Avaliação do Tópico:
  • 1 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Jeet Kune Do - Filosofia de Bruce Lee e o Desenvolvimento Pessoal
#1
O Desenvolvimento Pessoal, como o meio de ultrapassar cada vez mais seus limites, a fim de se tornar melhor que si próprio constantemente, é o grande objetivo da maioria dos realistas desse fórum (ao menos era pra ser). É um processo lento, que precisa de dedicação e equilíbrio, mas que trará bons frutos ao futuro do homem que o busca. Houve grandes homens que, enquanto estavam nesse mundo, buscaram o Desenvolvimento Pessoal e obtiveram grandes conquistas, tais como Henry Ford, Nikola Tesla e Thomas Edison. Mas houve um em especial, que ainda hoje me inspira por todos os seus feitos e por tudo que contribuiu pra o Desenvolvimento Pessoal: Bruce Lee. É fato que Bruce era um sujeito viciado em treinamento, não só em artes marciais, mas corporal e espiritual também, mas o que poucas pessoas sabem, é que antes de morrer, ele nos presenteou com o seu conceito de vida, o Jeet Kune Do (O caminho do punho interceptador).
Engana-se quem pensa que o Jeet Kune Do se restringe apenas  à uma arte marcial, ele é mais que isso, se trata da síntese de tudo o que Bruce Lee pensava sobre se desenvolver. Então, escrevo esse tópico para mostrar o que seria o Jeet Kune Do e não sobre o criador, pois já sabemos de sua história. Lee acreditava que a filosofia por trás do seu recente criado Jeet Kune Do era muito mais importante que as técnicas em si. As falas entre aspas são as do próprio Bruce.

A CONCEPÇÃO

“O homem está em constante crescimento, mas quando ele salta para um conjunto de ideias padronizadas e doutrinadas, ele para de crescer.”

“Meu estilo é simples, direto e não-clássico.”

Bruce já havia treinado Wing Chun com o grande mestre Yip Man na China e tinha conhecimento sobre outras artes marciais de outras partes. Um dia, enquanto ministrava aulas de Wing Chun nos EUA, Wong Jack Man, um mestre em Kung Fu o desafiou para uma luta, pois era contra a ideia de Bruce em ensinar a não-orientais. Lee venceu a luta em menos de três minutos, mas não ficou satisfeito, pois achava que dava para ter derrotado mais rápido. Então percebeu que seu estilo padronizado em Wing Chun o limitava em algumas situações que poderia tirar proveito. Ele passou então, a pensar agora em eficiência e descartar técnicas que não apresentavam vantagens em uma situação de luta real. Começou a se dedicar nos estudos em vários outros sistemas de lutas, como boxe, karatê, jiujitsu e até de danças, para poder filtrar o máximo possível de técnicas que lhe permitisse se sobressair em uma situação real.

“Absorva aquilo que lhe é útil e descarte o que não é. Não tenha um estilo. O estilo é não ter estilo.”

“O Indivíduo criativo é sempre mais importante que qualquer estilo ou sistema existente.”


“Temos duas mãos e dois pés, então por que se limitar a um estilo? O pensamento certo seria em como podemos usá-los ao máximo.”


Desse modo, Bruce cria sua concepção de arte marcial, que não deve ser chamado de um estilo de luta, pois isso acabaria por tirar todo o sentido por trás do Jeet Kune Do. O certo seria chamá-lo de uma "ferramenta" que possibilita tirar o máximo de proveito de todos os conceitos vigentes e criar seu próprio modo de fazer.

[Image: jkd20logo.jpg]
O emblema do Jeet Kune Do, que significa : "Usar nenhum meio como meio" e "Tendo nenhuma limitação como limitação". As flechas significam as mudanças intermináveis do universo.

A FILOSOFIA

“Como podemos nos motivar? O caminho seria em entender o corpo e a si mesmo e se expressar honestamente, ser você mesmo em suas ações, ao ponto de não tornar-se mecânico e sim fluido como a água.”

“Eu não posso ensiná-lo, só posso ajudar a explorar a si mesmo. Você tem que combinar a honestidade e o controle em harmonia, se você estiver em um extremo, será um homem artificial e se estiver no outro, será um homem automatizado.”

A filosofia do Jeet Kune Do acredita que você deve se conhecer, saber quais suas limitações, quais seus problemas, seus medos e a partir desse conhecimento, trabalhar com o que você tem, melhorar cada vez mais individualmente, pois só você conhece a si mesmo. Se uma pessoa, que é baixa, não consegue aplicar um chute alto de karatê, porque gastar energias e perder tempo para passar meses treinando um único movimento para atingir um nível aceitável de rapidez e força, se essa mesma pessoa pode dar um chute baixo, mas bem executada, forte e rápida, podendo causar o mesmo dano em um chute alto? Bruce acreditava no chamado "honestidade interior", um tipo de liberdade de expressão que permitia a pessoa ser você mesma e de uma maneira muito melhor que se estivesse seguindo um conjunto de regras padronizadas. Ele não queria que a pessoa se adaptasse a um estilo e sim que a pessoa adaptasse o estilo a ela. Em outras palavras, uma pessoa com suas limitações aprenderia a tirar proveito delas e se desenvolver.

“Faça boxe com sua alma, faça judô com sua alma. O que quero dizer, é que devido aos estilos, as pessoas estão separadas, não estão unidas, porque o estilo tornaram-se leis e o criador do estilo, começou com hipóteses que agora se tornaram verdades doutrinárias e as pessoas estão aceitando isso. Não importa como você é, como está estruturado ou de como você é constituído, basta ir e seguir seu propósito, isso significa ser verdadeiro e honesto consigo mesmo.”

“O bom artista marcial é como a água. Porque a água? Porque ela não pode ser contida, agarrar ou pegar. Você não pode socar ou feri-la. Então seja macio e flexível. Seja amorfo, sem forma, como a água. Você coloca a água numa xícara e ela se torna a xícara, coloca numa garrafa e ela se torna a garrafa, coloca em um bule e ela se torna o bule. A água pode fluir ou pode arrebentar. Seja água, meu amigo.”

O TREINAMENTO

“Assim como o boxe ou a esgrima, O Jeet Kune Do é um projeto passo a passo, onde cada manobra deve ser repetida muitas vezes.”

“Quando você quiser fazer algum golpe, deve colocar toda sua energia voltada para ele e fazer disso uma arma.”

Bruce era adepto a golpes lineares, com precisão e de extrema rapidez e acabou excluindo golpes circulares e sem importância em situações reais. A velocidade de um movimento, para Bruce, era essencial  pois permitia um maior chance de acerto e além disso, a potência do golpe aumentava consideravelmente. Ele costumava falar que um soco do Karatê era como uma bolada e um soco de Jeet Kune Do era como uma bolada amarrada numa ponta de um cabo de aço. Então ele criou um conceito de "timing", que era o sentido de um lutador saber a hora certa de atacar, com toda a velocidade e precisão. 

 “Quando você for me atacar em algum momento, eu simplesmente intercepto e ataco você primeiro. Essa é a estratégia.” 

“Poucas técnicas simples, bem apresentadas e objetivas, são melhores que um labirinto confuso, rodopiando num caos educativo desorganizado.”

Para isso, era preciso um intensivo treinamento, enraizar os movimentos em uma fluides que permitiria o lutador a agir de um modo tão normal que ele conseguiria pegar o "timing" certo e sempre interceptar os inimigos. Ou seja, para você conseguir o máximo de precisão possível em qualquer ação que você tente fazer, era preciso estar bem afiado em suas habilidades, e para isso, o treinamento intensivo era indispensável. Além disso, ao executar suas ações, ele aconselhava sempre concentrar toda a sua energia naquele momento e focar no seu golpe, pois dessa forma, você estaria se transformando verdadeiramente em um ser indestrutível.

“Um bom artista marcial não fica tenso, nem pensativo, nem confiante, mas pronto. Pronto para o que possa acontecer.”

O CORPO

“Jeet Kune Do definitivamente não é um assunto de mera técnica, mas também de desenvolvimento espiritual e físico.”

Bruce Lee era conhecido pela sua enorme aptidão física, que lhe permitia fazer movimentos incríveis de modos perfeitos, rápidos e potentes. Ele prezava muito o seu corpo e, além de treinar exaustivamente artes marciais, treinava também o seu corpo e o seu espírito. Sua mulher uma vez falou que ele era viciado em fazer abdominais, pois acreditava que era o grupo muscular mais essencial para artes marciais. Eis os exercícios que ele fazia:


  • Torção de Cintura - quatro séries de 90 repetições.

  • Sentar para cima (sit-ups) com torções - quatro séries de 20 repetições.

  • Elevações de perna - quatro séries de 20 repetições.

  • Torções inclinadas - quatro séries de 50 repetições.

  • Pontapés em posição de rã - quatro séries de 50 repetições.

Para Bruce, o verdadeiro desenvolvimento se dava na junção do corpo, conhecimento e espiritualidade e no Jeet Kune Do, ele enfatizava que o praticante devia prezar pela sua saúde e cuidar de seu corpo. Em uma entrevista, perguntado sobre o que ele achava de vários ocidentais estarem procurando por treinos de artes marciais, ele foi enfático e disse: "Isso é bom, porque vejo que as pessoas estão preocupadas com o seu corpo, sua mente e sua saúde."

Espero que os novatos, ao lerem este tópico, tenha entendido a importância desses conceitos para o Desenvolvimento Pessoal.

[Image: The-Fighting-Man%E2%80%99s-Exercise-Bruc...giment.jpg]
Responda-o
#2
O caminho marcial, quando não é tratado como modinha ensina disciplina, humildade e auto-controle, misture bem esse material e teremos um excelente começo para os jovens donzelos

Se uma mulher faz de tudo com um cafa e depois paga de santinha, é óbvio que ela está agindo de má fé e prejudicando alguém.
Responda-o
#3
Foi uma pena o Bruce ter morrido pouco depois da criação do Jeet Kune Do, não deu pra amadurecer tanto sua arte. Mas hoje tem academias de JKD que seguem essa mesma filosofia de Bruce Lee. Era um cara verdadeiramente focado no desenvolvimento pessoal.

Enviado de meu XT1033 usando Tapatalk
Responda-o
#4
UP


Responda-o
#5
Podia dar outro nome pra essa luta não?

"Gente o cú não dou". É claro que não.
________________________________________________________________________________

Por muito tempo tratei como pedra preciosa o que era, na verdade, apenas um pedaço de carvão.

E na escuridão da noite é que assumo minha melhor forma. BURN!
Responda-o
#6
(10-07-2017, 11:43 PM)GhostRider Escreveu: Podia dar outro nome pra essa luta não?

"Gente o cú não dou". É claro que não.

Não avacalha, o tópico é bom!
Responda-o


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  [DESENVOLVIMENTO PESSOAL] Como deixar de ser um "morto" Awaken 17 4,063 17-03-2020, 01:06 PM
Última Postagem: fernandobon04
  [DESENVOLVIMENTO] O Eu Pessoal – Autoconhecimento Mandrake 7 1,899 04-09-2019, 11:22 PM
Última Postagem: Lixeiro
  [REFLEXÃO] A verdadeira militância da real é o desenvolvimento pessoal! Loki 46 10,084 16-05-2019, 03:03 AM
Última Postagem: Mike Stonza
  Dicas para o desenvolvimento pessoal. Opie 18 3,987 25-11-2018, 03:29 PM
Última Postagem: Mr.Lothbrok
  Desenvolvimento pessoal - comentem esta imagem Major Lobo Honrado 35 6,385 06-03-2016, 02:08 AM
Última Postagem: Venon

Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)