Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Mais considerações sobre a Testosterona - PT 1
#1
Bem, eu havia comentado em alguns posts no passado que eu tinha a vontade de começar a usar recursos ergogênicos (bomba), seja pela influencia da minha filosofia de vida, seja pela melhoria da performance nos treinos. Eis que a algum tempo atrás eu concretizei essa vontade e agora tenho um respaldo melhor e mais confiável para falar sobre isso aqui no blog mais viril da internet. Pq uma coisa que me irrita e muito nesse meio relacionado ao aprimoramento físico é o sujeito que gosta de cagar regra e falar sobre coisas que nunca fez e nem experimentou. Como eu não sou o dono da verdade e estou aprendendo ainda, eu não vou ficar aqui relatando minuciosamente sobre quais dosagens que eu usei, e absolutamente tudo que foi usado, talvez de uma forma genéria. Até pq isso seria anti-ético e irresponsável da minha parte. Se quer descobrir como as coisas funcionam, pare de ser cagão e descubra colocando sua pele no jogo, pq caso não tenha percebido ainda, essa é a ideia que eu sempre tentei transmitir aqui no blog, ou me pague que eu te conto como fazer. Informação é o que move o mundo, e não deverá ser desperdiçada com idiotas.

[Image: kelsi-monroe-big-ass-fucked-on-tushy-001.jpg]

Imagem ilustrativa para aumento de T do leitor



Mas antes de falar da minha experiência pessoal, eu gostaria de pontuar algumas considerações do pq eu fiz isso, e do pq vc que está lendo deveria fazer também. Esse é um assunto que eu venho abordando desdo o primeiro post do blog, e acho que todos que leem aqui já estão convencidos que um homem com testosterona baixa não é nada, e que a vida moderna acaba, num primeiro momento, suprimindo e diminuindo muito a necessidade do nosso organismo em produzi-lá. Correndo o risco de parecer redundante e falar "mais do mesmo", é preciso lembrar que os níveis séricos de testosterona vem caindo vertiginosamente de geração a geração. Nossos avós tinham algo em torno de 50% a mais testosterona que nós se equipararmos as idades. Isso é, ou deveria ser, realmente muito preocupante. Mas a OMS e o doutor Drauzio nunca fizeram campanha nenhuma na tv, alentando o micareteiro médio sobre os malefícios de níveis baixos de T e qual a amplitude de problemas nas mais diversas áreas que essa condição pode acarretar, afetando nossas vidas de uma maneira muito direta. Se por um acaso um fulaninho com baixa T decidir entrar em um tratamento para solucionar esse problema, provavelmente ele será, primeiramente, diagnosticado das mais diversas coisas, menos hipogonadismo e se continuar com essa decisão, será ostracizado e visto com maus olhos pela sociedade civil organizada. Hoje ter T é praticamente um crime. Tanto é verdade que a comercialização de hormônios masculinos é crime, dá cadeia, enquanto que em qualquer farmácia vc encontra hormônio feminino a preço de banana, e esse abuso incentivado pelo establishment de saúde vem fomentando a epidemia de câncer nas mulheres. Mas isso ninguém conta. Por que?

Vamos começar entendendo que o que é considerável saudável no que diz respeito aos níveis de T é uma margem muito ampla, algo entre 200-700 ng/dL. Ou seja, se o sujeito for ao médico se queixando de fadiga, desânimo e perda de libido, e os exames dele indicarem algo em torno de 300-400 ng/dL (que é o nível médio e bastante baixo) ele estará dentro da faixa "aceitável". Fora que os valores de referência são reduzidos a cada geração, lembrando mais uma vez que nada se fala sobre isso em lugar nenhum. Cada vez mais a linha de base do nível de T está mais baixa e ninguém te contou. Mas eu estou aqui para te ajudar, paspalho. Vc vai no dotor e sai de lá achando que está tudo OK com seus hormônios, que o seu problema é psicológico, mas não, vc não passa de um saco de merda sem virilidade. Daqui algumas gerações, ter 100 ng/dL de testo será considerado normal, não duvide.


[Image: Dillion-Harper-brunette-pornstar%25284%2529.jpg]

Imagem ilustrativa para aumento de T do leitor



Obviamente esse declínio maciço no nosso hormônio mais androgênico é um reflexo direto das escolhas que os homens andam fazendo, e o tipo de vida e alimentação que levam. Num ambiente mais hostil e natural, seu organismo se obriga e tem meios de fazer com que a sua T suba, respondendo única e simplesmente ao inato sentido de sobrevivência da espécie. A vida moderna retirou o nosso contato com a natureza e consequentemente o contato com os seus perigos que estimulariam a nossa produção de T. Ganhamos muito com o advento da civilização, mas perdemos coisas importantes, que em outros aspectos menos convencionais e populares, também são importantes. Normalmente somos convencidos que só tivemos avanços, progresso, e evolução, mas isso não é absolutamente verdade. Talvez a coisa toda tenha saído de controle, e se tivéssemos parado no "progresso" a algumas centenas de anos atrás, tudo seria melhor. Não sei, mas essa é uma discussão para outro post.

Um homem que leva uma vida cosmopolita comum, que seja acometido por desânimo, fadiga e uma leve depressão ou ansiedade (situação essa que mais dia, menos dia vai chegar para todos os homens vivendo em cidades) será tratado pelos órgãos de saúde e pelos "profissionais' da área com algum remédio psicotrópico, proibição de comer gordura e nada mais, tornando o sujeito cada vez mais dependente de uma coisa que o deixa-rá ainda mais ausente na realidade. Em pouco tempo, doses maiores, ou um principio ativo ainda mais agressivo será necessário para o alívio dos sintomas e nessa bola de neve o nosso amigo se torna um cara constantemente mais dopado e insatisfeito. Literalmente. Foras os demais efeitos colaterais de psicotrópicos usados por longos períodos de tempo. Porém, esse problema poderia ser muito mais facilmente e eficientemente resolvido com uma simples TRT, administrando alguma testosterona 1x na semana. Caso vcs não saibam, a T age no nosso hipotálamo que é responsável por inúmeras coisas, dentre elas o nosso humor.


[Image: y_Wwzksy.jpg]
Não é só no humor que ficamos melhor

Com T x Sem T


O problema é o que o mongolóide médio pensa que testosterona injetável só serve para o bombado da academia, e os "dotores" não a veem com bons olhos. Ponto final. E ainda tem a mídia, que ajuda a discriminar, supervalorizando, superestimando e exagerando os efeitos colaterais e ostracizando os usuários. Hoje, se eu simplesmente parasse de treinar eu ainda continuaria usando a T, pq é algo que não dá só mais músculos e força, mas melhora vários aspectos da vida de um homem.

Como eu disse acima, informação é o que move o mundo e o grande triunfo dos bons exemplos masculinos foi ter boa informação para aprender a usar o máximo da própria virilidade. Eu tenho informações sobre algumas coisas e estou passando elas por aqui, pq eu gostaria de ter encontrado algo parecido lá no passado, quando eu era mais um efebo sem rumo, sem exemplo, sem nada. O desenvolvimento do homem deve ser tanto físico como mental e psicológico e na base dessa pirâmide do desenvolvimento está a T. Se formos pesquisar, veremos que ela influencia e muito desde a concentração, capacidade de raciocínio a ereções poderosas e tamanho do pênis (é isso mesmo que vc leu, tetinha micropênis). É um pouco do próprio fluido dos deuses. Ela é o combustível base para grandes conquistas, para uma vida mais ativa, saudável e feliz.


[Image: 3915647800000578-3821224-Valdir_Segato_a...686471.jpg]
Isso são os usuários de T para a mídia e para o bostileiro médio. 


Tem um autor que eu não lembro qual que disse, "a masculinidade é antes de tudo uma HABILIDADE". Você pode até nascer homem, gênero masculino (me perdoem pelo machismo, feministas), mas viver no código do homens, exercendo a masculinidade requer habilidade, que carece de muito treino, estudo e informação, e não é qualquer homem que conseguirá desenvolver essa capacidade. Por isso só ter muita T não é o suficiente, pois qualquer um que queira consegue e simplesmente ter T alta não significa que vc será um cara melhor, inclusive são raros os bons exemplos masculinos por aí. Mais importante que a T alta é a informação e conhecimento que vc tem, o treinamento na masculinidade que fará essa a mais T ser utilizada como combustível para vc conseguir coisas boas e ser um exemplo. Ela será uma espécie de plataforma de lançamento, desde que vc esteja posicionado na direção correta. Isso é fácil de perceber ao observar o caminho doentio que a maioria dos homens jovens e velhos, com drogas ou sem drogas trilham, as humilhações que se submetem, as paspalhices que fazem em troca de praticamente nada.

Como qualquer outra habilidade a ser aprimorada, a nossa masculinidade precisa de um agente estressor circundante, que nos obrigue e exerce-lá para conseguirmos escapar da derrota certa, e que faça com que busquemos o primoramento. Trazendo para a nossa realidade, significa ter responsabilidades, ter desafios que te coloquem em ação, e que esses desafios estimulem seus instintos masculinos. Usar T simplesmente para massagear o ego deveria ser proibido. No livro Portões de Fogo, Polynikes, um dos melhores soldados de Esparta, campeão Olímpico, diz o seguinte para os jovens no agoge:

Citação:
"A guerra, não a paz, produz a virtude. A guerra, não a paz, purga o vício. A guerra, e a preparação para a guerra, suscita tudo que é nobre e digno em um homem. Une-o a seus irmãos e os liga em um amor altruísta, erradicando no cadinho da necessidade tudo que é vil e ignóbil. Ali, no moinho sagrado do assassínio, o homem mais vil pode buscar e encontrar essa parte de si mesmo, oculta sob a corrupção, que reluz intensa e virtuosa, digna de honra diante dos deuses. Não despreze a guerra, efebo, nem imagine que a misericórdia e a compaixão sejam virtudes superiores a andreia, à bravura viril."

Vivemos em tempo de paz e é absolutamente compreensível que os homens venham a cada ano que passa se degradando mais e mais, pois não temos pelo que lutar. Não temos um motivo real, e infelizmente, ou felizmente, só o conflito o desafio à morte faz com que o homem seja virtuoso. Entender o real espírito masculino é entender, num primeiro momento que para evoluir como homem é preciso ser desafiado constantemente, nas mais diversas áreas. Lembre-se, masculinidade é uma habilidade que precisa ser treinada, e assumir riscos é a forma de treinar essa habilidade. O desenvolvimento do homem se dá no meio da GUERRA, seja ela metafórica ou literal. Nossas qualidades de abnegação, disciplina, força física e de caráter, e principalmente o sacrifício em prol de algo são desenvolvidas quando se assume responsabilidades e se vive de forma pró ativa. Essa volta filosófica sobre o desenvolvimento do homem se fez necessária pq está atrela completamente ao aumento dos níveis de T. Uma coisa acaba puxando a outra e por isso também, a T é tão importante. Quanto mais sedentário, introvertido, preguiçoso, burro e acomodado vc for, menor será sua T.


Spoiler Revelar
[Image: Keisha-Grey-big-tits-bikini%252812%2529.jpg]

Imagem ilustrativa para aumento de T do leitor



A vida moderna nos livrou de uma infinidade de perigos, porém esses perigos eram o que estimulavam a virtude (mas também a crueldade, é claro), e a testosterona. Sem isso, como sabemos, nossa T vem caindo a cada ano que passa, e aberrações das mais diversas estirpes vem aparecendo no gênero masculino, sejam elas de cunho biológico ou social. Como não podemos fugir dessa realidade, é importante acharmos meio de encontrar comida, coisas e atividades que estimulem o nosso organismo para produzir mais T, pois assim a vida terá mais significado e será menos depressiva. Se simplesmente seguirmos o fluxo, estamos fodidos. Todos aqui do blog estão cansados de saber disso, e uma das alternativas que temos, e que a tecnologia tornou possível, é poder usar o hormônio dos deuses de forma direta com uma certa margem de segurança, desde que se tenha as informações corretas.

Morando em cidades, será extremamente difícil ter níveis aceitáveis de T (algo acima de 700 ng/dL), mesmo comendo as coisas certas e se exercitando com frequência. Pensando nisso, foi que eu decidi finalmente usar T exógena. Eu já pesquiso sobre esse assunto a alguns tempo considerável, treino a 10 anos, trabalho como preparador físico e levo uma vida ativa, mas mesmo assim eu sabia que a minha T jamais estaria num patamar elevado como dos exemplos que temos do passado distante. Fora que a vontade de evoluir, nos treinos e como homem sempre falou mais alto. Eu preferi assumir os riscos e descobrir o que ia acontecer, e até o momento não me arrependo. Agora vamos partir para uma análise um pouco mais prática da coisa toda, lembrando sempre que isso se refere a minha experiência PESSOAL!, não é uma verdade absoluta cravada em pedra. Nesse primeiro post eu não vou falar sobre dosagens e performance, mas gostaria de falar sobre os efeitos fora do treinamento que a T alta me proporcionou que eu acho que fizeram valer ainda mais a pena.


Spoiler Revelar
[Image: Keisha-Grey-hardcore-porn%25283%2529.jpg]

Imagem ilustrativa para aumento de T do leitor




Primeiramente é preciso saber e entender que se vc for fazer as coisas por conta é tudo meio que "undergroud", infelizmente, pq como já sabemos, T é crime nesse país. Vc não vai achar produtos de confiança facilmente, e os médicos não vão te ajudar, a menos que paguem bem caro por um tratamento com eles, que obviamente, sempre será um tratamento super conservador nas dosagens. A maioria é relutante em prescrever T, por isso o ideal seria achar algum que está envolvido no meio esportivo e já abrir o jogo logo de cara, "dotor, eu me sinto um merda e quero usar T, se vc não me ajudar vou procurar outro". Eu aconselhei um aluno meu e procurar um endócrino para ajudar em umas questões relativas aos treinos, e ela preferiu não prescrever T no momento. Eu não vou discutir nem questionar a decisão dela, até pq eu acho que ela foi certa, considerando que esse aluno tem pouco tempo de treino, mas essa será a situação mais comum de se encontrar por aí. Esse ainda é um assunto tabu, por assim dizer.

Como um treinador bem conhecido por aí fala, o pessoal tem preconceito com o marombeiro, acham os caras idiotas, cretinos burros e ignorantes, mas são eles que fazem,  e que colocaram em prática coisas que realmente dão resultado, depois disso é que os estudos e os "especialistas" vem, baseando suas teses e conclusões nesses caras. Como já vimos aqui no blog, é exatamente o que o Taleb explica no seu livro. Por isso a melhor forma de saber como fazer, e como começar seria ter algum marombeiro como "padrinho", é mais ou menos o que eu estou fazendo aqui. Inclusive o precursor dos esteroides dentro da musculação e dos esportes não foi um doutor da Ivy League, mas o fisiculturista amador e bastante sagaz, Dan Duchaine. Hoje, por mais que vcs não acreditem, em todos os esportes de alto rendimento há o uso de esteroides pelos atletas, a diferença é que no fisioculturismo e e powerlifting os resultados físicos são mais perceptíveis. Lembre-se, a testosterona não ajuda apenas no ganho de massa muscular e queima de gordura, mas na acuidade mental e agressividade em campos de batalha, ou nos gramados e quadras da vida moderna.



[Image: Picture2.jpg]
Eles não são Deus



Segundo, se vc pensa em entrar nessa vc vai precisar de dinheiro, seja para os exames (que eu falarei nos próximos posts da série), para a T em si, para as proteções. Como eu viso o treinamento, o meu primeiro ciclo, junto com os exames e alguns remédios ficou na casa dos 1500 R$, pq eu usei 3 tipos de droga e consegui alguns descontos por estar envolvido no meio. Mas na verdade não há a necessidade de usar mais que um tipo, pelo menos nos primeiros ciclos. Isso já vai deixar a brincadeira mais barata, mas eu diria que pelo menos uns 1000 temers vc precisa ter para gastar nisso, independente se for usar só uma coisa. Vc nunca saberá ao certo como seu corpo irá responder. Existem vários tipos de T, mas os efeitos no organismo são basicamente os mesmos (virilização, voz mais grossa, mais massa muscular, disposição, libido lá em cima, agressividade - que vou falar especificamente mais a frente - etc.) . Os colateiras vão variar de pessoa para pessoa, eu mesmo não tive praticamente nenhum colateral visível. Drogas de ação mais rápida costumam dar colaterais mais agressivos, justamente por essa característica de ação. Por mais que vc faça tudo certo, lidar com o eixo hormonal é sempre uma espécie de loteria, ainda mais que nosso equilíbrio biológico está muito longe do que deveria ser realmente, por isso é BASTANTE importante começar com doses baixas e inteligentes e ir se adaptando e aumentando com o tempo, caso vc ache necessário. Um adendo importante é que, se vc não gosta de agulha, desista aqui mesmo seu bundão, pq a T é administrada via intramuscular profunda. Existem os orais, mas realmente não valem a pena por longos períodos pq são muito tóxicos para o fígado.

Outra coisa bastante importante que é preciso ser dita de antemão também é que se vc, que está lendo isso é um daqueles malditos galináceos de verão, que só quer saber de "meter o shape" para impressionar as gatinhas no próximo carnaval e está pensando em ciclar para virar um mutante, esqueça. É por causa desse tipo de imbecis que as merdas acontecem, os idiotas morrem e a mídia tem com o que alimentar as suas críticas e suas matérias sensacionalistas estúpidas. A testosterona não é algo tipo a fórmula do Dr. Bruce Banner que vc toma e BOOM!!! vira um hulk. Não. Ela não vai fazer grandes coisa para vc, se tratando de composição física se vc não souber treinar nem se alimentar bem. Isso já é infinitamente repetido em todos os lugares mas é sempre bom reforçar. Um frango de merda não vai deixar de ser um frango de merda por fazer UM ciclo com drogas sub-dosadas. Vc não vai ficar incrivelmente forte a nível de powerlifting internacional com UM ciclo de drogas. Por isso eu reforço mais uma vez, a informação que vc tem é mais importante de tudo, a sua filosofia de vida fará a T valer a pena. Se não vc será só mais um macaco médio fodendo a saúde por nada.

Como vcs sabem, eu já treino a 10 anos e somente agora decidi entrar nessa, já sabendo treinar e tendo um bom conhecimento sobre alimentação, também não foi por achar que não conseguiria evoluir mais, ou por me achar muito frango (pois eu cheguei aos 112kg sem drogas), na verdade e minha decisão se baseou mais na minha filosofia de vida. Por isso eu digo que por mais que a T ajude, se vc não sabe pelo menos se alimentar como um homem de verdade, e não pratica nenhum tipo de esporte, não entre nessa ainda. Aprenda mais com seu corpo e mente, evolua como homem físico e espiritualmente antes de usar esse recurso, pq como eu disse acima, a T é uma espécie de combustível, de propulsor, se vc estiver apontando para o lado errado, seu fim será mais rápido e catastrófico. Ela vai potencializar o que vc tem de bom, mas o que vc tem de ruim também, por isso é preciso que vc tenha o cabeça no lugar e se conheça muito bem antes.


[Image: poltrona-logan-26out16.jpg]
Logan, que nós tanto adoramos é um bom exemplo de ter a cabeça no lugar certo. 


Desde que eu aprendi a me alimentar corretamente, preguiça, fadiga e desânimo durante a correria do dia a dia são coisas que não fazem parte da minha realidade. Dificilmente me sinto letárgico, pq não abuso dos carbs e faço jejum com frequência. Mas uma coisa legal que eu já sabia inclusive é que a T me deu ainda mais disposição. Não existe chatice, monotonia, preguiça. Vc se torna uma pessoa mais "acalorada" e com muita disposição. Esse papo que a T aumenta a agressividade até é verdade mas é preciso entender umas coisas nesse ponto importante.

Dizer que altos níveis de T deixam o homem mais agressivo é uma das formas de descriminalização que a mídia e os ignorantes usam para denegrir a nossa imagem como homens. É preciso fazer uma distinção fundamental aqui: existe mais AGRESSIVIDADE e mais IRRITABILIDADE, que são duas coisas BASTANTE diferentes. Eu sou um cara naturalmente pavio curto, e um dos "colaterais" (logo vão entender pq entre aspas) que mais me davam medo era justamente esse que os usuários cretinos imbecis relatavam de ficar muito irritados, discutindo por nada, brigando com namorada e parentes. Pois eu digo categoricamente que isso É MENTIRA!! Altos níveis de T melhoram e muito seu humor, inclusive um amigo meu que convive comigo todos os dias disse que depois que eu comecei a usar as paradas eu fiquei bem mais gente boa de de bom humor. Esse papo que a T deixa a pessoa mais irritável é mito, usado por idiotas ignorantes que já são naturalmente paus no cu e precisavam de alguma justificativa para poderem tratar mal as pessoas a sua volta sem motivo nenhum. Engraçado que nos relatos eles são sempre "irritadinhos" com a mãe, irmãos, namorada, vó, pai, amigos, mas nunca com o maluco folgado de 120kg lá da academia ou com o vida loka dono de boca de fumo. Ou seja, isso é papo de moleque semi adolescente que precisa de respaldo e justificativa para ser otário e ainda não se sentir culpado por isso.

A T diminui e muito a IRRITABILIDADE, que é isso que esses adolescentes ou homens-mulheres são, irritáveis, ficam putinhos por nada, querem descontar a frustração de serem fracassados nas únicas pessoas que os suportam, normalmente mais fracos que eles. Isso é piti de putinha e é completamente o  oposto do que a T faz. Mais AGRESSIVIDADE não significa que vc vai se tornar um cara briguento e reclamão, muito pelo contrário e isso eu percebi nitidamente. Mais agressividade significa mais disposição, e mais propensão a assumir riscos, mais energia, mais estamina. Seus treinos ficam muito mais brutais, não apenas por a T aumentar a força, mais por vc se tornar mais AGRESSIVO. Isso não tem nada haver com irritabilidade. Eu também fui jogar um campeonato aí, (fomos campeões inclusive) e percebi o benefício que a T causa nos esportes coletivos. Sua acuidade e vontade de vencer aumentam exponencialmente, parece que vc não cança e o contato físico fica mais divertido, é fantástico e uma sensação ótima.

A vontade de socializar aumenta e para as pessoas que sofrem de depressão leve, eu acho que a T seria um santo remédio. Suportar as pessoas fica um pouco mais fácil, vc se torna um pouco mais falastrão e tipo aqueles caras que gostam de tirar um sarro dos outros, porém, sua propensão a entrar em discussões e não sair perdedor e até sair na porrada com idiotas folgados também aumenta. Por isso vc precisa ter a cabeça no lugar.

No próximo post eu vou falar da libido, dos benefícios no treino, sobre a dieta que estou usando (carb cycling) e também da parte ruim, dos perigos e problemas que podemos ter ao usar T. Talvez fique algo mais específico, esse foi apenas o post introdutório.


Spoiler Revelar
[url=https://1.bp.blogspot.com/-FaA9XNvAWKU/WejjQF_BS9I/AAAAAAAAA1o/F8RLX3mBC8sis8UtERmxDafOW_0cAtXowCLcBGAs/s1600/7.jpg][Image: 7.jpg]

Imagem ilustrativa para aumento de T do leitor
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#2
FANTÁSTICO, CONFRADE HERÁCLES!

Ansioso para continuação, esta jornada para aumento da T e encontro com nosso EU PRIMORDIAL (homem primitivo) deveria ser REGRA PARA TODOS DENTRO DA REAL!

Comecei a treinar a sério, faz apenas 3 meses (tenho 2 anos no total, mas meia boca), fiz meus exames e minha testo deu apenas 296 mg! PRATICAMENTE UMA MULHER COM PINTO!

Inicialmente, fiquei desapontado. Mas esse desanimo foi o propulsor para iniciar um novo estilo de vida, iniciei uma dieta PALEO para ir perdendo gordura... nos treinos, apenas permaneço tentando levantar o máximo de peso possível levando em conta a postura e ativação dos músculos corretos em cada série (musculação é romper fibras)...

Quando atingir a proficiência na dieta e treinos (vai levar tempo), quero iniciar uma jornada parecida.

CONTINUE COM ESTES TÓPICOS, É INSPIRADOR!

Rumo ao homem maior!
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#3
me interesso muito pelo assunto, poi eu tbém faço uso de T, como o confrade já sabe. a minha ainda não está no patamar que quero, mas já está quase o triplo do que era a 1 ano atrás. eu sou frango sim, e o meu tipo de uso não é pra virar um mutante, ficar grandão, pelo menos agora não. já treino há um bom tempo, e ainda estou conhecendo as melhores respostas do meu corpo, tão mau tratado durante alguns anos de manginismo, má alimentação e sedentarismo.

no aguardo da continuação. excelente contribuição ao fórum, diria que até de utilidade pública
Responda-o
#4
Grandissíssimo post.

A diferença do Belfort com TRT e sem TRT (estou certo?) é gritante.

Este assunto é quase um tabu nesse mundo de baitolas
Responda-o
#5
(19-10-2017, 03:28 PM)Trglodita Escreveu: me interesso muito pelo assunto, poi eu tbém faço uso de T, como o confrade já sabe. a minha ainda não está no patamar que quero, mas já está quase o triplo do que era a 1 ano atrás. eu sou frango sim, e o meu tipo de uso não é pra virar um mutante, ficar grandão, pelo menos agora não. já treino há um bom tempo, e ainda estou conhecendo as melhores respostas do meu corpo, tão mau tratado durante alguns anos de manginismo, má alimentação e sedentarismo.

no aguardo da continuação. excelente contribuição ao fórum, diria que até de utilidade pública

[2]

É incrível como me negligenciei durante tanto tempo confrade.
Tenho 30 anos e poderia estar muito melhor fisicamente.

Meu irmão mais novo tem 18 anos, por incrível que pareça, iniciou os treinos a 2 anos por influência minha, NUNCA PAROU... esta evoluindo sem parar.

Virou um exemplo pra mim, deveria ser o inverso.
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#6
Depois vou dar uma lida no tópico, só vim por enquanto pra falar da diferença do Belfort nas duas fotos. O Belfort com TRT é provavelmente um dos lutadores mais agressivos que já existiu.
Responda-o
#7
Obrigado pelo feedback pessoal.

@bandeirante, realmente está muito baixa, mas como eu falei no post, se vc for em algum médico convencional para ele vai estar tudo OK. Por isso vc tem que aprender por conta, eu mesmo tenho vários tópicos aqui no fórum falando disso.

@Fernando, é isso mesmo.

@trogo, aposto que sua vida mudou muito depois de 3x mais T. O pessoal ainda negligencia muito a importância disso...
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#8
Spoiler Revelar
[quote pid='46776' dateline='1508494468']
Obrigado pelo feedback pessoal.

@bandeirante, realmente está muito baixa, mas como eu falei no post, se vc for em algum médico convencional para ele vai estar tudo OK. Por isso vc tem que aprender por conta, eu mesmo tenho vários tópicos aqui no fórum falando disso.

@Fernando, é isso mesmo.

@trogo, aposto que sua vida mudou muito depois de 3x mais T. O pessoal ainda negligencia muito a importância disso...
[/quote]

Mudou demais, essa história de aumentar agressividade é pura balela, muito pelo contrário, te deixa mais calmo em situações de stress, com maior controle emocional, isso que ainda estou em doses baixas. 

até mesmo médicos conhecidos na cidade por serem mais liberais em relação a TRT acabam subdosando o tratamento. se for num convencional, o cara vai ver você com 83 mg de T e vai dizer que está dentro da faixa normal, que sua libido está baixa por conta do stress, dependendo da sua idade. nem com 50 anos vou deixar minha T baixar a este nível.

como minhas dosagem ainda é baixa, não sinto absolutamente nenhum efeito colateral, exceto queda de cabelo, o que já vinha acontecendo sem tomar nada devido à minha genética e idade, então foda-se.
Responda-o
#9
Ainda estou engatinhando neste assunto, como mencionei acima.

Confrade Herácles, estou terminando de ler o ANTIFRÁGIL por recomendação sua aqui no fórum, é um livro extremamente complexo, mas já foi esclarecedor em muitos aspectos da vida, inclusive na parte de treinos. Taleb é um sujeito incrível realmente.

E pra ajudar, ontem na hora do treino apareceu uma mulher com uma RABETONA confrades... quando olhei aquilo pensei "deve ter aumentado minha testo uns 50 mg pqp" kkkkk.
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#10
Eu tive poucos colaterais, também pq as dosagens que usei não foram conservadoras pro meu tamanho e peso. Acho q a diferença mais agressiva, em relação a "efeitos colaterais" até agora foi na vós. Na verdade eu nem considero "androgenização" uma efeito colateral, não em homens pelo menos.

Mas mesmo sem colaterais físicos muito fortes, o eixo gonadotrófico foi suprimido e o estradiol subiu muito, HDL foi muito afetado por conta de uma das drogas que eu usei, por isso os exames são importantes para saber o que fazer para se proteger. Mas eu vou falar mais especificamente sobre os resultados nos treinos e sobre os perigos e efeitos adversos nos próximos posts. Minha testo medida hj está em 978 ng/dL, o ciclo já acabou a um bom tempo.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#11
Injeção intramuscular é foda, levar agulhada não dá.

É muito ineficaz a administração oral ?
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#12
Tem medo de agulha, Bean?
“A maior necessidade do mundo é a de homens — homens que se não comprem nem se vendam; homens que, no íntimo de seu coração, sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.” Ellen White, Educação, Pág 57.
Responda-o
#13
(20-10-2017, 09:10 AM)Héracles Escreveu: Eu tive poucos colaterais, também pq as dosagens que usei não foram conservadoras pro meu tamanho e peso. Acho q a diferença mais agressiva, em relação a "efeitos colaterais" até agora foi na vós. Na verdade eu nem considero "androgenização" uma efeito colateral, não em homens pelo menos.

Mas mesmo sem colaterais físicos muito fortes, o eixo gonadotrófico foi suprimido e o estradiol subiu muito, HDL foi muito afetado por conta de uma das drogas que eu usei, por isso os exames são importantes para saber o que fazer para se proteger. Mas eu vou falar mais especificamente sobre os resultados nos treinos e sobre os perigos e efeitos adversos nos próximos posts. Minha testo medida hj está em 978 ng/dL, o ciclo já acabou a um bom tempo.

meu estradiol não subiu tanto, tomei outro medicamento pra compensar isso e não aromatizar, eu cheguei a te passar via mp o coquetel, meu hdl foi afetado tbem em comparação com o exame anterior, mas ainda ta tranquilo
Responda-o
#14
Meu SHBG está alto também, perto do limítrofe....

Eu não sabia o que era isso, agora que procurei a respeito compreendi que ele deixa a minha T "bio-indisponível" para o corpo utilizar.

Preciso baixar o valor.
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#15
Não sou fã de agulhas, mas nada escandaloso.

Depois de passar mal (quase todas as vezes baixa a pressão) aprendi o segredo: olhar para o outro lado. Yaoming
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#16
Fui ao endocrino e solicitei um checkup geral e foi pedido 30 exames segundo meu relato de baixa libido, desânimo, perda de peso enfim todos os sintomas de baixa T. - não deu outra:

background - (22 anos, insônia, sedentarismo, alimentação pobre)

Exames ->
Spoiler Revelar
[Image: oRocn6z.png]
--
[Image: QALL9sv.png]
Responda-o
#17
(20-10-2017, 02:23 PM)Arthurr Escreveu: Fui ao endocrino e solicitei um checkup geral e foi pedido 30 exames segundo meu relato de baixa libido, desânimo, perda de peso enfim todos os sintomas de baixa T. - não deu outra:

background - (22 anos, insônia, sedentarismo, alimentação pobre)

Exames ->
Spoiler Revelar
[Image: oRocn6z.png]
--
[Image: QALL9sv.png]


Estou com o mesmo problema, como relatei acima confrade.

A minha está levemente maior (T livre), 296mg. Antes de mais nada, minha primeira abordagem para lidar com isso, foi iniciar uma dieta e levar os treinos a sério.

SHBG alto fode com tudo também.

Diminui o carb drasticamente, aumentei o consumo de gorduras (ovos, bacon, oleaginosas e etc), e também 180 gramas de proteínas diárias, meu peso atual é 95 Kg e tenho 1,90m de altura, porém, meu BF está alto, acho que uns 28%.

Vou fazer isso por 2 meses e antes do natal, repetir os exames.

Só dieta, treino pesado e mentalidade insana, deve ajudar e muito.

Você treina?
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#18
(20-10-2017, 02:05 PM)Bean Escreveu: Não sou fã de agulhas, mas nada escandaloso.

Depois de passar mal (quase todas as vezes baixa a pressão) aprendi o segredo: olhar para o outro lado. Yaoming

Gargalhada Gargalhada Gargalhada Gargalhada Gargalhada Gargalhada Gargalhada  

 




















Eu sempre olho quando estão aplicando pra ter certeza que estão fazendo certo. E algumas vezes tenho que corrigir a profissional porque iria aplicar errado. Dodgy

De vez em quando faço auto hemoterapia em mim mesmo e ainda estou vivo. Big Grin

Eu decidi fazer um curso de injetáveis aqui da universidade há quase uma década atrás (tô ficando velho mesmo) em que formávamos duplas e cada um aplicava no outro, ou seja, ninguém sabia aplicar, tínhamos acabado de aprender na teoria e testávamos na prática. Era uma catástrofe, era mulher aplicando de olhos fechados, ou tremendo mais que vara verde correndo o risco de quebrar a agulha no corpo da vítima.

Mas de modo geral ninguém se machucou muito porque tinha professores supervisionando e evitando erros graves. Eu fui aprender de verdade aplicando injeções todo dia em um trabalho da minha área e mesmo com curso eu fiquei com receio nas primeiras vezes. Nas primeiras vezes você vai fazendo errado e observando a reação das pessoas até que aprende a aplicar de forma cada vez melhor.

Sem querer te assustar Bean, mas já assustando (Big Grin),  o perigo maior são em injeções nos glúteos (bunda) pois passa o nervo ciático lá, se a pessoa não souber aplicar, a outra pode ficar paraplégica e até mesmo morrer. E esse nervo passa bem no meio da bunda e o que tem de profissional ruim que nem sabe que existe esse nervo porque nunca fez curso, não é brincadeira.

Veja: Injeções mal aplicadas podem deixar pacientes paraplégicos.
“A maior necessidade do mundo é a de homens — homens que se não comprem nem se vendam; homens que, no íntimo de seu coração, sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao polo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus.” Ellen White, Educação, Pág 57.
Responda-o
#19
Não tomo injeção, muito menos na bunda.

Apenas quando a vacina é obrigatória.

Mas por exemplo na doação de sangue se eu ficar olhando a agulha baixa a pressão.

Logo se outra pessoa aplicar beleza, mas se aplicar vai ser problemático e mais ainda se alguém sem cuidado aplicar.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#20
(20-10-2017, 02:05 PM)Bean Escreveu: Não sou fã de agulhas, mas nada escandaloso.

Depois de passar mal (quase todas as vezes baixa a pressão) aprendi o segredo: olhar para o outro lado. Yaoming

se isso é na hora de coletar sangue, acontece comigo também, mas só quando é muito sangue, acima de 4 ou 5 tubetes.

se o problema for pressão mesmo, peça para deitar durante a coleta, mesmo que seja bastante sangue,vc não vai sentir quase nada.
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  [RELATO] VAMOS FALAR SOBRE ANABOLIZANTES E TESTOSTERONA ! gRILO 5 1,766 17-08-2019, 05:15 PM
Última Postagem: Bandeirante Paulista

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)