Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Perdido e precisando de ajuda
#1
Seguinte amigos, sou um rapaz de 28 anos, subempregado, só transei com uma mulher, quando tinha 18 anos. Os outros poucos relacionamentos que tive nao envolveram sexo, terminei o ensino médio em 2012 e tirando meu ''semi trampo'' de jovem aprendiz(2014), devo ter passado coisa de uma década desempregado. Nao tenho amigos, pra ser justo consegui manter uma amizade de mais de uma década, o cara pegou a foda fora do brasil em 2018 e mantenho contato proximo com ele mas nao é a mesma coisa de uma amizade presencial. entao se nao contar com esse rapaz nao tenho amigos, nem sempre foi assim, minha infancia foi normal e minha adolescencia (abaixo dos 18) foi relativamente normal*. Minha vida, nesses últimos 10 anos nao envolveram amizades, roles com gente, era em casa com ventilador nas costas e pc na frente, varios jogos online, animes e series, longas corridas e lurkando nos grupos de internet que participo . Fiz alguns cursos profissionalizantes e um curso técnico, consegui também uma fluência em ingles pique analfabeto funcional, mas na minha opiniao tirando o ingles o resto nao é relevante.
 Mas o que eu quero com esse post? Nao sei do que eu gosto além dos meu gostos infantis mencionados, nao me considero tímido, minha oratoria até que é relativamente boa, acho que sou a porra de um introvertido (forçado?). Algum conselho pra esse fodido que vos pede ajuda?
 Quero fazer amigos;
 Quero sair sozinho, e porra nao é como se eu nao fosse pra lugar nenhum sozinho, eu ando pelo centro de Recife sem destino ou pra provar roupas ou entrar nas lojas sem pretençao nenhuma, vou pra cinema sozinho, saio sem destino andando de bicicleta. Mas porra queria fazer outra coisa além dessas que mencionei, especialmente uma que de pra socializar com pessoas, que de pra fazer amigos ou de pra arrumar umas xoxotinhas.
  Quero sair com outras pessoas pois to consado de sair sozinho
  Quero encontrar uma mulher da hora
  Quero ter hobbies legais, que nao sejam os que já mencioneis.
 Conselhos, obeservaçoes, sua ajuda confrade é muito bem vinda
Responda-o
#2
Dei um murro na mesa aqui, rapá. 28 ANOS nessa cara barbada e me diz que vive sem propósito, sem saber o que fazer? Em primeiro lugar, se você não trabalha, arrume um emprego legal e faça disso sua meta para o ano. Se já trabalha, poupe seu dinheiro para investir em algo quando tiver oportunidade, seja sovina e ajude os seus pais. Aprenda afazeres domésticos, serviços de hidráulica e elétrica, isso vai te fazer se sentir mais útil no seu círculo familiar e social. Tenha paciência, nem todo mundo descobre a vocação ao mesmo tempo. Achar algo que te dê prazer e ao mesmo tempo dinheiro é algo muito difícil, não é algo que se descobre num seminário de merda. Dê oportunidades a si mesmo, não fique num quarto postando asneiras na internet e reclamando.
Responda-o
#3
Eu também quero trollface

Não se pode tetudo na vida. Risada

Aguardando o textão do Jotta Jr. Yaoming
Responda-o
#4
Algumas dicas que acho que podem ajudar:

- Primeiro achar um emprego melhor e investir em você. Não estou falando de um emprego destacado. Mas que seja pelo menos na média da sua área. E para isso, talvez precise rever seus conceitos. Digo porque se até agora você não conseguiu um emprego na média, é porque talvez internamente você ache melhor ficar desempregado do que tentar um emprego bom e fracassar. Ou talvez falte qualificação, e aí você precisará correr atrás.

- E dica para círculos sociais: Empregos são bons pra isso. Algumas empresas tem pessoas de vários estados diferentes, que querem sair com o povo, marcam happy hours e baladas. Não que vá encontrar uma excelente mulher na firma, não é regra, mas vai começar a sair mais em grupo. Sobre postura, é sempre equilíbrio, o cara que não é o engraçadão, mas também aquele que puxa papo. 
 Outro ponto é que você mencionou andar de bicicleta. As vezes vale ver se não tem grupos de pedaladas em sua cidade ou cidades vizinhas. Já vi alguns que mais do que andar de bike, se trata de gente indo socializar.
Lembre-se que uma mulher da hora tem um monte de caras medianos em cima dela, e se ela olhar pra você como um cara abaixo da média, o máximo que vai conseguir é ser aquele amigo que na hora H é chamado de irmão.
Responda-o
#5
(22-01-2023, 06:59 PM)Penoso Escreveu: Eu também quero trollface

Não se pode tetudo na vida. Risada

Aguardando o textão do Jotta Jr. Yaoming

Até uns dias atrás a vibe era aquela do "vamos salvar o ocidente" (que eu aprendi aqui no forum).
Passou para o "vamos salvar o Brasil".
E já cheguei na fase "Salve-se quem puder, passamos umas dicas e só".

Não fiz textão antes porque me limitei a dar as dicas do que ele pediu.
No fim ele pediu conselhos, e cara, dá pra escrever 3 páginas maiores que aqueles textos da gringa traduzidos. 

O cara fala dos "gostos infantis dele". Tá cheio de menina desse naipe, que gosta de anime e fica jogando Free Fire e Valorant. É que se trata de algo que elas
deixam de forma enrustida, mas sim, tem muita menina gamer, e sem frescura nenhuma, tem mulher bonitinha e legal nesse meio.

O cara fala de querer fazer amigos, aí vai descobrir que 90% do que chamam de amizade, também é utilitarista, e se criar expectativas, em pouco tempo vai sair falando que não existe amizade de verdade.
Aí o cara não tem colegas de trabalho, não faz parte de nenhum grupo.
 Dá pra inferir várias coisas de alguns pontos do que ele disse, como "ah, teve uma relação aos 18 anos e só", basicamente pra perder o estigma de virgem. E talvez GPs não sejam uma opção porque seria admitir também um "fracasso".

Daqui alguns anos ele descobre que a maioria dos Chads e dos caras que ficam cercados por mulheres, pegaram ou pegam GPs também. Mesmo sem precisar.
Responda-o
#6
(22-01-2023, 08:45 PM)Jota Jr Escreveu:
(22-01-2023, 06:59 PM)Penoso Escreveu: Eu também quero trollface

Não se pode tetudo na vida. Risada

Aguardando o textão do Jotta Jr. Yaoming

Até uns dias atrás a vibe era aquela do "vamos salvar o ocidente" (que eu aprendi aqui no forum).
Passou para o "vamos salvar o Brasil".
E já cheguei na fase "Salve-se quem puder, passamos umas dicas e só".

Não fiz textão antes porque me limitei a dar as dicas do que ele pediu.
No fim ele pediu conselhos, e cara, dá pra escrever 3 páginas maiores que aqueles textos da gringa traduzidos. 

O cara fala dos "gostos infantis dele". Tá cheio de menina desse naipe, que gosta de anime e fica jogando Free Fire e Valorant. É que se trata de algo que elas
deixam de forma enrustida, mas sim, tem muita menina gamer, e sem frescura nenhuma, tem mulher bonitinha e legal nesse meio.

O cara fala de querer fazer amigos, aí vai descobrir que 90% do que chamam de amizade, também é utilitarista, e se criar expectativas, em pouco tempo vai sair falando que não existe amizade de verdade.
Aí o cara não tem colegas de trabalho, não faz parte de nenhum grupo.
 Dá pra inferir várias coisas de alguns pontos do que ele disse, como "ah, teve uma relação aos 18 anos e só", basicamente pra perder o estigma de virgem. E talvez GPs não sejam uma opção porque seria admitir também um "fracasso".

Daqui alguns anos ele descobre que a maioria dos Chads e dos caras que ficam cercados por mulheres, pegaram ou pegam GPs também. Mesmo sem precisar.

Ah, meu amigo, eu nem perco meu tempo, primeiramente porque o jovi ai não deve ter lido porra nenhuma da real e do material construído por vários e vários anos e pelo linguajar é mais uma cria dos redutos "Rédipill" que vê pornô de 30 minutos mas não tem paciência de duas linhas e quer que você mastigue e desenhe o mapa do caminho das pedras pra ele como se você tivesse uma bola da cristal pra saber a realidade além do que ele diz.

Além disso, não importa o que você fale, pode postar paredes e mais paredes de texto, ele não vai por em prática, é só mais um inapto que deixou o bonde da juventude passar e com 28 anos quer recuperar o tempo perdido, amigos, namoro adolescente, hobbys.

Meu conselho pra esse fodido?

Vira homem, desgraça, para de chorar, sai da frente do PC e vai pro mundo viver.
Responda-o
#7
28 anos, subempregado, sem qualificação e tá preocupado com amiguinhos e buceta?

Se vc tivesse lido pelo menos UM, apenas UM, texto da real saberia que na tua situação a sua última preocupação deveria ser com isso. Vá correr atrás de garantir uma condição financeira razoável e o resto se resolve.

Não tem nada melhor do que ficar em casa sozinho, assistindo mesa redonda de futebol e tomando cerveja.

Esse papo de ter "amizades" e "hobbies legais" é o típico pensamento de alguém que está sendo intoxicado por ideias merdas de instagram, coach, de ter uma "vida significativa".

Acha que tem que estar sempre viajando, frequentando museus, postando fotinhos do treininho de cross fit. Ah, vá pra pqp!

Sai dessa, retardado. Vá tratar de garantir o básico. Atenha-se ao que realmente importa.
Responda-o
#8
(22-01-2023, 10:15 PM)Mó Humirde Escreveu: 28 anos, subempregado, sem qualificação e tá preocupado com amiguinhos e buceta?

Se vc tivesse lido pelo menos UM, apenas UM, texto da real saberia que na tua situação a sua última preocupação deveria ser com isso. Vá correr atrás de garantir uma condição financeira razoável e o resto se resolve.

Não tem nada melhor do que ficar em casa sozinho, assistindo mesa redonda de futebol e tomando cerveja.

Esse papo de ter "amizades" e "hobbies legais" é o típico pensamento de alguém que está sendo intoxicado por ideias merdas de instagram, coach, de ter uma "vida significativa".

Acha que tem que estar sempre viajando, frequentando museus, postando fotinhos do treininho de cross fit. Ah, vá pra pqp!

Sai dessa, retardado. Vá tratar de garantir o básico. Atenha-se ao que realmente importa.

É mais ou menos isso que eu estava tentando dizer.
Responda-o
#9
Engraçado é que tudo isso se trata de ser uma pessoa interessante dentro de um contexto social, o que não é difícil, mas pra quem vive com a cara enfiada no computador, um poço sem fundo de carência e idealizações, um conceito deturpado do que é ser uma pessoa interessante e por não conviver com PESSOAS de verdade literalmente "não se enxerga" e acaba gerando o efeito oposto toda vez que tenta emergir do "mundo escuro", desgosto e desprezo nas pessoas e nos grupos em que ele tanto deseja fazer parte.

A maioria desses que choram de desespero de fazer parte de algo não conseguem ser sequer interessantes, e nem to falando de beleza, é o cara que não sabe tocar uma conversa, é o cara que quer despejar nos outros sua carência, se abrindo igual uma flor, achando que as pessoas se interessam pela sua vida digital, coisas que viu na internet, coisas que PRETENDE fazer.

Enfim, repito, não é pra todos.
Responda-o
#10
O recado está dado. Você tem que fazer como meta do ano, sair desta situação de subempregado e conseguir um emprego legal.
Responda-o
#11
(22-01-2023, 10:15 PM)Mó Humirde Escreveu: 28 anos, subempregado, sem qualificação e tá preocupado com amiguinhos e buceta?

Se vc tivesse lido pelo menos UM, apenas UM, texto da real saberia que na tua situação a sua última preocupação deveria ser com isso. Vá correr atrás de garantir uma condição financeira razoável e o resto se resolve.

Não tem nada melhor do que ficar em casa sozinho, assistindo mesa redonda de futebol e tomando cerveja.

Esse papo de ter "amizades" e "hobbies legais" é o típico pensamento de alguém que está sendo intoxicado por ideias merdas de instagram, coach, de ter uma "vida significativa".

Acha que tem que estar sempre viajando, frequentando museus, postando fotinhos do treininho de cross fit. Ah, vá pra pqp!

Sai dessa, retardado. Vá tratar de garantir o básico. Atenha-se ao que realmente importa.


Perfeito!

Eu vejo isso e fiquei pensando revoltado, um pouco mais velho e lembrando que passei dos 20 aos 30 correndo atrás de tudo, ralando pesado pra ter algum conforto agora.

No mínimo é sustentado pelos pais.
"Mens Sana in Corpore Sano"  - Décimo Júnio Juvenal




Responda-o
#12
Na atual conjectura do país, tem que está feliz por ter uma fonte de renda. Brasil é feito de Subempregos mesmo. Ou seja: "Produtos e Serviços". O que mais se ver são pessoas graduadas trabalhando em subempregos.

O lance é trabalhar com as arma$ que tem no momento e investir em você. Nenhum emprego irá pagar salários acima da média. Para isso acontecer, terá de ser uma mão de obra que esteja em falta. Mesmo assim, não é nada garantido.

Sobre ciclo social de mentira do Instagram, para supostamente chamar a atenção da mulherada: Nem deveria ser uma preocupação, com 28 anos então... menos ainda.
"A Real tem 5 estágios: Conhecimento, Revolta, Aceitação, Compreensão e Evolução".
Responda-o
#13
- Mulheres daora: putas, sempre compreensivas e prontas pra ajoelhar, tem as cracudas também, mais baratas.
- Pra não sair sozinho: cultos na igreja Universal, não paga nada e ainda pode dar esse testemunho triste (vá sem dinheiro)
- Hobby: seja cobrador de dívidas, trabalhe para um agiota. Se diverte, faz amigos e ainda ganha uma grana.

Cabra chegar aos 28 anos com esse tipo de "problema" é dureza. Está perdendo a fase mais produtiva da vida, em 10 anos estará com quase 40, fodido, sem perspectiva e no início do declínio físico e mental com vários problemas psicológicos. A chance de se jogar da ponte no futuro é alta.

Você é novo ainda e pode mudar sua vida. A única pessoa que pode te ajudar é você mesmo, já perdeu muito tempo.
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#14
Vai pra festa da Mc Pipokinha trollface
Louvado seja o SENHOR, minha rocha; ele treina minhas mãos para a guerra e dá a meus dedos habilidade para a batalha. Ele é meu aliado infalível e minha fortaleza, minha torre segura e meu libertador. Ele é meu escudo, em quem me refugio; faz as nações se sujeitarem a mim. Salmos 144:1-2

強さと名誉と尊厳
Responda-o
#15
Tem uma sequencia de indícios muito ruins neste texto que é o emprego das suas frases em 1ª pessoa, especialmente do verbo querer: quero!

quero ter carro,
quero comer a Mel Maia,
quero ter hospital de qualidade,
quero TV 4k,
quero assistir Naruto

Tá! eu também! ... quero uma porrada de coisas, nem tudo eu posso ter, seja por limitação de minhas escolhas ou dentro da limitação de poder que eu tenho para realizá-las. Se você quer, faça acontecer, ora porra!

Reflete a mentalidade de princesa e princeso cultivada especialmente nos últimos 20 anos para uma penca de jovens, todos tem certeza absoluta que o mundo deve girar ao redor deles, neste ínterim é inserida a noção que grupos ou sistemas devem coisas para outros grupos "menos privilegiados". Isto cria uma legião inteira de deitões que acham que tem por direito as coisas apenas por ele fazer parte do mundão, tudo na molezinha, sem pagar o preço de trabalhar duro.

Ponha o trabalho na frente! as pessoas querem ter os empregos, querem gozar dos direitos trabalhistas e os caralho á quatro, mas não tem a menor disposição em trabalhar duro e adquirir aptidões sólidas, não querem pagar o preço, e eu não quero julgar, mas acho que este é o problema do criador do tópico.

Tudo é conseguido com trabalho duro, esqueça os atalhos, eles podem lhe custar bastante caro.
Responda-o
#16
Excelente @Fernando_R1

Vou postar um tópico sobre isso pq eu sinceramente tô de saco cheio de ver pessoas em situações como essa
Louvado seja o SENHOR, minha rocha; ele treina minhas mãos para a guerra e dá a meus dedos habilidade para a batalha. Ele é meu aliado infalível e minha fortaleza, minha torre segura e meu libertador. Ele é meu escudo, em quem me refugio; faz as nações se sujeitarem a mim. Salmos 144:1-2

強さと名誉と尊厳
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 4 Visitante(s)