Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Vale a pena assumir compromisso com as mulheres atuais ?
#21
@Merdingo e @BarbaNegra já deram a letra.

Essa pergunta é muito relativa porque você teria que definir o que seria "atual" oras, você é atual ? Se não, em que momento você estar ? Se sim, você teria as mesma característica que as mulheres "atuais" ?

Mas ao ler seu tópico você já generaliza as mulheres atuais como:

Spoiler Revelar
1) Carreiristas
2) Balzacas rodadas
3) Novinhas baladeiras
4) Mães solteiras
5) Mulheres divorciadas
6) Promíscuas
7) Tem o olhar de mil rolas

Então a resposta de todos aqui seria, obviamente, Não. Não vale a pena.

Porém o fato de você estar em um círculo em que só tem ou ver esse tipo de mulher é algo diferente, e a minha maior crítica aos "Redpills" é que se acham Sacrosanctum, e os únicos errados são as mulheres.

Como você é juvena aqui no fórum, já saiba que a maioria aqui vai contra boa parte dos que os "Redpillados" pregam. Do mesmo modo que existe mulheres com má indole no mundo, existe homens, e do mesmo modo que existe homems de boa índole existe mulheres.

Desta forma, no mundo atual, também existe mulheres descente, só tem que saber selecionar bem e se caso ser enganado pelas sereias, saber lidar com a situação da melhor forma. Então é não ficar com medo de se relacionar porque existe no mundo atual, mulheres das quais tu descreveu. Eu acredito na máxima que atraimos muito do que somos, e que a ação vai gerar uma reação, logo se tu pegar um ser desprezível e se fuder por isso é porque tu escolheu aquele ser desprezível, homens de valor jamais aceitaria esse tipo de mulher e também saberia que do mesmo modo como ele se acha ser uma pessoa boa, existe pessoas como ele do sexo oposto. Logo a resposta é SIM, a menos que tu seja viado, mulher ou eunuco. 

Aqui ensinaremos a não ser um idiota, a saber selecionar bem as mulheres, a se valorizar e buscar o seu melhor e não a ficar com medo de algo porque existe também o mal naquilo, que com essa lógica deixaria de andar na rua por ter ladrão, de comer porque existe coisas que não se devem comer (nos dois sentido, se é que tu me entende) deixaria de escutar música, porque existe música má, não, óbvio que não, apenas selecionamos a boa música.


Força e Honra!

                Passei, vi e, ao contrário deles, venci.
Responda-o
#22
(14-01-2023, 06:09 PM)@ Bastardo Escreveu: @Bastardo

"Merdingo" e "BarbaNegra"  já deram a letra.

Essa pergunta é muito relativa porque você teria que definir o que seria "atual" oras, você é atual ? Se não, em que momento você estar ? Se sim, você teria as mesma característica que as mulheres "atuais" ?

Mas ao ler seu tópico você já generaliza as mulheres atuais como:
...
Então a resposta de todos aqui seria, obviamente, Não. Não vale a pena.

Porém o fato de você estar em um círculo em que só tem ou ver esse tipo de mulher é algo diferente, e a minha maior crítica aos "Redpills" é que se acham Sacrosanctum, e os únicos errados são as mulheres.

Como você é juvena aqui no fórum, já saiba que a maioria aqui vai contra boa parte dos que os "Redpillados" pregam. Do mesmo modo que existe mulheres com má indole no mundo, existe homens, e do mesmo modo que existe homems de boa índole existe mulheres.
Eu tenho um pensamento parecido. Comecei a participar do fórum por estar nos meus 40 anos e começar a dar opiniões alinhadas com a Red Pill mas mais próximas da realidade. Eu mesmo já mudei de pensamento sobre muita coisa se comparado aos 20 anos.

Fazendo uma analogia com alguns posicionamentos aqui, seria como dizer: "Se você fizer uma viagem de São Paulo à Santos com pneu meia vida, com meio tanque de combustível, e sem pelo menos 100 reais para o pedágio, você COM CERTEZA vai ter problemas pelo caminho, vai passar pelos maiores perrengues, e por isso, é melhor ficar confortável na sua casa jogando videogame".

Digo porque depois dos 30, você não encontra mais mulher virgem ou sem um passado de relacionamentos. E se o homem de 30 anos não tem qualquer passado, com todo o respeito, não é culpa da mulher.
No meu círculo, no meio empresarial, eu posso dizer que é normal ter mãe solteira com filho de entre 8 e 14 anos, com um emprego e carreira sólida, ganhando bem, mais do que muito homem, e que o pai da criança paga uma boa pensão (pelo menos acima de 2.000 reais).
O cara que ficar com essa perfil de mulher não vai ter que assumir a criança. Não vai rolar paternidade sócio afetiva "naturalmente" com um moleque de 12 anos, tampouco a mãe vivendo em torno do filho, sem tempo para o relacionamento. 
E é aí que eu acho que vem o problema da generalização... comparam uma mulher, com sub-emprego, com filhos pequenos de pais diferentes com alguns zé droguinhas, sem receber pensão de alguns, e depois a classificam como se fosse uma MSOL igual àquela que é bem sucedida, com 1 filho maior e que já recebe uma boa pensão e por aí vai.

Desconectar com os casos da nossa sociedade Brasileira acaba freando o crescimento do movimento. Eu escrevi aqui em outro post, mas não é da natureza de todo mundo viver sozinho. Aí o cara cresce na vida, cresce na carreira, e como o colega dessa thread, na hora que vai atrás de uma mulher, meu Deus, não tem mais aquela mulher solteira, sem namoros anteriores, com bom emprego, virgem ou com 1 ou 2 casos só, bonita (nota 6 pelo menos) e etc, e agora? A única opção é ser Mgtow?
O cara vai olhar algumas idéias e simplesmente falar "ok, não é um grupo ou movimento para mim", e acaba perdendo informações valiosas.

No caso do confrade aqui que pediu ajuda, vamos jogar por baixo: Tem algumas balzacas ou divorciadas que são pouco rodadas, mais ou menos bonitas e sem filhos. Somente com essa informação não vejo qualquer problema do cara tentar conhecer algumas delas. "ah, mas se elas começarem a fazer exigências de princesa, se...se...se..."
Na vida real tem que ver se esse SE vai aparecer antes oras. Se elas começarem a dar as Red Flags, o cara pula fora e é isso. Mas vou contar um segredo: Tem muita mulher que não dá as red flags antes de te conhecer, e aí um cara sem experiência, e emocionado pela mulher, pode se ferrar da mesma forma.
Para dar uns exemplos do que eu já vi, comigo mesmo: Mulher escondendo ser feminista, mulher escondendo ser extrema esquerda, mulher escondendo ser bi. E pra deixar claro, meu perfil não é de chad, e sim de beta provedor.
É que as coisas se desvirtuaram tanto que tem muita mulher que não presta que não tem nem vergonha de levantar uma bandeira do tamanho da China, e mesmo assim o menino bom não enxerga.
A dica é estar bem informado sobre a mulher, saber dos joguinhos que todas fazem, saber das implicações jurídicas e patrimoniais, e decidir se é algo que vale pra você. E sem hipocrisia, tem dezenas de casos que podem valer a pena, a carência vai ser suprida pela companhia, se bem conversado entre o casal, sexo toda semana, planos juntos até da parte patrimonial, com os dois contribuindo e é isso.
Responda-o
#23
https://legadorealista.net/forum/showthr...p?tid=2937

Motivos pra não namorar mulher moderna, extraído daqui do LR, pra acrescentar.

Em que pesem os comentários e argumentos excelentes em ambos os sentidos, vale aqui também a máxima de que decidimos muitas vezes baseados em nossas emoções ou experiências e interesses momentâneos, e usamos a razão pra justificar ou fundamentar nossas escolhas.

Dessa forma, quem encontrou, ou supõe ter encontrado, uma mulher que vale à pena, vai compreensivelmente pautar sua opinião na sua experiência pessoal, o que é plenamente válido. 

Quem, como eu está girando de inferninhos a ambientes recatados das moças de família, de puteiro a igreja, passando por ambiente de trabalho, cursos, e outros lugares supostamente decentes de procurar, familiares e etc, e frequentando bares, baladas raramente, programas noturnos (lugares menos prováveis de se encontrar alguém pra esse fim), e etc, e com experiência de vida e com os olhos abertos pela real, sabe que apesar de alguns confrades estarem bem e felizes em relacionamentos (que Deus continue os abençoando), a realidade é que a ampla maioria objetivamente NÃO PRESTA PRA RELACIONAMENTO. Boa parte das razões já estão na primeira postagem.

Isso não é uma opinião minha. É uma constatação ÓBVIA nos tempos de hj, porque se fosse diferente essa questão não era nem discutível e a real nem existiria. 

Parabéns ao confrade que citou que essa questão envolve homens e mulheres. De modo geral, o ser humano e os bons costumes estão degenerados. Ta ruim pra todo mundo, e não é à toa que o número de divórcios e separações aumenta exponencialmente a cada ano.
Pelo poder da verdade, eu, ainda vivo, conquistei o universo


Responda-o
#24
Spoiler Revelar
(10-01-2023, 09:03 PM)Vital Escreveu: Eu estive lendo os textos clássicos da Real e, até agora, eu não encontrei nenhuma que sirva para compromisso. Muito pelo contrário, as mulheres que eu tenho contato, são:

1) Carreiristas
2) Balzacas rodadas
3) Novinhas baladeiras
4) Mães solteiras
5) Mulheres divorciadas
6) Promíscuas
7) Tem o olhar de mil rolas

Até mesmo entre as "católicas tradicionais" tem mulheres deste tipo. Estas estão no item 2 e 4: Balzacas e mães solteiras que rodaram a vida inteira, e que hoje estão "arrependidas", e agora se consideram com a moral de dar lição de moral até no Papa.

Claro que eu não fui pra Igreja para procurar uma mulher "santa", mas porque hoje eu busco a salvação da minha alma.

Então, estive pensando: vale à pena assumir compromisso com as mulheres atuais? Será que existe, hoje em dia, alguma mulher que serve para assumir compromisso ? Ou realmente são todas imprestáveis que só servem para o sexo casual (no meu caso, não servem pra nada pois estou buscando a salvação da minha alma e sexo casual é pecado)?

Estas são algumas perguntas que me faço.

Citação:vale à pena assumir compromisso com as mulheres atuais?

R.: Se você classifica como "mulheres atuais", essa lista anterior. Minha resposta é simplesmente um NÃO. Visto que o quê você procuras é entrar num relacionamento aonde se tem certeza que a mulher não terá um comportamento reprovável devido as experiências anteriores. Essas mulheres foram estigmatizada com esses rótulos, pois demostraram esse padrão de comportamento. E, o maior erro do cara é acreditar que pode gerenciar esse tipo de pessoa. Aprenda a não controlar o que não está no seu alcance.

"Como vocês conseguem resolver tantos problemas?"
R.: A gente resolve problemas justamente não pegando problemas dos quais estão na cara que não estão nas nossas mãos para resolver. 

Recado: Pode ter certeza que se o cara entrar num relacionamento e a mulher leva qualquer bagagem (emocional, financeira, física...), ela está cagando e andando. Ela esperará que tudo se resolva e ainda colocará a culpa da falha do relacionamento no cara. Ela nem mesmo sabe que esse histórico deplorável dela colaborou para o ruir do relacionamento. "Culpa sua o relacionamento não ter dado certo, aceite-me como sou (histórico lastimável)".

Citação:Será que existe, hoje em dia, alguma mulher que serve para assumir compromisso ?

R.: Com total certeza. O ponto é justamente esse, se sim, em qual lugar estão essas mulheres, boas para compromisso? Não é tão simples encontrar essas mulheres, pois essas qualidades (boas para compromisso) não se manifestam em qualquer ambiente, mesmo em ambientes tidos bons. Se a pessoa não cultiva ou alguém o cultivou nela boas qualidades, frequenta tal lugar apenas e não praticar não dá frutos.

Essa pequena lista que você escreveu já é uma constatação do ambiente que a pessoa vive e tem dentro de si. Portanto, uma hora esse histórico, se não resolvido ou dado um nó, virá à tona no próximo relacionamento, essa é a pica. Lidar com essas bagagem que elas trazem do antigos relacionamento é sempre doloroso, desgastante e vão.

Citação:sexo casual é pecado?

R.: Sim.

Vou na linha de pensamento que os confrades "BargaNegro" e "Bastado" escreveram, a gente atrai aquilo que é. Acrescento algo: Se tu só vê esse perfil de mulheres é porque:

1 - Tu estás com o olho para algo específico que elas tenham, como cor de pelo, coxas grossas, etc..., olhando mais para o corpo e esquecendo o interior (caráter, estrutura familiar, desejos e crenças). A beleza facilmente subjuga esses aspectos da vida da pessoa. - "Quem vê cara, não vê coração".

2 -  Porque o seu circulo social é justamente esse, rodeado de mulheres com esses perfil. 

Citação:"você e a media das 5 pessoas que convive"


O resumo do resumo é: MUDA O TEU CORAÇÃO (o interior); MUDE DE AMBIENTE, BUSQUE POR AMBIENTE QUE REALMENTE PREZAM POR RELACIONAMENTOS DURADOUROS.
"...os homens se corrompem, o sistema quebra, mas DEUS CONTINUA SENDO DEUS!"  
Spoiler Revelar
Autor Desconhecido
Responda-o
#25
[faltou]


Citação:vale à pena assumir compromisso com as mulheres atuais?

PS.: O ponto é até que grau ela perdeu a ingenuidade, e não foi corrompida com esta modernidade: propagandas ideológicas, facilidade das rede sociais, ganhar 15k com onlyfans, "come o bolo e guarda-lo", "um cara que ganhe 20k por mês", "Posso fazer tudo e não serei punida, pois a culpa de dar tudo errado é SUA, HOMEM." Até que ponto ela ainda está na realidade e o quanto ela foge para fantasia? O quando ela abriu o seus olhos e acredita que é merecedora de tudo, porém, sem buscar, oferecer algo equivalente em troca? O quanto "Me divirto com os errado, mas na hora de casar, quero o ALFA-BETA"?

Spoiler Revelar

Citação:1) Carreiristas
2) Balzacas rodadas
3) Novinhas baladeiras
4) Mães solteiras
5) Mulheres divorciadas
6) Promíscuas
7) Tem o olhar de mil rolas

A maioria já é pedra cantada. Se elas não conseguem resolver os problemas delas (acredito que é possível amenizar muita coisa, deste que esteja consciente, haja arrependimento e decida mudar), quem dirá tu, QUE NÃO TEM O CONTROLE DA VIDA DELAS. 

Reitero: Elas recebem toda essa programação moderna e ficam em conflito interno, contudo, no momento de escolha de um cara para o relacionamento, será o instinto que baterá mais essa distorção causada por essa massificação mordera. resultado, HIPERGAMIA NO CÉU.
"...os homens se corrompem, o sistema quebra, mas DEUS CONTINUA SENDO DEUS!"  
Spoiler Revelar
Autor Desconhecido
Responda-o
#26
Se eu for nessa linha de pensamento eu nem saio de casa, aliás, nem em casa eu fico que em casa também corro risco, me fecho numa bolha hermética completamente alheio as pessoas e ao mundo externo ou dou um tiro na minha cabeça, ai que não vou errar e nem correr riscos. Em tudo há redflags, em tudo há riscos, em tudo alguém já se fodeu tentando, mas pra uma pequena parcela de pessoas que se deram mal há uma parcela maior de pessoas que se deram bem, sem riscos você simplesmente não vive.

Óbvio que quem não faz nada pode bater no peito e dizer que não erra, está salvo e é imune as armadilhas do mundo moderno, mas e a vida? e o tempo? O mundo é isso ai, até pior, mas para você ser um homem completo, atingir a maturidade e superar muitas coisas que se acumularam no decorrer da sua vida miserável como ilusões do mundo, carência, solidão, medo, etc você tem que viver as experiências da vida por si só e tirar as próprias conclusões. O mundo é vasto com um universo de possibilidades que podem gerar outro universo de possibilidades que você só vai saber tentando, aprendendo, se fodendo, criando instintos, entendendo o mundo, as pessoas e a si mesmo.

Vai passar a vida se gabando que se livrou de armadilhas mas se esquece que o tempo passa, você fica velho, vai perder oportunidades que não voltam mais e no futuro não terá nada para se lembrar, apenas arrependimento de não ter vivido porque se esquivou de tudo baseado em parâmetros superficiais, textos e teorias conspiratórias, experiências alheias onde ninguém presta e em tudo você pode se foder?

Acordem, crianças, parem com a punheta, com a pornografia, desliguem o computador e vão pro mundo VIVER, a vida nunca vai ser essa mistura de romance hollywoodiano que você espera onde tudo sai perfeito conforme planejado e nem como o pornô de quinta que você assiste fantasiando na virgem, branquinha, lindinha, honradinha que vai satisfazer suas vontades na cama enquanto te ajuda roçar o mato e criar galinhas.

Até quando vai se forçar a esse processo de desumanização e nessa espiral de autoengano programando sua mente para se esquivar dos riscos da vida num malabarismo mental para justificar seus medos?

Nada é constante, nem você.
Responda-o
#27
Concordo com o realismo do Penoso.

Não se pode viver de teorias conspiratórias.

Bote a cara no mundo e vá vencer.
Responda-o
#28
Há várias respostas interessante e antagônicas. Muito bom.

Estou prestes a completar 39 anos. Tive as minhas experiências e não me vejo mais em uma relação. Não vejo as relações como o aspecto Religioso (como eu via) e/ou Romantizado. Vejo mais pelo pragmatismo mesmo (tipo quando eu observo o mercado financeiro).

Com quase 39 anos, caso eu arrume uma mulher muito nova, a diferença de mentalidade será abissal. E caso eu arrume uma Balzaca, a chance dela vim toda zoada (como já relatei) será grande. Por fim, como mencionei: Não tenho mais o objetivo de formar família. Sendo assim, colocar uma mulher numa relação é indiferente para mim.

Para quem ainda é novo, seria interessante pegar uma experiência. Se não tiver essa mesma experiência, a chance de cair no primeiro "chá" será bastante significativa. Para quem não sabe: Fazer sexo com GP e Civil é completamente diferente.

Ah! Estava me esquecendo: Quem for casar, aceito o convite para ser padrinho. Yaoming
"A Real tem 5 estágios: Conhecimento, Revolta, Aceitação, Compreensão e Evolução".
Responda-o
#29
(16-01-2023, 07:38 PM)Diamante Escreveu: Há várias respostas interessante e antagônicas. Muito bom.

Estou prestes a completar 39 anos. Tive as minhas experiências e não me vejo mais em uma relação. Não vejo as relações como o aspecto Religioso (como eu via) e/ou Romantizado. Vejo mais pelo pragmatismo mesmo (tipo quando eu observo o mercado financeiro).

Com quase 39 anos, caso eu arrume uma mulher muito nova, a diferença de mentalidade será abissal. E caso eu arrume uma Balzaca, a chance dela vim toda zoada (como já relatei) será grande. Por fim, como mencionei: Não tenho mais o objetivo de formar família. Sendo assim, colocar uma mulher numa relação é indiferente para mim.

Para quem ainda é novo, seria interessante pegar uma experiência. Se não tiver essa mesma experiência, a chance de cair no primeiro "chá" será bastante significativa. Para quem não sabe: Fazer sexo com GP e Civil é completamente diferente.

Ah! Estava me esquecendo: Quem for casar, aceito o convite para ser padrinho. Yaoming

Lembro de vc falando a mesma coisa porém com 33 anos. O tempo passa irmão..
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#30
(13-01-2023, 12:34 AM)Wild Escreveu: Vou na corrente contrária, estou num relacionamento de mais de 2 anos e estou sim plenamente satisfeito.

Entrei com expectativas em dia, já Judas malhado de dois relacionamentos anteriores que eu mesmo tive que terminar (os relatos estão aí no fórum). Eu não esperava nada, não fazia questão nenhuma de namorar, mas fui plenamente agraciado com uma ótima garota.

Não sei se isso que vou falar te faz algum sentido... Mas isso só aconteceu por que já tinha aberto mão de namorar por um tempo, quando você não procura um relacionamento sério, não tenta fazer dar certo a pulso com a primeira mequetrefe que te aparece. Você fica mais criterioso quando está desapegado. 

Fiquei com outras garotas, legais até, mas não queria nada demais com elas então não forcei nada sério, e com essa simplesmente aconteceu, depois de analisar bem os prós e contras, e possíveis red flags ou bons sinais me dei conta de que valia tentar e deu muito certo.

A garota por sorte não atenta demais pra redes sociais, e como fui o primeiro namorado dela, a régua de hipergamia dela veio mais baixa e estou uns degraus acima dela. Claro, tem bons sinais, como ser uma garota com boa relação com o pai e família, a família ser muito boa como um todo, ser do interior, se esforçar pra estudar e trabalhar, ser virgem e tudo o mais, então claro que não joguei contra as chances, peguei uma mais provável de dar certo.

Sinceramente tenho nada a reclamar, relacionamento ótimo, sexo ótimo, convivência no dia a dia ótima também. Sei que ela gosta de mim (você com o tempo aprende a dizer quando é de verdade e realmente quer formar família e passar a vida com você.) e ela se esforça bastante pra tudo dar certo.

Também estou ciente de que um belo dia ela pode mudar do nada ou acontecer qualquer merda e tudo acabar, mas até lá estou feliz vivendo cada dia, um dia por vez. Sem me preocupar, mas também pronto para o pior acontecer.

.
.
.
A mulher moderna no geral pode não valer a pena pra se relacionar, o que os confras falaram é bem enfático nesse ponto. Também não vou dizer que há mulheres decentes em bom número, que não há. Nem vou ficar pregando mulher exceção que isso também não existe, existem mulheres menos piores e tive realmente sorte de achar uma delas, mas que obviamente vai ter qualidades e defeitos como qualquer ser humano.

Se vale a pena assumir compromisso com a mulherada atual? Normalmente não, é melhor rodar alguns pratos e ir ficando com algumas. Mas se achar uma interessante que dê certo, não deverá ver problema em assumir ela.

Bom ponto levantado pelo confrade e sinceramente concordo. Quando você está desapegado e calejado, as coisas simplesmente acontecem.

Não vou me prolongar muito sobre o que falaram aí de tanto que o assunto é batido, mas, faço um parêntesis sobre uma antiga reflexão na real também, que é sobre a forma como você abraça a real a depender do reflexo do seu convívio em sociedade.

Não lembro muito bem onde foi, mas um sujeito fez essa analogia no site do "Sr Egoísta" na época e hoje vejo que é real ao explicar algumas mensagens que vemos aí no tópico.

Esses caras que são "redpill" puro aí, em geral são aqueles que são massacrados em quase todas as esferas sociais e aí encontram nessa filosofia algum apoio para justificar seus fracassos.

Enxergam sempre tudo pelo lado negativo e se cegam completamente nesse meio e colocam defeito em tudo e todos, menos neles que são princesos e estão em um nível acima, pois são honradões.


A esmagadora maioria das mulheres são imprestáveis ? A realidade nos mostra que sim, mas há mulheres menos piores para se relacionar. Não é porque a mulher não é virgem ou não é da igreja que ela não vai prestar.

Não estive buscando relacionamento nos últimos anos pois estou focando em mim, e foi justamente esse desapego que me fez amadurecer e ter critérios mais assertivos.


O critérios que eu uso para avaliar uma mulher hoje são:

1- Trabalhar / Não ser vagabunda
2- Ter um objetivo na vida / Não ser vagabunda
3- Não ser promíscua*
4- Ter bom convívio familiar e amizades saudáveis*
5- Ser autossuficiente e demonstrar isso dividindo despesas (bônus que pode se tornar um critério decisivo) 



*Acredito ser algo autoexplicativo, uma vez que é impossível estimarmos se uma mulher tem passado promíscuo sem a conhecer, são suas atitudes no dia a dia e círculos sociais que vão nos dar os sinais(redflags) sobre a mesma. Você não vai saber exatamente o que é, mas os sinais são sempre muito claros do grau de putaria.

Não adianta dar uma de corno detetive que ainda assim pode-se não achar nada, pois muitas são experts em esconder seus segredos e aventuras. Eu mesmo já transei com cada mulher em locais/situações que até hoje fico bobo pensando.


Uma vez determinado que tipo de mulher se tem a mão, é onde devemos avaliar se vale a pena ou não o relacionamento com base nos critérios de cada um.




Há quase 5 meses me apareceu uma mulher razoável que atendeu ironicamente a todos os meus 5 critérios, tá quase me apertando para assumir e estou enrolando até onde dá.

Tem sido um bom relacionamento para curtição e também para a vida, pois a mesma me suporta nos meus negócios fornecendo a expertise dela na área de formação, na vida pessoal e sentimental, uma verdadeira parceira. 

Tem um estilo de vida similar ao meu e não se importa que eu tenha filhos e nem quer ter filhos. (bônus dobrado)

No momento não quero casar, morar junto ou qualquer outra baboseira muito séria, só manter no máximo essa fase do namoro com cada um na sua casa, o que pra ela está OK também. 

Vamos vendo onde vai dar, por enquanto está tudo muito bem, e se um dia der vontade de oficializar algo mais sério, certamente seria com uma mulher que ela tem demonstrado ser, que levanta o homem ao invés de parasitar e derrubar.

Fiz esse breve relato apenas para explanar que enquanto se ficar nessa viadagem de soberba moral, dificilmente vai-se progredir para achar uma mulher adequada e vão ficar naquela vida dos seguidores do blog do pobreta.

Então, vale a a pena assumir compromisso ? Depende! O que você quer pra sua vida e quais são seus critérios ?



Abraços
"Mens Sana in Corpore Sano"  - Décimo Júnio Juvenal




Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  Até que ponto a Redpill vale a pena? lutador 18 2,244 14-09-2022, 10:58 AM
Última Postagem: Sísifo
Thumbs Up Vale a pena ir pra outro estado ? Lastsamurai 13 2,557 08-01-2022, 04:28 PM
Última Postagem: Martelo

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)