Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Malefícios rápidos. Benefícios demorados.
#1
Estava filosofando sobre o nada e me ocorreu esse insight: malefícios rápidos, benefícios demorados. Essa é praticamente uma lei universal.

A vida é assim. Coisas boas demoram tempo para conquistar. Um diploma leva anos para conquistar. Um físico bem cuidado leva tempo para conseguir. Uma dieta leva meses para mostrar o resultado. É assim com praticamente tudo na vida: tudo que vai te levar pra frente é preciso esforço, dedicação, foco.

Agora, tudo que te dá prazer imediato, geralmente é fácil de conseguir, mas traz consequências também imediatas: drogas, aquela transa sem preservativo, aquele relacionamento fast food iniciado por aplicativos, aquele investimento que te promete 10% ou mais ao mês. 

Na vida não existem atalhos. Quando algo parece muito bom pra ser verdade, geralmente é isso mesmo: bom demais pra ser verdade.

O jovem tem todo o tempo pela frente e age com urgência como se não houvesse amanhã. Isso é uma contradição. É inexperiência. Cabacismo.
"Homem Marmito"® is trademark of Marmito Man Corporation ™
Responda-o
#2
Boa reflexão, se algo fosse bom e fácil, todo mundo iria querer, e logo ou não seria mais bom, ou não seria mais fácil. Recentemente aconselhei uma pessoa conhecida (através de uma pessoas próxima em comum) que um "investimento" seria uma pirâmide (era bem óbvio), e ela disse que "investiria mesmo assim".

Pinguins
  • Citação:Sem a visão de um objetivo um homem não pode gerir a sua própria vida, e muito menos a vida dos outros.
Leia: Nuvem de Giz
Responda-o
#3
E a tendência é piorar. A impaciência é a lei contemporânea. A tecnologia trabalha pra tornar tudo cada vez mais próximo do imediato. Computadores e celulares mais velozes, mensagens instantâneas e por aí vai.

Hoje, não responder um WhatsApp imediatamente é uma ofensa. E confesso que, inserido nessa realidade, exercitar a paciência é difícil, porém extremamente necessário.

Ser impaciênte impede o homem de alcançar suas metas. Como bem falado, estudo, renda, shape, tudo isso leva tempo e esforços contínuos.
Um homem com escolhas é um homem livre.
MEU BLOG - POST NOVO - Mudança de Nome
Responda-o
#4
Às vezes - às vezes! - agradeço por ter tido uma personalidade neurótica, que ficava matutando e medindo consequências de certas decisões que ia tomar.

Namoros, ofertas de trabalho, investimentos, casamento.... decisões feitas num átimo; eu se fosse uma pessoa normal já teria feito merda, certamente.

Teria mergulhado em investimentos mal feitos, como meu irmão fez ao fechar numa mesa de bar que compraria uma loja de um "amigo".

A loja estava à beira da falência e detonou as finanças dele que tinha conseguido numa rescisão de vinte anos numa multinacional; sem pensar, ele tbm tomou a decisão de se casar pela segunda vez na vida, com uma rodada conhecida na cidade. Daí, perdeu o resto que tinha sobrado com esse divórcio.

Bom, decisões certas tem que ser tomadas idealmente por vias mais saudáveis, não por meio de transtornos obsessivo-compulsivos.

Mas acaba ajudando por vias tortas, não fui imediatista e impaciente.

Eu trabalho para que possa tomar atitudes, decisões corretas por meio de um julgamento bem feito, como Aristóteles apregoava em Ética a Nicómaco.

É difícil.
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Redes sociais: seus benefícios e malefícios Henry Volk 36 2,537 27-08-2019, 05:50 PM
Última Postagem: Hombre de hielo

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 2 Visitante(s)