Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
O simples não é atraente, mas funciona
#1
Com o excesso de informações, de modinhas, aliada a falta de experiência e prática, surgem os bros de internet. Um espécime colorido que adora teorizar e especular muita coisa que viu de terceiros, e acaba por dogmatizar tudo, rechaçando qualquer opinião que não coincida com seu mudinho da Alice no país das maravilhas. Sendo assim ele conhece a verdade absoluta, mas por algum motivo desconhecido, ele não tem nenhum resultado expressivo, aliás a maioria tem menos resultados do que uma funkeira de 16 anos que faz um twerking safado pros manos da favela. Provavelmente ele é muito azarado ou tem uma lista de circunstâncias as quais explicam a falta de resultados. Mas o importante é espalhar a teoria daquele treino novo, ou pregar que qualquer rotina que foge das suas experienciazinhas virtuais, vai causar overtraining e e tudo o que há de ruim. São tão encaixotados e sentimentais que não tem a menor ideia do que realmente se passa com quem faz as coisas acontecer na pratica, o que é um horror ou absurdo de acordo com suas definições da matrix dos ursinhos carinhosos. 
Sem mais delongas, segue uma tradução do P.Carter.

O simples não é atraente, mas funciona... by Paul Carter

 
Eu não sei lhe dizer quantas vezes nas últimas duas décadas de treino, eu ouvi as mesmas histórias de caras avançados que cometeram um erro comum no seu treino ou dieta que os fez patinarem e não saírem do lugar.
 
"Todas as vezes que eu saí do simples progredi cada vez menos"
 
E também não sei lhe dizer quantas vezes eu li comentários a respeito do que eu escrevi ou defendi, dizendo que eu não oferecia nada moderno ou inovador. Ok, Capitão Óbvio.
 
Eu não sei por que diabos as pessoas acreditam que complicado significa melhor. E isso muitas vezes parece ser o caso no que diz respeito ao treino, dieta, suplementação, etc. Quanto mais partes complexas tiver num treinamento ou numa dieta, e quanto mais difícil for para explicar, mais parece que vai valer a pena. Pelo menos superficialmente. Ou em algum debate na internet. 
Eu acho que é porque as pessoas realmente gostam de debater e falar sobre treinamento e dieta, e isso torna esses tipos de programas tão populares. Hoje em dia, parece que muitas pessoas preferem falar e debater sobre metodologias de treinamento e dieta em vez de FAZE-LAS. Eu literalmente tive uma discussão outro dia onde, é claro, estudos tiveram que ser mostrados para determinar se algo era válido ou não. Neste caso particular, tudo o que as pessoas tiveram que fazer era realmente EXPERIENCIAR o que estava sendo debatido. É assim que estamos agora, e ja faz um tempo que está tendendo à isso. Nada é realmente experienciado. Tudo fica só no debate do que funciona ou não funciona.

[Image: DoULift.jpg]

Eu vi um grande especialista no campo do treinamento de força, que por mais de 30 anos treinou alguns dos melhores atletas do mundo, defender que alongar o músculo antagonista antes de trabalhar o músculo agonista gera um aumento de força. Neste caso, já havia sido mostrado em um estudo, mas o fato era que em vez de apenas tentar, as pessoas queriam só debater.
As pessoas preferem discutir sobre modalidades de treinamento e dieta ao invés de fazê-las. E é claro, quanto mais simples é um plano de treinamento ou dieta, menos mérito parece ter. No entanto, a maioria das pessoas que eu vejo debatendo sobre isso o tempo todo, nem ao menos parecem que treinam. Parece que houve algum tipo de inundação de nerds no treinamento agora, esses que se preocupam mais em debater do que fazer. E então eles ficam chateadinhos e irritadinhos quando você diz que suas ideias funcionam e você tem uma montanha de evidencias para provar, mas existe um estudo que diz o contrário disso.

A um certo ponto temos que nos focar apenas nos resultados reais. Porque afinal, não é tudo o que realmente importa? Como um dos meus amigos ,que é também PhD neste campo, disse-me: "Em algum momento você deve se voltar apenas aos resultados. "FODAM-SE os argumentos. Ou produza resultados ou cale a boca".
 

Recentemente fiz uma série de seminários na Austrália com dois dos melhores especialistas em suas respectivas áreas, Bert e Ernie. E se havia algo que nós 3 concordávamos era isso:
 
1. Manter as coisas o mais simples possível.
2. As respostas geralmente estão em algum ponto com equilíbrio, não em extremos.
3. Não se desvie do que está funcionando.
4. Faça escolhas baseadas no que pode ser feito a longo prazo, i.e. longevidade
 
Quando Bert estava explicando sua estratégia de dieta eu fiquei chocado. Chocado porque era muito simples. Era exatamente a que eu aderia, e a mesma para qual eu retornei quando houve um excesso de informações sobre dieta chegando até mim.

Durante anos e anos, achei que a dieta era uma idéia muito simples. Você encontra o total de calorias necessárias pra ganhar, manter ou perder peso, acerta os requisitos de proteína e gordura, completa o que sobrar de calorias com carboidratos, e aí está a sua "dieta". Isto é exatamente o que Dorian Yates fez durante os anos em que ele estava ganhando o Mr. Olympia.
Ele simplesmente reduziu as calorias ao longo do tempo, de 6000 para 3500 por dia, e ficou trincado até os ossos. É claro que ele fez cardio, treinou, e etc mas, sua estratégia de dieta era muito simples. No entanto, as pessoas vão te dizer que não é tão simples assim, e que funcionou para ele, mas não funcionará para a maioria. Isso porque há uma nova dieta cheia de "ciência" a cada semana no mercado, e então funciona porque é muito mais eficiente em sua abordagem, do que a simplicidade de "contar calorias". Afinal, você não precisa de um diploma em ciência nutricional para usar uma calculadora on-line e descobrir isso. 
Sendo assim, algo tão simples certamente não pode funcionar. Isso significaria que as pessoas poderiam sentar e planejar uma dieta por conta própria, tornando obsoletos os nutricionistas. Pior ainda, é que alguns nutricionistas e treinadores que usam métodos tão simples e factíveis, são muitas vezes questionados porque não parece suficientemente complexo. Parece que para secar ou crescer tem que haver algum método louco envolvido, o qual as pessoas não possam entender por conta própria.
 
Quando eu e Ernie estávamos explicando sobre off-season e picos para a competição, todos ficaram surpresos com o quão simples era planejar isso, desde que aderisse a algumas regras básicas sobre o planejamento.

1. Deixe seu ego na porta. Não planeje seu ciclo de treinamento em torno de objetivos irrealistas.
2. Não falhe e nem "grinde" nenhuma repetição no treino. *Grinding: uma repetição lenta, instável, feita na cagada com esforço maximo, altamente desgastante.
 
Simples. E funciona.

[Image: rogue-elephant-bar-arnold-strongman-clas...adlift.jpg]
 
E a simplicidade realmente se tornou uma arte perdida no treinamento e na dieta. Ela não é atraente ou sofisticada, então as pessoas sempre choramingam dizendo que "esse cara não está escrevendo nada novo e não tem nada original para dizer".
Eu poderia inventar algum esquema pinto louco de treinamento e dieta, e usar todos os tipos de estudos extravagantes da moda e manipulá-los, e acho que poderia ser uma grande mania. Mas no final, como um monte de modinhas que vem e vão, isso seria visto como tal, e estaria longe daquilo que funciona, que é o que as pessoas deveriam estar fazendo.
 
Eu acho que é difícil para as pessoas aceitarem isso. Pra ficar trincado você provavelmente terá que comer frango e brócolis, e pra ficar forte provavelmente vai levar muito mais tempo do que imagina, e você vai ter que treinar os básicos de novo, e de novo, e de novo... Eu poderia me sentar aqui e escrever todas as dietas e treinos complexas e modinhas que surgiram ao longo dos anos, e mostrar que eles não duraram ou não têm qualquer sustentabilidade, mas isso seria um desperdício do meu tempo. Eu literalmente tive que argumentar com as pessoas, quanto a fazer mais repetições ter benefícios muito maiores para a hipertrofia, do que treinar só com reps baixas. Não importa que tenha sido provado por décadas e décadas, e que existem muitos estudos que mostram que é muito mais eficiente.
 
" Não, você pode ter o mesmo grau de hipertrofia fazendo reps baixas".

Você pode até ter, mas na melhor das hipóteses é terrivelmente ineficiente, e na pior das hipóteses é incrivelmente idiota.

E pra todos esses papos dessas pessoas que "entendem" o que funciona e não, muitas vezes vejo esses sistemas muito complexos e dinâmicos aparecerem, e as pessoas ficarem loucas por eles, então depois de um tempo eles caem, e aí todos percebem que eles não têm mérito. 
Então eles caem nessa de novo depois de algum tempo, quando uma nova moda aparece. Meu palpite é que essas são as mesmas pessoas que gastam dinheiro em roupas e cortes de cabelo da moda, fazem tatuagens de braceletes tribais e cultivam barba apenas porque acham que a cultura da barba (pra maioria é acessório de moda, hoje) é incrível.
 
Lembro-me de uma conversa há alguns anos, onde um cara me disse que os indivíduos com boa genética poderiam evoluir com apenas o básico, porque era tudo o que precisavam. Mas que as pessoas que não fossem dotadas de boa genética precisariam treinar de forma mais complexa para chegar a esse nível.
Isso não faz o menor sentido para mim. Então, por que os caras naturalmente dotados de boa genética também não treinam de tal maneira complexa ja que é melhor? Isso não os tornaria ainda mais elite? Tal como elite da elite. Isso faz algum sentido?
Eu acho que parte disso cai na síndrome do floquinho de neve especial. Ou seja, se um cara não é elite, não está competindo em alto nível, ou não está tendo ganhos massivos no seu programa de treinos, então deve ser porque o treino é falho. Não deve ser porque geneticamente ele pode ser mais inferior do que alguém. A mãe dele disse que ele é especial, então deve ser verdade.
 
E tal como eu abri no artigo, mesmo os flocos de neve especiais, os que são geneticamente elite, descobriram que onde frequentemente erravam era quando eles se desviavam do básico, do simples, e tornaram as coisas muito mais complicadas do que deveriam ser. Então, se a elite não se beneficiar da modinha complexa, você também não irá. 
"IT'S ALL ABOUT WORKING BODY, MIND AND SOUL" 

"Todo mundo tem um plano....Até tomar o primeiro soco"  M. Tyson
Responda-o
#2
ótimo tópico @bill.

(12-11-2017, 08:34 PM)Bill Kazmaier Escreveu: "Todas as vezes que eu saí do simples progredi cada vez menos"

Eu cheguei a rir sozinho aqui quando li essa parte, na verdade brutal dessa frase que evidencia algo tão simples. Toda vez que eu tentei treinos extravagantes, estagnei. Eu estava dando uma lida sobre como eram as metodologias de caras da época de ouro do fisioculturismo, inclusive do Dorian Yates, e sua variação do HIT (sim, com um "i" apenas, paspalhos) do Arthur Jones e a sua simplicidade que chega a ser cômica. COmo um cara daquele porte usava ukma coisa tão simples? não pode ser verdade Gargalhada O cara que revolucionou o fisiculturismo usava um treino estupidamente simples, mas insano ao limite da sanidade humana. E esse que é o diferencial, a sua dureza mentar de suportar a dor e desconforto. 

E esse treinos da moda são na verdade maneiras do bro médio fugir do trabalho duro e se convencer que está fazendo um bom progresso, mesmo sem se esforçar de verdade, pq a "ciência" (seja lá o que isso signifique) diz que ele está no caminho certo. 

O que me deu mais resultados foi a alta frequência de treino, exercícios básicos e pesados. Ponto final. As pessoas não precisam de muito mais que isso.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#3
Sensacional...

Eu mesmo me peguei a tempos atrás, mensurando TUDO e não fazendo NADA!

Veio a calhar, grande tópico.
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#4
Excelente tópico. Bem esclarecedor.
Esses dias no ginásio chegou um dito-cujo com umas ideias mirabolantes de treinos, e altas ciências, tentando convencer geral de que estava certo (parecendo um político do PSTU querendo fazer você acreditar que o comunismo é legal).
No meio do assunto do paspalho, eu pensei: "Caralho mano, nos anos 60/70/80 nem tinha essas coisas, esse tanto de "técnica e ciência" e mesmo assim os bichos cresciam pra cacete." Por fim eu disse "pois é" e fui mandar um supino.
Bom saber que a lógica estava no caminho certo.
Todo mapeamento começa na visualização e compreensão do espaço, dentro da mente. Tal arte, se dominada, pode trazer muitos frutos positivos. 
Responda-o
#5
O incrível é que isso serve para tudo. Por mais que pesquisemos incansavelmente por algo melhor no que estamos fazendo, tudo nos leva a simplicidade.
A nova moda é pesquisar o que fazer para tudo (confesso que participei dessa moda), quando a questão são os estudos nos perdemos assistindo vídeos por horas tentando encontrar a metodologia perfeita, com a musculação ficamos procurando por novos exercícios, com a alimentação, vídeos de novas dietas, e essa busca por algo perfeito pra começar algo é uma estupidez que nos faz escravos da procrastinação. Quer estudar? Abre o livro, assiste um vídeo, dê o pontapé inicial, quer fazer musculação? os exercícios compostos básicos dão os melhores resultados, quer hipertrofia ou emagrecer? Ovos e carnes e o entendimento básico de que menos caloria do que se gasta no dia a dia para emagrecer e mais calorias para ganhar massa muscular. É fazer o simples e descobrir o que funciona e o que não funciona, ao invés de ficar procurando o caminho perfeito da boca de quem passou por esse mesmo processo de descobrir o que é e o que não é benéfico.
Responda-o
#6
(13-11-2017, 07:52 AM)Héracles Escreveu: ótimo tópico @bill.

(12-11-2017, 08:34 PM)Bill Kazmaier Escreveu: "Todas as vezes que eu saí do simples progredi cada vez menos"

Eu cheguei a rir sozinho aqui quando li essa parte, na verdade brutal dessa frase que evidencia algo tão simples. Toda vez que eu tentei treinos extravagantes, estagnei. Eu estava dando uma lida sobre como eram as metodologias de caras da época de ouro do fisioculturismo, inclusive do Dorian Yates, e sua variação do HIT (sim, com um "i" apenas, paspalhos) do Arthur Jones e a sua simplicidade que chega a ser cômica. COmo um cara daquele porte usava ukma coisa tão simples? não pode ser verdade Gargalhada O cara que revolucionou o fisiculturismo usava um treino estupidamente simples, mas insano ao limite da sanidade humana. E esse que é o diferencial, a sua dureza mentar de suportar a dor e desconforto. 

E esse treinos da moda são na verdade maneiras do bro médio fugir do trabalho duro e se convencer que está fazendo um bom progresso, mesmo sem se esforçar de verdade, pq a "ciência" (seja lá o que isso signifique) diz que ele está no caminho certo. 

O que me deu mais resultados foi a alta frequência de treino, exercícios básicos e pesados. Ponto final. As pessoas não precisam de muito mais que isso.

As bonecas que buscam a lei do menor esforço. Encontram essas muletas e se escoram na insignificância. Ficam na zoninha de conforto rosa enquanto sustentam com pesquisas cientificas a falta de masculinidade e sangue nos olhos.

Alta frequência é a lei. Mas pra treinar assim é preciso se conhecer e ter algum condicionamento. Esses bonobos de internet nem ao menos imaginam ser possível algo que saia de seus treininhos ABC, ABCD e não sei o que...Se o cara falar que treina o mesmo músculo 10-15 vezes por semana vai ser algo absurdo e devastador, pois está intergalaticamente fora da bolha em que se encontram. Eles também não sabem que PEDREIROS "treinam" os musculos numa frequencia alta assim durante o trabalho, e tem um shape melhor (e força nem se fala) do que eles que vão na SmartFit com a toalhinha do Ben10 e garrafinha do Bob spuma.

(13-11-2017, 09:30 AM)Bandeirante Paulista Escreveu: Sensacional...

Eu mesmo me peguei a tempos atrás, mensurando TUDO e não fazendo NADA!

Veio a calhar, grande tópico.

No começo eu também ficava teorizando bastante. Mas a realidade é totalmente diferente.

(13-11-2017, 10:00 PM)Geoman Escreveu: Excelente tópico. Bem esclarecedor.
Esses dias no ginásio chegou um dito-cujo com umas ideias mirabolantes de treinos, e altas ciências, tentando convencer geral de que estava certo (parecendo um político do PSTU querendo fazer você acreditar que o comunismo é legal).
No meio do assunto do paspalho, eu pensei: "Caralho mano, nos anos 60/70/80 nem tinha essas coisas, esse tanto de "técnica e ciência" e mesmo assim os bichos cresciam pra cacete." Por fim eu disse "pois é"  e fui mandar um supino.
Bom saber que a lógica estava no caminho certo.

Quando o orangotango especulador sente necessidade de cagar regras é porque é totalmente inseguro e frágil, então precisa tentar fazer os outros acreditarem em algo que não apresenta nenhum resultado pratico, mas por algum motivo ele se identifica com aquilo, e defende como sua "auto-imagem". O negócio é nem ficar discutindo mesmo, isso é só perda de tempo. Tempo que gastaríamos com evolução...

(13-11-2017, 11:43 PM)Daredevil Escreveu: O incrível é que isso serve para tudo. Por mais que pesquisemos incansavelmente por algo melhor no que estamos fazendo, tudo nos leva a simplicidade.
A nova moda é pesquisar o que fazer para tudo (confesso que participei dessa moda), quando a questão são os estudos nos perdemos assistindo vídeos por horas tentando encontrar a metodologia perfeita, com a musculação ficamos procurando por novos exercícios, com a alimentação, vídeos de novas dietas, e essa busca por algo perfeito pra começar algo é uma estupidez que nos faz escravos da procrastinação. Quer estudar? Abre o livro, assiste um vídeo, dê o pontapé inicial, quer fazer musculação? os exercícios compostos básicos dão os melhores resultados, quer hipertrofia ou emagrecer? Ovos e carnes e o entendimento básico de que menos caloria do que se gasta no dia a dia para emagrecer e mais calorias para ganhar massa muscular. É fazer o simples e descobrir o que funciona e o que não funciona, ao invés de ficar procurando o caminho perfeito da boca de quem passou por esse mesmo processo de descobrir o que é e o que não é benéfico.


Sem duvidas...Serve pra qualquer coisa na vida.
"IT'S ALL ABOUT WORKING BODY, MIND AND SOUL" 

"Todo mundo tem um plano....Até tomar o primeiro soco"  M. Tyson
Responda-o
#7
Paul Carter tem ótimos textos.

Não é atoa que o básico se chama "básico". Domine o básico que você saberá o que e onde fazer extravagâncias. Mas hoje em dia a tendência é começar pelo fim. Nego não sabe nem agachar perto de algo que poderia ser considerado decente, mas conhece tudo do WOD do momento realizado por todas as celebridades cool vibes

Na maioria das vezes, complexidade de mais no treino e dieta (que conforme eu já disse é superestimada ao extremo pela mídia fit) é apenas uma cortina de fumaça para o sujeito se auto-justificar em não fazer o trabalho duro, monótono e constante que sempre será necessário fazer para chegar em algum lugar de destaque. A famosa síndrome da pílula mágica.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#8
Up
"Apego corporal, desapego emocional"
Pragaklan 
Responda-o
#9
Paguei um coach para fazer minha dieta e treino, to seguindo e obtive avanços
Responda-o
#10
(21-08-2019, 09:36 PM)Scant Escreveu: Paguei um coach  para fazer minha dieta e treino, to seguindo e obtive avanços

conte mais sobre isso em seu blog Scant.
Um abraço.
"Só vira e me beija" (Annihilator, Machado)

"Fui sorrateiramente cochando o ar com movimentos ritmados até entrar na sala onde o pessoal jogava truco..."(Annihilator, Machado)
Responda-o
#11
Respondendo novamente esse tópico. Pesquisem, o Ronnie Coleman, maior aberração da história do fisiculturismo fazia um treino básico do caralho focado em exercícios compostos. Detalhe: ele praticamente não mudava os exercícios. Outro detalhe: não tinha biset, triset, "ponto zero', ou qualquer técnica da moda, era apenas supino com a maior carga possível, ou mantendo a carga e aumentando o número de repetições a cada treino.
Responda-o
#12
Baita texto, diga-se de passagem.

Nos treinos eu sempre prezo por aquela máxima: menos é mais.
E o que mais vejo são mongolóides fazendo bisets, trisets, 350 exercícios isoladores e cheios de ar no peito, como se fossem sucessores do Coleman e treinados por Mark Rippetoe.

Todo dia aprendo um exercício novo na academia que treino. Verdadeiras acrobacias que mais parecem movimentos de artista circense.

Não tem outro jeito, tem que treinar pesado. Supino, agachamento, terra, barra fixa.
Não há como não construir músculos fazendo esses exercícios. Depois é só complementar.
Responda-o
#13
(22-08-2019, 10:09 AM)hjr_10 Escreveu: Baita texto, diga-se de passagem.

Nos treinos eu sempre prezo por aquela máxima: menos é mais.
E o que mais vejo são mongolóides fazendo bisets, trisets, 350 exercícios isoladores e cheios de ar no peito, como se fossem sucessores do Coleman e treinados por Mark Rippetoe.

Todo dia aprendo um exercício novo na academia que treino. Verdadeiras acrobacias que mais parecem movimentos de artista circense.

Não tem outro jeito, tem que treinar pesado. Supino, agachamento, terra, barra fixa.
Não há como não construir músculos fazendo esses exercícios. Depois é só complementar.



"Levar os homens à verdade é o maior benefício que se pode prestar aos outros." 

-São Tomás de Aquino
Responda-o
#14
Esse cara não é humano.
Uma verdadeira lenda viva do fisiculturismo.
Responda-o
#15
Já estou no aguardo para saber quem vai vir aqui dizer que:

"é por isso que ele está de cadeiras de roda hoje. treino muito pesado faz mal"
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#16
Minha dúvida sobre resultados é o seguinte:

Eu vejo e isso todo mundo me fala: Eu treino e tudo mais, consigo um resultado com um trabalho, mas chega uma hora que o negócio dá uma estagnada. E isso é visível, você não cresce de jeito nenhum.

Daí em diante o povo fala que tem que tomar isso, tomar aquilo, eu nunca sei se é algo de maluco querendo me passar a perna ou se é real mesmo.
The absence of virtue is claimed by despair






Responda-o
#17
(22-08-2019, 11:24 AM)Héracles Escreveu: Já estou no aguardo para saber quem vai vir aqui dizer que:

"é por isso que ele está de cadeiras de roda hoje. treino muito pesado faz mal"

Pior é na minha academia, que tem um histórico forte de fisiculturismo, virem com esses papinhos ai.

Fiz um terra com 140kg e já veio instrutor com o papo de lordose, que tem que usar proteção e o cacete...

Mais fácil algum deles que nem sequer trabalham a lombar ficarem com algum problema.

É de cair o cu da bunda, não existe mais lugar pra treinar em paz longe desses modismos.
Pois os lábios da mulher imoral são doces como mel,
e sua boca é mais suave que azeite.
No fim, porém, ela é amarga como veneno
afiada como uma espada de dois gumes.
Seus pés descem para a morte;
seus passos conduzem direto à sepultura.

Provérbios 5
Responda-o
#18
(22-08-2019, 11:32 AM)Awaken Escreveu: eu nunca sei se é algo de maluco querendo me passar a perna ou se é real mesmo.

A estagnação ou "platô" é algo real sim, e vai acontecer com todo mundo uma ora ou outra e inclusive é uma coisa cíclica. É justamente onde muitos desistem pq não veem mais os resultados relativamente rápidos do começo. O resultado "fácil" para e a empolgação se vai. Aqui é onde começa as bizarrices, os caras escrotos, as lesões graves, as idiotices extravagantes e potencialmente ineficientes, os ciclos de bomba em doses cavalares e sem fundamentos e todo tipo de merda que acontece nesse meio. Pq os caras querem resultados rápidos e não conseguem conviver com a ideia que pararam a "evolução", ai se desesperam e caem em todo tipo de lorota e fazem qualquer negócio para meter o xape. "veja bem fella, você não cresce mais pq o angulo do seu braço não está perfeitamente a 90º no pico de contração da puta que te paril, e você não utiliza nenhuma técnica de intensidade fodástica desenvolvida pelos phD´s do bodybuilding.com"...

A realidade é que no treinamento, assim como na dieta, existe um período que alguns chamam de "período negro". É durante essa faze que "se separa o joio e do trigo", e que vai definir quem terá ou não terá sucesso no treino com pesos. E não, não é nos 6 primeiros meses ou no primeiro ano como vocês já devem ter ouvido falar por aí por instrutores cagalhões que mal sabem fazer uma rosca direta. Eu sei que talvez ler isso magoe e desanime muita gente mas 6 meses-1 ano de treino não significam praticamente nada, talvez uma leve adaptação apenas, principalmente se considerarmos que a maioria treina no máximo umas 3hrs por semana, a maior parte delas fazendo coisas inúteis. Se alguém falar  que "você atingiu o seu limite natural" dentro desse espaço de tempo, por favor, faça um bem pra humanidade e atire um tijolo na cara desse infeliz. E se você mesmo acredita nisso, eu sinto lhe informar mas vc tem sérios problemas mentais... mas voltando ao foco do assunto ...

A questão é que dizem por aí que a musculação é o esporte mais filho da puta que existe por causa desse período (na verdade QUALQUER ESPORTE é assim, mas vamos deixar as coisas básicas). Você vai ficar meses, talvez anos - se não colocar a sua cabeça no lugar sobre treinar de verdade - indo treinar com frequência, dando seus esforços genuínos, lendo sobre dieta, lendo sobre treino, gastando dinheiro com suplementos e seja lá qual outro tipo de merda dispendiosa, suando seu traseiro por horas a fio toda a semana e contando para todo mundo sobre o quão dedicado você é, vai perder noites de sono planejando e buscando alternativas para o seu treino, vai errar muito, acertar pouco, ouvir mais criticas do que elogios sobre o quanto você treina e parece que está cada vez pior e mais magro, vai se sentir mal ao ver que qualquer iniciante bundão pega quase os mesmos pesos que vc, vai se surpreender ao perceber que aparentemente a cada semana que passa está mais fraco, e mais um monte de coisas legais nesse processo... E REALMENTE NÃO VAI VER PROGRESSO EXPRESSIVO NENHUM! É triste? claro que é, mas por isso o treino físico é um treino mental em primeiríssimo lugar, não é só pela dor na hr do treino mas por todos esses poréns e muito mais. 

Reforçando que isso não acontecerá nos primeiros meses, mas depois da alguns anos quando você já tem a certeza que treina.

E é justamente aí que separamos os meninos que só querem o xeipi pro carnaval dos homens, pq os homens vão continuar fazendo essa merda, todo santo dia, mesmo sem notar resultado nenhum. Vão aos poucos, nesse processo extremamente doloroso e frustrante principalmente para o nosso ego, aprendendo com os erros e fortalecendo  a força de vontade e tenacidade. Talvez vcs estejam se perguntando se eu que já treino a 11 anos já passei por isso muitas vezes... o que eu posso dizer sem exagerar é que já perdi as contas de quantas vezes isso já aconteceu, uma delas bem recente inclusive e agravado pelo fato de eu usar drogas, mas o que fiz? Vim num fórum chorar em como a minha vida não é fácil como dos atletas do instagram por isso não cresço? 

Continuei treinando pq o único segredo real que existe nessa porra é a CONSISTÊNCIA. 

Todas as outras respostas vem com o tempo pq cada organismo é diferente, não existe uma fórmula pronta para todos. Se te oferecerem o treino milagroso, ou a dieta ou a droga milagrosa, esqueça, é furada.

Isso nos leva a outras duas questões: a primeira é sobre ter a cabeça no lugar sobre treino e a segunda é se todo mundo é diferente, pq todos devem fazer o básico?

1- o período negro é real, mesmo para os caras mais determinados e que realmente sabem treinar. Porém existe o bro que vai anos e mais anos e mais anos a fio e não evolui em nada. Há uma diferença entre ambos e na verdade eu não sei explicar bem como funciona, mas quando você está fazendo o que é preciso alguma coisa lá na sua cabeça vai te dizer isso. Todo mundo aqui conhece aquela sensação de frustração auto-indulgente que não admitimos a ninguém mas sentimos quando não fazemos algo que sabemos que deveríamos ter feito. Quando vc treina com vontade de verdade e está no período negro, isso não acontece, eu garanto, de alguma forma você sabe que isso é o que precisa ser feito mesmo sem perceber uma melhora imediata. Já quando vc treina cagado, prestando mais atenção no celular do que nas suas repetições, dia a pós dia, lá no fundo vc sente e sabe que é um merda, mas seu ego fará vc achar uma desculpa qualquer ou inventar uma lesão para você desistir ou usar drogas. As pessoas que te disseram que vc, @awa, só cresce com bomba, estão nessa faze.

Outra coisa importante aqui é se você é novato (2 anos ou menos de treino) e está praticamente igual de quando começou, você precisa rever seus conceitos sobre esforço e sobre treino. Esse platô não é comum em iniciantes e só acontece quando você está fazendo um trabalho de merda ou está superestimando o seu "potencial" e desprezando os seus resultados. Você não vai ficar ao Roniie Collemam em 1 ano, eu prometo.

2- alguns padrões de movimento e funcionamento biológico são universais na espécie humana, os exercícios básicos com alta resistência - que não foram descobertos na era moderna por mais que você e seu instrutor não acreditem - são alguns exemplos disso. Por isso todos terão benefícios ao fazerem, e terão uma estrutura mais sólida para inventar qualquer tipo de macaquice potencialmente lesionante no futuro, tipo o crossfit (Yaoming). Pq tem tanto bro por aí que se machuca fácil? Qualquer merda de dor é lesão? pq querem inventar moda para sair do platô, ou pegar mais peso do que realmente estão preparados, mais uma vez, pelo desespero do platô, não aprendem o básico e principalmente não enfrentaram como homens esse período miserável, não desenvolveram uma estrutura e se fodem inteiros, e precisam achar alguma desculpa urgente.

O básico é o que funciona, e precisa der feito por ANOS COM CONSISTÊNCIA E ESFORÇO REAL. REPETINDO, ANOS!!!! 

Então resumindo a porra toda, o simples não é atraente, nem fácil, mas funciona.

PS: A RESPOSTA FICOU MAIOR DO QUE EU ESPERAVA MAS FODA-SE
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#19
Aquilo que é "complexo" com suas várias etapas, métodos e técnicas atrai o indivíduo porque ele pensa "ora bolas, se tem toda essa teoria, deve estar certo!". Infelizmente vivemos numa sociedade que relaciona o simples com pobre.

Estou terminando minha faculdade na área de exatas, e após 4 anos no mundo acadêmico é exatamente isso que vejo todo dia: gente pra todo lado punhetando sobre qual a melhor maneira de fazer isso, qual a melhor maneira de executar aquilo... mas no fim ninguém realizando nada. E pior, recebendo grana pra isso.

No final da contas, nada substitui a práxis e as respostas do mundo real.
Responda-o
#20
(22-08-2019, 02:02 PM)Héracles Escreveu:
(22-08-2019, 11:32 AM)Awaken Escreveu: eu nunca sei se é algo de maluco querendo me passar a perna ou se é real mesmo.

A estagnação ou "platô" é algo real sim, e vai acontecer com todo mundo uma ora ou outra e inclusive é uma coisa cíclica. É justamente onde muitos desistem pq não veem mais os resultados relativamente rápidos do começo. O resultado "fácil" para e a empolgação se vai. Aqui é onde começa as bizarrices, os caras escrotos, as lesões graves, as idiotices extravagantes e potencialmente ineficientes, os ciclos de bomba em doses cavalares e sem fundamentos e todo tipo de merda que acontece nesse meio. Pq os caras querem resultados rápidos e não conseguem conviver com a ideia que pararam a "evolução", ai se desesperam e caem em todo tipo de lorota e fazem qualquer negócio para meter o xape. "veja bem fella, você não cresce mais pq o angulo do seu braço não está perfeitamente a 90º no pico de contração da puta que te paril, e você não utiliza nenhuma técnica de intensidade fodástica desenvolvida pelos phD´s do bodybuilding.com"...

A realidade é que no treinamento, assim como na dieta, existe um período que alguns chamam de "período negro". É durante essa faze que "se separa o joio e do trigo", e que vai definir quem terá ou não terá sucesso no treino com pesos. E não, não é nos 6 primeiros meses ou no primeiro ano como vocês já devem ter ouvido falar por aí por instrutores cagalhões que mal sabem fazer uma rosca direta. Eu sei que talvez ler isso magoe e desanime muita gente mas 6 meses-1 ano de treino não significam praticamente nada, talvez uma leve adaptação apenas, principalmente se considerarmos que a maioria treina no máximo umas 3hrs por semana, a maior parte delas fazendo coisas inúteis. Se alguém falar  que "você atingiu o seu limite natural" dentro desse espaço de tempo, por favor, faça um bem pra humanidade e atire um tijolo na cara desse infeliz. E se você mesmo acredita nisso, eu sinto lhe informar mas vc tem sérios problemas mentais... mas voltando ao foco do assunto ...

A questão é que dizem por aí que a musculação é o esporte mais filho da puta que existe por causa desse período (na verdade QUALQUER ESPORTE é assim, mas vamos deixar as coisas básicas). Você vai ficar meses, talvez anos - se não colocar a sua cabeça no lugar sobre treinar de verdade - indo treinar com frequência, dando seus esforços genuínos, lendo sobre dieta, lendo sobre treino, gastando dinheiro com suplementos e seja lá qual outro tipo de merda dispendiosa, suando seu traseiro por horas a fio toda a semana e contando para todo mundo sobre o quão dedicado você é, vai perder noites de sono planejando e buscando alternativas para o seu treino, vai errar muito, acertar pouco, ouvir mais criticas do que elogios sobre o quanto você treina e parece que está cada vez pior e mais magro, vai se sentir mal ao ver que qualquer iniciante bundão pega quase os mesmos pesos que vc, vai se surpreender ao perceber que aparentemente a cada semana que passa está mais fraco, e mais um monte de coisas legais nesse processo... E REALMENTE NÃO VAI VER PROGRESSO EXPRESSIVO NENHUM! É triste? claro que é, mas por isso o treino físico é um treino mental em primeiríssimo lugar, não é só pela dor na hr do treino mas por todos esses poréns e muito mais. 

Reforçando que isso não acontecerá nos primeiros meses, mas depois da alguns anos quando você já tem a certeza que treina.

E é justamente aí que separamos os meninos que só querem o xeipi pro carnaval dos homens, pq os homens vão continuar fazendo essa merda, todo santo dia, mesmo sem notar resultado nenhum. Vão aos poucos, nesse processo extremamente doloroso e frustrante principalmente para o nosso ego, aprendendo com os erros e fortalecendo  a força de vontade e tenacidade. Talvez vcs estejam se perguntando se eu que já treino a 11 anos já passei por isso muitas vezes... o que eu posso dizer sem exagerar é que já perdi as contas de quantas vezes isso já aconteceu, uma delas bem recente inclusive e agravado pelo fato de eu usar drogas, mas o que fiz? Vim num fórum chorar em como a minha vida não é fácil como dos atletas do instagram por isso não cresço? 

Continuei treinando pq o único segredo real que existe nessa porra é a CONSISTÊNCIA. 

Todas as outras respostas vem com o tempo pq cada organismo é diferente, não existe uma fórmula pronta para todos. Se te oferecerem o treino milagroso, ou a dieta ou a droga milagrosa, esqueça, é furada.

Isso nos leva a outras duas questões: a primeira é sobre ter a cabeça no lugar sobre treino e a segunda é se todo mundo é diferente, pq todos devem fazer o básico?

1- o período negro é real, mesmo para os caras mais determinados e que realmente sabem treinar. Porém existe o bro que vai anos e mais anos e mais anos a fio e não evolui em nada. Há uma diferença entre ambos e na verdade eu não sei explicar bem como funciona, mas quando você está fazendo o que é preciso alguma coisa lá na sua cabeça vai te dizer isso. Todo mundo aqui conhece aquela sensação de frustração auto-indulgente que não admitimos a ninguém mas sentimos quando não fazemos algo que sabemos que deveríamos ter feito. Quando vc treina com vontade de verdade e está no período negro, isso não acontece, eu garanto, de alguma forma você sabe que isso é o que precisa ser feito mesmo sem perceber uma melhora imediata. Já quando vc treina cagado, prestando mais atenção no celular do que nas suas repetições, dia a pós dia, lá no fundo vc sente e sabe que é um merda, mas seu ego fará vc achar uma desculpa qualquer ou inventar uma lesão para você desistir ou usar drogas. As pessoas que te disseram que vc, @awa, só cresce com bomba, estão nessa faze.

Outra coisa importante aqui é se você é novato (2 anos ou menos de treino) e está praticamente igual de quando começou, você precisa rever seus conceitos sobre esforço e sobre treino. Esse platô não é comum em iniciantes e só acontece quando você está fazendo um trabalho de merda ou está superestimando o seu "potencial" e desprezando os seus resultados. Você não vai ficar ao Roniie Collemam em 1 ano, eu prometo.

2- alguns padrões de movimento e funcionamento biológico são universais na espécie humana, os exercícios básicos com alta resistência - que não foram descobertos na era moderna por mais que você e seu instrutor não acreditem - são alguns exemplos disso. Por isso todos terão benefícios ao fazerem, e terão uma estrutura mais sólida para inventar qualquer tipo de macaquice potencialmente lesionante no futuro, tipo o crossfit (Yaoming). Pq tem tanto bro por aí que se machuca fácil? Qualquer merda de dor é lesão? pq querem inventar moda para sair do platô, ou pegar mais peso do que realmente estão preparados, mais uma vez, pelo desespero do platô, não aprendem o básico e principalmente não enfrentaram como homens esse período miserável, não desenvolveram uma estrutura e se fodem inteiros,  e precisam achar alguma desculpa urgente.

O básico é o que funciona, e precisa der feito por ANOS COM CONSISTÊNCIA E ESFORÇO REAL. REPETINDO, ANOS!!!! 

Então resumindo a porra toda, o simples não é atraente, nem fácil, mas funciona.

PS: A RESPOSTA FICOU MAIOR DO QUE EU ESPERAVA MAS FODA-SE

Caralho, vou ter que ler na ida pra casa.. Aguenta aí, parceiro kkkkkkkkk
The absence of virtue is claimed by despair






Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  O Simples não é atraente, mas Funciona DIO 3 437 21-08-2019, 03:16 PM
Última Postagem: Gângster

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 2 Visitante(s)