Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Feio com carro ou bonito sem nada?
#41
Estamos em 2021, esse assunto ai tá ultrapassado, hj em dia carro é igual celular, qualquer otário compra e quem não tem anda de chofer pagando mixaria... no passado até era possível carro facilitar algo, agora tu pensar que carro vai te fazer mais bonito hoje em dia é burrice, não te faz nada além de um beta pretensioso que vai descobrir do pior jeito que se fudeu, vai dormir no carnê enquanto a mulherada tá nem ai pra você e tirando toda essa bobagem de achar que carro pra atrair muié, impressionar amigo e fazer inveja nos outros, tu não passa de um emocionado que vai pagar licenciamento, emplacamento, ipva, multa, seguro, parcela, manutenção, depreciação só pra pagar de gostoso pra mediana interesseira e virar chofer de graça pra puta, amigo, família, etc.

Se você quer ter carro, tenha por gosto ou utilidade e pense 100, 1000x antes se realmente compensa comprar e quanto compensa gastar, qualquer coisa além disso é coisa de beta, pobre, matrixiano e burro que subverte prioridades por uma ilusão de que aquilo vai torna-lo alfa.

O Realista verdadeiro compra carro pq gosta ou pq precisa, isso é indiscutível.

Tem rico andando de uber, tem princesa andando em cano de bicicleta de nóia, tem até alfa passando perrengue e nada é garantia de nada...

Cara que ainda pensa assim deve morar em alguma comunidade ou cu de mundo que carro ainda significa algo, sonha em impressionar novinha vileira.

Você se fode pra privilegiar os outros que não estão nem ai pra você... quer provar o que estou falando, corta privilegio e começa dizer não pro povo pra ver se sua lindeza dentro da caranga vai adiantar de algo...

Outra coisa... num assunto tão batido quanto esse tem cara ai se entregando e mostrando que não deixou de ser juvena, matrixiano, falando bosta, ostentando em fórum anonimo Gargalhada
Responda-o
#42
Sei que to com um santana 90 gls e to feliz da vida
"A critica não tem sobre a psicologia das massas o poder sugestivo que tem as crenças afirmativas, mesmo falsas." - Olavo de Carvalho

"Quanto menos inteligente um homem é, menos misteriosa lhe parece a existência." - Arthur Schopenhauer
Responda-o
#43
Só sei de um fator: Carro no BR (ainda mais carros de luxo) é uma máquina de impostos sobre rodas.
Responda-o
#44
Como eu disse anteriormente...

Estrelinhas demais, tanto que estrelinha se doeu por aí.
The absence of virtue is claimed by despair






Responda-o
#45
(01-03-2021, 06:51 AM)Diamante Escreveu: Só sei de um fator: Carro no BR (ainda mais carros de luxo) é uma máquina de impostos sobre rodas.

Todos os carros são, de um jeito ou de outro, até o bode na favela precisa abastecer, precisa de peças... 


- Transferências
- Emplacamento
- Licenciamento Anual
- Multas
- Peças
- Manutenções
- Combustível
- Limpeza e Conservação
- Estacionamento (Já que se parar na rua você corre inúmeros riscos, principalmente de colisões)
- Depreciação
- Seguro que já puxa toda a indústria de guincho, oficinas mecanicas, funilarias, etc.
- Risco (Acidente, assalto, morte, etc.)

Além de tudo isso carro é uma máquina de render juros, afinal, na vida útil de um carro a maioria passa de mão em mão, muitos são financiados várias vezes, até o sucateamento o custo de um carro para as pessoas que o possuíram é inimaginável em relação a utilidade que ele teve.

Até mesmo para guardar carro você tem custo, seja no valor embutido no imóvel pelo fato de ter garagem ou pelo aluguel de uma garagem pra guardar seu carro para não ficar com cu na mão de roubarem ele ou riscarem, amaçarem quando ele está na rua.

Tendo em vista tudo isso, falando de forma realista, ou você tem que gostar muito ou o carro tem que ter uma utilidade muito grande e que compense assumir todo esse BO não sendo apenas pra ficar admirando na garagem ou virar chofer de amigo, família ou rapariga só pra ter o prazer de sentir que o seu carrinho tá sendo útil e receber tapinhas nas costas por ser um bom trouxa.

Até mesmo na questão da utilidade você tem que por tudo na ponta do lápis para ver se você realmente pode bancar um carro e poder mantê-lo e se não existe outra forma daquilo ser feito sem que você precise entrar nessa encrenca que na maioria das vezes, só vai te fazer perder dinheiro.

Só a ideia de comprar carro pra ficar mais bonito pras mulheres e mais legal pros amigos é coisa de pobre beta e comprar carro sem poder é coisa de pobre soberbo que vai se foder lá na frente.

Então vai lá, meu amigo, compre carro sem precisar realmente, compre carro pra impressionar novinha, pra fazer inveja nos amigos, pra ser util pra família, pra virar chofer de puta... compra carro sem que suas finanças o comportem, tuas finanças pessoais vão pro saco mas todo esse povo que citei ai acima agradece.

[Image: DEdhKMmXcAEGhkc.jpg]
Responda-o
#46
Vlw, cara. Agregou o meu comentário.
Responda-o
#47
(01-03-2021, 01:27 PM)Penoso Escreveu:
(01-03-2021, 06:51 AM)Diamante Escreveu: Só sei de um fator: Carro no BR (ainda mais carros de luxo) é uma máquina de impostos sobre rodas.

Todos os carros são, de um jeito ou de outro, até o bode na favela precisa abastecer, precisa de peças... 


- Transferências
- Emplacamento
- Licenciamento Anual
- Multas
- Peças
- Manutenções
- Combustível
- Limpeza e Conservação
- Estacionamento (Já que se parar na rua você corre inúmeros riscos, principalmente de colisões)
- Depreciação
- Seguro que já puxa toda a indústria de guincho, oficinas mecanicas, funilarias, etc.
- Risco (Acidente, assalto, morte, etc.)

Além de tudo isso carro é uma máquina de render juros, afinal, na vida útil de um carro a maioria passa de mão em mão, muitos são financiados várias vezes, até o sucateamento o custo de um carro para as pessoas que o possuíram é inimaginável em relação a utilidade que ele teve.

Até mesmo para guardar carro você tem custo, seja no valor embutido no imóvel pelo fato de ter garagem ou pelo aluguel de uma garagem pra guardar seu carro para não ficar com cu na mão de roubarem ele ou riscarem, amaçarem quando ele está na rua.

Tendo em vista tudo isso, falando de forma realista, ou você tem que gostar muito ou o carro tem que ter uma utilidade muito grande e que compense assumir todo esse BO não sendo apenas pra ficar admirando na garagem ou virar chofer de amigo, família ou rapariga só pra ter o prazer de sentir que o seu carrinho tá sendo útil e receber tapinhas nas costas por ser um bom trouxa.

Até mesmo na questão da utilidade você tem que por tudo na ponta do lápis para ver se você realmente pode bancar um carro e poder mantê-lo e se não existe outra forma daquilo ser feito sem que você precise entrar nessa encrenca que na maioria das vezes, só vai te fazer perder dinheiro.

Só a ideia de comprar carro pra ficar mais bonito pras mulheres e mais legal pros amigos é coisa de pobre beta e comprar carro sem poder é coisa de pobre soberbo que vai se foder lá na frente.

Então vai lá, meu amigo, compre carro sem precisar realmente, compre carro pra impressionar novinha, pra fazer inveja nos amigos, pra ser util pra família, pra virar chofer de puta... compra carro sem que suas finanças o comportem, tuas finanças pessoais vão pro saco mas todo esse povo que citei ai acima agradece.

[Image: DEdhKMmXcAEGhkc.jpg]

Sem contar que, após a internet e redes sociais, não é qualquer carro que impressiona mulheres não.

Grandes youtubers, atores, jogadores, músicos não andam com carros acessíveis aos mortais BR, e, basta uma TV e um smartphone, que parece que essas pessoas são tangíveis para todas. Yaoming

Saudades da época da internet discada. Só no final de semana e um chevette velho pra dar uns roles eram suficientes. Fazer o quê. Boa sorte à nova geração.
Basta que o almejado ideal aconteça todos os dias para que a sonhada perfeição desapareça. 
Responda-o
#48
(01-03-2021, 11:22 PM)Merdingo Escreveu: Sem contar que, após a internet e redes sociais, não é qualquer carro que impressiona mulheres não.

Na verdade carro nenhum impressiona mulher se não for pra utilidade dela ou pra porporcionar emoção pra ela, e não é esse apenas o fator que se tornaram mais seletivas, mas também quem senta atrás do volante... Se você não for do estereótipo de jogador, artista, playba, funkeiro, pinta de bandido, dono de quebrada ou qualquer outra coisa da moda que gere inveja nas amigas e renda likes nas fotos do face e instagram, nem olham na sua fuça, você pode ter uma ferrari, preferem até andar na garupa de um malandro ou no cano da bicicleta de um nóia, vão até de uber dar pro pé de pano e se ela puder ter um cara desses estereótipos que citei, que tenha um carro bom e tempo pra dar um trato nelas, elas pulam de cabeça, estão sempre em busca disso e hoje em dia banalizou tanto que até a classe média e pessoal mais rico tá emulando comportamento de bandido favelado pq tá em alta.

A brisa agora é encher o porta malas com som e sair por ai pra beber e ostentar e as novinha adora, priquita chega até espumar com os grave.

Tive um relacionamento muito breve que se iniciou em 2019 com uma garota de classe média, formada, fazendo a segunda faculdade, boa família e não demorou muito pra aparecer as redflags de superficialidade, muitas amigas vadias, muitos amigos homens, não parava quieta, tava sempre indo em resenha, balada, casa de amigos pra fumar narguile e beber, no começo eu fui em algumas com ela e descobrindo como as coisas eram, completamente incompatível com minha personalidade e minhas expectativas.

Na época tinha dois carros, e pela suposta intimidade que tínhamos começaram os pedidos inconvenientes, começo ela pedia para ir com ela chegando nos locais era como se eu fosse invisível e tivesse ali só pra dirigir pra ela, me tratava como café com leite perto dos outros, depois partiu pros pedidos descabidos, me leva aqui, me leva ali, vamos buscar minha amiga, vem me buscar, empresta o carro pro meu amigo levar a gente pois ele sabe dirigir... teve um dia que ela me ligou de madrugada pois não tava conseguindo carro pra voltar da balada. só não me pediu pra ir buscar e levar da faculdade pq começou pandemia e eu sempre dizendo não, não não, sendo pau no cu e me recusando, inventando desculpas... não fiz nada do jeito que ela tava planejando e em nenhum momento ela conseguiu se aproveitar disso.

Alguns podem dizer que fui pau no cu e minha atitude foi desnecessária, mas eu já iniciei esse relacionamento com os pés atrás pq além de anos de real e experiências ruins eu jurei que não ia tomar prejuízo pra adubar rapariga.

A simpatia e a intimidade foram acabando e as provocações aumentando, e sempre que me recusava ela buscava um jeito de me provocar tentando esfregar na minha cara que sempre tinha algum macho disposto a salvar ela e quando chegou nesse ponto a gente nem se falava mais...

Até que ela apareceu um dia na garupa da moto de um projeto de nóia e passei ver eles pra baixo e pra cima, algumas vezes que passavam em minha porta o noia até tirava de giro, no mínimo a pedido dela pra provocar e eu nem ai, até sorria e mandava um dedo do meio e o cara passou frequentar casa dela, e eles começaram namorar, fiquei sabendo por familiares dela que faziam maior gosto que nosso namoro desse certo e sempre vinham reclamar da atitude dela para mim como se eu fosse capaz de fazer ela deixar de ser uma rapariga emocionada.

Ela até tentou levar ele pra morar com ela e família não aceitou, tempos depois ela foi morar com ele e não demorou pra eu saber o motivo.... ESTAVA GRÁVIDA Gargalhada

Com desaprovação da família, de parte dos amigos dela, hoje ela mora em um fundo de quintal com o cara e o futuro dela nem imagino como vai ser.

Qualquer dia crio saco pra relatar o resto, essa foi apenas uma parte das frustrações que ela teve comigo e como ela se degradou em tão pouco tempo.
Responda-o
#49
Br é meio sensível com esse negócio de carro, a critica fere o ego e a autoestima...

https://www.reclameaqui.com.br/instagram..._97331738/

Fotos ofensivas de carros, carro do meu pai apareceu no site carros de baiano sem autorização e é um conteúdo abusivo pois críticas de todo mundo como se minha família fosse um circo!
Se não derem um geito de remover essa foto entrarei com meus direitos e processarei tanto a página como o Instagram por permitir esses tipos de brincadeiras de mau gosto !!!
Obrigado


https://www.reclameaqui.com.br/instagram...SkM5sLEWV/

Sigo a página carros de baiano a muito tempo. Recentemente após comprar um Jeep Renegade comecei a ser humilhado pela página. Alguém enviou um vídeo que postei no Facebook para eles e então o vídeo foi postado diversas vezes. Na postagem eles chamam de momento renegade que é quando o carro atola. Todo jipe pode atolar, o problema é que não mostram quando um Troller fica atolado. Até desfiz o meu Instagram após tentar diversas vezes fazer com que deletassem as postagens mas não fui atendido. O administrador vive no Rio de Janeiro, estou caçando ele. Já coloquei meu carro à venda pois criei desgosto.

https://www.facebook.com/Carro-de-Baiano...642626715/    Gargalhada

[Image: 17240221_694113757434600_582631125709813...e=60627878]


[Image: 15871909_662391257273517_469003533757060...e=6062E76F]

https://twitter.com/carrosdbaiano é cruel  trollface



Só Jesus salva, vá e não peques mais...
Responda-o
#50
@Penoso pelo que tu relatou aí, esse relacionamento até que durou foi muito e nada do que tu fez foi injusto. Esse perfil de mulher é encrenca pura e eu não tenho nem saco pra iniciar relacionamento com alguém assim.

E concordo plenamente, mulher gosta desses estereótipos, a "pegada" no qual elas falam. Carro por si só é puro utilitarismo, eu mesmo vejo um monte de moleque botando som no carro achando que tá faturando buceta, mas tá mesmo é faturando um monte de dívida.
強さと名誉と尊厳
Responda-o
#51
eu to com o A6M nessa... eu quando identifico esse tipo de mulher (ainda mais quando tem familia estruturada, curso superior, dentes em dia e etc) eu vejo o enorme desperdício de recursos que os pais tiveram em criar a tal criatura

quando vc descreveu essa mulher eu me lembrei de algumas que eu conheci durante a vida... as caracteristicas delas são padronizadas: Superficialidade (forçada para termos compaixão), roupas vulgares (caras e vulgares), iphone do ano ou do ano anterior, falta de opinião própria e vontade de aparecer no instagram, cursa ensino superior em boas faculdades mas nunca leram um livro completo e só estão ali porque "da dinheiro e status"
Responda-o
#52
(02-03-2021, 06:55 AM)A6M Zero Escreveu: @Penoso pelo que tu relatou aí, esse relacionamento até que durou foi muito e nada do que tu fez foi injusto. Esse perfil de mulher é encrenca pura e eu não tenho nem saco pra iniciar relacionamento com alguém assim.

E concordo plenamente, mulher gosta desses estereótipos, a "pegada" no qual elas falam. Carro por si só é puro utilitarismo, eu mesmo vejo um monte de moleque botando som no carro achando que tá faturando buceta, mas tá mesmo é faturando um monte de dívida.

É que não relatei a história toda até hoje por falta de saco, foi a típica propaganda enganosa, só fui vendo a encrenca depois que já tinha "comprado" e mesmo assim paguei pra ver até onde ia, e as novidades foram pipocando dia após dia e eu fui desanimando.

De uns tempos pra cá parece que todas as mulheres nessa faixa de idade tem o mesmo perfil, parece que sai de fábrica, fútil, superficial, extremamente maliciosa no sentido de se achar malandra, palavreado chulo, sempre querendo lacrar em tudo, a brisa é sempre a mesma, chapar e falar bosta, tá sempre rodeada de amigos homens, cafajestes, manginas, escravocetas ou qualquer outra coisa que o valha e amigas extremamente vadias que acabam por moldar o comportamento pra pior... não param quietas, não sabem ficar de boa nem pra curtir e vivem a vida pelo celular.

É igual você tentar adotar um vira-lata acostumado a viver na rua, caga em tudo, foge toda hora, avança em você, você fica apreensivo pois ele pode morder você a qualquer momento pra voltar pro habitat dele.

Pra engatilhar um relacionamento com um ser desses você tem que ter saco e uma cabeça muito forte pra aguentar não só as novidades mas também os possíveis chifres já que são cercadas por caras de todos os tipos mas admiram sempre os caras que te falei, e elas sempre tem tanta admiração pelos piores tipos, cafajeste, malandro, cara "ligeirão", quando começam a conversar sobre as coisas que fazem, as "aventuras" que quase sempre tem a ver com as merdas que fazem os olhos chegam a brilhar.

E isso hoje se tornou o novo normal... se você é um cara trabalhador, centrado, que dá valor em suas coisas, que odeia conversa fiada, que não quer estar ali no meio disputando atenção delas com gente desse tipo, que é impossível, já que elas admiram pois é isso que veem graça e as divertem, você se torna desinteressante, você não tem um valor para elas que possa ser aproveitável naquele momento da vida delas em que buscam curtir, ter emoção, se aventurar, se aparecer, e são guiadas quase em sua totalidade pelo ego.

Agora, se você tem a disposição pra tentar se adaptar ao estilo de vida dela, tentar se entrosar com as amizades dela não vai demorar a você estar se submetendo a um monte de situações que nem gostaria de estar, fazendo coisas que nem gostaria de fazer, perdendo seu tempo em troca de nada, e não sendo seu EU natural vai continuar sendo nada pra ela, mais um escravoceta escravocetando.

Ai você se pergunta, se é esse tipo de povo que elas gostam, qual o motivo de querer se relacionar com alguém que sequer compartilha da mesma personalidade e estilo de vida?

É um paradoxo, pois ao mesmo tempo que elas querem curtir a vida ao máximo que podem, querem ter emoções, querem viver o perigo em um estilo de vida que na maioria das vezes está associado a esse tipo de gente baixa e hoje tudo isso se resume a lacrar, chapar, foder chapado, falar bosta, en frequentar ambientes de qualidade duvidosa, ostentar, querer chamar atenção a todo custo em busca de um protagonismo em ambientes e com pessoas que buscam a mesma coisa da pior forma possível, outra parte delas acha que merece alguém que seja seu porto seguro emocional, que lhes tratem com o respeito que não conseguem no primeiro grupo, que tenha estrutura para acolhê-la e suprir as suas necessidades, que seja inferior e trate ela como se fosse todo seu mundo enquanto se submete aos seus caprixos em troca de peidos de atenção e com sorte, um sexo ruim e sem graça, em resumo, alguém disposto a empenhar todos os esforços, seu tempo, seu dinheiro, sua vida para ela fazer o que bem entender, mas o lado que busca emoção sempre fala mais alto, sempre confunde tudo e ela num primeiro momento quer extrair o máximo para depois recorrer a reserva moral que o lado mais "racional" dela precisa.

E a suruba na cabeça delas é que querem tudo que acham que merecem em um homem só, isso não existe, é impossível, falando de forma ilustrada seria como se fosse um funkeiro playboy bombado que atravessa o campo em sua 125 barulhenta, lhe recita juras de amor eterno e goza na cara dela. [Sim, é algo inconcebível]

Enquanto ela não encontra o otário perfeito, vai sempre no que se encaixa mais em sua necessidade momentânea e quando acha coisa melhor pula pra outro e pra outro, e quando nenhum deles consegue, ela prefere se virar sozinha a se submeter ao segundo tipo.

Leu tudo acima? Maravilha, tudo é sobre elas, mas e você? Onde você se encaixa nessa história? Você que trabalha, que estuda, que luta pra ter as coisas... vai se submeter a tudo isso? Vale a pena? Ou você vai preferir se rebaixar, sentar em cima da sua personalidade, das coisas que você gosta só por causa de um rabo de saia que não vai te valorizar?


Alguém que faça isso pode se denominar realista?

Dei uma arrumada no texto, copiei do editor e ficou bagunçado.
Responda-o
#53
Quando comecei a desanimar e dizer não pra tudo e basicamente ir deixando ela "falando sozinha" começaram as fofoquinhas, as provocações explícitas no intuito de queimar minha imagem no bairro, fofocas do tipo que eu era fraco e até mesmo poderia ser um viado enrustido e até mesmo provocações diretas quando tinha plateia para tal, fofoquinhas, risadinhas e por último ela veio na maldade se roçar em mim e rindo igual uma hiena falando pra galera dela que tava próximo que eu não gostava daquilo, toda vez fazendo questão de mostrar que estava saindo, indo se divertir... sempre criando enxame pra que eu visse, minha indiferença parecia que irritava e realmente não estava nem ai para as provocações que com o tempo próprio pessoal que era próximo a ela (fiéis pra caralho) foram percebendo que aquilo não procedia, por inúmeras vezes eles mesmo zuaram ela pelo estilo de vida lixo e incompatível com o "nível" que ela alegava ter.

Até mesmo família dela que chegou a comprar a ideia dela vinham sempre falar mal e reclamar do comportamento como se eu ainda me interessa-se por isso, cheguei expulsar a tia dela da porta da minha casa por conta desse leva e trás que tentavam fazer, que hora comprava ideia, hora tava comentando com vizinhos.

Afinal, a lógica é, se ela já demonstrou que não tem nada a ver comigo e quer esse estilo de vida, que me deixe em paz.

E pude acompanhar toda a degradação dela em um curto espaço de tempo por conta desse estilo de vida emocionado até o momento que se afundou tanto que se tornou irreversível por conta de sua própria burrice e suas escolhas de vida... se fosse uma favelada até entenderia, mas hoje isso ultrapassou classe social, formação, aparência e virou o Brazilian Teen Dream que querem curtir até o balzaquistão.

Só que igual cadela vira-latas (calma, só estou ilustrando) veio um malandro e plantou a semente.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)