Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Vale a pena assumir compromisso com as mulheres atuais ?
#1
Eu estive lendo os textos clássicos da Real e, até agora, eu não encontrei nenhuma que sirva para compromisso. Muito pelo contrário, as mulheres que eu tenho contato, são:

1) Carreiristas
2) Balzacas rodadas
3) Novinhas baladeiras
4) Mães solteiras
5) Mulheres divorciadas
6) Promíscuas
7) Tem o olhar de mil rolas

Até mesmo entre as "católicas tradicionais" tem mulheres deste tipo. Estas estão no item 2 e 4: Balzacas e mães solteiras que rodaram a vida inteira, e que hoje estão "arrependidas", e agora se consideram com a moral de dar lição de moral até no Papa.

Claro que eu não fui pra Igreja para procurar uma mulher "santa", mas porque hoje eu busco a salvação da minha alma.

Então, estive pensando: vale à pena assumir compromisso com as mulheres atuais? Será que existe, hoje em dia, alguma mulher que serve para assumir compromisso ? Ou realmente são todas imprestáveis que só servem para o sexo casual (no meu caso, não servem pra nada pois estou buscando a salvação da minha alma e sexo casual é pecado)?

Estas são algumas perguntas que me faço.
Responda-o
#2
Essa visão de juiz que muitos redpills colocam sobre si é péssima, pare de se preocupar com as mulheres lá fora, e como você quer, busque antes de tudo o Reino dos Céus. Se tu tiver afim de casar e estabelecer uma família, peça a Nosso Senhor que apareça uma boa moça na sua vida, mas antes de tudo cuide de si próprio. E como eu já te disse, se desapegue dessa mentalidade louca de que toda mulher é puta e que só existem balzacas, rodadas, msols, promíscuas... isso só vai fazer mal pra sua alma e pra na sua vida no geral.
"Courage is being scared to death, but saddling up anyway" (John Wayne)
Responda-o
#3
Já falei o que penso sobre isso aqui: Mulheres de Igreja
Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#4
(10-01-2023, 09:03 PM)Vital Escreveu: Eu estive lendo os textos clássicos da Real e, até agora, eu não encontrei nenhuma que sirva para compromisso. Muito pelo contrário, as mulheres que eu tenho contato, são:

1) Carreiristas
2) Balzacas rodadas
3) Novinhas baladeiras
4) Mães solteiras
5) Mulheres divorciadas
6) Promíscuas
7) Tem o olhar de mil rolas

Até mesmo entre as "católicas tradicionais" tem mulheres deste tipo. Estas estão no item 2 e 4: Balzacas e mães solteiras que rodaram a vida inteira, e que hoje estão "arrependidas", e agora se consideram com a moral de dar lição de moral até no Papa.

Claro que eu não fui pra Igreja para procurar uma mulher "santa", mas porque hoje eu busco a salvação da minha alma.

Então, estive pensando: vale à pena assumir compromisso com as mulheres atuais? Será que existe, hoje em dia, alguma mulher que serve para assumir compromisso ? Ou realmente são todas imprestáveis que só servem para o sexo casual (no meu caso, não servem pra nada pois estou buscando a salvação da minha alma e sexo casual é pecado)?

Estas são algumas perguntas que me faço.

Saudações @Vital. Acompanho o fórum a alguns anos, mas resolvi escrever apenas recentemente.

Depende muito de quem você vai escutar. Existem alguns canais red pills que preferem apenas alertar dos riscos de um relacionamento sério, e existem outros que acham que o risco é tão grande que não há discussão, chegando na mesma reflexão que você colocou acima.

Minha opinião: Defina para você o que é uma mulher que presta e procure essa mulher. Lembre-se que quanto mais velha a mulher, maiores as chances dela estar nessas categorias que você mencionou. O que fazer? Evitar erros comuns de escolha, até porque é difícil você descobrir o passado todo da mulher.
Mas a red pill é importante principalmente, porque um cara que vive na Matrix tem maiores chances de ser um emocionado que vai se ferrar esperando ter sua história com final feliz.

Tem casos como "promíscuas", "carreiristas", que já de cara você já deixou claro que não servem para um relacionamento com você.

Outros casos como: "Novinhas baladeiras"... Se o perfil é que a menina quer seguir pulando no carrossel, ou não quer nada sério, não tem porque forçar a barra.

Balzaca rodada: Qual a quilometragem que máxima que você aceita? Varia para caramba de pessoa para pessoa. Se quer um carro top 0Km, você tem bala na agulha? Tem cara da red pill que acha que mulher presta só se for virgem. Outros acham que no máximo 1 ou 2, e que tenham sido namorados da menina. Outros aceitam se puderem contar nas mãos os casos da mulher. Depois dos 30 anos, muito provavelmente aquela mulher "pra casar" já vai estar casada, fica o que sobrou.

Mas e as Divorciadas? É um risco. Pode ser que a mulher não presta, ou pode ser que ela se divorciou porque o homem não prestava, descobriu traição etc.
Mas e a Red Pill aqui? Bom, não seja ingênuo de acreditar na história da mulher vítima, que sempre é a traída, sempre viveu um relacionamento abusivo, sempre deu tudo pelo relacionamento, e que no fim foi humilhada. Isso é uma Red Flag enorme. Vai descobrindo ao longo dos anos o que aconteceu de verdade. Engatou um relacionamento e tem mais dinheiro que a mulher? Entenda as leis da união estável, entenda como funciona a separação total de bens e quais casos há pensão (mesmo sem filhos). Saiba o risco.

Mães solteiras? Idem: Esqueça as histórias de cinema que o cara casa com Msol e assume os filhos de outro e vivem um conto de fadas. Sabe se a Msol tem filho com Zé Droguinha, Bandido? Sabe do risco que você tem de pagar a pensão sócioafetiva? Sabe que a prioridade da mulher vai ser a criança e talvez vocês não tenham tanta privacidade juntos? Ou sabe que é normal essas mulheres serem disponíveis e sensacionais no início (se gabando do chá de ppk) e depois querem apenas um provedor corno e capacho? É o famoso "quer se lascar, se lasque".

No seu caso então, tem uma complexidade a mais. Você está na igreja atrás de sua salvação.
E provavelmente na igreja vai ter mulheres compatíveis com sua história também buscando isso, mas mulheres que não são virgens, ou sem relacionamentos prévios. E faz parte. É descobrir qual preço você topa pagar.

Pra mim o mais importante é desmistificar "os seres de luz", com filhos de zé droguinha, com 300 relacionamentos anteriores, que ao acharem o beta provedor, aí fazem aquelas exigências sem pé nem cabeça (como por exemplo, ficar sem relações sexuais até casar, e casar somente com comunhão de bens depois de alguns meses de namoro)....

Vou parar aqui pra escrever depois.
Responda-o
#5
(10-01-2023, 10:57 PM)Gorlami Escreveu: Já falei o que penso sobre isso aqui: Mulheres de Igreja

+1

Li seu relato antigo, é desse tipo de informação que a red pill precisa. Desmistificando seres de Luz.
Responda-o
#6
Estou nessa reflexão há um bom tempo...

Gosto mesmo é de relacionamento, mas pra assumir uma hoje tá difícil, e vc colocou os perfis do que temos disponível por aí. Basicamente, vc olha o cardápio e vê que, ao selecionar uma das opções, vem de brinde algum tipo de pica. A classe de pica fica a gosto do cliente (chifre, pensão, estresse, etc).

Há exceções; sem dúvida elas existem, mas são raras e estão misturadas com as pseudo-exceções, e se vc não conseguir distinguir entre uma e outra e errar, pode se ferrar e feio, em vários aspectos.

Por isso, optei, por ora, em civis pra passar temporada. Vejo uma ali que tenho vontade de meter, e tem um papo legal, me aproximo, começo a sair CAGANDO pro perfil dela e colocando na cabeça que é curta temporada. Assim, vivo em paz, desfruto de alguns benefícios de programas de casal sem assumir a criatura, tenho sexo regular, e depois vou espaçando cada vez mais os encontros e reiniciando o ciclo com outra em seguida, qdo meramente confirmo que aquela é mais uma que NÃO DÁ PRA ASSUMIR.

Pra completar as vantagens dessa opção, vc ainda fica com uma porrada de contatos pra eventualidades. Nunca esquecendo as honradas GPs de luxo de vez em qdo. Sexo, pelo menos, e um pouco de diversão, não falta. 

Espero que com o tempo, numa dessas temporadas eu consiga engatar um relacionamento, mas ultimamente bastam contatos iniciais pra aparecerem boas redflags pra eu sair saindo. Ah, e sem chifres, pensões, filhos, estresses orbitais, e os caralho a quatro, o que é o mais importante.

Num relacionamento, a vida não é um mar de rosas. Teremos problemas, alguns até sérios e que podem terminar, sim, com infidelidades, ou prejuízos financeiros, em função de inúmeras circunstâncias. 

Mas a questão é: se é assim escolhendo uma pessoa padrão e com inúmeras qualidades, caráter, e formação moral, imagina vc começar com uma mulher que já apresenta DE CARA indícios de problemas, amigo?

Vai encarar? Boa sorte.
Pelo poder da verdade, eu, ainda vivo, conquistei o universo


Responda-o
#7
Hoje em dia, até as mulheres da "santa igreja" tem diversos problemas... Procure uma que está dentro do perfil que almeja e veja se dá certo o relacionamento.

Problemas, todas tem; basta saber os administrar, e se for insustentável, segue tua vida.
"Quando um homem quebra seus grilhões e correntes; jura jamais servir a outro senhor, é aí que ele se torna verdadeiramente livre." (Spartacus)

“O amor-próprio não é um pecado tão grande quanto a auto-negligência.”  (Henry V.)

Responda-o
#8
Sai com uma prima minha e é surreal, é como o trunks do futuro fala nos vídeos dele, mas você só realiza quando entra em contato com isso de fato.
A mulherada com a internet tem acesso a caras famosos, ela ontem do nada começou a conversar com o resendeevil, aquele mesmo que era youtuber, e o cara deu moral pra ela só porque ela respondeu um story do cara, ali eu vi que realmente está difícil e vai ficar pior, porque depois que a régua é aumentada, ela dificilmente baixa novamente, na verdade não baixa.

O que muitos ainda não entenderam é que a mulher tem uma forma diferente de ser puta do que a forma que o homem imagina, a mulher faz de tudo sim, para um cara que está acima dela, mas pode ficar meses e até anos sem desejo se não encontrar um cara que ela julgue digno de fazer acontecer.

Acontece que hoje essa régua está muito mais em cima, e uma mulher normal pode conseguir facilmente ficar com 20, 30 sujeitos.

Só que isso vai entrando na mente dela e vai tornando difícil ela conseguir se estabelecer com um cara, porque a mulher "desaprende" a ter conexões emocionais mais fortes.

Essa prima mesma é um exemplo, ficou e até fez uma lista de todos os caras que ela ficou, mas o primeiro e o que tirou o cabaço dela ainda é o melhor da lista. 

Ainda acho que dá para encontrar mulheres com o pé mais no chão e muito menos bagagem, mas elas estão no interior, e ainda vivem um estilo de vida mais "normal" sem tantas redes sociais assim.

De qualquer forma, os próximos 5 anos serão interessantes, porque eu não consigo imaginar um relacionamento dando certo com as duas partes sequeladas, tanto a parte do homem que hoje em dia é um castrado mental, quanto a parte da mulher, que hoje é um liquidificador de paixões quebradas e porra.
Responda-o
#9
Não vale.

Fim.
Responda-o
#10
Assunto batido na real mas vai uma resposta rápida a pergunta do tópico:

Não.

O ônus da solidão é infinitamente menor que o ônus de um relacionamento com estresses, gastos desnecessários, briguinhas, birras, chatices, etc.

Realista namorador diz:
"Não precisamos ser tão extremistas e polarizar, basta ter inteligência emocional, virilidade e aplicar o que Nessahan nos ensinou!"

Ok, se relacione, case, tenha filhos e seja muito feliz.

Discussão encerrada.
Responda-o
#11
Minha opinião é de que se o cara CONSEGUIR calibrar a própria mente para relacionamentos curtos, vale sim.
Mas tem que ser relacionamentos CURTOS, coisa de menos de um ano. Diria que de 3 a 6 meses é o ideal.
Por que?
Porque o cara já entra sabendo que tem data de validade, então caga e anda pro passado da mulher, possíveis traições, etc.
A vantagem é que a transa fica bem melhor por que vc vai pegando o jeito com aquela mulher, além de pegar a fase que ela quer te impressionar com o chá de buça. Muito sexo disponível durante a semana.
Conheço alguns caras nessa pegada, namoros curtos seriais. Vivem de bem com a vida.
O problema é que é bem fácil perder a mão: se apaixonar pela mulher ou a coisa ser tão fácil que fica ali acomodado por mais tempo do que devia. Outra bucha é se descuidar e engravidar a mulher...
Responda-o
#12
Vale não, meu camarada, sabe o que vale a pena? Punheta!
Depressão e carência são meros detalhes para nós que somos mgtow sigma blackpill redpilado.

Sigam-me para mais dicas.

Vem com tio penoso que você passa de ano.

[Image: tiga-point.gif]
Responda-o
#13
Estou a 5 anos solteiro e peguei quase de tudo nesse período: mulher de igreja, puta (sexo pago), mulher descaradamente safada, mulher mentirosa, mulher sincera, mulher casada, carreirista, divorciada. Só não peguei M$sol, mas estive bem próximo de algumas, inclusive, com alguns amigos passando pela experiência de relacionar e me relatarem como foi.

Neste momento, a conclusão que venho carregando comigo há um certo tempo é de que enquanto se é novo (idade), com disposição e energia para trabalhar, ganhar dinheiro, transar e se divertir, não vale a pena se relacionar. Por um motivo simples: qd se tem energia e disposição para a viver, porém, se têm uma namorada, vc terminará direcionando parte dessa energia para um relacionamento que invariavelmente lhe dará um certo desgosto, independente do tempo da relação; inclusive, carrego isso comigo por experiência própria. 

Se a mulher é feia ou não, sendo uma beldade ou não, sempre trará stress e insegurança. Vc direcionará parte de sua energia vital para mantêr a relação e não há "rredipiu" ou "realista" que conseguirá fugir desse jogo, sem danos, uma vez que colocou os pés dentro do tabuleiro. Então, se for para relacionar, que seja num momento onde objetivamente preciso de alguém do meu lado. 

Pessoalmente, pretendo ser solteiro até onde observar que tenho vantagem. Percebi durante esses 5 anos que mulher é tudo igual e que as difere é que algumas são mais cheirosas do que outras, somente.
Responda-o
#14
Estou numa correria lascada e o pouco tempo que sobra eu só consigo perder numa boa leitura msm. Mas eu já disse lá atrás que o melhor é sempre arrumar alguém que agregue na tua vida de alguma forma pq se não for por isso, nenhum sexo por mais maravilhoso que seja, vai te manter.
Louvado seja o SENHOR, minha rocha; ele treina minhas mãos para a guerra e dá a meus dedos habilidade para a batalha. Ele é meu aliado infalível e minha fortaleza, minha torre segura e meu libertador. Ele é meu escudo, em quem me refugio; faz as nações se sujeitarem a mim. Salmos 144:1-2

強さと名誉と尊厳
Responda-o
#15
Uma santa imaculada não existe né cumpanhero. Mas tem alguma mulher boa pra relacionamento aqui e ali sim.

Se aparecer alguma que seja minimamente aceitável, se relacione, oras. Conhece a Real, se esforce pra não ser trouxa e pronto.

Se não tiver nada de aceitável pra agora, viva a vida de solteiro.

Não complique o simples.
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#16
Vou na corrente contrária, estou num relacionamento de mais de 2 anos e estou sim plenamente satisfeito.

Entrei com expectativas em dia, já Judas malhado de dois relacionamentos anteriores que eu mesmo tive que terminar (os relatos estão aí no fórum). Eu não esperava nada, não fazia questão nenhuma de namorar, mas fui plenamente agraciado com uma ótima garota.

Não sei se isso que vou falar te faz algum sentido... Mas isso só aconteceu por que já tinha aberto mão de namorar por um tempo, quando você não procura um relacionamento sério, não tenta fazer dar certo a pulso com a primeira mequetrefe que te aparece. Você fica mais criterioso quando está desapegado. 

Fiquei com outras garotas, legais até, mas não queria nada demais com elas então não forcei nada sério, e com essa simplesmente aconteceu, depois de analisar bem os prós e contras, e possíveis red flags ou bons sinais me dei conta de que valia tentar e deu muito certo.

A garota por sorte não atenta demais pra redes sociais, e como fui o primeiro namorado dela, a régua de hipergamia dela veio mais baixa e estou uns degraus acima dela. Claro, tem bons sinais, como ser uma garota com boa relação com o pai e família, a família ser muito boa como um todo, ser do interior, se esforçar pra estudar e trabalhar, ser virgem e tudo o mais, então claro que não joguei contra as chances, peguei uma mais provável de dar certo.

Sinceramente tenho nada a reclamar, relacionamento ótimo, sexo ótimo, convivência no dia a dia ótima também. Sei que ela gosta de mim (você com o tempo aprende a dizer quando é de verdade e realmente quer formar família e passar a vida com você.) e ela se esforça bastante pra tudo dar certo.

Também estou ciente de que um belo dia ela pode mudar do nada ou acontecer qualquer merda e tudo acabar, mas até lá estou feliz vivendo cada dia, um dia por vez. Sem me preocupar, mas também pronto para o pior acontecer.

.
.
.
A mulher moderna no geral pode não valer a pena pra se relacionar, o que os confras falaram é bem enfático nesse ponto. Também não vou dizer que há mulheres decentes em bom número, que não há. Nem vou ficar pregando mulher exceção que isso também não existe, existem mulheres menos piores e tive realmente sorte de achar uma delas, mas que obviamente vai ter qualidades e defeitos como qualquer ser humano.

Se vale a pena assumir compromisso com a mulherada atual? Normalmente não, é melhor rodar alguns pratos e ir ficando com algumas. Mas se achar uma interessante que dê certo, não deverá ver problema em assumir ela.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#17
Pergunta difícil de ser respondida de forma absoluta, mas vamos lá.
Depende muito do tipo de relacionamento que você quer ter, se for casual apenas pra girar os pratos, até que não tem muito com o que se preocupar. Agora se tratando de relacionamento sério deve se levar em consideração seu princípios base ao escolher uma mulher.
Na minha opinião não se deve ficar preso nessa onda de tentar procurar e agradar incansavelmente uma mulher, somente pq se quer algo sério. Esse tipo de comportamento demonstra mesmo que inconscientemente fraqueza.
No final não se trata se vale ou não a pena se relacionar nos tempos atuais, mas sim do quanto você está disciplinado em relação ao seu projeto de vida e aos seus valores.
Acredito que quando um homem tem em mente o que quer, nada pode o impedir de alcançar seu objetivo.
Em resumo: foque em si mesmo que TALVEZ (só talvez) apareça uma mulher com menos shit tests para compartilhar momentos de vida.
E caso não apareça vida que segue.
Quanto mais fraco se é psicologicamente, mais mulheres pilantras você irá atrair.
Responda-o
#18
Deus não vai colocar uma mulher direita no seu caminho se você percorre por vias tortas.

Sejam aquilo que vocês desejam ter. 

-Quer uma mina que não bebe, não beba. 
-Quer uma mina que não fume, não fume. 
-Quer uma mina que não faça sexo com qualquer um, não faça sexo com qualquer uma.

Lei da atração, a gente atrai o semelhante.
Responda-o
#19
Concordo plenamente com o que você disse, meu nobre, até pq não se pode exigir dos outros aquilo que nós não somos.
Responda-o
#20
não
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Até que ponto a Redpill vale a pena? lutador 18 2,246 14-09-2022, 10:58 AM
Última Postagem: Sísifo
Thumbs Up Vale a pena ir pra outro estado ? Lastsamurai 13 2,557 08-01-2022, 04:28 PM
Última Postagem: Martelo

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 3 Visitante(s)