Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[REFLEXÃO] O Holocausto das Encalhadas - a conta não irá fechar
#61
(15-10-2020, 04:24 PM)Trglodita Escreveu:
Spoiler Revelar
Se for pobre, se desenvolver ate os 30


O desenvolvimento nunca acaba, meu jovem, apesar de ter começado meu desenvolvimento financeiro bem cedo, o meu desenvolvimento mais completo realmente começou após os 30.

Acredito que uma necessidade do homem de sucesso* é nunca abaixar a guarda, a zona de conforto sempre nos leva à mediocridade. E o que mais tem hoje é homem dando muletas para não fazer o que deve ser feito, seja na vida financeira, matrimonial, mental/emocional e desenvolvimento físico, vivendo na maravilhosa zona de conforto.

*homem de sucesso não no sentido midiático novelesco, mas um homem satisfeito com sua vida e consigo mesmo, e claro, não sendo um burro de carga.

verdade, o desenvolvimento nunca acaba....

eu quis dizer que o homem quando é pobre pode reverter o quadro de coadjuvante na historia quando beira os 30

vlws
Responda-o
#62
(15-10-2020, 02:12 PM)Berzerk Escreveu:
(15-10-2020, 07:12 AM)lokoman Escreveu: As pessoas vao ver o cara bem sucedido, com casa carro e muito conforto, as vezes uma ou outra mulher mais nova do lado (20 aninhos) e não admirar o cara, vao tacar pedra nele porque o brasil é assim: se alguem tem um feito ou uma conquista, as pessoas farão questão de ignora-la e tentar achar uma desculpa para desqualificar a pessoa

Eu estou em uma situação parecida com essa e não é assim não.

Cuidado para não ficarem "romantizando ao contrário" a situação e piorar algo que já não é bom. Não criem uma novela mexicana onde sempre vão perder, não importa o que façam. O MUNDO REAL é diferente disso aí.

Se vc estiver numa situação, digamos, CONFORTÁVEL e com vida financeira resolvida, shape bom e demais itens de desenvolvimento pessoal, além de uma mulher interessante do seu lado, homens E mulheres solteiras vão admirar você. As únicas que vão torcer o nariz são as balofas casadas com seus amigos e balzacas encalhadas em geral. Mas QUEM liga pra opinião dessas tralhas? Eu é que não.

FODAM-SE para o que pensam.

As atuais encalhadas são as mesmas que morriam de nojo do beta bonzinho lá de trás, certo? Então é a hora do troco, ora mais. PAGAREI ESSA DUPLICATA!!!

Bora tratar de correr atrás que vale a pena SIM.

Muito melhor ser um cara razoavelmente bem sucedido que as pessoas sentem inveja corrosiva do que um fracassado que sentem pena.

Não dá pra agradar todo mundo. E nem quero. Só me preocupo comigo mesmo.

com certeza. Eu também nao me preocupo muito com os outros pensam não. O que eu quero dizer é exatamente isso, as pessoas quando te admiram quando vc está na crista da onda te admiram pela sua condição e não pela sua essência.

voltando ao topico:

A verdade é que o modelo tradicional de familia ruiu. Quando eu era criança (inicio dos anos 2000), o divorcio era tratado na tv e na sociedade como uma anomalia... hoje em dia anomalia são casais q estão juntos a muito tempo. Talvez muito das desilusões das pessoas que chegam neste forúm resida justamente em se decepcionar por acreditar que este modelo de familia tradicional seja um meio de se alcançar a felicidade.

Eu acredito que a evolução do movimento masculinista resida nesta questão e convoco os teoricos de plantão para discutir sobre este assunto do papel do homem no século XXI pós modernidade.

Existem 3 posicionamentos 

1 - tentar resgatar o modelo de familia tradicional (os meios nao importam neste primeiro momento);

2- desconstruir o conceito de familia tradicional para investigar suas motivações (alem das obvias de sobrevivencia), os motivos da sua ruína, o que isso impacta socialmente entre os sexos. A mulher é feliz ou infeliz com a situação atual? os homens são? as mulheres ja foram felizes algum tempo? e os homens?

3- comer umas putas - a green pill kkkk
Responda-o
#63
(16-10-2020, 09:47 PM)lokoman Escreveu: com certeza. Eu também nao me preocupo muito com os outros pensam não. O que eu quero dizer é exatamente isso, as pessoas quando te admiram quando vc está na crista da onda te admiram pela sua condição e não pela sua essência.

voltando ao topico:

A verdade é que o modelo tradicional de familia ruiu. Quando eu era criança (inicio dos anos 2000), o divorcio era tratado na tv e na sociedade como uma anomalia... hoje em dia anomalia são casais q estão juntos a muito tempo. Talvez muito das desilusões das pessoas que chegam neste forúm resida justamente em se decepcionar por acreditar que este modelo de familia tradicional seja um meio de se alcançar a felicidade.

Eu acredito que a evolução do movimento masculinista resida nesta questão e convoco os teoricos de plantão para discutir sobre este assunto do papel do homem no século XXI pós modernidade.

Existem 3 posicionamentos 

1 - tentar resgatar o modelo de familia tradicional (os meios nao importam neste primeiro momento);

2- desconstruir o conceito de familia tradicional para investigar suas motivações (alem das obvias de sobrevivencia), os motivos da sua ruína, o que isso impacta socialmente entre os sexos. A mulher é feliz ou infeliz com a situação atual? os homens são? as mulheres ja foram felizes algum tempo? e os homens?

3- comer umas putas - a green pill kkkk

Isso não é uma verdade para a elite meu amigo, famílias verdadeiramente ricas que estão a gerações no controle de corporações não abriram mão da família tradicional, pode dar uma pesquisada em sobrenome de poderosos por ai que vai perceber que se a família ruiu, ela ruiu na base onde a turma ouve funk, faz resenha comendo churrasco e tomando cerveja barata. Lá na cobertura da pirâmide social ninguém quer abrir mão da instituição família porque para que haja a manutenção do patrimônio é necessária manter a família, ter filhos e fazer uma boa transição da sucessão para que o que foi conquistado não seja desperdiçado, essa generalização de que a família ruiu, que o ocidente esta acabado vale para o povão que vai atrás de famosidade e opinião de televisão.

A família é uma instituição que tem capacidade de promover uma ação com continuidade ao longo do tempo, a ação da família como instituição é algo que atravessa as gerações é o que permite deixar um legado, e é isso que incomoda os comunistas e esquerdistas de plantão, o fato de qualquer instituição, seja qual for poder promover uma ação histórica é o que faz a família ser tão atacada pela esquerda e pelos regimes totalitários, da mesma maneira a religião. O problema do comunismo não é com a fé e sim com a igreja, pois essa mantém uma tradição, um comportamento e um modo operandi que pode ameaçar o projeto ditatorial deles.

Eu acho muito engraçado o pensamento materialista por trás do argumento "não quero casar e não vou ter filhos por causa de leis misândricas", quem ganha com isso é o feminismo, os partidos de esquerda e o movimento comunista, a família é algo importantíssimo, é o fronte onde se luta para manutenção das nossas tradições, propriedades, religião e etc. Acho graça quando vejo os tais alfas se refastelando em ter uma vida desregrada mergulhados em uma mar de vaginas, se achando os reis do camarote, estão fazendo exatamente o que foram programados para fazer, o que menos interessa para os parasitas burocratas é que você tenha mais liberdade, porém como que alguém que nasce sem um pai e uma mãe instruídos e disciplinadores poderá ser livres em um mundo que prega o prazer acima de tudo e a escravidão como liberdade ? 
Spoiler Revelar
“A verdade é clara como água de rocha, como liquor de quem não tem meningite séptica.”

"Sou um homem normal, que come, gosta de mulher e usa o vaso sanitário."

"Sua excelência, já discuti com ele certa feita ao vivo, não tem o mínimo de arrumação intracromossomial específica para dirigir o país."

"Não adianta termos ilusões: o mundo é assim, os países não se relacionam por amizade, é por interesse. Vamos ser realistas, vamos emergir da infância."

"Não sou doce, sou amargo."

Enéas Carneiro

Responda-o
#64
Citação:@Ares
 por trás do argumento "não quero casar e não vou ter filhos por causa de leis misândricas", quem ganha com isso é o feminismo, 
Cara... mas é por causa disso que ninguém mais quer casar hoje Gargalhada, sim, tem muita gente não querendo se casar porque quer festar e os caralhos, mas tem uma parcela cada vez maior da sociedade, que não quer casar, porque simplesmente percebe que não compensa, e o pobre ainda continua sendo o que mais tem filhos, e ironicamente, se mantem com pai e mãe em casa, muitas vezes de forma forçada, porque não teriam como as contas serem pagas só com um membro da família, mas não deixa de ser uma família tradicional.
A coisa ruiu mesmo na classe média, porque o cara que ta na classe média, ainda não tá chafurtado na lama como o pobre, um pobre pode ter um enzo aqui, uma maria creusa lá, tudo de mãe diferente, ele é pobre mesmo, e um filho a mais ou a menos, não vai impactar tanto assim na pensão.
Agora quem é classe média sim, evita, porque tem muito a perder, caso erre na hora de escolher alguém, ou ter filhos, e errar hoje é fácil demais.
Eu não vou entrar no mérito dos metacapitalistas porque eles são a esceção da exceção, mas até um milionário comum se fode com essas leis, vide Gustavo Lima, que vai pagar 100 mil de pensão "de boa vontade", porque sabe que se a mulher levar na justiça, ele vai pagar é muito mais.
É uma bosta a situação atual? É, mas não não vou tentar salvar o ocidente, ou qualquer tradição que seja, sabendo que estou sozinho nessa, e que a minha própria companheira tem meios legais para atrapalhar a minha em um nível monumental, não dá, as vezes, ser individualista, é questão de bom senso.
Responda-o
#65
(17-10-2020, 01:05 AM)Reale Escreveu:
Citação:@Ares
 por trás do argumento "não quero casar e não vou ter filhos por causa de leis misândricas", quem ganha com isso é o feminismo, 
Cara... mas é por causa disso que ninguém mais quer casar hoje Gargalhada, sim, tem muita gente não querendo se casar porque quer festar e os caralhos, mas tem uma parcela cada vez maior da sociedade, que não quer casar, porque simplesmente percebe que não compensa, e o pobre ainda continua sendo o que mais tem filhos, e ironicamente, se mantem com pai e mãe em casa, muitas vezes de forma forçada, porque não teriam como as contas serem pagas só com um membro da família, mas não deixa de ser uma família tradicional.
A coisa ruiu mesmo na classe média, porque o cara que ta na classe média, ainda não tá chafurtado na lama como o pobre, um pobre pode ter um enzo aqui, uma maria creusa lá, tudo de mãe diferente, ele é pobre mesmo, e um filho a mais ou a menos, não vai impactar tanto assim na pensão.
Agora quem é classe média sim, evita, porque tem muito a perder, caso erre na hora de escolher alguém, ou ter filhos, e errar hoje é fácil demais.
Eu não vou entrar no mérito dos metacapitalistas porque eles são a esceção da exceção, mas até um milionário comum se fode com essas leis, vide Gustavo Lima, que vai pagar 100 mil de pensão "de boa vontade", porque sabe que se a mulher levar na justiça, ele vai pagar é muito mais.
É uma bosta a situação atual? É, mas não não vou tentar salvar o ocidente, ou qualquer tradição que seja, sabendo que estou sozinho nessa, e que a minha própria companheira tem meios legais para atrapalhar a minha em um nível monumental, não dá, as vezes, ser individualista, é questão de bom senso.

Onde que famosidade é metacapitalsta ? De onde você tirou isso ? Por acaso esse exemplo que citou é um indivíduo culto, poliglota que faz parte de uma "dinastia" de 5, 6, 7 ou mais gerações, possui negócios em vários continentes, doa bilhões de dólares para ong's, partiddos e "causas" em diversas partes do mundo com o intuito de interferir nas políticas nacionais de vários povos ? Saiba do que esta falando primeiro antes de sair por ai metralhando besteiras, o problema do brasileiro é tomar a causa como consequência, você esta apontando o óbvio, esta apenas abordando a aparência que é a ponta do iceberg, o problema todo que esse individualismo que você esta pregando ai não passa de fuga da realidade, liberdade é ter coragem não medo.

Quando o sujeito chega a essa conclusão, que você chegou: "É uma bosta a situação atual? É, mas não não vou tentar salvar o ocidente, ou qualquer tradição que seja, sabendo que estou sozinho nessa, e que a minha própria companheira tem meios legais para atrapalhar a minha em um nível monumental, não dá, as vezes, ser individualista, é questão de bom senso.", significa que a doutrinação esta completa, a sua conclusão lógica é exatamente o que esse grande sistema quer, uma indivíduo isolado, sem a proteção da família, sem convicções religiosas, sem nenhum tipo de orgulho pela sua pátria, desprovido de valores morais arraigados e pelo qual esta disposto a lutar, é o final da linha.

Minha ressalva é a seguinte, como sempre digo, e vou repetir mais uma vez até de maneira exaustiva, não prescrevo comportamento para ninguém, cada caso é um caso, um realista precisa extrair da sua experiência pela observação da sua realidade pessoal e decidir o melhor a ser feito, para si e para os que estão ao seu redor, o que eu vejo é o seguinte, a doença esta detectada, quem vem a ser essa degradação que vive nossa sociedade, escolher ser um pai de família, escolher passar pelo inferno de ter um relacionamento sólido, trabalhar para manter a casa, criar seus filhos é algo que exige sacrifícios, e em uma sociedade em que o egoísmo passou a ser um valor é um sacrifício que poucos, sejam homens ou mulheres estão dispostos a fazer.

O problema que eu vejo até mesmo por experiência própria é que as pessoas sempre se veem jovens, com saúde e dinheiro, ninguém pensa que vai ficar velho, a família é o suporte do indivíduo, em um sistema de proteção e ajuda mútua. infelizmente a família enquanto valor é muito valorizada pela religião que nós brasileiros não temos, esse fundamento judaico-cristão que faz com que os países prosperem, que as pessoas possam viver em liberdade foi trocado por esse esgoto do individualismo extremo e dessa visão material e ateísta, seja via marxismo ou via liberalismo através do consumismo (sou liberal, mas essa crítica tem que ser feita), a maior riqueza de um homem é sua família, seu legado, sua cultura, sua propriedade, sua fé em Deus, por isso que estamos onde estamos, devido a arapuca de leis desfavoráveis (sejamos francos), muitos desistiram de alcançar a coisa mais importante de suas vidas que é o casamento e a manutenção do seu legado com seus filhos e herdeiros.

Meus avós por parte de pai e mãe ficaram casados por mais de 50 anos, meus avôs no final da vida tiveram sérios problemas de saúde e foram cuidado pelas suas esposas e filhas, meus pais estão casados a mais de 40 anos, a família não é um parque de diversões, existem brigas, confusões, sim é verdade, mas eu imagino meus avôs homens com mais de 80 anos tendo que passar pelo que passaram sem suas famílias, eles trabalharam e se quebraram para manter as coisas, pagar as contas, foram décadas trabalhando e vivendo em prol da família, meu avô paterno serviu ao exercito brasileiro durante a segunda guerra mundial, eu fico completamente frustrado (sim o problema é meu de me doer) de ver um cara abraçando o individualismo como salvação de um mundo que sempre foi caótico, não julgo, quem sou eu para apontar o dedo para cara de alguém ? 

Cada um vive sua realidade eu não vou dizer que esta errado porque não estou na sua pele, mas hoje, tudo que faço é para ajudar meus pais, e se estudo que nem uma mula e atura todo tipo de situação para passar em um concurso público é porque em um futuro breve quero casar com minha namorada e ter meus filhos, para mim hoje, nem o dinheiro puro e simplesmente são mais importante que essa joia sagrada tão pisada e tão secularizada que é o casamento, acho que me alonguei muito, mas foi mais um desabafo.
Spoiler Revelar
“A verdade é clara como água de rocha, como liquor de quem não tem meningite séptica.”

"Sou um homem normal, que come, gosta de mulher e usa o vaso sanitário."

"Sua excelência, já discuti com ele certa feita ao vivo, não tem o mínimo de arrumação intracromossomial específica para dirigir o país."

"Não adianta termos ilusões: o mundo é assim, os países não se relacionam por amizade, é por interesse. Vamos ser realistas, vamos emergir da infância."

"Não sou doce, sou amargo."

Enéas Carneiro

Responda-o
#66
Citação:Onde que famosidade é metacapitalsta ? De onde você tirou isso ? Por acaso esse exemplo que citou é um indivíduo culto, poliglota que faz parte de uma "dinastia" de 5, 6, 7 ou mais gerações, possui negócios em vários continentes, doa bilhões de dólares para ong's, partiddos e "causas" em diversas partes do mundo com o intuito de interferir nas políticas nacionais de vários povos ? Saiba do que esta falando primeiro antes de sair por ai metralhando besteiras, o problema do brasileiro é tomar a causa como consequência, você esta apontando o óbvio, esta apenas abordando a aparência que é a ponta do iceberg, o problema todo que esse individualismo que você esta pregando ai não passa de fuga da realidade, liberdade é ter coragem não medo.


Esses ai são os metacapitalistas, o que eu quis dizer é que justamente, não é necessário apenas ser rico, hoje, se você quiser ter a segurança para formar uma família, é necessário ser isso tudo ai que você falou, metacapistalista, fazendo parte do topo entre os ricos, a aristocracia entre os ricos.

Meu ponto é que o rico comum não tem essas regalias e pode se foder ha qualquer momento, usei um famosos só porque fica mais fácil exemplificar, mas qualquer cara que seja considerado rico, não sai impune das leis atuais, aliás, é o mais visado.

Em relação a ter filhos e família pensando na velhice, eu acho que isso é simplesmente viver com medo, não acho que é o motivo certo para ter filhos, até porque nada impede que seus filhos cagem pra você lá na frente, ainda mais com a degradação atual da sociedade, você deve saber disso melhor do que eu.

As vezes eu tremo na base sim, em me pensar velho e sozinho, mas que garantia eu tenho que uma família vai mudar isso? Ai você se casa, tem filhos, e ai vem o divórcio e a alienação parental, você se casou porque não queria chegar aos 43 apenas com dinheiro, porem sem filhos ou pessoas próximas, e acaba chegando nessa idade igualmente sozinho, frustrado, sem dinheiro, e emocionalmente instável ou fragilizado, porque tudo que você construiu for por água abaixo.

Eu não sou um sábio, mas eu acho que a coisa mais importante na vida de um homem, e aliás, de qualquer ser humano, é, ou deveria ser, construir algo sólido para o futuro, independente se isso envolve família ou não, e se não envolver, que seja, não é como se repassar essa herança para alguém fosse ser grande coisa, NUNCA VI, um herdeiro não cagar no pau e enfiar a herança no rabo assim que recebe ela, compensa mais doar tudo pra caridade do que pra filho mimado, de qualquer forma e na grande maioria dos casos. 

Um exemplo é o @Sagitario que fez tudo isso ai que você falou, e agora está solteiro novamente, sim, ele tem os filhos, mas vai saber se esses filhos vão ligar para ele na velhice com toda essa alienação parental, eu citei ele para provar que temos exemplos práticos, aqui, dentro do fórum que casamento não garante nada.

E não é que eu seja necessariamente contra o casamento, eu só sou da opinião que simplesmente não vale a pena, e enquanto o modo de agir da maioria dos homens relacionado a querer convencer outros homens a entrar nessa instituição falida, ao invés de lutar para restaurar primeiro a instituição, abrandando as leis de divórcio, de guarda de filhos, e tornando mais rígidas as leis de adultério, a maioria simplesmente via abandonar o barco mesmo, e eu sou um que vou, sou individualista mesmo, não quero nem saber, ser individualista é diferente de ser egoísta, ser individualista é simplesmente não colocar o seu na reta, simplesmente ver a situação da maioria que se casa nos dias de hoje e falar "comigo não" e ir para outro caminho.

Me emputece ver que quem mais defende a instituição conservadora da família, não está interessado em atacar os alicerces que estão corroendo essa mesma instituição, mas atacar quem olha para essa instituição em ruínas, e segue outro caminho, por simples questão de bom senso e inteligência. Não adianta vim com esse papo que "eles querem que você pense assim", eles não precisam querer que você pense de tal forma, porque o mais importante eles já dominaram, que são as regras que você é obrigado a seguir para construir a sua família, e enquanto isso não mudar, o resto só será resto.
Responda-o
#67
Citação:As vezes eu tremo na base sim, em me pensar velho e sozinho, mas que garantia eu tenho que uma família vai mudar isso? Ai você se casa, tem filhos, e ai vem o divórcio e a alienação parental, você se casou porque não queria chegar aos 43 apenas com dinheiro, porem sem filhos ou pessoas próximas, e acaba chegando nessa idade igualmente sozinho, frustrado, sem dinheiro, e emocionalmente instável ou fragilizado, porque tudo que você construiu for por água abaixo.

Assustador, não? Não há qualquer garantia. Mesmo plantando cuidadosamente, adubando, regando... a colheita pode ser um fracasso.
Mas o leão velho sem bando, por mais forte que tenha sido, vai ser comido pelas hienas.
Velho, sozinho, doente (ou simplesmente desgastado)... com problemas para se adaptar a novas tecnologias.
Quarenta e três anos? Novo demais para abaixar os punhos e se dizer derrotado.
Responda-o
#68
(17-10-2020, 08:07 AM)Aricton Escreveu:
Citação:As vezes eu tremo na base sim, em me pensar velho e sozinho, mas que garantia eu tenho que uma família vai mudar isso? Ai você se casa, tem filhos, e ai vem o divórcio e a alienação parental, você se casou porque não queria chegar aos 43 apenas com dinheiro, porem sem filhos ou pessoas próximas, e acaba chegando nessa idade igualmente sozinho, frustrado, sem dinheiro, e emocionalmente instável ou fragilizado, porque tudo que você construiu for por água abaixo.

Assustador, não? Não há qualquer garantia. Mesmo plantando cuidadosamente, adubando, regando... a colheita pode ser um fracasso.
Mas o leão velho sem bando, por mais forte que tenha sido, vai ser comido pelas hienas.
Velho, sozinho, doente (ou simplesmente desgastado)... com problemas para se adaptar a novas tecnologias.
Quarenta e três anos? Novo demais para abaixar os punhos e se dizer derrotado.

43 foi só porque geralmente é uma idade onde o cara de depara com divórcio e essas coisas, mas ainda assim, eu prefiroficar em modo stand by até ver se as coisas melhoram, chegar aos 40 com um patrimônio sólido, e então, caso a minha cabeça tenha mudado, tentar a sorte com alguém, mas ainda assim, casar hoje, é um investimento de risco e sem garantias.
Responda-o
#69
Spoiler Revelar
(17-10-2020, 12:19 AM)Ares Escreveu:
(16-10-2020, 09:47 PM)lokoman Escreveu: com certeza. Eu também nao me preocupo muito com os outros pensam não. O que eu quero dizer é exatamente isso, as pessoas quando te admiram quando vc está na crista da onda te admiram pela sua condição e não pela sua essência.

voltando ao topico:

A verdade é que o modelo tradicional de familia ruiu. Quando eu era criança (inicio dos anos 2000), o divorcio era tratado na tv e na sociedade como uma anomalia... hoje em dia anomalia são casais q estão juntos a muito tempo. Talvez muito das desilusões das pessoas que chegam neste forúm resida justamente em se decepcionar por acreditar que este modelo de familia tradicional seja um meio de se alcançar a felicidade.

Eu acredito que a evolução do movimento masculinista resida nesta questão e convoco os teoricos de plantão para discutir sobre este assunto do papel do homem no século XXI pós modernidade.

Existem 3 posicionamentos 

1 - tentar resgatar o modelo de familia tradicional (os meios nao importam neste primeiro momento);

2- desconstruir o conceito de familia tradicional para investigar suas motivações (alem das obvias de sobrevivencia), os motivos da sua ruína, o que isso impacta socialmente entre os sexos. A mulher é feliz ou infeliz com a situação atual? os homens são? as mulheres ja foram felizes algum tempo? e os homens?

3- comer umas putas - a green pill kkkk

Isso não é uma verdade para a elite meu amigo, famílias verdadeiramente ricas que estão a gerações no controle de corporações não abriram mão da família tradicional, pode dar uma pesquisada em sobrenome de poderosos por ai que vai perceber que se a família ruiu, ela ruiu na base onde a turma ouve funk, faz resenha comendo churrasco e tomando cerveja barata. Lá na cobertura da pirâmide social ninguém quer abrir mão da instituição família porque para que haja a manutenção do patrimônio é necessária manter a família, ter filhos e fazer uma boa transição da sucessão para que o que foi conquistado não seja desperdiçado, essa generalização de que a família ruiu, que o ocidente esta acabado vale para o povão que vai atrás de famosidade e opinião de televisão.

A família é uma instituição que tem capacidade de promover uma ação com continuidade ao longo do tempo, a ação da família como instituição é algo que atravessa as gerações é o que permite deixar um legado, e é isso que incomoda os comunistas e esquerdistas de plantão, o fato de qualquer instituição, seja qual for poder promover uma ação histórica é o que faz a família ser tão atacada pela esquerda e pelos regimes totalitários, da mesma maneira a religião. O problema do comunismo não é com a fé e sim com a igreja, pois essa mantém uma tradição, um comportamento e um modo operandi que pode ameaçar o projeto ditatorial deles.

Eu acho muito engraçado o pensamento materialista por trás do argumento "não quero casar e não vou ter filhos por causa de leis misândricas", quem ganha com isso é o feminismo, os partidos de esquerda e o movimento comunista, a família é algo importantíssimo, é o fronte onde se luta para manutenção das nossas tradições, propriedades, religião e etc. Acho graça quando vejo os tais alfas se refastelando em ter uma vida desregrada mergulhados em uma mar de vaginas, se achando os reis do camarote, estão fazendo exatamente o que foram programados para fazer, o que menos interessa para os parasitas burocratas é que você tenha mais liberdade, porém como que alguém que nasce sem um pai e uma mãe instruídos e disciplinadores poderá ser livres em um mundo que prega o prazer acima de tudo e a escravidão como liberdade ? 

O professor Olavo deu uma puta AULA sobre isso há dois sábados. Muito interessante!

Vou deixar aqui, para quem se interessar:



Responda-o
#70
(16-10-2020, 12:31 PM)Berzerk Escreveu:
(16-10-2020, 11:21 AM)Gorlami Escreveu: ...Mulheres estão sentindo as consequências do feminismo e do carreirismo cada vez mais tarde, e sempre existe um perdedor para assumir o resto de ser humano de 45 anos, psicologicamente instável e com um útero seco e infértil...

E não esqueça da Valentina e do Enzo!
Incrível como sempre tem. Impressionante, aliás.
Os mais recentes que eu vi foram:
- um cara de cerca de 30 anos assumir uma mulher de 40+ com 2 filhos e fazer mais um nela. A família feliz está viajando nos fds (com o cara bancando TUDO, claro). 
- outro cara na faixa dos 35 assumir uma de mais ou menos 38-40 (acredito eu) com 2 filhos, (sendo um excepcional). Um de cada pai. Já está procurando apartamento para a família!

Quanto a isso, tem que se assumir que é UM FATO DA VIDA. Não tem nem que lamentar muito, só observar. Se é isso que os caras ACHAM que MERECEM, quem sou eu pra julgar.

Um ex vizinho meu fez isso, o moleque tem seus 24 pra 26 anos e se casou com uma m$ol 12 anos mais velha do que ele e com dois filhos.
"O mais forte espadachim não necessariamente é o que vence. É a velocidade! Velocidade da mão, a velocidade da mente." (Abade Faria).
Responda-o
#71
Minha tia está com um cara que nem filhos tem faz 10 anos, o cara basicamente assumiu as responsabilidades e os perrengues de uma cria que nem é dele, bom pra minha tia, mas do ponto de vista do cara, isso simplesmente não faz sentido, não entendo como tem cara que se sujeita.
Responda-o
#72
(17-10-2020, 03:19 PM)Reale Escreveu: Minha tia está com um cara que nem filhos tem faz 10 anos, o cara basicamente assumiu as responsabilidades e os perrengues de uma cria que nem é dele, bom pra minha tia, mas do ponto de vista do cara, isso simplesmente não faz sentido, não entendo como tem cara que se sujeita.
Ele faz isso pela buceta da sua tia e por ter baixo poder de barganha é lucro pra ele. É melhor tem uma buceta na mao do que duas becetas voando, sem maís.

Responda-o
#73
(17-10-2020, 01:01 PM)Per Onore Escreveu: O professor Olavo deu uma puta AULA sobre isso há dois sábados. Muito interessante!

Vou deixar aqui, para quem se interessar:




Vi o vídeo inteiro e isso me fez pensar. Essas listas de homens mais ricos do mundo no fim das contas, são falsas, ou eu to errado? Jeff Bezos, em tese, é o homem mais rico do mundo, mas será que a fortuna dele supera mesmo a dessas grandes dinástias? Quantos ricos low profile existem por ai, realmente ricos, mas que "escondem" suas fortunas de alguma forma? E mais, quanto esse novos ricos, como Bill Gates, Stev Jobs, e Bezos, são realmente ricos, e o quão ele são apenas marionetes manipuladas? Que eu me recordo, nunca vi nenhum membro de nenhuma família citada no vídeo, aparecer em uma listas de pessoas mais ricas do mundo.

Eu acho que essas listagens só consideram os ricos de capital aberto, e também, só fazem especulações, eu acho que a grande verdade, é que ninguém sabe a real riqueza de alguém, depois de um certo patamar.

É assustador pensar que existem pessoas quem tem Bilhões, enquanto para nós, ter um milhãozinho na conta já seria quase sinônimo de ter zerado a vida. É outro patamar, é assustador, mas ao mesmo tempo imprssionante.

Aliás, além disso, eu fico pensando, pegamos um Flávio Augusto, ou até um Bill Gate e um Bezzos, será que eles realmente são os que estão no topo, ou só são os ricos mainstream? 
Responda-o
#74
Eu não acho que essas famílias de ricos se encaixam no contexto de familia tradicional, porque a familia tradicional é um produto da classe media estadunidense e nao da elite. Quando pensamos em familia tradicional, pensamos em algo tipo aquelas series dos anos 50 e 60 americanas....

Basicamente consiste em um patriarca, um homem que é o lider do lar, que trabalha em escritório ou fabrica (cidade) ou na roça, a mulher fica em casa cuidando das crianças e lavando a louça e vendo novela e aguardando ansiosamente o marido... ela não conta as horas para ele chegar e ela o satisfazer sexualmente ( HAHAHAHA)

As familias poderosas, algumas chegam a ser milenares... nao são tradicionais, são exceções, e geralmente existe muito jogo politico envolvido nelas.
Responda-o
#75
Eu acho que não, famílias tradicionais são aquelas que seguem uma tradição(dur hehe), e uma tradição leva milênios para ser concebida, a família americana dos anos 60 é uma espécie de estereótipo deturpado dessa tradição.

A família sempre teve como objetivo primordial, a continuação do patrimônio, pelo menos um dos objetivos, tanto é que as famílias que mantem isso em mente e ensinam isso para os filhos, são poderosas e governam o mundo.

Mas na mentalidade moderna, além de ser difícil manter um relacionamento, não se pensa muito em deixar um patrimônio para ser continuado pelos seus descendentes, e quando é deixado, não é deixado o conhecimento necessário para adminsitra-lo corretamente

O resultado é uma penca de gente que tem avós e bisavós que eram podre de ricos e hoje não tem onde cair morto, porque o pai ou o avô colocou tudo a perder por não ter sido ensinados a lidar com a herança e toda a responsabilidade que ela acarreta.
Responda-o
#76
(17-10-2020, 10:14 AM)Reale Escreveu:
(17-10-2020, 08:07 AM)Aricton Escreveu: Assustador, não? Não há qualquer garantia. Mesmo plantando cuidadosamente, adubando, regando... a colheita pode ser um fracasso.
Mas o leão velho sem bando, por mais forte que tenha sido, vai ser comido pelas hienas.
Velho, sozinho, doente (ou simplesmente desgastado)... com problemas para se adaptar a novas tecnologias.
Quarenta e três anos? Novo demais para abaixar os punhos e se dizer derrotado.

43 foi só porque geralmente é uma idade onde o cara de depara com divórcio e essas coisas, mas ainda assim, eu prefiroficar em modo stand by até ver se as coisas melhoram, chegar aos 40 com um patrimônio sólido, e então, caso a minha cabeça tenha mudado, tentar a sorte com alguém, mas ainda assim, casar hoje, é um investimento de risco e sem garantias.

Isso não seria suas projeções pessimistas, eu sei que hoje elas não têm mais vergonha moral.


como entra num reality show soltos em floripa e fazer cenas sexo com cafajestes e quando sair do

programa tera um salva putas para casar.
[Image: soltos-em-floripa-cenas-de-sexo-com-os-p...na-net.jpg]
Mais nos conhecemos os joguinhos delas se identificamos que são espertinhas qual é o medo? É simples se acontece cortamos relações na hora.

Então qual esse medo de relacionar, não são todas que são assim mais também são muito escassas ate raras dependendo do lugar, é fazer como elas fazem deixar em banho maria se não presta descarta na hora.
Responda-o


Pular fórum:


Usuários visualizando este tópico: 5 Visitante(s)