Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Como lidar com gente estúpida?
#21
(05-03-2021, 04:13 PM)Berzerk Escreveu:
(05-03-2021, 03:37 PM)Merdingo Escreveu: Direcionamento de recursos públicos para ações/obras idiotas

Exigências de prazos humanamente impossíveis

Decisões babacas executivas por pessoas em cargos eletivos

Setores sobrecarregados com mão de obra escassa

Ausência de infraestrutura compatível com a exigência  de trabalho 

Setores lotados de gente coçando o cu o dia todo, que todo mundo ve e nao faz nada pra mudar

Os mesmos supracitados fazendo fofoca o dia todo e criando problemas pra quem trabalha

Inúmeros problemas criados por desmandos políticos anteriores

Denúncias descabidas anonimas de municipes devendo explicações para MP e TCE

Atendimento a ignorantes tendo que aturar estupidez, grosseria por assuntos de merda

Entre outros

Acredito que seja suficiente, nem preciso entrar no âmbito pessoal


Tá de brinqs.
TUDO ISSO AÍ não tem o o que vc possa fazer. Só vai se remoer e se corroer por dentro.
O conselho mais óbvio (e mais idiota) seria sair fora dessa merda, mas provavelmente e a essa altura do campeonato não dê...
Eu não tenho como responder à pergunta do tópico
"Como vocês tem lidado com esta horda de gente burra e estúpida por todos os lados, principalmente no campo profissonal?"
Por que no meu mundo (empresa privada) esse tipo de idiotice não prevalece. O próprio sistema destrói essa situação extrema, só vai pra frente e perdura quem trabalha razoavelmente direito... a idiotice geral é infinitamente menor.
VEJA BEM, não estou falando que o meu mundo é melhor que o seu, só é diferente e tem OUTRO TIPO de stress.

Não vou sair fora, sou concursado, ganho bem em vista da situação econômica atual e preciso de grana pra pagar as contas.

Se eu não precisasse de grana ja tinha vazado.

Já trabalhei em empresa privada tbm, já fui microempreendedor, mas minha experiência foi diferente, a ponto de vir para o setor público como última opção.

Enfim, pelo visto é envelhecer nisso aqui mesmo.
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#22
E o que você faz FORA do horário de trabalho? Tem alguma coisa que você GOSTA de fazer?
De preferência alguma coisa que tenha alguma complexidade em fazer, que você tenha que ficar se dedicando um pouco pra fazer direito.
É como se fosse um trabalho, mas que vc faz com prazer.

--------------

Ano passado um amigo que fez escola primária comigo me encontrou em rede social e estabeleceu contato.
Esses dias me contou um resumo da vida dele:
Trabalha no setor público em posição intermediária, salário bom e estabilidade, há mais de 25 anos.
Pelo que me falou mergulhou de cabeça, se envolveu bastante no trampo e não fez outra coisa na vida além disso: casa-trabalho-casa. Por DÉCADAS.
Resultado: 1,67m e 140 kg. 4 Anos atrás descobriu um câncer e quase morreu.
Escapou, mas cheio de sequelas: hipertensão, diabetes, fígado gordo, joelhos fodidos, etc.
O que eu acho: tem que ter algum tipo de equilíbrio aí. Tem que fazer alguma coisa, algum hobbie que goste... senão a vida não vale muito a pena.
Uma viagem aqui outra ali, comprar coisas caras, encher o cú de comida em restaurante... isso aí não adianta. É ilusão.
Responda-o
#23
Big Grin 
(05-03-2021, 02:56 PM)Merdingo Escreveu: Eu já tentei isso. Resolve por uns dias e quando vejo tô na rotina de novo. Vou comprar cerveja hoje.

Ficar bêbado, fumar e comer alguma casada ou fechar alguma zona.

MAIOR ROUBADA DO MUNDO tem nome e sobrenome: Mulher Casada.
Responda-o
#24
(05-03-2021, 03:37 PM)Merdingo Escreveu:
(05-03-2021, 03:15 PM)Berzerk Escreveu: [quote pid='94451' dateline='1614966669']


É claro que o problema sou eu. Por isso vim aqui pedir opiniões.

Se eu não tomar remédio em menos de 1 ano vou ter que fazer implante dentário. Tão td roídos já.

Pelo menos a nuca não está queimada.

Faltou o exemplo de idiota fazendo idiotice no trampo... diz aí pra eu entender o que te irrita tanto.

Direcionamento de recursos públicos para ações/obras idiotas

Exigências de prazos humanamente impossíveis

Decisões babacas executivas por pessoas em cargos eletivos

Setores sobrecarregados com mão de obra escassa

Ausência de infraestrutura compatível com a exigência  de trabalho 

Setores lotados de gente coçando o cu o dia todo, que todo mundo ve e nao faz nada pra mudar

Os mesmos supracitados fazendo fofoca o dia todo e criando problemas pra quem trabalha

Inúmeros problemas criados por desmandos políticos anteriores

Denúncias descabidas anonimas de municipes devendo explicações para MP e TCE

Atendimento a ignorantes tendo que aturar estupidez, grosseria por assuntos de merda

Entre outros

Acredito que seja suficiente, nem preciso entrar no âmbito pessoal


[/quote]
Por mais que digam que não tem como mudar, entendo, compreendo e até concordo. O problema é que o cara fica zoado mesmo e o resto continua cagando e andando. 
Uma época exercício físico me ajudava a descarregar bastante isso. Hoje treino ao meio dia e à noite quando dá, e não auxilia tanto quanto antigamente. 
Mas falar na cara, de forma polida mas direta, tem ajudado. Teste com o cara que menos pode te atrapalhar, ao menos terás um saco de pancada para descarregar  Yaoming
Responda-o
#25
Na minha opinião, você está se preocupando com muitas coisas que fogem do seu alcance. Você precisa entender que em tudo tem uma hierarquia, e que pessoas estúpidas vão mandar em nós no ambiente laboral (pelo menos durante o início da caminhada).

Pelo que entendi, você é concursado e está de saco cheio do que e de quem te cerca no trabalho. Os motivos são perceptíveis, não vou elencar. Só acho que você tem que ser mais "estoico" e parar de se preocupar com o que não está sob seu controle.

Faça o seu trabalho. Não aceite ordens abusivas, nem tolere ofensas. Em última instância, mande algum filho da puta para a casa do caralho. ENTRETANTO, jamais deixe que essas merdas afetem a sua saúde mental (porque pelo visto, estão afetando).
Responda-o
#26
Fala pombo guerreiro. Se não se estressar, não é trabalho. Yaoming

Cara, bem vindo ao mundo corporativo aliado ao mundo do analfabetismo funcional. Por isso quando comentava em tópicos de concurso públicos era exatamente esse tipo de problema que aborrecia mais (entre outros, claro). Já trabalhei em órgão público e é uma merda.

Uma dica que deixo é: Seja discreto e ponha os abutres no lugar deles quando for necessário.
"A Real tem 5 estágios: Conhecimento, Revolta, Aceitação, Compreensão e Evolução".
Responda-o
#27
mano a estupidez faz parte da nossa natureza... por exemplo, com nossos amigos mais chegados a gente é meio estupido e tal...

o problema é quando somos com pessoas que estão "na nossa maldade"

com pessoas assim, tem gente que consegue ser amistoso e tal para tirar vantagens sociais e profissionais...

eu não consigo ser assim não. Quando eu vejo que uma pessoa nao gosta de mim, eu nem bom dia eu dou... eu realmente finjo que ela nao existe e nao escondo


mas com os amigos é saudável ser estupido, ser idiota ... porque eles também o sao contigo... o problema e ser assim com pessoas que pisariam em vc quando vc esta por baixo
Responda-o
#28
Ignorando e mantendo distância, pra começar.
Se não for possível, seja resiliente, fortaleça o espírito. E largue as drogas.
Flw valeu.

"Só os canalhas precisam de uma ideologia que os absolva e justifique." (Rodrigues, Nelsson)
Responda-o
#29
Eu nem sei o que dizer, porque na verdade to meio que no mesmo barco. Tive que começar a tomar remédios para dormir, pq não consigo mais desligar. Fui tirar férias, não descansei nada pq ficava resolvendo pepino do serviço e além de TENTAR tirar só 15 dias, tive que voltar depois de uma semana.

Sempre que eu posso tomo umas cachaças e charuto na hora que eu chego em casa, dá uma boa aliviada.

Eu não me estresso muito com os cretinos não, simplesmente ignoro e foco no meu trabalho que é isso que importa. Sei que é uma bosta de conselho mas enfim ... fica aí esse breve relato. Você com certeza não está sozinho nessa.


PS: estou digitando isso, sábado a noite do computador do meu trabalho, que hoje vai looooonge ainda
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#30
Isso ai é normal, mais normal que você pensa, mas só gera esse tipo de impacto em quem exige demais de si mesmo e quem tem muitas expectativas em outras pessoas, até no contexto do trabalho você cria uma expectativa sobre como as coisas deveriam ser e não são, e isso frustra, e se você é do tipo que assim como eu, exige muito de si e espera mais dos outros, a maior probabilidade é de você ficar louco do que de mudar alguma coisa, principalmente quando você leva todas emoções do trabalho para casa.

È enlouquecedor, você trabalhar o dia inteiro, se estressar, levar isso pra casa e no dia seguinte ir trabalhar de novo, vivendo esse loop infinito.

Você não é mais especial do que eles, inteligente, burro, imbecil, idiota, ganancioso, ambicioso, gente boa, pau no cu, tá todo mundo ali por um motivo, pra trabalhar, pra ganhar dinheiro pra pagar as contas e poder viver, personalidades diferentes, jeitos diferentes, até mesmo ambições diferentes obrigados a conviver diariamente não poderia sair nada diferente do que isso ai, frustração, raiva, estresse.

Poderia te dizer que o ideal é se adaptar, tolerar, mas sabemos que tudo isso ai é pura balela, no fundo o problema é que você exige demais de você mesmo e dos outros e das situações, e como é esperado, vem o óbvio, se frustra, se estressa, passa raiva e leva tudo isso pra casa no fim do dia fazendo uma suruba dentro da cabeça, vida pessoal, pessoas, trabalho.

E isso não compensa, ferra com tua saúde e com seu psicológico e não muda nada, o trabalho, as pessoas, os problemas permanecerão a mesma coisa.

Eu já passei por tudo isso ai... trabalhando em serviço público, empreendendo, trabalhando pros outros, recentemente perdi meu emprego por causa de gente assim.

A Dica mais valiosa que me deram foi:

Casa é casa, trabalho é trabalho, deixe o trabalho no trabalho... quando sair da porta pra fora o "Foda-se" deve reinar, o dia pode ter sido uma merda, o mundo pode estar caindo lá dentro, foda-se, saiu da porta pra fora do serviço você desenvolve uma amnésia, vira outra pessoa, desliga telefone e vai descansar, tomar um bom banho, jantar, assistir filme, jogar video game, foder uma boceta, nem que for pra ficar coçando o saco olhando pro teto, só não fique pensando no dia de trabalho como foi ou o que vai fazer no próximo.

Aposto que essas pessoas que te fazem passar raiva com sua estupidez, burrice e tantas outras merdas não perdem um minuto de sono por causa de trabalho e não abrem mão do seu tempo pessoal por ele, principalmente no serviço público que sabem que incompetência não gera demissão.

Faça o seu serviço, da melhor forma que puder com o que você tem em mãos, se seu trabalho depende de outras pessoas e elas não conseguem desenvolver por burrice e estupidez, fodda-se, o seu tá feito... se elas não fizeram a parte delas, problema delas, além do seu serviço falar por si, ficará fácil jogar a batata quente na mão deles caso venha a ser cobrado.

No trabalho tem que ser sério, mas como tudo nessa vida exige socialização, seja político, cínico, aprenda se fazer de morto pra conmer o cu do coveiro, seja sonso, seja amigável com todos mas amigo de ninguém, jamais compre problemas alheios pois ninguém compra o seu e quando merda acontece são os primeiros a apontar o dedo.

Não espere nada dos outros, NADA, ainda mais em serviço público.

Literalmente, toque o foda-se e seja feliz.
Responda-o
#31
Você para de sentir raiva de pessoas idiotas quando simplesmente começa a lucrar com a burrice delas.
Vou dar um exemplo prático, bitcoins, eu comprei bitcoins quando estava entre 6 e 10k, e venderei a maioria do meu portifólio quando bater 100k, vou esperar a sardinhada comprar nesse preço, vou esperar eles perderem dinheiro, comprando bitcoins a 120k dólares, 130k dólares, e eu vou vender para essas pessoas, eu vou vender os bitcoins que eu comprei a 8k para pessoas que querem comprar ele a 130k, e sabe o que eu vou fazer depois? Eu vou esperar ele cair novamente para 30k, porque isso inevitavelmente vai acontecer, e vou recomprar dessas mesmas pessoas que compraram de mim a 130k, eu poderia ficar irritado, eu poderia simplesmente falar "MAS PORQUE? PORQUE VOCÊ COMPRA NO TOPO PARA VENDER NO FUNDO???" mas eu simplesmente me aproveito da burrice dessas pessoas, porque se elas tivessem um pingo de amor próprio poderiam simplesmente fazer uma pesquisa de 15 minutos para ver se é hora de entrar ou não no mercado.

Mas a maioria das pessoas não vai fazer isso, porque a maioria das pessoas é sardinha, rebanho, massa de manobra, os caralhos, então o que eu faço? Fico estressado porque a maioria das pessoas é boi de pasto? Não, eu vou lá, e uso isso ao meu favor.

O mesmo pode ser dito sobre relacionamentos, você vai ficar rangendo por que um cara é corno e não quer aceitar isso? Não, deixa ele lá se fodendo, é menos um cara concorrendo no mundo dos solteiros, e ainda assim, provendo mulher para os outros solteiros.

Sei lá, no meu serviço as coisas as vezes não funcionavam direito, não ensinaram direito as nossas funções, o que eu fiz foi simplesmente, quando esporádicamente levava esporro, ficar por algum tempo falando "aham" "aham" "sim" "entendi" "aham" me fazer de idiota, e seguir exatamente do mesmo jeito.

O mundo é bagunçado demais para se importar com pouca merda.

Tem que se estressar com merda grande, porra, e se o PT em 2022 vencer e a inflação for pra casa do caralho? Que país eu vou poder ir? Como?
Porra, e o mundo, será que vai continuar estável? Coisas assim é bom se estressar um pouco, porque são coisas que podem afetar suas decisões lá na frente.

Agora trabalho, se não for algo que te afete diretamente, deixa quieto, fala um "aham" "entendi" "é" e segue a vida, aproveita que tu mora sozinha e tenta uma meditação, monta uma academia dentro de casa pra não precisar se estressar com idiotas falando "pra tu pô a máscara e passa áquijéu, mêo" e segue a vida.
Responda-o
#32
(05-03-2021, 07:34 PM)Daredevil Escreveu:
Spoiler Revelar
Na minha opinião, você está se preocupando com muitas coisas que fogem do seu alcance. Você precisa entender que em tudo tem uma hierarquia, e que pessoas estúpidas vão mandar em nós no ambiente laboral (pelo menos durante o início da caminhada).

Pelo que entendi, você é concursado e está de saco cheio do que e de quem te cerca no trabalho. Os motivos são perceptíveis, não vou elencar. Só acho que você tem que ser mais "estoico" e parar de se preocupar com o que não está sob seu controle.

Faça o seu trabalho. Não aceite ordens abusivas, nem tolere ofensas. Em última instância, mande algum filho da puta para a casa do caralho. ENTRETANTO, jamais deixe que essas merdas afetem a sua saúde mental (porque pelo visto, estão afetando).

Talvez eu esteja exagerando mesmo. E esteja me faltando inteligência emocional, como o Trglodita falou.

(06-03-2021, 12:28 AM)Diamante Escreveu:
Spoiler Revelar
Fala pombo guerreiro. Se não se estressar, não é trabalho. Yaoming

Cara, bem vindo ao mundo corporativo aliado ao mundo do analfabetismo funcional. Por isso quando comentava em tópicos de concurso públicos era exatamente esse tipo de problema que aborrecia mais (entre outros, claro). Já trabalhei em órgão público e é uma merda.

Uma dica que deixo é: Seja discreto e ponha os abutres no lugar deles quando for necessário.

É o jeito, nobre amigo. Satisfação te ver no meu tópico.

(06-03-2021, 08:13 AM)lokoman Escreveu:
Spoiler Revelar
mano a estupidez faz parte da nossa natureza... por exemplo, com nossos amigos mais chegados a gente é meio estupido e tal...

o problema é quando somos com pessoas que estão "na nossa maldade"

com pessoas assim, tem gente que consegue ser amistoso e tal para tirar vantagens sociais e profissionais...

eu não consigo ser assim não. Quando eu vejo que uma pessoa nao gosta de mim, eu nem bom dia eu dou... eu realmente finjo que ela nao existe e nao escondo


mas com os amigos é saudável ser estupido, ser idiota ... porque eles também o sao contigo... o problema e ser assim com pessoas que pisariam em vc quando vc esta por baixo

A estupidez destes filhos da puta vai além da interação social. Coisa que eu nem faço questão.

Eu sei que tenho que trabalhar isso em mim, mas queria saber se tem um caminho mais curto, pelo jeito não.

(06-03-2021, 04:12 PM)Baralho Escreveu: Ignorando e mantendo distância, pra começar.
Se não for possível, seja resiliente, fortaleça o espírito.   E largue as drogas.
Flw valeu.

E as casadas também? (é zoeira).

(06-03-2021, 07:09 PM)Héracles Escreveu:
Spoiler Revelar
Eu nem sei o que dizer, porque na verdade to meio que no mesmo barco. Tive que começar a tomar remédios para dormir, pq não consigo mais desligar. Fui tirar férias, não descansei nada pq ficava resolvendo pepino do serviço e além de TENTAR tirar só 15 dias, tive que voltar depois de uma semana.

Sempre que eu posso tomo umas cachaças e charuto na hora que eu chego em casa, dá uma boa aliviada.

Eu não me estresso muito com os cretinos não, simplesmente ignoro e foco no meu trabalho que é isso que importa. Sei que é uma bosta de conselho mas enfim ... fica aí esse breve relato. Você com certeza não está sozinho nessa.


PS: estou digitando isso, sábado a noite do computador do meu trabalho,  que hoje vai looooonge ainda

O que me questiono é por quanto tempo o cara aguenta sem surtar.

Hoje somos relativamente jovens, podemos nos adaptar.

Agora ficar aturando isso depois de velho vai ser osso!

Ou o cara acaba ficando mais cascudo também, só envelhecendo pra saber.
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#33
(06-03-2021, 10:16 PM)Penoso Escreveu:
Spoiler Revelar
Isso ai é normal, mais normal que você pensa, mas só gera esse tipo de impacto em quem exige demais de si mesmo e quem tem muitas expectativas em outras pessoas, até no contexto do trabalho você cria uma expectativa sobre como as coisas deveriam ser e não são, e isso frustra, e se você é do tipo que assim como eu, exige muito de si e espera mais dos outros, a maior probabilidade é de você ficar louco do que de mudar alguma coisa, principalmente quando você leva todas emoções do trabalho para casa.

È enlouquecedor, você trabalhar o dia inteiro, se estressar, levar isso pra casa e no dia seguinte ir trabalhar de novo, vivendo esse loop infinito.

Você não é mais especial do que eles, inteligente, burro, imbecil, idiota, ganancioso, ambicioso, gente boa, pau no cu, tá todo mundo ali por um motivo, pra trabalhar, pra ganhar dinheiro pra pagar as contas e poder viver, personalidades diferentes, jeitos diferentes, até mesmo ambições diferentes obrigados a conviver diariamente não poderia sair nada diferente do que isso ai, frustração, raiva, estresse.

Poderia te dizer que o ideal é se adaptar, tolerar, mas sabemos que tudo isso ai é pura balela, no fundo o problema é que você exige demais de você mesmo e dos outros e das situações, e como é esperado, vem o óbvio, se frustra, se estressa, passa raiva e leva tudo isso pra casa no fim do dia fazendo uma suruba dentro da cabeça, vida pessoal, pessoas, trabalho.

E isso não compensa, ferra com tua saúde e com seu psicológico e não muda nada, o trabalho, as pessoas, os problemas permanecerão a mesma coisa.

Eu já passei por tudo isso ai... trabalhando em serviço público, empreendendo, trabalhando pros outros, recentemente perdi meu emprego por causa de gente assim.

A Dica mais valiosa que me deram foi:

Casa é casa, trabalho é trabalho, deixe o trabalho no trabalho... quando sair da porta pra fora o "Foda-se" deve reinar, o dia pode ter sido uma merda, o mundo pode estar caindo lá dentro, foda-se, saiu da porta pra fora do serviço você desenvolve uma amnésia, vira outra pessoa, desliga telefone e vai descansar, tomar um bom banho, jantar, assistir filme, jogar video game, foder uma boceta, nem que for pra ficar coçando o saco olhando pro teto, só não fique pensando no dia de trabalho como foi ou o que vai fazer no próximo.

Aposto que essas pessoas que te fazem passar raiva com sua estupidez, burrice e tantas outras merdas não perdem um minuto de sono por causa de trabalho e não abrem mão do seu tempo pessoal por ele, principalmente no serviço público que sabem que incompetência não gera demissão.

Faça o seu serviço, da melhor forma que puder com o que você tem em mãos, se seu trabalho depende de outras pessoas e elas não conseguem desenvolver por burrice e estupidez, fodda-se, o seu tá feito... se elas não fizeram a parte delas, problema delas, além do seu serviço falar por si, ficará fácil jogar a batata quente na mão deles caso venha a ser cobrado.

No trabalho tem que ser sério, mas como tudo nessa vida exige socialização, seja político, cínico, aprenda se fazer de morto pra conmer o cu do coveiro, seja sonso, seja amigável com todos mas amigo de ninguém, jamais compre problemas alheios pois ninguém compra o seu e quando merda acontece são os primeiros a apontar o dedo.

Não espere nada dos outros, NADA, ainda mais em serviço público.

Literalmente, toque o foda-se e seja feliz.

Foi o que me falaram também, mas pra tu conseguir fazer isso tem que ter muita prática ou ser outro imbecil igual os outros.

Mas vou tentar novamente.

Outra questão que pode ajudar é colocar a alma em algum objetivo que não tenha relação nenhuma com o que incomoda. Mas com a situação econômica atual eu não vou arriscar fazer nada.

(07-03-2021, 04:56 AM)Reale Escreveu:
Spoiler Revelar
Você para de sentir raiva de pessoas idiotas quando simplesmente começa a lucrar com a burrice delas.
Vou dar um exemplo prático, bitcoins, eu comprei bitcoins quando estava entre 6 e 10k, e venderei a maioria do meu portifólio quando bater 100k, vou esperar a sardinhada comprar nesse preço, vou esperar eles perderem dinheiro, comprando bitcoins a 120k dólares, 130k dólares, e eu vou vender para essas pessoas, eu vou vender os bitcoins que eu comprei a 8k para pessoas que querem comprar ele a 130k, e sabe o que eu vou fazer depois? Eu vou esperar ele cair novamente para 30k, porque isso inevitavelmente vai acontecer, e vou recomprar dessas mesmas pessoas que compraram de mim a 130k, eu poderia ficar irritado, eu poderia simplesmente falar "MAS PORQUE? PORQUE VOCÊ COMPRA NO TOPO PARA VENDER NO FUNDO???" mas eu simplesmente me aproveito da burrice dessas pessoas, porque se elas tivessem um pingo de amor próprio poderiam simplesmente fazer uma pesquisa de 15 minutos para ver se é hora de entrar ou não no mercado.

Mas a maioria das pessoas não vai fazer isso, porque a maioria das pessoas é sardinha, rebanho, massa de manobra, os caralhos, então o que eu faço? Fico estressado porque a maioria das pessoas é boi de pasto? Não, eu vou lá, e uso isso ao meu favor.

O mesmo pode ser dito sobre relacionamentos, você vai ficar rangendo por que um cara é corno e não quer aceitar isso? Não, deixa ele lá se fodendo, é menos um cara concorrendo no mundo dos solteiros, e ainda assim, provendo mulher para os outros solteiros.

Sei lá, no meu serviço as coisas as vezes não funcionavam direito, não ensinaram direito as nossas funções, o que eu fiz foi simplesmente, quando esporádicamente levava esporro, ficar por algum tempo falando "aham" "aham" "sim" "entendi" "aham" me fazer de idiota, e seguir exatamente do mesmo jeito.

Spoiler Revelar
O mundo é bagunçado demais para se importar com pouca merda.

Tem que se estressar com merda grande, porra, e se o PT em 2022 vencer e a inflação for pra casa do caralho? Que país eu vou poder ir? Como?
Porra, e o mundo, será que vai continuar estável? Coisas assim é bom se estressar um pouco, porque são coisas que podem afetar suas decisões lá na frente.

Agora trabalho, se não for algo que te afete diretamente, deixa quieto, fala um "aham" "entendi" "é" e segue a vida, aproveita que tu mora sozinha e tenta uma meditação, monta uma academia dentro de casa pra não precisar se estressar com idiotas falando "pra tu pô a máscara e passa áquijéu, mêo" e segue a vida.

Vou tentar isso. Valeu!
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#34
Estupidez no brasil é tabuada. A rotina deixa a sensibilidade calejada diante da repetição ou cinismo, tem que ver a retardadice a granel com humor.

@Héracles o rei do Ciclo não está tomando melatonina?

Use salompas pequeno na vertebra localizada entre o inicio do pescoço e costas, na vertebra divisória.
[Image: adesivos-271x271.png]

Sempre que eu posso tomo umas cachaças e charuto na hora que eu chego em casa, dá uma boa aliviada.

Se tocar um tambor você vai girar....isso se chama encosto, Preto velho.






Gargalhada  seu probrema é espiritual....vá toma banho de sal grosso na cachoeira, e chame um padre pastor para manifestar a entidade.

[Image: sUtVu7ml27p6Asetf6gRQQDVy_ZPtKd5OjHuIt1r...M0bKkUdt7b]

[Image: 96caf95e32.jpg]
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#35
(07-03-2021, 10:29 PM)Minerim Escreveu:
Spoiler Revelar
Estupidez no brasil é tabuada. A rotina deixa a sensibilidade calejada diante da repetição ou cinismo, tem que ver a retardadice a granel com humor.

@Héracles o rei do Ciclo não está tomando melatonina?

Use salompas pequeno na vertebra localizada entre o inicio do pescoço e costas, na vertebra divisória.
[Image: adesivos-271x271.png]

Sempre que eu posso tomo umas cachaças e charuto na hora que eu chego em casa, dá uma boa aliviada.

Se tocar um tambor você vai girar....isso se chama encosto, Preto velho.






Gargalhada  seu probrema é espiritual....vá toma banho de sal grosso na cachoeira, e chame um padre pastor para manifestar a entidade.

[Image: sUtVu7ml27p6Asetf6gRQQDVy_ZPtKd5OjHuIt1r...M0bKkUdt7b]

[Image: 96caf95e32.jpg]

@Minerim , São as duas formas mais fáceis e baratas de aliviar o estresse, por isso que hoje até em grandes centros comerciais e repartições públicas o povo fuma igual caipora, sai a cada meia hora e vai beber depois do serviço e nos finais de semana, acho que se não fossem essas "válvulas de escape" o que ia ter de gente trocando soco dentro desses lugares.

Tirando aquelas conversas de coach quantico e filósofos de internet, trabalhar é uma merda, ainda mais no Brasil onde se ganha pouco, se paga muito pelas coisas, e tem que aturar toda sorte de desaforos e gente baixa, trabalhamos pois temos contas a pagar e precisamos comer, nem puta trabalha por prazer e no Brasil você não consegue ter qualidade de vida que te dê prazer em trabalhar, pois se até para quem tem estabilidade e ganha bem não tá aquele mar de rosas, pra grande maioria da população piorou...

Se mesmo com tudo isso o cara ainda se dá ao luxo de exigir muito de si e esperar muito dos outros é a receita pra ficar louco.

Pega a receita dos funcionários públicos antigões, maioria tem cara de puta véia profissional, fazer o mínimo, não levar trabalho pra casa, cuidar do seu e da porta pra fora do trabalho ser acometido por amnésia até o dia seguinte.

Se você é trabalhador idealista ta fudido, ou fica louco ou mata um, ou se adapta ao sistema, ou se faz de sonso pra ir empurrando ou pede exoneração, pois isso não muda.
Responda-o
#36
Último serviço que trabalhei foi essa merda, gente burra, estúpida, ciumenta, extremamente sentimental ao ponto dos desmandos e da incompetência deles te ferirem mas você não poder falar um A que chefe, panelinhas de funcionárias do administrativo e do operacional caiam matando pra te sabotar pois só fato de você dar o sangue no trabalho já os deixavam ofendidos, enciumados.

Cheguei enfrentar vários dias de estrada por vários meses no último ano, tirar dinheiro do próprio bolso pra fazer a parte logística funcionar para cumprir os compromissos do serviço pois direto tinha problemas pela incompetência de setor de compras, financeiro, pelo pessoal da parte estratégica, era material que não chegava e quando chegava vinha errado, ou demorava além da conta, ou fora da especificação... e sempre que ligava reclamar o pessoal que estava mais perto e conseguia fazer a cabeça do chefe que eu estava tentando queimar, derrubar, fazendo intriga, fofoca... principalmente mulherada que ficava perto do chefe.

Mesmo com tudo isso cumpri minha parte, já estava sendo marginalizado na firma, já sabia que estavam me trocando por puxa saco, então antes que me dessem o chute no cu eu mesmo sai fora.
Responda-o
#37
Se for pensar, esse episódio não difere muito do episódio do Galo. Yaoming

Ou seja, cada um se aborrece com alguma coisa. O que para uns pode ser zoeira e uma coisa banal, para outros podem não ser e vice versa. Até o divino já se aborreceu e saiu distribuindo chicotada em todos.

Sobre este caso em particular... não há muito o que fazer do que já foi dito. Na iniciativa privada, pode-se tomar decisões semelhantes ao que o Penoso descreveu ao sair fora.

De toda forma, se cuida cara. Não caia em vícios. Sucesso.
"A Real tem 5 estágios: Conhecimento, Revolta, Aceitação, Compreensão e Evolução".
Responda-o
#38
@Penoso pelo visto você pertence a verdadeira classe do proletariado do BRASIL o que é diferente de ser funça.


e sempre que ligava reclamar o pessoal que estava mais perto e conseguia fazer a cabeça do chefe que eu estava tentando queimar, derrubar, fazendo intriga, fofoca... principalmente mulherada que ficava perto do chefe.

A mulher moderna prefere dar para o chefe para manter o emprego do que dar para o marido e manter o casamento e a família, o feminismo produziu um paradoxo estranho....  Shy

Você deveria ter esperado ser demitido com justa causa para por eles no pau da Justiça...

nem puta trabalha por prazer e no Brasil você não consegue ter qualidade de vida que te dê prazer em trabalhar, 

Tem  muita puta que vira mãe de familia casa com politico e o filho vira politico também....

O Estado encosto brasileiro coletiviza o prejuízo e a ineficiência com todos os cidadãos, é uma imposição, praticamente um sindicato partido soviético apelidado de ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA   trollface


Empresas assim começam a dar prejuízo e na hora do aperto contratam consultorias com nome gringo e pagam pequenas fortunas porque os gerentes são uns bostas ou os donos estão ficando com demência senil. Yaoming 

O auditor consultor faz a investigação analítica e vê as falhas na cadeia de produtividade ( funcionários de merda), começa o plano de demissão voluntária e a demissão com justa causa, e todos os filhos da puta vão no mesmo escritório de advocacia querer processar a empresa  Troll-feminino , chegando lá falam que deram  a vida pelo negócio, novela mexicana falsificada da porra, e acontece o troca troca de testemunha.

Os pepinos começam a pipocar e o prejuízo aumenta, os controladores passam o negócio a preço bem inferior para frente, isso se tiver tradição, marca e boa carteira de clientes, do contrário, os empregados e a fazenda vão sugar até a ultima gota do patrimônio da empresa e particular dos controladores.
Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#39
(08-03-2021, 12:09 AM)Minerim Escreveu: @Penoso pelo visto você pertence a verdadeira classe do proletariado do BRASIL o que é diferente de ser funça.


e sempre que ligava reclamar o pessoal que estava mais perto e conseguia fazer a cabeça do chefe que eu estava tentando queimar, derrubar, fazendo intriga, fofoca... principalmente mulherada que ficava perto do chefe.

A mulher moderna prefere dar para o chefe para manter o emprego do que dar para o marido e manter o casamento e a família, o feminismo produziu um paradoxo estranho....  Shy

Você deveria ter esperado ser demitido com justa causa para por eles no pau da Justiça...

nem puta trabalha por prazer e no Brasil você não consegue ter qualidade de vida que te dê prazer em trabalhar, 

Tem  muita puta que vira mãe de familia casa com politico e o filho vira politico também....

O Estado encosto brasileiro coletiviza o prejuízo e a ineficiência com todos os cidadãos, é uma imposição, praticamente um sindicato partido soviético apelidado de ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA   trollface


Empresas assim começam a dar prejuízo e na hora do aperto contratam consultorias com nome gringo e pagam pequenas fortunas porque os gerentes são uns bostas ou os donos estão ficando com demência senil. Yaoming 

O auditor consultor faz a investigação analítica e vê as falhas na cadeia de produtividade ( funcionários de merda), começa o plano de demissão voluntária e a demissão com justa causa, e todos os filhos da puta vão no mesmo escritório de advocacia querer processar a empresa  Troll-feminino , chegando lá falam que deram  a vida pelo negócio, novela mexicana falsificada da porra, e acontece o troca troca de testemunha.

Os pepinos começam a pipocar e o prejuízo aumenta, os controladores passam o negócio a preço bem inferior para frente, isso se tiver tradição, marca e boa carteira de clientes, do contrário, os empregados e a fazenda vão sugar até a ultima gota do patrimônio da empresa e particular dos controladores.

@Minerin, trabalhava como contratado, não por regime CLT, mas já fui funça por 6 meses e trabalhei por diversas vezes no setor público por contrato, e basicamente é a mesma merda, só que no setor privado tem a atenuante de ter o mesmo tipo de gente burra, estúpida, emocionada, sentimental, gananciosa só que com cu na mão com a possibilidade perder o emprego, então são filhos da puta, puxa sacos, fazem de tudo pra lamber as bolas do chefe enquanto sabotam uns aos outros, formam-se panelas, tem também o fator do escravocetismo já que hoje em cargos administrativos as mulheres predominam pois há uma falsa ideia de que são mais eficientes e confiáveis para tal função.

Na realidade sabemos o nível dos gestores no Brasil e a ideia que eles tem de poder, sonho do cara é ser "Bendito o fruto" com um monte de mulheres subordinadas lhe puxando o saco, já elas acham que o feminismo venceu e por ocuparem cargos-chave querem demonstrar o controle a quem está abaixo na administração delas com os gestores ratificando o comportamento através do tratamento diferenciado.

Só não fui por este caminho de processar pois soube administrar a situação de tal forma que não tive prejuízos financeiros, estava fazendo algo que gostava de fazer e se não fosse por estes problemas que degringolaram a minha relação com a empresa, teria o maior prazer de continuar trabalhando.

Processar uma empresa, na minha opinião é ultimo caso, só se o prejuízo e a filhadaputisse deles forem muito grandes, pois além de todo transtorno, incertezas do processo, custos tem o fato de que isso te deixa queimado em determinados setores que ficam com medo de te contratar com medo de serem processados também, se eu não tivesse mais intenção de trabalhar, quem sabe o teria feito.

Período que trabalhei no setor público, em cargo administrativo o que pude notar é o seguinte:

- Por terem estabilidade são preguiçosos e sem vergonha pois sabem que não serão demitidos.
- Maioria dos cargos de diretores, secretários, gestores são de indicação política e fazem de tudo para não ter indisposição, ou seja, estão lá de enfeite por mera formalidade.
- Para não ter problemas você tem que fazer parte da panela e ser conivente, constantemente passar pano, do contrário, te denunciam na corregedoria ou vão encher o saco do prefeito pra te trocar de setor.
- Ao contrário do povo do setor privado eles são burros e estúpidos pra executar o trabalho mas são extremamente filhos da puta e pau no cu com quem ousa ir contra eles, sabem o caminho exato pra te foder.

Nessa época era responsável por quase tudo, estava em terceiro na hierarquia da secretaria, então passava tudo na minha mão, inventário, compras, folhas de pagamento, folgas, horas extras, faltas, parecer sobre processos em andamento na corregedoria do município que envolviam funcionários do setor, relatórios...

Quando entrei disse que não ia passar pano pra ninguém e começaram as encheções de saco, um monte de coisas erradas principalmente nos recursos humanos, funcionários que faltavam mas diretor colocava que não, atestados e restrições médicas fajutas, despesas inúteis, outras misteriosas, privilégios em processos em detrimento de outras pessoas, vários, mas vários problemas no ministério público e na justiça.... poderia passar a tarde inteira falando mas deu pra entender.

Então pedi exoneração.
Responda-o
#40
já me senti assim e quer saber , nada mudará , os burros , ignorantes e imbecis continuaram a esbarrar em você ...

Eu simplesmente apertei o botão do foda-se ...

Não me importa o que falam , com alguns deixei de conversar, nem cumprimentar cumprimento mais ( eles que venham procurar saber o porquê) .

a vida passa rápido demais para nos apegarmos a pequenas picuinhas ...
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  [REFLEXÃO] Como lidar com a solidão - Por: Teophilo Madroox Mx 41 9,866 31-05-2020, 03:13 PM
Última Postagem: Gent
  [REFLEXÃO] Como lidar com a derrota Patrulheiro 8 2,229 11-12-2019, 10:16 AM
Última Postagem: Filho de Krypton
  [REFLEXÃO] Como lidar com o Fracasso pr99 12 2,374 12-10-2016, 05:24 PM
Última Postagem: Héracles

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)