Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
A verdade sobre as vacinas!!!!
#1
Assistam antes que as otoridades  brasileiras e a midia do cão façam barulho para  retirarem do ar.....
1-Brasileiros tem acesso a bula e demais informações das vacinas?  Gargalhada  Só ganham a etiquetinha para por na cartelinha de vacinação

Origem? Efeitos colaterais? Reações adversas?

E aí dá para confiar num SISTEMA que não se confronta: Ministério da Justiça vs Ministério da Saúde vs Agencias reguladoras?

O sistema de Nuremberg atua em vários ramos regulatórios do estado brasileiro.


O Brasil é citado no documentário entre os 20 e 22 minutos, no referido surto as crianças brasileiras eram orientadas a usarem um cordão com saquinho de canfora no pescoço para evitarem a  meningite.
Yaoming

https://www.terra.com.br/noticias/brasil...aRCRD.html





Vacinas indianas  5 doses em 1. Joinha É essa daí que tão injetando no povão?




Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a importação, a distribuição e o uso da vacina pentavalente líquida produzida pela empresa indiana "Biologicals E. Limited". A decisão foi publicada nesta quinta-feira (18) no Diário Oficial da União.

A vacina pentavalente, como o próprio nome indica, protege o paciente contra cinco doenças: difteria, tétano, coqueluche, a bactéria haemophilus influenza tipo B (responsável por infecções no nariz e na garganta) e hepatite B. As crianças devem tomar três doses da vacina aos 2, 4 e 6 meses de idade.
https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/not...iana.ghtml
https://thoth3126.com.br/   Revista Chapéu de Aluminio
Responda-o
#2
"E aí dá para confiar num SISTEMA que não se confronta: Ministério da Justiça vs Ministério da Saúde vs Agencias reguladoras?"

nunca confie no Estado
Responda-o
#3
Já podem colocar seus chapéus de alumínio.

Fato é que é nosso dever entender como funcionam, efeitos colaterais, coisas assim. Nem todo pote de manteiga tem que te avisar que aquilo pode dar dor de barriga, vamos com calma lá.

Já por outro lado, origem, procedência, lote, grupos de controle, etc. deveriam ser informações obrigatórias que eles deveriam tornar disponíveis. Isso a gente tem que cobrar.

Só o que a gente não precisa é de paranoia anti-vacina por aqui.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#4
(25-02-2020, 05:38 AM)Wild Escreveu: Já podem colocar seus chapéus de alumínio.

Fato é que é nosso dever entender como funcionam, efeitos colaterais, coisas assim. Nem todo pote de manteiga tem que te avisar que aquilo pode dar dor de barriga, vamos com calma lá.

Já por outro lado, origem, procedência, lote, grupos de controle, etc. deveriam ser informações obrigatórias que eles deveriam tornar disponíveis. Isso a gente tem que cobrar.

Só o que a gente não precisa é de paranoia anti-vacina por aqui.


As vacinas não são margarinas.




https://thoth3126.com.br/   Revista Chapéu de Aluminio
Responda-o
#5
O povo está tão atolado na doutrinação marxista aos moldes gramscianos que mesmo dentro da Real temos pessoas que apoiam projetos de lei de autoria de deputados do PC do B, como é o caso do projeto de lei que prevê detenção para quem deixar de vacinar criança ou adolescente.

O estado tutelando o corpo dos indivíduos, aos mesmos moldes que os nazistas fizeram com os judeus, e quase ninguém se incomoda com isso.

https://www.camara.leg.br/noticias/62171...olescente/

Citação:omitir-se ou opor-se, sem justa causa fundamentada, à aplicação das vacinas previstas nos programas públicos de imunização em criança ou adolescente submetido ao seu poder familiar, ou tutelado. Quanto à pena, além da detenção de um mês a um ano, há uma multa.


A proposta foi aprovada na forma do substitutivo apresentado pelo relator, deputado Pedro Westphalen (PP-RS), ao texto original da deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) e um outro projeto que tramita em conjunto.
"E sete mulheres naquele dia lançarão mão de um homem, dizendo: Nós comeremos do nosso pão, e nos vestiremos do que é nosso;
tão-somente queremos ser chamadas pelo teu nome; tira o nosso opróbrio.
" - Isaías 4:1

Quer me perguntar algo? - Visite meu Ask.fm - [Backup]
Responda-o
#6
A regra pra mim é clara, daqui pra frente é apenas total respeito as pessoas e nenhum respeito a qualquer ideia, nem as minhas. Se continuarem, aceitem meus termos, caso contrário nem leiam meu comentário.

No mais, vamos tomar cuidado, há uma forte onda de negacionismo científico vindo por aí. Conquistas e conhecimentos que adquirimos durante séculos estão simplesmente sendo largados de mão por que não favorecem a narrativa de certos grupos, inclusive de esquerda, formando o que chamaria da "esquerda regressista". Não precisamos de mais outro grupo de negacionismo por aqui na Real também.

(25-02-2020, 11:23 PM)Minerim Escreveu: As vacinas não são margarinas.

Justamente por isso que é nossa obrigação como crianças crescidinhas que somos a de entender como as vacinas funcionam e não esperar que papai governo na boa vontade infinita dele que ele nos ensine. Tudo o que nos afeta é nossa responsabilidade conhecer. O que o governo deve fazer é providenciar as informações para que nós mesmos possamos checar as informações (como falei, lote, procedência, etc.)

(25-02-2020, 11:33 PM)Senna Escreveu: O povo está tão atolado na doutrinação marxista aos moldes gramscianos que mesmo dentro da Real temos pessoas que apoiam projetos de lei de autoria de deputados do PC do B, como é o caso do projeto de lei que prevê detenção para quem deixar de vacinar criança ou adolescente.

O estado tutelando o corpo dos indivíduos, aos mesmos moldes que os nazistas fizeram com os judeus, e quase ninguém se incomoda com isso.

https://www.camara.leg.br/noticias/62171...olescente/

Vamos com calma lá, não apoio tal projeto, punir não é solução, mas temos que tentar entender o que está havendo aqui.

Como falei antes, é preciso que a gente conheça com o que está lidando, conhecer como funcionam as vacinas e só daí dar pitaco. Você não quer se vacinar ou vacinar seu filho, beleza, mas a partir do momento que ele sai de casa e vai pra escola, por exemplo, isso para o coletivo, então não é questão de controlar seu corpo, isso pode se tornar um problema de saúde pública.

Vários países exigem vacinação em dia, principalmente de nós vindos de países tropicais, por conta de uma série de doenças que podem se espalhar por lá. A gente tem que proteger os nossos, assim como eles fazem com os deles.

Enquanto posso até duvidar que uma ou duas vacinas possam ser suspeitas, não inteiramente testadas, terem procedência duvidosa, etc., isso não tira o mérito da metodologia da vacinação como um todo.

Inúmeros surtos de doenças foram controlados e muitas doenças erradicadas por conta disso, compare os dados de agora com o país dos anos 50 e 60... Muitas pessoas foram salvas, isso não dá para negar na base do jogar da moeda, do gosto ou não gosto.

Infelizmente toda sociedade tem regras e mesmo eu não concordando, muita coisa a gente tem que aturar. Então não é questão de liberdade individual e sim de sobrevivência de todos.

Por mais individualista que eu seja, tenho que fazer concessões, sejam nos costumes, seja nas vestimentas em determinados lugares, etc. E quem mais vejo o controle fino do modo de vida das pessoas normalmente são as pequenas comunidades de igrejas, o poder do governo de moldar o pensar das pessoas é muito menor se comparado a esse.

Confrade Raito @Senna, eu sei que você é um cara inteligente, vai saber fazer essa distinção.

Não por que o marxismo isso ou aquilo (até por que acredito que a grande maioria das campanhas forçadas de vacinação foram empregadas por militares), ou por acreditar cegamente no "poder da ciência", mas sim por qualquer um mais velho poder atestar com seus próprios olhos. Meu próprio pai, que cresceu em extrema pobreza nos anos 60 presenciou o estado de calamidade do que é uma vida sem vacinação, sem campanhas de prevenção de dsts, sem água tratada, etc. podem fazer numa sociedade de interior.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#7
@Wild, você está soltando uma falácia atrás da outra, até desanimo rebater ponto por ponto, mas começa dizendo que não apoia o projeto e logo abaixo já está defendendo a restrição de ir e vir pra pessoas saudáveis, porque não foram vacinadas, e ainda se considera individualista nos costumes, repetindo argumentos rasos que quem é contra a vacinação obrigatória como eu já superou há tempos, pois sabe que é mentira, como essa de que as vacinação erradicou doenças, quando na verdade elas já estavam em declínio por outros fatores.

Já que fez referência ao seu pai, minha família vem de uma região onde não tinha vacinação e quando essas doenças apareciam eram tratadas com remédios, ganhando imunidade natural a várias delas pelo resto da vida. Existem muitas formas de prevenir e tratar doenças sem invadir o corpo das pessoas, mas a ciência e a indústria farmacêutica satanista, sem moral e sem ética, não busca esses meios, já parte logo para a vacina (e a libera rapidamente, sem passar pelos procedimentos de testes que os remédios passam), que é o método mais invasivo ao corpo humano, a iniciar por bebês indefesos, atropelando a autoridade dos pais (que a receberam de Deus), jamais assumindo qualquer culpa por efeitos colaterais negativos.

Separar militares de marxismo como você fez é outra coisa que não faz o menor sentido, como se todos os militares do mundo fossem de direita. Se assim fosse, nenhuma ditadura comunista teria se estabelecido no mundo, pois todas elas foram consolidadas com uso do poderio militar.

No futuro próximo, o condicionamento feito sobre as vacinas será aproveitado pela manipulação genética, onde as pessoas que não aceitarem que seus filhos tenham o DNA "revisado" pelo governo, sob a desculpa de não pegarem doenças, serão tratadas como se já fossem doentes, excluídas da sociedade.

Bem no finalzinho do seu post, você começa a falar do que realmente interessa pra se erradicar doenças, que são as formas de prevenção, água tratada (saneamento básico), etc.
"E sete mulheres naquele dia lançarão mão de um homem, dizendo: Nós comeremos do nosso pão, e nos vestiremos do que é nosso;
tão-somente queremos ser chamadas pelo teu nome; tira o nosso opróbrio.
" - Isaías 4:1

Quer me perguntar algo? - Visite meu Ask.fm - [Backup]
Responda-o
#8
O ursinho não assistiu o documentário.

[Image: orkut_7380.gif]







trollface

O governo americano está adiando ao máximo a bomba sobre as vacinas. ( autismo, diabetes e cancer)

Inúmeros surtos de doenças foram controlados e muitas doenças erradicadas por conta disso, compare os dados de agora com o país dos anos 50 e 60... Muitas pessoas foram salvas, isso não dá para negar na base do jogar da moeda, do gosto ou não gosto.


Após 70 anos ao invés de tomar 5 vacinas o ser humano deve-se sujeitar a um calendário de 60 por exemplo. E as crianças?
Uma das questões levantadas no documentário é a quantidade de vacinas e como o cronograma de multiplicidade de doses gera reações colaterais danosas, questiona-se o tipos de vacina, vacina com defeito etc.


Por mais individualista que eu seja, tenho que fazer concessões, sejam nos costumes, seja nas vestimentas em determinados lugares, etc. E quem mais vejo o controle fino do modo de vida das pessoas normalmente são as pequenas comunidades de igrejas, o poder do governo de moldar o pensar das pessoas é muito menor se comparado a esse.

Você não é um individualista mas é um fio terrista relativista, ao estilo dos primórdios da Real do tipo Reflexões Masculinas. Se as Igrejas tivessem essa influência toda o Brasil não seria uma selva de bárbaros ateistas, por exemplo quando a Igreja Católica era cheia de gente há 30, 35 anos atrás a qualidade de vida era outra, pergunte ao seu PAI.

Não por que o marxismo isso ou aquilo (até por que acredito que a grande maioria das campanhas forçadas de vacinação foram empregadas por militares), ou por acreditar cegamente no "poder da ciência", mas sim por qualquer um mais velho poder atestar com seus próprios olhos. Meu próprio pai, que cresceu em extrema pobreza nos anos 60 presenciou o estado de calamidade do que é uma vida sem vacinação, sem campanhas de prevenção de dsts, sem água tratada, etc. podem fazer numa sociedade de interior.

Ao final do documentário os autores pedem as seguintes pautas:

1- Que as vacinas sejam dadas em doses separadas

2- Que as vacinas que deram problemas sejam proibidas de serem fabricadas.


3-- Que as vacinas sejam classificadas como drogas farmacêuticas para que possam ser testadas Gargalhada

A opinião do Pai do Wild de 60 anos atrás é a de um leigo ignorante sobre a dinamica temporal e dos fatos ocultados pelas instituições e industria bilionária das vacinas.


Só para refrescar a memória, quando o catolicismo não era cheio de comunistas de batina... as pucs viraram um antro de comunistas.

Marcha da familia 1964.



https://thoth3126.com.br/   Revista Chapéu de Aluminio
Responda-o
#9
Se até um animal que tu tenta levar em um voo internacional tem que passar por perícia para entrar em outro país por conta dos riscos de doenças, imagina uma pessoa. O governo se preocupa com isso SIMPLESMENTE porque se tiver uma epidemia quem vai acarretar com os custos somos nós, os pagadores de impostos, Será um gasto a mais para a máquina burocrática e estatal. É melhor prevenir que remediar, não é?

Sabe por que estão querendo obrigar essa poha? Porque brasileiro é PREGUIÇOSO E VAGABUNDO.

Se o título não fosse obrigatório, quantos iriam tirar e votar?
Se a reservista não fosse obrigatória, quantos iriam ficar igual um trouxa no sol jurando a bandeira por vontade própria?

Entendeu? Se o governo não der um empurrão, quem vai por livre e espontânea vontade?

Entendam que nem tudo é conspiração illuminati comunista, kct. Vá pra amazônia sem vacina de malária ou pise em uns pregos enferrujados por aí sem vacina anti-tetânica e depois volte aqui pra contar o que aconteceu. Só para tem ideia, na África há pessoas que desenvolvem doenças horríveis pelo simples fato de não escovarem os dentes, imagina um organismo sem defesa alguma [Pesquisem sobre a doença NOMA]. Só assim pra sair dessa loucura de achar que tudo é perseguição e controle de massa.

*@Minerim nunca assume uma posição nas coisas que diz, só zomba dos assuntos do momento com palavras bonitas e enrolação. Coitado de quem acha que uma vírgula que esse cara solta representa realmente a opinião dele. Gargalhada
Visitante? Crie sua conta clicando aqui para ter acesso a áreas exclusivas.
Responda-o
#10
(26-02-2020, 01:46 AM)Senna Escreveu: @Wild, você está soltando uma falácia atrás da outra, até desanimo rebater ponto por ponto, mas começa dizendo que não apoia o projeto e logo abaixo já está defendendo a restrição de ir e vir pra pessoas saudáveis, porque não foram vacinadas, e ainda se considera individualista nos costumes, repetindo argumentos rasos que quem é contra a vacinação obrigatória como eu já superou há tempos, pois sabe que é mentira, como essa de que as vacinação erradicou doenças, quando na verdade elas já estavam em declínio por outros fatores.

Já que fez referência ao seu pai, minha família vem de uma região onde não tinha vacinação e quando essas doenças apareciam eram tratadas com remédios, ganhando imunidade natural a várias delas pelo resto da vida. Existem muitas formas de prevenir e tratar doenças sem invadir o corpo das pessoas, mas a ciência e a indústria farmacêutica satanista, sem moral e sem ética, não busca esses meios, já parte logo para a vacina (e a libera rapidamente, sem passar pelos procedimentos de testes que os remédios passam), que é o método mais invasivo ao corpo humano, a iniciar por bebês indefesos, atropelando a autoridade dos pais (que a receberam de Deus), jamais assumindo qualquer culpa por efeitos colaterais negativos.

Separar militares de marxismo como você fez é outra coisa que não faz o menor sentido, como se todos os militares do mundo fossem de direita. Se assim fosse, nenhuma ditadura comunista teria se estabelecido no mundo, pois todas elas foram consolidadas com uso do poderio militar.

No futuro próximo, o condicionamento feito sobre as vacinas será aproveitado pela manipulação genética, onde as pessoas que não aceitarem que seus filhos tenham o DNA "revisado" pelo governo, sob a desculpa de não pegarem doenças, serão tratadas como se já fossem doentes, excluídas da sociedade.

Bem no finalzinho do seu post, você começa a falar do que realmente interessa pra se erradicar doenças, que são as formas de prevenção, água tratada (saneamento básico), etc.

Segura os bois, meu caro. Não tão rápido, não vá traçar essa linha entre a gente como se automaticamente eu fosse alguém que quer o governo forçando as coisas nas pessoas. Já falei que sou individualista, mas tão individualista que não me sujeito a nada: times de futebol, panelinhas políticas, igrejas, nada. Sou avesso a tudo isso. Por isso mesmo não vou aceitar rótulos, carapuça nenhuma me serve por que estou cagando e andando para as ideologias. O que dá para trabalhar são com fatos.

Em primeiro lugar não defendo restrição de ir e vir de pessoas saudáveis. Governos fazem isso, isso é um fato, eu goste disso ou não. Na verdade odeio esse tipo de restrição artificial. Mas também entendo que há muitas doenças que tem seus períodos de incubação, por exemplo. Qualquer país que não quiser se arriscar tem que garantir a imunidade do sujeito, pois ele pode estar "saudável" hoje e amanhã já estar espalhando uma doença por todo um país.

Se você diz que as doenças estão em declínio devido a outros fatores, não dá para ao menos aceitar que a vacinação tenha parte pequena nisso? Nunca vi provas conclusivas de que as vacinas foram responsáveis por 100% de erradicar as doenças, é claro que saneamento público, controle de vetores, etc., ajudou, mas também nunca vi prova contrária de que a vacinação não ajudou ou atrapalhou. Tudo o que vi que foi um conjunto de fatores que ajuda a impedir a infecção e alastramento de surtos de doenças.

Você fala de vacinas "invadindo" o corpo de pessoas, seja lá o que isso signifique, mas o mesmo não se aplica a remédios também? Mesmo os naturais, aquilo são compostos químicos reagindo no seu corpo, não são? Outra coisa importante, não misture as bolas: Vacinas não são curas, são prevenção, você treina o seu organismo para obter a tal imunidade. Na natureza a imunidade "natural" (se é que existem dois tipos de imunidade) que você fala é bem mais simples, é jogo sem treino nem tática: Vem a doença com tudo, se você não é imune, você sofre muito e muitas vezes morre. Fim.

Se a pessoa for sempre esperar pela cura mágica é o mesmo que só passar a trancar a porta de casa após ser roubado. O propósito da vacina é a prevenção, não curar nada. Até por que, muito pelo contrário, a vacina previne a pessoa imunizando ela justamente CONTAMINANDO ela de uma variedade enfraquecida da doença e treinando o sistema imunológico a identificar o tipo da ameaça que ele pode lidar. Ou seja, é de se esperar efeitos colaterais a depender da pessoa, até remédios possuem efeitos colaterais sendo compostos sintetizados com utilizadas específicas, o que dirá "adoecer" uma pessoa de propósito. Mas acredito que o risco de sofrer um resfriado a ter uma pneumonia é preferível, não? Um risco a se correr para poder evitar outro maior.

Aí isso por mim tinha que caber ao indivíduo avaliar, mas como a gente bem sabe, o povão no geral é tapado, não sabe ler nem interpretar, o que dirá entender uma questão de saúde complexa dessas. Se você acha que a gente deve cruzar os braços e tudo deve ser julgado pelo próprio indivíduo, então vai da opinião de cada um, mas muita coisa nas sociedades não funcionariam se não tiver um código de conduta comum.

Mas voltando pra vacina e não pra obrigação ou não de tomar elas (que é outro nível de discussão que prefiro nem entrar), você diz que venho com falácias, mas não estou vendo contra provas também, a discussão aqui está meramente casual sem contexto, então dá para apontar coisas soltas dessa forma:

* Existem muitas formas de prevenir e tratar doenças sem invadir o corpo das pessoas - Como assim "invadir"? Tem que definir o que é invasão e o que não é. Tem certos procedimentos de prevenção e diagnóstico que são considerados "invasivos", mas simplesmente não dá para decidir isso sem critérios sólidos. E já falei também sobre a questão de que remédios também são invasivos em certo grau. Cirurgias são invasivas, raio X é invasivo, ultrassonografia é invasiva, exame de câncer de próstata então...
* Mas a ciência e a indústria farmacêutica satanista, sem moral e sem ética - Satanista por quê? Por que moral e sem ética? Isso aqui tá simplesmente jogado sem eira nem beira. Eu posso dizer que conheço muitos médicos que são uns açougueiros, carniceiros, sem amor nenhum às pessoas, verdadeiros mercenários, mas não dá para dizer que a profissão da medicina é sem ética e sem moral. Eu sei que fala da indústria por trás da farmacêutica, essa tá atrás do lucro, deveras, mas isso não desmerece inteiramente seus resultados, assim como o fato de algum político estar fazendo bem ao país apesar de ser um político, a raça mais odiada por essas bandas. Por que condenar todos pelos pecados de uns?
* Não busca esses meios, já parte logo para a vacina - Aí agora vem a contradição, se a indústria é tão antiética assim, por que ia vender a prevenção, se eles poderiam lucrar tão mais com a doença? Ou uma coisa, ou outra, ou aceita que há pelo menos um pouco de decência em todo o dinheiro gasto com essas pesquisas, ou eles são todos uns canalhas e temos que negar todos os avanços promovidos por eles e viver uma vida muito mais arcaica. É o mesmo que o cara criticar a medicina e, de novo, ser hipócrita ao ponto de viver graças aos avanços dela, ou criticar a tecnologia, mas não sair da frente do celular e computador, etc.
* E a libera rapidamente, sem passar pelos procedimentos de testes que os remédios passam - Como afirma isso assim sem fontes? Por que não passariam? Não faz sentido isso... Se há alguma irregularidade, tem que ser feita uma denúncia completa e responsável, 5w2h da coisa, não basta dizer que "há", sem informar nem quem, nem onde, nem onde, nem quando, nem porque etc... Você sabia que há vacinas que ficam sendo desenvolvidas por muitos anos? Se quiserem fazer uma vacina "maldosa" então, que não possa ser detectada pelos órgãos de vigilância, aí que deve demorar mesmo. Se há irresponsabilidade no processo de pesquisa e fabricação das vacinas, aí sim, claro, temos que correr atrás e expor. Mas como falei, isso não anula a metodologia da vacinação como um todo. Uma vacina ruim não torna todas inválidas, não precisa radicalizar tudo na base do sim ou não, preto ou branco, esquerda ou direita, etc.
* Jamais assumindo qualquer culpa por efeitos colaterais negativos - AÍ ESTÁ O X DA QUESTÃO. Isso eu concordo que o governo deve assumir essa responsabilidade. A gente deve saber quais os riscos, conhecer as vacinas e possíveis efeitos colaterais, mas já que estamos sendo coagidos a isso, ao menos que tenhamos certeza de ter o tratamento necessário. Que nem reclamei lá no tópico de carnaval, o dinheiro público é gasto pra aquelas festas que são uma chuva de DSTs, e depois vão dar tratamento para as pessoas. Bom, ao menos lá dão, aqui deveria ser o mesmo, já que ninguém é obrigado a ir em festa de carnaval.

Citação:No futuro próximo, o condicionamento feito sobre as vacinas será aproveitado pela manipulação genética, onde as pessoas que não aceitarem que seus filhos tenham o DNA "revisado" pelo governo, sob a desculpa de não pegarem doenças, serão tratadas como se já fossem doentes, excluídas da sociedade.

Aí já é um salto demasiado, manipulação genética, ainda mais nessas terras tupiniquins que o povo sabe nem ler e escrever, fazer contas e interpretar um texto...

Mas uma coisa eu concordo, é preciso definir uma linha clara entre o privado, particular, e entre o público. O governo só pode interferir nessa última esfera, e olhe lá.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#11
@Senna

Os bostileiros tem fé cega em vacinas, nas urnas eletrônicas, na terra globo, tv globo/midia, lacração e ciência filosófica não perca seu tempo.

é a mentalidade de  Favela...




https://thoth3126.com.br/   Revista Chapéu de Aluminio
Responda-o
#12
(26-02-2020, 09:42 PM)Minerim Escreveu: @Senna

Os bostileiros tem fé cega em vacinas, nas urnas eletrônicas, na terra globo, tv globo/midia, lacração e ciência filosófica não perca seu tempo.

é a mentalidade de  Favela...





Impressionante como você agrupa tudo num mesmo pacote como se uma coisa tivesse a ver com a outra. Só me resta perguntar... O que o cu tem a ver com as calças?

Cada uma que inventam... Agora se você "acredita" em qualquer coisinha do "pacote", por qualquer motivo que seja, você tem mentalidade de favelado, é isso agora, espertalhão?
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#13
Antes de mais nada, uma aqui pra você: https://edition.cnn.com/2017/05/08/healt...index.html

Acredito que nem precisamos de tradutor pra entender a notícia aqui.

(26-02-2020, 01:53 AM)Minerim Escreveu: Se as Igrejas tivessem essa influência toda o Brasil não seria uma selva de bárbaros ateistas, por exemplo quando a Igreja Católica era cheia de gente há 30, 35 anos atrás a qualidade de vida era outra, pergunte ao seu PAI.

(...)

A opinião do Pai do Wild de 60 anos atrás é a de um leigo ignorante sobre a dinamica temporal e dos fatos ocultados pelas instituições e industria bilionária das vacinas.

Sim, que qualidade de vida era outra, com toda certeza, onde muitas das crianças morriam por diversas doenças, que hoje são coisas triviais. Meu próprio pai já citou muitos casos de colegas e amigos próximos dele que morreram. Mas claro, a percepção de realidade que uma pessoa que viveu nela não é válida, mas sim textos que um novilho nos seus 20, 30 anos leu sobre "fatos ocultos" posteriormente, né?

O povo que gosta dessas conspirações sempre cita "fatos ocultos", mas aí que tá, que fatos tão ocultos são esses? Tem um dossiê aí pra mim? Descobriram algo, me avisem. Um monte dessas coisas são balelas por que conseguem facilmente aderir na cabeça do sujeito, são impressionantes e as pessoas precisam de algo pra acreditar, né? Possuem "provas e evidências" escolhidas convenientemente a dedo para poder provar tais ideias, mas nunca se preocupam em refutar ou justificar as provas contrárias e nem nunca respondem às perguntas principais: Por que? O que eles ganhariam com isso? (supostamente deixando todo mundo com diabetes, autismo, etc.) Não acha que se isso fosse comprovado eles não tomariam uma bela retrucada? Ainda mais num país como os EUA, que cada centavo de pagador de imposto é vigiado e lá as coisas funcionam muito melhor que aqui, não tem a mesma impunidade.

Essas ideias, pode pegar qualquer uma, sempre tem faltando resposta pra ao menos uma pergunta essencial. Tudo são achismos muito bem elaborados e pseudo-ciência, geralmente baseados em negacionismo e com finalidade clara, esses sim, de atender a agenda de algum grupo.

Tenho certeza que é do interesse de muita gente fazer vacinas ou medicamentos certo e ganhar muito dinheiro com isso fazendo um bem danado para as ações dessa empresa, descobrir as fraudes da concorrência e desbancar ela, ou então de descobrir uma conspiração grande e ter um grande furo jornalístico enorme para cobrir, ganhar um Pulitzer no processo. Ou provar que uma teoria está errada, reformular toda a ciência e quem sabe ganhar um Nobel, ou descobrir um jeito de mover carros a água e ficar podre de rico acabando com o resto da indústria automobilística. Tem muita gente interessada nisso, pode ter certeza, tem muita gente dia e noite pesquisando e batalhando pra isso, mas não estou vendo essas coisas acontecendo. Claro, claro... Por que a conspiração onipresente e onipotente, está de olho em tudo e todos e sistematicamente omitindo tudo isso de todo lugar. No mundo de hoje, onde bastava um vazamento na internet pra todo mundo cair em cima matando, ainda mais os chineses que podem produzir tudo em larga escala. Vai vendo, meu caro, vai vendo.

Reptilianos, alienígenas do passado, caso Roswell e Área 51 estão só há um pulinho de distância.


(26-02-2020, 01:53 AM)Minerim Escreveu: Uma das questões levantadas no documentário é a quantidade de vacinas e como o cronograma de multiplicidade de doses gera reações colaterais danosas, questiona-se o tipos de vacina, vacina com defeito etc.

(...)

Ao final do documentário os autores pedem as seguintes pautas:

1- Que as vacinas sejam dadas em doses separadas

2- Que as vacinas que deram problemas sejam proibidas de serem fabricadas.

3-- Que as vacinas sejam classificadas como drogas farmacêuticas para que possam ser testadas 

O que incrível que pareça, concordo com tudo isso

Isso me torna um anti-vacina? Faz eu negar a efetividade (de uma parte) delas?

Dá para fazer o mesmo com infecção alimentar, trazer casos escolhidos a dedo e sistematicamente culpar todos os vendedores de comida. Nem por isso vou deixar de comer fora de casa. Ou qualquer outro exemplo bobo. Bah, enfim.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#14
Sim, que qualidade de vida era outra, com toda certeza, onde muitas das crianças morriam por diversas doenças, que hoje são coisas triviais. Meu próprio pai já citou muitos casos de colegas e amigos próximos dele que morreram. Mas claro, a percepção de realidade que uma pessoa que viveu nela não é válida, mas sim textos que um novilho nos seus 20, 30 anos leu sobre "fatos ocultos" posteriormente, né?


O povo que gosta dessas conspirações sempre cita "fatos ocultos", mas aí que tá, que fatos tão ocultos são esses? Tem um dossiê aí pra mim? Descobriram algo, me avisem. Um monte dessas coisas são balelas por que conseguem facilmente aderir na cabeça do sujeito, são impressionantes e as pessoas precisam de algo pra acreditar, né? Possuem "provas e evidências" escolhidas convenientemente a dedo para poder provar tais ideias, mas nunca se preocupam em refutar ou justificar as provas contrárias e nem nunca respondem às perguntas principais: Por que? O que eles ganhariam com isso? (supostamente deixando todo mundo com diabetes, autismo, etc.) Não acha que se isso fosse comprovado eles não tomariam uma bela retrucada? Ainda mais num país como os EUA, que cada centavo de pagador de imposto é vigiado e lá as coisas funcionam muito melhor que aqui, não tem a mesma impunidade.



1-Para o ursinho pooh a pai dele está apto a ir ao Parlamento norte americano testemunhar a favor das vacinas.  trollface


2-Ao citar a Igreja como fonte manipulatória imperativa e coativa de costumes o Ursinho fugiu ao tema do video, no entanto  preferiu ignorar os efeitos civilizacionais que uma boa religião tem na sociedade, promovendo a melhora das relações interpessoais dentre outros atos caritativos. Parece que o Pai do ursinho pooh não quis responder a essa pergunta, mas se manifestou sobre a evolução da medicina e de medidas paliativas de saneamento básico, um sabio ancião. Aeeee



3-Por último quis desqualificar a evidencia do vídeo como uma teoria da conspiração, mesmo tendo registro de parlamentares e ações no Congresso Norte Americano, que foram pausadas pelo SISTEMA. Essa é a mentalidade de favela que os ditos teóricos da conspiração enfrentam ao exporem fatos que afetam crenças, paixões,  teorias cientificas não comprovadas tomadas como verdade absolutas.


4- O ursinho pooh ainda questiona-se dos porques das vacinas curarem com a possibilidade de causar outras doenças, qual o interesse nisso? Facepalm  É foda: Eu faço a vacina mas causo outra doença para que você compre meus remédios por anos a fio,  cade a percepção lógica do Ursinho textão??? Travolta Estaria a industria agindo com dolo ou culpa? Por que o Estado impede esse tipo de investigação?



Os rodeios sofísticos e falaciosos são constantes  e isso envolve os ditos especialistas, jornalistas e até youtuberes, que estão no mesmo nível de condicionamento de credulidade e imbecibilidade.
https://thoth3126.com.br/   Revista Chapéu de Aluminio
Responda-o
#15
Eu penso que o mínimo de bom senso diz que: se é incentivado pelo governo, PELO MENOS desconfie ...


Dificilmente alguma doença te derrubará se você tiver uma imunidade realmente alta. Trabalhem nisso. Nesse cenário, vacinas ficam a critério, tendo pouca ou nenhuma relevância.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#16
@Wild

Citação:Justamente por isso que é nossa obrigação como crianças crescidinhas que somos a de entender como as vacinas funcionam e não esperar que papai governo na boa vontade infinita dele que ele nos ensine. Tudo o que nos afeta é nossa responsabilidade conhecer. O que o governo deve fazer é providenciar as informações para que nós mesmos possamos checar as informações (como falei, lote, procedência, etc.)


Isso é o que eu chamo de Analfabetismo Funcional

WILD:
O governo NÃO É CONFIÁVEL para interpretar os dados.  Undecided  

O governo É CONFIÁVEL para fornecer os dados.   Smile


Para governo, demissão de presidente do IBGE é melhor saída para a crise de imagem

IBGE sob ataque

Para evitar que informações negativas sobre o desempenho da economia causassem danos à candidatura de Dilma Rousseff, governo intervém politicamente no IBGE


Vai acreditando no governo aí então colega   Joinha

Citação:o povão no geral é tapado, não sabe ler nem interpretar

ainda mais nessas terras tupiniquins que o povo sabe nem ler e escrever, fazer contas e interpretar um texto...

Citação:Você fala de vacinas "invadindo" o corpo de pessoas, seja lá o que isso signifique, mas o mesmo não se aplica a remédios também?

Mesmo os naturais, aquilo são compostos químicos reagindo no seu corpo, não são?


Que tal ler um pouco antes de dar sua opinião sobre um dado assunto.
Diferente de um remédio comum que é um composto químico, um vírus é basicamente um envelope contendo DNA que se replica, tanto é que não existe consenso se o mesmo é um organismo vivo ou não.
Quando não se procura agradar o mundo, ele se vinga; se por acaso se consegue agradá-lo, ele ainda se vinga nos corrompendo. A única saída é trabalharmos longe dele, tão indiferentes a seu julgamento quanto prontificando-nos a ser-lhe úteis.
Antonin-Dalmace Sertillanges
Responda-o
#17
(27-02-2020, 03:09 PM)Corvo Escreveu: WILD:
O governo NÃO É CONFIÁVEL para interpretar os dados.  Undecided  

O governo É CONFIÁVEL para fornecer os dados.   Smile

Gargalhada Gargalhada 

Essa foi dose mesmo ...  Yaoming
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#18
(27-02-2020, 09:20 AM)Héracles Escreveu: Dificilmente alguma doença te derrubará se você tiver uma imunidade realmente alta. Trabalhem nisso. 

Esse é o ponto essencial. Independente de acreditar ou não em vacinas todos deveriam se esforçar para ter uma imunidade alta criando um estilo de vida saudável. Isso vai evitar muitos problemas sérios com epidemias, surtos e outros motivos que causam pânico entre as pessoas. Sem contar que mesmo se contrair alguma doença geralmente os efeitos são mais fracos e você se recupera muito mais rápido.
“Aproximem-se de Deus e ele se aproximará de vocês! Lavem as mãos, pecadores! Limpem o coração, hipócritas!” Tiago 4:8 - Bíblia Sagrada
Responda-o
#19
Primeiro e mais importante, é claro, é aceitar os elogios do querido confrade comedor de pão de queijo. Vou mudar meu avatar pra esse:

[Image: 1xzDIaH.jpg]

(27-02-2020, 03:09 PM)Corvo Escreveu: @Wild

Citação:Justamente por isso que é nossa obrigação como crianças crescidinhas que somos a de entender como as vacinas funcionam e não esperar que papai governo na boa vontade infinita dele que ele nos ensine. Tudo o que nos afeta é nossa responsabilidade conhecer. O que o governo deve fazer é providenciar as informações para que nós mesmos possamos checar as informações (como falei, lote, procedência, etc.)


Isso é o que eu chamo de Analfabetismo Funcional

(...)

Que tal ler um pouco antes de dar sua opinião sobre um dado assunto.
Diferente de um remédio comum que é um composto químico, um vírus é basicamente um envelope contendo DNA que se replica, tanto é que não existe consenso se o mesmo é um organismo vivo ou não.

1. Analfabetismo funcional é você pegar o texto sem contexto nenhum e forçar uma interpretação totalmente nada a ver. Eu disse que a gente tem obrigação de saber como as vacinas funcionam e que o governo deve nos providenciar as informações sobre os lotes das vacinas para que nós mesmos possamos verificar as procedências, a eficácia, etc. Tá clara sua interpretação de má fé, confrade, vamos passar um sabão aí na sua língua.

2. Nosso corpo precisa de dezenas de bactérias, fungos, etc. para sobreviver, do que você acha que é composta sua flora intestinal? Você pode se achar muito limpinho e único, mas a verdade é que você é um verdadeiro ecossistema ambulante e que só funciona por que está em equilíbrio, convivendo em harmonia com pequenos seres em todo o seu corpo trabalhando em cooperação. Desculpa lhe informar mas você já está invadido, nessa hora tem mais bactéria na sua boca do que nas suas fezes. O sabão vai vir bem a calhar.

Nada pessoal, continuemos a novela.

(27-02-2020, 05:41 PM)Libertador Escreveu:
(27-02-2020, 09:20 AM)Héracles Escreveu: Dificilmente alguma doença te derrubará se você tiver uma imunidade realmente alta. Trabalhem nisso. 

Esse é o ponto essencial. Independente de acreditar ou não em vacinas todos deveriam se esforçar para ter uma imunidade alta criando um estilo de vida saudável. Isso vai evitar muitos problemas sérios com epidemias, surtos e outros motivos que causam pânico entre as pessoas. Sem contar que mesmo se contrair alguma doença geralmente os efeitos são mais fracos e você se recupera muito mais rápido.

+2 no Héracles e no Libertador.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#20
(27-02-2020, 05:18 AM)Minerim Escreveu: 2-Ao citar a Igreja como fonte manipulatória imperativa e coativa de costumes o Ursinho fugiu ao tema do video, no entanto  preferiu ignorar os efeitos civilizacionais que uma boa religião tem na sociedade, promovendo a melhora das relações interpessoais dentre outros atos caritativos.


Os rodeios sofísticos e falaciosos são constantes  e isso envolve os ditos especialistas, jornalistas e até youtuberes, que estão no mesmo nível de condicionamento de credulidade e imbecibilidade.

Rapaz, nunca neguei quaisquer aspectos positivos das igrejas, muito pelo contrário, estaria fazendo um desfavor em negar, ainda mais morando numa cidade onde justamente as maiores obras responsáveis pelo saneamento básico e vacinação foram promovidas justamente por um padre. ¯\_(ツ)_/¯

Você está falando como se eu tivesse pintando a igreja em luz negativa, coisa que não fiz, só falei o óbvio que qualquer um pode atestar: A igreja, ainda mais a evangélica, tem um poder muito maior de coagir os indivíduos e moldar os seus costumes. Se um pastor sem conhecimento de causa nenhuma diz para a comunidade não se vacinar, mesmo que a notícia seja fake news, quem você acha que o povo dessa comunidade vai acreditar? Claro, vamos repetir o caso do link que lhe passei do aumento dos casos de sarampo, coisa que você não deu nem um pio.

Isso não é nenhuma ciência de foguete, meu caro, só estou falando o óbvio. Tem coisas que são fatos, eu ou você goste deles ou não. É que nem meter a real, eu não vou falar aquelas coisas por que me convém ou por que eu gosto daquilo, vou ter que falar por que aquilo é a verdade, a realidade, e esta tem procedência sobre todas as coisas.

O que eu vejo é que você que gosta de fazer rodeios falaciosos, por isso nem vou me dar ao trabalho de responder o resto. Com suas escolha escorregadia de palavras, você pode elegante feito uma gazela saltitar entre os temas que bem convém e desviar dos outros. Sinto muito, mas isso não é discutir, por isso só vou jogar no mesmo que você. Agradeço pelos memes.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  A verdade sobre a matrix e homens matrixianos Jhon Capitão 15 2,235 03-08-2017, 04:51 PM
Última Postagem: Jhon Capitão

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)