Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Red pill constante
#21
(13-06-2022, 11:20 PM)Sasquatch Escreveu:
(13-06-2022, 11:15 PM)A6M Zero Escreveu: Como a Real conseguiu manter a mesma linha de antes eu já não sei dizer.

Destruindo e expondo espertinhos.

Aqui "blogueiros" não se criam, já que são testados pela verdade. Se destacam aqueles que possuem mérito.

Falou e disse meu mano, nada mais a declarar

A real nunca será instrumentalizada, pq o foco dela é e continua sendo após todos esses anos, ajudar homens, e é por isso que estou de volta a esse fórum, pq a real foi a ÚNICA coisa que me auxiliou nos meus piores e mais sombrios momentos, e ajudar sem nenhum interesse é e continua sendo o alicerce principalmente disso aqui, mesmo que a maior parte dos membros estejam fora daqui, muitos ensinamentos valiosos se mantiveram
Responda-o
#22
(13-06-2022, 09:26 PM)Warzera Escreveu: Posso sim meu mano, opiniões rasas, chavões manjados e um monte de repetição de termos copiados de fora "Miqueinha, chad, sub five, black, red" uma tremenda babaquice ao meu ver que só serve pra estimular uma bolha social em que nada ajuda os cara, só da um conforto ali de pertencimento, não vejo uma reflexão como tinha nas antigas nos redutos, to um pouco sem paciência mas pretendo retomar as discussões de alto nível por aqui

É uma coisa que também não entendo, todas as "Pills" já estão contidas na Real e nada que é levantado nelas já não foi discutido nos redutos ou fóruns da Real ou completamente dissecado pelos estudiosos do comportamento humano.

Me parece ser a 'fogo-no-cuzisse' de colocar as coisas em um "cercadinho" ou em uma exagerada sistemática de conceitos mastigados, coisa muito usada por uma turminha que tem preguiça de viver sua auto-determinação e bancar suas escolhas com racionalidade.
Responda-o
#23
(14-06-2022, 11:15 AM)Fernando_R1 Escreveu:
(13-06-2022, 09:26 PM)Warzera Escreveu: Posso sim meu mano, opiniões rasas, chavões manjados e um monte de repetição de termos copiados de fora "Miqueinha, chad, sub five, black, red" uma tremenda babaquice ao meu ver que só serve pra estimular uma bolha social em que nada ajuda os cara, só da um conforto ali de pertencimento, não vejo uma reflexão como tinha nas antigas nos redutos, to um pouco sem paciência mas pretendo retomar as discussões de alto nível por aqui

É uma coisa que também não entendo, todas as "Pills" já estão contidas na Real e nada que é levantado nelas já não foi discutido nos redutos ou fóruns da Real ou completamente dissecado pelos estudiosos do comportamento humano.

Me parece ser a 'fogo-no-cuzisse' de colocar as coisas em um "cercadinho" ou em uma exagerada sistemática de conceitos mastigados, coisa muito usada por uma turminha que tem preguiça de viver sua auto-determinação e bancar suas escolhas com racionalidade.

E ai meu mano, na real, vou explicar resumidamente mas acho que você vai sacar pq desprezo esse termo, o negócio da internet hj é venda de curso, e existe toda uma metodologia bolada pra isso, parte do processo, é a criação de um guru, com seu vocabulário próprio e uma legião de fãs/seguidores repetidores de termos popularizados pelo mesmo, redpill, blackpill, etc não são termos criados, porém são termos copiados descaradamente lá de fora com essa finalidade, espertinhos canalhas e camaleões como Social Arts fizeram um hibrido de real, pua e copy/paste dos gringos pra criar uma seitazinha para, primeiro criar conteúdo facilmente engajado e lucrar em cima, segundo, vender cursos usando isso, e terceiro, lucrar e monetizar em cima da influência que esses conteúdos trazem, o jogo é esse, o resto tem muito a ver com mkt digital e como os caras aprenderam a usar o algoritmo do youtube para explorar (sim isso mesmo) a fragilidade dos caras com conteúdos extremamente superficiais, propositalmente superficiais de entrega constante, pra gerar aquela dopamina marota que faz o cara ir "maratonando" canal (mais ou menos o mesmo conceito que o tiktok usa), se engajando, comentando etc, enfim, fazendo a parada toda virar um meio de vida, muito rentável por sinal, e não se iludam, TODOS OS CANAIS REDPILL fazem isso, até os mais famosinhos que fazem vídeo backstage (com jogatina de fundo), a único que pelo o que percebo não está nesse esquema é o Don Sandro, por isso o admiro, no mkt digital a gente até usa o termo "vídeo autoridade" pra definir essa prática, ou seja, é tudo jogo de cena mesmo.
Responda-o
#24
(14-06-2022, 12:11 AM)Warzera Escreveu:
(13-06-2022, 11:20 PM)Sasquatch Escreveu: Destruindo e expondo espertinhos.

Aqui "blogueiros" não se criam, já que são testados pela verdade. Se destacam aqueles que possuem mérito.

Falou e disse meu mano, nada mais a declarar

A real nunca será instrumentalizada, pq o foco dela é e continua sendo após todos esses anos, ajudar homens, e é por isso que estou de volta a esse fórum, pq a real foi a ÚNICA coisa que me auxiliou nos meus piores e mais sombrios momentos, e ajudar sem nenhum interesse é e continua sendo o alicerce principalmente disso aqui, mesmo que a maior parte dos membros estejam fora daqui, muitos ensinamentos valiosos se mantiveram

A maior parte dos membros ainda estão aqui, o resto é tudo velharia montando em uma pilha de fake.
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#25
(13-06-2022, 04:20 PM)Warzera Escreveu: Maluco, eu acho que "Redpill" é uma ofensa ao que esse reduto sagrado que é a real era, caras fodas, tick tanks de primeiríssima, lendas da época, caras que tinham reflexões absurdas de boas e foram esquecidos, e hoje temos que ver merdas como "social arts" fazendo copy paste de gringos imundos e vendendo curso, bebendo da fonte mais foda que já existiu na internet no quesito de ajuda a homens, eu abomino esse termo redpill, o negócio é a real mesmo

(13-06-2022, 09:26 PM)Warzera Escreveu: Posso sim meu mano, opiniões rasas, chavões manjados e um monte de repetição de termos copiados de fora "Miqueinha, chad, sub five, black, red" uma tremenda babaquice ao meu ver que só serve pra estimular uma bolha social em que nada ajuda os cara, só da um conforto ali de pertencimento, não vejo uma reflexão como tinha nas antigas nos redutos, to um pouco sem paciência mas pretendo retomar as discussões de alto nível por aqui


Essa parte gringalizada vc nao ve no forum, sobre " caras que tinham reflexões absurdas de boas e foram esquecidas " provavelmente se revirar os tópicos vai encontrar postagens antigas principalmente pelo tópico semanal de postar textos antigos, mas a maioria e só um saudosismo mesmo...

Ora sobre "retomar discussões de alto nível por aqui" ai já tu ta forçando a barra uma vez que discussões de alto níveis nunca foram cessadas apenas andam em passos lentos
"Há um amplo fosso de aleatoriedade e incerteza entre a criação de um grande romance – ou joia, ou cookies com pedaços de chocolate – e a presença de grandes pilhas desse romance – ou joia, ou sacos de biscoitos – nas vitrines de milhares de lojas. É por isso que as pessoas bem-sucedidas em todas as áreas quase sempre fazem parte de um certo conjunto – o conjunto das pessoas que não desistem." O andar do bêbado.
Responda-o
#26
(14-06-2022, 10:20 PM)Bean Escreveu:
(13-06-2022, 04:20 PM)Warzera Escreveu: Maluco, eu acho que "Redpill" é uma ofensa ao que esse reduto sagrado que é a real era, caras fodas, tick tanks de primeiríssima, lendas da época, caras que tinham reflexões absurdas de boas e foram esquecidos, e hoje temos que ver merdas como "social arts" fazendo copy paste de gringos imundos e vendendo curso, bebendo da fonte mais foda que já existiu na internet no quesito de ajuda a homens, eu abomino esse termo redpill, o negócio é a real mesmo

(13-06-2022, 09:26 PM)Warzera Escreveu: Posso sim meu mano, opiniões rasas, chavões manjados e um monte de repetição de termos copiados de fora "Miqueinha, chad, sub five, black, red" uma tremenda babaquice ao meu ver que só serve pra estimular uma bolha social em que nada ajuda os cara, só da um conforto ali de pertencimento, não vejo uma reflexão como tinha nas antigas nos redutos, to um pouco sem paciência mas pretendo retomar as discussões de alto nível por aqui


Essa parte gringalizada vc nao ve no forum, sobre " caras que tinham reflexões absurdas de boas e foram esquecidas " provavelmente se revirar os tópicos vai encontrar postagens antigas principalmente pelo tópico semanal de postar textos antigos, mas a maioria e só um saudosismo mesmo...

Ora sobre "retomar discussões de alto nível por aqui" ai já tu ta forçando a barra uma vez que discussões de alto níveis nunca foram cessadas apenas andam em passos lentos

Eu não to falando do fórum e sim fora daqui, youtube etc
Responda-o
#27
Eu lembro quando decidi me "assumir" cristão; na época eu "perdi" uns 70% dos meus """"amigos"""", por ter vindo de uma religião pagã voltada ao ocultismo e a magia; e o restante dos """"amigos"""" eu fui perdendo por parar de ir nos "rolês", parar de usar drogas, me afastar de uma vida materialista e etc, por adquirir valores que são repudiados pelo sistema como um todo, enfim. Acabei me livrando de uma pilha de demônios e más pessoas que me levariam para o inferno mais cedo ou mais tarde. Tenho meus arrependimentos até hoje, mas encontrei Deus nas ruas, na necessidade, na abstinência da droga, no meu choro particular, coisas que quase ninguém sabe que passei, nos dias que dormi na rua, nas decepções amorosas, na vez que apanhei até quase morrer, ou na vez que um cara atirou na minha direção mas a arma falhou. Atualmente leio as escrituras, possuo um certo conhecimento bíblico e teológico, utilizo a força que Deus me dá para enfrentar os problemas cotidianos, guardo os sábados na medida que consigo, encaixo ele nos meus pensamentos e nos meus momentos durante todo o dia, joguei fora todos os inúteis com quem tinha contato, mas mesmo assim eu oro para que eles encontrem o caminho da paz que é ser cristão e dizer NÃO ao mundo moderno. Mesmo após tudo isso, ainda não aderi à nenhum templo, até porque a igreja somos nós que vivemos em Yahushua Hamashiasch, Cristo Rei. Estou estudando cadas denominação para que no futuro eu encontre de fato um local para frequentar e adorar, tendo em vista que precisamos sim de um templo para adorar ao criador.

O que eu quero te mostrar é que você não vai encontrar Deus apenas indo na "igreja"; se esse é o seu proto-objetivo, esqueça. Comece refletindo sobre a sua existência, sobre o que acontece ao teu redor, e sobre o mundo que vivemos, na hora que você sentir um incômodo e um vazio dentro de ti, você irá buscar algo para preencher este vazio, e é aí que Deus estará lá sutilmente ao seu lado esperando que você siga até ele, mas com suas próprias pernas. Uns vão pela dor e outros vão pela sabedoria, e eu fui por um conjunto dos dois fatores.


E esquece esse negócio de "beta", "alfa", "omega", tu não é animal e nem lobo. Essas páginas de contextos mafiosos, ou de "lobos solitários", ou até mesmo PUAs da vida, é tudo bullshit, que junta caras que fazem uma manobra absurda para mostrar para as mulheres que "não se importam com elas", ou que são "despertos", sendo que seus maiores objetivos são na verdade impressionar elas de alguma forma, caras cujo desenvolvimento pessoal é focado em algum dia ter algum atrativo para impressionar mulheres; sendo este tipo de homens os 80% do público deste tipo de conteúdo e os outros 20% são os espertos que lucram em cima desta massa de homens com baixa auto-estima, através de cursos inúteis e besteiras do tipo. Encare a Real como algo amplo na vida de um homem, onde o aspecto amoroso é apenas um em meio à diversos outros que contemplam as nossas vidas.
Responda-o
#28
(15-06-2022, 07:54 PM)Joxokhanurs Escreveu: Eu lembro quando decidi me "assumir" cristão; na época eu "perdi" uns 70% dos meus """"amigos"""", por ter vindo de uma religião pagã voltada ao ocultismo e a magia; e o restante dos """"amigos"""" eu fui perdendo por parar de ir nos "rolês", parar de usar drogas, me afastar de uma vida materialista e etc, por adquirir valores que são repudiados pelo sistema como um todo, enfim. Acabei me livrando de uma pilha de demônios e más pessoas que me levariam para o inferno mais cedo ou mais tarde. Tenho meus arrependimentos até hoje, mas encontrei Deus nas ruas, na necessidade, na abstinência da droga, no meu choro particular, coisas que quase ninguém sabe que passei, nos dias que dormi na rua, nas decepções amorosas, na vez que apanhei até quase morrer, ou na vez que um cara atirou na minha direção mas a arma falhou. Atualmente leio as escrituras, possuo um certo conhecimento bíblico e teológico, utilizo a força que Deus me dá para enfrentar os problemas cotidianos, guardo os sábados na medida que consigo, encaixo ele nos meus pensamentos e nos meus momentos durante todo o dia, joguei fora todos os inúteis com quem tinha contato, mas mesmo assim eu oro para que eles encontrem o caminho da paz que é ser cristão e dizer NÃO ao mundo moderno. Mesmo após tudo isso, ainda não aderi à nenhum templo, até porque a igreja somos nós que vivemos em Yahushua Hamashiasch, Cristo Rei. Estou estudando cadas denominação para que no futuro eu encontre de fato um local para frequentar e adorar, tendo em vista que precisamos sim de um templo para adorar ao criador.

O que eu quero te mostrar é que você não vai encontrar Deus apenas indo na "igreja"; se esse é o seu proto-objetivo, esqueça. Comece refletindo sobre a sua existência, sobre o que acontece ao teu redor, e sobre o mundo que vivemos, na hora que você sentir um incômodo e um vazio dentro de ti, você irá buscar algo para preencher este vazio, e é aí que Deus estará lá sutilmente ao seu lado esperando que você siga até ele, mas com suas próprias pernas. Uns vão pela dor e outros vão pela sabedoria, e eu fui por um conjunto dos dois fatores.


E esquece esse negócio de "beta", "alfa", "omega", tu não é animal e nem lobo. Essas páginas de contextos mafiosos, ou de "lobos solitários", ou até mesmo PUAs da vida, é tudo bullshit,  que junta caras que fazem uma manobra absurda para mostrar para as mulheres que "não se importam com elas", ou que são "despertos", sendo que seus maiores objetivos são na verdade impressionar elas de alguma forma, caras cujo desenvolvimento pessoal é focado em algum dia ter algum atrativo para impressionar mulheres; sendo este tipo de homens os 80% do público deste tipo de conteúdo e os outros 20% são os espertos que lucram em cima desta massa de homens com baixa auto-estima, através de cursos inúteis e besteiras do tipo. Encare a Real como algo amplo na vida de um homem, onde o aspecto amoroso é apenas um em meio à diversos outros que contemplam as nossas vidas.
Valeu pelas palavras confrade, concordo plenamente com o que foi dito.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)