Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[RELATO] Vida de um Blue Pill
#1
Boa tarde a todos, essa é minha primeira postagem. Vinha lendo o conteúdo desse fórum, o que fez com que eu abrisse a conta, mas depois retornei p/ matrix e esqueci do fórum. Hoje posto pela primeira vez para obter conhecimento e tentar sair dessa vida de ilusão.

De antemão, quero deixar claro que não conheço quase nada sobre a Real, e que estou lendo os tópicos presentes nesse fórum, então resolvi postar aqui sobre como foi meu primeiro relacionamento e um pouco sobre como essa geração de jovens (da qual faço parte) realmente são frágeis.

Sou jovem, carcaça maneira (nada de fisiculturista ou essas coisas, tenho um shape maneiro, barriga definida mas nada demais), família legal, estruturada, estudando na faculdade, bem no emprego etc...

Esse é o meu relato de viver na pílula azul, tanto em relação à vida profissional quanto amorosa.

Faço faculdade de ADM em uniesquina só para pegar o diploma e pode passar em concurso. Essa é a primeira ilusão. Estou quase acabando a faculdade e venho pensando que é só meter um preparatório e fazer a prova e poder desfrutar das molezinhas que muito funcionário público tem. Vivo nessa ilusão de que vou passar num concurso antes dos 30 que me pague por volta de 10 mil reais e que vou colocar meu burro na sombra. Não vejo outra maneira de ganhar bem e trabalhar só de segunda a sexta sem muita pressão. Não tenho aptidão pra empreender, falo bem inglês mas não quero sair do RJ. Perceba como só quero molezinha sem fazer muito esforço, mas tendo plena consciência de quem sem esforço nada vai cair do céu na minha mão.

Acordo cedo todo dia, vou treinar, depois trabalhar e à noite faculdade. Não tenho vida social nem muitos amigos. Final de semana fico em casa vendo TV, escutando música. Sei que isso não é culpa de ninguém, se eu quero conhecer gente nova, mulheres ou qualquer outra coisa eu tenho que sair do meu conforto e ir atrás. Mas não faço.

Não sei trocar pneu, trocar filtro de pia, mexer com construção nem nada disso. No máximo trocar uma lâmpada. 

Comecei a namorar faz 2 meses, mas terminamos (culpa mas minha do que dela). Nos conhecíamos desde pequeno e finalmente o destino tinha nos unido. Ela foi minha primeira namorada. Terminamos amigavelmente, mas sinto falta. Sexo constante e o afeto eram bons. Sinto falta dela mas como já tinha lido alguns tópicos do fórum não fico mandando mensagens, nem fico em cima dela pedindo pra voltar.

Esse é o problema dessa geração, e talvez eu seja o exemplo perfeito quando os mais velhos falam que nós mais jovens estamos muito frescos.

Não tenho muita habilidades masculinas, como mexer em mecânica de carro (trocar pneu, bateria, óleo, vela e n sei mais oq), construir algo, capinar alguma coisa, não faço nada disso. 

Também me distanciei da igreja, e sinto esse vazio espiritual na minha vida. Sinto que preciso voltar a frequentar a igreja para me sentir melhor, ver se defino um objetivo na minha vida.

O resumo é: Não busco os ensinamentos de Deus, só quero molezinha mas tenho plena consciência que nada cai do céu e nós temos que correr atrás, sou um cara bonito que as mulheres na praia me olham (mas sou tímido e não sei abordar mulher, então fica só nisso mesmo, elas me olham com desejo mas por eu não saber desenrolar eu sigo em frente), namorei e estou sentindo falta dela, já perdi um dinheiro maneiro em apostas achando que vou ficar rico, e vivo nessa ilusão de que assim que acabar a faculdade vou passar num concurso e "finalmente" vou começar a aproveitar a vida.

Sei que sou o único responsável por eu estar nessa situação, e somente eu posso me tirar dessa. Ninguém é culpado disso... Economia, presidente, político, nada disso. Tenho plena consciência de que só eu posso mudar o destino da minha vida, me tornando mais experientes nos assuntos através da vivência, ou seja, para ser melhor com mulheres eu preciso conhecer mais, abordar mais, ser rejeitado etc.. Nos estudos a mesma coisa, entender que não tem molezinha e cair pra dentro dos livros (n tenho vida social então sair não é problema).

Esse é meu relato. Vivo na blue pill achando que as coisas virão fácil e que do nada as coisas irão mudar, em todos os sentidos. Tenho plena consciência que nada vem de graça, mas mesmo assim permaneço imóvel frente a essas situações. Não culpo ninguém nem nada, sei q sou responsável por isso tudo.

Tenho vontade de saber mexer com carros, construção, pois são coisas do ambiente masculino, mas não faço.

Por isso postei esse relato para saber como vocês entraram na Real e ajustaram a vida de vcs.

Forte abs!
Responda-o
#2
Ansiedade irmão, essa é a resposta do seus problemas.

Você sente que é melhor que muita gente porém os outros parecem estar vivendo uma vida melhor que a sua, saindo pra baladas todo fim de semana, enchendo a cara, namorando, transando com várias e etc.

Chega fim de semana e tu não tem nada pra fazer, fica deitado na cama vendo série e coçando o saco e bate as lembranças da época que tu namorava e tinha algo de bom pra fazer com sua ex.

O conselho que te dou é, aproveite esse momento da sua vida, é apenas mais um ciclo... Daqui um tempo com certeza aparece outra mina daora pra você passar o tempo, amigos pra dar um role, hobbies pra divertir. 

De maneira nenhuma pense em voltar a falar com tua ex, seja qual for o motivo, é passado e o ciclo se encerrou. Aceite esse fato e evite ficar revivendo o passado em sua mente, principalmente se masturbar pensando nela.
Responda-o
#3
Bom, o pensamento de um funcionário público padrão você já possui. Mas, esse comportamento, antes de ingressar em um cargo público, não irá te ajudar. Yaoming

Falando sério... Você aparenta está melhor que muito cara na sua idade. Bem dito pelo Barba, sua questão é Ansiedade.
"A Real tem 5 estágios: Conhecimento, Revolta, Aceitação, Compreensão e Evolução".
Responda-o
#4
Como você relatou muitas das respostas para seus problemas você já até tem, o problema é enfrentar o desconforto e o desconhecido, nosso Cérebro ele acostuma a uma rotina para deixar tudo justamente mais fácil para nós, então você vai ter que encarar o desconforto e deixar a situação ao melhor do seu agrado.

Primeiro esqueça a ex, se a ex fosse bom não era ex era sua atual, "ah mais eu que fiz merda" foda-se mesmo assim significa que não era para dá certo, então segue. Você está em uma fase mais de solitude mas você não está aguentando apenas sua própria presença, é também prazeroso estar só em um ambiente poder escolher seu filme sua série, uma boa leitura sem ninguém direto no seu pé, aproveita esse momento.
Assista o copini e viva a solitude, brincadeira a parte como o confrade disse a cima você está melhor que muitos, e aparenta ser bem inteligente. Viva a vida da forma q ela se entregar para você, somos apenas uma peça nesse tabuleiro, as vezes somos cavalo outra somos reis, viva na prosperidade e na escassez também. Vi uma vez o veio Olavo de Carvalho falando q conheceu várias pessoas de bastante cultura e conhecimento mas eram pessoas simples, mas viviam bem, esse é o segredo da vida. Por isso muitos bem sucedidos e cheio de patrimônios entram em depressão, porque não encontram o propósito de sua vida. A vida não é só em bem material e dinheiro, tem vários fatores em jogo.
Responda-o
#5
(13-11-2022, 05:55 PM)1dayumay Escreveu: Faço faculdade de ADM em uniesquina só para pegar o diploma e pode passar em concurso.

É uma boa pra quem quer viver no marasmo neste país pra sempre. Dependendo do concurso, viverá sempre na média, mas é uma boa para questões de estabilidade. Uma das piores sensações é o fantasma do desemprego.

(13-11-2022, 05:55 PM)1dayumay Escreveu: mas não quero sair do RJ.
Corajoso. Tá no inferno, abraça o capeta.

(13-11-2022, 05:55 PM)1dayumay Escreveu: Acordo cedo todo dia, vou treinar, depois trabalhar e à noite faculdade. Não tenho vida social nem muitos amigos.
Já tem uma disciplina maneira, diferente de uns 70% da população.





(13-11-2022, 05:55 PM)1dayumay Escreveu: Não sei trocar pneu, trocar filtro de pia, mexer com construção nem nada disso. No máximo trocar uma lâmpada.

Trate de aprender o quanto antes. Não só na relação de passar vergonha por não saber essas paradas, e sim que se algum dia vier uma crise fodida, você perder seu emprego e o mercado quebrar, de onde irá irar seu sustento? Construção, mecânica e agricultura, são ofícios que nunca vão acabar, e há cada vez menos pessoas disputando este mercado, porque ninguém hoje em dia quer ser pedreiro ou roceiro. Eu mesmo pretendo fazer um curso de pedreiro no ano que vem, para caso algum dia eu precise trabalhar na área ou precise construir algo para mim, eu não passe sufoco.

(13-11-2022, 05:55 PM)1dayumay Escreveu: Comecei a namorar faz 2 meses, mas terminamos (culpa mas minha do que dela). Nos conhecíamos desde pequeno e finalmente o destino tinha nos unido.

meigo


(13-11-2022, 05:55 PM)1dayumay Escreveu: Também me distanciei da igreja, e sinto esse vazio espiritual na minha vida. Sinto que preciso voltar a frequentar a igreja para me sentir melhor, ver se defino um objetivo na minha vida.

O resumo é: Não busco os ensinamentos de Deus, só quero molezinha mas tenho plena consciência que nada cai do céu e nós temos que correr atrás, sou um cara bonito que as mulheres na praia me olham (mas sou tímido e não sei abordar mulher, então fica só nisso mesmo, elas me olham com desejo mas por eu não saber desenrolar eu sigo em frente), namorei e estou sentindo falta dela, já perdi um dinheiro maneiro em apostas achando que vou ficar rico, e vivo nessa ilusão de que assim que acabar a faculdade vou passar num concurso e "finalmente" vou começar a aproveitar a vida.


Quanto antes aprender que todos os seus problemas, vem em parte de energias que pairam junto ao vento e habitam nas regiões celestiais e infernais, antes você vai encontrar o equilíbrio da tua vida e as coisas começaram à dar certo. Primeiro vem o espírito, que irá equilibrar a mente cujo o corpo obedecerá. Seu corpo é um reflexo da sua mente, que é alimentada pelo campo espiritual. Tudo começa no espiritual e não ao contrário. A geração atual, é totalmente ao contrário dos antigos sábios, porque atualmente, o fundamento de tudo é a carnalidade, o material, o corpo. Diante disto, a tendência é a auto-destruição. Eles criam industrias e sistemas políticos inteiros, para justificar desejos carnais e perversões, só que eles sempre fracassam, porque tudo que é material, está fadado à ser destruído algum dia, se decompor. A mente está ligada à alma, e esta por sua vez, é eterna.

Mesmo assim, ninguém é obrigado à ter uma vida de merda, e Deus sabe disto. Só que o modo de Deus atuar é diferente do inimigo, porque ele nos dá situações para superarmos, e assim obtermos nossas recompensas materiais, dentro de um limite que é o nosso merecimento, enquanto o outro, nos dá primeiro o material e as sensações corpóreas, durante toda a nossa vida, afim de esvaziar nosso campo astral e destruir nossas almas.

Não é errado você querer passar num concurso público e viver uma vida tranquila, porém precisa estar preparado para o pior, por isso eu citei que precisa aprender os ofícios básicos, para que algum dia, quando o estado virar e o mercado quebrar, você não passar fome junto à sua família. Seu diploma só vale como crédito, enquanto este estado se manter de pé, porque a sua validade é ilusória e imaginária, enquanto o conhecimento da engenharia, seja ela qual for, é paupável e reproduzível, o que gera grande valor em tempos de crise.

Como dito anteriormente, sua rotina e disciplina já está melhor que muitos, inclusive muitos daqui que pregam este tipo de doutrina, mas que acabam procrastinando, então não tem com o que se preocupar por agora. Em relação à mulher (percebe-se que eu falei de todo o aspecto do seu relato até agora, e só vou dedicar poucas linhas finais às mulheres. Leve isto como um ensinamento, porque elas não merecem tanto crédito em relação à outros campos da sua vida) escolha com cuidado, e se pergunte se vale à pena assumir um relacionamento neste momento, porque elas tem a incrível capacidade de mudar o curso da vida de um cara, como uma barragem numa represa.
Responda-o
#6
Ta no rio e ta sem ao menos sem quem trocar uma ideia é complicado. Mlk, se tiver carro, tem que ser zona sul. N vai te faltar lugar, sempre ta acontecendo alguma festinha próximo da lagoa como poder tomar alguma cerva gelada na Urca.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)