Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[REFLEXÃO] Por que o PUA acerta onde o MGTOW erra e vice-versa - e outros Aforismos
#21
(27-03-2024, 07:59 PM)Awaken Escreveu: @Wild quando você se refere a MGTOW, você fala dos BR, né?

Porquê, apesar de ser um movimento mundial, o movimento BR tem suas próprias características.
Aqui o MGTOW é mais midiático, aproveita mais as redes sociais, enquanto o MGTOW americano, por exemplo, é tão antigo quanto a Real e é mais restrito à fóruns, salas de bate papo antigas, etc.
O movimento MGTOW BR é relativamente 2016 pra cá?

Eu li vários amigos aí comentando, os PUA são derivados dos MGTOWs americanos, é uma das vertentes deles na verdade, assim como nós temos as "alas da Real" aqui, eles tem esses quesitos semelhantes também.
Nós somos uma cópia mais ou menos deles, mas uma coisa que não aconteceu aqui é acolhermos essa ala, eles foram expulsos, pelo menos publicamente.

A real tem a ala dos putanheiros, maluco que vive de pegar mulher em balada e comer mulher de Tinder, o que na prática é a mesma coisa que ser PUA, porque na prática é o que o PUA faz, só que o PUA estuda pra isso, o putanheiro só vai lá e pega.

Engraçado lembrar disso pois de fato tínhamos as diferentes alas, a ala Sonha de Noiva, Casamenteira, a Ala Mais Puntanheira e por aí vai. Bateu o saudosismo, hoje vejo que há menos panelinhas e o pessoal aqui tá com uma visão mais aberta.

Eu cheguei nas comunidades (no FdB e aqui como visitante) antes do MGTOW BR Enlatado se instalar, por isso só posso falar deles. No começo até entendi onde queriam chegar, pareceram ter boa argumentação e alguns pontos interessantes tal. Mas depois com o tempo veio a desilusão com eles, muita palavra pra pouca atitude, sabe? Eu entendo da onde deles vem mas não concordo com o método, daí passei a criticá-los. 

Das gringas, o Red Pill, o PUA, os MA (manhood academy), os MGTOW, os MRAs  (men's rights activists) americanos e afins, nunca parei pra fazer uma avaliação muito concisa por que normalmente só me chegava material de segunda mão traduzido por gente aleatória. Nunca pude me aprofundar muito nesses.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#22
(28-03-2024, 12:42 AM)Wild Escreveu: Engraçado lembrar disso pois de fato tínhamos as diferentes alas, a ala Sonha de Noiva, Casamenteira, a Ala Mais Puntanheira e por aí vai. Bateu o saudosismo, hoje vejo que há menos panelinhas e o pessoal aqui tá com uma visão mais aberta.

Eu cheguei nas comunidades (no FdB e aqui como visitante) antes do MGTOW BR Enlatado se instalar, por isso só posso falar deles. No começo até entendi onde queriam chegar, pareceram ter boa argumentação e alguns pontos interessantes tal. Mas depois com o tempo veio a desilusão com eles, muita palavra pra pouca atitude, sabe? Eu entendo da onde deles vem mas não concordo com o método, daí passei a criticá-los. 

Das gringas, o Red Pill, o PUA, os MA (manhood academy), os MGTOW, os MRAs  (men's rights activists) americanos e afins, nunca parei pra fazer uma avaliação muito concisa por que normalmente só me chegava material de segunda mão traduzido por gente aleatória. Nunca pude me aprofundar muito nesses.

Nem é questão de uma mente aberta, acho que a turma viu que discutir isso é bobagem, e que bom que isso passou! Nada mais chato que um porrada de pau no cu com mentalidade de tia velha querendo me ensinar virtude. Não fode!

Mas o brazuca tem tesão em ser paquita da Xuxa cuja função era dançar e separar as crianças por grupos (pelo menos as paquitas eram gostosinhas). Pessoal tem tara por etiqueta de grupo, você deve pertencer a uma associação vinculada e logo não consegue resolver seus dilemas sem apelar a uma consciência coletiva para responder por suas merdas individuais.

Porque as Alas são apenas resultantes das visões individuais dos confrades, questões de foro íntimo, e são resultantes de nossas "conversas internas" e em todo grupo tem esse tipo de coisa, desde os grupos de ex-militares, entusiastas por carros, do futebol, etc.

Meu irmão se você quer casar e ter filho arrume uma mulher e tenha filhos, se quiser ser solteiro, plantar, criar porco e galinha, Vá! É mais produtivo um bom relato sobre sua vida de casado ou sua vida no campo do que uma história da carochinha cheias de sinalização de virtudes.

Responda-o
#23
(28-03-2024, 04:13 PM)Fernando_R1 Escreveu: Nem é questão de uma mente aberta, acho que a turma viu que discutir isso é bobagem, e que bom que isso passou! (...)

Bem notado. Aliás isso já puxa um aforismo aqui ligeirão.




Ausência de Rótulos

Toda essa questão de rótulos é uma grande bobagem. Não aceite ser chamado de X ou Y, colocando-o num grande bacião homogeneizante. Só aceite ser julgado pelos seus próprios méritos, qualidade ou defeitos. 

Por quê? Porque rótulos só limitam o cidadão e atrapalham o seu desenvolvimento. Limitam o que ele pode fazer ou ser. Não se identifique com eles!

A princípio, as pessoas precisam sentir que participam de algo pra ter senso de pertencimento, e usam isso como se fosse base para a sua própria identidade. Reforçar ser parte de certo grupo e negar veementemente os outros, como forma de se afirmar e reafirmar perante o mundo.

A merda tá justamente aí, pois é essa a semente do que segrega as pessoas, cria as ideologias "identi-otárias", os "nós vs. eles" e tudo o mais quanto não presta de Fla x Flu. Isso precisa ser superado o quanto antes!

Até certo ponto da fase infantil ou adolescência, na formação do sujeito, talvez isso ainda faça algum sentido, mas que é uma coisa pra ser superada naturalmente quando o indivíduo encontra o seu senso de individualidade ao mesmo tempo que descobre que no fundo somos todos mais parecidos do que diferentes. 

Quando descobre que essas divisões são prejudiciais, mais atrapalham do que ajudam. De que ele pode mudar de opinião ou de condição a qualquer momento. Que toda divisão dessas é artificial ou forçosa, ou muito menos útil do que parece, no melhor dos casos!

Como podemos supor, o grosso dos militontos nunca saem da idade mental de crianças, incapazes de compreender as nuances do mundo. Os outros militontos são ou interesseiros, ou totalmente lobotomizados por alguma ideologia ou apenas agem de má fé.

Esse lance de panelinhas, categorizar as pessoas é apenas pra ser usado como finalidade de referência de determinadas pessoas com característica "X" em comum. Serve apenas para fins de comparação ou organização das ideias. 

Não é pra ser algo a ser carregado com algum tipo de orgulho, que isso não faz o menor sentido, as categorias apenas são uma instância de pensamento, um artifício mental pra te ajudar a seguir com seu raciocínio, e não a realidade última das coisas.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#24
Nas comunidades masculinistas existe o pessoal que é rotulado como "tradcon", o pessoal que preza por hábitos, ideias e costumes mais tradicionais. Acredito que eles sejam herdeiros do "Manhood Academy", e de meios reacionários mais underground e que não tem muita mídia (esoterismo, polo masculino/polo feminino, catolicismo tradicionalista etc).

Há uns 20~30 anos atrás, tinha pouco material anti-woke. Aliás, o que hoje é chamado de "cultura woke" era mais conhecido como "Marxismo cultural". Qualquer ideia mais estranha já chamava atenção, pois no meio acadêmico a pessoa só consome material esquerdista ou material conservador mais light e que não causa tanto impacto.

E o Nofap também vem mais ou menos desse contexto: tradcons, que falam que punheta deixa o cara mais zumbi e menos "homem tradicional"; PUAs Redpillados, que falam que punheta deixa o cara mais tímido pra conversar com mulheres.

O Newman LM, apesar de hoje em dia ter uns papo esquisito, acredito que ele tenha consumido muito material tradcon americano antes de começar a fazer os vídeos.
Responda-o
#25
Em épocas de tudo é machismo/assédio oriundo do feminismo, o discurso PUA inevitavelmente estava fadado ao fracasso. Meu primeiro contato com a "Real" foi justamente nos fóruns PUAs. Comecei a ler Nessahan Alita antes de ingressar no FdB, por exemplo. Naqueles tempos ~2009/10/11~ haviam realistas divulgando os materiais de N.A por vários fóruns.

O feminismo produziu o movimento MGTOW e por essa mesma razão ele irá crescer até o dia em que os Estados modernos o criminalizem de vez, e nesse momento se tornarão redutos provavelmente presentes apenas na DeepWeb.

Talvez o 'realismo moderado' do Brasil continue voando por baixo do radar, mas eu não confio muito nisso. O futuro tende a ser sombrio com tecnologias mais sofisticadas e o crescimento do Estado.
Homens não são reféns das mulheres, mas reféns da própria libido.

Homem cafajeste merece mulher rodada. Ambos se completam.

Casamento nos moldes modernos é uma roleta russa, mas com todas as balas carregadas.
Responda-o
#26
(28-03-2024, 09:26 PM)Commodoro Escreveu: Em épocas de tudo é machismo/assédio oriundo do feminismo, o discurso PUA inevitavelmente estava fadado ao fracasso. Meu primeiro contato com a "Real" foi justamente nos fóruns PUAs. Comecei a ler Nessahan Alita antes de ingressar no FdB, por exemplo. Naqueles tempos ~2009/10/11~ haviam realistas divulgando os materiais de N.A por vários fóruns.

O feminismo produziu o movimento MGTOW e por essa mesma razão ele irá crescer até o dia em que os Estados modernos o criminalizem de vez, e nesse momento se tornarão redutos provavelmente presentes apenas na DeepWeb.

Talvez o 'realismo moderado' do Brasil continue voando por baixo do radar, mas eu não confio muito nisso. O futuro tende a ser sombrio com tecnologias mais sofisticadas e o crescimento do Estado.

Faz sentido, mas acredito que ainda há meios das coisas continuarem rodando.

Pra fazer uma lei que tivesse algum efeito, ela teria que ser escrita de alguma forma que o tiro certamente sairia pela culatra cedo ou tarde. Ainda mais se somam alguns fatores importantes: Ser legal ou não não é como se tivesse impedido algo na história desse país. 

Se for pra ir pra deepweb, aposto que muitos confras não teriam o menor problema nisso. Ia criar uma aura ainda maior de mistério e chamar a curiosidade das pessoas por puro efeito Streisand. 

O "sistema" não quer a extinção do masculinismo, do tradicionalismo, do MGTOW, etc. Ele quer a cisão, a divisão social, quer deixar a briga rolar, o circo pegar fogo. Qualquer situação de estabilidade é mal vista, por significaria que não existem problemas a serem explorados e eles teriam que achar novos vilões e novas vítimas.




Termômetro Social do Feminazismo I - O tiro saiu pela culatra

Hoje é só observar o comportamento das próprias mulheres pra medir o termômetro social de como o projeto de poder feminazista se saiu. E meus amigos, que tiro pela culatra espetacular foi esse!

Antes reclamavam que recebiam cantadas na rua, hoje já reclamam que não recebem mais. Antes reclamavam do cavalheirismo que fazia pouco caso das mulheres, hoje reclamam que ele não existe mais. Reclamavam que a sensualização na mídia objetificava as mulheres, hoje a representação das mulheres na mídia está cada vez mais horrenda (gordas de cabelo raspado e pintado como padrão de beleza) e agora que muitos migraram para a pornografia e as "mulheres virtuais", reclamam também.

Hoje a mulher ganhou o poder que tanto almejava, e como resultado está mais isolada e triste do que nunca. E agora está reclamando dos verdadeiros privilégios que tinha mas que perdeu, e que agora tem que lutar duro como todo mundo pra ter direito à sobrevivência. Trocou o tão "opressor" lar e ambiente doméstico pelo acirrado e voraz mercado de trabalho, ambiente nada opressor, imaginação a sua.

Aa falácia de que "não há bom homem no mercado" agora está virando a norma, quando todos os homens se omitirem, se afastarem, ou se acovardarem de vez, vão reclamar novamente dos homens, afinal o mecanismo de jogar a culpa nos homens por qualquer problema que tinham continuará intacto por longa data.

Sim, meus amigos, as feminazistas são e sempre serão infelizes não importa o quanto elas consigam seus tão desejados símbolos de poder. E a culpa nunca é das suas escolhas ruins e anti-naturais. A culpa é toda é toda sua, seu machisto escroto!



Termômetro Social do Feminazismo II - Nunca foi sobre igualdade 

Para o feminazismo não importa o quanto de igualdade real foi alcançada, mas sim o quanto de igualdade ilusória utópica ainda falta alcançar. Não importam os índices onde as mulheres ganham de lavada, onde estão na dianteira, onde os homens estão sofrendo, onde os homens se fodem mais. Só existem os onde elas estão em tese menos favorecidos, independente de se existe uma explicação razoável para tal. 

Feminazistas não aceitam qualquer luta pela igualdade que não seja a delas, sob a bandeira delas. Não conseguem conceber que exista outra alternativa, outra forma de resolver os problemas dela e da sociedade; o que só prova que feminazismo nunca foi sobre igualdade, ou se era, deixou de ser a muito tempo.

Por ser totalmente irracional, alimentado pelo discurso de ódio de algumas poucas mulheres, o feminazismo não tem ponto de chegada, é uma agenda que vai ser empurrada até sua implosão ou a da sociedade, o que chegar primeiro. Não tem um ponto pra dizer "chega, conseguimos nossas reinvindicações, agora vamos ficar de boa". Não há fim para um ódio irracional.

Como sentido de vida das militontas (e militontos) se o feminazismo perder o sentido ou se tornar desnecessário, seria o mesmo que tirar o propósito da vida deles, por isso reagem tão violentamente a qualquer coisa que ataque o feminazismo, um terror existencial, pois sua noção de identidade depende dessa ideologia rasteira e nefasta. Se você quiser saber o quanto uma pessoa é comprometida pela ideologia, basta tentar atacar as ideias dessa pessoa, que ela vai levar para o lado pessoal e começar a espumar feito um cão raivoso. 



Termômetro Social do Feminazismo III - Não existe limite para o ginofascismo 

Basta parar pra ver, não basta terem se infiltrado em todos os espaços, não existir canal de TV, jogo, filme ou qualquer outro produto de mídia que antes levassem em conta as sensibilidades femininas, mas não, são peças de propaganda e apologia clara à agenda feminazista, geralmente voltada àquela mesma do cabelo raspado e/ou pintado que já comentamos, aquela gorducha que vive reclamando de macho/machismo no Twitter. 

Por que aparentemente, não bastasse não existir outra forma de lutar pela igualdade possível, não existe outra forma de mulher concebível por essa gente. Para a mulher não existe escolha possível em ser feminina, em ocupar os espaços dedicados ao lar e cuidado das pessoas. O feminazismo maltrata as próprias mulheres que se opoem a seguir sua cartilha. Não é só no campo da Igualdade que o feminazismo destrói os conceitos, mas no da Liberdade, da Fraternidade, ideais da revolução francesa. E também da Beleza, da Verdade e da Bondade da filosofia greco-romana dos cristãos.

Não adianta terem conquistados espaços de prestígio e privilégio em processos seletivos, universidades, concursos, programas governamentais ou privados, ter todo o tipo de incentivo e bajulação pra fazer o que bem entendam. Não adianta todas as leis, delegadas, delegacias da mulher, advogadas e juízas mulheres revanchistas ou vingativas do lado delas. Nada do que se faça adianta, pra elas quanto mais recebem, mais querem. Quanto mais "igualdade" se alcança, mais inflamadas gritam contra um machismo imaginário da cabeça delas. São megalomaníacas loucas pelo poder.

Não existe limites para o ginofascismo!
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#27
Termômetro Social do Feminazismo IV - Aparentes contradições

Já que o pessoal deixou passar batido essa aparente contradição, eu mesmo vou a dissolver logo aqui.

Num instante falo que as mulheres reclamam por que não recebem atenção (cantadas, cavalheirismo, olhares, etc.) no momento seguinte falo que elas recebem todo tipo de atenção e bajulação da mídia e do estado (cargos, programas sociais ou privados, leis, incentivos, etc.), sendo que esses últimos em tese dariam muito mais vantagem para as mulheres. "Já notou que está falando asneira, né, Wildão?"

Mas aí que está, meus amigos! Lembremos que nós humanos não somos seres tão racionais assim. E que o desejo duplo das mulheres jamais poderá ser satisfeito, ainda mais por um casamento com "papai estado". O imperativo biológico feminino, seu gene egoísta, a impele a conseguir os melhores machos que possam providenciar segurança e recursos pra ela e pra prole. Por isso que ela almeja homens com destaque, grana, poder, etc. Todo mundo aqui já sabe disso.

Mas ao mesmo tempo ela precisa de homens que providenciam cuidado e atenção, para muito além de provisão e proteção. Tire o homem da equação e coloque apenas os símbolos de status e poder e o máximo que eles podem providenciar é a provisão e no máximo a proteção por procuração. Elas vão sentir que falta algo na vida delas...

Na hora do vamos ver faz falta ter os homens por perto dela, pra poder validar sua feminilidade. Vai faltar a figura daquele homem poderoso, que ganhe mais que ela, que ela fantasia. Vai faltar o homem que lhe dê cuidado e atenção para além da bajulação da insípida e pasteurizada propaganda governamental ou da companhia onde a mulher trabalha. Vai sentir falta de sentimentos e experiências REAIS. O que já sabemos que para muitas mulheres é muito mais importante esses sentimentos do que ter todo o prestígio e poder do mundo.

O feminazismo é uma proposta atraente por que evoca a imagem de um monte de doces na cabeça das mulheres (poder, prestígio, grana e outros recursos, etc.) mas quando elas o vão provar reparam que o que tem alí é um adoçante barato, um simulacro imperfeito do açúcar sem nenhum valor nutricional ou energético, que quanto mais elas provam, mas irão sentir falta do verdadeiro açúcar. O bolo é uma mentira.

O feminazismo nada mais é que uma grande cenoura amarrada na frente do burro, prometendo algo que as mulheres nunca vão alcançar, isso por que a cenoura é uma mentira em primeiro lugar, aquilo não é realmente o que elas querem, nem o que elas precisam.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#28
Descobri que sou bibliapill kkkkk
Responda-o
#29
(03-04-2024, 09:22 PM)Spextro Escreveu: Descobri que sou bibliapill kkkkk

O termo é engraçado, mas há de fato aquele doomerzão de igreja que prega o apocalipse e fim dos tempos, e que vai todo mundo morreeeeer e se danar no dia do julgamento, dia do julgamento tá próximo e tal, aquela lambança toda.

Mas serião mesmo, Spectro, tu é muito melhor que isso. Você é um cara informado e altamente inteligente, não teria pra que se misturar com a gentalha.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#30
PS : Pensei que era o tópico dos aforismos... Big Grin



O casamento no bostil é o namoro mais custoso que o homem pode ter, alguns homens casam-se mais de uma vez. ( eu , euzinho mesmo)


A filosofia da machosfera não é terapia para salvação de casamentos perdidos, em sua vã tentativa procure clerigos, religiosos ou terapia especializada. (eu , euzinho mesmo).


Beta que deixa a cuié ir em casa de show,  Rock in Rio, Lolapalooza e afins sozinha é corno ou adepto de relacionamento aberto sem saber, o fazem na tentativa de manter o relacionamento para através da impressão: que cara democrático e confiante, não machista, feministo do bem. Geração dos sem bolas...

O feministo desesperado que busca ajuda na filosofia da machosfera para manter ou tentar salvar casamento é o tipico corno que nega a traição diante de provas, evidencias e  avisos, não seja o mensageiro ou sobrará para vc, adultos sabem ler e decidir.

Casamento de merdiano com balzaca concurseira de familia com condição economica superior tem tudo para não dar certo. 

O feministo é um sujeito em negação inconsciente acerca dos relacionamentos modernos e instaveis, em nome da ilusão e autoengano atacará quem criticar a fragilidade e evidenciar a precariedade moderna.



[Image: 505ad3c84cc53ef72fe113191580a23c.jpg]
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#31
(22-03-2024, 02:09 PM)Gorlami Escreveu: PUAS (prefiro o clássico termo PUÁS) não passam de reais manginas, escravocetas, homens que abrem mão da dignidade para emular personagens distantes da realidade, e para que? Uma tentativa hedonista e superficial, desesperada eu diria, de conseguir despejar o DNA em qualquer buraco quente. Ignoram os danos e riscos que caminham lado a lado com a putaria, além de desperdiçarem tempo e recursos nesta jornada de impressionar fêmes. São como pavões ou borboletos que tentam parecer maiores e melhores do que realmente são.

Enquanto a Real prega o desenvolvimento por si em todas as eferas e as fêmeas como consequência, os PUÁS colocam simulação acima de tudo e buceta acima de todos. 

Não atoa esta patifaria morreu.

MGTOWS por outro lado, tendem a agir no polo feminino e transferem toda a culpa de seus problemas às mulheres. Não conseguem enxergar a própria fraquesa e não conseguem assumir a responsabilidade pelos próprios atos (chega a ser irônico dado o nome do movimento). A ideia inicial do movimento era ótima, mas a aplicação prática mostrou que os militantes de internet que representam a causa não passam de fracassados.

É interessante notar como os MGTOWS não enxergam que a culpa dos problemas que eles apontam é a porra do estado e, pasmem, outros homens (ditos matrixianos). 

Quanto a geração Z que chega até as pills por tiktok e afins, não vejo futuro. São a geração líquida, ou no termo clássico, fogo de palha. São preguiçosos, incapazes de pensar criticamente e desconhecem paciência e disciplina. Vão continuar lutando contra um inimigo invisivel e se frustrando, até caírem em contradição e assumirem uma rodada/carreirista/m$ol (iguazinho ao Roland).

É necessário fazer uma autocrítica, que vejo apenas na real: DEVEMOS SER HOMENS DE VALOR, HOMENS DE VERDADE. Somente então poderemos cobrar e lutar pelo que acreditamos. Enquanto vivermos como o Hyoga, punhetando a mente levando fora de gordas e nos preocupando se a família delas tem coqueiros iluminados, não passaremos de embustes teoricistas.

(22-03-2024, 02:35 PM)Frost. Escreveu: PUA = Vou emular que sou o prêmio pra comer buceta pq no fundo acho que buceta é o prêmio máximo.

Mgtow = O mundo é malvadão e as mulheres são vadias, amigos são falsos, vou me isolar, meter um shape, prestar um concurso, ficar inteligentao e viajar pelo mundo desprezando a sociedade e as mulheres pq tudo que preciso é minha própria companhia.


Qual das duas vertentes mente mais pra si mesmo? Acho que essa deveria ser a a questão.

Entrei só para dizer que ambas as respostas me deram uma luz acerca sobre os "miguitaús" sabia? Eu arrisco dizer que isso pode ser até tóxico (detesto essa palavra...) para o pessoal mais novo.
Responda-o
#32
(03-04-2024, 09:26 PM)Wild Escreveu:
(03-04-2024, 09:22 PM)Spextro Escreveu: Descobri que sou bibliapill kkkkk

O termo é engraçado, mas há de fato aquele doomerzão de igreja que prega o apocalipse e fim dos tempos, e que vai todo mundo morreeeeer e se danar no dia do julgamento, dia do julgamento tá próximo e tal, aquela lambança toda.

Mas serião mesmo, Spectro, tu é muito melhor que isso. Você é um cara informado e altamente inteligente, não teria pra que se misturar com a gentalha.

Tô com uns problema de depressão aí tô evitando de entrar no fórum.
Tava tomando trembolona, durateston e hemogenim só que meu psicológico foi pro raloinha mente derreteu e aí tô até afastado 40 dias do trabalho por causa disso. Aí acho que não tô bem e entrei nessa pirada de bíblia aí kkkk
Responda-o
#33
(03-04-2024, 10:52 PM)Minerim Escreveu: PS : Pensei que era o tópico dos aforismos... Big Grin



O casamento no bostil é o namoro mais custoso que o homem pode ter, alguns homens casam-se mais de uma vez. ( eu , euzinho mesmo)


A filosofia da machosfera não é terapia para salvação de casamentos perdidos, em sua vã tentativa procure clerigos, religiosos ou terapia especializada. (eu , euzinho mesmo).


Beta que deixa a cuié ir em casa de show,  Rock in Rio, Lolapalooza e afins sozinha é corno ou adepto de relacionamento aberto sem saber, o fazem na tentativa de manter o relacionamento para através da impressão: que cara democrático e confiante, não machista, feministo do bem. Geração dos sem bolas...

O feministo desesperado que busca ajuda na filosofia da machosfera para manter ou tentar salvar casamento é o tipico corno que nega a traição diante de provas, evidencias e  avisos, não seja o mensageiro ou sobrará para vc, adultos sabem ler e decidir.

Casamento de merdiano com balzaca concurseira de familia com condição economica superior tem tudo para não dar certo. 

O feministo é um sujeito em negação inconsciente acerca dos relacionamentos modernos e instaveis, em nome da ilusão e autoengano atacará quem criticar a fragilidade e evidenciar a precariedade moderna.



[Image: 505ad3c84cc53ef72fe113191580a23c.jpg]

Inequivocadamente um ótimo aforismo. Muito bom mesmo.

(04-04-2024, 12:10 PM)Spextro Escreveu: Tô com uns problema de depressão aí tô evitando de entrar no fórum.
Tava tomando trembolona, durateston e hemogenim só que meu psicológico foi pro raloinha mente derreteu e aí tô até afastado 40 dias do trabalho por causa disso. Aí acho que não tô bem e entrei nessa pirada de bíblia aí kkkk

Nesse caso, tranquilo, cara. Desejo honestamente melhoras, em pouco tempo vai estar zero bala de novo. Força e honra,
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#34
(04-04-2024, 09:02 AM)Doutor Pregos Escreveu: Entrei só para dizer que ambas as respostas me deram uma luz acerca sobre os "miguitaús" sabia? Eu arrisco dizer que isso pode ser até tóxico (detesto essa palavra...) para o pessoal mais novo.
O problema, caro confra, é que o mundo é hoje em dia, por padrão, "tóxico" aos homens, e está se tornando cada vez mais insalubre.

PiuPills, Miguélaus e os caralhos a 4 são formas de cope, do cara tentar racionalizar as contradições e os absurdos da vida.

O negócio passa do limite quando o cara para de se autocriticar e começa as respostas automáticas. Conhecimento nenhum em si tem contra-indicação mas o cara pode não estar no melhor estado pra poder processar aquilo.

E o pessoal mais novo, que está envenenado pelas redes sociais ou pelo fminazismo, por exemplo, sem critério nenhum de realidade, infelizmente a desintoxicação desse sujeito é na base do tratamento de choque, que de fato pode fazer mais mal do que bem. E isso por que a gente tem consciência das coisas e tenta fazer o melhor que pode pra acordar os novatos.

É triste admitir isso pois é uma bosta de situação pra todo mundo: MGTOW/blackPills são remédios amargos e cheios de efeitos colaterais pra um problema muito maior, que é a "toxicidade" da sociedade atual como um todo.
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#35
(04-04-2024, 12:10 PM)Spextro Escreveu:
(03-04-2024, 09:26 PM)Wild Escreveu: O termo é engraçado, mas há de fato aquele doomerzão de igreja que prega o apocalipse e fim dos tempos, e que vai todo mundo morreeeeer e se danar no dia do julgamento, dia do julgamento tá próximo e tal, aquela lambança toda.

Mas serião mesmo, Spectro, tu é muito melhor que isso. Você é um cara informado e altamente inteligente, não teria pra que se misturar com a gentalha.

Tô com uns problema de depressão aí tô evitando de entrar no fórum.
Tava tomando trembolona, durateston e hemogenim só que meu psicológico foi pro raloinha mente derreteu e aí tô até afastado 40 dias do trabalho por causa disso. Aí acho que não tô bem e entrei nessa pirada de bíblia aí kkkk

Sai fora.

As vacinas que tomou não entram nessa balança ai ? Doctor tão inteligente em defender a vacina do amor e não se preveniu de possíveis colaterais de hormônios ?

É muita desculpinha. Se querer o afago do Wild e da turma do FdB é só pedir que eles gostam de babar os ovos um dos outros.

(04-04-2024, 02:08 PM)Wild Escreveu:
(03-04-2024, 10:52 PM)Minerim Escreveu: PS : Pensei que era o tópico dos aforismos... Big Grin



O casamento no bostil é o namoro mais custoso que o homem pode ter, alguns homens casam-se mais de uma vez. ( eu , euzinho mesmo)


A filosofia da machosfera não é terapia para salvação de casamentos perdidos, em sua vã tentativa procure clerigos, religiosos ou terapia especializada. (eu , euzinho mesmo).


Beta que deixa a cuié ir em casa de show,  Rock in Rio, Lolapalooza e afins sozinha é corno ou adepto de relacionamento aberto sem saber, o fazem na tentativa de manter o relacionamento para através da impressão: que cara democrático e confiante, não machista, feministo do bem. Geração dos sem bolas...

O feministo desesperado que busca ajuda na filosofia da machosfera para manter ou tentar salvar casamento é o tipico corno que nega a traição diante de provas, evidencias e  avisos, não seja o mensageiro ou sobrará para vc, adultos sabem ler e decidir.

Casamento de merdiano com balzaca concurseira de familia com condição economica superior tem tudo para não dar certo. 

O feministo é um sujeito em negação inconsciente acerca dos relacionamentos modernos e instaveis, em nome da ilusão e autoengano atacará quem criticar a fragilidade e evidenciar a precariedade moderna.



[Image: 505ad3c84cc53ef72fe113191580a23c.jpg]

Inequivocadamente um ótimo aforismo. Muito bom mesmo.

(04-04-2024, 12:10 PM)Spextro Escreveu: Tô com uns problema de depressão aí tô evitando de entrar no fórum.
Tava tomando trembolona, durateston e hemogenim só que meu psicológico foi pro raloinha mente derreteu e aí tô até afastado 40 dias do trabalho por causa disso. Aí acho que não tô bem e entrei nessa pirada de bíblia aí kkkk

Nesse caso, tranquilo, cara. Desejo honestamente melhoras, em pouco tempo vai estar zero bala de novo. Força e honra,

Escaralhou geral, força e honra.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#36
(04-04-2024, 02:59 PM)Bean Escreveu: (...)
É muita desculpinha. Se querer o afago do Wild e da turma do FdB é só pedir que eles gostam de babar os ovos um dos outros.
(...)
Escaralhou geral, força e honra.

Se te fiz algum mal, ataquei sua pessoa, roubei sua namorada, chamei você de burro, feio ou chato, risquei seu caderno de caligrafia, comi seu último danoninho que tava guardado na geladeira ou afim, coisa que não me lembro, faça o favor de falar logo de uma vez.

Se tem algo contra mim ou contra algumas das minhas atitudes especificamente, vá: Dou uma chance de falar, coloca logo pra fora tudo o que te perturba que prometo não te encher o saco.

É sua chance de ouro explicar o que te deixa tão frustrado a ponto de sair do seu conforto pra escrever alguma coisa contra a minha pessoa.

Do contrário, só me deixa em paz mesmo, que eu não estou caçando post seu pra ficar choramingando.

Ou me fode logo de vez, ou sai de cima. Sem mais,
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#37
(04-04-2024, 04:08 PM)Wild Escreveu: Ou me fode logo de vez, ou sai de cima. Sem mais,

[Image: f6d9d9c9-cc76-4a0c-9fe1-ff42a481d83d-1641836529673.jpg]
Um homem com escolhas é um homem livre.
Responda-o
#38
(04-04-2024, 04:34 PM)Gorlami Escreveu: [Image: f6d9d9c9-cc76-4a0c-9fe1-ff42a481d83d-1641836529673.jpg]




Yaoming Yaoming Yaoming
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#39
(04-04-2024, 04:08 PM)Wild Escreveu: Ou me fode logo de vez, ou sai de cima. Sem mais,

[Image: clodovil-estilista5-1.jpg]
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#40
(04-04-2024, 04:47 PM)Bandeirante Paulista Escreveu: [Image: clodovil-estilista5-1.jpg]

Apresento-lhes o famoso Clodowild.

Ratinho Gargalhada Gargalhada
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Movimento Realista x Filosofia MGTOW Fairchild 17 5,729 28-08-2019, 06:42 PM
Última Postagem: gRILO

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: Leonardo_Martins, 2 Visitante(s)