Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[Reflexão] Acerca da realidade das mulheres de 30
#1
[Reflexão] Acerca da realidade das mulheres de 30
(Por Rorschach, OLODM)

[Image: ogZZ0X9.jpg?1]

Vou descrever um encontro de fim de ano, com vários amigos do colégio/universidade uns 8 anos depois.

Como fiz direito tinha bastante mulher no meu curso e pude conhecer várias, então, considero um ótimo parâmetro o que observei.

Bom, a maioria tem entre 27-33 anos.

No encontro, fui preparado pra observar, alguns pontos, dentre os quais especifico:
1- Se tem ou não filhos;
2- Se engordou o não;
3- A maturidade;

Constatei que 99% está acima do peso. Uma que achava tremendamente linda, nos seus 20 e poucos anos e me deu fora na época, inclusive, está um bagulho. Inchada, redonda e solteira e beirando a solidão. Está totalmente encalhada, segundo relatos, não beija e não sente cheiro de homem tem uns 2 anos. Não preciso descrever que a mesma me viu com outros olhos e ficou me 'encarando'.

A beleza delas se esvai. Aquele cabelo jovial, aquela pele brilhante, já não existe mais. As armas do passado, usadas pra seduzir e manipular, já estão quase todas enferrujadas!

É impressionante.

A maioria das primeiras gerações do feminismo, estão acabadas. Privilegiaram trabalho, estudos. Mas principalmente farras, noites mal dormidas, micaretas, excesso de bebida, etc. E isso DETONA a mulher. Incrível, estão todas acabadas. O relógio biológico bate, o senhor Chronos chamando...

O papo delas não é mais a novela ou qual é a balada do mês e sim: ''Quem casou e quem vai sobrar'' e, '' o casamento da fulana foi maravilhoso'', etc. O papo vira, traduzindo em miúdos: 'Preciso achar um provedor/marido pra mostrar pra mamãe e sociedade que sou uma mulher bem sucedida e posso ser mãe''.

Existem as que fizeram a chamada ''produção independente''. São as que engravidaram e tem $$$ pra bancar a criança. Essas vivem reclamando de homens e vivem em balada. Fico pensando qual o futuro de um filho de um produto do feminazismo... as mesmas sofrem e acabam confessando indiretamente, que o filho é ''um estorvo'', claro, fazem tudo sozinhas.

A crise dos 30 na mulher é real e é terrível. Por mais que digam que não e fiquem lendo textos do bolsa de mulher e congêneres. Já os homens... alguns estão casados e outros solteiros. Os que estão solteiros estão bem de vida, viajaram pelo mundo e são unânimes, inclusive os casados, de dizer o que eu digo várias vezes aqui:

A vida do homem começa aos 30. A mulher escolhe até os 30, depois, ela que vai ser escolhida. É essa a realidade.

Então, se você é jovem, entre 18-25 anos, invista em você, pegue as mulheres que der, mas não se estresse. Plante um bom futuro e colha depois, não desista, pois, se você agir bem, da forma correta, vai se sobressair!

Então, um ode ao senhor Chronos, que ele alcance todas as vadias, trapaceiras e falsas que sacanearam homens de bem. Meu desejo é que todas elas fiquem lindas como a ex-presidente Dilmas Roussef, diretoras da rede estadual de ensino mau humoradas, síndicas encrenqueiras, etc.

Esse tópico faz parte do projeto Segunda das Relíquias perdidas.
Responda-o
#2
O texto é bom, mas parece meio datado, as mulheres hoje se cuidam mais que uns 5 anos atrás, estão ocupando mais posições de poder, e os homens estão cada vez mais submissos e escravocetas, qualquer bagaço está conseguindo subir em pedestal hoje.
Responda-o
#3
Realmente o texto precisa ser atualizado para essa época atual das redes sociais, filtros de instagram, procedimentos estéticos, etc. Essa epifania dos 30 tá mais para uns 35 hoje, no mínimo.
Eu que sou (um pouco) mais velho e passei pelos relacionamentos dos anos 90 até hoje, vejo que está acontecendo uma tragédia para a mulherada e não tem o que fazer, infelizmente.
Acreditaram no feminismo e usam os melhores anos da vida pra cair na putaria sem limites. Muito poucas investem na carreira de modo SÉRIO, a maioria cai no carrosel de picas. Mais de 90% (não perguntem como cheguei nesse número, é observação pessoal mesmo) estão completamente estragadas, passaram na mão se VÁRIOS destacados, uma parte muito grande têm VASTA experiência sexual (dupla penetração, gangbang, orgia em lanchas e mansões, micaretas com diversos parceiros, disk bunda de alfa, casos com traficantes e/ou outros tipos de bandidos, sexo pago eventual, longa lista de etc).
Um mediano de hoje, com pouquíssima experiencia sexual REAL (está aí um coisa dura de admitir) perto de qualquer mulher nota 5-6 de hoje, está fudido se pensar em assumir uma dessas trintona de hoje. Vai ter que aguentar um stress sem fim da mulher se lembrando das inúmeras experiencias que teve e tendo crises de mal humor (por estar inconformada de ter que aceitar um mediano pra não ficar sozinha).
A tragédia é que na cabeça delas essa beleza dos 20 e poucos anos vai durar pra sempre E NÃO DURA. O tempo é IMPLACÁVEL com as mulheres, muito, mas muito mais que com os homens. É o que o cara descreveu no texto: desde pele e cabelo até acúmulo de gordura, a mulher perde beleza demais.
E o homem quer exatamente isso. Não quer carreira, erudição, simpatia, essas merdas. A gente quer RABO DURO, quer PEITOS FIRMES, pele MACIA, cabelo BONITO, pele LISA.
FODA-SE se ela virou CEO do Google, caguei pra isso. TODOS OS HOMENS CAGAM pra isso.
Não tem como alguém explicar o seguinte: "minha filha, aproveita o AUGE da sua beleza e fisga um cara melhor que você puder. Isso funcionou por séculos e séculos, não caia nessa ladainha das feministas/mídia/progressismo que vc vai ter 10 anos (na melhor das hipóteses) de putaria e o RESTO DA VIDA pra se arrepender".
Tá realmente incrível o que está acontecendo hoje, as meninas de 20 e poucos anos estão completamente tresloucadas, mil "contatinhos" no insta, rolês e mais rolês e mais rolês... a coisa está sem fim mesmo.
Vai dar ruim.
Responda-o
#4
Spoiler Revelar
(18-10-2021, 06:18 PM)Berzerk Escreveu: Realmente o texto precisa ser atualizado para essa época atual das redes sociais, filtros de instagram, procedimentos estéticos, etc. Essa epifania dos 30 tá mais para uns 35 hoje, no mínimo.
Eu que sou (um pouco) mais velho e passei pelos relacionamentos dos anos 90 até hoje, vejo que está acontecendo uma tragédia para a mulherada e não tem o que fazer, infelizmente.
Acreditaram no feminismo e usam os melhores anos da vida pra cair na putaria sem limites. Muito poucas investem na carreira de modo SÉRIO, a maioria cai no carrosel de picas. Mais de 90% (não perguntem como cheguei nesse número, é observação pessoal mesmo) estão completamente estragadas, passaram na mão se VÁRIOS destacados, uma parte muito grande têm VASTA experiência sexual (dupla penetração, gangbang, orgia em lanchas e mansões, micaretas com diversos parceiros, disk bunda de alfa, casos com traficantes e/ou outros tipos de bandidos, sexo pago eventual, longa lista de etc).
Um mediano de hoje, com pouquíssima experiencia sexual REAL (está aí um coisa dura de admitir) perto de qualquer mulher nota 5-6 de hoje, está fudido se pensar em assumir uma dessas trintona de hoje. Vai ter que aguentar um stress sem fim da mulher se lembrando das inúmeras experiencias que teve e tendo crises de mal humor (por estar inconformada de ter que aceitar um mediano pra não ficar sozinha).
A tragédia é que na cabeça delas essa beleza dos 20 e poucos anos vai durar pra sempre E NÃO DURA. O tempo é IMPLACÁVEL com as mulheres, muito, mas muito mais que com os homens. É o que o cara descreveu no texto: desde pele e cabelo até acúmulo de gordura, a mulher perde beleza demais.
E o homem quer exatamente isso. Não quer carreira, erudição, simpatia, essas merdas. A gente quer RABO DURO, quer PEITOS FIRMES, pele MACIA, cabelo BONITO, pele LISA.
FODA-SE se ela virou CEO do Google, caguei pra isso. TODOS OS HOMENS CAGAM pra isso.
Não tem como alguém explicar o seguinte: "minha filha, aproveita o AUGE da sua beleza e fisga um cara melhor que você puder. Isso funcionou por séculos e séculos, não caia nessa ladainha das feministas/mídia/progressismo que vc vai ter 10 anos (na melhor das hipóteses) de putaria e o RESTO DA VIDA pra se arrepender".
Tá realmente incrível o que está acontecendo hoje, as meninas de 20 e poucos anos estão completamente tresloucadas, mil "contatinhos" no insta, rolês e mais rolês e mais rolês... a coisa está sem fim mesmo.
Vai dar ruim.

É a coisa está feia mesmo, da minha parte ainda tento com uma ou outra, geralmente dando merda eventualmente (não por algum comportamento desonrado meu), mas já tenho planos pra me preparar para um futuro sozinho: Esperando o concurso que passei me chamar, guardando grana, investindo, cuidando da saúde, condicionamento físico e planejando alguns empreendimentos futuros.

No geral estou bem mais preocupado em cuidar da minha família (mãe, um primo e alguns tios e primos de outra parte), do que em constituir uma família nos moldes tradicionais com alguma modernete, dificil achar qualquer uma que sirva pra isso hoje em dia, as tentações da vida de putaria são fortes demais para elas eu acho.
Responda-o
#5
Este tipo de assunto ainda incomoda muitos no fórum devido ao desejo intrínseco de formar família.

No meu caso, até tinha este objetivo antes da Real. Aos poucos fui perdendo este objetivo por uma série de fatores e motivações pessoais.

Seguindo parte do pensamento dos posts acima; o meu objetivo é agora sair do meu estado (que é Socialista até os ossos) e passar a velhice de boas.
Responda-o
#6
Muito bom o texto mesmo estando desatualizado.
Os comentários dos confrades ajudam reforçando a ideia do texto e servindo como complemento.
"O mais forte espadachim não necessariamente é o que vence. É a velocidade! Velocidade da mão, a velocidade da mente." (Abade Faria).
Responda-o
#7
Este texto é antigo mas não esta desatualizado, ja vi mulher de 25 que era bonita esculhambada, elas tratam homem igual emprego, o parceiro não é o melhor amigo, é um investimento, então elas pegam os mais trouxas.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)