Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Herança
#1
Como bem sabem os que leram o ultimo tópico, meu pai veio a falecer, mesmo eu não tendo muito contato com ele, eu ainda era filho dele, eu genuinamente achava que nada sobraria para mim, e nem contava com nada, eu sabia que ele ainda tinha alguma herança recebida, mas achava que iria gastar tudo, e ele realmente iria, pois ele iria para Portugal.

O ponto aqui é que eu gostaria de ter uma opinião diferente, eu não me sinto mais tão ligado ao meu pai pelos anos de ausência entre nós dois, e as vezes até me sinto alguma espécie de "patife" por estar sendo tão objetivo em relação a isso, mas eu simplesmente não consigo sentir remorso por essa objetividade.

Indo direto ao ponto, sobrou dois apartamentos, um sítio e mais um apartamento.

Os dois apartamentos com o sítio eram do meu avô, que era casado com uma mulher, mas essa mulher não era a minha avó, e quando ele comprou o sítio ele ainda estava com a minha avó, esses apartamentos eu acho que também, mas não posso ter certeza, a segunda mulher dele morreu também e ela tinha um filho, esse filho entrou no bolo, e resumindo tudo, o sítio e os dois apartamentos estão para ser divididos entre mim, esse cara e meu tio, eu não sei se esse cara tem direito a 50%, meu tio vai tentar fazer uma proposta de cada um ficar com 33%.

Dito isso, meu pai também era casado com uma segunda mulher, meu tio acha que ela vai receber metade de tudo que eu receber de herança, a minha mãe anda pesquisando e fala que não, que patrimônio, quando é herança, não entra em comunhão parcial de bens(meu pai só morava com essa mulher, logo, era união estável, comunhão parcial de bens), pelo que eu ouvi da minha mãe(que também não é nenhuma especialista, só está pesquisando de curiosidade), ela disse que essa herança vai ficar toda para mim pois herança não entra em comunhão parcial.

Eu não sei de nada disso e conversei longamente com o meu tio sobre esse assunto, ele me esclareceu alguns pontos, mas nada ficou claro ainda, conversamos também sobre meu pai, e ele e minha mãe realmente falavam as mesmas coisas do meu pai, as vezes eu achava que minha mãe aumentava muito os defeitos dele, mas eu percebo que ele realmente era quem ele era, pelos relatos do meu tio, não que ele fosse uma má pessoa, mas era alheio a própria vida e a vida de quem dependia dele.

Dito isso, caso algum nobre confrade tenha conhecimento, gostaria de saber sobre essas duas pequenas dúvidas:

O filho da segunda mulher do meu avô tem direito a 50% do sítio, e dos dois apartamentos?

A segunda mulher do meu pai tem direito a 50% da herança que ele vai receber, ou isso só serve para comunhão universal de bens?
Responda-o
#2
Confra, bom dia.

Pra facilitar a sua resposta, em casos de herança há sempre alguns marcos importantes que precisam ficar bem definidos na linha do tempo: data da aquisição dos bens (ainda que aproximada, pra conseguirmos concluir as regras aplicáveis), data de união/separação ou divórcio de casais e regime de bens, data de nascimento de filhos, e data morte das pessoas citadas. 

Também podem ser necessárias informações específicas, mas com base naqueles dados já dá pra te responder a grosso modo e vc terá uma boa idéia de como ficará a partilha.

Sobre o que sua mãe falou, ela pode estar confundindo uma questão básica: direito de família e direito sucessório. Herança não entra na meação de cônjuges casados em comunhão parcial, quando estes se separam. Mas uma vez que o bem herdado incorpora o patrimônio de um dos cônjuges, caso este morra há possibilidade do cônjuge sobrevivente concorrer na herança dos bens particulares do falecido em concorrência com os descendentes.

Vc já viu que se trata de um assunto complexo e que vai só piorando com inércia dos herdeiros e decurso do tempo. Pelo visto, nem o inventário do seu avô foi feito.

Se vc der as informações acima, fica mais fácil de ajudar. Mas sem saber esses dados básicos, é impossível analisar a quota parte de cada um, inclusive a sua.

Estou no trabalho agora e caso eu não consiga responder durante o dia, à noite eu passo aqui e te respondo caso ninguém ainda tenha feito isso, e caso vc não tenha sanado a dúvida com nenhum profissional especializado nessa área.

Caso existam informações que vc julgue de foro íntimo, manda MP. A gente se fala no privado. Caso não tenha problema, vai por aqui. Até pq outros colegas podem ter dúvidas semelhantes.

Abs
Pelo poder da verdade, eu, ainda vivo, conquistei o universo


Responda-o
#3
Mas já? Yaoming

Pode ficar tranquilo que a briga é longa.
Responda-o
#4
(22-12-2022, 09:12 AM)MacGyver Escreveu: Confra, bom dia.

Pra facilitar a sua resposta, em casos de herança há sempre alguns marcos importantes que precisam ficar bem definidos na linha do tempo: data da aquisição dos bens (ainda que aproximada, pra conseguirmos concluir as regras aplicáveis), data de união/separação ou divórcio de casais e regime de bens, data de nascimento de filhos, e data morte das pessoas citadas. 

Eu não sei as datas exatas, confrade, sei que o meu avô comprou o sítio quando ainda era casado com a minha avó, segundo o meu tio os dois apartamentos também foram nessa época, mas dai não tenho certeza, preciso conversar melhor com ele, aliás, ele até que está sabendo bem como conduzir a situação, embora eu não abaixe a guarda 100% para ele, ele está fazendo um bom papel, pois é ele que está vendo e resolvendo todos esses pepinos.

Ele me disse que já está sim tudo no inventário, o sítio e os apartamentos, sendo que fica tudo dividido entre nós 3, o filho da segunda esposa do meu avô, e nós dois, a questão é saber se o cara fica com 33 ou 50%, a minha parte pelo que você falou e faz total sentido, vai ser meio a meio dividida com a segunda mulher do meu pai.

É bom deixar tudo já meio claro para eu saber mais ou menos quanto terei direito.

Obrigado pela ajuda, confrade, espero que as coisas ganhem um gás mais rápido do que o @Penoso pensa GargalhadaGargalhada mas acredito que se todos entrarem em comum acordo a coisa vai rápido.

Ah, e dai tem um outro apartamento apenas dele, e esse pelo que você me falou, realmente vai ficar 50% pra ele e os outros 50% para mim e a segunda mulher do meu pai, mas esse o outro cara não entra, então creio que vai ficar mais fácil de se resolver.
Responda-o
#5
Não caia nessa de acreditar em informações por conversas. Confira os documentos originais pessoalmente e estude o caso por si mesmo.
Responda-o
#6
(22-12-2022, 03:49 PM)Novo Mundo Escreveu:
(22-12-2022, 09:12 AM)MacGyver Escreveu:
Spoiler Revelar
Confra, bom dia.

Pra facilitar a sua resposta, em casos de herança há sempre alguns marcos importantes que precisam ficar bem definidos na linha do tempo: data da aquisição dos bens (ainda que aproximada, pra conseguirmos concluir as regras aplicáveis), data de união/separação ou divórcio de casais e regime de bens, data de nascimento de filhos, e data morte das pessoas citadas.
 

Spoiler Revelar
 Eu não sei as datas exatas, confrade, sei que o meu avô comprou o sítio quando ainda era casado com a minha avó, segundo o meu tio os dois apartamentos também foram nessa época, mas dai não tenho certeza, preciso conversar melhor com ele, aliás, ele até que está sabendo bem como conduzir a situação, embora eu não abaixe a guarda 100% para ele, ele está fazendo um bom papel, pois é ele que está vendo e resolvendo todos esses pepinos.

Ele me disse que já está sim tudo no inventário, o sítio e os apartamentos, sendo que fica tudo dividido entre nós 3, o filho da segunda esposa do meu avô, e nós dois, a questão é saber se o cara fica com 33 ou 50%, a minha parte pelo que você falou e faz total sentido, vai ser meio a meio dividida com a segunda mulher do meu pai.

É bom deixar tudo já meio claro para eu saber mais ou menos quanto terei direito.

Obrigado pela ajuda, confrade, espero que as coisas ganhem um gás mais rápido do que o @Penoso pensa GargalhadaGargalhada mas acredito que se todos entrarem em comum acordo a coisa vai rápido.

Ah, e dai tem um outro apartamento apenas dele, e esse pelo que você me falou, realmente vai ficar 50% pra ele e os outros 50% para mim e a segunda mulher do meu pai, mas esse o outro cara não entra, então creio que vai ficar mais fácil de se resolver.

Blz, às ordens
Pelo poder da verdade, eu, ainda vivo, conquistei o universo


Responda-o
#7
(22-12-2022, 10:45 AM)Penoso Escreveu: Mas já? Yaoming

Pode ficar tranquilo que a briga é longa.

ainda sobra pros netos se pá
Responda-o
#8
Chutando por baixo, vai ficar uns 250 mil para mim, estou em duvida do que fazer com esse dinheiro, colocar na selic, colocar em bitcoin, assim que receber já tentar sair do país pois eu não sei mais quanto tempo essa desgraça de país vai durar.

Por hora eu penso em colocar:
200k selic
30k bitcoin
15k desenvolvimento pessoal
5k lazer

Mas eu ainda tenho a tentação de colocar mais da metade em bitcoin, pois eu já vi o potencial dele na prática, o meu erro foi não ter vendido na hora certa.

Bem, tudo vai depender de quando eu vou receber tudo, 65k eu receberei daqui uns 2 meses se tudo der certo, agora os outros 200k eu não sei, pode ser final desse ano, começo do ano que vem...
Responda-o
#9
250k líquido? Sem impostos, sem documentação e todo o trâmite burocrático?

Por que se for, é uma ótima renda extra. Para o curto prazo então, melhor ainda.
"A Real tem 5 estágios: Conhecimento, Revolta, Aceitação, Compreensão e Evolução".
Responda-o
#10
(24-01-2023, 05:40 PM)Diamante Escreveu: 250k líquido? Sem impostos, sem documentação e todo o trâmite burocrático?

Por que se for, é uma ótima renda extra. Para o curto prazo então, melhor ainda.

Sim, tudo líquido, como eu vou receber uma outra herança de uns 60 mil, mesmo que eu perca uns 50 mil nessa vai acabar dando em 250k do mesmo jeito, pelo menos é o que eu me certifiquei até agora.

Só que acontece alguma reviravolta ou eu deixei passar alguma coisa.
Responda-o
#11
Se de fato ocorrer. Seus problemas acabaram.
"A Real tem 5 estágios: Conhecimento, Revolta, Aceitação, Compreensão e Evolução".
Responda-o
#12
(24-01-2023, 08:18 PM)Diamante Escreveu: Se de fato ocorrer. Seus problemas acabaram.

Será? Com 250k ainda não é o suficiente para de fato, viver de renda, minha mão coça para colocar pelo menos metade em criptos, mas minha mãe me alerta e fala para comprar imóveis baratos, nem que alugue por 400 cada um.

Penso em gastar uns 150k em imóvel, 25k em renda fixa, 25k em dólar e o resto em cripto, mas tenho certeza que vou ouvir aqui em casa, e eu nem sei se de fato ela não tem razão e eu deveria tacar tudo em imóvel, o complicado é que eu tenho medo desse país degringolar de vez e ficar "preso" aqui por conta dessas coisas. 

Mas eu já vi o potencial do BTC, eu não suportaria não por pelo menos uns 20k para pegar uma boa alta que provavelmente vai vir.
Responda-o
#13
Com 250k não garante a IF, seria um padrão muito baixo com esse valor. Eu colocaria algo em ouro tbém, duas barrinhas de 24g cada dá quase 15k e são muito pequenas, fáceis de guardar. (Parmetal).

Acho que qualquer grana livre pra investir hoje deve ser dolarizada, o futuro tende a ser negro pra nossa moeda. Pense num milionário em peso arg ou bolivar venezuelano há 10 anos como estão hoje.

No mais, vai pra inventário, se tudo der certo vai demorar, venda de imóvel (tá ruim pelos juros altos) usado demora, se não forem averbados não aceitam financiamento, tem que baixar valor pra vender, são inúmeras variáveis, continue sua vida e pense numa forma de proteção pra quando essa grana vier você não perder tempo.

Edit: tive perda de familiar e depois de quase 20 meses conseguiram vender imóvel, inventário ainda está em trâmite, familiares todos em concordância, nenhuma surpresa.
Spoiler Revelar
"Facts don't care about your fellings!"

Responda-o
#14
Qdo o dinheiro estiver na sua conta, vc pensa com calma no que fazer.

Por enquanto segue no propósito de se desenvolver, como vc já vem fazendo, e com os pés no chão.

Joga o jogo da vida do mesmo jeito que um time maduro e experiente joga qdo faz 1 x 0. Ele não se deslumbra, nem se empolga. Os jogadores depois de meterem o primeiro gol, olham um pro outro e dizem: tá 0 x 0 ainda. E seguem concentrados e com foco, ate fazer o 3o e o 4o e garantir a vitória.

Vê o que vai fazer com a grana, mas continua a batalha como se ela não existisse pra vc ser o seu porto seguro.
Pelo poder da verdade, eu, ainda vivo, conquistei o universo


Responda-o
#15
(25-01-2023, 02:52 PM)Novo Mundo Escreveu:
(24-01-2023, 08:18 PM)Diamante Escreveu: Se de fato ocorrer. Seus problemas acabaram.

Será? Com 250k ainda não é o suficiente para de fato, viver de renda, minha mão coça para colocar pelo menos metade em criptos, mas minha mãe me alerta e fala para comprar imóveis baratos, nem que alugue por 400 cada um.

Penso em gastar uns 150k em imóvel, 25k em renda fixa, 25k em dólar e o resto em cripto, mas tenho certeza que vou ouvir aqui em casa, e eu nem sei se de fato ela não tem razão e eu deveria tacar tudo em imóvel, o complicado é que eu tenho medo desse país degringolar de vez e ficar "preso" aqui por conta dessas coisas. 

Mas eu já vi o potencial do BTC, eu não suportaria não por pelo menos uns 20k para pegar uma boa alta que provavelmente vai vir.

Cara, não seja afobado porra. Não pense em botar metade do seu patrimônio em um único investimento, veja por exemplo o caso da Americanas, imagina quem tinha 1 milhão em investimento perder do dia pra noite 75% do valor investido. É loucura.

Se vc quer fazer um bom uso desse dinheiro, invista com cuidado, recomendo que estude um pouco sobre finanças, vai te abrir um mar de possibilidades. 

Há quem invista em ouro, em criptos, em ações (aqui ou em outros países), em renda fixa e quem investe em tudo isso.
Louvado seja o SENHOR, minha rocha; ele treina minhas mãos para a guerra e dá a meus dedos habilidade para a batalha. Ele é meu aliado infalível e minha fortaleza, minha torre segura e meu libertador. Ele é meu escudo, em quem me refugio; faz as nações se sujeitarem a mim. Salmos 144:1-2

強さと名誉と尊厳
Responda-o
#16
Respondendo novamente.

250k poderá abrir as portas para sua IF. Ter algo em torno de 2k (extra) na sua conta todos os meses com possibilidade de aumento é uma boa porta de entrada para sua IF de valores maiores.

Você poder trabalhar com uma boa reserva a disposição, é ótimo. Essa paz mental não tem preço, é algo satisfatório.

Sobre que o Mitsubishi falou: Sim, é verdade.
"A Real tem 5 estágios: Conhecimento, Revolta, Aceitação, Compreensão e Evolução".
Responda-o
#17
(25-01-2023, 03:52 PM)Trglodita Escreveu:
Spoiler Revelar
Com 250k não garante a IF, seria um padrão muito baixo com esse valor. Eu colocaria algo em ouro tbém, duas barrinhas de 24g cada dá quase 15k e são muito pequenas, fáceis de guardar. (Parmetal).

Acho que qualquer grana livre pra investir hoje deve ser dolarizada, o futuro tende a ser negro pra nossa moeda. Pense num milionário em peso arg ou bolivar venezuelano há 10 anos como estão hoje.

No mais, vai pra inventário, se tudo der certo vai demorar, venda de imóvel (tá ruim pelos juros altos) usado demora, se não forem averbados não aceitam financiamento, tem que baixar valor pra vender, são inúmeras variáveis, continue sua vida e pense numa forma de proteção pra quando essa grana vier você não perder tempo.

Edit: tive perda de familiar e depois de quase 20 meses conseguiram vender imóvel, inventário ainda está em trâmite, familiares todos em concordância, nenhuma surpresa.

O mais certo e rápido serão cerca de 60 mil que eu vou receber em uns 3 meses, acredito.
Agora os outros 200 e tantos mil de fato eu acho que demora, só espero que não demore tantos anos.
Desses 60 mil, acho que deixo 40 em selic, 10 em btc e 10 para cursos livres e cursos de concursos.

Quando os 200 chegarem, estarei mais calmo e maduro para saber o que fazer com o dinheiro, porque de fato, acredito que vai demorar um pouco...
Responda-o
#18
250k é um bom dinheiro, mas pra IF tem que ser pelo menos 10x isso pra se viver com tranquilidade. É normal ficar empolgado com um recurso a se obter, mas não crie falsas expectativas, ou seja, não faça dividas contando com esse dinheiro.
"Escola? E o aprendizado com os próprios erros? A experiência te faz professor de si próprio".
Responda-o
#19
(26-01-2023, 12:03 AM)Bilidequidi Escreveu: 250k é um bom dinheiro, mas pra IF tem que ser pelo menos 10x isso pra se viver com tranquilidade. É normal ficar empolgado com um recurso a se obter, mas não crie falsas expectativas, ou seja, não contrarie dividas contando com esse dinheiro.

Queria aumentar esse dinheiro em 10x como já havia conseguido fazer antes com criptos, mas ao mesmo tempo que consegui aumentar a grana, vi ela também diminuir GargalhadaGargalhada, mas nunca pelo menos valor que eu tinha colocado antes, ao menos.

De qualquer forma, é o fio da navalha, se eu boto tudo em cripto e perco, remoerei isso pelo resto da vida, se não boto nada e o BTC hipervaloriza, idem, mas eu já tenho meus 10 mil em BTC, acho que se eu botar mais 20k fica tudo certo, comparado ao que eu vou receber, é apenas uma fração.
Responda-o
#20
Indo contra a maré, 250k dá para fazer uma boa renda extra por mês. Basta seguir um cronograma.

Agora, se o cara quer ganhar 10k (ou mais) por mês de renda extra, realmente, terá que juntar uma grana por toda uma vida (tipo um Barsi). Ou seja, chegar na casa dos milhões.
"A Real tem 5 estágios: Conhecimento, Revolta, Aceitação, Compreensão e Evolução".
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 7 Visitante(s)