Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[REFLEXÃO] A fronteira da amizade masculina
#1
Eu acredito em 2 tipos de amizade masculina... a infantil e a 'virtual', depois que meninos atingem a puberdade, por mais amigos sejam... a tal amizade ira estremecer quando envolver mulher e dinheiro, ou quando algum se destacar em pelo menos um dos requisitos citados, uma charge que demonstra bem isso (o autor da animaçao criou 2 personagens masculinos que sao a media dos jovens brasileiros):

[/url][url=http://charges.uol.com.br/2015/10/11/espinha-e-fimose-mudando-o-visual/?modo=baloes]http://charges.uol.com.br/2015/10/11/espinha-e-fimose-mudando-o-visual/?modo=baloes
Responda-o
#2
o que une dois homens nao e a amizade mas sim seus ideiais.
"Quem tem Luz Própria Incomoda Quem Vive no Escuro"
Responda-o
#3
(11-10-2015, 02:11 AM)subversivo Escreveu: o que une dois homens nao e a amizade mas sim seus ideiais.

[2]



Responda-o
#4
(11-10-2015, 12:44 AM)Hombre de hielo Escreveu: ... a tal amizade ira estremecer quando envolver mulher e dinheiro, ou quando algum se destacar em pelo menos um dos requisitos citados,


[2]


Sabotagem social rola solta. Infelizmente e assim.
http://ask.fm/RajadaRealista

Quem são eles, para se entrometer quando cuidamos de NOSSOS interesses? (Vito Corleone).

Responda-o
#5
Muito bom esse vídeo Thoth. Não é só a questão envolvendo amigos que ficaram pra trás no desenvolvimento pessoal, querendo "curtir a vida adoidados" e deixando de lado os estudos, a busca de um emprego melhor, mas também da necessidade que o tupiniquim tem de ser bem aceito pela sociedade.
Responda-o
#6
Eu ja penso que é tudo uma fase de testes, se vc conhece um amigo a mais de 10 anos e por mais que um tenha um destaque maior que o outro, a amizade ainda se mantém fiel, então é uma amizade verdadeira.

Porém nesta situação existe dois lados, o que fica para tras pq não conseguiu se desenvolver e acaba se afastando por inveja, e o que se desenvolveu, descarta a amizade do outro se considerando superior.

Ja percebi os dois lados da moeda, se uma amizade superar isso, é uma amizade verdadeira.
Responda-o
#7
Entenda meus fellas, existe bons amigos e fdp, mas parem de ficar nessa de querer sempre rotular todo o mundo, e principalmente no quesito amigos.

Um amigo não precisa ficar te mandando msg todos os dias, não há cobranças bestas, podem ficar um bom tempo sem se ver, mas quando se vêem é como se tivessem se visto ontem.

Pode acreditar, um dia você vai querer dar uma porrada no teu amigo por alguma besteira, vão jurar que nunca vai conversar com ele novamente, passa se um tempo (bem pouco mesmo) e estão de boas bebendo por ae.

Sabe, de uns tempos pra cá, muita gente fica nessa de analisar amigo e se achar uma virgula fora do lugar arruma confusão, parece mulher querendo dar piti, e nos ultimos tempos muitos caras tão tendo atitudes de mulher chata, tipo você mandou um whats pra mim, eu vi e não mandei nada, tu já manda msg me xingando, se eu te xingo na zoação, tu já apela e fica falando de bullying, se eu saio com outros amigos e não te chamo (esqueci de te chamar, ou encontrei esses amigos do nada, ou não chamei por que não chamei msm não preciso dar explicações) tu já fica bolado comigo falando que eu não sou seu amigo. Entenda por mais que tu seja meu melhor amigo, vai ter dias que eu não vou querer ver a tua cara, mas não me leve a mal, e tu não é um floquinho de neve, "único e especial",  que eu tenha de explicar tudo né?

Há competições sim! De quem cospe mais longe, de quantas garrafas de cerva consegue beber, de quantas doses de tequila consegue aguentar, competições de QUALQUER COISA, mas no fim elas nos desafiam a melhorar. Os homens antigamente entendiam essas mensagens (claro que tem fdp dmais, mas não vamos falar deles, vocês já falam demais deles por aqui, vamos ficar de boas ok?), entendiam que eram desafios para desenvolver-se, mas hoje tá uma boiolagem do krl, tudo tem de ser bem explicadinho pra não "ferir os sentimentos" do cara.

Um bom amigo, não é aquele que toda a vez que você o chama ele vai, e sim no momento mais perigoso ele aparece do nada e luta com você, pois afinal de contas você tem que aprender a se virar sozinho. No fim a amizade nada mais é que uma parceria, somos malucos as vezes, mas uma boa amizade é aquela sem cobrança, sem nhenhenhem, quem um faz pelo outro sem querer receber algo em troca, ou melhor, sem esperar receber algo. Mas sempre se lembre disso: Elogie seu amigo em público, e caso ele tenha vacilado em algo, o corrija em particular. você entende o por que não é?

Ah e não fiquem nessa de querer viver na caverna não cara palida, falando que todo o mundo só quer um pisar em cima do outro, claro que isso tem, mas o mundo é muito grande pra se pensar nisso.
Responda-o
#8
(11-10-2015, 10:55 AM)THOTH Escreveu:
(11-10-2015, 02:11 AM)subversivo Escreveu: o que une dois homens nao e a amizade mas sim seus ideiais.

[2]




Porra! Como que a pessoa pode estar tão bem na vida, e se enxergar na merda? Eu tive uma infância muito feliz, era popular, contava piadas, ria fácil de qualquer coisa, brincava muito. Chegou a adolescencia e a introversão foi acentuando, até o ponto de me tornar antissocial. Aí eram só colegas que eu tinha. Virei o nerd, antissocial, impopular, cdf, otaku, rockeiro (é impressão minha, ou isso tudo são características de uma maior sapiência?), só não era tímido.Aí, no 2° ano de ens. médio, um colega meu, na mesa de jantar, com todos nossos colegas jantando (internato masculino) me perguntou:

- Por que tu não sai? Por que tu não bebe? Por que tu não fode? Por que tu não fuma? Tu não bebe, não fuma e não fode, tu ta morto.

Fui humilhado na frente de todos meus colegas, que me olhavam, imóveis e com vergonha ao mesmo tempo, com cara de quem diz: "eu tambem quero saber", mas ao mesmo tempo, com pena.

Eu tava muito ruim, por que nessa época comecei a comparar minha vida com o passado. Foi com esse empurrãozinho que mergulhei na depressão. todos os dias fazia estratégias de suicídio. mas no fim, não fiz.
Isso não faz muito tempo, mas me marcou pra caralho. Assim como da vez que fui obrigado a adimitir pra todos colegas, as garotas estavam dessa vez, que eu batia punheta. Com todas as letras, devido a uma pergunta de uma guria retardada. Esse dia foi dificil, se não fosse por um colega meu, que me respeitava, que disse bem na pausa dramática do constrangimento que todos estavam sentindo: "tá, mas alguem aqui não faz?". todos continuarão em silêncio em sinal de conscentimento.

E quanto aos amigos... minha única relação social em anos, era um grupo de whatsapp que entrei ano passado, cujo os membros eram pessoas tímidas. Saí dele essa segunda.

Hoje, não tenho amigos, mas estou muito bem, principalmente nesses 6 meses que descobri a REAL. Desenvolvimento pessoal já esta em atividade, Semana que vem vou abrir meu negócio próprio, vou ser um microempresário. Vou voltar a estudar o último do ens. medio (a pra perceber que sou novo.... parei naquele mesmo ano por outros motivos, vou voltar agr, 4 ou 5 anos depois), tambem vou apostar em concursos publicos, ao mesmo tempo que aprendo mais sobre finanças. Ao mesmo tempo vou desenvolver minha habilidade social (principalmente com mulheres) que praticamente não existe (morava no interior até pouco tempo, então, habilidade social... nada).  Já o físico anda vou ter que adiar um pouco, pois estou sem autonomia pra isso.
Responda-o
#9
Eu sou do tipo que não faço amizade com facilidade, tenho 3 amigos atualmente e 2 são de infância e 1 é de trabalho e só, o resto é tudo conhecido/colega/vizinho...tem muita gente querendo te afundar ou ver mal nesse mundo e meia dúzia querendo que você fique bem...
Responda-o
#10
(14-01-2016, 05:24 PM)Casmurro Escreveu:
(11-10-2015, 10:55 AM)THOTH Escreveu:
(11-10-2015, 02:11 AM)subversivo Escreveu: o que une dois homens nao e a amizade mas sim seus ideiais.

[2]




Porra! Como que a pessoa pode estar tão bem na vida, e se enxergar na merda? Eu tive uma infância muito feliz, era popular, contava piadas, ria fácil de qualquer coisa, brincava muito. Chegou a adolescencia e a introversão foi acentuando, até o ponto de me tornar antissocial. Aí eram só colegas que eu tinha. Virei o nerd, antissocial, impopular, cdf, otaku, rockeiro (é impressão minha, ou isso tudo são características de uma maior sapiência?), só não era tímido.Aí, no 2° ano de ens. médio, um colega meu, na mesa de jantar, com todos nossos colegas jantando (internato masculino) me perguntou:

- Por que tu não sai? Por que tu não bebe? Por que tu não fode? Por que tu não fuma? Tu não bebe, não fuma e não fode, tu ta morto.

Fui humilhado na frente de todos meus colegas, que me olhavam, imóveis e com vergonha ao mesmo tempo, com cara de quem diz: "eu tambem quero saber", mas ao mesmo tempo, com pena.

Eu tava muito ruim, por que nessa época comecei a comparar minha vida com o passado. Foi com esse empurrãozinho que mergulhei na depressão. todos os dias fazia estratégias de suicídio. mas no fim, não fiz.
Isso não faz muito tempo, mas me marcou pra caralho. Assim como da vez que fui obrigado a adimitir pra todos colegas, as garotas estavam dessa vez, que eu batia punheta. Com todas as letras, devido a uma pergunta de uma guria retardada. Esse dia foi dificil, se não fosse por um colega meu, que me respeitava, que disse bem na pausa dramática do constrangimento que todos estavam sentindo: "tá, mas alguem aqui não faz?". todos continuarão em silêncio em sinal de conscentimento.

E quanto aos amigos... minha única relação social em anos, era um grupo de whatsapp que entrei ano passado, cujo os membros eram pessoas tímidas. Saí dele essa segunda.

Hoje, não tenho amigos, mas estou muito bem, principalmente nesses 6 meses que descobri a REAL. Desenvolvimento pessoal já esta em atividade, Semana que vem vou abrir meu negócio próprio, vou ser um microempresário. Vou voltar a estudar o último do ens. medio (a pra perceber que sou novo.... parei naquele mesmo ano por outros motivos, vou voltar agr, 4 ou 5 anos depois), tambem vou apostar em concursos publicos, ao mesmo tempo que aprendo mais sobre finanças. Ao mesmo tempo vou desenvolver minha habilidade social (principalmente com mulheres) que praticamente não existe (morava no interior até pouco tempo, então, habilidade social... nada).  Já o físico anda vou ter que adiar um pouco, pois estou sem autonomia pra isso.

Cara, eu desejo que seus projetos frutifiquem. Apenas te aconselho a buscar algum contato com pessoas, mesmo que vc não seja lá muito adepto; isso porque, se o cara fica muito tempo sem interação social, quando precisar disso vai ter dificuldades. Não descuida dessa parte, meu velho.

Que situações de merda essas que vc relatou; passei por esse tipo de coisa na adolescência. Teve guria do ensino médio me perguntando, na frente de todo mundo, se meu pau funcionava. Aí já vinham as outras perguntas: "vc é BV?"; "vc gosta de alguém?"; "como vc faz isso e aquilo?".

Fosse hoje, eu usaria da ironia, como tenho feito. Exige traquejo, mas evita desconfortos.
"Primeiro vêm os sorrisos, depois as mentiras; por último, o tiroteio" - Roland de Gilead
Responda-o
#11
(15-01-2016, 08:47 AM)SurfistaPrateado Escreveu: Cara, eu desejo que seus projetos frutifiquem. Apenas te aconselho a buscar algum contato com pessoas, mesmo que vc não seja lá muito adepto; isso porque, se o cara fica muito tempo sem interação social, quando precisar disso vai ter dificuldades. Não descuida dessa parte, meu velho.

Que situações de merda essas que vc relatou; passei por esse tipo de coisa na adolescência. Teve guria do ensino médio me perguntando, na frente de todo mundo, se meu pau funcionava. Aí já vinham as outras perguntas: "vc é BV?"; "vc gosta de alguém?"; "como vc faz isso e aquilo?".

Fosse hoje, eu usaria da ironia, como tenho feito. Exige traquejo, mas evita desconfortos.

muito obrigado Surfista! desejo que suas ambições também se concretizem!
Responda-o
#12
Sempre Penso isso sobre amizades,raramente consigo considerar alguem um "amigo" realmente,só tenho uns colegas que converso diariamente,sei bem como você se sente
Responda-o
#13
Eu tenho muitos amigos. O problema e que tem cara que se fecha no casulo, em seu mundinho, e acaba ficando sozinho mesmo, ou é aquele chato de galocha insuportável. Falta equilibrio.
Fumei 25 cigarros esta noite e você sabe da cerveja.

Buwkoski.

Buceta não machuca e não se faz sexo com a bunda.

Leg. Bean, fórum mundo realista.
Responda-o
#14
Tem que saber dosar,  como o confrade acima falou, não pode se isolar demais, se não acaba sozinho, mas não pode exagerar e querer ser o centro das atenções o tempo inteiro, se não vai virar um chato e? Continuar sozinho...
Responda-o
#15
Amizade faz parte do código de conduta masculino.

Mas tenham em vista duas coisas:

Amigos são pessoas que gostamos, que temos alguma afinidade em determinadas tarefas.
Companheiro está um passo acima, é um amigo que além das afinidades, compartilha ideais.

Vejo muito endeusamento na questão de "se virar sozinho", "apreciar a própria companhia" e besteiras do tipo. Obviamente, é necessário ter um tempo para si, mas este tempo, não é o TEMPO TODO!

Muitos vestem a roupa de lobo solitário, para disfarçar a incapacidade de construir laços profundos com seus semelhantes (muitas vezes, por não terem nada a acrescentar), laços de INTERDEPENDENCIA, mesmo aqui no fórum vejo um pouco deste discurso.
Mas no mundo REAL, você sozinho não vai ser perdoado. Sozinho você só é mais uma presa vulnerável.
Então, sejam seletivos, mas não caiam nessa pilha de que "eu não preciso de ninguém", é uma baita mentira isso.

E NÃO, sua guilda no jogo de RPG não é um ciclo de amizades. Gargalhada Gargalhada
Existe uma vida fora do quarto...
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o
#16
Amigos, coisa rara e complicada, tenho algumas opiniões sobre isso:
-Ter amigos é bom e importante, porém é difícil.
-Não dá pra achar que amizade é igual nos filmes (aquilo é ficção), as vezes na tua própria família terá inveja e projeções que te atrapalham ao invés de ajudar. Lembre-se, as pessoas querem te ver bem, mas não melhor que elas!
-A tua vida, os teus resultados, os teus fracassos, tudo isso é somente teu e de tua responsabilidade, não tenha essa ideia juvenil de você com teus "amigos" vencendo na vida, isso aí é coisa de filme da sessão da tarde.
-Não adianta se revoltar e se tornar um eremita ou bicho do mato, na vida é preciso se relacionar com as pessoas, com muitas pessoas, entenda isso, mas você não vai e não precisa ser amigo dessas pessoas. Tenha ética, seja leal...e seja forte em sí mesmo.
Responda-o
#17
Quanto a esse assunto , a Mãe da gente sempre falava " Fulano não é teu amigo de verdade ..." abra o olho .
a Bíblia Cristã nos diz que : " Quem tem muitos amigos pode chegar à ruina, mas existe amigo mais apegado que irmão" PV 18,24.
Responda-o
#18
Sendo sincero, as vezes penso que a única coisa que importa é sobrevivência, custe o que custar. Vejo mts pessoas falando sobre "moral", "ética", "lealdade".

Lealdade é um atributo que se paga um preço mt alto pq quem é leal, pq quem recebe a lealdade do outro está num lugar confortável. Na lógica econômico do risco x retorno, o retorno é mais alto para quem tem algo a oferecer e o risco fica no colo de quem tem somente lealdade para dar.

Valores só tem valor se vc encontra reciprocidade, caso contrário vai tomar invertida para quem não dá a mínima e utiliza o que for para ter alguma coisa.

Convenhamos, e sendo realista, no mundo moderno, os jovens e jovens adultos querem provisão financeira, sexo e diversão. Quem não aprender a ser um filhodumaputa, não é realista e se ficar apegados a "valores" que não valem nada para a maioria esmagadora da população, vai continuar sonhando em ter "amizades verdadeiras" e "mulher da minha vida".

No mundo, vc está só de passagem e a sobrevivência é o que importa.
Responda-o
#19
O amor dos pais em relação aos filhos é superior a qualquer amizade 

Mas em uma sociedade completamente doente como a nossa, amizade é capaz de superar a família 




Responda-o
#20
(18-09-2021, 11:15 PM)Roris Morfí Escreveu: Sendo sincero, as vezes penso que a única coisa que importa é sobrevivência, custe o que custar. Vejo mts pessoas falando sobre "moral", "ética", "lealdade".

Lealdade é um atributo que se paga um preço mt alto pq quem é leal, pq quem recebe a lealdade do outro está num lugar confortável. Na lógica econômico do risco x retorno, o retorno é mais alto para quem tem algo a oferecer e o risco fica no colo de quem tem somente lealdade para dar.

Valores só tem valor se vc encontra reciprocidade, caso contrário vai tomar invertida para quem não dá a mínima e utiliza o que for para ter alguma coisa.

Convenhamos, e sendo realista, no mundo moderno, os jovens e jovens adultos querem provisão financeira, sexo e diversão. Quem não aprender a ser um filhodumaputa, não é realista e se ficar apegados a "valores" que não valem nada para a maioria esmagadora da população, vai continuar sonhando em ter "amizades verdadeiras" e "mulher da minha vida".

No mundo, vc está só de passagem e a sobrevivência é o que importa.

Bom ponto...

Na lógica humana da sobrevivência, sentimentos só prevalecem na abundância...
O direito de ser humilde, é dado a quem NÃO PRECISARIA ser humilde (uma pessoa de posses, por exemplo), para o pobre, ser humilde é simplesmente obrigação e não mérito (ou assim é visto).

Mas eu acredito, ainda sim, nos paradigmas da amizade e todos os acordos de retidão que surgem dela (mora, ética e lealdade). Acho que são resultados de um nível de consciência superior que tento perseguir (opinião minha).

Porém, tenho em vista (validando seu argumento), que não necessariamente serei reconhecido apenas por isso, as pessoas reconhecem valores quando estes vem seguidos da grandeza, de uma posição de poder seja ela qual for.
Esse é o fator que lustra os sentimentos e tornam eles resplandecentes.

Grifos meus: se estamos de passagem, que seja para fazer a diferença da melhor maneira possível, tanto materialmente quanto em todos os aspectos que envolvem as emoções. Se desejo uma boa amizade, tendo ser um bom amigo, e por ai vai.
"Paulistarum Terra Matter..."
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 3 Visitante(s)