
#10
Como Detectar uma Mulher Errante ?!





É fácil saber quando uma mulher não presta. É fácil porque a mulher que não presta possui alguns padrões. Esses padrões estão presentes em todas as mulheres que fazem péssimas escolhas amorosas. Uma vez eu discuti isso com uma mulher no Orkut. Ela tentava justificar o fracasso amoroso dela de todas as formas. Ela dizia que não conseguia gostar dos homens bons (isso é óbvio), porque eles não mexiam com as emoções delas. Ela simplesmente não sentia nada ao lado dos caras certinhos. Eles apenas deixavam a mulher entediada.


Como eu não sou burro, entendi logo de cara a proposta da mulher. Algumas mulheres dizem que não existem homens interessantes. Mas a verdade é que elas não querem homens interessantes, mas querem homens errados. A mulher apenas não é suficientemente sincera para confessar isso. Qual seria a justificativa dela? As mulheres usam as emoções fracas como as principais desculpas para os erros delas! Este é o grande sinal da mulher errante. Isso é uma fórmula! A mulher errante usa as emoções como uma justificativa de autoridade.


O que eu quero dizer é que a mulher que fundamenta as suas escolhas em emoções é automaticamente errante. Se ela tem experiência de vida e usa as justificativas emocionais para falar do passado, então ela é uma mulher errante. Essa mulher provavelmente é imprestável para relacionamentos sérios. Se as justificativas emocionais são características das mulheres errantes, como podemos reconhecê-las?! Vou mostrar alguns padrões...


As expressões emocionais femininas determinam os padrões delas. Prestem muita atenção no que as mulheres falam. Vou enumerar algumas coisas importantes:


Citação:1. A mulher errante adora falar de cafajestes.

2. A mulher errante diz que tem o \"dedo podre\".

3. A mulher errante diz que a pegada é fundamental.

4. A mulher errante diz que não consegue gostar de homens certinhos.

5. A mulher errante diz que a “química” é fundamental num relacionamento.

6. A mulher errante diz que precisa sentir uma forte atração pelo homem, visto que sem essa atração, ela é incapaz de gostar dele!

7. A mulher errante diz que foi enganada porque é burra. (a mulher sabe de antemão quem presta e quem não presta)

8. A mulher errante culpa o machismo pelo fracasso amoroso. (é mais fácil culpar uma entidade virtual chamada machismo do que reconhecer os próprios erros)

9. A mulher errante diz que o pai nunca foi amoroso com ela. (isso é uma coisa típica dos livros femininos de auto-ajuda. Esses livros dizem que as mulheres buscam um pai nos homens insensíveis e cafajestes. Isso é uma grande palhaçada.)

10. A mulher errante diz que foi reprimida. (Isso é uma das desculpas mais clichês. Quando pensamos que essas mulheres começaram a vida sexual cedo, ficamos surpresos com a cara de pau delas.)

11. A mulher errante usa muito a palavra coração. Exemplo: Ela diz: “O coração mandou”. Ou diz: “Segui a voz do coração!”

12. A mulher errante teatraliza um masoquismo amoroso como virtude. A mulher errante diz que ama demais, ou diz que faz tudo pelo homem. Mas isso é mentira. Quando a mulher faz tudo por um homem que a despreza, então está na cara que ela está fazendo isso apenas para justificar seu desejo errante.




Resolvi mostrar apenas esses pontos. Porém, certamente existem muito mais expressões emocionais que as mulheres usam nas justificativas delas. As expressões citadas apenas servem para fornecer uma idéia de como as mulheres usam as emoções como uma autorização para os erros delas. Essas coisas parecem óbvias, mas não são. Muitos homens caem nas armadilhas do emocionalismo feminino.


Um exemplo claro de armadilha é a questão da atração. As mulheres acham absurda, a idéia do amor sem uma forte atração. Parece que tal amor é forçado, artificial, arranjado e assexual. Elas usam justamente a idéia de amor voluntário. A mulher não pode amar um homem sem sentir plena atração por ele, porque isso seria visto pelas mulheres como um amor constrangido e opressor. Os homens mais fracos concordam totalmente com as mulheres nesse ponto. Mas o que é fundamental aqui é que o amor saudável não é uma atração emocional, mas é uma atração racional e consciente. Mas quando as mulheres falam de atração, elas estão falando de loucura. Não existem critérios sólidos na atração feminina.


É lógico que o amor envolve alguma atração, mas quando as mulheres falam da atração, elas falam sempre da atração num nível exclusivamente emocional. Portanto, a atração delas é sempre distorcida moralmente pelas emoções. É necessário ter muito cuidado com as mulheres que usam a desculpa da atração, visto que elas querem justificar as emoções fortes que elas buscam ao lado dos cafajestes! Se a mulher falar em atração e não explicar o sentido disso, então você pode ter certeza absoluta de que ela é errante.


É fundamental acrescentar mais uma coisa. Algumas mulheres são tão expertas que escondem o emocionalismo delas. Elas parecem racionais, lógicas e inteligentes. Porém, compare o que elas falam com o que elas realmente fazem. Se a mulher demonstrar na prática qualquer tipo de critério emocional, então você pode ter a certeza de que tudo o que ela está falando é apenas um teatro. Ela está teatralizando virtude para transmitir a idéia de que ela é moça direita.


As emoções femininas são critérios infalíveis de detecção de mulheres errantes. Qualquer padrão emocional no amor feminino é sinônimo de apologia do erro. Portanto, os homens devem ter cuidado com a retórica das mulheres, pois elas são muito expertas quando usam argumentos emocionais. Elas vão falar as coisas como se o amor racional fosse uma prisão ou uma imposição. Na prática, a retórica da repressão, entre outras coisas, é pura falácia das mulheres que possuem compulsão pelo erro que produz fortes emoções.
Responda-o
#11



Catálogo de Jogos Femininos


Baseado em Nessahan Alita (Principalmente 'Como Lidar com as Mulheres' e 'Guerra da Paixão')



Citação:Inversão de culpa - Joga a culpa de tudo em você, mesmo sendo claramente culpa dela. O homem fraco vai acabar pedindo desculpas ou cometendo um erro (sendo agressivo por exemplo) que faça com que ele perca a razão na história e aí sim a culpa se torne realmente dele.


Citação:Inversão de responsabilidade - Joga a responsabilidade de todas as mazelas da relação sobre você.


Citação:Inversão de valores - Homem/Mulher - Quando a mulher adquire valores masculinos (confiança, independência etc) e te trata como uma mulher (fraco, submisso etc).


Citação:Inversão de valores - Mãe/Filho - Quando a mulher fazer você se sentir como uma criança e ela como sua mãe.


Citação:Puxa-Empurra - Afasta você, sendo fria, não te procurando tudo para que você a procure. Ou te procura, é carinhosa etc quando você se afasta e é frio.


Citação:Chá de sumiço - desaparece sem falar nada para que você a procure.


Citação:Polemização/silêncio - Polemiza para tentar desestabilizar suas opiniões. Podem brigar e até atacar com argumentos ilógicos e emocionais. Ou ficam em silêncio para que você busque saber o que está acontecendo.


Citação:Ataque à masculinidade - Polemiza dizendo que você é fraco, imaturo, criança. Pode ser mais sutil como brincadeiras sobre você ser fraco, não dar conta de alguma situação, etc.


Citação:Desejo de continuidade - Para NA é o mais importante e de onde derivam todos os demais jogos. Acontece com as mulheres que querem manter o ex como amigo. Na friendzone onde a mulher quer um eterno capacho/amiguxo/reserva. No interesse que os homens demonstram antes do tempo que faz com que ele seja rejeitado, pois ela já conseguiu o que queria (ser desejada). Permite o cozinhamento de vários pretendentes ao mesmo tempo. Frustar o desejo de continuidade é uma arma masculina. "O desejo da continuidade é um desejo que a mulher possui, muito forte. Trata-se do desejo de ser continuamente objeto do interesse masculino, é a obsessão por ser desejada." e "Ela somente deseja mantê-lo preso, desejando-a, e mais nada." (Nessahan Alita)


Citação:Testar o poder de atração - Apenas saber se é desejada por um macho, mesmo esse sendo de menor status. A fêmea vai te enrolar, gastar seu tempo e dinheiro dando esperanças, apenas para saber o quanto ela consegue te atrair e te manter preso.


Citação:Chá de buceta - Dar sexo bom e constante para que algum macho com status se apegue/baixe suas guarda.


Citação:Greve de sexo/deserto sexual - Muito conhecido. Serve para o macho correr atrás, se tornar capacho e submisso.


Citação:Fragilização/feminilização extrema - chorar, se fazer de vítima, fazer vozes finas e meigas, se mostrar indefesa, injustiçada. Serve para ativar o instinto protetor masculino. Muitas vezes esconde dissimulações.


Citação:Discutir Relação/Reclamar de tudo - Reclamam de tudo, da relação, da vida delas, do mundo e até de coisas opostas. Vide:



Citação:Indefinição/Ambiguidade/Contradição/Transferência de decisão - Adoram deixar as coisas indefinidas para deixar o macho preso a elas (desejo de continuidade). Nunca terminam uma relação, desaparecem (chá de sumiço) ou pedem um "tempo". Deixam as coisas ambíguas sobre o interesse dela na relação (ocultando sentimentos).



Citação:Se fazer de ingênua e desentendida - Conversam com machos que dão claramente em cima delas e dizem que não é nada demais. Mantém vários amigos que tem interesse nelas e acham que isso é normal. Marcam viagens sem nos avisar e ta tudo bem. Ou seja, fazem coisas que atacam nossa autoridade na relação e se fazem de desentendidas como se não tivesse nenhum problema.


Citação:Receber o máximo dando o mínimo - Comum quando elas se relacionam com betas e carentes. Recebendo presentes, carinhos, mimos e dando pouco o que queremos.


Citação:Dar o máximo recebendo o mínimo - Comum quando se relacionam com alphas, cafas ou alguém com algum status. O cara dá pouco, ignora, afasta, se mostra indiferente e mesmo assim recebe muito carinho, amor e sexo.


Citação:Ocultando sentimentos - Querem saber o que pensamos e sentimos para ter o controle da situação. Mas quando escondemos e ignoramos isso, são elas que nos revelam o que sentem e pensam.


Citação:Frustrar expectativas - Prometer e dar esperanças mas não cumprir. Serve pra testar nossas reações e tirar nosso poder. "A espertinha joga com a esperança do homem e sua meta não é amá-lo mas ser amada."
Responda-o
#12
Logo que entrei na Real assisti um vídeo muito instrutivo sobre como reconhecer uma mulher perigosa, que recomendo aos juvenas:



Responda-o
#13
(12-09-2016, 02:26 PM)taimanov Escreveu: Prezados,

As crianças não são problema se você mantiver uma distância saudável. No meu caso mantenho de maneira clara essa fronteira.

Ela não opina na vida da minha filha, eu não opino na vida dos dela. Simples assim.

Assumir contas dos filhos da mulher? É coisa de matrixiano retardado. Nem pensar! Não gasto 1 real com os filhos dela, me mantenho longe de conflitos e questões que envolvam as crianças e quando ela está enrolada com questões dos filhos simplesmente deixo ela resolver sozinha.

Reitero que é possível sim, e no meu cenário de vida é ótimo, pelos motivos que citei anteriormente.

Abraço,
Taimanov
Rapaz o que você narrou aconteceu comigo na parte que a mulher começou de certa forma a dar a entender que queria minha opinião com relação aos filhos dela( tem dois) e determinadas situações. Dei a resposta como você escreveu , falei: olha , é um assunto delicado e acho que não devo me intrometer é um problema que VOCÊ deve resolver. Ela esfriou comigo a partir dali então pude perceber sua intenções. Escapei de uma fria. Suas observações foram carteiras . Abraço.


Enviado de meu XT1022 usando Tapatalk
Responda-o
#14
Excelente tópico.

A partir dos estudos de Nessahan Alita aprendi a separar as que eram marmitas e as que eram para algo sério.
Citação:Semper Fidelis

"Seu coração deve ser como uma espada, assim você não perderá. É um longo caminho construído com o valor de muitas vidas, nunca se esqueça..." El Cid de Capricórnio para Tenma de Pegáso
[Image: latest?cb=20130329182556&path-prefix=pt]
Responda-o
#15
Só eu acho que a maior vilania da mulher moderna é o mimetismo.

Um mulher com relativa barganha, querendo fisgar um cabra de bem, olha lista desse tópico 

e resolve ser a panicat virgem do sonho de muitos  Big Grin

Senhores não existem alertas contra dissimuladas

Você só vai acusar o golpe depois de ferido.

Recomendo prevenção e mamitazone.

Se uma mulher faz de tudo com um cafa e depois paga de santinha, é óbvio que ela está agindo de má fé e prejudicando alguém.
Responda-o
#16
Reconhecer mulheres perigosas é bom. Mas aquelas que não tem lado obscuro podem também fazer seu casamento ser uma merda. Casamento para ser bom deve ter afinidade e ambos fazer de tudo para ficar juntos, querer ficar junto ou constituir uma família. Casamento tem altos e baixos e tempos difíceis, é preciso paciência. Não existe homem casado que não amaldiçoe o dia em que casou, pelo menos algumas vezes. Casamento é isso. A recompensa é se amar e permanecer juntos, e formar família e ter alguém na velhice. Mas hoje não existe Amélias, que são mulheres de verdade que ficam juntas, constroem juntas.


Só existe feminaze, que em 5 anos trocam 3 ou 4 vezes de namorado, querem dinehiro e acham maravilhoso criar o filho sozinha. O feminismo destruiu a nossa sociedade.
Responda-o
#17
Em algumas fotos também se pode identificar mulheres com potencial negativo.

Mulheres que tiram fotos:

De lingua de fora.
Fazendo duckface (bico).
Com mais de 2 cm de decote.
Beijando "amigas" (selinho).
Fotos de costas , com intenção de mostrar a bunda.
Com shorts socado.
Fotos de academia mostrando a racha.
"Selfie" deitada mostrando parte das costas e bunda.
Foto de feminazi segurando os peitos (semi-nua).
Foto dançando em balada.
Recebendo shot de alguma bebida.

Maioria dessas fotos são pra instigar, posso esta muito enganado mas mulheres/garotas com esse tipo de foto são problema em potencial.
A Real salva vidas!
“Train yourself to let go of everything you fear to lose.” (Yoda)
Responda-o
#18
@Ragnarok, se o post é de ótima qualidade, os comentários são excepcionais, muito bom mesmo!

De fato, todas minhas ex se encaixam nessa "bagaça", mas aprendia observando "errados" comportamentos e atitudes delas. Quando observava na relação que não adiantava sustentar algo adiante, então jogava as cartas na mesa e mostrava o que era condenável naquele momento. Assim, preferi aprimorar meu desenvolvimento pessoal e profissional, o que realmente é importante!
Aprenda uma coisa: Gostar da sua companhia é um grande nível!
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  [Reflexão] Enganado pelo Lado Obscuro Guardião 0 227 05-09-2021, 10:38 PM
Última Postagem: Guardião
  [RELATO] O Lado Bom do Lado Ruim Daredevil 18 3,290 06-11-2018, 09:51 AM
Última Postagem: Hulk
  [RELATO] O lado obscuro das mulheres - Parte II Sociólogo 9 2,515 06-04-2018, 10:16 AM
Última Postagem: Ogro

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)