Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[REFLEXÃO] A Real No Filme Sniper Americano e Suas Lições
#1
E ai confrades!

Assisti mais uma vez hoje ao filme Sniper Americano que retrata a vida de Chris Kyle, considerado o atirador mais letal da história do exercito americano.

É um filme que eu gosto muito e ao meu ver ele retrata varias lições para nós homens, vou comentar um pouco sobre elas abaixo.

Logo no inicio do filme vemos algo de EXTREMA importância na vida de um homem que é a criação que ele teve quando criança, especialmente por parte do pai.

No filme é mostrado que ele teve uma criação conservadora e com base nos valores cristãos. Essa criação foi a base moral que o conduziu por toda sua vida e o levou a fazer tudo o que fez. Em determinado momento o pai dele da uma lição nele e no irmão depois de uma briga onde o irmão mais novo de Chris estava apanhando de um valentão e Chris o defendeu, o pai dele disse o seguinte:

"Existem 3 tipos de pessoas no mundo: ovelhas, lobos e pastores. 
Algumas pessoas preferem acreditar que o mal não existe no mundo e mesmo se essas pessoas o encontrassem não saberiam como se proteger, são as ovelhas.
Temos os predadores, que usam violência para vitimizar os fracos, são os lobos.
E tem aqueles que foram abençoados com o dom da agressão, e a necessidade avassaladora de proteger o rebanho, esses são de uma raça rara e vivem para confrontar os lobos, são os pastores"

Só aqui já temos uma lição muito importante para qualquer homem de bem que preze por se proteger e principalmente proteger sua família e seus entes queridos. Uma das funções mais importante que o homem tem na vida é proteger aqueles que ama. Esses espirito protetor está dentro dos homens (a não ser dos covardes borra bostas) e é necessário que coloquemos ele em prática toda nossa vida.

Depois, com o Chris já adulto é mostrado uma relação que ele teve com uma vadia qualquer, Chris chega mais cedo em casa e encontra a vagabunda com outro na cama. Estamos cansados de ver em situações como essa a mulher se vitimizar, colocar a culpa no marido e o corno aceitar a culpa como se ele tivesse feito algo errado, parte pra cima do cara que tava comendo a esposa podendo levar uma bela surra e ainda por cima perdoa a vadia. 

Mas Chris fez diferente, ele fez o que um homem correto deve fazer em casos como esse ao meu ver. Ele deu lá uma surra no cara rsrs, mas o mais importante, sem hesitar ele simplesmente mandou a vagabunda dar o fora da casa dele, com confiança, convicção, calma, sem apego, sem discutir, sem dar atenção a vitimização e as desculpas esfarrapadas dela, simplesmente mandou ela sumir e esqueceu dela.

Temos aqui algumas lições dadas pelo próprio NA: desapego, não se tornar cão de guarda da mulher, não perder tempo discutindo, ser frio, não dar atenção a vitimizações inúteis e não aceitar a culpa que ela vai tentar jogar em você.

Seguindo no filme, ao ver a ameaça terrorista crescendo sobre seu país Chris se sente na obrigação de fazer algo, mesmo já estando com 30 anos (considerado velho para se alistar) ele decide entrar para as forças armadas e vai simplesmente para os Seals, a força de elite da marinha americana, extremamente difícil de entrar pois os aspirantes são colocados no limite o tempo todo a fim de faze-los desistir, mas Chris não desiste e consegue entrar para os Seals.

A lição aqui é a persistência, você pode ser o mais bonito, inteligente e até mesmo rico, sempre vai ter algo na sua vida que vai exigir de você todo seu coração e ser persistente será a diferença entre você conseguir ou não.

Após, ele está em um bar e começa a conversar com uma mulher que viria depois a ser sua esposa. Aqui é interessante ver a forma com que ele fala com ela: postura sempre confiante, sem se importar, sem usar macaquices idiotas de PUA pra pegar mulheres, sendo desinteressado e protetor ao mesmo tempo. Ela tenta coloca-lo na defensiva mas ele simplesmente reflete de volta a ela. Resultado? Ela ficou instantaneamente interessada por ele e a unica coisa que ele fez foi agir como homem e não como um babaca fazendo macaquice desesperado pra pegar vagabunda na balada.

Em todo o filme Chris demonstra valores inerentes aos homens como honra, patriotismo, companheirismo, senso de dever e proposito.

Na guerra(seu trabalho) Chris é focado, algumas vezes os macacos de circo imbecis (leia-se pessoas que fazem graça com tudo e não levam nada a sério) ficam falando na cabeça dele fazendo gracinhas e piadas com coisas sérias e em momentos de tensão, ele simplesmente ignora e faz seu trabalho da melhor forma que pode. A lição aqui é o foco e o profissionalismo, coisas que faltam na grande maioria das pessoas.

Continuando, durante todo o período que ele esteve na guerra Chris é confrontado por sua mulher para largar os Seals e voltar pra casa mas ele se mantem firme em seu propósito de defender sua pátria e ajudar seus companheiros. Em determinado momento Chris está em casa, indo para o shopping com a esposa e ele só pensa em voltar para guerra, só pensa que enquanto ele esta ali indo ao shopping, seus companheiros estão lutando na guerra e ele não está la para ajudá-los.

Um homem precisa de um propósito na vida, algo maior que o guie e que faça ele ter forças para continuar nos momentos mais difíceis e ter uma vida que valha a pena ser vivida. Não é fácil encontrar seu propósito mas em algum momento ele vai ser revelado a você e você deve abraça-lo com todo seu coração. Descubra seu propósito e busque-o por toda sua vida, independente de qualquer coisa.

Enfim confrades, é isso, existem outros pontos mas coloquei aqui os que eu acho mais relevante, espero que gostem!
MAIS UMA VEZ
ADENTRO A BATALHA
VOU PARA UMA DAS ÚLTIMAS BOAS BRIGAS QUE TEREI
VIVA E MORRA NESTE DIA
VIVA E MORRA NESTE DIA
Responda-o
#2
- Temos um Legionário que homenageia o protagonista desse filme. Espero que ele veja este tópico e, se possível, escreva alguma coisa a respeito.

- Sobre o filme em si, ainda não vi. Vou procurar assistir.
Responda-o
#3
Boa análise hunter88

Responda-o
#4
(25-07-2016, 08:44 AM)Alberto Santos Escreveu: Boa análise hunter88

Obrigado confrade
MAIS UMA VEZ
ADENTRO A BATALHA
VOU PARA UMA DAS ÚLTIMAS BOAS BRIGAS QUE TEREI
VIVA E MORRA NESTE DIA
VIVA E MORRA NESTE DIA
Responda-o
#5
Excelente explanação confrade Hunter!
Responda-o
#6
minha opinião sobre o filme:

1-ele casa com uma mulher que tinha o apelido de boqueteira na escola. Ou seja ele idealiza o mundo e nega aquilo que vê e escuta.

2-ele bate no cara que está comendo sua mulher(vadia), ou seja, se mostra uma pessoa emocional e não racional, assume riscos sem propósito algum. Se o cara quisesse se vingar, ele poderia tomar um tiro ou algo pior.

3- O homem deve ser o sacerdote do seu lar, zelar pela moralidade e religiosidade da sua família, e não terceirizar o serviço para um padre ou pastor. Vc deixa que a escola esquerdista eduque seus filhos ou vc explica para ele que a escola fala muita merda? Vc dá orgasmo para a sua mulher ou terceiriza para outro comer? Vc deve cuidar da religiosidade e moralidade da sua família.

Ele vai na igreja, ou seja ele não é cristão. O que é ser cristão? É seguir os ensinamentos de cristo Jesus, Jesus expulsou os mercadores do templo, hoje os mercadores são os próprios donos dos templos. Jesus foi crucificado, pois queria levar o culto para o lar e com isso enfraquecia o poderoso clero judaico, então o clero eliminou Jesus.

Na igreja existe corruptos, estelionatários que usam o nome de Deus para ganhar dinheiro, tem dissimulação e promiscuidade, "ex vadias", "ex drogados" , "ex bandidos" e todo o tipo de escória; definitivamente não é um lugar para levarmos nossos filhos. Existe uma grande matrix religiosa.

2ª parte matrix religiosa:

No final do filme o sniper diz que quando estiver na frente do criador vai conversar sobre aqueles que matou, só fez isso para proteger os outros soldados e os EUA. Um verdadeiro cristão jamais mataria. Barrabás disse para Jesus, que estava na hora da vingança do nosso povo oprimido, que com a espada dos seus junto a Jesus poderiam sair da opressão, disse; que o que Jesus dissesse para ele fazer, ele faria.

Jesus respondeu: "-Então ame os seus inimigos e perdoem todos aqueles que perseguem vcs"
Barrabás responde: "-Perdoar Erodes? Perdoar os romanos? Mas os Romanos assassinaram centenas de pessoas inocentes, mulheres, idosos, vidas tiradas sem piedade, sem julgamento! Como pode querer que eu perdoe ele? Devemos combater a espada com a espada!"

Jesus: "-Aquele que pegar a espada será morto pela espada. Escute Barrabás; seu ódio o cega da verdade, a nova jerusalém não será construida com morte e com revolta."
Barrabás:"-Embora esperamos que este dia chegue, até lá, nosso povo viverá de luta e lamentações."

O cristão sabe que a vida é passageira e que o verdadeiro tesouro está na eternidade. Deus não quer que construamos um paraiso na Terra, ele já construiu um paraiso para a gente na eternidade. Ele só quer que não nos contaminemos da maldade do mundo, permanecendo bons; para que sejamos dignos desse paraiso.

4- O filme é um grande marketing para o americano se alistar. Um tipo de neurose é achar que todos querem te prejudicar, o filme tenta nos convencer disso, vá matar lá na guerra , antes que eles invadam os EUA e matem todos. Se tem um pitbull me atacando eu mato (me defendo) ele. Agora, sair caçando pitbulls por aí é neurose. Além disso o cristão sabe que seu tesouro está na eternidade, não faz a mínima diferença os muçulmanos dominarem o mundo; se isso acontecer, a Terra será o inferno deles. Outra MATRIX, fazendo vc lutar uma guerra que não é sua.

5- Ele se descontrola emocionalmente, sua vingança o cega, e ele atira espondo sua posição e colocando a vida de todo o grupo em risco, para tentar matar apenas um inimigo. Ainda é burro militarmente e dominado pelas emoções. E eu nem quero entrar em detalhes dizendo que um tiro a 2100metros com uma mira que não tem zoom suficiente, considerando o vento, ainda expondo a posição, seria muita burrice.É só esperar 20 minutos pelo apoio. Controlando o terreno, cedo ou tarde o sniper inimigo seria pego.

6- O cara realmente pensa que esta fazendo um bem, arriscando deixar seus filhos orfãos.

7- É um ótimo filme de ação, prende a atenção, mas não passa disso.
Responda-o
#7
(25-07-2016, 04:59 PM)machadation Escreveu: minha opinião sobre o filme:

1-ele casa com uma mulher que tinha o apelido de boqueteira na escola. Ou seja ele idealiza o mundo e nega aquilo que vê e escuta.

2-ele bate no cara que está comendo sua mulher(vadia), ou seja, se mostra uma pessoa emocional e não racional, assume riscos sem propósito algum. Se o cara quisesse se vingar, ele poderia tomar um tiro ou algo pior.

3- O homem deve ser o sacerdote do seu lar, zelar pela moralidade e religiosidade da sua família, e não terceirizar o serviço para um padre ou pastor. Vc deixa que a escola esquerdista eduque seus filhos ou vc explica para ele que a escola fala muita merda? Vc dá orgasmo para a sua mulher ou terceiriza para outro comer? Vc deve cuidar da religiosidade e moralidade da sua família.

Ele vai na igreja, ou seja ele não é cristão. O que é ser cristão? É seguir os ensinamentos de cristo Jesus, Jesus expulsou os mercadores do templo, hoje os mercadores são os próprios donos dos templos. Jesus foi crucificado, pois queria levar o culto para o lar e com isso enfraquecia o poderoso clero judaico, então o clero eliminou Jesus.

Na igreja existe corruptos, estelionatários que usam o nome de Deus para ganhar dinheiro, tem dissimulação e promiscuidade, "ex vadias", "ex drogados" , "ex bandidos" e todo o tipo de escória; definitivamente não é um lugar para levarmos nossos filhos. Existe uma grande matrix religiosa.

2ª parte matrix religiosa:

No final do filme o sniper diz que quando estiver na frente do criador vai conversar sobre aqueles que matou, só fez isso para proteger os outros soldados e os EUA. Um verdadeiro cristão jamais mataria. Barrabás disse para Jesus, que estava na hora da vingança do nosso povo oprimido, que com a espada dos seus junto a Jesus poderiam sair da opressão, disse; que o que Jesus dissesse para ele fazer, ele faria.

Jesus respondeu: "-Então ame os seus inimigos e perdoem todos aqueles que perseguem vcs"
Barrabás responde: "-Perdoar Erodes? Perdoar os romanos? Mas os Romanos assassinaram centenas de pessoas inocentes, mulheres, idosos, vidas tiradas sem piedade, sem julgamento! Como pode querer que eu perdoe ele? Devemos combater a espada com a espada!"

Jesus: "-Aquele que pegar a espada será morto pela espada. Escute Barrabás; seu ódio o cega da verdade, a nova jerusalém não será construida com morte e com revolta."
Barrabás:"-Embora esperamos que este dia chegue, até lá, nosso povo viverá de luta e lamentações."

O cristão sabe que a vida é passageira e que o verdadeiro tesouro está na eternidade. Deus não quer que construamos um paraiso na Terra, ele já construiu um paraiso para a gente na eternidade. Ele só quer que não nos contaminemos da maldade do mundo, permanecendo bons; para que sejamos dignos desse paraiso.

4- O filme é um grande marketing para o americano se alistar. Um tipo de neurose é achar que todos querem te prejudicar, o filme tenta nos convencer disso, vá matar lá na guerra , antes que eles invadam os EUA e matem todos. Se tem um pitbull me atacando eu mato (me defendo) ele. Agora, sair caçando pitbulls por aí é neurose. Além disso o cristão sabe que seu tesouro está na eternidade, não faz a mínima diferença os muçulmanos dominarem o mundo; se isso acontecer, a Terra será o inferno deles. Outra MATRIX, fazendo vc lutar uma guerra que não é sua.

5- Ele se descontrola emocionalmente, sua vingança o cega, e ele atira espondo sua posição e colocando a vida de todo o grupo em risco, para tentar matar apenas um inimigo. Ainda é burro militarmente e dominado pelas emoções. E eu nem quero entrar em detalhes dizendo que um tiro a 2100metros com uma mira que não tem zoom suficiente, considerando o vento, ainda expondo a posição, seria muita burrice.É só esperar 20 minutos pelo apoio. Controlando o terreno, cedo ou tarde o sniper inimigo seria pego.

6- O cara realmente pensa que esta fazendo um bem, arriscando deixar seus filhos orfãos.

7- É um ótimo filme de ação, prende a atenção, mas não passa disso.

1 - Não discuto a qualidade da mulher dele, comentei sobre como ele "chegou" nela. E de qualquer forma no filme não é relatado isso que você disse, meus comentários todos são baseados no filme, que como sabemos sempre tem algumas coisas alteradas

2- Realmente, mas ele só deu um ponta pé no cara por assim dizer, nada demais, de qualquer forma ser "frio" tem limites, ninguém tem sangue de barata e existem situações em que todos vão perder um pouco a cabeça, não podemos polarizar

3- Essa de se é cristão não pode matar, bater, nem fazer nada é uma questão teológica que podemos discutir a vida toda, vou dar minha opinião. 

Sou cristão e se precisar matar ou fazer qualquer coisa para defender minha família eu o farei e isso não faz de mim menos cristão ou menos temente a Deus. Por mais que o cristianismo seja seguir os passos de Cristo, não podemos comparar todas as situações por quais Cristo passou as nossas, seria até leviandade, ele é o filho de Deus e nós somos apenas homens.

Nosso corpo é o templo do espirito santo, é sagrado para Deus, portanto assim como matar é pecado, qualquer pessoa que permita e tolere abuso físico também está em pecado. Muitas vezes em nosso mundo o ideal bíblico não é possível e por vezes temos que escolher dos males o menor, que no caso aqui é a legitima defesa.

Além do mais a agressão não é necessariamente anti-cristã, muito pelo contrário, desde que usada em prol da justiça. Você mesmo citou o episodio onde Cristo em fúria(vale ressaltar) destruiu as barracas de mercadores no templo. 

É justamente por esse tipo de pensamento que e o ocidente sofre nas mãos do Islã e do comunismo, deixamos o mundo sofrer um mal maior pois não nos defendemos apropriadamente(mal menor).

Enfim, essa é minha interpretação, de qualquer modo não foi minha intenção discutir cristianismo neste tópico mas ai esta.

4 - Todo filme tem algum tipo de marketing embutido mas não acho tudo isso que disse, o filme tem como objetivo retratar a vida de Chris Kyle, acho que nesse ponto o filme é mais simplório do que o que você interpretou rs. 

Quanto a guerra, de fato a maioria(se não todas) das guerras é iniciada ou tem algum beneficio próprio para as pessoas que comandam, isso também não significa que em uma guerra você não vai estar lutando por fazer algo bom, no caso do filme a guerra contra o terrorismo. Por mais que saibamos que a verdadeira razão para o EUA ter ido pra lá foi o petróleo ainda sim lutaram por algo bom para o mundo.

5 - De novo, temos que parar de polarizar essa coisa de ser "frio e calculista", o homem tem sim que ser o mais frio possível e sempre usar a razão, mas as vezes somos levados pelo emocional e isso não é necessariamente ruim em todas as ocasiões. 

O que ocorreu no filme ainda sim ele fez o correto. O OBJETIVO da missão era matar o sniper inimigo, Chris tinha o tiro e não podia desperdiçar, ai você pode falar "ah mas eles teriam outra chance de mata-lo", certamente teriam sim mas até lá quantos outros soldados americanos o sniper inimigo não teria matado? A resposta pra isso é o próprio resultado do que aconteceu, a missão foi um sucesso.
MAIS UMA VEZ
ADENTRO A BATALHA
VOU PARA UMA DAS ÚLTIMAS BOAS BRIGAS QUE TEREI
VIVA E MORRA NESTE DIA
VIVA E MORRA NESTE DIA
Responda-o
#8
Bem cada um tem a sua opinião, quando vc já tem uma opinião formada vc utiliza de argumentos para defendê-la, reafirmo tudo que disse. Foda-se o mundo, o cristão deve querer o reino de Deus não o reino da terra, ir lá morrer é burrice, justificaria a defesa se eles viessem aqui e entrassem na sua casa, enfim não para discutir cristianismo no fórum então deixa quieto.

Sobre ser frio, ou vc é ou vc não é, ponto. Isso não significa q vc é um robô sem emoção, ser frio é não ter sentimentalismo. Sentimentalismo é diferente de sentimento. Sentimentalismo é algo doença, como paixão , descontrole emocional etc. Todos perdemos a cabeça, isso explica a atitude, mas não justifica. A atitude de ser frio não foi polarizada, tanto que expliquei as razões.
Responda-o
#9
- Um dos melhores filmes que já assisti.

Não sei como puder deixar pra ver agora, o filme tem varias lições como confrade já relatou.

1- A importância do pai na família.
2- O dever de um homem de defender sua família, no caso ele quis defender bem mais do que isso.
3- lições de virilidade e seriedade.
4- Atitude de um homem quando flagra sua '' mulher '' o traindo, n fez barracos deu alguns murros no cara e pediu pra biskate ralar.
5- Lições que se deve passar para um filho.
6- Lições de honra.
7- Senso de dever, mesmo quando sua esposa fica no seu ouvido.
8- Ainda mostra como as mulheres são individualistas, estão pouco se cagando com os outros, e se elas estivem naquela situação no primeiro peido pedia pra sair.

Enfim, tem tantas mensagens.
"A solução está não desejar nada, não exigir nada, não esperar nada!" - (N.A)
Responda-o
#10
O filme Sniper Americano é muito ruim e não passa de uma peça de propaganda.

É basicamente a história de um sujeito que gosta de matar as pessoas ao invés de cuidar da própria vida.

Texano ignorante.

Não à toa o cara foi morto por um colega de farda.
Responda-o
#11
(28-07-2016, 07:26 PM)the_hunter Escreveu: O filme Sniper Americano é muito ruim e não passa de uma peça de propaganda.

É basicamente a história de um sujeito que gosta de matar as pessoas ao invés de cuidar da própria vida.

Texano ignorante.

Não à toa o cara foi morto por um colega de farda.

Foi mal, mas voce deve ter confundido com outro filme
"A solução está não desejar nada, não exigir nada, não esperar nada!" - (N.A)
Responda-o
#12
(28-07-2016, 07:26 PM)the_hunter Escreveu: O filme Sniper Americano é muito ruim e não passa de uma peça de propaganda.

É basicamente a história de um sujeito que gosta de matar as pessoas ao invés de cuidar da própria vida.

Texano ignorante.

Não à toa o cara foi morto por um colega de farda.

Não é verdade. O cara vai achando que esta defendendo a família e a patria e se torna o atirador mais letal da história dos EUA
.
Responda-o
#13
(28-07-2016, 07:26 PM)the_hunter Escreveu: O filme Sniper Americano é muito ruim e não passa de uma peça de propaganda.

É basicamente a história de um sujeito que gosta de matar as pessoas ao invés de cuidar da própria vida.

Texano ignorante.

Não à toa o cara foi morto por um colega de farda.

Nada ver isso que você falou com o filme e a historia dele cara.

E ele não foi morto por um colega de farda e sim por um ex militar em um centro de recuperação para soldados que voltaram da guerra, ou seja, um lunatico que ele estava tentando ajudar e matou ele
MAIS UMA VEZ
ADENTRO A BATALHA
VOU PARA UMA DAS ÚLTIMAS BOAS BRIGAS QUE TEREI
VIVA E MORRA NESTE DIA
VIVA E MORRA NESTE DIA
Responda-o
#14
Apesar de eu usar o nick do cara, pra mim é apenas um ótimo filme que retrata um cara que se esforçou para ser o melhor e atingiu o objetivo, uma pena alguém ter sacaneado ele.
Responda-o
#15
Pra mim esse sujeito não passa de um assassino. 
Eu não tenho vontade de assistir esse filme.
Responda-o
#16
O cara é um soldado e não um cuidador que limpa a bunda de incapacitados e conta estorinhas para alegrar os moribundos; o cristianismo foi reduzido a estereótipos emasculados induzidos pelos lixos culturais da esquerda. 

E na guerra agiu em amor a si próprio  e pelos seus, fez muito bem explodindo a cabeça dos inimigos.


Essa postura ursinhos carinhosos devastou o cristianismo culturalmente no ocidente, esse condicionamento é o que faz esses cristões tolos serem manipulados por psicopatas comunistas na politica e cultura.



Ele foi assassinado por um desequilibrado e muitos veem nessa ironia uma espécie de merecimento retributivo, vão se foder, entendam os contextos.

Quem defende o argumento de amar mais o próximo do que a si mesmo está  predisposto a defender bandidos e até inimigos que venham a invadir a pátria, além de ser portador do potencial cornitude mansa.
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#17
(12-08-2016, 12:33 PM)Minerim Escreveu: O cara é um soldado e não um cuidador que limpa a bunda de incapacitados e conta estorinhas para alegrar os moribundos; o cristianismo foi reduzido a estereótipos emasculados induzidos pelos lixos culturais da esquerda. 

E na guerra agiu em amor a si próprio  e pelos seus, fez muito bem explodindo a cabeça dos inimigos.


Essa postura ursinhos carinhosos devastou o cristianismo culturalmente no ocidente, esse condicionamento é o que faz esses cristões tolos serem manipulados por psicopatas comunistas na politica e cultura.



Ele foi assassinado por um desequilibrado e muitos veem nessa ironia uma espécie de merecimento retributivo, vão se foder, entendam os contextos.

Quem defende o argumento de amar mais o próximo do que a si mesmo está  predisposto a defender bandidos e até inimigos que venham a invadir a pátria, além de ser portador do potencial cornitude mansa.
Ninguém aqui usou como argumento "amar mais o próximo do que a si mesmo"
A guerra não aconteceu porque um bandido invadiu a pátria de um outro país, essa guerra ocorreu porque os americanos acharam que o Iraque estava desenvolvendo armas de destruição em massa. Até hoje não mostraram prova nenhuma que essas armas estavam sendo feitas.
Os americanos não ganharam nada com essa guerra. Ganharam apenas uma conta que varia de 3 a 6 trilhões de dólares até 2053 já contando os juros.
Os iraquianos sofreram deterioração de sua situação humanitária, deterioração de sua economia, tiveram que se refugiar em outros países, surgiram vários grupos terroristas que posteriormente assassinaram membros diplomáticos americanos.

A realidade é essa meleca
Mas na cabeça dos Rambos do teclado o que aconteceu foi uma história de heroísmo e virilidade.
Responda-o
#18
(12-08-2016, 03:51 PM)Aragons Escreveu:
(12-08-2016, 12:33 PM)Minerim Escreveu: O cara é um soldado e não um cuidador que limpa a bunda de incapacitados e conta estorinhas para alegrar os moribundos; o cristianismo foi reduzido a estereótipos emasculados induzidos pelos lixos culturais da esquerda. 

E na guerra agiu em amor a si próprio  e pelos seus, fez muito bem explodindo a cabeça dos inimigos.


Essa postura ursinhos carinhosos devastou o cristianismo culturalmente no ocidente, esse condicionamento é o que faz esses cristões tolos serem manipulados por psicopatas comunistas na politica e cultura.



Ele foi assassinado por um desequilibrado e muitos veem nessa ironia uma espécie de merecimento retributivo, vão se foder, entendam os contextos.

Quem defende o argumento de amar mais o próximo do que a si mesmo está  predisposto a defender bandidos e até inimigos que venham a invadir a pátria, além de ser portador do potencial cornitude mansa.
Ninguém aqui usou como argumento "amar mais o próximo do que a si mesmo"
A guerra não aconteceu porque um bandido invadiu a pátria de um outro país, essa guerra ocorreu porque os americanos acharam que o Iraque estava desenvolvendo armas de destruição em massa. Até hoje não mostraram prova nenhuma que essas armas estavam sendo feitas.
Os americanos não ganharam nada com essa guerra. Ganharam apenas uma conta que varia de 3 a 6 trilhões de dólares até 2053 já contando os juros.
Os iraquianos sofreram deterioração de sua situação humanitária, deterioração de sua economia, tiveram que se refugiar em outros países, surgiram vários grupos terroristas que posteriormente assassinaram membros diplomáticos americanos.

A realidade é essa meleca
Mas na cabeça dos Rambos do teclado o que aconteceu foi uma história de heroísmo e virilidade.

Não vejo por esse lado...o cara podia ser apenas ingênuo...tava lá servindo o exército, vê dois aviões se chocando com as torres gêmeas e matando inocentes a troco de nada (que atacassem a Casa Branca primeiro, bando de amadores) e tá louco para pegar o culpado e arrancar a cabeça dele...aí outro sem noção na presidência diz que foram os afegãos e iraquianos os culpados (e não sauditas, que foram os verdadeiros planejadores do atentado), o cara acredita nisso (o país todo acreditou...se não, não teriam invadido outros países e tomado no rabo com o orçamento deficitário) e o cara vai lá fazer o seu trabalho e faz muito bem feito (lembrando que o trabalho dele era matar o lado oposto)...
Responda-o
#19
Ninguém aqui usou como argumento "amar mais o próximo do que a si mesmo"

A guerra não aconteceu porque um bandido invadiu a pátria de um outro país, essa guerra ocorreu porque os americanos acharam que o Iraque estava desenvolvendo armas de destruição em massa. Até hoje não mostraram prova nenhuma que essas armas estavam sendo feitas.
Os americanos não ganharam nada com essa guerra. Ganharam apenas uma conta que varia de 3 a 6 trilhões de dólares até 2053 já contando os juros.
Os iraquianos sofreram deterioração de sua situação humanitária, deterioração de sua economia, tiveram que se refugiar em outros países, surgiram vários grupos terroristas que posteriormente assassinaram membros diplomáticos americanos.

A realidade é essa meleca
Mas na cabeça dos Rambos do teclado o que aconteceu foi uma história de heroísmo e virilidade.





Bela merda essa divida, os americanos são belicistas e hegemônicos e fazem dinheiro, quem faz divida de guerra todo ano e sem estar numa é o Brasil  e ainda assim fode com a economia e o capitalismo interno, um povo com complexo de vira -lata que sequer consegue se encarar num espelho, um bando de isentão multiculturalista que se borra até na hora de se expressar,esse é o br merdiano, com medo de se vaiado pelo pelos histéricos do politicamente correto.

O cara estava lutando porque era um soldado patriota no estrito cumprimento do dever, cristão que ia aos cultos ou  missas, pai de família com a bandeira hasteada defronte a casa, herói de guerra. Valorizaram o homem médio base da civilização americana, a família, patriotismo e a religião cristã, esse foi o foco. Como o brasileiro não tem identidade ele procura pelo em ovo e vive confuso e desorientado, tem medo de valorizar e defender valores tais como: patriotismo, família, religião, propriedade, é um liberal sem liberdade embotado no pensamento e expressão. Big Grin  Sendo o próprio cristianismo fonte de manipulação da boa fé e inocência conservadora na politica e cultura.

Só faltou falar que as aberturas das olimpíadas orgulho de ser  favela como patrimônio e referência  cultural com a mão dos comuna estava lindo e maravilhoso, expressão maxima do patriotismo huebr.
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#20
(12-08-2016, 06:24 PM)Minerim Escreveu: Bela merda essa divida, os americanos são belicistas e hegemônicos e fazem dinheiro, quem faz divida de guerra todo ano e sem estar numa é o Brasil  e ainda assim fode com a economia e o capitalismo interno, um povo com complexo de vira -lata que sequer consegue se encarar num espelho, um bando de isentão multiculturalista que se borra até na hora de se expressar,esse é o br merdiano, com medo de se vaiado pelo pelos histéricos do politicamente correto.

O cara estava lutando porque era um soldado patriota no estrito cumprimento do dever, cristão que ia aos cultos ou  missas, pai de família com a bandeira hasteada defronte a casa, herói de guerra. Valorizaram o homem médio base da civilização americana, a família, patriotismo e a religião cristã, esse foi o foco. Como o brasileiro não tem identidade ele procura pelo em ovo e vive confuso e desorientado, tem medo de valorizar e defender valores tais como: patriotismo, família, religião, propriedade, é um liberal sem liberdade embotado no pensamento e expressão. Big Grin  Sendo o próprio cristianismo fonte de manipulação da boa fé e inocência conservadora na politica e cultura.

Só faltou falar que as aberturas das olimpíadas orgulho de ser  favela como patrimônio e referência  cultural com a mão dos comuna estava lindo e maravilhoso, expressão maxima do patriotismo huebr.

Essa tentativa de me pintar de esquerdista por eu ser contra a Guerra do Iraque não cola. Se for assim Hillary é de direita e o Donald Trump é de esquerda. Você que é um olavete e como todo olavete classifica quem pensa diferente como esquerdista.

No mais, a sua visão sobre o personagem que o filme retrata é romantizada.
Na vida real essa guerra foi o maior fracasso da política externa norte americana no pós guerra fria.

Olha só o Donald Trump falando exatamente o que eu estou falando num debate contra o irmão do Bush
https://www.youtube.com/watch?v=H4ThZcq1oJQ
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  A Real do Filme Vicky Cristina Barcelona Rick O'Connell 2 352 24-02-2021, 02:43 PM
Última Postagem: Rick O'Connell
  [REFLEXÃO] Reflexão de filme utilizando a Real Samurai Jack 3 899 09-02-2017, 06:40 AM
Última Postagem: Samurai Jack

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)