Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Coronavírus - Ensaio para a Ditadura Mundial
#1
Coronavírus - Ensaio para a Ditadura Mundial


Vou relatar aqui algumas informações interessantes que estão se desdobrando por conta da pandemia do coronavírus. Vou tentar ser breve e ir direto ao ponto para o tópico não ficar grande demais. E posso ter deixado passar algumas informações importantes e peço que complementem nos comentários.

Cito já de cara o livro: O império Ecológico de Pascal Bernadin e o livro Filosofia Verde de Roger Scruton, que abordam como a ecologia está sendo usada para fins nefastos. Eles abordam muito bem como essa bandeira ecológica está sendo usada para levar avante certas agendas. 

O ponto é que essa bandeira ecológica ganhou um impulso gigante com a pandemia do covid-19. E agora o fórum econômico mundial vem falando de um "Grande Reset" que a ideia é reiniciar a economia do planeta com algumas propostas indecentes embutidas. O que vem de encontro com o que o papa Francisco vem falando de uma economia social, mais justa, na sua encíclica Laudato Si. Ideias que estão bem expressas também no Sínodo da Amazônia. Vou falar um pouco de cada um e de como todos eles se alinharam sinistramente em poucos meses.

Estou percebendo que está havendo uma congruência, uma união de ideias de várias frentes, que vem a calhar para tal nova ordem mundial. Que nada mais é do que os interesses da besta de apocalipse 13. (Link desse estudo: Apocalipse)

Uma série de coisas que antes parecia impossíveis acontecem rapidamente se tivermos uma crise. Com uma crise global então, essas mudanças acontecem rapidamente a nível mundial como estamos presenciando agora de forma altamente acelerada com o coronavirus. Compilei algumas notícias para mostrar isso.

Vigilância por geolocalização da população:


https://www.jornaldocomercio.com/_conteu...ssoas.html

Operadoras disponibilizam dados para o governo monitorar mobilidade de pessoas. Algumas pessoas achavam que foi só no Brasil que isso ocorreu. Mas, ocorreu no mundo inteiro.

https://www.timesofisrael.com/government...ronavirus/

Governo acha aceitável vigilância de celulares israelistas em massa para deter coronavírus. Nessa notícia o governo de Israel decidiu fazer o monitoramento de pessoas pelo telefone. Foi a nível de país inteiro, não foi só estadual como aqui no Brasil com Dória. Coisa que seria impossível de se imaginar presenciar em tempos normais. 

Países de várias partes do mundo fizeram o mesmo com suas populações. Fizeram o monitoramento de celulares para o controle de pessoas alegando ser para evitar aglomerações e para o bem delas próprias. Mas fizeram isso sem o consentimento delas. Quem estava achando que precisava ter um chip implantado ou coisa parecida para que as pessoas pudessem ser rastreadas, vigiadas e punidas, viu que isso não é necessário. Mas, obviamente, a vigilância será aumentada se for implementado um chip. Mas hoje já existe condições por meio de celulares e de câmeras de se ter um controle muito alto sobre a população. E as câmeras são outro recurso que vem sendo muito utilizado pelos países contra a população durante essa crise.

O fim do dinheiro físico:

https://g1.globo.com/bemestar/coronaviru...tudo.ghtml

Coronavirus pode sobreviver até 28 dias em celulares e dinheiro.

https://economia.uol.com.br/noticias/red...igital.htm

OMS diz que notas podem disseminar coronavírus. Através de notícias  como essas que estão sendo repercutidas fortemente por governos e mídias de vários países as pessoas ficaram com medo de usar o dinheiro físico e aumentaram o uso de dinheiro digital de forma abrupta. E por isso alguns países aproveitaram para agilizar largamente o sistema de encerrar por completo o dinheiro físico para um sistema totalmente digital sem protesto da população. Coisa que demoraria anos e teria discussões entre o povo e governo para deliberar com calma foi aprovado as pressas e do jeito que os governantes quiseram. O que vai dar um controle muito maior das finanças e gastos das pessoas por parte do governo. 

Hoje as pessoas ainda conseguem guardar um dinheiro embaixo do colchão mas quando a moeda for totalmente virtual isso será impossível. Então, um bloqueio de conta seriam uma ação muito fácil de ser realizada pelos governos contra determinadas pessoas como forma de punição.

Se hoje as pessoas já ficam chateadas de verem seus perfis, ou os perfis de celebridades de direita, cristãos, e perfis que criticam o governo serem banidas do Twitter, Instagram, Youtube, imagina quando além disso eles congelarem todas as suas contas bancárias virtuais e assim todo o seu dinheiro e você não puder nem comprar ou vender. Afinal, em breve nenhum comércio aceitará dinheiro físico, tendo que depender assim de favor dos outros para comprar itens básicos. O medo de ser punido irá a níveis bem maiores do que as pessoas já tem hoje. Parecia algo distante, mas alguns países como Coréia, Noruega e Holanda por causa da pandemia e do alarde da mídia e da OMS que o dinheiro dissemina o vírus já estão a um passo de transformar tudo em dinheiro digital e abolir de vez o dinheiro físico. E até no Brasil isso foi acelerado:

https://cointelegraph.com.br/news/visa-s...ey-in-2020

78% dos brasileiros deixaram de usar dinheiro físico voluntariamente no Brasil nesse ano de 2020. Um movimento que ocorreu no mundo inteiro. Não só isso, no Brasil lançaram recentemente o PIX que ajudará enormemente na migração do dinheiro físico para o digital. Assim, por causa de um vírus, em questão de pouco tempo o dinheiro físico estará sendo abolido. Coisa que parecia demorar décadas.

https://www.direitonews.com.br/2020/08/p...rasil.html

Nesse projeto de lei querem acabar com o dinheiro físico em 5 anos no Brasil. E é provável que consigam já que no ritmo que as coisas andam, as próprias pessoas estão voluntariamente deixando de usar o que acelerá o processo. 

Vigilância coletiva

https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/n...preventiva

Homem preso antes mesmo da festa ocorrer. Pessoas sendo denunciadas por vizinhos e sendo presas por fazerem festas com a família dentro de suas propriedades privadas.

https://abcnews.go.com/US/philadelphia-p...d=70104383

Polícia prende homem por estar sem máscara em ônibus. Tivemos denuncias e prisões em metrôs, ônibus, rua de pessoas sem mascaras. E além disso, as próprias pessoas começaram a se atacar:

https://exame.com/mundo/homem-e-preso-no...r-mascara/

Homem é preso por ameaçar atirar em quem não usar máscaras. 

https://www.nydailynews.com/new-york/nyc...story.html

Homem leva facada no metrô por estar sem máscara. O medo também levou a retaliação dos que se recusavam a se enquadrar. Videos de pessoas jogando água e agredindo pessoas sem máscaras na rua fizeram sucesso com telespectadores comentando e aplaudindo a atitude. Foi criado quase que instantaneamente um estado de comunismo nos países livres com um cidadão vigiando e punindo o outro e o denunciando as autoridades quando fazia festas em sua própria casa, abria a sua loja, saia sem máscara, ousava tentar viver sua vida em vez de se trancar com medo. Coisa completamente surreal de se imaginar que aconteceria há 10 meses atrás.

Lojistas e empresários denunciando um ao outro às autoridades caso um deles tentasse abrir a loja, alguns sendo presos por abrirem seus próprios negócios para não morrerem de fome e as portas das lojas sendo soldadas pelo governo. É um sistema de auto-vigilância que surgiu da noite pro dia nos países democráticos de dar inveja nos comunistas.

As pessoas perderam o direito de escolher se expor ao risco para tentar se alimentar. Você perdeu o direito de escolher correr o risco de pegar uma gripe do que deixar a família sem comida. "A economia a gente vê depois" argumentam. E a televisão dia e noite jogando gasolina no fogo para aumentar o pânico ao máximo possível.

Fim dos direitos constitucionais:

https://www.publico.pt/2020/03/16/politi...is-1907174

Estado de emergência pode suspender direitos fundamentais que antes eram protegidos pela constituição. O estado de emergência ocorreu em vários países, incluindo países de primeiro mundo. Dando autoridade e poder ao governo que antes seriam impossíveis de se conseguir em momentos de paz e tranquilidade sem um protesto absurdamente gigante da população de cada país. Fizeram isso sem um pio de protesto. E aproveitaram o medo generalizado para aprovar leis bem ditatoriais. Claro, tudo começou com caráter temporário de 15 dias, depois se estendeu por 30 dias, e depois 3 meses, 6 meses, e em breve já fará um ano que estão em vigor.

https://veja.abril.com.br/politica/porta...-covid-19/

Portaria prevê prisão de quem descumprir quarentena em razão da Covid-19. Olha só, prisões, multas, punições, para quem ousar desobedecer.

O que choca é a aprovação de leis e decretos que acabam com a liberdade do brasileiro, do americano, do italiano e de pessoas de todos os países do mundo da noite para o dia. Tudo isso ocorrendo em questão de poucos meses. Em tempos normais as pessoas iriam virar o país abaixo para derrubar quem propusesse isso. Agora aceitam caladas.

https://medicaltyranny.com/2020-08-19-ne...camps.html

Nova Zelândia cria campos de concentração obrigatórios para contaminados. Alguns países, como Nova Zelândia, chegaram ao absurdo de propor levar os contaminados e os rebeldes que se recusam a ser testados para campos de concentração. Isso sendo feito em países livres de primeiro mundo.

https://www.rollingstone.com/politics/po...us-970935/

O departamento de justiça americano quer suspender certos direitos constitucionais durante emergência do coronavírus. Na matéria fala que o Departamento de Justiça pediu ao congresso a elaboração de legislação que permita aos juízes principais manter indefinidamente as pessoas sem julgamento e suspender outros direitos constitucionalmente protegidos durante o coronavirus e outras emergências.

Ou seja, em vários países abriram um precedente para que nos próximos casos os direitos fundamentais sejam automaticamente suspensos quando houver uma nova crise.

Assim, como foi feito em caráter de emergência com o atentado de 11 de setembro nas torres gêmeas que aprovaram temporariamente leis invasivas para achar os culpados e nunca mais tiraram. Fizeram e estão fazendo o mesmo agora com o medo da população. Aproveitam a situação para aprovar leis que eram impossíveis de serem aprovadas antes.

Fim da liberdade de consciência e de expressão

No Brasil e no mundo foi instaurado coisas absurdas como "Inquérito das Fake News", uma espécie de polícia de pensamento para fiscalizar tudo que as pessoas postam em redes sociais e falam por aí. No qual estão sendo presas por expressar opiniões que grupos fiscalizadores governamentais decidirem serem inadequadas. 

Estamos vendo milhares de contas banidas em redes sociais só por questionarem essas medidas autoritárias e pessoas sendo presas por não se submeterem cegamente e nesse ritmo em breve, terão até as contas bancárias digitais suspensas em que não poderão comprar nem vender se não tiverem a marca do governo. 

Nesse documentário do Brasil Paralelo eles explicam muito bem o que está acontecendo no Brasil, e no mundo inteiro, com essa nova vigilância global que acabou com a liberdade de expressão da noite para o dia:




Proibido locomoção sem autorização

https://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo...r-BB17GMRK

Em alguns países as pessoas foram proibidas de saírem não só de suas casas como de suas cidades. Sendo confinadas e punidas se tentassem sair de um lugar para o outro. Países inteiros estão fechados. Caminhões proibidos de levarem suprimentos de uma cidade para outra. As pessoas não conseguem ir ou voltar para suas casas. Existem pessoas até hoje que saíram de férias e não puderam voltar aos seus países. 

https://www.bbc.com/portuguese/internacional-51920226

Polícia da Espanha usa drones para pedir que pessoas saiam das ruas. Tecnologia sendo usada para intimidar e proibir pessoas de saírem de casa. O direito de ir e vir foi extinto da noite pro dia. Não só na Espanha, como no planeta inteiro, inclusive no Brasil:

https://www.1news.com.br/noticia/594459/...s-23032020

Polícia usa helicóptero para fazer tempestade de areia e espantar banhistas em SC. E teve vários casos de prisão de banhistas. O crime era estar fora de casa e as pessoas eram forçadas a voltarem a suas casas. Quem se recusava era preso mesmo sem ter leis amparando essas atitudes as pessoas foram presas. Lembrando que não houve mudança na constituição em todos os países nem nada disso. Foi apenas o medo generalizado e inflado pela mídia e governo paralisando as pessoas.

Proibido trabalhar sem autorização

Obviamente, estamos proibidos de trabalhar sem autorização. Muitos setores ainda estão fechados no Brasil e no mundo. Países da Europa que estavam reabrindo tudo agora estão voltando a fechar tudo porque o inverno está chegando. Só pode funcionar quem o governo disser que pode mesmo que você precise trabalhar para não morrer de fome. Uma crise financeira sem precedentes está a caminho. E isso é exatamente o que eles precisam e vocês vão ver o porque daqui a pouco.

Ensaio para algo maior

A verdade é que esta pandemia está servindo de laboratório, de ensaio para muitas ações que poderão se tornar rotina no mundo pós-crise. Em tempos assim, as liberdades individuais são seriamente ameaçadas. E até mesmo as liberdades religiosas (os templos do país inteiro foram fechados com decretos municipais e estaduais). E o pior, tudo isso está ocorrendo com o consentimento dos cidadãos amedrontados movidos pelo instinto de rebanho.

Pelo medo generalizado as pessoas passam a ceder suas liberdades em troca de proteção, em troca da vida e da saúde.

É agora que vamos ao cerne da questão. Com tudo isso que aconteceu uma agenda foi avançada de forma assustadora e tende a mudar a forma como viveremos. Vamos as notícias dela.

Ecomenismo

https://recordeuropa.com/noticias/corona...21-03-2020

O mundo emite menos um milhão de toneladas de dioxido de carbono por dia. Afinal, as pessoas foram forçadas a não trabalhar nem sair de casa.

https://www.terra.com.br/noticias/cienci...rx4ir.html

Como a epidemia pode ter efeito positivo no meio ambiente.

https://exame.com/mundo/qualidade-do-ar-...s-diz-onu/

Mais uma reportagem exaltando que o meio ambiente está melhor por causa da pandemia.

https://www.tecmundo.com.br/ciencia/1511...entena.htm

Canais de Veneza ficam limpos. Fotos do antes e depois pipocaram pela internet. Não só de Veneza, mas litorais no Brasil e no mundo. Fotos de animais reaparecendo em lugares que a muito tempo não se viam. Fotos seguidas de muitos apelos enfatizando como meio ambiente está melhor com as pessoas obrigadas a não trabalhar e de como é preciso um líder de punho firme para punir os capitalistas que se recusam a proteger o meio ambiente..

Os jornais pipocaram de matérias mostrando os malefícios de se pensar só em economia, de se explorar a natureza, de ter livre mercado e passaram a relatar os benefícios de ter mantido as industrias fechadas e de como o meio ambiente foi beneficiado. Também propondo multas severas e até imposto verde. O que servirá para a implementação de várias medidas para travar a economia mundial, principalmente de países livres e democráticos, com o objetivo de "restaurar e salvar" o planeta. Falarei mais sobre isso abaixo.

Clamor por líder mundial

https://www.theguardian.com/politics/202...oronavirus

Gordon Brown clama por governo mundial para conter coronavirus. Ele foi primeiro ministro da inglaterra e está ligado a funções importantes. Mas, não só ele está levantando essa bandeira. Tem outras personalidades instigando o povo a querer um líder mundial. Uma espécie de presidente do planeta com poderes de punir nações inteiras que estejam foram da agenda ambientalista.

Aqui entram duas situações interessantes. A primeira é um clamor para que as autoridades resolvam o problema da pandemia (enquanto proíbem que as pessoas decidam por si mesmas se querem se arriscar ou não). Exigem um salvador ao mesmo tempo que não permitem que as pessoas salvem a si mesmas como acharem melhor. E a outra situação é que se esforçam para mostrar como a natureza foi positivamente impactada pela quarentena. Isso fortaleceu outra emergência que vem sendo alimentada por figuras como papa Bento 16, papa Francisco, Greta Thunberg, Al Gore (foi o primeiro) e outras figuras de destaque. Essa bandeira ecológica ganha força com essas evidências de despoluição causados pela quarentena. E as coisas começam a se juntar de forma sinistra.

Vamos em frente:

https://veja.abril.com.br/economia/james...ca-global/

James Boughton: A crise clama por uma liderança global. Esse James é um economista americano que trabalhou 31 anos no FMI. E ele diz o seguinte: "A não ser que o governo dos Estados Unidos assuma a responsabilidade de coordenar uma resposta global, a recuperação de um choque econômico grande como aquele pelo qual passamos será, no melhor dos casos, caótica. O efeito deprimente dessa pandemia na economia e saúde mundial poderá, nesse caso, persistir por anos."

Estão clamando para que o EUA assuma a liderança na recuperação dessa crise anunciada.

Comunismo e ambientalismo de mãos dadas

https://veja.abril.com.br/blog/radar/pap...universal/

Nessa pascoa, uma outra figura que já tem assumido um certo protagonismo, uma grande figura na verdade, no mundo nessa questão ambiental, realizou uma missa inédita. Uma cena histórica. A praça de São Pedro completamente vazia e ali estava o papa apenas assessorado por um ajudante e durante essa missa ele profere um perdão universal para as pessoas contaminadas pelo Coronavírus.

Como se uma pessoa pudesse conceder perdão universal a outras. Biblicamente somente um pode perdoar pecados. Enfim, vamos em frente.

Vou falar das frases de impactos do papa Francisco:

"Não ouvimos o grito dos pobres e do nosso planeta gravemente enfermo. Avançamos, destemidos, pensando que continuaríamos sempre saudáveis num mundo doente. Agora nós, sentindo-nos em mar agitado, imploramos-Te: 'Acorda, Senhor!'"

Essa fala aqui mostra realmente a questão desse socialismo interligado no meio católico especialmente na figura do papa Francisco que vem lá da teologia da libertação, e aqui ele fala do grito dos pobres e do grito do planeta. E é interessante que no sínodo da Amazônia essas palavras e expressões muito próprias da teologia da libertação voltaram a tona. Mas, agora não é mais o pobre o foco e sim o planeta.

Um homem inteligente e tido como um guru do século 21, Yuval Noah Harari, em um texto que escreveu sobre a pandemia disse isso aqui:

"As decisões que em tempos normais podem levar anos de deliberação são aprovadas em questão de horas. Tecnologias imaturas e até perigosas são colocadas em serviço porque os riscos de não fazer nada são maiores. Países inteiros servem como cobaias em experimentos sociais em larga escala. O que acontece quando todos trabalham em casa e se comunicam apenas à distância? O que acontece quando escolas e universidades inteiras ficam online? Em tempos normais, governos e empresas e conselhos educacionais nunca concordariam em realizar tais experimentos. Mas esses não são tempos normais."

É óbvio dizer isso. Estamos vivendo isso na pele. Mas tem gente que ainda não está percebendo. Está ocorrendo um clamor por líderes mundiais. Clamam por figuras que assumam as rédeas da sociedade para salvá-las. E esses líderes estão loucos para assumirem o comando durante a crise. Porque em crises eles tem poder de tomar decisões radicais com menas resistência da oposição e da população.

Um outro livro chamado O povo contra a democracia diz:

"Existem também anos breves em que tudo muda abruptamente. Novas figuras políticas tomam o palco de assalto. Eleitores clamam por políticas publicas que até então eram impensáveis..."

Ainda mais se houver uma crise que faça com que essas pessoas peçam políticas públicas para que possam ser protegidas. Coisas que eram impensáveis estão sendo sugeridas e aprovadas. Continuando o trecho do livro:

"Tensões sociais que por muito tempo fervilhavam sob a superfície vêm a tona numa explosão terrível..."

Basta um elemento estopim. Como ocorreu com a morte do Floyd no EUA que desencadeou uma série de fatores e serviu para explodir o país. Continuando o livro:

"O sistema de governo que antes parecia inabalável dá sinais de que vai desmoronar. É o tipo de momento em que vivemos hoje."

É exatamente o momento em que vivemos hoje. Mudanças rápidas e o planeta está fervilhando.

Porém, em apocalipse diz que haverá um laço de união universal. Uma grande harmonia no planeta. Mas, já conseguiram perceber qual será o laço que unirá o planeta todo nesses anos finais de história da terra?

No livro O império ecológico isso é esclarecido na pág 10:

"Um discurso onipresente monopoliza as mídias ... e uma nova ideologia parece estar emergindo ... Não estaríamos em presença de um discurso totalitário mascarado, cujas potencialidades revolucionárias foram gravemente subestimadas? Não estaríamos testemunhando a subversão da verdade ecologia, aquela que é respeito pela obra do Criador?"

Exatamente, a verdadeira ecologia e preservação do meio ambiente tem haver com respeito pelo planeta. Porém.... há interesses por trás dessa bandeira ecológica pra usar essa causa aparentemente bonita para levar avante outros planos de poder e agendas sinistras. A ideia é pegar um ponto que faz sentido e é coerente e radicalizar ele. É bonito e moral cuidar do planeta, mas usar isso como motivo para destruir liberdades individuais, a liberdade de consciência, limitar o progresso, o livre mercado e impor restrições severas a países inteiros que não queiram se curvar já não é algo bonito e moral.

Continuando o livro, na pág 12:

"A nova ideologia deverá fornecer um princípio central unificador em torno do qual a sociedade mundial poderá se construir e se definir. Esse princípio deverá torná-la por inteiro, permiti-la definir tanto os objetivos sociais quanto as normas de comportamento individual, ser aceito pelos povos do Ocidente e do Oriente, do Norte e do Sul. Ele deverá evitar confrontar qualquer sensibilidade religiosa ou filosófica, mas, ao contrário, fazer avançar a causa sincretista e a aparição de uma nova religião mundial. Esse princípio deverá também permitir ao poder mundial intervir, diretamente ou não, em todos os setores da sociedade. ... Ele deverá permitir a instauração de um governo mundial."

Religião mundial, governo mundial, princípio central unificador. Tudo haver com as profecias bíblicas que tanto os cristãos falavam. (Ver estudo de Apocalipse) Parecia impossível que o mundo inteiro se unisse em uma única causa sendo tão diverso em culturas, ideologias e religiões. Mas, está aí o ponto unificador de tudo.

Mas, o interessante é ver tudo isso vindo de autores que não são religiosos, como os citados acima. Em um podcast de política (que não era de religião) tinha esse título e capa:

[Image: download.jpg]

E vejo a foto dessa Greta Thunberg, essa adolescente militante por essa questão ambiental. O ambientalismo é a grande tacada que planejaram para impor a tal da Nova Ordem Mundial de uma forma que todos os povos do planeta possam se sentir representados, mesmo sendo de culturas tão diversas. Afinal, dirão que todos vivemos no mesmo planeta e não queremos que ele acabe. Mas estão dizendo que ele vai acabar se não tomarmos medidas urgentes, importantes e que precisa de decisões radicais e drásticas. Esse clamor aumentará ainda mais se o planeta tiver um aumento nos desastres, furacões, nuvens de gafanhotos destruindo plantações inteiras, tsunamis, terremotos e pandemias cada vez mais graves. Como está predito na Bíblia para os próximos anos (Não porque o homem é o culpado, mas sim porque a volta de Jesus se aproxima). Vamos falar de um fator importante agora, o sínodo da amazônia.

Sínodo da Amazônia

https://valor.globo.com/eu-e/noticia/201...ente.ghtml

Sínodo da Amazônia consolida papa Francisco como líder na defesa do ambiente. Clamavam por um líder, uma liderança mundial, está aí. Ele já estava conhecido por essa bandeira verde, afinal, em 2015 ele publicou uma encíclica com o título Laudato Si que trata exatamente sobre o meio ambiente. Explicando de forma intensa e urgente como salvá-lo. E um dos capítulos trata sobre o domingo como descanso semanal para amenizar os problemas do meio ambiente (o dia certo para se guardar é o sábado e falo disso AQUI)

Assim, como nós precisamos de um dia de descanso, ele afirma que a terra também precisa e as famílias também precisam. E essa bandeira vai crescer muito nos próximos anos. Vejam esse vídeo que explica melhor o assunto: 




No vídeo acima é mostrado que o documento Sínodo da Amazônia é um documento totalmente marxista. Carregado de uma linguagem de teologia de libertação lá dos anos 80 e 90. E o papa trás de volta essa questão, mas não mais apresentando os pobres como vítimas, mas agora a terra, que ele chama de nossa casa comum. Agora, a causa ganhou novas dimensões e um força muito maior, porque quem está em risco é o planeta inteiro e se não agirmos rapidamente todo mundo vai acabar perecendo. Então a causa ganha contornos globais e muito fortes. 

Todas as políticas que os marxistas usavam para convencer a população de uma ditadura do proletariado foi convertido de "salvar os pobres" pelo conceito de "salvar a nossa casa comum", ou seja, "salvar o planeta".

O quanto vocês acham que as populações de cada país estariam dispostas a aceitar se o planeta começasse a ter desastres cada vez maiores e mais assustadores em que as autoridades alegariam ser causados por desrespeito as leis da natureza? Aceitarão qualquer coisa que mandarem.

Pelo que já fizeram com o coronavirus que é um virus que sem vacina matou menos que a gripe comum com vacina. Imagina o que farão se o mundo aparentemente começar a colapsar em desastres cada vez maiores ou mesmo se uma pandemia realmente grave surgir? Estarão dispostos a aceitar o que os líderes mundiais mandarem para salvar suas vidas.

Mãe-terra

https://www.vaticannews.va/es/mundo/news...demia.html

A comunhão com a mãe terra ressuscitará depois da pandemia. O entrelaçamento de discursos aumenta. Depois da pandemia o texto diz que deverá haver uma comunhão com a mãe terra. O texto é recheado de expressões e ideias um tanto pagãs. No concílio mesmo foram vistas estátuas da mãe-terra o que causou espanto em muitos católicos tradicionais inclusive. Então, está havendo todo um discurso panteísta, indigenista, e nesse site de novo vemos a expressão "mãe-terra", o que nos remete a gaia, aquela hipótese de que a terra seria uma deusa e nós os vírus que estão prejudicando o planeta. Estranho essas colocações não achou? O ambientalismo está sendo colocado ao nível de uma nova religião e até de uma idolatria. 

Domingo

https://www.sherbrookerecord.com/sunday-...y-of-rest/

O domingo de novo um dia de descanso. O prefeito da cidade de Guelp no Canadá postou no Twitter dele o seguinte:

"Apenas colocando isso para consideração: depois que chutarmos o Covid-19 sugiro que tudo seja fechado no domingo novamente, para que possamos apreciar o que realmente significa a importância de fazer uma pausa em nossas vidas ocupadas. Eu acho qeu nosso corpo, mente e alma nos agradeceriam."

O discurso ganhar força agora para salvar o meio ambiente. Que precisamos ter um dia de "quarentena" para salvar as famílias, bons valores e o planeta. (Lembrando que Deus nunca mandou guardar o domingo e sim o sábado, estudo AQUI)

https://michelsonborges.wordpress.com/20...ca-rapido/

Domingo do clima. Igreja de várias partes do mundo se unem na guarda do domingo para salvar o planeta. Defendendo o fim do trabalho ao domingo. E em vários jornais e denominações esse discurso se intensificou por conta da pandemia. Pode não fazer muito sentido para alguns aqui no fórum. Mas, para os cristãos que seguem os mandamentos bíblicos faz. Porque existe uma profecia da minha igreja (adventista) que nos últimos anos da terra haverá um clamor mundial para a imposição do dia de domingo como dia de guarda no lugar do sábado e os sabatistas serão perseguidos impiedosamente (Apocalipse 14:12). E isso ocorrerá com bem poucos anos antes da volta de Jesus. 

Senso de urgência

https://edition.cnn.com/2020/04/08/europ...index.html

Papa diz que coronavirus pode ser uma resposta da natureza. Percebe que eles conseguiram unir os assuntos? Os argumentos estão se desenvolvendo como uma causa bonita e branda. Quem não concorda que devemos cuidar da família? Quem não concorda que devemos cuidar do meio ambiente? Quem não concorda que devemos guardar um dia da semana para o bem do planeta? Quem não concorda que precisamos de um tempo para recuperar a saúde física e mental? Todos precisamos. Então, o movimento tem contornos brandos e coerentes. Mas, muita gente que defende não sabe onde isso vai chegar, não sabem que em apocalipse 13 fala que começará falando como um cordeiro mas se transformará em um dragão.

Essas causas tão nobres que aparentemente estão defendendo se tornarão opressivas e cruéis. Acabando com a liberdade de consciência e de expressão. Fazendo com que quem for contra não possa comprar nem vender. Anote aí. 

Outro autor chamado Roger Scruton, do livro Filosofia verde, fala o seguinte na pág 39 e 40:

"Previsões alarmistas desse tipo são recorrentes na história, e há um bom motivo para isso. Alarmes transformam problemas em emergências, levando o andamento normal e diário da política a uma interrupção abrupta. Diante de uma emergência, preparamo-nos para obedecer, seguir líderes e nos proteger. As pessoas que cobiçam políticas centralizadoras, de cima para baixo, têm as emergências em alta conta."

Óbvio. Poderes centralizadores tem muito interesse em crises gostam de emergências porque as pessoas cedem as suas liberdades. Essa crise está sendo usada para testar a população e na próxima crise, que com certeza virá mais cedo ou mais tarde, eles estarão 10x mais preparados do que agora porque já viram o que funcionou e o que não funcionou. O planeta inteiro serviu como um grande ensaio de laboratório e o ensaio foi melhor do que imaginavam.

Se você voltasse no tempo e estivesse em dezembro de 2019 e postasse aqui no fórum ou divulgasse para familiares e amigos que não só o brasileiro, mas no mundo inteiro, as populações de países livres e democráticos teriam o seu comércio fechado a força contra a sua vontade, seriam proibidas de trabalhar, pessoas seriam presas por sair na rua ou ficarem em praças, seriam vigiadas pelo celular, multadas, atacadas, medidas arbitrárias seriam aprovadas, bandidos seriam soltos em massa, as pessoas se vigiariam e se denunciariam, Stf tentaria derrubar o presidente e perseguiria e prenderia pessoas por comentários questionando atitudes ditatoriais ou por protestarem contra eles, igrejas seriam queimadas, campos de concentração seriam criados para contaminados irem a força, toques de recolher, vacinação em massa seria obrigatória e quem recusar será punido severamente, e as constituições dos países seriam pisadas pelos governantes, (até nuvens de gafanhotos em vários países do mundo) tudo isso em poucos meses e as pessoas aceitariam tudo sem questionar. Absolutamente ninguém acreditaria em você. É ridículo só de imaginar algo tão bizarro acontecer da noite pro dia. Mas, foi exatamente isso que aconteceu. As mudanças foram tão rápidas que é inacreditável. Mesmo em países livres e democráticos foram feitos coisas que dariam inveja a fascistas e comunistas.

O "Great Reset"

Está marcada uma reunião importante pelo fórum econômico mundial chamada "Great Reset" (grande recomeço) com várias propostas para implementar novas mudanças a nível mundial e um novo começo para a humanidade inteira e as propostas que eles estão fazendo estão vindo cheias de segundas intenções. 

O site oficial do projeto liderado pelo World Economic Forum diz: “É urgente que as partes interessadas globais cooperem no gerenciamento simultâneo das consequências diretas da crise da Covid-19. Para melhorar o estado do mundo, o Fórum Econômico Mundial está dando origem à iniciativa ‘The Great Reset’. A crise da Covid-19 e as perturbações políticas, econômicas e sociais que ela causou estão mudando fundamentalmente o contexto tradicional da tomada de decisões. As inconsistências, inadequações e contradições de múltiplos sistemas – da saúde e financeiros à energia e educação – estão mais expostas do que nunca em meio a um contexto global de preocupação com vidas, meios de subsistência e o planeta. Os líderes se encontram em uma encruzilhada histórica, gerenciando pressões de curto prazo contra incertezas de médio e longo prazo.

“Ao entrarmos em uma janela única de oportunidade para moldar a recuperação, essa iniciativa oferecerá informações para ajudar a informar todos aqueles que determinam o estado futuro das relações globais, a direção das economias nacionais, as prioridades das sociedades, a natureza dos modelos de negócios e a gestão de um bem comum global. Partindo da visão e da vasta experiência dos líderes envolvidos nas comunidades do Fórum, a iniciativa ‘The Great Reset’ tem um conjunto de dimensões para construir um novo contrato social que honra a dignidade de todos os seres humanos.”

Texto muito bonito, mas embora a iniciativa foque na questão econômica, é preciso notar que a intenção é “resetar” a humanidade e promover uma nova ordem mundial, uma nova sociedade, “e construir um mundo mais estável, pacífico e próspero para todos”, como disse António Guterres, secretário-geral da ONU.

No vídeo disponível no site oficial, Charles, o príncipe de Gales, relaciona a pandemia causada pelo novo coronavírus com a crise ambiental, e diz que ambas são devastadoras. “Temos uma única janela de oportunidade que está se encolhendo rapidamente”, diz de maneira urgente o príncipe.

A linguagem deles é sempre de urgência.

Segundo Klaus Schwab, comissões de trabalho do World Economic Fórum apresentarão propostas em várias áreas para os delegados que se reunirão em janeiro de 2021 por ocasião do próximo encontro em Davos, na Suíça. A ideia é que haja uma mudança de mentalidade e estilo de vida que envolva todas as pessoas no mundo.

A crise desencadeada pelo novo coronavírus, pela consequente derrocada da economia e mesmo pelas revoltas oriundas do assassinato de George Floyd, nos Estados Unidos, está servindo de catalisador para acelerar uma série de medidas, decretos e decisões que favorecerão projetos maquiavélicos.

E “quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão” (1Ts 5:3).

O mundo está assustado e seus líderes estão aproveitando o temor para fazer grandes mudanças e todos seremos afetados em breve por elas. O coronavírus mesmo sendo um vírus de potencial letal fraco conseguiu mostrar como fazer o que antes era impossível. E como fazer isso de forma rápida. Veio para mostrar como fazer para que países livres e democráticos abrissem mão de suas liberdades e direitos em questões de poucas semanas sem questionar. 

Agora, que já entenderam o caminho das pedras e como as massas reagem sob pressão e pelo medo coletivo intensificado pela mídia, é possível que, coincidentemente, um Covid 21 possa surgir de forma muito mais forte e letal e que conseguirá consolidar todas essas mudanças rápidas que operaram (e trazer novas mudanças) de uma forma jamais imaginada antes.
“A honra, a integridade e a verdade precisam ser guardadas, custe o que custar ao próprio eu.” Obreiros Evangélicos, pág. 447
Responda-o
#2








O vírus criado em laboratório na cidade de Wuhan, na verdade, mata menos que pneumonia
 Ec 1:14
Responda-o
#3
Por que sou tentado a acreditar na doutora Li-Meng Yan?
Será porque ela teve que fugir e se esconder?
As informações que saem de um país totalitário não são confiáveis.
Responda-o
#4
(24-10-2020, 04:07 PM)Lelouch Escreveu: O vírus criado em laboratório na cidade de Wuhan, na verdade, mata menos que pneumonia

Aí é que está. Se já fizeram tudo isso que expliquei acima com um vírus de potencial letal fraco. Imagina o que conseguirão fazer quando vier algo que justifique um pânico realmente forte. Tipo um Covid-21 que seja 10x mais letal ou uma catástrofe de proporções mundiais. Por isso que eu digo que dessa vez foi o ensaio.
“A honra, a integridade e a verdade precisam ser guardadas, custe o que custar ao próprio eu.” Obreiros Evangélicos, pág. 447
Responda-o
#5
90% das medidas tomadas pelos governantes autoritários e totalitários no Brasil foram ilegais.
Praticamente todas as cidades do país declararam estado de emergência e isso abriu as portas para a ditadura e a corrupção ostensiva e em massa, pois devido a declaração de tal estado, muitas brechas são reveladas, como a possibilidade de compra sem o devido processo licitatório.

Estamos falando de dinheiro em níveis estratosféricos que deixa qualquer outro caso de corrupção da história do mundo no chinelo.
Inclusive, já podemos pedir música no fantástico, pois os três maiores casos de corrupção da história da terra aconteceram aqui:

Mensalão, Petrolão e Covidão.

Óbvio, institucionalizaram a corrupção no país onde o gramscismo mais avançou em todo o planeta.
"Não tomem tanques de guerra ou campos militares. Tomem jornais, universidades, centros de pesquisas e institutos culturais" - Antônio Gramsci

A sucessão de fatos extremamente graves que aconteceram nesse país é absurdo.
É o que eu chamo de Teoria do Inimaginável: quando algo é tão absurdo e surreal que você não consegue descrever, com palavras, o que é/aconteceu.

Vocês acham que o PCC é organizado assim por sorte? Não, foram treinados, lá atrás, pelos guerrilheiros comunistas presos. Esses guerrilheiros ensinaram a eles técnicas e táticas de guerra e terrorismo, organização de quadrilha e tudo mais, o verdadeiro manual do guerrilheiro.


Engraçado que vi muito analista político até com certa credibilidade, algum tempo atrás, dizer que no Brasil não há como um sistema bolivariano ser implantando, devido a força do povo e rapidez de informação na internet.

Vimos, através dessa pandemia falsa e asquerosa, que é tudo balela.
Somos piores do que os porcos do livro A Revolução dos Bichos. Bem piores, eu diria.

Um vírus que não tem letalidade de 1% nos colocou de joelhos e nada fizemos.

Esse Sínodo da Amazônia o Bernardo Kuster está denunciando há tempos, inclusive fiquei sabendo disso por ele.


Nós, brasileiros, estamos sofrendo uma das piores formas de ditadura: a judicial.
Os recursos estão caindo todos nas mãos dos ministros do STF e o resultado é o que estamos vendo.

A coisa é muito mais absurda do que nós pensamos.

A última agora é instaurar, como se não bastasse, o caos na sociedade brasileira. Nas últimas semanas, mais de 50 mil presos foram soltos, incluindo o líder do PCC que já fugiu para o Paraguai.
Um exemplo foi a tese de que presos com filhos menores de 12 anos cumprirão a pena em prisão domiciliar. Mais de 30 mil presos beneficiados.


Sobre o Inquérito das Fake News, o ministro do STF Marco Aurélio o nomeou de Inquérito do Fim do Mundo.
Aqui vamos ter que aplicar a minha Teoria do Inimaginável. O Marco Aurélio apelidou assim o inquérito, então não há como descrever os absurdos contidos nessa porra.

Eu estou lendo o livro Inquérito do Fim do Mundo, organizado pela promotora Cláudia Piovezan. Tem capítulo da juíza Ludmila Grilo, do linguista e excepcional analista político Flávio Morgenstern, do espetacular advogado Rogério Greco e outros.
O interessante é que você pensa "opa, só pessoas gabaritadas, em altos cargos".

KKKKKKK.

Estou rindo pois vocês ficariam de queixo caído com o poder que os comunistas têm na mão.
Faz juiz federal parecer criança catarrenta.
Estamos falando de Ministros do STF, Desembargadores, Ministros do TCU, Procuradores da República, inclusive o PGR, enfim, pessoas desse nível.

Estamos levando na brincadeira, na farra, como sempre, mas a coisa é muito, muito mais séria do que se pode imaginar. E podemos orar para que o Trump vença as eleições americanas, pois do contrário, aí sim veremos o blackout mais rápido do que imaginamos.

Votei e voto ainda no senhor presidente Bolsonaro, mas ir à imprensa e gritar "acabou, porra" é lamentável.
Se medidas não forem tomadas, eu sinto muito.
E acredito que não serão tomadas, pois o governo está cheio de traidores e o Bolsonaro não os manda para a puta que o pariu.

Augusto Aras (PGR), Pazuello que ia comprar a vacina chinesa do Dória (Ministro da Saúde), Eduardo Ramos (Ministro da Secretaria de Governo), Braga Netto (Ministro Casa Civil), General Heleno (Ministro GSI, um baita de um cagão frouxo), André Mendonça (Ministro da Justiça) e Jorge Oliveira (AGU). TODOS TRAIDORES DA PÁTRIA, SEM NENHUMA EXCEÇÃO.

O STF não deixou o presidente nomear o Ramagem, que ia comandar a PF.
O Abraham Weintraub teve de ser exonerado do Ministério da Educação e ir morar nos EUA, para não ser preso aqui.

Quando o Bolsobundão quiser agir, já estará dentro de uma cadeia, condenado a "crimes pátrios, principalmente por ofender ministros do STF, guardiões da soberania nacional e democracia".

Estamos atolados de merda até o pescoço e estão jogando mais.
"Em tudo, dai graças" - Tessalonicenses 5:18
Responda-o
#6
Só uma sociedade de leis privadas poderia nos libertar de semelhantes males.
Responda-o
#7
O que me assusta é ver grandes órgãos e corporações orquestrados em propagar mentiras e cometer erros bizzarros
Desde que o Comitê Olímpico Internacional permitiu que um traveco, após uma mutilação cirúrgica em que arrancou os órgãos genitais e enfiou 2 pedaços de borracha no peito, jogasse vôlei feminino, eu comecei me assustar ainda mais
Se esses gigantes do mundo conseguem fazer com que um TRAVECO jogue vôlei feminino no profissional sem que haja uma guerra civil dentro da sociedade, simplesmente não há limites para qualquer outra atrocidade bizzarra
O armamento de no mínimo 70% dos pais de família é a meu ver a única solução de curto prazo capaz de frear esse avanço de controle social jamais visto na história da humanidade.
Responda-o
#8
O STF, através de seus últimos julgados (desde a confirmação de vitória do Bolsonaro nas urnas), DECLAROU EXPLICITAMENTE GUERRA aos conservadores e valores cristãos desse país.
Estão contra as pessoas de bem, aos bons costumes, ao progresso e à ordem.

Dia 11/11 promete: STF vai decidir se impõe ideologia de gênero e retirar os direitos dos pais sobre os filhos

"mas o stf é nota 7 pra cima, acabou porra, vai Aras, vai Kassio, vai Heleno, talkey?"
"Em tudo, dai graças" - Tessalonicenses 5:18
Responda-o
#9
Que o coronavírus é/foi um teste para algo bem maior e pior - para nós, caras comuns que só querem cuidar da própria vida - está mais que óbvio. Juntar os pontos dessa forma deixou tudo bem claro e nos deixa bastante apreensivos sobre o que diabos virá nos próximos dias/meses.

O negócio é viver um dia de cada vez, como se fosse o último... nessas horas que devemos aprender a dar valor a nossa - pequena - mas preciosa liberdade.
"Compreendi o tormento cruciante do sobrevivente da guerra, a sensação de traição e covardia experimentada por aqueles que ainda se agarram à vida quando seus camaradas já dela se soltaram."  (Xeones para o rei Xerxes)

Responda-o
#10
Estive  conversando com o 

[Image: images?q=tbn%3AANd9GcQMx6ywGLAz4Og3RlCRg...w&usqp=CAU]
e com o 
[Image: images?q=tbn%3AANd9GcRSo6IxggEP902YAz2F2...A&usqp=CAU]

Segundo as fontes angelicais a CHINA PCC e os governadores brasileiros (agentes chineses) e os demais apoiadores incluam-se ai infiltrados das forças armadas e Alta cortes Constitucionais, Procuradorias, tem como meta o EXTERMINIO de MILHÕES DE BRASILEIROS através da vacina, guerra civil, fome e por fim ocupação das TROPAS CHINESAS. A RUSSIA safa como é já empurrou a vacina para os brasileiros e vai querer uma fatia dos expurgos, e pode e deverá agir sob o manto da BANDEIRA VENEZUELANA.

O Plano de desestabilização e desconfiguração do país está em curso, abatedouro para o povão Exclamation 

Irão desconfigurar a pátria brasileira dividindo em regiões ou novos países comandadas pelos GOVERNADORES REBELDES, militares traidores e máfias locais estaduais que compõe justiça e segurança. A depopulação e exterminio de brasileiros é uma meta, o PARTIDO COMUNISTA CHINES tem ambição de povoar o Brasil ou que sobrar dele com os seus cidadãos, trata-se de um desdobramento e instauração do IMPERIO nesta região do GLOBO. Haverá GULAGS E PAREDÕES para os revoltosos.

A CHINA É AQUELE PAÍS QUE MATOU  90 MILHÕES DO PROPRIO POVO , EXISTEM ESTIMATIVAS NESSE SENTIDO.  UM REGIME GENOCIDA COM INTENÇÕES IMPERIALISTAS MUNDIAIS, MAIS ATUAIS DO QUE NUNCA  Heart

1- Quem é o deep state brasileiro: 

Na linha do tempo é a composição de cupula dos partidos politicos, com agentes e ex agentes públicos e seus familiares fazendo parte da estrutura. É muito fácil encontrar filhos de desembargadores, juizes, delegados, oficiais militares em tais locais, muitos ocupam cargos no legislativo e executivo, estatais... isso a GLOBO NÃO MOSTRA!!! Os organogramas  de poder de mapas institucionais de pessoas físicas, jurídicas e entes estatais é um quadriculado bem espantoso.

Não é hora para ser inocente, mas prudente. Acredite se quiser e não confie em autoridades, agentes públicos, mídia e políticos brasileiros.



Telegram é o último reduto da liberdade de expressão.
Responda-o
#11
(28-10-2020, 10:49 AM)hjr_10 Escreveu: O STF, através de seus últimos julgados (desde a confirmação de vitória do Bolsonaro nas urnas), DECLAROU EXPLICITAMENTE GUERRA aos conservadores e valores cristãos desse país.
Estão contra as pessoas de bem, aos bons costumes, ao progresso e à ordem.

Dia 11/11 promete: STF vai decidir se impõe ideologia de gênero e retirar os direitos dos pais sobre os filhos

"mas o stf é nota 7 pra cima, acabou porra, vai Aras, vai Kassio, vai Heleno, talkey?"

Cansei do Bolsonaro depois dessa do Kássio no STF quero mais é que se foda, sendo bem honesto, nunca gostei do Bolsonaro apenas votei nele por completa falta de opção, mais cada dia que passa a coisa vai piorando, erro atrás de erro, cagada atrás de cagada, hoje o que mais me preocupa é a politica nacional, entrei no site do PSL para ver quais sãos os candidatos a vereador para o meu munícipio, o site não informa quem são, a sigla e a proposta, ou seja, o PSL se tornou uma caixa preta, estão comendo a verba partidaria, nessa ai o Bolsonaro para mim se tornou um meio e não um fim, não sou bolsonarista, não defendo ele muito menos a família dele, sou liberal, e defendo um ponto de vista radical em relação a bandido, bandido bom é bandido morto a verdade é que Flávio Bolsonaro é um corrupto filha da puta, e nossa pauta política tá travada porque o papai Bolsonaro tá passando a mão na cabecinha de filho traíra. 
Spoiler Revelar
“A verdade é clara como água de rocha, como liquor de quem não tem meningite séptica.”

"Sou um homem normal, que come, gosta de mulher e usa o vaso sanitário."

"Sua excelência, já discuti com ele certa feita ao vivo, não tem o mínimo de arrumação intracromossomial específica para dirigir o país."

"Não adianta termos ilusões: o mundo é assim, os países não se relacionam por amizade, é por interesse. Vamos ser realistas, vamos emergir da infância."

"Não sou doce, sou amargo."

Enéas Carneiro

Responda-o
#12
Grande tópico, de importância essencial. Uma medalha para o @Libertador, sem a menor pressão, o trabalho aqui foi muito bem feito no geral.

Seria bom tirar alguns detalhes desnecessários (em especial sobre questões de fé ou coisas sem as fontes devidas) para dar mais seriedade. Comparar medir temperatura com termômetro laser, coisa que já existe há anos, com chip da besta foi o ó do borogodó. Menos, galera, menos.

É muito tema e muita informação de uma vez, e isso cria uma sensação de pânico e urgência, que é justamente uma das coisas que o texto diz que devemos combater. É preciso amarrar os temas com mais calma, melhor introdução e conclusão, para ter uma narrativa mais coesa. Assim fica melhor e mais fácil pra todo mundo aqui.

Agora estou vendo o documentário do Brasil Paralelo. Depois comento mais do resto.

No mais, enjoy the decadence, confraria, que agora a queda pra baixo só acelera rumo ao fundo do poço. Força e honra,
Citação:“Fortuna Perdida? Nada se perdeu... Coragem perdida?
Muito se perdeu... Honra perdida? Tudo se perdeu...”

(Provérbio Irlandês)
Responda-o
#13
Video 




Se poder, assistam confrades!
"O mais forte espadachim não necessariamente é o que vence. É a velocidade! Velocidade da mão, a velocidade da mente." (Abade Faria).
Responda-o
#14
Vou reproduzir a seguir uma informação que recebi que confirma tudo o que o topico disse:

A VISÃO DA REALIDADE DO ARCEBISPO CARLO MARIA VIGANÒ

Neste passado domingo, dia 25 de outubro de 2020, o cada vez mais conhecido arcebispo católico-romano, que foi núncio apostólico (embaixador do papa junto de um governo estrangeiro) nos EUA, de 19 de outubro de 2011 a 12 de abril de 2016, publicou a sua segunda "CARTA ABERTA ao Presidente dos Estados Unidos da América Donald J. Trump" (Fonte: https://www.vanthuanobservatory.org/eng/...d-j-trump/).

Por considerar o conteúdo dessa "Carta Aberta" muito significativo, do ponto de vista religioso e sobretudo profético, partilho-o aqui, na íntegra, para a vossa análise e reflexão:

[Início de citação]

Domingo, 25 de outubro de 2020

Solenidade de Cristo Rei

Senhor Presidente,

Permita-me dirigir-me a si nesta hora em que o destino do mundo inteiro está a ser ameaçado por uma conspiração global contra Deus e a humanidade. Escrevo-lhe como Arcebispo, como um Sucessor dos Apóstolos, como ex-Núncio Apostólico nos Estados Unidos da América. Estou-lhe a escrever no meio do silêncio das autoridades civis e religiosas. Queira aceitar estas minhas palavras como a “voz do que clama no deserto” (João 1:23).

Como disse quando escrevi a minha carta para si em junho, este momento histórico vê as forças do Mal alinhadas numa batalha sem quartel contra as forças do Bem; forças do mal que aparecem poderosas e organizadas ao se oporem aos filhos da Luz, que estão desorientados e desorganizados, abandonados pelos seus líderes temporais e espirituais.

Diariamente sentimos a multiplicação dos ataques daqueles que querem destruir as próprias bases da sociedade: a família natural, o respeito pela vida humana, o amor à pátria, a liberdade de educação e de negócios. Vemos chefes de nações e líderes religiosos favorecendo este suicídio da cultura ocidental e da sua alma cristã, enquanto os direitos fundamentais dos cidadãos e dos crentes são negados em nome de uma emergência de saúde que se está a revelar cada vez mais plenamente como um instrumento para o estabelecimento de uma tirania desumana sem rosto.

Um plano global chamado "The Great Reset" ("O Grande Reinício") está em andamento. O seu arquiteto é uma elite global que quer subjugar toda a humanidade, impondo medidas coercitivas para limitar drasticamente as liberdades individuais e de populações inteiras. Em várias nações, este plano já foi aprovado e financiado; noutras, ainda está num estágio inicial. Por detrás dos líderes mundiais que são cúmplices e executores deste projeto infernal, estão personagens inescrupulosos que financiam o Fórum Económico Mundial e o Evento 201, promovendo a sua agenda.

O objetivo do "Grande Reinício" é a imposição de uma ditadura de saúde visando a imposição de medidas liberticidas, escondidas por detrás de promessas tentadoras de garantia de um rendimento universal e o cancelamento das dívidas individuais. O preço dessas concessões do Fundo Monetário Internacional será a renúncia à propriedade privada e a adesão a um programa de vacinação contra a Covid-19 e a Covid-21, promovido por Bill Gates com a colaboração dos principais grupos farmacêuticos. Para além dos enormes interesses económicos que motivam os promotores do "Grande Reinício", a imposição da vacinação será acompanhada pela exigência de um passaporte sanitário e uma identidade digital, com o consequente rastreamento de contacto da população de todo o mundo. Aqueles que não aceitarem estas medidas serão confinados em campos de detenção ou colocados em prisão domiciliar, e todos os seus bens serão confiscados.

Senhor Presidente, imagino que o senhor já saiba que em alguns países o "Grande Reinício" será ativado entre o final deste ano e o primeiro trimestre de 2021. Para este propósito, estão previstos novos confinamentos, que serão oficialmente justificados por uma suposta segunda e terceira vagas da pandemia. Você está bem ciente dos meios que foram empregues para semear o pânico e legitimar limitações draconianas às liberdades individuais, provocando astutamente uma crise económica mundial. Nas intenções dos seus arquitetos, esta crise servirá para tornar irreversível o recurso das nações ao "Grande Reinício", dando assim o golpe final a um mundo cuja existência e cuja memória desejam cancelar completamente. Mas este mundo, senhor Presidente, inclui pessoas, afetos, instituições, fé, cultura, tradições e ideais: pessoas e valores que não agem como autómatos, que não obedecem como máquinas, porque são dotados com uma alma e um coração, porque estão unidos por um vínculo espiritual que extrai a sua força do alto, daquele Deus que os nossos adversários querem desafiar, assim como Lúcifer fez no início dos tempos com o seu “non serviam” ("eu não vou servir").

Muitas pessoas - como bem sabemos - incomodam-se com esta referência ao embate entre o Bem e o Mal e com o uso de conotações “apocalípticas”, que, segundo eles, exasperam os espíritos e acirram as divisões. Não é de surpreender que o inimigo esteja furioso por ser descoberto, justamente quando acredita ter alcançado a cidadela que pretende conquistar sem ser perturbado. O que é surpreendente, porém, é que não haja ninguém para soar o alarme. A reação do *"Estado Profundo" para aqueles que denunciam o seu plano é falha e incoerente, mas compreensível. Precisamente quando a cumplicidade da grande mídia conseguiu fazer a transição para a Nova Ordem Mundial quase de forma indolor e desapercebida, todo o tipo de enganos, escândalos e crimes estão a vir à luz do dia.

*[Minha nota: o "Deep State" ("Estado Profundo") é, segundo uma definição, um tipo de governança composta de redes de poder que operam independentemente da liderança política de um Estado, em busca da sua própria agenda e objetivos.]

Até há poucos meses, era fácil denegrir como “teóricos da conspiração” aqueles que denunciavam esses planos terríveis, que agora vemos ser executados nos mínimos detalhes. Ninguém, até ao passado mês de fevereiro, jamais teria pensado que, em todas as nossas cidades, os cidadãos seriam presos simplesmente por quererem andar na rua, respirar, quererem manter o negócio aberto, quererem ir à igreja ao domingo [e ao Sábado, Sr. Arcebispo!]. Mas agora isto está a acontecer em todo o mundo, até mesmo na Itália, cujo cartão-postal muitos americanos consideram ser um pequeno país encantado, com os seus monumentos antigos, as suas igrejas, as suas cidades encantadoras, as suas aldeias características. E enquanto os políticos estão barricados dentro dos seus palácios promulgando decretos como os sátrapas persas, os negócios estão a falir, as lojas a fechar e as pessoas são impedidas de viver, viajar, trabalhar e orar. As desastrosas consequências psicológicas desta operação já se manifestam, a começar pelos suicídios de empresários desesperados e dos nossos filhos, segregados de amigos e colegas de classe, mandados acompanhar as suas aulas sentados em casa, sozinhos, à frente de um computador.

Na Sagrada Escritura, São Paulo fala-nos “daquele que se opõe” à manifestação do mistério da iniquidade, o kathèkon (2 Tessalonicenses 2:6-7). Na esfera religiosa, esse obstáculo ao mal é a Igreja e, em particular, o papado; na esfera política, são aqueles que impedem o estabelecimento da Nova Ordem Mundial. [Na visão ASD, o "mistério da iniquidade" é precisamente o papado, e aquele que "o detém" é visto por alguns intérpretes como o próprio Império Romano pagão que, enquanto existisse, impederia o aparecimento de Roma papal.]

Como já ficou claro, aquele que ocupa a Cátedra de Pedro [referência ao papa Francisco] traiu o seu papel desde o início, para defender e promover a ideologia globalista, apoiando a agenda da "Igreja Profunda" [termo "sinónimo" do termo "Estado Profundo", comentado mais acima], que o escolheu nas suas fileiras.

Senhor Presidente, o senhor afirmou claramente que deseja defender a nação - Uma nação sob Deus, liberdades fundamentais e valores não negociáveis que são negados e contra os quais se luta, hoje. É você, caro Presidente, que é “aquele que se opõe” ao "Estado Profundo", o [alvo do] ataque final dos filhos das trevas.

Por esta razão, é necessário que todas as pessoas de bem sejam persuadidas da importância histórica da iminente eleição: não tanto por causa deste ou daquele programa político, mas pela inspiração geral da sua ação que melhor personifica - neste contexto histórico particular - aquele mundo, o nosso mundo, que eles querem cancelar através do confinamento. O seu adversário é também o nosso adversário: é o Inimigo da raça humana, aquele que é “homicida desde o princípio” (João 8:44).

Ao seu redor estão reunidos com fé e coragem aqueles que o consideram a guarnição final contra a ditadura mundial. A alternativa é votar numa pessoa que é manipulada pelo "Estado Profundo", gravemente comprometida por escândalos e corrupção, que fará aos Estados Unidos o que Jorge Mario Bergoglio está a fazer à Igreja, o primeiro -ministro Conte à Itália, o Presidente Macron à França , o primeiro-ministro Sanchez a Espanha e assim por diante. A natureza chantagista de Joe Biden - assim como a dos prelados do "círculo mágico" do Vaticano - o exporá a ser usado sem escrúpulos, permitindo que poderes ilegítimos interfiram tanto na política doméstica quanto nos equilíbrios internacionais. É claro que quem o manipula já tem alguém pior do que ele pronto, que o substituirá assim que surgir a oportunidade.

E, no entanto, no meio deste quadro sombrio, este avanço aparentemente imparável do “Inimigo Invisível”, surge um elemento de esperança. O adversário não sabe como amar e não entende que não basta garantir um rendimento universal ou cancelar hipotecas para subjugar as massas e convencê-las a serem marcadas como gado. Este povo, que por muito tempo suportou os abusos de um poder odioso e tirânico, está a redescobrir que tem alma; está a compreender que não está disposto a trocar a sua liberdade pela uniformização e pelo cancelamento da sua identidade; está a começar a compreender o valor dos laços familiares e sociais, dos laços de fé e cultura que unem as pessoas honestas. Este "Grande Reinício" está fadado ao fracasso porque aqueles que o planearam não entendem que ainda há pessoas dispostas a ir às ruas para defender os seus direitos, para proteger os seus entes queridos, para dar um futuro aos seus filhos e netos. A desumanidade niveladora do projeto globalista irá despedaçar -se miseravelmente em face da oposição firme e corajosa dos filhos da Luz. O inimigo tem satanás do seu lado, aquele que só sabe odiar. Mas do nosso lado, temos o Senhor Todo-Poderoso, o Deus dos Exércitos disposto para a batalha, e a Virgem Santíssima, que esmagará a cabeça da antiga serpente. “Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Romanos 8:31).

Senhor Presidente, o senhor sabe muito bem que, nesta hora crucial, os Estados Unidos da América são considerados o muro de defesa contra o qual se desencadeou a guerra declarada pelos defensores do globalismo. Coloque a sua confiança no Senhor, fortalecida pelas palavras do apóstolo Paulo: “Tudo posso naquele que me fortalece” (Filipenses 4:13). Ser instrumento da Providência Divina é uma grande responsabilidade, pela qual certamente receberá todas as graças de estado de que necessita, visto que lhe são fervorosamente imploradas por tantas pessoas que o apoiam com as suas orações.

Com esta esperança celestial e a certeza da minha oração por Sua Excelência, pela Primeira Dama e pelos seus colaboradores, de todo o coração vos envio a minha bênção.

Deus abençoe os Estados Unidos da América!

+ Carlo Maria Viganò

Arcebispo Titular de Ulpiana

Ex-Núncio Apostólico nos Estados Unidos da América

[Fim de citação]

Fonte: https://news.yahoo.com/a-global-conspira...ccounter=2
"A paixão é como o álcool. Entorpece a consciência, elimina a lucidez, impede o julgamento crítico e provoca alucinações, fazendo com que o ser amado seja visto como divino." Como lidar com Mulheres - Nessahan Alita
Responda-o
#15
Obama não tem dúvidas: "A internet é a maior ameaça às democracias"

Ex-presidente dos EUA alerta para os perigos das redes sociais e da internet em geral para as democracias atuais e "a situação só está a piorar". Obama deixa ainda alguns conselhos para um futuro com mais factos e menos divisão na sociedade. "É preciso saber distinguir o que é verdadeiro do que é falso".

Quando foi eleito o primeiro presidente dos EUA afro-americano em 2008, a internet foi o principal palco que levou a mensagem de esperança (Hope) de Barack Obama mais longe. Doze anos depois, oito anos como presidente e quatro a ver Trump na Casa Branca e um país cada vez mais dividido, agressivo e alimentado pelos algoritmos que incentivam a posições mais extremas nas redes sociais (YouTube incluído), Obama está "muito preocupado".

"A internet é a maior ameaça à nossa democracia", disse de forma categórica numa entrevista ao Atlantic esta semana, a propósito do lançamento do seu livro de memórias "Uma terra prometida" (A Promise Land). Já não é a primeira vez que Obama revela preocupação com a internet na divisão e polarização de uma sociedade cada vez pior informada pelas redes sociais, onde inclui desde os radicalismos de direita, como o que chama de cinismo da chamada cultura de cancelamento que busca uma sociedade "mais pura", que "simplesmente não é possível porque o mundo é complicado".

Agora as críticas sobem de tom e chegam também na sequência do documentário da Netflix O Dilema das Redes Sociais, que aponta o modelo de negócio em torno da publicidade e da necessidade dos algoritmos que se focam na atenção de mais de 2 mil milhões de pessoas (algo alimentado com desinformação e discursos mais radicais) como um problema grave.

Ao Atlantic, Obama coloca no mesmo cenário preocupante das redes sociais a primazia de canais de televisão como a Fox News, que "permitem aos americanos escolherem a sua própria realidade distorcida". O que significa, diz ele, que deixam de existir "um conjunto partilhado daquilo que são factos para os membros da sociedade".

O que Obama não explicou com pormenor foram as receitas para dar resposta ao problema que tem sido identificado em vários estudos académicos que também mostram os efeitos dos algoritmos das redes sociais e plataformas online na juventude.

"Temos agora um país onde um grande número de pessoas acredita genuinamente que o Partido Democrata é uma fachada para uma rede de pedófilos... Tenho ouvido pessoas a falarem-me das teorias da conspiração QAnon como se tivessem base na realidade", disse.

Obama deixa ainda bem claro que grande parte da sua preocupação está em torno da internet, que age como uma espécie de gasolina do pior da natureza humana "que só está a crescer" e a "influenciar toda a sociedade como um todo".

"Não responsabilizo totalmente as empresas de tecnologia, porque a tendência é anterior às redes sociais, já lá estava, mas elas deram-lhe uma dimensão global e agiram como motor", explica o 44º presidente do EUA. Obama diz mesmo que conhece muitos dos líderes das tecnológicas, já falou com eles sobre isso.

Regulação e melhores práticas corporativas na Big Tech
No entanto avisa que não é sustentável que as gigantes da internet queiram insistir em dizer que são apenas como uma operadora de telefones, quando têm um papel de meios de comunicação. "Isso não é sustentável", avisa Obama, enfatizando que estão "a ser feitas escolhas editoriais, quer sejam colocadas dentro dos algoritmos ou fora deles".

Apesar de admitir que a Primeira Emenda da Constituição dos EUA não exige que empresas privadas façam a gestão editorial do que é colocado nas suas plataformas, admite que são precisas mudanças. "No final do dia vamos ter que encontrar uma combinação de regulamentações governamentais e práticas corporativas que abordem isto, porque só vai piorar".

Obama diz mesmo que se "mentiras loucas e teorias da conspiração colocadas em textos online já fazem todo este mal", "imaginem o que pode acontecer quando se tornar generalizada a adulteração de vídeos e conversas como a que estamos a ter para potenciar essas teorias... estamos já próximos dessa realidade".

Para Obama é claro que "se não existir a capacidade de distinguir o que é verdadeiro do que é falso, então, por definição, o mercado de ideias não funciona". Ou seja, "por definição, a democracia não funciona assim e estamos a entrar numa crise epistemológica".

O ex-presidente considera que as grandes plataformas - Google e Facebook sendo as mais óbvias, Twitter e outras também -, são parte deste ecossistema e precisam "analisar e repensar o seu modelo de negócios" baseado em publicidade e "perceber que são um bem público, além de serem um produto comercial".

Será a "combinação de novos regulamentos governativos e práticas corporativas" que pode ajudar a combater o que chama de "distopia de informação". O maior problema nos EUA para fazer passar nova regulamentação é que Democratas e Republicanos querem mudanças diametralmente diferentes na internet - os primeiros querem maior edição de conteúdos contra a desinformação e discurso de ódio, os segundos querem maior liberdade para qualquer conteúdo de qualquer espécie poder singrar.

https://www.dn.pt/dinheiro/obama-nao-tem...52736.html
"A paixão é como o álcool. Entorpece a consciência, elimina a lucidez, impede o julgamento crítico e provoca alucinações, fazendo com que o ser amado seja visto como divino." Como lidar com Mulheres - Nessahan Alita
Responda-o
#16
https://minoticias.com/superbacterias-de...5JJ80WsxOs

Superbactérias deverão chegar após a pandemia do novo coronavírus e situação pode agravar
Responda-o
#17
@Villefort
A Bruna Stallone tem uns coxão... Heart  A direita br está atrasada uns 3 anos em relação aos chapéus de alumínio

[Image: 9EiDD3j.gif?noredirect]
Spoiler Revelar
[Image: hqdefault.jpg]
Telegram é o último reduto da liberdade de expressão.
Responda-o
#18
Aproveitando que uparam o tópico vou complementar com umas informações novas.

Real em formato digital deve substituir a moeda física, afirma presidente do BC
16/11/2020

Uma novidade, em relação à circulação de dinheiro no país, deve acontecer em breve: a substituição da moeda física pela versão digital do Real. A declaração foi feita pelo presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, em coletiva sobre o lançamento do Pix nesta segunda-feira (16).

Segundo ele, o dinheiro físico pode acabar em breve . "O projeto de uma CBDC para o Brasil combina com várias iniciativas de inovação, como o aperfeiçoamento do câmbio, o Pix, o open banking. Nessa histeria de inovação, nós também já iniciamos o estudo para emissão de uma moeda digital", afirmou.

O presidente do BC ofereceu mais informações uma possível CBDC — sigla para "Central Banks Digital Currencies", moedas digitais emitidas por bancos centrais. Segundo o presidente do BC, a ideia é substituir o dinheiro físico pelo digital. "É uma moeda digital que nós entendemos que vai se estender e que vai, aos poucos, substituir a moeda física."

Mas a substituição será gradativa . "Nós estamos avançando nesse caminho de ter uma moeda digital, ter um processo mais digital, mas isso não significa que vai substituir a moeda fisica totalmente em um primeiro momento, e isso também não quer dizer que o intuito é fazer moeda só para câmbio ou só para um produto. Não. O intutito é ter uma moeda digital como um todo. É ter o real digitalizado", disse Campos Neto.

Fonte: https://economia.ig.com.br/financeiro/20...do-bc.html

A parte em vermelho deixa claro que não é só o Brasil que está fazendo. Está ocorrendo uma convergência dos bancos centrais de muitos países (Não sei se todos) para eliminar o dinheiro físico o mais rápido possível. Incrível que todos esses países de repente entraram em uma pressa imensa como se "soubesse que pouco tempo lhe resta" Apocalipse 12:12.

Agora imagina o contexto, se você não vacinar, postar algo "ofensivo", fizer algo que o governo não goste, você poderá ter todo o seu dinheiro bloqueado e não existindo mais dinheiro físico você "não poderá comprar nem vender" Apocalipse 13:17. Ou seja, ou você abaixa a cabeça e aceita tudo como eles mandam, ou terá o seu dinheiro virtual bloqueado e não poderá comprar nas lojas já que não existirá dinheiro físico, como diz na profecia "Ela obrigou a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos a aceitarem certa estampa de marca na mão direita ou na testa, a fim de que ninguém pudesse comprar nem vender, a não ser que apresentasse a tal marca, que é o nome da Besta ou o número do seu nome." Apocalipse 13:16 e 17.

Uma alternativa para escapar disso seria algo como o Bitcoin (se ele sobreviver aos ataques que farão).

Próxima notícia retirada do canal "Casando o Verbo" do Telegram:

"Anti-Lockdown é preso durante live. O Dr. Andreas Noack estava transmitindo uma LIVE quando teve sua casa arrombada pela polícia Alemã, para prendê-lo. É BOM que o MUNDO veja o quão FALSA é a alegação de direito a liberdade de expressão, dentro do mundo projetado pelo "LIBERAL" GLOBALISMO.
A república democrática universal é uma FRAUDE."

Ter opinião contrária é crime agora até nos países vulgo democráticos.





Olha a expressão de riso e sarcasmo da presidente da Nova Zelândia falando dos campos de concentração para quem não quer tomar a vacina:





Traduzindo:

"Se alguém recusar, em nossos estabelecimentos, ser testado, eles terão que ficar ( nos campos de quarentena) e não poderiam sair de lá por 14 dias e mais 14 dias ( total 28) então isso é um bom incentivo para que você faça o teste, então faça o teste e esteja certo de que está limpo ( do vírus) ou manteremos você no campo, então se eu fosse você procuraria fazer o teste".

As palavras da Primeira Ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern.

Para quem está duvidando dos Campos de "concentração" "para quarentena". Continuem dando poder ao medo e verão do que os psicopatas são capazes. Quem sorri enquanto defende o maior dos absurdos?

Sem contar alguns outros absurdos que estão acontecendo na Europa e no mundo que seria bom achar para postar aqui. Também seria interessante trazer informações sobre essa segunda e terceira onda que eles estão criando para tentar manter o medo e a ditadura em alta no ano que vem.

Eu acho que o provável é que a vacina não se torne obrigatória em muitos países. Mas, se você não apresentar um comprovante de estar com a vacina em dia (porque vão querer nos vacinar periodicamente, algo como 4 em 4 meses, ou de 6 em 6 meses alegando mutação constante do vírus), então, não poderá viajar, ou fazer plano de saúde, fazer concursos públicos e sofrerá muitas outras restrições que tem como objetivo te induzir a querer se vacinar. 

Se ela fosse realmente eficaz e não tivesse nenhuma má substância escondida, então não precisariam ter medo de quem não vacina, já que os vacinados estariam imunes e o único prejudicado seria aquele que não se vacinou. 

Eu acho que quando lançarem a vacina o povão vai fazer fila para tomar, já ouvi até parente esquerdista dizendo que vai ser um dos primeiros, então é bom postegar o máximo que der para acompanhar os efeitos adversos dela no povo. A vacina pode acabar se mostrando pior do que o próprio vírus dependendo de onde ela veio.
“A honra, a integridade e a verdade precisam ser guardadas, custe o que custar ao próprio eu.” Obreiros Evangélicos, pág. 447
Responda-o
#19
Olha a expressão de riso e sarcasmo da presidente da Nova Zelândia falando dos campos de concentração para quem não quer tomar a vacina:


É uma endemoniada seguidora e associada a altos ritos de magia antiga e elitizada, não é algo que se encontra numa esquina, praticamente quase toda a classe política e estatal e oligarquica é assim.

Eles não tem aflições, insegurança, ansiedade, empatia como as pessoas comuns. O alimento espiritual e a energia do mal os deixam viciados em poder, o biopsiquismo é diferente, possuem facilidade em aprender idiomas, carisma inexplicável, majestade, raciocínio  aprimorado e oratória, dentre outros dons demoníacos, são associados com as entidades caídas nessa terra.

Fazem a vontade dos demônios e de satanás, precisam disseminar maldições, pecados entre o povo, dentre outras atrocidades, o melhor e maior meio de potencializar a desgraça é através das  organizações politicas e até religiosas. São profanadores de tudo e quaisquer coisa....

Tecnomancia, transhumanismo, sobre a destruição do DNA via vacinas e a assinatura de DEUS  https://chavesdeenoch.org/dna-nomes-divinos/

Tem bastante informação do tetragrammatron no DNA humano na rede....







Sobre os NAZI endemoniados...
 
Parte da matéria jornalística.... https://www.bbc.com/portuguese/geral-55035660


Horas e horas de entrevistas, exames e observações geraram inúmeros documentos que foram esquecidos e, em 2016, foram resgatados no livro Anatomia do mal: O Enigma dos Criminosos de Guerra Nazistas.

Seu autor, Joel Dimsdale, professor emérito de Psiquiatria da Universidade da Califórnia, em San Diego, conversou com a BBC.

[Image: _115550577_gettyimages-461082506.jpg]



Nuremberg foi escolhida como sede dos julgamentos por seu valor simbólico, já que a cidade da Baviera havia sido palco de grandes paradas e comícios políticos dos nazistas no prelúdio da 2ª Guerra.
Mas também havia um motivo pragmático: o Palácio da Justiça, que havia sobrevivido milagrosamente ao bombardeio aliado e no qual o Tribunal Militar Internacional seria instalado, tinha uma prisão anexa que permitia o confinamento seguro e a vigilância dos acusados que seriam julgados.

O primeiro processo foi contra 22 líderes nazistas e, embora as sentenças tenham sido previsíveis (12 deles foram condenados à morte por enforcamento), houve também um chamado para a realização de uma investigação psicológica dos presos para tentar entender a origem de sua maldade e as razões dos horrores que cometeram.
"Cada prisão teve a presença de um psiquiatra e de um psicólogo para manter o ânimo dos presos para que eles possam enfrentar os seus julgamentos e participar na sua defesa", explica Dismdale.

Mas, em Nuremberg, aconteceu algo extraordinário: o trabalho conjunto de dois analistas brilhantes cuja obsessão, iniciativa e ambição pessoal os levaram a empreender uma investigação minuciosa, com incontáveis horas de entrevistas, observações, testes e avaliações de cada um dos acusados.

De um lado estava Douglas Kelley, psiquiatra militar, um especialista de renome mundial no teste de Rorschach, uma avaliação de personalidade baseada na interpretação do paciente de uma série de manchas.
Kelley foi o primeiro a ter acesso aos líderes nazistas, mas, como ele não falava alemão, foi designado para ajudá-lo um psicólogo militar igualmente brilhante de pais judeus austríacos: Gustave Douglas.

"Seu trabalho os colocou em contato íntimo com personalidades tão perversas que alguns pensaram que havia algo profundamente danificado neles, que eles tinham algum tipo de disfunção cerebral ou doença mental", afirma Dismdale.
"Essa preocupação adicionada à magnitude de sua maldade foi o que provocou a investigação de seu estado psiquiátrico e psicológico."
Telegram é o último reduto da liberdade de expressão.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 5 Visitante(s)