Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[RELATO] Fui arranjar confusão com 2 barraqueiras!
#1
Antes que me xinguem ou algo do tipo, vou explicar brevemente.

  Faço faculdade e na turma não sou muito ''enturmado'' fico reservado no meu canto e longe das pessoas mais fúteis, só estou ali mesmo pra ganhar o diploma, pois preciso do mesmo pra fazer meu concurso de agente federal em breve

  Não quero fazer amizades, pois nem moro na cidade, faço faculdade em outra cidade então viajo todo dia pra lá... não conheço ninguém por lá, enfim não ligo pra isso, já disse que necessito desse diploma e estou lá pra ganhar o mesmo.

  Recentemente duas garotas cismaram comigo, foi por meio de mensagens (por enquanto), uma delas postou um áudio sobre um assunto importante a qual debatíamos no grupo, e então como o áudio tava ruim meio difícil de se compreender, fiz um comentário em forma de ironia que o mesmo tava de difícil compreensão( não perdi a piada rs), aí a garota já veio se rebater na situação, jogou umas indiretas e logo apareceu outra e 2 estavam contra mim( por msg), em uma parte da conversa ela me mandou procurar um otorrinolaringologista e eu logo não perdi tempo e mandei: " pesquisou a especialização do médico no google pra poder digitar não foi?"(chamei de burra subliminarmente ) e logo continuo mais e mais indiretas, inclusive me mandaram os nomes dos médicos para que eu fosse neles, (kkkk) enfim, agora tenho duas barraqueiras como empecilho na minha faculdade, sempre fui reservado, agora estou aí arrumando confusão com duas garotas problemáticas e com problemas sérios, só quis postar esse relato mesmo, se algum moderador quiser apagar o tópico fique a vontade, postei apenas porque queria algumas palavras dos confrades.

  Agora não sei como reagir, ainda não vi elas pessoalmente, certeza que agora elas vão pegar no meu pé, fui burro mas pelo menos não fiquei calado (kkk) gostei de ter reagido, tem mulher que se acha dona do mundo( o caso delas), bom, pra colocar elas no lugar devido.

  Só quero conselhos pra não perder a cabeça caso elas venham atentar algo contra mim, pior que ainda falta alguns anos para sair meu diploma então, não vou sair dali, elas vão fazer de tudo pra tirar minha paciência e tentar me tirar da faculdade, eu sei que vão me chamar de burro e vão dizer que agora vou ter a consequências, mas já era, se elas tentarem algo contra mim, não vou deixar barato, só peço algum norte, algumas palavras de meus confrades. abraços
Responda-o
#2
Você não foi burro você é burro pra caralho.

Puta que pariu, nem vou comentar muito não, sobre sua postura de BUNDAO, cocozento,mimizento, não me toque, firulentos, chato, escroto e trouxa.

No mais siga a conversa como qualquer conversa do zap zap Fútil como são e que não valem nada... quero dizer não de importância para algo que não tem importancia (díficil ?) e se alegarem algo foi simplesmente uma brinacadeira sem UTILIDADE nenhuma e peça DESCULPAS (pode beijar a mão se for bonita) se foi mal entendido devido a sua burrice escrotice e sou contra o mundo e isolado no meu canto e se precisarem de algo você está disposto a ajudar.

E no mais se informe sobre esses médicos que quem sabem realmente te ajudem.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#3
Você não ganhou nada e toda vez que vocês se encontrarem o clima vai ficar chato.
E aprenda a ser educado. Era só dizer que não conseguiu ouvir, não havia necessidade de usar ironias. Guarde suas ironias para quem é seu amigo próximo.
Evite ao máximo discutir com mulheres e com homens afeminados , eles sempre levam pro lado pessoal.
Uma coisa que eu percebi no seu relato é que você está isolado e pagando de desapegado pra sair por cima. Pare de se enganar. Faça um exame de autocrítica reconheça que você está com dificuldades para se integrar nesse ambiente.
Responda-o
#4
O pessoal já deu a letra, tente se entender com essa menina pra o clima não ficar pesado. E como o @Aragons disse vc só deve brincar com quem vc tem intimidade, a maioria das pessoas levam isso pro lado pessoal.
Chaotic Mind - Benji Chasin
Responda-o
#5
(24-11-2016, 02:59 PM)Aragons Escreveu: Você não ganhou nada e toda vez que vocês se encontrarem o clima vai ficar chato.
E aprenda a ser educado. Era só dizer que não conseguiu ouvir, não havia necessidade de usar ironias. Guarde suas ironias para quem é seu amigo próximo.
Evite ao máximo discutir com mulheres e com homens afeminados , eles sempre levam pro lado pessoal.
Uma coisa que eu percebi no seu relato é que você está isolado e pagando de desapegado pra sair por cima. Pare de se enganar. Faça um exame de autocrítica reconheça que você está com dificuldades para se integrar nesse ambiente.



 Sim, reconheço que tenho dificuldades pra me "enturmar", não sei se já disse aqui no fórum mais faço arquitetura, faculdade essa que é formada em maioria por gays, afeminados, patricinhas, feministas, e geração moderna, sou totalmente diferente naquele ambiente, nem se eu me esforçasse conseguiria entrar em algum grupo social lá dentro, claro que eu falo com algumas pessoas e tenho colegas, mas não faço parte do cenário da sala, apenas estou lá pra concluir a graduação, receber meu diploma e dar o fora dali, sei que fui burro mas não esperava que a garota fosse levar a "brincadeira" pro lado pessoal, esperava que pelo momento ela fosse receptiva afinal não foi uma piada ou etc, foi apenas um simples comentário irônico, qualquer pessoa levaria de boa, mas foi totalmente o contrário, e não foi só uma garota, foram 2 que vieram pra cima de mim nas msgs, não sai por baixo, fui irônico e rebati todas as indiretas, educadamente e sarcasticamente, não vou pedir desculpas a ela, pois serei ridicularizado com certeza pois o grupo social dela domina a sala, no mais fica de aprendizado pra mim ficar na minha e não sair por aí fazendo comentários desnecessários, estou numa situação difícil confrade, preciso dessa faculdade e não posso largar ela por conta da turma, nem trancar, pois além de necessitar desse diploma eu estou numa das melhores universidades da região onde moro, moro no interior do interior, e pra fazer essa faculdade já batalho muito, viajo todos os dias mais de 130km só pra estudar, mas não me identifico com a turma e reconheço isso, e ainda tem esse porém de arrumar confusão com as 2, agora ficou pior.
Responda-o
#6
O maior erro do seu relato não foi o problema que você arrumou, mas sim sua atitude de querer justificar suas ações rebaixando os outros

Você se acha especial, mas no fundo é só um imbecil querendo atenção.

Como eu sei disso? Simples:

Na sala, você disse que fica na sua; no whats, você parece ter sido senão o primeiro, um dos primeiros a querer ajudar a moça "descolada". Você não só quis ajudá-la, quanto tentou fazer graça para chamar a atenção dela "que levaria numa boa".

Você formulou n hipóteses... 

"Ain elas vão pegar no meu pé... elas vão fazer de tudo para me tirar a paciência... me tirar da faculdade... ain que medinho que estou... vão me chamar de burro e dizer que vou ter consequência... aiiiii socorro bofes! please help me "I give my butt............."

A realidade é que você quer ser notado, quer atenção... e é tão bosta que não serve nem para ser cagado.

Você não consegue superar o fato de pessoas tão idiotas, tão fúteis, tão "moderninhas", meninas de suvaco cabeludo (feminazistas), e chimpanzés estarem acima de você, no topo da hierarquia da sala; e você lá... no cantinho, suando o rego de vergonha.
Em tudo dai graças.

Responda-o
#7
Li o tópico e ia escrever algo, mas tudo já foi muito bem dito.


Aragons tocou direitinho na essência da coisa com a frase:
"Pare de se enganar. Faça um exame de autocrítica reconheça que você está com dificuldades para se integrar nesse ambiente."


Depois o Monarca matou a pau tudo!


Fico feliz com o alto nível das respostas do fórum!
Responda-o
#8
(24-11-2016, 04:01 PM)Ashter Escreveu: Sim, reconheço que tenho dificuldades pra me "enturmar", não sei se já disse aqui no fórum mais faço arquitetura, faculdade essa que é formada em maioria por gays, afeminados, patricinhas, feministas, e geração moderna, sou totalmente diferente naquele ambiente

Pelas merdas que c posta aqui, pela forma como vc age, sendo um fracassado no seu meio social que ficou extremamente abalado por te zoarem por uma merda que VC MESMO CAUSOU, a conclusão óbvia é que: 

VOCÊ É PERFEITAMENTE IGUAL A ESSES AFEMINADOS IMBECIS QUE ESTÁ CRITICANDO!!! NEM NO MEIO DE PESSOAS ASSIM VC TEM ALGUM DESTAQUE E ISSO TE CAUSA PROFUNDA FRUSTRAÇÃO, QUE FAZEM VC UTILIZAR O FAMOSO HAMSTER DA RACIONALIZAÇÃO DIZENDO QUE NA VERDADE NÃO TEM VONTADE DE INTERAGIR. MAS TODOS AQUI SABEM QUE ISSO É UMA MENTIRA, UMA ILUSÃO SUA PARA TENTAR PROTEGER SEU EGO FERIDO PQ SE ASSIM NÃO FOSSE, VC JAMAIS ARRUMARIA CONFUSÃO, OU MESMO LIGARIA PRA ISSO! VC É PIOR QUE OS FRACASSADOS QUE CRITICA, PQ ALÉM DE FRACASSADO, SE ACHA UM CARA FODA. 


Critica tanto os outros, de isso de aquilo, pq isso é um reflexo da pessoa que vc é na verdade. Vc critica tanto pq os defeitos dos outros refletem os seus mesmos. Vc se acha superior por criticar e se isolar, mas é tão covarde e medíocre que nem interagir com pessoas que vc julga inferior consegue. Sua atitude é deprimente. Para mais informações, leia: http://legadorealista.net/forum/showthread.php?tid=1003

E não se esqueça tbém, que vc simplesmente atrai o tipo de coisas que vc é. Se vc se ve rodeado de imbecis emasculados e fracassados é pq, muito provavelmente, vc é isso também. Para mais informações, leia: http://complexoherculeo.blogspot.com/201...oce-e.html


No mais, @Monarca já fechou o tópico. Decodificação perfeita sobre o nosso colega "gayreiro da real".
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#9
Sabe o que eu faria no seu lugar? NADA. Simplesmente agiria como se não tivesse feito nada. Se elas tentarem algo, simplesmente IGNORE.

Agora, se você tentar puxar assunto com elas, certamente vai se dar mal. Se tentar fazer amizade de novo com elas, vai se dar mal!
Responda-o
#10
O @Karl Rossmann tinha acabado de se cadastrar e fez o tópico e levou porrada no corredor polonês e ainda está aqui no grupo até hoje. Que sirva de lição para esses juvenas mimados que ficam chorando e se vitimizando como se fossem especiais só porque levam umas voadoras quando chegam. É aquela necessidade de aprovação doentia. Ninguém pode discordar que já levam pro pessoal.

Sobre o tópico, pior que eu fiz parecido agora em março. Eu participo do grupo oficial dos aprovados para ter informações importantes sobre meu concurso e tinha uma outra aprovada (admin do grupo) que vivia postando besteira esquerdista radical e alguns sempre concordando, aí quando eu comecei a acompanhar de forma mais frequente o grupo devido a iminência da entrega dos documentos, eu comecei a rebater algumas coisas e ela se sentiu ofendida como se fosse um ataque pessoal a ela, juntou mais alguns defendendo ela, fui rebatendo de boa apesar deles terem ficados exaltados e revoltados por verem alguém que pensa diferente se manifestando, como se fosse proibido discordar, enfim, o outro admin do grupo veio dizer no privado que concordava comigo e que a feminista radical tinha pedido meu ban por estar causando confusão no grupo (tradução: ousando discordar), no final de poucos dias ficou proibido discussão politica no grupo e agora ninguém precisa mais ficar lendo o tanto de fotos e textos esquerdistas inúteis que ela postava. Ficou bem melhor agora.

As pessoas não conseguem mais lidar com opiniões contrárias e com críticas, não dá nem para discutir ideia contrárias, tudo é levado pro lado pessoal. Chega a ser ridículo.

Fiz um comentário no tópico A necessidade de aprovação que tem tudo haver com o comportamento dessas mulheres que o @Karl Rossmann citou e a que eu citei do meu exemplo e também os juvenas que ficam extremamente ofendidos com o corredor polonês.

(07-04-2019, 12:37 PM)Libertador Escreveu: Eu discordo de alguns aqui pois eu acho que a necessidade de aprovação é importante e para alguns é essencial para a sobrevivência. Vou explicar de forma abreviada (era abreviado mas me empolguei e agora ficou grande). Yaoming

Crianças pequenas, animais de estimação, deficientes graves, precisam sim ter necessidade de aprovação, necessidade de agradar os outros, se importar com a opinião dos outros. Se eles não fizerem isso, eles morrem de fome, pois NÃO são capazes de se sustentar sozinhos. Eles dependem de outras pessoas para sobreviver. Então, eles PRECISAM sentir que são amados, precisa saber se sentem carinho e afeto por eles.  Então, para eles é muito importante ter essa necessidade de agradar, se importar com a opinião e buscar a aprovação de quem a vida deles depende para sobreviver.

Entenda bem, se você não aceita a criancinha, a criancinha morre! Então é normal que a criança pense: "Meu papai e mamãe tem que gostar de mim", "Meu papai e mamãe tem que me amar". Elas não conseguem viver 3 ou 4 dias sem cuidado. Ela precisa se fazer amável para sobreviver. 

O problema que isso é só uma fase. Isso é coisa de criancinha. Quando a pessoa atinge certa maturidade e independência, ela precisa abandonar essa necessidade de aprovação alheia e necessidade de se sentir amado. Mas, a maioria não abandona e continuam vivendo como crianças de 6 anos de idade. Vivem presos nisso.

Pense caro realista, por que alguém precisa validar as suas decisões? Por que alguém tem que validar a sua decisão de ser concursado ou de empreender? Por que alguém tem que validar sua decisão de viajar pelo mundo? Por que você precisa da aprovação dos outros realistas nas suas postagens? Por que alguém precisa validar a sua decisão de não casar? Porque o papai e mamãe precisam validar cada ato da criancinha. E você ainda é uma criancinha. As pessoas crescem mas continuam se comportando como crianças. Elas precisam que os outros validem suas decisões.

Quando o chefe de algum departamento pede um relatório para a pessoa, e ela entrega o relatório e o chefe por algum motivo pede uma correção, a pessoa já começa a pensar: "Será que ele não gosta de mim?", "Será que ele está me perseguindo?", "Será que ele está me assediando?" e começa essas perguntas sem sentido porque a maior parte dos adultos está preso nessa motivação infantil de aprovação.

Que diferença faz se seu chefe gosta ou não de você? Você está no trabalho para ser amado e elogiado ou para fazer o seu trabalho? Sabe o que acontece quando a pessoa não aprende o seu ofício direito? Quando ela vai ao ambiente de trabalho e não sabe se comportar e nem oferecer um bom trabalho técnico, ela vai buscar outra coisa lá, buscar fazer fofoca, fazer intriga, buscar reconhecimento do chefe, buscar derrubar o outro, vai buscar outra coisa porque o que devia estar fazendo ela não sabe. E assim vai se tornar muito vulnerável lá. Mulher é especialista nisso.

Qualquer cobrança ou crítica que você faz, a pessoa já sente uma carga no peito, como uma carência, achando que não está sendo amada, que não está sendo valorizada, um sofrimento enorme. As pessoas não amadurecem mais, vivem como crianças.

Já perdi amigos porque fiz uma crítica construtiva para o bem da pessoa. As pessoas não sabe mais lidar com opiniões contrárias. Para elas ou você concorda com ela ou você não gosta dela. Não existe na cabeça delas a alternativa de você estar discordando justamente porque quer o bem dela. Imaturidade, vitimismo e criancice. Tudo é uma ferida aberta. Tudo é uma histeria louca. Tudo é trauma.

Um grande sinal de imaturidade é quando a pessoa age porque foi magoada, porque foi afetada. Exemplo: Quando você percebe que a outra pessoa está agindo assim porque está magoado com você, porque está ofendido com você, porque está com raiva de você. Ou seja, age baseado na mágoa, na raiva, nas emoções. "Vou sair do meu emprego porque o meu chefe não gosta de mim". Só age como consequência. Baseia suas ações em se sentir amado, querido, em motivações flutuantes e emocionais. Não tem consistência na vida, nem nas escolhas. 

O mundo se tornou um creche gigante. A humanidade se transformou um lugar cheio de crianças vivendo dentro do corpo de adultos.

As pessoas tem que entender que precisam ter certa força no mundo. Tem que tirar essa mentalidade de que todo mundo tem que o proteger e se não o protegem ela culpa o mundo como se ele fosse uma boneca de porcelana, frágil, que todo mundo tem que tomar cuidado, não podem deixar de dar atenção pra ela, não podem discordar dela. Acha que o mundo tem que girar ao redor do umbigo dela e cuidar dela, porque ela se acha muito frágil para fazer isso sozinha. 

Como você vai deixar de se sentir um inútil se não é capaz de oferecer nada de útil? Como vai ser independente se você não serve pra nada? 

A solução é simples: Mude, procure ser útil, procure valer algo.

O ponto é aprender a ser forte, ter independência física e mental. Assim você vai aprendendo a se libertar dessa imaturidade de buscar aprovação alheia. Saiba cozinhar a própria comida, trocar o próprio pneu do carro quando furar, consertar as próprias coisas, viajar sozinho, comprar a própria comida, escolher uma fruta no mercado, fazer exercícios, saber se defender, tomar decisões importantes sobre sua vida, é dessa força básica para se orientar na vida que você começa a destruir completamente a sua necessidade de aprovação alheia. Busque fortemente uma capacidade real na vida. 
“A honra, a integridade e a verdade precisam ser guardadas, custe o que custar ao próprio eu.” Obreiros Evangélicos, pág. 447
Responda-o
#11
Legal.

Da época que o Hércules escrevia em vermelho e caixa alta.

Yaoming
[...]
Responda-o
#12
Hummm  porque escolheu arquitetura?.... Gargalhada se fosse macho estaria estudando engenharia civil,  6 anos para falar mole, ser decorador de interiores, estilista de croqui 3D no autocad

Ta usando  mocassim, blazer com obreiras e calça jeans e camiseta? Armação de óculos retro 1960? Será que foi desconstruído a ponto de mijar sentado, usar absorvente intimo na cueca e pintar as unhas e ter bolsa com alça?


Só quero conselhos pra não perder a cabeça caso elas venham atentar algo contra mim, pior que ainda falta alguns anos para sair meu diploma então, não vou sair dali, elas vão fazer de tudo pra tirar minha paciência e tentar me tirar da faculdade, eu sei que vão me chamar de burro e vão dizer que agora vou ter a consequências, mas já era, se elas tentarem algo contra mim, não vou deixar barato, só peço algum norte, algumas palavras de meus confrades. abraços

Tópico de 2016...

1- Poderia ter dito : Curto Bolsonaro, sou machista, cristão e o resto elas diriam racista, machista,homofóbico e misogino e o denunciariam perante a reitoria. Yaoming


[Image: 6b7591c139524240f4dd5fc7c6714f3e.gif]
Anuncie aqui!!!
Responda-o
#13
seja diplomático enquanto espera ser diplomado
Meus Posts sobre:

Estilo de Vida  e Cultura Pop
Responda-o
#14
@Libertador Troféu Melancton Pá de Ouro do mês Gargalhada
  • Sem a visão de um objetivo um homem não pode gerir a sua própria vida, e muito menos a vida dos outros.
Leia: Nuvem de Giz
Responda-o
#15
(19-06-2020, 12:17 AM)Mindingo Escreveu: Legal.

Da época que o Hércules escrevia em vermelho e caixa alta.

Yaoming

tempos que se foram e não voltam mais... Yaoming
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#16
Por isso que eu gosto da real Gargalhada.
Aqui a chinela canta sem dó com quem pisa na bola Gargalhada veterano ou novato.
Parece a lei de sobrevivência do presídio, errou... será cobrado, simples assim kakakaka
Responda-o
#17
(19-06-2020, 10:09 AM)Escandinavo Escreveu: Por isso que eu gosto da real Gargalhada.
Aqui a chinela canta sem dó com quem pisa na bola Gargalhada veterano ou novato.
Parece a lei de sobrevivência do presídio, errou... será cobrado, simples assim kakakaka
Cara, eu ainda não tinha lido esse tópico e como o Karl era recém chegado na época, está tudo certo... Gargalhada Contudo o Lib levantou uma lebre importantíssima sobre os "malditos miseráveis cliliquentos vitimistas" que levam tudo para o lado pessoal...


Citação:"O mundo se tornou um creche gigante. A humanidade se transformou um lugar cheio de crianças vivendo dentro do corpo de adultos."
"Fiat Justitia, Pereat Mundus..."
Responda-o
#18
Ah cara, sei la. De alguma dessas que você discutiu, tem alguma gostosinha entre elas e que seja solteira e hetero? Se sim, dá em cima de uma delas meio na cara dura (ainda que discreto), tenta inventar um jeito de convidar pra sair e comer o CU dela. Se ela "cagar" em você por dar em cima dela, dá uma cagadinha de volta e morre o assunto. Vai passar.

(19-06-2020, 12:14 AM)Libertador Escreveu: O @Karl Rossmann tinha acabado de se cadastrar e fez o tópico e levou porrada no corredor polonês e ainda está aqui no grupo até hoje. Que sirva de lição para esses juvenas mimados que ficam chorando e se vitimizando como se fossem especiais só porque levam umas voadoras quando chegam. É aquela necessidade de aprovação doentia. Ninguém pode discordar que já levam pro pessoal.

Sobre o tópico, pior que eu fiz parecido agora em março. Eu participo do grupo oficial dos aprovados para ter informações importantes sobre meu concurso e tinha uma outra aprovada (admin do grupo) que vivia postando besteira esquerdista radical e alguns sempre concordando, aí quando eu comecei a acompanhar de forma mais frequente o grupo devido a iminência da entrega dos documentos, eu comecei a rebater algumas coisas e ela se sentiu ofendida como se fosse um ataque pessoal a ela, juntou mais alguns defendendo ela, fui rebatendo de boa apesar deles terem ficados exaltados e revoltados por verem alguém que pensa diferente se manifestando, como se fosse proibido discordar, enfim, o outro admin do grupo veio dizer no privado que concordava comigo e que a feminista radical tinha pedido meu ban por estar causando confusão no grupo (tradução: ousando discordar), no final de poucos dias ficou proibido discussão politica no grupo e agora ninguém precisa mais ficar lendo o tanto de fotos e textos esquerdistas inúteis que ela postava. Ficou bem melhor agora.

As pessoas não conseguem mais lidar com opiniões contrárias e com críticas, não dá nem para discutir ideia contrárias, tudo é levado pro lado pessoal. Chega a ser ridículo.

Fiz um comentário no tópico A necessidade de aprovação que tem tudo haver com o comportamento dessas mulheres que o @Karl Rossmann citou e a que eu citei do meu exemplo e também os juvenas que ficam extremamente ofendidos com o corredor polonês.

(07-04-2019, 12:37 PM)Libertador Escreveu: Eu discordo de alguns aqui pois eu acho que a necessidade de aprovação é importante e para alguns é essencial para a sobrevivência. Vou explicar de forma abreviada (era abreviado mas me empolguei e agora ficou grande). Yaoming

Crianças pequenas, animais de estimação, deficientes graves, precisam sim ter necessidade de aprovação, necessidade de agradar os outros, se importar com a opinião dos outros. Se eles não fizerem isso, eles morrem de fome, pois NÃO são capazes de se sustentar sozinhos. Eles dependem de outras pessoas para sobreviver. Então, eles PRECISAM sentir que são amados, precisa saber se sentem carinho e afeto por eles.  Então, para eles é muito importante ter essa necessidade de agradar, se importar com a opinião e buscar a aprovação de quem a vida deles depende para sobreviver.

Entenda bem, se você não aceita a criancinha, a criancinha morre! Então é normal que a criança pense: "Meu papai e mamãe tem que gostar de mim", "Meu papai e mamãe tem que me amar". Elas não conseguem viver 3 ou 4 dias sem cuidado. Ela precisa se fazer amável para sobreviver. 

O problema que isso é só uma fase. Isso é coisa de criancinha. Quando a pessoa atinge certa maturidade e independência, ela precisa abandonar essa necessidade de aprovação alheia e necessidade de se sentir amado. Mas, a maioria não abandona e continuam vivendo como crianças de 6 anos de idade. Vivem presos nisso.

Pense caro realista, por que alguém precisa validar as suas decisões? Por que alguém tem que validar a sua decisão de ser concursado ou de empreender? Por que alguém tem que validar sua decisão de viajar pelo mundo? Por que você precisa da aprovação dos outros realistas nas suas postagens? Por que alguém precisa validar a sua decisão de não casar? Porque o papai e mamãe precisam validar cada ato da criancinha. E você ainda é uma criancinha. As pessoas crescem mas continuam se comportando como crianças. Elas precisam que os outros validem suas decisões.

Quando o chefe de algum departamento pede um relatório para a pessoa, e ela entrega o relatório e o chefe por algum motivo pede uma correção, a pessoa já começa a pensar: "Será que ele não gosta de mim?", "Será que ele está me perseguindo?", "Será que ele está me assediando?" e começa essas perguntas sem sentido porque a maior parte dos adultos está preso nessa motivação infantil de aprovação.

Que diferença faz se seu chefe gosta ou não de você? Você está no trabalho para ser amado e elogiado ou para fazer o seu trabalho? Sabe o que acontece quando a pessoa não aprende o seu ofício direito? Quando ela vai ao ambiente de trabalho e não sabe se comportar e nem oferecer um bom trabalho técnico, ela vai buscar outra coisa lá, buscar fazer fofoca, fazer intriga, buscar reconhecimento do chefe, buscar derrubar o outro, vai buscar outra coisa porque o que devia estar fazendo ela não sabe. E assim vai se tornar muito vulnerável lá. Mulher é especialista nisso.

Qualquer cobrança ou crítica que você faz, a pessoa já sente uma carga no peito, como uma carência, achando que não está sendo amada, que não está sendo valorizada, um sofrimento enorme. As pessoas não amadurecem mais, vivem como crianças.

Já perdi amigos porque fiz uma crítica construtiva para o bem da pessoa. As pessoas não sabe mais lidar com opiniões contrárias. Para elas ou você concorda com ela ou você não gosta dela. Não existe na cabeça delas a alternativa de você estar discordando justamente porque quer o bem dela. Imaturidade, vitimismo e criancice. Tudo é uma ferida aberta. Tudo é uma histeria louca. Tudo é trauma.

Um grande sinal de imaturidade é quando a pessoa age porque foi magoada, porque foi afetada. Exemplo: Quando você percebe que a outra pessoa está agindo assim porque está magoado com você, porque está ofendido com você, porque está com raiva de você. Ou seja, age baseado na mágoa, na raiva, nas emoções. "Vou sair do meu emprego porque o meu chefe não gosta de mim". Só age como consequência. Baseia suas ações em se sentir amado, querido, em motivações flutuantes e emocionais. Não tem consistência na vida, nem nas escolhas. 

O mundo se tornou um creche gigante. A humanidade se transformou um lugar cheio de crianças vivendo dentro do corpo de adultos.

As pessoas tem que entender que precisam ter certa força no mundo. Tem que tirar essa mentalidade de que todo mundo tem que o proteger e se não o protegem ela culpa o mundo como se ele fosse uma boneca de porcelana, frágil, que todo mundo tem que tomar cuidado, não podem deixar de dar atenção pra ela, não podem discordar dela. Acha que o mundo tem que girar ao redor do umbigo dela e cuidar dela, porque ela se acha muito frágil para fazer isso sozinha. 

Como você vai deixar de se sentir um inútil se não é capaz de oferecer nada de útil? Como vai ser independente se você não serve pra nada? 

A solução é simples: Mude, procure ser útil, procure valer algo.

O ponto é aprender a ser forte, ter independência física e mental. Assim você vai aprendendo a se libertar dessa imaturidade de buscar aprovação alheia. Saiba cozinhar a própria comida, trocar o próprio pneu do carro quando furar, consertar as próprias coisas, viajar sozinho, comprar a própria comida, escolher uma fruta no mercado, fazer exercícios, saber se defender, tomar decisões importantes sobre sua vida, é dessa força básica para se orientar na vida que você começa a destruir completamente a sua necessidade de aprovação alheia. Busque fortemente uma capacidade real na vida. 

Parabens, fez muito bem no grupo de whats. Em 2018 fiz parte de um desses grupos de aprovados em que tinha uma esquerdista insuportavel. Como sabia que provavelmente nao seria chamado no cargo, me despedi do grupo pela chatisse da esquerdista, nao sem antes mandá-los tomar naquele lugar.
Responda-o
#19
(19-06-2020, 10:31 AM)Callahan Escreveu:
(19-06-2020, 10:09 AM)Escandinavo Escreveu: Por isso que eu gosto da real Gargalhada.
Aqui a chinela canta sem dó com quem pisa na bola Gargalhada veterano ou novato.
Parece a lei de sobrevivência do presídio, errou... será cobrado, simples assim kakakaka
Cara, eu ainda não tinha lido esse tópico e como o Karl era recém chegado na época, está tudo certo... Gargalhada Contudo o Lib levantou uma lebre importantíssima sobre os "malditos miseráveis cliliquentos vitimistas" que levam tudo para o lado pessoal...


Citação:"O mundo se tornou um creche gigante. A humanidade se transformou um lugar cheio de crianças vivendo dentro do corpo de adultos."
O juvena chega ao fórum se achando o maior injustiçado da terra e logo toma um esculacho pra ficar esperto, se for forte ele passa por esse primeiro teste de resistência Gargalhada.
Se o cara tem o ego frágil vai sofrer e não vai aguentar a pressão ao escutar a realidade nua e crua.
Responda-o
#20
Spoiler Revelar
(19-06-2020, 12:29 PM)Escandinavo Escreveu:
(19-06-2020, 10:31 AM)Callahan Escreveu:
Cara, eu ainda não tinha lido esse tópico e como o Karl era recém chegado na época, está tudo certo... Gargalhada Contudo o Lib levantou uma lebre importantíssima sobre os "malditos miseráveis cliliquentos vitimistas" que levam tudo para o lado pessoal...
O juvena chega ao fórum se achando o maior injustiçado da terra e logo toma um esculacho pra ficar esperto, se for forte ele passa por esse primeiro teste de resistência Gargalhada.
Se o cara tem o ego frágil vai sofrer e não vai aguentar a pressão ao escutar a realidade nua e crua.


Confrade, da minha parte, não desvirtuando o tópico e, abrindo precedente para outras linhas de conversa para esse tipo de bate papo, eu sou o tipo de pessoa que não tenho paciência alguma com esse comportamento "vitimista, tudo me ofende e agride"(...uma das coisas que mais me dá cólera, é presenciar alguém agindo assim!), aliás, eu acho que essa maldita geração já nasce acreditando que o mundo lhe deve alguma coisa...PQP!

Na verdade, não apenas aqui na casa, mas como um todo, hoje é comum você ver uma pessoa (...a molecada em geral!) dando chilique por nada, apenas por ter sido contrariado. Até o primeiro semestre do ano passado eu ainda estava lecionando (...voltaria agora no 2º semestre!) e era impressionante como o (a) aluno (a) se transformava quando seu ponto de vista era equivocado e era contrariado, tenha sido por mim ou por outro colega de classe... e quando a nota de avaliação deste (a) era ruim? Bicho, só faltava a intervenção do pai e da mãe do (a) infeliz vir até na faculdade e abrir processo...

Enfim, estou cansado de dizer que enquanto houver pais permissivos, mídia e redes sociais incentivando esse comportamento filha da puta, pior ficará essa geração mimizenta...
"Fiat Justitia, Pereat Mundus..."
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)