Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
O Brasil é colonia da CHINA?
#1
https://www12.senado.leg.br/noticias/mat...il-em-2030




Daqui a 10 anos será proibida a venda de veículos novos movidos a combustíveis fósseis, como gasolina ou diesel. É o que estabelece projeto de lei que institui uma política de substituição de automóveis movidos a combustíveis fósseis a partir de 1º de janeiro de 2030, aprovado nesta quarta-feira (12) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Os veículos movidos a biocombustíveis, como o etanol, ou os carros elétricos continuarão liberados.

PLS 304/2017, que segue agora para votação na Comissão de Meio Ambiente (CMA), determina ainda que a partir de 2040 ficará proibida a circulação de qualquer automóvel de tração automotora por motor a combustão. São abertas, no entanto, algumas exceções à regra. Pelo projeto, automóveis de coleção, veículos oficiais e diplomáticos ou carros de visitantes estrangeiros poderão continuar circulando no país, ainda que usem combustíveis fósseis.
Segundo o autor da proposta, senador Ciro Nogueira (PP-PI), outros países estão tomando decisões semelhantes. O Reino Unido e a França querem proibir a venda de veículos movidos a combustíveis fósseis a partir de 2040, a Índia, a partir de 2030, e a Noruega, já em 2025. Ele afirma que esse tipo de veículo é responsável por um sexto das emissões de dióxido de carbono na atmosfera, gás proveniente da queima de combustíveis fósseis e importante agente causador do efeito estufa, que leva ao aquecimento global.
Fonte: Agência Senado


Quem é a maior fabricante de celulas do mundo para tais veículos: CHINA  

Qual o custo energético de carbono para a fabricação das baterias e carros Gargalhada e o impacto na alimentação das termoeletricas? É para por no cú dos trouxas....

As baterias veiculares são verdadeiras bombas eletromagnéticas que num acidente podem contaminar o meio ambiente


  Aeeee  

Ta bom para você? Meio carro de bosta por 60 mil e 60cv

Será que o governo irá abrir mão da arrecadação expropriatória que gira entorno da industria automotiva e dos combustíveis?

[Image: hqdefault.jpg]


Pau no cú do meio ambiente e dos dementes ecofascistas.
Minha caixa de orgonio.  https://www.youtube.com/watch?v=md_FvbzJg40
Responda-o
#2
O Brasil não é Reino Unido, não é França porra. Não há nem infra-estrutura adequada para transporte coletivo (famoso busão), quanto mais estrutura para veiculos elétricos aqui. Como o confrade disse "Será que o governo irá abrir mão da arrecadação expropriatória que gira entorno da industria automotiva e dos combustíveis?" E ai? Canalhas!
Tomai, por tanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever. Efésios 6, 13

Responda-o
#3
O Legislador Brasileiro e a arquitetura genocida civilizacional, pode tudo e quaisquer coisa Gargalhada






O negócio agora é o gerador de hidrogênio Sleepy





Comentário de um Youtuber!!! Quantos pesquisadores que mamam verba pública divulgam e fazem algo do tipo para que os leigos vejam? trollface

No final de 2015 resolvi fazer meu TCC de Mecânica do SENAI com um trabalho de pesquisa nessa área. Gastei 6 Mil Reais num projeto que levei até o fim. Construí 6 Células de hidrogênio e fui adicionando uma a uma em um Jeep ano 1963 com motor original BF1 de 6 cilindros. Fiz tudo que foi possível, chegando ao ponto de instalar mais um alternador (do SIENA de 120 Amp) e mais uma bateria de 150 Amp. dessas usadas em caminhão. Conclui que mesmo produzindo 63 LPM de HHO, isso era um pingo de combustível, frente ao que o motor necessitava. Tudo, desde a fiação, alternador, as células e o próprio motor funcionava "fervendo" literalmente. Infelizmente, no Brasil nem existe material confiável para estudar a respeito desse assunto. Tive que pesquisar em trabalhos feitos por pesquisadores dos EUA. Aqui, um monte de espertos, veem na preguiça e na falta de conhecimento dos brasileiros, uma fonte certa para ganhar dinheiro. Se o HHO não estiver pressurizado em cilindros, assim como é o GNV, o motor jamais realizará seu trabalho com economia e eficiência. O sistema mostrado no seu vídeo é conhecido como "on board". ou seja, gera-se e consome-se no mesmo momento. Trabalhos mais sérios realizados nos EUA no entanto, comprovam que a adição em pequenas quantidades de HHO ao combustível primário derivado do petróleo,  otimiza sua queima e diminui a emissão de CO2 além de aumentar um pouco a potência do motor. Quanto a economia, nada se conseguiu além de 15%, o que não vale a pena considerando a relação custo beneficio. Não se enganem, na verdade não vale a pena. Tive um prejuízo financeiro considerável mas valeu, tirei nota 10 no meu Trabalho de Conclusão de Curso. Parabéns pela bela matéria apresentada no vídeo.
Minha caixa de orgonio.  https://www.youtube.com/watch?v=md_FvbzJg40
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)